rede ex aequo

Olá Visitante29.out.2020, 11:33:51

Autor Tópico: Será dificil conhecer novas pessoas?  (Lida 67730 vezes)

 
Será dificil conhecer novas pessoas?
#380

Offline carolinalg

  • *****
  • Moderação Geral
  • Membro Elite
  • Género: Feminino
  • call it Magic... call it true...
Conhecer... não digo.
(Começar a) Criar laços e mantê-los, isso sim, é-me normalmente difícil... Sou um bocado tímida nessas coisas.
    - carolinalg -

    Será dificil conhecer novas pessoas?
    #381

    Offline سامانتا

    • *****
    • Associad@
    • Membro Ultra
    • Género: Feminino
    • pretty in scarlet
    Sim.

    Fazendo parte do espectro do autismo e não tendo uma base social como a maioria das pessoas (amizades de amizades, conhecidos de conhecidos, etc), é muito difícil para mim. Nem através de meios virtuais é fácil porque se me enviam uma simples mensagem a questionar "olá, tudo bem?" eu não vou conseguir responder a isso. Se me enviam algo mais aleatório ou com conteúdo, sim, mais facilmente surge conversa. Se for a questão em cima, parecendo que não e parecendo que é uma birra da minha parte, o meu cérebro simplesmente não consegue ultrapassar isso porque é desconfortável e supérfluo e simplesmente não dá (para mim. Não estou a julgar, simplesmente a tentar explicar algo que me custa muito). 

    O mais engraçado é que não sou tímida nem desinteressante. Modéstia à parte, tenho muito assunto interessante e pontos de vista e opiniões sobre os quais conversar. Mas funciono muito à base de químicas comunicacionais e, se não existe, simplesmente não dá. Tudo o que seja um guião normal social de conversação (ou de comportamento, tipo jantares de grupo, beber cafés, etc) é algo que não funciona comigo. E nem é porque não quero, é porque simplesmente o meu cérebro não funciona assim. O que é muito frustrante. E cansa-me ter que ler «faz um esforço, e faz isto, e que mal tem responder "tudo bem! e contigo?"» como se eu fosse uma criança a bater o pé. Viver no espectro do autismo é cada vez mais complicado. Parece que em vez de ganhar ferramentas sociais cada vez as perco mais. Não há cá pensamentos de fugir à zona de conforto porque isso, em pessoas como eu, pelo menos, normalmente não traz coisas boas mas sim (no meu caso) estados depressivos e é necessário ter cuidado com isso.
    « Última modificação: 29 de Dezembro de 2017 por سامانتا »
      «Open your eyes, open your mind,
      proud like a god, don't pretend to be blind.
      Trapped in yourself, break out instead,
      beat/feed the machine that works in your head»
      - Guano Apes

      Será dificil conhecer novas pessoas?
      #382

      Offline Atomic

      • *****
      • Membro Ultra
      • Género: Masculino
      • Everything changes when you grow old...
        • Somos Blergh
      سامانتا Embora seja injusto eu dizer que compreendo o que sentes, porque muito provavelmente não compreendo, concordo plenamente com a questão da conversa casual sobre assunto nenhum! Odeio conversas vazias! Principalmente quando estou em modo de dating, se alguém nas primeiras 5 frases ainda não me disse nada de interessante perco um bocado o interesse.

      Por outro lado, diria que tenho até alguma facilidade em fazer amizades, sou muito instintivo e é extremamente raro o meu instinto falhar-me. Também gosto muito de cruzar diferentes grupos de amigos e diferentes pessoas que ache que se irão dar bem, só mesmo para ver o que acontece! No entanto, estivesse eu a escrever isto há uns 5 anos, o caso seria completamente diferente :P

      Acho que com o tempo uma pessoa vai establecendo uma rede de amizades e contactos e vai crescendo a partir daí, normalmente o mais difícil é começar

      Será dificil conhecer novas pessoas?
      #383

      Offline sam_mukka

      • ***
      • Membro Total
      • Género: Masculino
      Eu sou uma pessoa extremamente isolada/introvertida, e acreditem, se dependesse de mim, seria um dos primeiros defeitos que eu tentaria remover.
      Desde muito novo, que eu me sinto diferente, e isso sempre excluiu-me de fazer laços com outras pessoas. Claro que hoje em dia tenho alguns amigos, mas por vezes sinto-me só, visto que muitos só os posso ver na escola ou muito esporadicamente em alguma saida que organizemos.

