rede ex aequo

Olá Visitante19.nov.2019, 08:08:24

Sondagem

Auto-mutilação

já pensei nisso mas nunca fiz.
219 (32%)
pensei e cheguei a fazer / ainda faço
233 (34%)
nunca pensei nisso
233 (34%)

Votos totais: 468

Autor Tópico: Ideações suicidas e auto-mutilação  (Lida 183153 vezes)

 
Ideações suicidas e auto-mutilação
#820

Offline Extravagant_excentric

  • ****
  • Membro Sénior
  • Género: Masculino
  • "Dear Virginia Woolf...
De facto é óbvio que tudo isso já me veio à ideia na medida em que pensava... seria eu capaz....

Já tive alturas da minha vida com grande abatimento psicológico, mas chegava sempre à conclusão que era incapaz de me suicidar ou mutilar..


As pessoas que desejam matar-se, de facto, são as que mais sede de vida têm! :-* ;)

    Ideações suicidas e auto-mutilação
    #821

    diafeliz

    • Visitante

    (...)
    As pessoas que desejam matar-se, de facto, são as que mais sede de vida têm! :-* ;)

    Nem sempre é assim tão linear...

      Ideações suicidas e auto-mutilação
      #822

      Offline Extravagant_excentric

      • ****
      • Membro Sénior
      • Género: Masculino
      • "Dear Virginia Woolf...

      (...)
      As pessoas que desejam matar-se, de facto, são as que mais sede de vida têm! :-* ;)

      Nem sempre é assim tão linear...

       Eu li isto num livro que um psiquiatra que não é apologista da cura medicamentosa! Mas de facto tem razão , penso! Afinal as pessoas matam-se para acabar com algo que lhes provoca uma dor imensa... elas só não queriam estar nessa situação! Apenas queriam ser felizes sem essa dor e situação que lhes perturba!

        Ideações suicidas e auto-mutilação
        #823

        diafeliz

        • Visitante

        (...)
        As pessoas que desejam matar-se, de facto, são as que mais sede de vida têm! :-* ;)

        Nem sempre é assim tão linear...

         Eu li isto num livro que um psiquiatra que não é apologista da cura medicamentosa! Mas de facto tem razão , penso! Afinal as pessoas matam-se para acabar com algo que lhes provoca uma dor imensa... elas só não queriam estar nessa situação! Apenas queriam ser felizes sem essa dor e situação que lhes perturba!

        Exacto... Por vezes quando o objectivo é matar mesmo, aquela é a única solução que a pessoa considera existir...

        No entanto, não nos esqueçamos de que muitas vezes uma tentativa de suicídio deixa mazelas para toda a vida, existindo casos de pessoas que ficam paraplégicas (e por aí fora) devido a uma tentativa de suicídio.

        Eu enquanto profissional tento "fugir" ao máximo à medicação, contudo, algumas vezes esta é mesmo necessária uma vez que é preciso "estabilizar" alguns aspectos para que possamos começar a trabalhar...

        Não querendo ficar off-topic uma vez que já existe um tópico sobre o suicídio, acrescento que tanto a auto-mutilação como as ideações suicídas são chamadas de atenção e um acto de comunicação por si só...

        Existem casos extremamente complicados, mas a resolução é possível... Não é fácil mas é possível... É preciso é querer mesmo resolver o problema e procurar ajuda para o fazer...
        « Última modificação: 9 de Julho de 2008 por vss »

          Ideações suicidas e auto-mutilação
          #824

          DeusaNocturna

          • Visitante

          Não querendo ficar off-topic uma vez que já existe um tópico sobre o suicídio, acrescento que tanto a auto-mutilação como as ideações suicídas são chamadas de atenção e um acto de comunicação por si só...


          Concordo. Em muitos dos casos as pessoas não têm coragem para o fazer, mas estão sempre a mencionar o facto como que para chamar a atenção sobre elas.
          No fundo, é um pedido de ajuda.

