rede ex aequo

Olá Visitante30.mar.2020, 15:06:53

Sondagem

Pensam na adopção como algo para vocês?

sim penso
87 (41.8%)
embora pretendesse um filho (natural) vou adoptar
22 (10.6%)
não, não penso
10 (4.8%)
não quero ter filhos
20 (9.6%)
hei-de ter um meu biológico
18 (8.7%)
recorrerei a fertilização in vitro
11 (5.3%)
ainda sou muito novo/a para pensar nisso
40 (19.2%)

Votos totais: 143

Autor Tópico: Pensam na adopção/parentalidade?  (Lida 39321 vezes)

 
adopção...
#20

Offline bluejazz

  • *****
  • Associad@ Honorári@
  • Membro Vintage
  • Género: Feminino
    • Homofobia
Também achei o comentário forte! lol
    "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

    adopção...
    #21

    Offline cacao

    • *****
    • Associad@ Honorári@
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
    • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
      • Mais sobre mim...
    Cada um tem a sua maneira de ver as coisas mas não é de todo sórdica esta situação, ó Naif!!!... :P ;)

    Eu, pessoalmente tb não sei se me juntaria a um casal de gays para poder ter um filho porém não vejo qualquer problema que outros casais o façam :) E tb não significa que não o fizesse porque os pontos de vista tb mudam algumas vezes :D
      Another one will bite the dust...

      "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

      "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

      adopção...
      #22

      Offline Hain

      • *****
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      • God help the outcasts
      Juntar como? Seria um dos homens ter sexo com uma das mulheres? Ou um dos homens (ou ambos?) aceder/em a dar o seu esperma para inseminação artificial?
        A life without passion would be a life barely worth living.

        adopção...
        #23

        Offline bluejazz

        • *****
        • Associad@ Honorári@
        • Membro Vintage
        • Género: Feminino
          • Homofobia
        Responder
        Ou um dos homens (ou ambos?) aceder/em a dar o seu esperma para inseminação artificial?

        Esta opção soa um pouco mais agradável... :-X lol ;)
          "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

          adopção...
          #24

          Offline cacao

          • *****
          • Associad@ Honorári@
          • Membro Vintage
          • Género: Feminino
          • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
            • Mais sobre mim...
          lol lol lol
            Another one will bite the dust...

            "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

            "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

            adopção...
            #25

            nicsparks

            • Visitante
            DE facto eu referia-me sempre á inseminação artificial!!

            Mas ainda hoje, me dei a ver montras com roupinhas lindas de  :baby :baby e já me imagino com os meus!!! ;)

            se há coisa que tenhoa certeza, que quero e hei-de conseguir é ter um filho; se for por inseminaçao artifical, muito bem, pois é meu de sangue, se for por adopção, muiot bem também, pois é meu filho!!de qualquer das maneiras terá todo o meu amor de pai e ,mãe babado!! :heart :baby

            :-* :up

              adopção...
              #26

              Offline Hain

              • *****
              • Membro Elite
              • Género: Masculino
              • God help the outcasts
              Bluejazz
              Responder
              Esta opção soa um pouco mais agradável...


               lol Sim, realmente. Eu apenas perguntei porque há pessoas que realmente consideram a outra opção, devido a certos factores (factores económicos, por exemplo).

              Ainda sou muito novo para pensar em filhos, mas um dia penso que sim, gostava de os ter. Mas sou muito radical nisso :P quando me imagino com filhos, imagino logo 7 ou 8 lol Morria logo de exaustão só a trocar as fraldas de todos  :o
              Mas, agora a sério, gostava de adoptar 2 crianças. Na minha opinião, a adopção é a melhor "solução": procuramos dar uma vida melhor à criança (o desejo dela de ter uma família concretiza-se) e a nossa vida tb melhora (o nosso desejo de ter filhos já é verdade).
                A life without passion would be a life barely worth living.

                adopção...
                #27

                nicsparks

                • Visitante
                Responder

                Na minha opinião, a adopção é a melhor "solução": procuramos dar uma vida melhor à criança (o desejo dela de ter uma família concretiza-se) e a nossa vida tb melhora (o nosso desejo de ter filhos já é verdade).



