rede ex aequo

Olá Visitante24.abr.2014, 14:32:40

Autor Tópico: O que é a normalidade?  (Lida 22242 vezes)

 
O que é a normalidade?
#0

Offline bluejazz

  • *****
  • Associado Honorário
  • Membro Vintage
  • Sexo: Feminino
    • Homofobia
A NORMA'LIDADE



A norma, dentro dos limites da normalidade leva a uma média dos valores observados que podemos encontrar ao largo da nossa Sociedade e que irá determinar um padrão: a curva de Gauss, onde grande parte dos indivíduos se situa perto do ponto médio da curva. O afastamento excessivo deste ponto faz-nos sair da norma - padrão - e em algumas ocasiões, nomeadamente no campo da Psicologia poderá ser descrita como um transtorno psicopatológico.

Na figura acima podemos encontrar uma variante da normalidade muito diversificada, mas nenhuma foge ao padrão de normalidade. A monoparentalidade assim como a homoparentalidade são formas alternativas de ser família. E inúmeros estudos ciêntificos demonstram não existir diferenças significativas entre os diversos tipos de família.

gulosa sara / 2:37:22 AM

http://cacaoccino.blogspot.com/2004_03_01_cacaoccino_archive.html#107879984268225853
"I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

Re:O que é a normalidade?
#1

Offline bluejazz

  • *****
  • Associado Honorário
  • Membro Vintage
  • Sexo: Feminino
    • Homofobia
Anormalidades

O sr. Villas-Boas, como já referi, esteve irreconhecível no debate de ontem, mas a certa altura lá veio com a lenga-lenga de que "se é minoritário, é anormal". Lembrei-me logo de um comentário de Luís Lavoura no Barnabé:

A minha mãe contou-me que, quando andava na Universidade, houve um professor dela que gastou longo tempo a explicar aos estudantes a diferença entre "normal", "anormal", e "patológico". No meu entender, e penso que no entender da maior parte das pessoas, normal é aquilo que a maior parte das pessoas faz. Neste sentido, ser heterossexual é normal, e ser homossexual é anormal. Portanto, não vejo nada de mal em dizer que a homossexualidade é anormal (= minoritária). É tão mal como falar da família "tradicional". Ser anormal não é ser patológico, e também não é delito. Aliás, numa sociedade como a nossa, é muitas vezes uma benção ser-se anormal.

Ao que respondi:

Ainda bem que pensa assim. Pena que a sua opinião seja anormal (=minoritária), já que para a maioria das pessoas anormal quer dizer patológico, e é interpretado como um insulto. E nesse sentido o Luís Lavoura é perfeitamente anormal (=minoritário). ;)

E agora o meu apelo a todos os que, como Villas-Boas, gostam de usar a palavra "anormal" para se referirem aos homossexuais: das duas uma, ou usem-na para referenciar tudo o que seja minoritário, por exemplo um licenciado em Portugal é um anormal (=minoritário), um madeirense é um anormal (=minoritário), um testemunha de jeová além de melga é anormal (=minoritário), um boavisteiro é um completo anormal (=minoritário), e numa escala planetária, ser português é uma perfeita anormalidade (=minoria), o normal seria ser chinês; ou então assumam de uma vez que usam a palavra "anormal" como insulto, e logo, assumam-se de uma vez como homófobos. É que já não há pachorra para tanta hipocrisia, e diz-que-disse-mas-não-disse.

# publicado por Boss @ 16:17

http://renaseveados.blogspot.com/2004_03_07_renaseveados_archive.html#107884905175418100
"I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

Re:O que é a normalidade?
#2

Cactus_cute

  • Visitante
lol lol amei... lol

posso so pedir q seja feita uma ressalva? essa magnifica curva de gauss (toda torta diga-se :P) do 1º post é retirada de onde? e feita a partir de q dados?
n é para ser contestatária uma vez mais (mas sendo acho eu), é so pq acho curioso q apareçam esses dados tratados estatisticamente, considerando num mesmo conjunto familias (sejam elas de q formato) e noutro conjunto e como "anormal" as situaçoes de abuso...