            Ideações suicidas e auto-mutilação
            #825

            diafeliz

            • Visitante

            "Para-suicídio:

            Acto não fatal, através do qual o indivíduo protagoniza um comportamento invulgar, sem intervenção de outrém, causando lesões a si próprio ou ingerindo uma substância em excesso, além da dose prescrita, reconhecida geralmente como terapêutica, com vista a conseguir modificações imediatas com o seu comportamento ou a partir de eventuais lesões físicas consequentes.

            É no sexo feminino que possui uma maior incidência, isto é, são as mulheres, em especial na sua juventude, que mais adoptam este tipo de comportamento e que está, regra geral, associado a um conjunto de perturbações emocionais, caracterizando-se pela prática de actos que simulam longinquamente a vontade de terminar a vida, mas com a peculiaridade de deixar pistas para que o acto não resulte na própria morte.

            Infelizmente, este tipo de comportamentos e situações nem sempre é descoberto a tempo de evitar uma morte. Por exemplo, uma adolescente que tomou um "cocktail" de medicamentos para simular e fazer sentir a sua dor, o seu desespero, contando que um familiar chegasse a casa a tempo de a poder transportar ao hospital, mas que, por razões diversas tal não acontece e aquilo não pretenderia passar de um grito de ajuda, transforma-se num suicídio, embora não fosse essa a verdadeira intenção.

            Tentativa de suicídio:

            Ao contrário do para-suicídio, a tentativa de suicídio é entendida como o acto levado a cabo por um indivíduo e que visa a sua morte, mas que por razões diversas não é alcançada.

            É o nível de intencionalidade uma dos principais diferenças entre estes actos, sendo na tentativa de suicídio superior.

            A precipitação propositada de um local bastante alto, pode considerar-se como uma tentativa de suicídio caso não resulte na própria morte, no entanto, é importante referir que é neste quadro que resultam mais incapacitações como consequência da intencionalidade do acto. Dir-se-ia que é um suicídio frustrado. "

            Fonte: Sociedade Portuguesa de Suicidologia www.spsuicidologia.pt

              Ideações suicidas e auto-mutilação
              #826

              Offline reguila

              • *****
              • Membro Ultra
              • Género: Feminino
              • "Sê Plural como o Universo" F. Pessoa
              Um conselho que dou: quando a vida vos correr mesmo mal por mais doloroso que seja nunca se cortem é um vicio como a droga, quando se começa torna-se muito dificil parar.


              Tens razão! Obrigada pela testemunho.

               "Os atos podem ter, como intenção, o alívio de emoções insuportaveis, sensações de irrealidade e apatia (geralmente causadas por experiências dissociativas como a despersonalização). Esse comportamento é listado no DSM-IV-TR como sintoma do transtorno de personalidade borderline e é, algumas vezes, associado à doença mental, uma história de traumas e abusos, transtornos alimentares, baixa auto-estima e perfeccionismo".
              [http://pt.wikipedia.org/wiki/Automutila%C3%A7%C3%A3o]

              Se continuasses a ser seguida por terapeutas não ajudava a evitar estas fugas?

              Falo como leiga! Mas, acho importante que se deixe aqui testemunhos do efeito da terapia...
              « Última modificação: 10 de Julho de 2008 por reguila »
                EFEITO BORBOLETA:
                “You can't change who people are without destroying who they were.” * “Predictabilidade: O bater de asas de uma borboleta no Brasil poderá provocar um tornado no Texas”

                Ideações suicidas e auto-mutilação
                #827

                Yumi

                • Visitante
                Um conselho que dou: quando a vida vos correr mesmo mal por mais doloroso que seja nunca se cortem é um vicio como a droga, quando se começa torna-se muito dificil parar.


                Tens razão! Obrigada pela testemunho.

