rede ex aequo

Olá Visitante19.nov.2019, 00:42:12

Sondagem

Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?

Sim
10 (20.4%)
Não
27 (55.1%)
Não tenho opinião
9 (18.4%)
Outro
3 (6.1%)

Votos totais: 36

Autor Tópico: Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?  (Lida 17781 vezes)

 
Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
#60

Offline Petit_Prince

  • *****
  • Membro Elite
  • Género: Masculino
Se houver uma atitude hostil perante o mundo heterossexual (como há na maioria das cabecinhas glbt) então sim.

Creio que esta afirmação é abusiva. Há pessoas hostis aos heterossexuais por causa da discriminação que sofrem, mas não são necessariamente a maioria. :)

Não considero abusiva! A experiência diz-me isso! Eu falo por causa disso da discriminação e também alguma má formação individual perfeitamente vulgar... É perfeitamente "normal" haver uma atitude de hostilidade inconsciente por parte dos glbt! Cabe a cada um sublimá-la e crescer  ;)

O termo "orgulho" é a tradução literal de "pride", que provavelmente funciona melhor em Inglês. No PrideFest em Coimbra, este ano, organizado pela não te prives e pela rede ex aequo, falámos desta questão no debate. Do termo "orgulho" ser um problema, de ser desadequado na cultura e língua portuguesas... e tentou-se descobrir alternativas... emancipação LGT, afirmação LGBT... penso que houve mais sugestões que me estão a falhar na memória (se alguém que esteve presente puder dar uma ajudinha!...).

Pessoalmente quando me referia a "Orgulho" referia-me a "Pride" e a qualquer outra tradução... O significado etimologico da palavra é que está errado. E em inglês é exactamente igual...

Sim! Essas opções já reflectem mais o objectivo! E tenho a certeza que seriam muito mais eficazes...

    Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
    #61

    Offline bluejazz

    • *****
    • Associad@ Honorári@
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
      • Homofobia
    "Pride", na cultura americana, por exemplo, tem outra história e conotação, que são diferentes da existente em Portugal, petit_prince.

    Quanto ao que afirmas, por isso mesmo te digo que é abusiva, porque generalizas a partir da tua experiência pessoal. Por exemplo, a minha experiência pessoal mostra-me o contrário do que afirmas. :) Dificilmente poderás falar da maioria dos homossexuais a partir da amostra que tens dos homossexuais que conheces... a não ser que os conheças às largas centenas... o que arrisco-me a adivinhar que não conhecerás. ;)
      "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

      Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
      #62

      Offline Petit_Prince

      • *****
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      "Pride", na cultura americana, por exemplo, tem outra história e conotação, que são diferentes da existente em Portugal, petit_prince.

      Qual a conotação? Aquilo de Stonewall?

      Quanto ao que afirmas, por isso mesmo te digo que é abusiva, porque generalizas a partir da tua experiência pessoal. Por exemplo, a minha experiência pessoal mostra-me o contrário do que afirmas. :) Dificilmente poderás falar da maioria dos homossexuais a partir da amostra que tens dos homossexuais que conheces... a não ser que os conheças às largas centenas... o que arrisco-me a adivinhar que não conhecerás. ;)

      Não conheço não senhor. Mas tenho contacto aqui no forum  ;) 
      Contudo é uma questão de senso comum!!! Como afirmei "É perfeitamente "normal" haver uma atitude de hostilidade inconsciente por parte dos glbt! Cabe a cada um sublimá-la e crescer", é algo previsivel na sua normalidade... É uma atitude defensiva... (Se calhar temos diferentes concepções do que constitui uma atitude hostil! para mim frases como "os heterossexuais para variar (se o emissor usar uma expressão deste tipo, ta claro  ;) ) consideram a sida uma doença dos homossexuais" são frases hostis!  ;)

        Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
        #63

        Offline bluejazz

        • *****
        • Associad@ Honorári@
        • Membro Vintage
        • Género: Feminino
          • Homofobia
        A frase que escrevi noutro tópico sobre esse assunto não foi "os heterossexuais são..." , nem de longe ou de perto, mas sim que esse mito leva a falta de cuidado de muitos heterossexuais (é mais frustração das pessoas heterossexuais inclusive estarem a sofrer também de consequências indirectas da homofobia). Isso de hostil nada tem. É uma tolice ver hostilidade aqui. O exemplo que usas é totalmente deturpado, a respeito à minha referência, e na realidade não é assim dito com essa frequência que afirmas por homossexuais. Estás a generalizar descuidadamente, até porque a maioria dos homossexuais (praticamente todos?) o que mais têm é pessoas heterossexuais de quem gostam muito (pais, irmãos, amigos, etc) e muita vezes a maior homofobia, sabem-no muitos homossexuais, vem de pessoas que elas próprias são homossexuais e não conseguem lidar com isso. O problema não é os heterossexuais, mas a homofobia e essa pode vir de pessoas com qualquer orientação sexual.

        Quanto à cultura americana, começa logo por outros movimentos civis, nomeadamente pelo termo "black pride" que ninguém vê como negativo,ou seja na óptica em que se vê a palavra "orgulho" em Portugal.

        Black pride

        Black pride is a slogan used interchangeably to depict both the movement of and concept within politically active black communities, especially African Americans in the United States. It advocated slogans such as "Black is beautiful."

        The slogan has been used by African Americans to denote a feeling of self-respect, celebrating one's heritage, and being proud of one's personal worth. Black pride as a national movement is closely linked with the developments of the American Civil Rights Movement, during which noted figures such as Martin Luther King, Jr., Malcolm X, A. Philip Randolph, Stokely Carmichael, and others protested the conditions of the United States' segregated society, and lobbied for better treatment for people of all races.

        The concept of black power also permeated into the work of popular musicians at the time. The Impressions's "We're a Winner", written by their lead singer Curtis Mayfield, became a virtual anthem of the black power and black pride movements, as did James Brown's "Say It Loud - I'm Black and I'm Proud" and, unwittingly, Martha & the Vandellas' "Dancing in the Street".

        http://en.wikipedia.org/wiki/Black_pride
        « Última modificação: 17 de Agosto de 2006 por bluejazz »
          "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

          Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
          #64

          Offline wizardsoul

          • *****
          • Associad@
          • Membro Ultra
          • Género: Feminino
          • i'm looking at you, looking at me
           Petit_Prince ,

          «Os homossexuais continuam a ser um grupo com níveis elevados de doenças infecto-contagiosas!»
          «a comunidade homossexual é assaz boa na auto-segregação..»


          A mim frases deste tipo parecem-me bem mais hostis do que a que referiste ( isto para não dizer que não vi hostilidade na frase por ti dita)...

          A construção é do mesmo tipo, por isso tendo como base o que dizes seriam hostis para com os homossexuais.
          (Desculpa, não tenho como objectivo fazer-te um ataque usando citações tuas, apenas demonstrar-te que com base na tua opinião,poderiamos então considerar a tua atitude hostil para com os homossexuais)   

          Não vou dizer que não exista uma atitude defensiva por vezes ( em parte compreensivel, quando se sofre discriminação,mas que raramente ou nunca presenciei) , mas essas atitudes não costumam ser de maneira nenhuma hostis nem heterofóbicas.( Atenção eu não disse que sofrer-se discriminação desculpa atitudes menos correctas que possam exisitir.)

          Quanto ao tema em si, quase todas as coisas têm um lado positivo e um lado negativo quando não são feitas de forma perfeitamente equilibrada.

          Criação de grupos temáticos LGBT é positivo, se não cairmos em extremismos e elitismos que tornem esses grupos demasiado fechados e restritos.