Re:O que é a normalidade?
#3

Offline indigo

  • *****
  • Membro Elite
  • Sexo: Feminino
    • indigo prateado
Anormalidades
E agora o meu apelo a todos os que, como Villas-Boas, gostam de usar a palavra "anormal" para se referirem aos homossexuais: das duas uma, ou usem-na para referenciar tudo o que seja minoritário, por exemplo um licenciado em Portugal é um anormal (=minoritário), um madeirense é um anormal (=minoritário), um testemunha de jeová além de melga é anormal (=minoritário), um boavisteiro é um completo anormal (=minoritário), e numa escala planetária, ser português é uma perfeita anormalidade (=minoria), o normal seria ser chinês; ou então assumam de uma vez que usam a palavra "anormal" como insulto, e logo, assumam-se de uma vez como homófobos. É que já não há pachorra para tanta hipocrisia, e diz-que-disse-mas-não-disse.
# publicado por Boss @ 16:17
http://renaseveados.blogspot.com/2004_03_07_renaseveados_archive.html#107884905175418100


Gostei!!
Minoria não é sinónimo de anormalidade!  >:(
"Our suffering is peeling off and revealing a brand new skin, a new power.
Love heals all wounds and not just time alone. " (Jeff Buckley)

Re:O que é a normalidade?
#4

Offline HLuso

  • *****
  • Membro Elite
  • Sexo: Masculino
  • Nós somos as palavras que escrevemos....
Citar
E agora o meu apelo a todos os que, como Villas-Boas, gostam de usar a palavra "anormal" para se referirem aos homossexuais: das duas uma, ou usem-na para referenciar tudo o que seja minoritário, por exemplo um licenciado em Portugal é um anormal (=minoritário), um madeirense é um anormal (=minoritário), um testemunha de jeová além de melga é anormal (=minoritário), um boavisteiro é um completo anormal (=minoritário), e numa escala planetária, ser português é uma perfeita anormalidade (=minoria), o normal seria ser chinês; ou então assumam de uma vez que usam a palavra "anormal" como insulto, e logo, assumam-se de uma vez como homófobos. É que já não há pachorra para tanta hipocrisia, e diz-que-disse-mas-não-disse.


Heheheehehehehe.....BINGO!


Contra factos não há mesmo argumentos....!!!!!!


Adorei!!!!!!
Nascer HOMOSSEXUAL num Pais tão homofobico, foi destino!!!....Alguem ainda ha-de cantar este fado...!!!;)

Re:O que é a normalidade?
#5

daLua

  • Visitante
Anormalidades

penso que no entender da maior parte das pessoas, normal é aquilo que a maior parte das pessoas faz. Neste sentido, ser heterossexual é normal, e ser homossexual é anormal


Matematicamente falando, "aquilo que a maior parte das pessoas faz" chama-se Moda. Neste sentido, é tão normal ser heterosexual como homosexual.  :idea

Re:O que é a normalidade?
#6

Offline Planta xerófila

  • *****
  • Membro Elite
  • Sexo: Feminino
sim.. mas ha qualquer coisa na estatistica em q a "normal" é o correspondente a moda ::) infelizmente a estatistica q tive foi uma treta e eu n sei adiantar mais q isto... lol :-X pede-se a comparencia de um matematico ::)
A cynic is one who knows the price of everything and the value of nothing.

O c antes do e e do i não[/u] leva cedilha!!!!

Re:O que é a normalidade?
#7

tugidaq

  • Visitante
Esta problemática do ser normal ou ser anormal, ser maioria ou ser minoria........ dá água para muitas barbas!

Julgo q é do senso comum q o ser normal ou ser anormal não é equivalente a ser maioria ou ser minoria (respectivamente) - ou será q a humanidade me voltou a trocar os paços?.
As pessoas são diariamente obrigadas a encarreirarem-se para a maioria da sociedade (o q genericamente chamamos moda).... é o mais fácil, o mais apetecível (há q notar!). Porém... será essa dita maioria a verdadeira normalidade da humanidade? Estará a nossa sociedade a cumprir os parâmetros normais q lhe compete?

Reforço... a maioria nem sempre corresponde ao normal (q seria, no meu ponto d vista, o correcto). Muitas vezes já s revelou, pela evolução da hostória, q s encontra (a maioria) mt longe do normal...

São tudo conceitos susceptíveis as mudanças do tempo. Um factor em mutação. Longe d ser uma contante.