                 "Os atos podem ter, como intenção, o alívio de emoções insuportaveis, sensações de irrealidade e apatia (geralmente causadas por experiências dissociativas como a despersonalização). Esse comportamento é listado no DSM-IV-TR como sintoma do transtorno de personalidade borderline e é, algumas vezes, associado à doença mental, uma história de traumas e abusos, transtornos alimentares, baixa auto-estima e perfeccionismo".
                [http://pt.wikipedia.org/wiki/Automutila%C3%A7%C3%A3o]

                Se continuasses a ser seguida por terapeutas não ajudava a evitar estas fugas?

                Falo como leiga! Mas, acho importante que se deixe aqui testemunhos do efeito da terapia...


                Infelizmente a minha irmã morreu foi desta forma e sei quando vi ela a viciar-se, querer sair dela e não conseguir!

                  Ideações suicidas e auto-mutilação
                  #828

                  Offline AAAMMM

                  • *
                  • Novo Membro
                  Já o fiz e ainda faço :'
                  É HORRIVEL TENTAR CONTROLAR,mas não dá,chega a um ponto que não dá mesmo...
                  Sinto-me aliviada quando o faço :-\
                  Nao consigo falar com ninguem sobre isto,tenho TANTA vergonha =X
                  Á dias que me ando a controlar pra nao o fazer mas acho que nao aguento muitoo maiiiiiis  :'(

                    Ideações suicidas e auto-mutilação
                    #829

                    Passer

                    • Visitante
                    Já o fiz e ainda faço :'
                    É HORRIVEL TENTAR CONTROLAR,mas não dá,chega a um ponto que não dá mesmo...
                    Sinto-me aliviada quando o faço :-\
                    Nao consigo falar com ninguem sobre isto,tenho TANTA vergonha =X
                    Á dias que me ando a controlar pra nao o fazer mas acho que nao aguento muitoo maiiiiiis  :'(

                    Força, AAAMMM, é claro que consegues  ;) ;) ;)

                    Consegues porque és maior do que isso  ;) :-* :-* :-* :-*

                      Ideações suicidas e auto-mutilação
                      #830

                      Offline AAAMMM

                      • *
                      • Novo Membro
                      Obrigada ● AsrEsp ●
                      Mas é tudo tão mais forte que eu :S estou aqui numa angústia, a controlar-me pra nada fazer,mas esta a ser incontrolavel :x
                      Tenho VERGONHA de fazer isto mas é a unica maneira que encontro pra libertar a mnha angustia e tentar pensar noutro tipo de dores

                        Ideações suicidas e auto-mutilação
                        #831

                        Passer

                        • Visitante
                        Obrigada ● AsrEsp ●
                        Mas é tudo tão mais forte que eu :S estou aqui numa angústia, a controlar-me pra nada fazer,mas esta a ser incontrolavel :x
                        Tenho VERGONHA de fazer isto mas é a unica maneira que encontro pra libertar a mnha angustia e tentar pensar noutro tipo de dores

                        Nahh...'bora pensar noutras coisas.. ;) ;)

                        Passear no forum...ja viste as conversas que se estao a passar por ai? hmmm...canal irc da rede? de certeza que esta animado... vá...pensar noutras coisas...comer chocolates?  :P quero tornar-me um chocolatier...se souberes receitas de bombons, trufas, coisas desse genero, manda-me uma mp...tou a falar a serio...quero mesmo arender a fazer pequenas delicias  ;D

                        beijito  :-*

                          Ideações suicidas e auto-mutilação
                          #832

                          Offline AAAMMM

                          • *
                          • Novo Membro
                          Ás vezes que há coisas tão injustas :S
                          A vida é complicada, as vezes nem sabemos como resolver as coisas e a melhor maneira é fugir deste jeito :X
                          Se comer , sou bem capaz de vomitar :x
                          Sofro desse problema também, tnho por habito meter os dedos a boca pra vomitar :S