          A convivência é algo saudável, não devemos conviver apenas com pessoas que partilhem as nossas ideias e os nossos gostos, devemos saber lidar com todo o tipo de pessoas.
          « Última modificação: 17 de Agosto de 2006 por pincexa »
            «For I am nothing, if not critical.»
            «Reputation, reputation, reputation! Oh, I have lost my reputation! I have lost the immortal part of myself, and what remains is bestial.»
            «I understand a fury in your words,But not the words.»
            Shakespeare - Othello

            Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
            #65

            Offline Petit_Prince

            • *****
            • Membro Elite
            • Género: Masculino
            A frase que escrevi noutro tópico sobre esse assunto não foi "os heterossexuais são..." , nem de longe ou de perto, mas sim que esse mito leva a falta de cuidado de muitos heterossexuais (é mais frustração das pessoas heterossexuais inclusive estarem a sofrer também de consequências indirectas da homofobia). Isso de hostil nada tem. É uma tolice ver hostilidade aqui. O exemplo que usas é totalmente deturpado, a respeito à minha referência, e na realidade não é assim dito com essa frequência que afirmas por homossexuais. Estás a generalizar descuidadamente, até porque a maioria dos homossexuais (praticamente todos?) o que mais têm é pessoas heterossexuais de quem gostam muito (pais, irmãos, amigos, etc) e muita vezes a maior homofobia, sabem-no muitos homossexuais, vem de pessoas que elas próprias são homossexuais e não conseguem lidar com isso. O problema não é os heterossexuais, mas a homofobia e essa pode vir de pessoas com qualquer orientação sexual.


            Bluejazz não estava DE TODO a referir-me ao teu comentário. Eu já na altura fiquei com a ideia que pudesse transparecer isso e daí ter posto "se o emissor usar uma expressão deste tipo, ta claro" exactamente para diferenciar!  ;)
            Lá por terem pessoas heterossexuais não invalida que haja hostilidade! Tal como sermos homossexuais não invalida sermos nós próprios um pouco homofobicos  ;)
            Eu creio que é muito frequente. Porque lá está! Para mim a diferença entre uma atitude hostil e uma atitude sã está em pequenos comentários como "para variar" ou "têm a mania". E isto é frequente!


            Quanto à cultura americana, começa logo por outros movimentos civis, nomeadamente pelo termo "black pride" que ninguém vê como negativo,ou seja na óptica em que se vê a palavra "orgulho" em Portugal.

            Black pride

            Black pride is a slogan used interchangeably to depict both the movement of and concept within politically active black communities, especially African Americans in the United States. It advocated slogans such as "Black is beautiful."

            The slogan has been used by African Americans to denote a feeling of self-respect, celebrating one's heritage, and being proud of one's personal worth. Black pride as a national movement is closely linked with the developments of the American Civil Rights Movement, during which noted figures such as Martin Luther King, Jr., Malcolm X, A. Philip Randolph, Stokely Carmichael, and others protested the conditions of the United States' segregated society, and lobbied for better treatment for people of all races.

            The concept of black power also permeated into the work of popular musicians at the time. The Impressions's "We're a Winner", written by their lead singer Curtis Mayfield, became a virtual anthem of the black power and black pride movements, as did James Brown's "Say It Loud - I'm Black and I'm Proud" and, unwittingly, Martha & the Vandellas' "Dancing in the Street".

            http://en.wikipedia.org/wiki/Black_pride


            Mas há uma diferença fulcral!!! Ser-se negro  é uma identidade cultural! Tal como eu tenho muito orgulho em ser português! Ser homossexual não tem nada a ver com isto! Ser branco define.me culturalmente. Ser homossexual não. Acho que há uma grande diferença entre ambas as realidades!  ;)

              Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
              #66

              Offline barthez

              • *****
              • Associad@ Honorári@
              • Membro Vintage
              • Género: Feminino
              • k os números nunca te façam eskecer as pessoas
              Mas há uma diferença fulcral!!! Ser-se negro  é uma identidade cultural! Tal como eu tenho muito orgulho em ser português! Ser homossexual não tem nada a ver com isto! Ser branco define.me culturalmente. Ser homossexual não. Acho que há uma grande diferença entre ambas as realidades!  ;)

              ai... então p ti a orientação sexual é uma característica inferior às outras?! !?  :o :o

              é q p mim é uma caracteristica como outra qq!!! como ser portuguesa, como se morena, tem olhos castanhos, como mais uma data de coisas q fazem parte de mim e q teria orgulho na mesma se fossem diferentes!!! :up ;)
                "people should be allowed to fall in love with whoever they want! I mean... otherwise what's the point of living?!" once and again

                Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                #67

                Offline Petit_Prince

                • *****
                • Membro Elite
                • Género: Masculino
                Mas há uma diferença fulcral!!! Ser-se negro é uma identidade cultural! Tal como eu tenho muito orgulho em ser português! Ser homossexual não tem nada a ver com isto! Ser branco define.me culturalmente. Ser homossexual não. Acho que há uma grande diferença entre ambas as realidades! ;)

                ai... então p ti a orientação sexual é uma característica inferior às outras?! !?  :o :o

                é q p mim é uma caracteristica como outra qq!!! como ser portuguesa, como se morena, tem olhos castanhos, como mais uma data de coisas q fazem parte de mim e q teria orgulho na mesma se fossem diferentes!!! :up ;)

                Não é inferior! Mas ser, p ex, judeu tem uma historia, uma filosofia, um conjunto de tradições por tras. Ser portugues também. Ser negro tb...

                No caso da homossexualidade é apenas uma caracteristica exactamente como essa dos olhos castanhos. E trivial... A cultura base para mim não é trivial. E deve ser brindada de orgulho. Porque ai ja faz sentido! agora a sexualidade não... É uma realidade absolutamente natural e nao social.  ;)

                  Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                  #68

                  Offline bluejazz

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                    • Homofobia
                  Bem petit, acho que vale a pena leres um bocadinho sobre "identidade" e "cultura", porque os argumentos que apresentas são incoerentes. Se queres usar características "naturais" para justificar que não devem ser "identidade", então branco e negro também são características naturais (tom de pele) e não deveriam ser identidade. Mas o facto é que são, especialmente porque cultura-socialmente são criados "significados" à volta dessa característica. O mesmo se aplica com a orientação sexual das pessoas.

                  Se considerares que não há identidade na orientação sexual, tens de considerar que não há identidade também no caso da cor da pele. Por uma questão de coerência. ;) A realidade é que a diferença que tentas argumentar não existe. As identidade são criadas com base também em características como sexo, cor da pele e orientação sexual, que são tão equivalente à cor dos olhos, ser alto ou baixo, etc. A diferença é a significação e comportamentos sociais com base nestas características e quão fortes ou significativos são que podem levar a sentimentos (e criação) de "identidade" muito vincados.
                  « Última modificação: 18 de Agosto de 2006 por bluejazz »
                    "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                    Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                    #69

                    Offline Petit_Prince

                    • *****
                    • Membro Elite
                    • Género: Masculino
                    Não é igual Bluejazz! Tu mesma o disseste:

                    Responder
                    The slogan has been used by African Americans to denote a feeling of self-respect, celebrating one's heritage

                    Portanto as suas tradições, os seus costumes e credos.
                    Uma comunidade "de olhos castanhos" não tem uma herança cultural. Uma comunidade homossexual também não! Mas os negros têm tal como os brancos e os magrebinos. (Especialmente num caso como este que se refere a uma comunidade dentro de um país. Portanto relativamente unida).
                    Se um negro se sente orgulhoso do seu "tom de pele" então eu considero a palavra "pride" absolutamente abusiva, insultuosa e, neste caso, racista. Agora um negro sentir-se orgulhoso da sua cultura, da sua tradição e passado cultural já considero muito aceitavel e até louvavel!

                    Eu noto uma diferença significativa...

                      Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                      #70

                      Offline bluejazz

                      • *****
                      • Associad@ Honorári@
                      • Membro Vintage
                      • Género: Feminino
                        • Homofobia
                      O detalhe "african" tem a ver com a origem geográfica original (mesmo que remota) das pessoas desse tom de pele (aliás o termo "african-american" é um termo mais recente, tido como politicamente correcto, para se evitar referir às pessoas como "black", por exemplo)... mas a discriminação tem mais a ver com o seu tom de pele, principalmente nos últimos 100 anos, do que as suas origens (até porque os EUA não tem ninguém nativo se não os índios), embora também esteja ligado, sem dúvida. A origem está relacionada, mas as pessoas segregam pelo diferença física, acima de tudo, porque muitas minorias na cor de pele são "nacionais" há muitas gerações e não é por isso que são menos discriminados. Aliás, as várias tentativas desde o século XIX (pelo menos) para provar que negros e mulheres eram inferiores intelectualmente (e fisicamente também) a homens brancos nada tem a ver com a sua cultura de origem, mas com as suas características físicas e genéticas.

