rede ex aequo

Olá Visitante20.out.2019, 10:55:53

Sondagem

Que pensam da série emitida na :2? (RTP2)

Excelente
Boa
Assim/Assim - Indiferente
Que série é essa?
Que canal é esse?

Autor Tópico: Queer As Folk - Diferentes como Nós  (Lida 64924 vezes)

 
Queer As Folk - Diferentes como Nós
#460

Offline Back Room

  • *****
  • Membro Elite
  • Género: Masculino
Para já ainda só vi o pilot, da versão americana.

[edit]
« Última modificação: 20 de Agosto de 2010 por Back Room »
    "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

    "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

    "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

    Queer As Folk - Diferentes como Nós
    #461

    Offline year_7

    • *****
    • Membro Ultra
    • Género: Masculino
    "Queer as Folk" (a versâo americana) é uma série péssima. A comunidade gay é representada como homens viciados em sexo e promiscuidade, e onde a monogamia é inexistente. O Justin é tâo irritante que ás vezes custa-me entender o que o Brian vê nele. Eu acho que a versâo britânica é superior.


    A amareciana eh copia da britanica, nas primeiras temporadas... depois eh k se torna origina.

    A partir da 3, o lado sexual eh mais negligenciado e abordam.se mtassss questoes relacionadas com o mundo LGBT e a serie ganha uma dimensao mto melhor, na minha opiniao. As duas primeiras temportadas sao uma desilusao... eh um exagero extremo da promiscuidado... depois fica boa.

      Queer As Folk - Diferentes como Nós
      #462

      Offline Soul Survivor

      • *****
      • Associad@
      • Membro Sénior
      • Género: Masculino

      A amareciana eh copia da britanica, nas primeiras temporadas... depois eh k se torna origina.

      A partir da 3, o lado sexual eh mais negligenciado e abordam.se mtassss questoes relacionadas com o mundo LGBT e a serie ganha uma dimensao mto melhor, na minha opiniao. As duas primeiras temportadas sao uma desilusao... eh um exagero extremo da promiscuidado... depois fica boa.

      Concordo contigo! Também notei isso. Ainda bem que continuei a ver depois da 2ª temporada. Porque a partir daí a história toma uma novo rumo e abordagem bem mais interessante e cativante.
        you only see what your eyes want to see

        Queer As Folk - Diferentes como Nós
        #463

        Offline alexalex

        • ***
        • Membro Total
        • Género: Masculino
        Eu discordo totalmente... Acho que as primeiras 2 temporadas são as melhores e as que não se enchem de sexo...
        depois disso, cada episodio começa com uma cena de sexo do Briana ou engates em saunas... Já para não falar na historia ridicula entre o Justin e o Brian... O justin é irritante e não seu porque é que o guionista o manteve naquela relação parva, que nem fazia sentido!

          Queer As Folk - Diferentes como Nós
          #464

          Offline year_7

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Masculino
          Eu discordo totalmente... Acho que as primeiras 2 temporadas são as melhores e as que não se enchem de sexo...
          depois disso, cada episodio começa com uma cena de sexo do Briana ou engates em saunas... Já para não falar na historia ridicula entre o Justin e o Brian... O justin é irritante e não seu porque é que o guionista o manteve naquela relação parva, que nem fazia sentido!


          Não partilho, de todo, esta opiniao... acho que o Justin, nao sendo alguem que eu adorasse, tinha um papel interessante na serie... [O meu odeio irracional sempre foi pelo Mikyyy... ODEIO ODEIO ODEIO]...

          Em relaçao ao conteudo sexual, concordo que sempre existiu mto, demais alias; ao longo de todas as temporadas, foi transversal na serie toda... No entando, as duas primeiras só rodam a volta disso... depois  os temas surgem; falou.se de MTA COISA MESMO, desde situaçoes, problemas, medos... relacionados com o mundo LGBT e senti, pelo menos pessoalmente, que a serie ganhou outra dimensão. Gostei bastante mais... Depois o final foi..enfim... podia ter sido mto melhor, mas foi uma boa serie.

          Uma realidade diferente, dentre de uma outra realidade, pautada pelo basico desta realidade...

