a carregar...

rede ex aequo - associação de jovens lgbti e apoiantes

Esqueceste-te da password?

Apoio e recursos

Aqui encontras todos os recursos de apoio para as tuas dúvidas e questões

  1. home
  2. apoio
  3. questões
  4. Orientação Sexual

Orientação Sexual

O que é a orientação sexual?

A orientação sexual é a capacidade de cada pessoa de desenvolver uma profunda atração sexual, emocional e afetiva com pessoas de género diferente e/ou igual ao seu. Uma pessoa pode ser heterossexual, homossexual, bissexual, pansexual, assexual, entre outros rótulos usados.

O que é a homossexualidade?

Uma pessoa homossexual é uma pessoa que se atrai por pessoas do mesmo género que o seu. Tipicamente usa-se a palavra lésbica para mulheres homossexuais e a palavra gay para homens, sendo que atualmente também é usada como sinónimo de lésbica. Este conceito refere-se à orientação sexual das pessoas.

O que é a bissexualidade? E a pansexualidade?

Uma pessoa bissexual é uma pessoa que se atrai por dois ou mais géneros. O termo pansexual é frequentemente usado para designar pessoas que se atraem por todos os géneros ou por pessoas independentemente do seu género. A palavra pansexual remete para a existência de géneros além do binário, no entanto tal não implica que o termo bissexual não englobe estas identidades. A interpretação pessoal das definições, as suas diferenças e a auto-identificação com estas varia de pessoa para pessoa sendo única a experiência de cada pessoa.

O que é a assexualidade?

Uma pessoa assexual é uma pessoa que não se sente atraída por nenhum género. Isto não quer dizer que não tenha líbido, uma pessoa pode ter uma "energia" sexual mas não a ter dirigida a ninguém. Da mesma maneira, pode tirar ou não prazer de atividades sexuais e querer envolver-se ou não nestas atividades pelas mais variadas razões. A assexualidade, tal como a sexualidade em geral, é fluída e tem um espetro, sendo que existem vários rótulos que caiem dentro do "guarda-chuva" assexual, tal como demissexual. Uma pessoa assexual não é necessáriamente aromântica e vice-versa. A atração sexual e romântica são conceitos e vivências separadas.

Qual é a diferença entre pessoas homossexuais, bissexuais e trans?

Pessoas gays e lésbicas são pessoas que sentem atração emocional e sexual por pessoas do mesmo género. Pessoas bissexuais são pessoas que podem apaixonar-se por pessoas de dois ou mais géneros. O termo trans é utilizado para descrever pessoas que não se identificam com o género que lhes foi atribuído à nascença. Assim, ser gay, lésbica ou bissexual refere-se à orientação sexual do indivíduo, enquanto que ser transgénero refere-se à identidade do género do indivíduo.

As pessoas podem "tornar-se" gays, lésbicas, bissexuais ou assexuais?

As pessoas não "se tornam" uma sexualidade. Como a sociedade tem como "norma" a heterossexualidade, esta é imposta implicita ou explicitamente sobre as pessoas. Assim, as pessoas crescem e podem demorar a perceber ou aceitar a sua orientação sexual devido à discriminação e preconceito existentes. Isto não quer dizer que "eram heterossexuais e depois viraram gay/bi". Ao mesmo tempo, a sexualidade é fluída e uma pessoa pode rever-se num rótulo numa altura da sua vida e depois esse rótulo deixar de lhe fazer sentido e começar a usar outro. Isto não invalida a sua orientação sexual presente nem passada.

Será que sou gay, lésbica, bissexual ou assexual?

Uma das questões mais comuns é de como é que se sabe que se é gay, lésbica ou bissexual. Não existe uma verdadeira resposta para isso. Muitas pessoas dão-se conta dos seus sentimentos mesmo antes de saberem que existe uma palavra para os descrever. A muitos jovens é dito que é "só uma fase" pela qual estão a passar e que não é para ser levado a sério. Outros têm sentimentos que só mais tarde nas suas vidas identificaram. Uns compreenderam o que significavam os seus sentimentos através de um relacionamento amoroso. Outros dizem que foram os seus desejos sexuais que os fizeram aperceber-se da sua orientação sexual.

O que é o "Coming Out"?

Muitas pessoas falam em assumir a sua sexualidade ou de "sair do armário". São expressões usadas para descrever a compreensão e aceitação que uma pessoa faz da sua própria sexualidade e o contar a outras pessoas. A experiência de "sair do armário" varia muito de pessoa para pessoa. Algumas pessoas dizem que aconteceu muito depressa e que se sentiram como se de repente todas as peças do puzzle tivessem encaixado perfeitamente. Para outros é um processo mais longo, que dura alguns anos. Sem dúvida, as circunstâncias em que vivemos ditam o quão difícil é para nós assumirmo-nos.

Será que é mesmo assim?

1. Nas relações entre pessoas do mesmo género uma pessoa faz o papel de mulher e a outra de homem.
Errado. Nas relações entre pessoas do mesmo género, os parceiros partilham indiscriminadamente os papeis consignados socialmente a ambos os sexos. Isto quer dizer que nenhum finge que é do sexo oposto.

2. As pessoas homossexuais são mais obcecadas pelo sexo.
Errado. Sexo é tanto ou tão pouco importante para os homossexuais como para os heterossexuais. 

3. Os homens homossexuais são pedófilos e molestam crianças.
Errado. Há proporcionalmente menos homens homossexuais do que homens heterossexuais que abusam sexualmente de crianças.

4. A homossexualidade é causada por um trauma durante a infância.
Errado. Ninguém sabe porque é que algumas pessoas são homossexuais. Há teorias diferentes que falam de hereditariedade e do ambiente. A maioria dos homossexuais não tiveram dificuldades especiais durante a sua infância.

5. Os filhos de pessoas homossexuais tornam-se homossexuais.
Errado. As investigações científicas que têm sido feitas mostram que estas crianças tornam-se tanto ou tão pouco homossexuais como os filhos de heterossexuais.

6. As pessoas homossexuais sentem-se atraídas por todos os membros do seu género.
Errado. Não é suficiente que a pessoa seja do mesmo sexo. Os homossexuais têm critérios de escolha do parceiro tão exigentes como os heterossexuais.

7. Informação positiva sobre a homossexualidade resulta em mais pessoas "se tornarem" homossexuais.
Errado. Informação positiva não faz com que haja mais homossexuais. Surgem sim mais pessoas com coragem para se assumir visto que a informação ajuda a diminuir os preconceitos.

8. Uma pessoa é homossexual porque não consegue relacionar-se com os membros do sexo oposto.
Errado. A homossexualidade não tem nada a ver com capacidades de atrair o sexo oposto. Tem sim com o facto de os homossexuais se interessarem por pessoas do mesmo sexo.