                      É como o outro que grita a um negro "Vai para a tua terra!" e ele responde "O quê, para a Amadora?". ;) Ele é Português, não Africano (ao contrário de antepassados seus)! Em tudo tem os comportamentos culturais iguais, só a diferença de pele. Portanto não é discriminado necessariamente por práticas culturais diferentes (consequentes da cultura de origem dos seus antepassados, porque essas já não tem), mas pela tal diferença (mesmo que possa ser por associação, errónea, a uma cultura diferente).

                      Os afro-americanos estão nos EUA desde a sua fundação e actualmente pouco ou nada têm culturalmente que corresponda ou seja reprodução dos seus antepassados em África (embora alguma da segregação possa ser oriunda de se achar os nativos africanos de cultura "inferior" e se extrapolar para todos os seus descendentes no mundo, mesmo que estes tenham uma cultura completamente diferente daquela...). Pelo contrário, têm cultura própria, integrada nos EUA e criada lá... na música é então de uma riqueza fenomenal. O jazz e blues não é africano, é americano. E é esse um exemplo da herança cultural dos negros nos EUA, que aliás muita dela está ligada à segregação e discriminação que viveram nesse seu país (o constante adiar do sonho de libertação e igualdade, por exemplo, o jazz que vai adiando a nota esperada...). Uma leitura de estudos da literatura, música, arte, ou seja, cultura americana em geral, especialmente, a partir do início do séc. XX, no que diz respeito à discriminação racial produzida por "afro-americanos" é super interessante.

                      PS. O "Black is beautiful" tem acima de tudo a ver com o tom de pele (e não com heranças culturais, necessariamente, embora também esteja com certeza relacionado, mas em grau menor). O "pride" é usado no sentido de que ter um tom de pele diferente não os faz inferiores e que por isso mesmo têm todo o orgulho em serem como são. Há uma série de pessoas negras que interiorizam que ser-se branco é superior e alimentam o desejo de ser brancos e o auto-ódio por serem negros - isto tudo só referente ao tom de pele, não à sua herença cultural! O mesmo acontece com a heterossexualidade e a homossexualidade... muitos homossexuais sentem ódio contra si mesmos por serem como são e desejam ser heterossexuais, porque a sociedade os faz sentir que a última é superior e melhor que a outra... tal como acontence com pessoas de tom de pele discriminado.

                      PPS. Muita da chamada "cultura gay" é fruto da segregação vivida pelas pessoas de orientação sexual diferente da maioria... é essa segregação, acima de tudo, que cria também comportamentos, formas de significação, de expressão e arte ligadas a uma orientação sexual. É essa mesma segregação que também pode criar (e cria) identidades "gay" (ou sentidos de).
                      « Última modificação: 19 de Agosto de 2006 por bluejazz »
                        "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                        Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                        #71

                        Offline Petit_Prince

                        • *****
                        • Membro Elite
                        • Género: Masculino
                        Exacto! Para mim se o Pride se refere exactamente a essas "culturas próprias" (neste caso cultura propria criada nos EUA ) então esta bem aplicado! Agora "orgulho" do tom de pele em si já acho abusivo... Já acho uma atitude racial negativa!

                        Para mim ser-se homossexual deve ser visto com tanta normalidade como ter olhos castanhos. Tal como acho discriminatorio quando p ex nas noticias se diz "homem negro assaltou". Nao foi homem negro. Foi homem, ponto! No entanto, quando nos referimos à cultura proveniente de uma condição social o orgulho faz todo o sentido pq é uma sublimação e defesa dos ideais base dessa cultura!