                            Ideações suicidas e auto-mutilação
                            #833

                            Offline ky

                            • ***
                            • Membro Total
                            • Género: Feminino
                            Eu acho que não são só os LGBTS que se auto-mutilam ou têm ideias suicidas. Penso que a maior parte de pessoas que pondera ou pratica isso tem problemas a qualquer nível! Penso que isto passa pela cabeça de muitas pessoas… para que possam aliviar outros pensamentos ou outras dores. Não tenho nada contra isso, até porque já estive em depressão, e uma maneira que encontrava de aliviar a dor e a raiva que transportava em mim era cortar-me e muitas vezes pensem em me matar para acabar com todo o tormento e reboliço que ia na minha vida! Acho que ninguém tem o direito de criticar as pessoas que fazem isto! É dever é de todos ajudar! Porque cada pessoa encontra uma maneira sua e própria de lutar contra as suas mágoas e as suas dores!

                            Ser gay, ou lésbica… ou ser apenas diferente do que a humanidade estabeleceu de normal dá muitas dores de cabeça! Chora-se muito… E normalmente a pergunta de «porquê a mim?» faz eco nas nossas cabeças! Muitas vezes, apenas por não seguir os padrões de normalidade da sociedade, recorre-se á auto-mutilação como forma de alívio! Porque sei bem que quando alguém se auto-mutila sente alivio, sente-se muitas vezes mais calmo, como um descarregar de energias negativas!

                            Como ajudar não sei! Acho que a maior parte das pessoas que pensa em matar-se, ou em auto-mutilar-se, acaba por deixar de o fazer sozinho! Porque percebe que isso não o leva a lado nenhum! Porque se nos fazem sentir diferentes, e nos colocam muitas vezes á margem da sociedade, ou nos olham de lado, são pessoas sem formação! E que não sabem o que é o amor! Porque o amor é mesmo apaixonarmo-nos por qualquer um… como sendo apenas um interior a estar ali, e não uma embalagem! Mas, voltando ao assunto, acho que quem pára de fazer ou pensar isso, é porque realmente encontrou o seu caminho de novo, e a sua vida está a voltar ao normal! A sociedade está a mudar, temos de lutar para que mude para melhor!

                            (é mesmo bom poder partilhar os nossos pensamentos com pessoas que nos percebem!)

                            *
                              Ky

                              Ideações suicidas e auto-mutilação
                              #834

                              Piki

                              • Visitante
                              Eu acho que não são só os LGBTS que se auto-mutilam ou têm ideias suicidas. Penso que a maior parte de pessoas que pondera ou pratica isso tem problemas a qualquer nível! Penso que isto passa pela cabeça de muitas pessoas… para que possam aliviar outros pensamentos ou outras dores. Não tenho nada contra isso, até porque já estive em depressão, e uma maneira que encontrava de aliviar a dor e a raiva que transportava em mim era cortar-me e muitas vezes pensem em me matar para acabar com todo o tormento e reboliço que ia na minha vida! Acho que ninguém tem o direito de criticar as pessoas que fazem isto! É dever é de todos ajudar! Porque cada pessoa encontra uma maneira sua e própria de lutar contra as suas mágoas e as suas dores!

                              Ser gay, ou lésbica… ou ser apenas diferente do que a humanidade estabeleceu de normal dá muitas dores de cabeça! Chora-se muito… E normalmente a pergunta de «porquê a mim?» faz eco nas nossas cabeças! Muitas vezes, apenas por não seguir os padrões de normalidade da sociedade, recorre-se á auto-mutilação como forma de alívio! Porque sei bem que quando alguém se auto-mutila sente alivio, sente-se muitas vezes mais calmo, como um descarregar de energias negativas!