          Eles nunca mostraram mentira nenhuma... aqueles clubes existem, aquelas pessoas poderiam existir, eventualmente... o mau é as pessoas acharem que eh so aquilo que exite, no mundo gay.... e nao eh verdade... mas la está, aquilo eh uma outra realidade, dentro de uma realidade que as pessoas, mtas delas, pelo menos, desconhecem... e torna tudo redutor.

          O mundo hetero, é mto pior...ou tao mau... mas as pessoas sabem k existem coisas boas e más... A serie mostra uma má realidade... mas é real. Tmb eh real que existe mto mais k aquilo.

          E fo extremamentei interessante pelos temas importantes e tratados realisticamente, sem utopia! Os problemas existem, magoam, demoram a vencer!
          « Última modificação: 21 de Agosto de 2010 por year_7 »

            Queer As Folk - Diferentes como Nós
            #465

            Offline Back Room

            • *****
            • Membro Elite
            • Género: Masculino
            Já acabei as duas primeiras séries da versão americana.

            Acho, sem querer ofender, que as críticas de LGBTs sobre haver demasiado sexo ou promiscuidade e de passar uma imagem negativa sobre os homossexuais é de quem não está bem "resolvido" e até é ofensiva para quem escreveu Queer as Folk.
            Mau era se sempre que alguém quisesse fazer algo que tocasse a temática estivesse que estar preocupado sobre a imagem que passa ou whatever. A série é sobre aquelas personagens, é a história daquelas personagens e aquelas personagens pensam e agem assim. Just that.

            Como entretenimento, cumpre bastante bem. E nota-se sempre, essencialmente no Brian, aquela resistência contra a heteronormatividade que, apesar de em parte funcionar apenas como defesa, tem algum conteúdo para discussão.

            « Última modificação: 13 de Setembro de 2010 por Back Room »
              "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

              "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

              "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

              Queer As Folk - Diferentes como Nós
              #466

              Offline Back Room

              • *****
              • Membro Elite
              • Género: Masculino
              Aproveito que alguém trouxe o tópico para cima para dizer que já acabei as cinco séries e que admiro muito o trabalho dos criadores e dos responsáveis da Showtime e da Showcase.

              Criaram um marco e estabeleceram um exemplo dentro da ficção que aborda esta temática. Noutras circunstâncias, a projecção desta série poderia ter subido para níveis bem superiores. Tecnicamente é de nível elevado (não admira, além dos meios que tem, grande parte dos realizadores são realizadores de cinema independente, principalmente os canadianos) e a storyline do Brian e do Justin (apenas essa) é bastante forte para os standards televisivos. Talvez o tempo e a internet lhe façam justiça, já que os vídeos no youtube sobre a série continuam a entrar diariamente, mesmo tanto tempo depois.



              Edit:

              A série faz hoje, 3 de Dezembro de 2010, 10 anos desde que foi exibida pela primeira vez.
               

              Brian&Justin | Please Don't Go
              « Última modificação: 15 de Dezembro de 2010 por Back Room »
                "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                Queer As Folk - Diferentes como Nós
                #467

                Offline B_seconds

                • ***
                • Membro Total
                • Género: Masculino
                • Abetece-me um chocolate de leite creme
                Começei a ver a 3 temporada na semana passada, e digo uma coisa ao Brian... ÉS MAU!...mas gosto de ti  ;D
                  Errar é humano: colocar a culpa em alguém é estratégico

                  :* kisses

                  Queer As Folk - Diferentes como Nós
                  #468

                  Caio

                  • Visitante
                  Edit:

                  A série faz hoje, 3 de Dezembro de 2010, 10 anos desde que foi exibida pela primeira vez.  


                  Na minha opinião um marco na história do movimento LGBT.

                    Queer As Folk - Diferentes como Nós
                    #469

                    Offline Back Room

                    • *****
                    • Membro Elite
                    • Género: Masculino
                    Edit:

                    A série faz hoje, 3 de Dezembro de 2010, 10 anos desde que foi exibida pela primeira vez.  


                    Na minha opinião um marco na história do movimento LGBT.

                    Na minha também, sem a mais pequena dúvida. Tão ou mais importante do que muitas conquistas legais. Por isso é que fiz questão de o vir salientar.

                    Foi a primeira vez que a homossexualidade foi abordada de forma completa e transversal numa série de tv à escala mundial.
                      "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                      "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                      "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                      Queer As Folk - Diferentes como Nós
                      #470

                      Offline Newliexp

                      • ***
                      • Membro Total
                      • Género: Masculino
                      Edit:

                      A série faz hoje, 3 de Dezembro de 2010, 10 anos desde que foi exibida pela primeira vez. 