Não será o conceito d normalidade mais uma maneira indirecta d alimentar preconceitos? Alimentar diferenças? Distanciar os demais?

palavras d quem uma vez acordou e sentiu  peso da diferença...
[/i]

Re:O que é a normalidade?
#8

Offline LittleDotInMotion

  • ***
  • Membro Total
  • Sexo: Feminino
  • O_o
Citar
Ao que respondi:

Ainda bem que pensa assim. Pena que a sua opinião seja anormal (=minoritária), já que para a maioria das pessoas anormal quer dizer patológico, e é interpretado como um insulto. E nesse sentido o Luís Lavoura é perfeitamente anormal (=minoritário).  


É nestes momentos que adorava ter um hormonetrometo e puder ver os niveis de anseadade a subir... a subir... hihihi o homem deve ter englido em seco com uma veemencia....  :devil  Por acaso e a este proposito creio que a verdadeira causa da indiferença (já nem falo do desprezo) que as pessoas sentem em relação a estes assuntos, tem a ver com o facto de nunca terem sentido na pele o que é ter de aguentar... tanta coisa, que creio seja desnecessário neste contexto enumerar. Não temos a mesma sensibilidade sobre o que aconteçe aos outros e muito menos se for qualquer coisa que não nos aconteçeu. Simplesmente porque não o conseguimos compreender. Claro que isto não é desculpa para nada... mas mesmo assim...
"Education is an admirable thing, but it is well to remember
from time to time that nothing worth knowing can be taught."
Oscar Wilde, 1891

se o meu pai tivesse rodas era um triciculo para formigas.

Re:O que é a normalidade?
#9

Offline LittleDotInMotion

  • ***
  • Membro Total
  • Sexo: Feminino
  • O_o
Citar
Não será o conceito d normalidade mais uma maneira indirecta d alimentar preconceitos? Alimentar diferenças? Distanciar os demais?

Esqueçi-me de comentar isto. Vivi muito tempo com essa questão e continuo a te-la, porque algumas coisas simplesmente me dão a volta ao estomago. Claro que em alguns casos isso é verdade. O bicho que tanto se orgulha de dizer que é o melhor entre os animais tem a mania de estender conceitos que tinham como intenção inicial a evolução positiva da especie ao egoismo e ao despropósito.  

Por outro lado ele tem utilidade, quando é usado para ajudar as pessoas que se desviam da norma a ficar o mais perto possivel dela, como é o caso da trissomia 21 (vulgo mongolismo) : estarei a escrever isto bem?  :-[ : ...

coisas e coisas... ás vezes é tão dificil distingui-las.

"Education is an admirable thing, but it is well to remember
from time to time that nothing worth knowing can be taught."
Oscar Wilde, 1891

se o meu pai tivesse rodas era um triciculo para formigas.

Re:O que é a normalidade?
#10

Offline Planta xerófila

  • *****
  • Membro Elite
  • Sexo: Feminino
Julgo q é do senso comum q o ser normal ou ser anormal não é equivalente a ser maioria ou ser minoria (respectivamente)

n é do senso comum coisa nenhuma... voltamos à linguistica e evoluçao da lingua and soyon and soyon.
ser normal é ser maioria... ser a-normal, é n ser maioria, logo ser minoria... nada disto está incorrecto. o q aconteceu é q, para variar, o mau uso de determinadas expressões faz com q elas sejam aplicadas em situaçoes q n tem nada a ver c o seu real significado, e q com o passar dos tempos acabem por ganhar "valor estatutário" c esse significado q alguem um dia resolveu inventar...

no fundo, tudo isto acontece pq as pessoas n sabem falar, querem parecer mais do q são, e acham q o fazem ao usar palavras "caras" (isto imaginando q algum dia "normal" foi uma palavra cara lol)
A cynic is one who knows the price of everything and the value of nothing.

O c antes do e e do i não[/u] leva cedilha!!!!