                              Como ajudar não sei! Acho que a maior parte das pessoas que pensa em matar-se, ou em auto-mutilar-se, acaba por deixar de o fazer sozinho! Porque percebe que isso não o leva a lado nenhum! Porque se nos fazem sentir diferentes, e nos colocam muitas vezes á margem da sociedade, ou nos olham de lado, são pessoas sem formação! E que não sabem o que é o amor! Porque o amor é mesmo apaixonarmo-nos por qualquer um… como sendo apenas um interior a estar ali, e não uma embalagem! Mas, voltando ao assunto, acho que quem pára de fazer ou pensar isso, é porque realmente encontrou o seu caminho de novo, e a sua vida está a voltar ao normal! A sociedade está a mudar, temos de lutar para que mude para melhor!

                              (é mesmo bom poder partilhar os nossos pensamentos com pessoas que nos percebem!)

                              *


                              e optimo podermos falar com pessoas que podem entender os nossos problemas sentimentos etc.. eu ja me auto-mutilei varias vezes a ultima muito recente ate..tambem ja tentei cometer suicidio 3 vezes.. nao por ser homossexual, mas por tudo o q me fazm a minha familia todos os problemas que desde muito crianca  tive presente na minha vida, e para juntar a todos eles e a vida q tive e tenho com a familia esta tambem nao me aceita e faz de tudo para me estragar a vida, e um acumular de coisas que me tira a vontade de viver muitas vezes..muitas vezes sinto um desespero em mim e uma vontande enorme de morrer e xego a nao perceber o q se passa cmg o que tenho para me sentir dessa maneira..
                              « Última modificação: 27 de Julho de 2008 por Piki »

                                Ideações suicidas e auto-mutilação
                                #835

                                Riu

                                • Visitante
                                Bom, eu sou bissexual, nunca contei k sou isso a ninguem da minha familia, mas decerto k tenciono contar a minha mãe. É estranho, eu não sou assumido em parte, quando já começei a dizer a pessoas da net e tal, eu começei a dizer k era bi, devido a eu gostar de raparigas e de rapazes, mas nunca me passou pela cabeça de me suicidar ou de mutilar-me, aceitei como sou assim, em poucos segundos parecia uma cena bem facil de resolver. A rapazes k ficam boe descontrolados só de pensar k sao gays ou bi, mas eu não, talvez porque gosto de gostar de homens, talvez....
                                Bem, é verdade k já me senti muito triste, na solidao e tal, mas nunca por causa da minha bissexualidade, mas sim por causa de ninguem da minha familia e de colegas, nao me ligarem, passei a minha infancia, pré-adolegencia e ate agora, passei a vida sozinho, o k é triste. E não foi só isso k me fez ficar mais desilodido com a vida, foi o facto de sofrer de violação domestica, levar porrada, logo desde pequeno, ver a minha mae a ser espancada e a churar e eu não poder ajudar. Ressomindo estive num boraco bem fundo, sem amigos, sem familia, sem afecto, amor sem nada, era eu e o meu quarto. E de tudo o k passei, eu ainda aqui tou, pensei em cuicido, mas nunca pensei em me matar, pk eu sempre sonhei k um dia iria ser recompensado, e seria feliz, sempre foi esta a frase k me fez rebitar e lutar por aquilo k keria e kero. Quantas pessoas vosses sao capaz de conhecer k sofreram o k sofri e k conseguiram estar no 12 ano, como eu estou? Tenho quase a certeza k muitos nem o 5 ano tinham, e estavam metidos na droga, ou na bebida para esquecer os problemas. Eu não, eu aguentei tudo, por medoto natural, e apesar de tudo, ate sinto orgulho em mim por isso.
                                Para kem tentar cuicidar-se, não o fassa, simplesmente pk  merece viver, não merece morrer por causa dos outros, lute como eu lutei e ainda continuo, pois a minha luta ainda não acabou, só agora começou. Se não achar k não aguenta o seu sofrimento, entao eu digo k é um fraco, diga para si mexmo k nao ker ser um fraco, um falhado, diga k quer vencer, e vai ver k depois, a sua vida vai mudar para melhor. Mas de tudo na vida exerge esforço, muito esforço. Acreditam k consiguiram como eu consegui e consigo.
                                Fiquem bem!!
                                « Última modificação: 28 de Julho de 2008 por Riu »