                      Na minha opinião um marco na história do movimento LGBT.

                      Na minha também, sem a mais pequena dúvida. Tão ou mais importante do que muitas conquistas legais. Por isso é que fiz questão de o vir salientar.

                      Foi a primeira vez que a homossexualidade foi abordada de forma completa e transversal numa série de tv à escala mundial.



                      Ora bem a primeira vez que foi abordada de forma completa e transversal, e Will and Grace não fez isso mais cedo e de uma forma mais bem pensada,
                      Eu tb já vi as cinco temporadas de Queer as Folk (versão Americana) gostei da série e gostei do facto de focar quase exclusivamente a comunidade LGBT, mas gente vou ser absolutamente sincero, e para chatice de alguns, vou voltar às cenas de cariz sexual. Para mim pessoalmente não cumprem um propósito em nada gratificante, percebo que queira mostrar um lado mais cru e real da sexualidade, mas mesmo assim tenho pena que esta série tente criar um "glamour" no consumo de drogas, e sexo aleatório (que é literalmente o que acontece na série). Admiro algumas das storylines e da importância das tematicas abordadas (homofobia, homoparentalidade, direitos civis dos LGBT, Sida, etc) mas repito, em quase todos os espisódios somos premiados com uma cena que para ser pornográfica só falta lhes ver o "material" que de resto esta tudo lá. Para mim este principio aplica-se a todas as séries televisivas, n me interessa conteudos tão gráficos (n me quero armar em santo :P) pois se eu os quiser ver vou à net na minha privacidade.

                      Em suma acho uma série Boa, mas podia ter sido excelente sem dúvida.

                      p.s- agora uma opinião completamente fora, a relação entre o Brian e o Justin enerva-me lololol
                      « Última modificação: 8 de Dezembro de 2010 por Newliexp »
                        David Dias - coordenador do grupo local ex aequo braga

                        Queer As Folk - Diferentes como Nós
                        #471

                        Offline Back Room

                        • *****
                        • Membro Elite
                        • Género: Masculino
                        Não é comparável. Por mais positivo que seja o Will and Grace (e para muita gente será tremendamente mais positivo que Queer as Folk), e eu falo sem grande conhecimento de causa porque não vi a série, não se pode comparar uma sitcom de episódios de vinte minutos com uma série dramática com episódios de cinquenta minutos.
                        E quando eu falava de transversalidade, falava disto mesmo. Em Queer as Folk, as personagens, apesar de nem todos serem completamente multidimensionais, estão retratadas a 100%, em todos os aspectos das suas vidas, incluindo a parte sexual.

                        Estou certo que muitos jovens homossexuais ganharam uma noção completamente diferente da sua sexualidade e ganharam personagens com quem se identificar em Queer as Folk. Coisa que dificilmente acontece de forma tão envolvente numa sitcom.

                        Em termos de imagem do que é ser LGBT, Queer as Folk não significa nada. Por isso não teve que ser "pensado", não foi nenhuma campanha pró-gay, foi uma série televisiva. Ser LGBT não implica crenças comuns, experiências comuns, ideias comuns, estilos de vida comuns. A série é sobre a vida daquelas personagens e aquelas personagens são assim. Muitas daquelas personagens glorificam o sexo casual e glorificam o consumo de drogas. Como muitas pessoas na vida real. Se alguém tomar a parte por um todo, problema dessa pessoa que deve algo à inteligência.

                        Pessoalmente, a única storyline que me agradava era a do Brian e do Justin. Isto porque acho o Brian uma personagem perfeita para televisão. É de fácil consumo e é marcante na sua própria medida, line after line.
                        Quanto ao sexo, isso vai depender de cada um. Compreendo que cause estranheza a alguns, mas era algo que encarava de forma perfeitamente normal. Faz parte da identidade da série e é isso que a torna groundbreaking em termos de televisão. Além de que, esteticamente, são quase sempre as cenas de sexo que estão mais bem conseguidas.
                          "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                          "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                          "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                          Queer As Folk
                          #472

                          Offline Justin Taylor

                          • ***
                          • Membro Total
                          • Género: Masculino
                            • Overdose Delusions
                          « Última modificação: 31 de Março de 2011 por Temphis »
                            'Bad art is more tragically beautiful than good art 'cause it documents human failure.'