                        Acho muito bem esse sentimento de "ter um tom de pele diferente não os faz inferiores". Mas pride para mim tem uma conotação que não se coaduna com esse sentimento! (se nos referirmos apenas ao tom de pele).
                         ;)

                          Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                          #72

                          Offline bluejazz

                          • *****
                          • Associad@ Honorári@
                          • Membro Vintage
                          • Género: Feminino
                            • Homofobia
                          Exacto! Para mim se o Pride se refere exactamente a essas "culturas próprias" (neste caso cultura propria criada nos EUA ) então esta bem aplicado! Agora "orgulho" do tom de pele em si já acho abusivo... Já acho uma atitude racial negativa!

                          Acho que não entendeste parte do que te escrevi. Quando tiveres paciência, tenta ler de novo. :)

                          Responder
                          Acho muito bem esse sentimento de "ter um tom de pele diferente não os faz inferiores". Mas pride para mim tem uma conotação que não se coaduna com esse sentimento! (se nos referirmos apenas ao tom de pele).

                          Aí está este orgulho que não é o "orgulho" no sentido prosaico. É oposto de vergonha, uma afirmação positiva em relação a essa caracteristica perante a atitude negativa da sociedade perante a tal característica: "Isto é tão pouco ou nada de mau, tanto que até tenho orgulho nela, porque justamente não tem nada de mau, ao contrário do que tu achas. Não tenho motivos para ter vergonha de ter esta característica". É isto que está por detrás.
                            "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                            Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                            #73

                            Offline Petit_Prince

                            • *****
                            • Membro Elite
                            • Género: Masculino
                            Exacto! Para mim se o Pride se refere exactamente a essas "culturas próprias" (neste caso cultura propria criada nos EUA ) então esta bem aplicado! Agora "orgulho" do tom de pele em si já acho abusivo... Já acho uma atitude racial negativa!

                            Acho que não entendeste parte do que te escrevi. Quando tiveres paciência, tenta ler de novo. :)

                            Percebi sim!  :)

                            Disseste que eles na realidade em termos culturais ja estavam misturados com a sociedade americana logo nao ha grande identidade que os diferencie. Verdade mas o Jazz e os Blues foram criados por eles (negros). E na realidade tem uma influencia por mais reminiscente que seja da cultura africana... Portanto seria o orgulho desse "Jazz" e essas ondas literarias que eles protagonizaram!   ;)

                            Sim é pelo tom de pele que sao discriminados! Eu so queria dizer que o termo pride so e aceitavel em atitudes culturais! Esse orgulho cultural pode tentar apagar a segregação que lhes e imposta pelo tom de pele. Mas a atitude "pride" so deve ser usada em relação à cultura e nunca ao tom de pele! (Eu entendi o raciocinio so quis contrapor com outra concessão ao termo! Dsc s me exprimi mal!)

                            Responder
                            Acho muito bem esse sentimento de "ter um tom de pele diferente não os faz inferiores". Mas pride para mim tem uma conotação que não se coaduna com esse sentimento! (se nos referirmos apenas ao tom de pele).

                            Aí está este orgulho que não é o "orgulho" no sentido prosaico. É oposto de vergonha, uma afirmação positiva em relação a essa caracteristica perante a atitude negativa da sociedade perante a tal característica: "Isto é tão pouco ou nada de mau, tanto que até tenho orgulho nela, porque justamente não tem nada de mau, ao contrário do que tu achas. Não tenho motivos para ter vergonha de ter esta característica". É isto que está por detrás.

                            Eu entendo essa atitude. Mas acho errado o uso de pride! Axo que descridibiliza... Porque tambem tem em si um sentimento discriminatorio... E combater o fogo com o fogo. Por isso e q so axo pertinente o uso de "pride" qdo se refere à cultura.  ;)

                              Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                              #74

                              Offline cacao

                              • *****
                              • Associad@ Honorári@
                              • Membro Vintage
                              • Género: Feminino
                              • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                                • Mais sobre mim...
                              Tópico interessante! :)

                              Votei que não considero de forma alguma grupos segregadores já que estão abertos a todos independetemente da orientação sexual [OS]. Passo a explicar, dado como exemplo a rede ex aequo: Os jovens LGBT vivem condições específicas condicionadas pela sua OS estar em minoria. Facilmente se encontram com baixa auto-estima, sentimentos de exclusão além da social, insucesso escolar, isolamento, etc. Estes fctores contribuem para uma maior taxa de ideias suicidas ou de abuso de substâncias tóxicas quase 4 vezes superior em relação aos outros jovens em geral.