                                  Ideações suicidas e auto-mutilação
                                  #836

                                  Offline Extravagant_excentric

                                  • ****
                                  • Membro Sénior
                                  • Género: Masculino
                                  • "Dear Virginia Woolf...
                                  Bom, eu sou bissexual, nunca contei k sou isso a ninguem da minha familia, mas decerto k tenciono contar a minha mãe. É estranho, eu não sou assumido em parte, quando já começei a dizer a pessoas da net e tal, eu começei a dizer k era bi, devido a eu gostar de raparigas e de rapazes, mas nunca me passou pela cabeça de me suicidar ou de mutilar-me, aceitei como sou assim, em poucos segundos parecia uma cena bem facil de resolver. A rapazes k ficam boe descontrolados só de pensar k sao gays ou bi, mas eu não, talvez porque gosto de gostar de homens, talvez....
                                  Bem, é verdade k já me senti muito triste, na solidao e tal, mas nunca por causa da minha bissexualidade, mas sim por causa de ninguem da minha familia e de colegas, nao me ligarem, passei a minha infancia, pré-adolegencia e ate agora, passei a vida sozinho, o k é triste. E não foi só isso k me fez ficar mais desilodido com a vida, foi o facto de sofrer de violação domestica, levar porrada, logo desde pequeno, ver a minha mae a ser espancada e a churar e eu não poder ajudar. Ressomindo estive num boraco bem fundo, sem amigos, sem familia, sem afecto, amor sem nada, era eu e o meu quarto. E de tudo o k passei, eu ainda aqui tou, pensei em cuicido, mas nunca pensei em me matar, pk eu sempre sonhei k um dia iria ser recompensado, e seria feliz, sempre foi esta a frase k me fez rebitar e lutar por aquilo k keria e kero. Quantas pessoas vosses sao capaz de conhecer k sofreram o k sofri e k conseguiram estar no 12 ano, como eu estou? Tenho quase a certeza k muitos nem o 5 ano tinham, e estavam metidos na droga, ou na bebida para esquecer os problemas. Eu não, eu aguentei tudo, por medoto natural, e apesar de tudo, ate sinto orgulho em mim por isso.
                                  Para kem tentar cuicidar-se, não o fassa, simplesmente pk  merece viver, não merece morrer por causa dos outros, lute como eu lutei e ainda continuo, pois a minha luta ainda não acabou, só agora começou. Se não achar k não aguenta o seu sofrimento, entao eu digo k é um fraco, diga para si mexmo k nao ker ser um fraco, um falhado, diga k quer vencer, e vai ver k depois, a sua vida vai mudar para melhor. Mas de tudo na vida exerge esforço, muito esforço. Acreditam k consiguiram como eu consegui e consigo.
                                  Fiquem bem!!


                                  Esplêndido! Muito Bem! De facto revejo-me muito em ti! Mesmo, até por essa idealogia do "não se suicide, porque merece viver!, de facto quem se quer suicidadr e cessar, acabando com todos os problemas, é quem mais sede de viver têm!