                :up :up :up :up

                  adopção...
                  #28

                  Offline cacao

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                  • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                    • Mais sobre mim...
                  «Na minha opinião»...

                  Adoptar é sempre uma nobre decisão :D
                    Another one will bite the dust...

                    "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                    "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                    adopção...
                    #29

                    naif

                    • Visitante
                    perdoem-me o comentário forte... mas quando falaram em juntar casais gays/les, pensei que fosse mesmo fisicamente, sem inseminação... e isso parece-me muito estranho, juntar duas pessoas que não se amam para procriar...

                      adopção...
                      #30

                      nicsparks

                      • Visitante
                      Mas não é ,naif!! :P

                      :-* :up

                        adopção...
                        #31

                        naif

                        • Visitante
                        pontos, pontos então não ta ca quem falou :P

                        ja cheguei a falar com amigos meus em ter um bébé com eles por inseminação, mas até agora tem ido na brincadeira lol mas quem sabe... ;)

                          adopção...
                          #32

                          Offline sonja

                          • *
                          • Novo Membro
                          • Género: Feminino
                          Estou a ver que este tópico aninou outra vez  ;)

                          Obrigada pela dica bluejazz, vou ver o que tem o link.

                          Também não acho viavel os casais gay/les se juntarem para ter filhos.
                          Quem é que fica depois com a responsabilidade de os criar?
                          Se ficar com elas, eles não quererão também ficar com a "custódia"?!
                          Se ficar com eles, a que foi mãe terá coragem para abdicar da criança?
                          Porque, viverem os 4 juntos deve ser muito improvavel!

                          Será que percebi como a coisa funciona?!  :inq lol

                            adopção...
                            #33

                            Offline bluejazz

                            • *****
                            • Associad@ Honorári@
                            • Membro Vintage
                            • Género: Feminino
                              • Homofobia
                            Responder
                            Porque, viverem os 4 juntos deve ser muito improvavel!

                            Já vi num documentário um casos desses.  lol

                            O miúdo dizia todos orgulhoso: "Tenho 2 mães e 2 pais!" ;D

                            Mesmo que não vivam juntos, podem viver na casa ao lado, ou na rua, ou no bairro e o pai biológico ou a mãe biológica (e os respectivos parceiros, se vier para o caso) têm oportunidade de estar mais próximos.

                            Não estou a dizer que faria isto para mim, mas não me parece que não haja pessoas para quem isto é viável e concretizável e que não haja casos onde isso já acontece. Depende de cada um, das suas vontades e maneira de estar e pensar. :)
                              "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                              adopção...
                              #34

                              Offline cacao

                              • *****
                              • Associad@ Honorári@
                              • Membro Vintage
                              • Género: Feminino
                              • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                                • Mais sobre mim...
                              Se duas ou mais pessoas decidirem por sua livre vontade criar uma criança num ambiente familiar que terei eu a dizer?!...

                              Eu posso saber mais ou menos o que é melhor para mim mas tenho de ter abertura para aceitara diferença daquele que está ao meu lado.

                              Sonja,

                              Como vês aquelas crianças de pais divorciados que vivem ambos segundos casamentos e todos têm filhos de cada relação anterior? ;)
                                Another one will bite the dust...

                                "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                                "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                                adopção...
                                #35

                                Offline sonja

                                • *
                                • Novo Membro
                                • Género: Feminino
                                Sim, e nessas situações já é complicado, principalmente se a relação entre os casais divorciados é de conflito.

                                Mas eu referia-me a uma situação de mãe/pai de "aluguer", em que teriam de abdicar daquilo que doaram  :inq (a barriga ou o esperma), ou seja, em ultima instancia o bebé.

                                Aí sim, para mim seria complicado.

