a carregar...

rede ex aequo - associação de jovens lgbti e apoiantes

Esqueceste-te da password?

Apoio e recursos

Aqui encontras todos os recursos de apoio para as tuas dúvidas e questões

  1. home
  2. apoio
  3. Literatura LGBT

Literatura LGBT

 

A Chave do Armário
Miguel Vale de Almeida

Páginas: 225
Editora: Imprensa de Ciências Sociais

Este livro é o resultado de alguns anos de relação dinâmica entre antropologia, intervenção pública e activismo. Debruçando-se sobre terrenos ocidentais – Portugal, Espanha, França e Estados Unidos da América - o objecto central é o casamento, a parentalidade e a família no que às pessoas homossexuais diz respeito. Na linguagem que foi sendo desenvolvida pelas formas culturais criadas pela experiência social da homossexualidade, o “armário” é a expressão que designa o ocultamento e o silenciamento da identidade gay ou lésbica. “Sair do armário” é o acto primordial de libertação, simultaneamente constitutivo do sujeito e politizador da identidade. Várias têm sido as “chaves” moldadas e experimentadas para abrir o armário: resistências, revoltas, provocações, festas, manifestações, comunidades, redes, movimentos, criações artísticas, etc. Mas nunca como hoje – pelo menos nas democracias liberais euro-americanas – se usou tanto o ideário da igualdade, dos direitos humanos e da cidadania para exigir as condições de possibilidade para o fim definitivo do “armário”. O debate sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo torna-se assim central para uma ciência social que pretenda fazer a etnografia e a análise das transformações sociais contemporâneas.

 

De Onde Venho? (infantil)
Javier Termenón Delgado

Editora: Associação ILGA Portugal

De onde venho relata as várias tentativas de uma criança de perceber de onde vêm os bebés. E de entre muitas dúvidas como a existência em Paris de um armazém de meninos ou a impossibilidade disparatada dos bebés virem das barrigas das mulheres (“Eu não caibo na barriga da mãmã Carlorta e na da mãmã Ana ainda menos”), a heroína decide que só pode ter vindo do mar, até porque “quando chupo no dedo para adormecer ainda me sabe a sal.”
É um livro fabuloso e terno, indispensável em qualquer biblioteca familiar!

 

Homossexuais no Estado Novo
São José Almeida

Páginas: 240
Editora: Sextante Editora, Lda

Esta é uma primeira tentativa de abordagem do que foi a realidade dos homossexuais em Portugal durante praticamente todo o século XX, ou seja, desde que a jovem Primeira República, enquadrada pela psiquiatria, coloca sob a alçada da lei os crimes contra a natureza até que estes o deixam de ser, em 1982. O que era ser homossexual em Portugal? O que é viver uma condição estigmatizada e estig-matizante, em que não há identidade, tão-só uma afectividade e uma sexualidade, quase sempre clan-destinas?

 

O Livro da Família (infantil)
Todd Parr

Páginas: 32
Editora: Edições Gailivro

Com frases curtas , diretas e envolventes, Todd Parr mostra de maneira simples e divertida que existem diferentes tipos de pais e mães. As ilustrações têm traços fortes e são bem coloridas, o que aproxima, e chama atenção da criança.

 

O Livro do Pedro (infantil)
Manuela Bacelar

Páginas: 40
Editora: Edições Afrontamento

Maria, que traz um filho dentro da barriga, conta à sua filha a história da sua infância. Uma história banal, de uma criança feliz.
O que torna este livro especial é o facto de Maria ter dois pais: O Pedro e o Paulo.
Este livro não pretende ser um panfleto. Pretende, ao invés, contribuir para que do imaginário infantil faça parte a diversidade dos modos de amar. E, nesse sentido, este é um livro pioneiro em Portugal. Pela primeira vez, a edição nacional de literatura para a infância contempla a diversidade das formas de parentalidade. E fá-lo sem falsos moralismos.

 

Partilha'te
Authored by Projecto Partilha'te
Preface by Prof Daniel Sampaio

Páginas: 530
Editora: www.partilhate.com

E se amanhã todos os homossexuais acordassem roxos?
Será que continuaria a discussão sobre a igualdade de direitos? Será que a homossexualidade continuaria a ser um tabú? Este livro reúne 140 histórias de partilha sobre a homossexualidade, que iluminam preconceitos, dúvidas e a desinformação que nos afecta.
Tratam-se de testemunhos, em português, dos mais diversos pontos de vista: país, raça, religião, classe social, orientação sexual ou idade.
Este livro nasce da vontade de um grupo de amigos em criar um espaço de partilha e comunicação na nossa sociedade. Que estas histórias dêem origem a mais histórias. Que estas histórias cheguem o mais longe que puderem. Que contribuam para que deixe de haver pessoas a sofrer por falta de informação relativamente a quem são.
É aqui que tu és preciso.