                                  Força! ;) :) :D

                                    Ideações suicidas e auto-mutilação
                                    #837

                                    Riu

                                    • Visitante
                                    Também já sofres-te como eu?
                                    Eu sei k por vezes é facil falar, sei k ás vezes a dor, o sofrimento são muito dolorosos, eu sei disso.
                                    mas uma coisa digo, aquilo k sofri e o k sofrem outro k fassem um grande drama só por sofrerem por coisas estupidas, ou de sofrerem pk a vida não é simpatica, não sofrem quase nada, simplesmente pk á gente k sofre ainda pior, muito pior. Reclamamos com o nosso sofrimento dizendo k é muito doloroso e bla bla, quando muitas crianças morrem á fome, outras são traficadas, outros morrem na guerra, outros são violados por pedofilos, isto sim é k é sofrer. Tenho quase a certeza k muitos k sofrem desta maneira, preferiam mill vezes ter sofrido o k sofri, ao menos eu ainda tive comida, um quarto para mim, estudos, coisas materiais, (pc, tv, etc). O meu sofrimento não foi nada comparado com o k estas pessoas sofreram, e eu sei k ainda á pessoas a sofrer com este tipo de acontecimentos. A vida é triste, sim, alguem disse k a filicidade existia? pois, ela não existe. A felicidade somos nós k a construimos para nós proprios, ou quando recebemos algo bom de outras pessoas.
                                    Mas como nós não conseguimos fazer toda a gente do mundo felizes, tentamos pelo menos  ajudar no k podemos, mas em parte somos sempre nós a pensar em nós em primeiro logar, pode ser egoismo, mas não, nós somos pessoas k tb keremos ser felizes, logo é natural k pensamos em nós primeiro. E uma pessoa egoista é uma pessoa k só pensa nela a 100%, isso sim é egoismo e é muito feio.
                                    A capacidade de ser egoista é saber k tem um filho com fome, só tem um pão para comer, existe 3 pessoas em casa, e quem come o pão é o pai ou a mãe. bom, pode-se dizer k isto, acho k não acontece assim muito nos dias de hoje. Mas nunca se sabe.

                                    Para terminar, digo, k não devemos por maneira nenhuma matarmos ou auto-matilarmos por dores k são dores completamente abaixo das dores daquelas pessoas k eu referi em cima.
                                    eu conheci uma rapariga k se quiz matar só porque o irmão dela(k representava o pai da familia)  casou e foi viver para outra casa. digam-me se esto não é paranoia, é sem duvida uma rapariga mimada k fica logo passada com uma dor k nem sequer ultrapassa o sofrimento k sofri. Tb conheci um caso, como um homem, k ate era actor da tvi, suicidou-se só porque tinha muitas dividas para pagar, bom, eu acho k uma pessoa deve pensar antes de agir, eu sou uma pessoa k não gosto de dever nada a ninguem, eu perferia morrer de fome, do k pedir guita a alguem. Mas não sabemos a k ponto eram as dividas deste indevidou, poderiam ser muito elevadas, bom, se o gajo era ameaçado, pode-se dizer k também não é facil, mas se ele sabia k não ia ter guita pk pediu dinheiro enprestado?, bom  não kero tar aqui a especular, o homem morreu mesmo, ate era um actor porreiro e engraçado, ele k descanse em paz.

                                    bom, kem ler isto e se quer matar, é bom k leia esto de novo, e k pense se está em possição para se matar, ou mutlar-se.

                                    Fiquem bem!! E que deus ilumine as dores das pessoas k sofrem, para k este mundo seja pelo menos, uma pequena alegria.
                                       

                                      Ideações suicidas e auto-mutilação
                                      #838

                                      Offline Clearest

                                      • ****
                                      • Membro Sénior
                                      • Género: Masculino
                                      • R.E.S.P.E.C.T
                                      Tenho pavor!! a sangue... mesmo.. conheço tanta gente que o faz.. inclusive amigos meus..
                                      não façam isso.. amem o vosso corpo.. há tantas formas de deitar-mos tudo cá para fora sem usar-mos a mutilação... AMIGOS. são o melhor do mundo, recorram a eles.. aiii :'( :'( :'( este forum hoje nao esta a deixar-me nada bem! so coisas tristes por aqui!!! :-\ :'(