                              Neste sentido, faz lógica a criação de grupos de apoio e auto-ajuda porque são jovens que vivem condições específicas resultantes da sua OS. Enquanto houver discriminação fará sentido a existência deste tipo de grupos.
                                Another one will bite the dust...

                                "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                                "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                                Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                                #75

                                Wasserfest

                                • Visitante
                                "Bem, é interessante ver como todos nós achamos descabida a ideia de uma escola gay e a maioria de nós concorda com bares gay e coisas do género! Qual será a diferença entre os 2 locais? Não estaremos a perpetuar diferenças infundamentadas da mesma forma? :)" in Outro Topico do Qual nao me Lembro o nome  ::)

                                  Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                                  #76

                                  Offline Buu

                                  • ****
                                  • Membro Sénior
                                  • Género: Feminino
                                  • Be who u are no matter what.. :)
                                    • Repolhos :)
                                  "Bem, é interessante ver como todos nós achamos descabida a ideia de uma escola gay e a maioria de nós concorda com bares gay e coisas do género! Qual será a diferença entre os 2 locais? Não estaremos a perpetuar diferenças infundamentadas da mesma forma? :)" in Outro Topico do Qual nao me Lembro o nome  ::)


                                  Tenho a minha opinião formada já no outro tópico lol ... se alguém me fizer mudar de ideias....

                                  Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                                  #77

                                  Wasserfest

                                  • Visitante
                                  "Bem, é interessante ver como todos nós achamos descabida a ideia de uma escola gay e a maioria de nós concorda com bares gay e coisas do género! Qual será a diferença entre os 2 locais? Não estaremos a perpetuar diferenças infundamentadas da mesma forma? :)" in Outro Topico do Qual nao me Lembro o nome  ::)


                                  Tenho a minha opinião formada já no outro tópico lol ... se alguém me fizer mudar de ideias....

                                  Oh filha manda a opiniao aqui outra vez senao o pessoal nao sabe qual é o outro topico!
                                  Eu pessoalmente não sei responder lá muito bem à pergunta que eu proprio coloquei!

                                  E um pouco off topic pessoalmente acho os bares gays assim um bocado pro degradantes e decadentes para a minha pessoa, no entanto não tenho nada contra quem gosta!
                                  Eu proprio as vezes frequento! (assim mt raramente :P)

                                    Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                                    #78

                                    Offline Buu

                                    • ****
                                    • Membro Sénior
                                    • Género: Feminino
                                    • Be who u are no matter what.. :)
                                      • Repolhos :)
                                    Concordo com grupos de ajuda, como diz a Cacao, grupos de apoio e de "elevamento de auto-estima  :devil " são sempre necessários!

                                    A minha opinião apenas se baseia na demonstração de afectos em público , coisa que todos podem e devem fazer, e que quem não goste que se habitue! we're coming out!  [smiley=martelo.gif]

                                    Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
                                    #79

                                    Wasserfest

                                    • Visitante
                                    Concordo com grupos de ajuda, como diz a Cacao, grupos de apoio e de "elevamento de auto-estima  :devil " são sempre necessários!
                                    O mau é que nem todos os grupos de ajuda são de grande ajuda! Mas isso já são questões que fogem totalmente ao controlo de quem os fundou com as melhores intenções!

                                       

                                      Tópicos relacionados

                                        Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                      3 Respostas
                                      5104 Visualizações
                                      Última mensagem 3 de Dezembro de 2005
                                      por bluejazz
                                      58 Respostas
                                      8833 Visualizações
                                      Última mensagem 15 de Fevereiro de 2012
                                      por kustom
                                      3 Respostas
                                      1129 Visualizações
                                      Última mensagem 23 de Outubro de 2013
                                      por tangled-up-girl
                                      5 Respostas
                                      1700 Visualizações
                                      Última mensagem 20 de Julho de 2014
                                      por nevertoolatetobehappy
                                      3 Respostas
                                      1442 Visualizações
                                      Última mensagem 18 de Maio de 2016
                                      por carolinalg