Re:O que é a normalidade?
#11

moon_angel

  • Visitante
sim.. mas ha qualquer coisa na estatistica em q a "normal" é o correspondente a moda ::)

huii.... mas q confusao....

ha é distribuições simetricas (como a normal  de Gauss) e assimetricas...

nas simétricas, ao ponto máximo, ou seja, o ponto onde o grafico muda o sentido da concavidade, corresponde o valor da moda, da média e da mediana, ou seja das três medidas de localização estatistica.

fui clara?! :)

Re:O que é a normalidade?
#12

Offline Planta xerófila

  • *****
  • Membro Elite
  • Sexo: Feminino
MPI?! eu de facto as vezes deveria dormir antes de vir aqui postar... lol ha dias em q os neuronios estao colados juntos e n funcionam nem p nada :o
MPD - Multiple personality disorder (q é mt mais chique q dizer personalidade multipla)... é q nem vejo donde viria o "I"...

Bluejazz... sim, tem toda a razao ::) mas visto q eu pretendia uma explicaçao tecnica, q a moon angel deu mt bem, dado q os meus parcos conhecimentos da materia n me permitiam sequer ser inteligivel, achei p bem chamar um tecnico ::) só isso ::)

já agora, relembrem-me (matematicos ou nao) qual era a distinçao entre testes parametricos e nao parametricos (eu acho q um dia soube o pq de uns serem e outros nao...) ::)
A cynic is one who knows the price of everything and the value of nothing.

O c antes do e e do i não[/u] leva cedilha!!!!

Re:O que é a normalidade?
#13

lion

  • Visitante
Para o bluejazz, normal apenas tem um significado estatistico, mas toda a gente sabe que tem outros significados, chama-se a isso senso-comum, se usares um picareta para limpar o vidro de uma janela isso não é normal, foge á natureza da picareta e á maneira como ela foi criada.

Os seres humanos foram evoluindo ao longo de gerações porque homens e mulheres se seleccionaram e acasalaram, devido a isso transmitiram aos seus filhos as suas caracteristicas físicas e os seus próprios descernimentos na hora de seleccionarem parceiros, se por alguma razão não herdavam os descernimentos dos pais e entravam em comportamentos que não garantiam a transmissão das melhores caracteristicas á sua prole ou mesmo a existência de uma, perdiam a oportunidade de se reproduzirem com sucesso e alinhagem perdia-se, sendo uma constante que fossem quais fossem os comportamentos era necessário que a heterosexualidade se mantivesse caso contrário nenhum de nós estaria aqui hoje. Pois bem senhores e senhoras é assim que somos por agora. Os nosso corpos e os nossos instintos não surgiram no século XX nem se quer se alteraram nuns miseros 100 anos, nem em 1000! Os nossos comportamentos são muito mais antigos do que isso e remontam a um tempo em que explicar a sua razão de ser seria muito mais fácil. Agora falam em inseminações e clonagens e daqui a pouco o sexo tá completamente obsoleto. Eu sou fã da tecnologia mas sei que tudo é perecivel, mas os nossos conhecimentos de ponta muito mais do que nós. Se amanhã a civilização tal como nós a cohecemos se derrubasse os nossos corpos e pulsões seriam tudo o que teriamos. A maioria das pessoas repugna-os na sua avidez de se eliminarem qualquer conotação com os outros animais, mas sem eles não existiriamos, não seriamos! Não me agrada a forma como associamos a beleza e a fealdade ao bem e ao mal, mas compreendo porque existe tal discriminação. As desfigurações por doença ou defeito genético foram algo que a natureza se encarregou de nos imunizar e assim, achando repugnante a fealdade procuramos evitar (subconscientemente) doenças e defeitos genéticos que não queremos passar aos nossos filhos.  Um ser humano excepcional e sensivel pode ser desfigurado pelo fogo ou por uma doença ou já ter nascido assim  enquanto outro pode ser belo,  cínico e egoista. De quem se sentirão atraídos? Com quem procurarão estar? Podem sentir pena do desfigurado e pouco atraente, caso passem por ele o conheçam só de vista, podem chegar a ser seus amigos, mas na hora de ecolherem alguem para a vossa cama, deixarão o vosso feio amigo só, se for preciso todos ao mesmo tempo para perseguirem, a beleza que estará em primeiro. O sexo é o egoismo puro e duro, ninguem tem sexo com ninguem por pena, porque o outro está só, porque precisa desse conforto e dessa intimidade, não é assim que funciona. Podes desprezar alguem e esse alguem a ti mas se esse alguem é atraente e o unico que te excita daquele maneira especial e que te consegue dar os orgasmos da maneira que tu gostas, podes bem render-te ou escolher ficar só. Claro que poucas pessoas se conformam, andam por aí muito atarefadas a seleccionarem os melhores partidos e a tentarem ser seleccionadas, ah, e se possivel escolher alguem bonito e simpático, prioridades primeiro, pois claro bonito e simpático, claro se alguem perguntar é só dizer "a beleza não é MUITO importante, pfff" mostrar o desdém por algo assim tão sabidamente fútil fica sempre bem em vez de admitir que se é um animal com cio que procura musculos, mamas, rabos, queixos, carinhas larocas....

