rede ex aequo

Olá Visitante19.jul.2019, 11:06:21

Sondagem

Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?

Sim
10 (20.4%)
Não
27 (55.1%)
Não tenho opinião
9 (18.4%)
Outro
3 (6.1%)

Votos totais: 36

Autor Tópico: Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?  (Lida 17026 vezes)

 
Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
#100

Offline blewguy

  • ***
  • Membro Total
  • Género: Masculino
  • i'm quite alright
Acredito que todos devemos ser quão diferentes ou iguais queiramos. É normal que grupos com coisas em comum se agrupem, só vejo que possa ser negativo se houver isolação total.
                                      Desde que os direitos sejam iguais, que sejamos todos como queiramos :)

    Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
    #101

    EVA Pilot

    • Visitante
    Não creio que seja forçosamente sinal de segregação, tudo depende do modo como as pessoas se envolvem nesses mesmo grupos, se se evadem do resto do "mundo" se não é da responsabilidade deles e não do grupo em si.

      Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
      #102

      Offline Thumbnail

      • *****
      • Membro Vintage
      • Género: Masculino
      • Ecce Somnium!
        • Bravis esse laboro, obscuro fio
      Não creio que seja forçosamente sinal de segregação, tudo depende do modo como as pessoas se envolvem nesses mesmo grupos, se se evadem do resto do "mundo" se não é da responsabilidade deles e não do grupo em si.

      Subscrevo.

      Contudo, depende igualmente do grupo propriamente dito. Pensemos na própria ex aequo, no seu próprio fóirum. Será uma forma de exclusão social ou antes uma forma de cooperação e auxílio pessoal? Bem como as actividades por ela propostas como é/foi o caso dos encontros desportivos e os eventos nocturnos ou outros com jantares, danças ou meros encontros pessoais, fosse com que intuito fosse. Nitidamente para mim, trata-se de um grupo com interesses em comum pronto a avançar na defesa pessoal de cada um. Por outro lado ouvi já exemplos de grupos mais extremistas como é o caso de uma equipa de futebol ou os fantásticos grupos de meia dúzia de meninos ou de meninas rebeldes que se acham importantes por serem diferentes (também daí os conceitos de moda lgbt). É triste e aí sim há uma valente exclusão social que dificulta todo o trabalho de quem tenta fazer com que pessoas LGBT's não sejam mais um objecto rotulado e desumanamente apontado mas antes indivíduos com a devida personalidade e dignidade.

      Voto a favor desses eventos com a certeza que há limites como em tudo o resto.
        Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

        Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
        #103

        Offline spacecowboy

        • **
        • Membro Júnior
        • Banido
        Não creio que seja forçosamente sinal de segregação, tudo depende do modo como as pessoas se envolvem nesses mesmo grupos, se se evadem do resto do "mundo" se não é da responsabilidade deles e não do grupo em si.

        Subscrevo.

        Contudo, depende igualmente do grupo propriamente dito. Pensemos na própria ex aequo, no seu próprio fórum. Será uma forma de exclusão social ou antes uma forma de cooperação e auxílio pessoal? Bem como as actividades por ela propostas como é/foi o caso dos encontros desportivos e os eventos nocturnos ou outros com jantares, danças ou meros encontros pessoais, fosse com que intuito fosse. Nitidamente para mim, trata-se de um grupo com interesses em comum pronto a avançar na defesa pessoal de cada um. Por outro lado ouvi já exemplos de grupos mais extremistas como é o caso de uma equipa de futebol ou os fantásticos grupos de meia dúzia de meninos ou de meninas rebeldes que se acham importantes por serem diferentes (também daí os conceitos de moda lgbt). É triste e aí sim há uma valente exclusão social que dificulta todo o trabalho de quem tenta fazer com que pessoas LGBT's não sejam mais um objecto rotulado e desumanamente apontado mas antes indivíduos com a devida personalidade e dignidade.

        Voto a favor desses eventos com a certeza que há limites como em tudo o resto.
        Olá  :D nao é coerente comparar a ex-aequo com os guettos que existem na população LGBT em que uma maioria significativa não se revè ,os bares o tal de turismo gay, a cultura gay que é criada como conceitos, generos musicais,filmes é que eu acho que é uma auto-segregação, porque leva a que muitos homossexuais fujam do mundo real e que colem a mundo superficial, pequeno e com um grupo restrito a que simplesmnete tem em comum a orientação sexual, a sexualidade deve ser vivida em harmonia e com o resto da sociedade e isso é possivel.
        A noite gay, espaços gay apenas segrega mais a mente humana ,perdendo a capacidade de integração de outros espaços , de outras realidades levando ao desenvolvimento de neuroses e dusturbios psicologicos que mais tarde condicionarao nas decisoes permentes da sua vida profissional e até pessoal e familiar, é imporrtante identificarmo.nos com pessoas que tenham coisas em comum conosco mas parece.me pouco razoavel fecharmo.nos num mundo, seleccionando pessoas e meios, deve haver maturidade para uma integração sem usar o "choradinho" da descriminação que de facto existe mas não pode ser motivo para a secundarização na nossa existência enquanto seres humanos afectivos e a essência que nos destingue invariavelmente uns dos outros com as nossas vivências e meios sociais.


          Criação de grupos temáticos contituidos por LGBTS: forma de auto-segregação?
          #104

          Offline Atomic

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Masculino
          • Everything changes when you grow old...
            • Somos Blergh
          Estava a ver se fazia uma limpeza aqui à secção do geral e dei de caras com este tópico.
          Tive há cerca de uns 2/3 dias uma conversa com uma amiga minha que me acusou "ah, vocês LGBTs também são excluídos porque vocês próprios se excluem na sociedade" e fiquei um pouco a pensar que de facto, talvez por estar um pouco envolvido no meio ativista, não conheço assim tanta gente não LGBT.
          Por outro lado estive a deliberar e acho que seria quase como se uma rapariga que tivesse quase só amigas, lhe dissessem "oh, parece que estás a tentar excluir-te da sociedade, não te dás com rapazes".
          Acho que por fim, a minha conclusão foi um pouco ao nível de as pessoas vão sempre estabelecer amizades com pessoas com as quais se sentem seguras e que têm aspectos em comum...

           

          Tópicos relacionados

            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
          3 Respostas
          4995 Visualizações
          Última mensagem 3 de Dezembro de 2005
          por bluejazz
          58 Respostas
          8612 Visualizações
          Última mensagem 15 de Fevereiro de 2012
          por kustom
          3 Respostas
          1043 Visualizações
          Última mensagem 23 de Outubro de 2013
          por tangled-up-girl
          5 Respostas
          1581 Visualizações
          Última mensagem 20 de Julho de 2014
          por nevertoolatetobehappy
          3 Respostas
          1352 Visualizações
          Última mensagem 18 de Maio de 2016
          por carolinalg