                                Quando as pessoas formam de livre vontade uma familia mais numerosa para criar os filhos de ambos fixe  :up

                                No fundo o importante é o bem estar da criança. E eu acho que os casais gay/les são tão capazes de criar um ambiente familiar harmonioso como os outros casais hetero.

                                Mas como voces ja referiram, cabe a cada um decidir como está bem. E quem sou eu para criticar  ;)

                                  adopção...
                                  #36

                                  nicsparks

                                  • Visitante

                                    adopção...
                                    #37

                                    Offline cacao

                                    • *****
                                    • Associad@ Honorári@
                                    • Membro Vintage
                                    • Género: Feminino
                                    • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                                      • Mais sobre mim...
                                    HOMOSSEXUALIDADE
                                    Parlamento basco autoriza adopção de crianças
                                    O Parlamento basco aprovou, na passada quarta-feira, uma lei que permite aos casais homossexuais adoptarem crianças. A lei é aplicada em casais que vivam em união de facto.  

                                    15:11
                                    08 de Maio 03    
                                       
                                    A partir de agora, os casais homossexuais do País Basco já podem adoptar crianças. A medida foi votada e aprovada, na passada quarta-feira, pelo Parlamento basco.

                                    Assim, os casais que vivam em união de facto passam a ter, relativamente à adopção, os mesmo direitos que os casais de diferentes sexos que vivam em união de facto, ou mesmo os casais heterossexuais que se encontram casados.

                                    Agora, a aplicação da lei vai ser possível para os casais que se inscrevam no registo de Casais de União de Facto do País Basco, organismo que vai ser criado para este fim.
                                     
                                    http://tsf.sapo.pt/online/vida/interior.asp?id_artigo=TSF118882

                                    Vejam também o comunicado de impressa sobre esta questão da adopção de alguns grupos e associações LGBT portuguesas aqui:

                                    http://www.exaequo.34sp.com/cgi-bin/yabb/YaBB.cgi?board=Geral;action=display;num=1041965384;start=120
                                      Another one will bite the dust...

                                      "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                                      "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                                      adopção...
                                      #38

                                      Offline bluejazz

                                      • *****
                                      • Associad@ Honorári@
                                      • Membro Vintage
                                      • Género: Feminino
                                        • Homofobia
                                      Sociedade 04-06-2003 - 19h48  

                                      Proposta do BE sobre adopção por casais homossexuais gera polémica

                                      Governo cria comissão para acompanhar novo regime jurídico da adopção

                                      Lusa, PUBLICO.PT

                                      O Governo anunciou hoje a criação de uma comissão de avaliação e acompanhamento do novo regime jurídico da adopção, porque "entende que uma lei só por si não resolve os problemas que se colocam nesta matéria", segundo admitiu a ministra da Justiça, Celeste Cardona.

                                      O Parlamento debateu hoje as iniciativas do Governo, do PS e do Bloco de Esquerda para uma revisão do regime jurídico da adopção, cujo principal objectivo é acelerar o período de duração do processo de adopção. O novo regime, ou seja, a proposta da maioria, deve ser amanhã aprovado na generalidade na Assembleia da República.

                                      Celeste Cardona apresentou esta tarde a proposta de lei do Governo e anunciou a criação da comissão. "Esta reforma será devidamente avaliada e acompanhada no dia-a-dia", garantiu, recordando que "existem actualmente 11.499 crianças institucionalizadas" em condições de serem adoptadas.

                                      Segundo a ministra, "a entrada em vigor de um novo regime jurídico que obriga juízes, magistrados do Ministério Público, segurança social e demais técnicos a interiorizar novos conceitos e assumir novos comportamentos" justifica a criação desta comissão.

                                      "O nosso objectivo é dar a cada criança um pai ou uma mãe", sublinhou a ministra.

                                      Os diplomas do Governo e do PS coincidiam na ideia de conferir carácter de urgência aos processos de adopção, passando para um prazo máximo de três meses nos casos com recém-nascidos e para seis meses nos referentes a crianças e jovens. Estão em concordância também sobre necessidade de os magistrados terem formação científica específica em matéria de adopção e sobre a importância da criação de uma base de dados nacional com potenciais adoptantes e crianças disponíveis para a adopção.