Normal? O normal existe porque se conseguiu perpetuar e o anormal aparece... e desaparece...

Acho que aquilo que somos e o que permitiu que existissemos como espécie até os dias de hoje merece um pouco mais de respeito do que ser considerado como uma moda do ano passado, prática obsoleta ou norma tiranizadora, só porque é a mais remota e dissiminada de quantas se conhece.

Quanto ás familias... desde tempos imemoriais que o facto de existirem crianças pressupunha que existia um homem e uma mulher por perto pelo menos de maneira que a nossa evolução tb foi influenciada por sucessivas gerações de crianças a crescerem em familias heterosexuais. Será disparate absoluto dizer que se calhar é o ambiente mais saudavel e propicio ao desenvolvimento de uma criança o de um pai e uma mãe ? Uma criança poderá desenvolver-se bem com um pai, ou uma mãe, ou se calhar com 2 pais ou duas mães, ou 3 pais e uma mãe, ou 4 mães, ou 5 pais., poderá... mas será isso melhor do que um pai e uma mãe? De certeza? Temos já essa experiência bem observada em sucessivas gerações? Querem experimentar agora? Com as  crianças? Há familias de pais e mães que falham e oriinam marginais, pois há. Mas isso prova apenas a sua falibilidade, não prova a validade das outras... experiências.

Re:O que é a normalidade?
#14

Offline bluejazz

  • *****
  • Associado Honorário
  • Membro Vintage
  • Sexo: Feminino
    • Homofobia
Sou a bluejazz... e não fui eu que escrevi os textos destes tópicos sobre a "normalidade"...

Quanto ao texto que escreves sugiro que leias textos académicos e aprofundados sobre tanto o tema da evolução do ser humano, como sobre os tipos de família nas culturas e ao longo dos tempos (e que já agora abordem a questão também da homossexualidade) e descobrirás coisas muito interessantes. É compreensível que tires as conclusões que tiras de acordo com o teu senso comum. Mas nem sempre o senso comum corresponde ao que é real ou a uma explicação ou descrição verdadeira ou pelo menos englobante da realidade.

Para além de que... a homossexualidade sempre existiu e não põe de alguma forma a espécie em perigo. Aliás, há alguns teorizadores da evolução já propuseram diferentes hipóteses para as vantagens da existência de pessoas homossexuais e os benefícios que pode trazer, explicando dessa forma a razão da sua não extinção (ou usando o termo técnico, o motivo pelo qual é algo 'adaptivo').

Segundo, os homossexuais por gostarem de pessoas do mesmo sexo não passam a ser inférteis e por isso não deixam de poder (e querer) contribuir com descendentes.

Quanto ao que escreves sobre 2 pais e 2 mães já te dei o link do tópico sobre Adopção e Parentalidade e sim, há vários estudos de pelo menos 30 anos que mostram que não há problemas (e posições tomadas por grande organizações da psiquiatria, psicologia e pediatria). Não andamos a querer fazer experiências. Crianças criadas assim sempre existiram e se te preocupa as consequências (como pode preocupar a qualquer pessoa) já foram estudadas durante pelo menos 30 anos, como já disse.
"I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

Re:O que é a normalidade?
#15

Offline cacao

  • *****
  • Associado Honorário
  • Membro Vintage
  • Sexo: Feminino
  • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
    • Mais sobre mim...
lion,

O teu discurso apresenta algumas lacunas nomeadamente a nível social e cultural :)

Another one will bite the dust...

"Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

"A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

Re:O que é a normalidade?
#16

Offline Planta xerófila

  • *****
  • Membro Elite
  • Sexo: Feminino
Os seres humanos foram evoluindo ao longo de gerações porque homens e mulheres se seleccionaram e acasalaram, devido a isso transmitiram aos seus filhos as suas caracteristicas físicas e os seus próprios descernimentos na hora de seleccionarem parceiros, se por alguma razão não herdavam os descernimentos dos pais e entravam em comportamentos que não garantiam a transmissão das melhores caracteristicas á sua prole ou mesmo a existência de uma, perdiam a oportunidade de se reproduzirem com sucesso e alinhagem perdia-se. (...) Os nossos comportamentos são muito mais antigos do que isso e remontam a um tempo em que explicar a sua razão de ser seria muito mais fácil.

A tua perspectiva é baseada em teorias de evoluçao como o darwinismo e o neo-darwinismo, que não só já foram mil vezes refutadas, como perderam grande parte do seu valor entre a comunidade cientifica (se falarmos apenas do darwinismo acho q n erro por muito se falar em "todo o seu valor"). São alem do mais teorias q dizem respeito a um contexto q já n se verifica desde q existe uma sociedade organizada... estas teorias dizem respeito a um ecossistema como o das Ilhas Galápagos, ou entao a uma altura em q todo o mundo tinha as mesmas condiçoes q as ilhas galápagos (inexistencia de animais racionais q interfiram c a sua componente cognitiva na cadeia evolucionista).
Já agora, a transmissao de discernimentos a descendencia é tao questionavel ao ponto de poderes ter casais com deficiencia mental profunda a ter descendentes com qi's absolutamente dentro da norma... e mais, duvido q alguem veja alguem na rua e pense "hum... ali estao uns bons olhos para o meu futuro filho... pc interessa q se calhar eu até seja homozigotica dominante para olhos castanhos, mas esqueira!". as pessoas gostam umas das outras, e nem qd estao envolvidas doenças genéticas raras e letais ou c repercussoes graves, deixam de viver como casais e de se amarem e de tentarem ter filhos (correndo o risco de nascerem c as ditas doenças... para isso existem rastreios, ja agora).
Quanto a antiguidade dos comportamentos... esse é o tipo de argumento q me irrita... antiguidade é um posto, já dizia o outro... e respeito aos mais velhos...
ainda bem q nem em todo o lado há tanto "respeito" nem em todo o lado os postos sao dados apenas c base na antiguidade, nos anos de casa... ou a tua preciosa evoluçao n existia ::)

Agora falam em inseminações e clonagens e daqui a pouco o sexo tá completamente obsoleto. Eu sou fã da tecnologia mas sei que tudo é perecivel, mas os nossos conhecimentos de ponta muito mais do que nós. Se amanhã a civilização tal como nós a cohecemos se derrubasse os nossos corpos e pulsões seriam tudo o que teriamos. A maioria das pessoas repugna-os na sua avidez de se eliminarem qualquer conotação com os outros animais, mas sem eles não existiriamos, não seriamos!

Lamento desiludir-te, mas os homossexuais tb fazem sexo... é uma das coisas q se faz numa relaçao, qq q esta seja ::) portanto jamais o sexo se tornará obsoleto.
Poderia discorrer aqui em relaçao aos beneficios de alem do sexo como pulsao, intervir numa relaçao o sexo c recurso a tecnologia, como no caso da inseminaçao artificial... n falo de eugenia, mas apenas do despiste de doenças genéticas (como anomalias cromossómicas ou "transportadas" por genes mesmo) ou transmitidas por um qualquer agente etiologico (=causal) q "circule" nos liquidos organicos necessarios a fecundaçao e formaçao subsequente de um embriazito... poderia discorrer mas n o vou fazer (se bem q bem vistas as coisas já o fiz lol).

Normal? O normal existe porque se conseguiu perpetuar e o anormal aparece... e desaparece...

Lamento discordar, mas o normal tem variado de modo imensamente variado ao longo dos tempos...
em tempos o normal era precisamente a homossexualidade, veja-se bem o disparate!
E sim, o anormal estatistico, segundo essa perspectiva evolucionista poderia até ter tendencia para desaparecer... no entanto veja-se como todos nós somos bipedes, temos polegares oponiveis, temos coraçoes c 4 camaras, amamentamos e temos o corpo coberto de pelos e nao de escamas... q coisa bizarra esta da evoluçao! ;)


Acho que aquilo que somos e o que permitiu que existissemos como espécie até os dias de hoje merece um pouco mais de respeito do que ser considerado como uma moda do ano passado, prática obsoleta ou norma tiranizadora, só porque é a mais remota e dissiminada de quantas se conhece.