 

Por Quem Me Apaixonarei? (infantil)
Wieland Pena, Roberto Maján

Editora: Associação ILGA Portugal

Por quem me apaixonarei é um livro delicioso que nos apresenta a Marta e o André, duas crianças muito curiosas com o seu futuro amoroso até que aprendem, com a ajuda do professor de química,  que não se pode escolher a pessoa por quem nos apaixonamos.

 

Saber ao Certo
Margarida Fonseca Santos

Páginas: 56
Editora: Editorial Estampa

Saber ao Certo conta a história da revelação à família, por um adolescente, da sua opção sexual. Dir-se-á que o que é decisivo, nesta obra, não é a literatura, mas a defesa da igualdade das opções sexuais, e uma lição dada às famílias sobre como lidar com situações que, para muitos, parecem ainda estupidamente problemáticas. É verdade isso, mas não é menos certo estarmos aqui perante um texto que, na sua singeleza, é de altíssima qualidade literária, e cuja leitura suscita uma emoção muito evidente.

 

 

Será Uma Opção?
Eric Marcus

Páginas: 270
Editora: Sinais de Fogo Publicações

No presente livro, Eric Marcus proporciona respostas profundas, sem lugares comuns, a centenas das perguntas mais colocadas acerca da homossexualidade. Oferecendo uma visão franca de tudo o que você sempre quis e precisou de saber acerca de relacionamentos, da revelação, dos papéis familiares, da política e de muito mais, incluindo:
Como é que uma pessoa sabe se é homossexual?
O que deve uma pessoa fazer se o filho ou filha for homossexual?
Pais homossexuais criam filhos homossexuais?
Se pensa que um amigo seu é homossexual, o que deve fazer?
Porque é que os homossexuais querem casar?

 

Tenho uma Coisa Para Vos Dizer
Gilbert Herdt, Bruce Koff

Páginas: 236
Editora: Âmbar

Ainda agora, no início do século XXI, muitas pessoas têm dificuldade em confessar, «Sou pai/mãe de um/a filho/a homossexual». Este livro apresenta as histórias de algumas famílias cujas vidas foram influenciadas pela revelação da homossexualidade de um filho – o modo como isso afecta a percepção que as pessoas têm dos respectivos filhos, e como altera a imagem que os progenitores têm de si próprios...

 

 

Teodorico e as Mães Cegonhas (infantil)
Ana Zanatti

Páginas: 32
Editora: Objectiva

A Cegonha Branca e a Cegonha Rosa eram muito, muito amigas.
Certo dia, ao sobrevoarem a cidade, encontraram um bebé abandonado. Generosas e protectoras como são as cegonhas, nem pensaram duas vezes: levaram o menino para o seu ninho. Viviam felizes os três, num ninho muito confortável no ramo mais alto da Árvore dos Sorrisos e tinham amigos espalhados pelo mundo graças às viagens que faziam todos os anos na época das migrações. Mas um dia, ao regressarem à floresta onde habitavam, aconteceu uma desgraça terrível e o Teodorico assim fora baptizado o menino foi separado das suas mães adoptivas.
Esperavam-no dias muito difíceis, mas uma esperança pequenina veio espreitar-lhe à janela.
Vem também espreitar esta história emocionante que te vai fazer voar muito alto.

 

Titiritesa (infantil)
Xerardo Quintiá
ilustração de Maurizio A. C. Quarello

Páginas: 48
Editora: OQO PT

Este é um dos exemplos de que nunca se deve julgar um livro pela capa apesar de ser pela capa que começa a história…
Titiritesa vive no reino de Anteontem. A sua mãe, Mandolina, sonha em ver a sua filha casada e pretende dar.lhe uma educação refinada de princesa, no entanto a sua filha rejeita a vida convencional que lhe foi imposta, não partilhando dos ideais de sua mãe. Perante a eminente chegada de uma rígida instrutora encarregue da sua educação de princesa, Titiritesa decide fugir do palácio para viver fantásticas e divertidas aventuras num desafio à sua condição de nobreza. Pelo caminho conhece um burro, que será o companheiro de viagem, visita um inventor de palavras, enfrenta um terrível monstro e conhece outra princesa que cheira a colónia de açúcar…