      Às vezes gostava de poder dar-me bem com toda a gente, mesmo alguns colegas na escola, que podem pensar que eu sou uma pessoa fria.. mas quando eu ganho confiança e afinidade com alguém, torno-me um chato  ;D

        Será dificil conhecer novas pessoas?
        #384

        solitude

        • Visitante
        Sim.

        Fazendo parte do espectro do autismo e não tendo uma base social como a maioria das pessoas (amizades de amizades, conhecidos de conhecidos, etc), é muito difícil para mim. Nem através de meios virtuais é fácil porque se me enviam uma simples mensagem a questionar "olá, tudo bem?" eu não vou conseguir responder a isso. Se me enviam algo mais aleatório ou com conteúdo, sim, mais facilmente surge conversa. Se for a questão em cima, parecendo que não e parecendo que é uma birra da minha parte, o meu cérebro simplesmente não consegue ultrapassar isso porque é desconfortável e supérfluo e simplesmente não dá (para mim. Não estou a julgar, simplesmente a tentar explicar algo que me custa muito). 

        O mais engraçado é que não sou tímida nem desinteressante. Modéstia à parte, tenho muito assunto interessante e pontos de vista e opiniões sobre os quais conversar. Mas funciono muito à base de químicas comunicacionais e, se não existe, simplesmente não dá. Tudo o que seja um guião normal social de conversação (ou de comportamento, tipo jantares de grupo, beber cafés, etc) é algo que não funciona comigo. E nem é porque não quero, é porque simplesmente o meu cérebro não funciona assim. O que é muito frustrante. E cansa-me ter que ler «faz um esforço, e faz isto, e que mal tem responder "tudo bem! e contigo?"» como se eu fosse uma criança a bater o pé. Viver no espectro do autismo é cada vez mais complicado. Parece que em vez de ganhar ferramentas sociais cada vez as perco mais. Não há cá pensamentos de fugir à zona de conforto porque isso, em pessoas como eu, pelo menos, normalmente não traz coisas boas mas sim (no meu caso) estados depressivos e é necessário ter cuidado com isso.

        Olá,

        Revi-me muito no teu post. Parabéns por expressares abertamente qual o teu problema, eu não tenho essa coragem. Tenho mais ou menos as mesmas dificuldades que tu, mas por causa de uma outra doença. Já fui membro do fórum, registei-me hoje por causa do teu post.

          Será dificil conhecer novas pessoas?
          #385

          Offline سامانتا

          • *****
          • Associad@
          • Membro Ultra
          • Género: Feminino
          • pretty in scarlet

          Olá,

          Revi-me muito no teu post. Parabéns por expressares abertamente qual o teu problema, eu não tenho essa coragem. Tenho mais ou menos as mesmas dificuldades que tu, mas por causa de uma outra doença. Já fui membro do fórum, registei-me hoje por causa do teu post.

          Obrigada pelas palavras. Por escrito é um pouco mais fácil expressar-me sobre esta situação, ainda assim é complicado largar a sensação de que, mesmo em sítios supostamente inclusivos, não pertenço e por vezes não sou bem-vinda e que eu devia era estar calada. Portanto é bom saber que de alguma forma o meu post te fez regressar aqui. Ainda que essa sensação continue a manifestar-se na maioria das vezes e não seja agradável, continuarei a falar disto com naturalidade enquanto tiver uma energia estável para que pessoas como nós, independentemente de quais sejam as doenças, os traumas, os motivos que originam estas nossas dificuldades, se sintam bem-vindas aqui também. Espero que encontres aqui no fórum um lugar seguro e convidativo. Um abraço.  :)
          « Última modificação: 3 de Janeiro de 2018 por سامانتا »
            «Open your eyes, open your mind,
            proud like a god, don't pretend to be blind.
            Trapped in yourself, break out instead,
            beat/feed the machine that works in your head»
            - Guano Apes