                                      Uma das bandeiras do Governo é o alargamento da idade limite de quem quer adoptar uma criança, que passa dos 50 para os 60 anos, desde que a diferença entre a família adoptante e a criança adoptada não exceda os 50 anos. Esta é, aliás, a principal diferença entre a proposta governamental e o projecto do PS, que mantém a idade limite nos 50 anos.

                                      Proposta bloquista gera polémica na Assembleia

                                      O projecto do BE tem em comum com os restantes a necessidade de agilizar o processo de adopção, mas incluía a proposta colocar os casais homossexuais em pé de igualdade com os heterossexuais como candidatos à adopção de crianças. Esta aqueceu o debate no hemiciclo e desencadeou fortes críticas das bancadas da maioria governamental e do PS, com o PCP a concentrar-se nos ataques ao diploma governamental.

                                      O deputado do CDS-PP Nuno Melo classificou a proposta do BE de "exercício de pseudo vanguardismo social para consumo interno da esquerda mais radical", no que foi secundado pela deputada social-democrata Teresa Morais, que frisou "não está em causa a orientação sexual de cada um mas o superior interesse da criança".

                                      "Podem dizer-me que é normal uma criança crescer sem o pai ou a mãe. Mas não é normal que cresça com dois pais ou duas mães", postulou.

                                      A deputada desvalorizou os estudos científicos que, segundo a bloquista Joana Amaral Dias, "provam que não há diferenças significativas de desenvolvimento social e psíquico entre crianças em famílias homossexuais e as outras".

                                      Também o PS criticou esta proposta, por fazer o "alargamento a pares que não correspondem ao modelo natural parental".

                                      O PCP criticou o Governo, acusando-o de querer "facilitar a adopção à força". Os comunistas acreditam que a eliminação da possibilidade de revogação de consentimento da adopção pela família biológica, prevista na proposta de lei do Governo é discriminatória. "Causa-me repúdio o facto de um pai ou de uma mãe terem problemas mentais poder ser motivo para perderem definitivamente o direito à criança", insurgiu-se Odete Santos.

                                      A ministra da Justiça, Celeste Cardona, respondeu  críticas da deputada comunista, reafirmando que "o governo não tem nenhuma hesitação entre quem quer proteger: a criança".

                                      http://ultimahora.publico.pt/shownews.asp?id=1151238&idCanal=90

                                      O comunicado de imprensa dos grupos e associações também pode ser encontrado aqui: http://ex-aequo.web.pt/adopcao.html
                                        "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                                        adopção...
                                        #39

                                        Offline VirginiaWoolf

                                        • ****
                                        • Membro Sénior
                                        • Género: Feminino
                                        Talvez se dessem oportunidade a casais do mesmo sexo para criarem uma criança esta ocorrência passasse a ser mais "normal" não?!  :inq Já que parece que a maioria é que "faz o normal"...na cabeça de certas pessoas. :inq
                                        Se facilitassem as coisas, este tipo de adopção poderia crescer e chegar a um ponto de "normalidade", digo eu... :inq

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          Co-parentalidade?...

                                          Iniciado por cacao « 1 2  Todas » Geral

                                          36 Respostas
                                          11441 Visualizações
                                          Última mensagem 28 de Maio de 2013
                                          por rfsapiens
                                          1549 Respostas
                                          217497 Visualizações
                                          Última mensagem 17 de Abril de 2015
                                          por carolinalg
                                          68 Respostas
                                          15571 Visualizações
                                          Última mensagem 29 de Novembro de 2012
                                          por angel_world20
                                          29 Respostas
                                          7796 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Outubro de 2012
                                          por Adónis
                                          3 Respostas
                                          3365 Visualizações
                                          Última mensagem 28 de Abril de 2019
                                          por Fernando Pinheiro