                            Queer As Folk
                            #473

                            Offline JDelgado

                            • *****
                            • Membro Elite
                            • Género: Masculino
                            • Simply lost
                              • Facebook
                            Eu ainda so a 1ª temporada e gostei. Descontraída mas a falar de temas importantes.
                              Mesmo na mais escura da escuridão, haverá sempre uma luz a brilhar para nos guiar.
                              Basta saber encontra-la

                              Queer As Folk
                              #474

                              BugaMeBugaYou

                              • Visitante
                              Por acaso comecei a ver no YouTube (a versão norte-americana) e fiz logo uma maratona, mas depois deixei de continuar a ver... tenho que retomar... =)
                              « Última modificação: 29 de Março de 2011 por BugaMeBugaYou »

                                Queer As Folk
                                #475

                                Offline Justin Taylor

                                • ***
                                • Membro Total
                                • Género: Masculino
                                  • Overdose Delusions
                                JDelgado, vale a pena ver até ao fim, as personagens têm uma evolução interessante ao longo das temporadas ;)

                                Buga, também ainda só vi a norte-americana. Quero ver se espreito a do Reino Unido, apesar de que as passagens que vi dessa não me atrairam tanto - talvez por estar já apegado às outras personagens.
                                  'Bad art is more tragically beautiful than good art 'cause it documents human failure.'

                                  Queer As Folk - Diferentes como Nós
                                  #476

                                  Offline littlemonster

                                  • ***
                                  • Membro Total
                                  • Género: Masculino
                                  Já tinha visto no site do canal norte-americano que transmitia a série, que não me lembro qual é, o tema da série e pareceu-me interessante. O difícil agora é passar essa série para a "grelha" das que tenho para ver...

                                    Queer As Folk - Diferentes como Nós
                                    #477

                                    Offline JohnDoe21

                                    • *****
                                    • Membro Elite
                                    • Género: Masculino
                                    Eu vi queer as folk (versão americana) do inicio ao fim ha pouco tempo e ADOREI =D
                                    ha coisas exageradas acho eu mas o ponto está lá o orgulho, algumas duvidas, tudo XD...

                                      Queer As Folk - Diferentes como Nós
                                      #478

                                      Draco

                                      • Visitante
                                      Eu vi queer as folk (versão americana) do inicio ao fim ha pouco tempo e ADOREI =D
                                      ha coisas exageradas acho eu mas o ponto está lá o orgulho, algumas duvidas, tudo XD...

                                      Também vi tudo há pouco tempo e subscrevo (mais ou menos) isso tudo.

                                        Queer As Folk - Diferentes como Nós
                                        #479

                                        Offline JDelgado

                                        • *****
                                        • Membro Elite
                                        • Género: Masculino
                                        • Simply lost
                                          • Facebook
                                        Eu vi queer as folk (versão americana) do inicio ao fim ha pouco tempo e ADOREI =D
                                        ha coisas exageradas acho eu mas o ponto está lá o orgulho, algumas duvidas, tudo XD...

                                        Também vi tudo há pouco tempo e subscrevo (mais ou menos) isso tudo.

                                        Ando agora a ver a 2ª temporada e também concordo com o que foi dito, e até aprecio um bocado esses exageros, acaba por tornar a coisa mais descontraída e metem uma ligeira comédia pelo meio, pelo mesmo farto de me rir com algumas senas.

                                        Em resumo, é uma serie muito boa, madura, descontraída, mas que foca temas muito importantes
                                          Mesmo na mais escura da escuridão, haverá sempre uma luz a brilhar para nos guiar.
                                          Basta saber encontra-la

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          25 Respostas
                                          13647 Visualizações
                                          Última mensagem 9 de Dezembro de 2008
                                          por 2estrelinha3
                                          1 Respostas
                                          574 Visualizações
                                          Última mensagem 19 de Junho de 2014
                                          por odp
                                          0 Respostas
                                          767 Visualizações
                                          Última mensagem 22 de Março de 2015
                                          por Lchaim
                                          0 Respostas
                                          1880 Visualizações
                                          Última mensagem 17 de Abril
                                          por anadeoli
                                          1 Respostas
                                          489 Visualizações
                                          Última mensagem 28 de Agosto
                                          por Dennisprume