            Será dificil conhecer novas pessoas?
            #386

            Offline rickvalente

            • *
            • Novo Membro
            • Género: Masculino
            سامانتا Embora seja injusto eu dizer que compreendo o que sentes, porque muito provavelmente não compreendo, concordo plenamente com a questão da conversa casual sobre assunto nenhum! Odeio conversas vazias! Principalmente quando estou em modo de dating, se alguém nas primeiras 5 frases ainda não me disse nada de interessante perco um bocado o interesse.

            Por outro lado, diria que tenho até alguma facilidade em fazer amizades, sou muito instintivo e é extremamente raro o meu instinto falhar-me. Também gosto muito de cruzar diferentes grupos de amigos e diferentes pessoas que ache que se irão dar bem, só mesmo para ver o que acontece! No entanto, estivesse eu a escrever isto há uns 5 anos, o caso seria completamente diferente :P

            Acho que com o tempo uma pessoa vai establecendo uma rede de amizades e contactos e vai crescendo a partir daí, normalmente o mais difícil é começar

            Aproveitando o que está a bold, no meu caso é a razão nº1 pela qual eu não tenho (nem faço/não consigo fazer) amigos (mas prontes, como diria o outro 'sou um caso aparte' e é o meu destino lol xD). Apenas falo quando existe qualidade/conteúdo para haver uma conversa, ouço e ajudo no que posso as 99.9% das pessoas que se cruzam uma vez na minha vida e que depois não as vejo mais (também por isso não permito aproximações ao meu núcleo). Como já me disseram uma vez, sou 'demasiado out of the box' (o que me prejudica, de certa forma, a todos os níveis). Mas prontes, como eu também nunca ambicionei (nem ambiciono) agradar seja a quem for estou tranquilo e tenho a certeza de quem sou (e quem quiser saber que eu sou vai ter que trabalhar para obter as respostas ahahahahahha). :) 

              Será dificil conhecer novas pessoas?
              #387

              Offline Bandura_62

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Masculino
              Para quem se diz introvertido/calado/(outro sinónimo que queiram colocar) e se sinta mal com isso, sugiro que leiam o livro da Susan Caine - Silêncio. Vão perceber que as coisas que parecem más não são más na verdade, pelo contrário; o "problema" é que os introvertidos dão menos nas vistas e a pressão social para ser falador também prejudica.

              Consigo perceber e rever-me no que disseram sobre isso porque também tenho esse lado, mas esse livro está muito bom quanto a esse tema. Eu gostei, pelo menos, e a temática que aborda é também muito interessante  ;D
                “I was never less alone than when by myself.” ~ Edward Gibbon

                Será dificil conhecer novas pessoas?
                #388

                Offline c_paty

                • ***
                • Membro Total
                • Género: Feminino
                • nothing to say
                diria que não, o mais difícil será mesmo encontrares pessoas com que te identifiques um pouco...
                  love more ,  hate less!

                   

                  Tópicos relacionados

                    Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                  292 Respostas
                  61599 Visualizações
                  Última mensagem 21 de Setembro de 2014
                  por Thought
                  17 Respostas
                  3882 Visualizações
                  Última mensagem 23 de Janeiro de 2010
                  por Spring
                  Conhecer Pessoas

                  Iniciado por miguel_angevil « 1 2 ... 10 11 » Apoio

                  212 Respostas
                  29541 Visualizações
                  Última mensagem 23 de Maio de 2017
                  por Bandura_62
                  0 Respostas
                  4565 Visualizações
                  Última mensagem 12 de Março de 2019
                  por adorogatos
                  3 Respostas
                  548 Visualizações
                  Última mensagem 21 de Agosto de 2019
                  por naoquero