Por ultimo... ninguem aqui (mas só aqui infelizmente) pretende extinguir seja q tipo de variedade for... pretende-se sim o direito a "coexistencia pacifica" (e o facto de se ter q falar como se 2 partidos num discurso do genero "este mundo é pequeno demais para nos dois" se tratassem é triste...). n ha ninguem q tenha a legitimidade de dizer a outro alguem "eu sou mais do q tu, logo tenho direitos q tu n tens"... e é isso q a sociedade na sua maneira por vezes heterossexista de ver as coisas acaba p fazer aos LGBT... e é so isso q se pretende revogar. :)
A cynic is one who knows the price of everything and the value of nothing.

O c antes do e e do i não[/u] leva cedilha!!!!

Re:O que é a normalidade?
#17

Offline HLuso

  • *****
  • Membro Elite
  • Sexo: Masculino
  • Nós somos as palavras que escrevemos....
Normal é ser positivo e construtivo..Só assim se concebe a Normalidade...Anormal é ser negativo e destrutivo...!!!!

Normal é ser tolerante, justo e Humano..Anormal é ser intolerante, injusto e desumano!!

Normal é fazer pela vida, anormal é fazer pela Morte!

Normal é ser feliz, anormal é ser infeliz!

Normal é ser livre, anormal é estar preso!

Normal é respeitar, anormal é desrespeitar!

Normal é a paz, anormal é a guerra!

Normal é o amor, anormal é o odio!

Normal é compreender, anormal é a não-compreensão!

Normal é a Justiça, anormal é a injustiça!

Normal é não ser Normal, anormal é ser Normal!


Contudo Normal resume-se a sermos todos, a raça humana, tão anormais quanto normais!

Ou até que ponto a Normalidade não é uma anormalidade???

Mas a Normalização da Anormalidade também é uma Anormalidade de Normalização! E Vice Versa!!!!

Portanto depois de tanta normalização, porque se utilizar a Norma???E que tipos de Norma são utilizados?...Norma MInima ou Norma Maxima??

Porque se Normalizar matematicamente os sentimentos e as diferentes naturezas da HUmanidade??

Quem começou a Normalizar???


Contudo, Normalizemos....!!!!









Nascer HOMOSSEXUAL num Pais tão homofobico, foi destino!!!....Alguem ainda ha-de cantar este fado...!!!;)

Re:O que é a normalidade?
#18

Offline PornStar

  • ***
  • Membro Total
  • Sexo: Masculino
  • dont look at me! take a picture it lasts longer!
normal? o que eh isso?

pra mim ver alguem de calças largas eh normal pra outros nao passam apenas de drogaditos ou kk porcaria assim? cada 1 tem a sua definição de normal logo ser normal é um pouco subjectivo!

sou bisexual e considero-me normal! so porque nao se aplica a "regra" da heterosexualidade isso n ker dizer que sou uma aberração ou ke sou anormal!

sou um puto normal de 21 anitos ;D

todos diferente todos iguais todos normais
jinhus pa todos


OMNIA VINCIT EGO

Re:O que é a normalidade?
#19

Serei eu mesma?

  • Visitante
Para além de que... a homossexualidade sempre existiu e não põe de alguma forma a espécie em perigo. Aliás, há alguns teorizadores da evolução já propuseram diferentes hipóteses para as vantagens da existência de pessoas homossexuais e os benefícios que pode trazer, explicando dessa forma a razão da sua não extinção (ou usando o termo técnico, o motivo pelo qual é algo 'adaptivo').


Bluejazz, concordo com as tuas palavras!
Em tempos a minha mãe (se calhar já  com segundas intenções) falou-me na questão da homossexualidade colocar a especie em perigo e eu fiquei meia à toa... Sem grandes respostas para lhe dar por estar pouco esclarecida... Podes-me dar algumas referencias bibliográficas para me aprofundar a esse respeito?

Gracias!!