                                        Ideações suicidas e auto-mutilação
                                        #839

                                        Offline ⓙⓐⓜⓔⓢ

                                        • *****
                                        • Membro Ultra
                                        • Género: Masculino
                                        • Love is Love
                                        Bom, eu sou bissexual, nunca contei k sou isso a ninguem da minha familia, mas decerto k tenciono contar a minha mãe. É estranho, eu não sou assumido em parte, quando já começei a dizer a pessoas da net e tal, eu começei a dizer k era bi, devido a eu gostar de raparigas e de rapazes, mas nunca me passou pela cabeça de me suicidar ou de mutilar-me, aceitei como sou assim, em poucos segundos parecia uma cena bem facil de resolver. A rapazes k ficam boe descontrolados só de pensar k sao gays ou bi, mas eu não, talvez porque gosto de gostar de homens, talvez....
                                        Bem, é verdade k já me senti muito triste, na solidao e tal, mas nunca por causa da minha bissexualidade, mas sim por causa de ninguem da minha familia e de colegas, nao me ligarem, passei a minha infancia, pré-adolegencia e ate agora, passei a vida sozinho, o k é triste. E não foi só isso k me fez ficar mais desilodido com a vida, foi o facto de sofrer de violação domestica, levar porrada, logo desde pequeno, ver a minha mae a ser espancada e a churar e eu não poder ajudar. Ressomindo estive num boraco bem fundo, sem amigos, sem familia, sem afecto, amor sem nada, era eu e o meu quarto. E de tudo o k passei, eu ainda aqui tou, pensei em cuicido, mas nunca pensei em me matar, pk eu sempre sonhei k um dia iria ser recompensado, e seria feliz, sempre foi esta a frase k me fez rebitar e lutar por aquilo k keria e kero. Quantas pessoas vosses sao capaz de conhecer k sofreram o k sofri e k conseguiram estar no 12 ano, como eu estou? Tenho quase a certeza k muitos nem o 5 ano tinham, e estavam metidos na droga, ou na bebida para esquecer os problemas. Eu não, eu aguentei tudo, por medoto natural, e apesar de tudo, ate sinto orgulho em mim por isso.
                                        Para kem tentar cuicidar-se, não o fassa, simplesmente pk  merece viver, não merece morrer por causa dos outros, lute como eu lutei e ainda continuo, pois a minha luta ainda não acabou, só agora começou. Se não achar k não aguenta o seu sofrimento, entao eu digo k é um fraco, diga para si mexmo k nao ker ser um fraco, um falhado, diga k quer vencer, e vai ver k depois, a sua vida vai mudar para melhor. Mas de tudo na vida exerge esforço, muito esforço. Acreditam k consiguiram como eu consegui e consigo.
                                        Fiquem bem!!


                                        Não sabia que a tua infância tinha sido tão complicada (também não te conheço...). Mas tens razão quando dizes que muitos dos jovens que também passaram por experiências negativas na sua infância ficam sempre com problemas/traumas que se reflectem na sua vida adulta. Posso dizer que eras um adolescente em risco, o teu futuro não se vislumbrava nada de bom, mas pelos vistos há sempre excepções, excepções essas bastante positivas. Só espero que no futuro não tenhas comportamentos agressivos contra o/a teu/tua companheir@ ;) Fica bem!

                                        Ahhh e não se suicidem isso não resolve nada: os pscicólogos servem para alguma coisa ;)

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          594 Respostas
                                          81528 Visualizações
                                          Última mensagem 28 de Dezembro de 2013
                                          por Yahiza
                                          3 Respostas
                                          5104 Visualizações
                                          Última mensagem 3 de Dezembro de 2005
                                          por bluejazz
                                          104 Respostas
                                          17781 Visualizações
                                          Última mensagem 26 de Fevereiro de 2018
                                          por Atomic
                                          225 Respostas
                                          51643 Visualizações
                                          Última mensagem 8 de Fevereiro de 2014
                                          por Odra
                                          2 Respostas
                                          1726 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Dezembro de 2010
                                          por MRPEC