rede ex aequo

Olá Visitante18.jul.2019, 09:55:19

Autor Tópico: Como revelar aos meus pais que sou homossexual?  (Lida 52218 vezes)

 
Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
#320

Offline perpétuodaconceição

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
  • this is how to be a heartbreaker
O meu coming out aconteceu quando tinha 18 anos e não aconteceu nada como teria planeado mas pronto a vida é mesmo assim. Passo a contar:
Então eu tinha 18 anos e estava a namorar com o meu primeiro namorado. Começámos a namorar no princípio de 2010 e um dia eu ia com ele de mão dada na rua e uma funcionária da papelaria da universidade viu-me. Acontece que a senhora é conhecida da minha madrasta e eu pensei logo: pronto já lhe vai contar. À ida para casa nesse dia já estava a preparar-me para contar aos meus pais porque não queria que eles viessem a saber por outras pessoas antes de mim. (Eu vivo com o meu pai e a minha madrasta) Então quando cheguei fui ter à cozinha com a minha madrasta porque tenho uma melhor relação com ela do que com o meu pai (também por ela ser mais nova e assim) e disse-lhe que tinha uma coisa para lhes dizer. Ela logo me perguntou "és gay não é?" e eu respondi que sim e pronto. Posso dizer que foi fácil porque tive a ajuda dela e não tive mesmo que verbalizar "eu sou gay", algo que naquela altura ainda não estava habituado a dizer. Ela aceitou super bem e disse-me que sempre soube só estava à espera que eu lhes contasse. O meu pai, coitado, é que não aceitou tão bem e chorou imenso nessa noite (coisa que só o tinha visto fazer quando a minha mãe faleceu) e esteve algum tempo chateado comigo. Depois disso senti-me tão bem. É mesmo verdade o alívio que se sente depois de se ter contado. Após ter contado passei-me a sentir muito mais à vontade com toda a gente à minha volta e hoje não tenho problema nenhum em dizer que sou gay se alguém me perguntar.
« Última modificação: 11 de Abril de 2013 por perpétuodaconceição »
    boys they like a little danger.

    Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
    #321

    Offline unforgiving

    • ***
    • Membro Total
    Engraçado que dois meus irmãos mais novos já disseram a minha mãe que a orientação sexual não é a esperada... desabafou comigo super triste embora aceite...

    Imaginem o que é eu ouvir isto dela, e ela nem sonhar que eu também não sou "propriamente" hetero...

      Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
      #322

      Diotima

      • Visitante
      Os meus pais são extremamente homofóbicos e eu não vejo necessidade de lhes revelar. Até porque não namoro. Se namorasse talvez fosse diferente. Mas assim acho que faz parte da esfera da minha privacidade.

        Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
        #323

        Offline Di HF

        • *****
        • Membro Elite
        • Género: Feminino
        Engraçado que dois meus irmãos mais novos já disseram a minha mãe que a orientação sexual não é a esperada... desabafou comigo super triste embora aceite...

        Imaginem o que é eu ouvir isto dela, e ela nem sonhar que eu também não sou "propriamente" hetero...
        Não é qualquer família que tem três pessoas orientação sexual não é a esperada. Só te posso desejar força, conta quando achares o momento apropriado.

          Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
          #324

          Offline the future is tomorrow!

          • ***
          • Membro Total
          • Género: Masculino
          Lá por casa as coisas já normalizaram e está tudo bem :)

            Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
            #325

            Offline NubaCohe

            • *
            • Novo Membro
            • Género: Masculino
            A mia também não foi complicado... foi uma longa conversa a dois (eu e a minha mãe) numa noite em que me convidou para jantar só com ela. Soube logo o que iria acontecer... Isto porque deixei de esconder que ia "sair com o Gonçalo", vou dormir a casa do "Gonçalo", vou jantar com o "Gonçalo" etc... Claro que o fiz de propósito pois na minha opinião, quando os pais nos perguntam se somos Gays é porque já está preparados para ouvir qualquer resposta. Assim, fui contruindo o caminho pra chegar a esse dia... :)
            Claro que chorámos, claro que a minha mãe ficou um pouco triste... mas sei que foi a fraqueza do momento em que soube. O meu pai nunca abordou este assunto comigo, mas sei que os meus pais falaram sobre isso. Nunca falou, mas aceitou com uma esstranha normalidade... como se apenas soubesse que tinha tido uma constipação...
            Hoje em dia é tudo tão normal. Namoro há 8 anos, vivo junto há 3. O meu namorado frequenta a casa dos meus pais, por vezes ficamos a dormir por lá, é incluído nas festas de família nuclear... O meu pai adora conversar com o meu namorado... é lindo de se ver... ahahahah! :)

            é o conselho que dou aos meus amigos que querem contar... "Deixa de inventar tanta desculpa quando queres estar com o teu namorado... um dia hão de te questionar quem é esse "rapaz" que tanto falas, então estarão (auto)preparados para ouvir a resposta." (Confesso que resultou num dos meus grandes amigos... ) E era tão bom que esta receita se aplicasse facilmente a todos quantos os que querem partilhar o que nos vai no coração com aqueles que mais amamos!

            Um Abraço para todos! Saudades!

              Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
              #326

              ilikemiguel

              • Visitante
              A mia também não foi complicado... foi uma longa conversa a dois (eu e a minha mãe) numa noite em que me convidou para jantar só com ela. Soube logo o que iria acontecer... Isto porque deixei de esconder que ia "sair com o Gonçalo", vou dormir a casa do "Gonçalo", vou jantar com o "Gonçalo" etc... Claro que o fiz de propósito pois na minha opinião, quando os pais nos perguntam se somos Gays é porque já está preparados para ouvir qualquer resposta. Assim, fui contruindo o caminho pra chegar a esse dia... :)
              Claro que chorámos, claro que a minha mãe ficou um pouco triste... mas sei que foi a fraqueza do momento em que soube. O meu pai nunca abordou este assunto comigo, mas sei que os meus pais falaram sobre isso. Nunca falou, mas aceitou com uma esstranha normalidade... como se apenas soubesse que tinha tido uma constipação...
              Hoje em dia é tudo tão normal. Namoro há 8 anos, vivo junto há 3. O meu namorado frequenta a casa dos meus pais, por vezes ficamos a dormir por lá, é incluído nas festas de família nuclear... O meu pai adora conversar com o meu namorado... é lindo de se ver... ahahahah! :)

              é o conselho que dou aos meus amigos que querem contar... "Deixa de inventar tanta desculpa quando queres estar com o teu namorado... um dia hão de te questionar quem é esse "rapaz" que tanto falas, então estarão (auto)preparados para ouvir a resposta." (Confesso que resultou num dos meus grandes amigos... ) E era tão bom que esta receita se aplicasse facilmente a todos quantos os que querem partilhar o que nos vai no coração com aqueles que mais amamos!

              Um Abraço para todos! Saudades!

              Estas histórias são tão boas de se ouvir. :) Obrigado por partilhares!

                Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                #327

                Offline mau_feitio

                • *****
                • Membro Ultra
                • Género: Feminino
                • Sou fascinada pelo sincero!
                Eu já andava a pensar há bastante tempo em assumir-me e acabei por faze-lo num jantar de familia com bastantes pessoas à mesa  :D
                La estava eu a pensar "será que devo contar? será que não devo?" até que a uma irmã minha me começou a questionar acerca dos meus relacionamentos em frente da familia presente e que tipo de protecção eu usava para prevenir uma gravidez indejesada (tinha 17 anos na altura),e foi a aí que eu pensei "tem que ser agora,não aguento mais este tipo de perguntas"...e assim foi larguei "a bomba",uns ficaram surpreendidos,outros nem tanto...mas uma coisa é cerca,depois disso a minha familia passou a ter mais sensibilidade com as perguntas pessoais que me faziam :-X
                  ''É difícil esperar por algo que talvez nunca aconteça,mas é muito mais difícil abrir mão quando isso é tudo o que queremos"'

                  Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                  #328

                  Offline pepe444

                  • *****
                  • Membro Ultra
                  • Género: Masculino
                  Não sei como expor esta situação. O meu pai é super homofobico (acho mesmo que era capaz de matar se soubesse...) A minha mae aceitaria bem...
                  Como é que se conta uma coisa destas? :(
                    ""Que estranho mundo este em q as pessoas se podem matar à luz do dia, mas para se amar só o podem fazer às escondidas na escuridão da noite"

                    Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                    #329

                    Diotima

                    • Visitante
                    Como te percebo :-\ . No meu caso optei por não revelar. Faz parte da minha privacidade. Mas isto porque estou só. Porque se tivesse alguém seria diferente. Acho que o melhor é ires preparando terreno. Por exemplo, podes ir começando a defender os direitos dos homossexuais. Assim vais preparando as coisas e vais vendo se tens ou não condições de contar. É o melhor que te consigo aconselhar.

                      Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                      #330

                      V24

                      • Visitante
                      Eu já não disfarço e quando surge algo sobre a homossexualidade procuro não me mostrar constrangida. Aliás tenho a certeza de que a minha mãe desconfia. Cada vez que digo que vou ter com uma amiga torce um bocado o nariz.
                      Acho que ela não vai gostar nada da história, o meu pai coitado sempre aceitou as minhas escolhas por mais malucas q lhe parecessem...também deve aceitar a minha orientação sexual que sempre fez parte de mim.

                      Não sei bem quando contar. Só quando tiver namorada (tenho 100% certeza disso) e quando tiver a minha casa (posso não aguentar e contar antes, mas tenho medo que o ambiente fique irrespirável)

                        Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                        #331

                        Offline goodluckladybug

                        • *
                        • Novo Membro
                        • Género: Feminino
                        Eu já não disfarço e quando surge algo sobre a homossexualidade procuro não me mostrar constrangida. Aliás tenho a certeza de que a minha mãe desconfia. Cada vez que digo que vou ter com uma amiga torce um bocado o nariz.
                        Acho que ela não vai gostar nada da história, o meu pai coitado sempre aceitou as minhas escolhas por mais malucas q lhe parecessem...também deve aceitar a minha orientação sexual que sempre fez parte de mim.

                        Não sei bem quando contar. Só quando tiver namorada (tenho 100% certeza disso) e quando tiver a minha casa (posso não aguentar e contar antes, mas tenho medo que o ambiente fique irrespirável)

                        Meu caso é bem parecido com o seu, mas uma vez tentei contar para minha mãe, ela apenas disse q isso era uma duvida minha e que nao tinha conhecido um homem legal para mim, e la foi ela colocar meus problemas com meu pai, dizendo que nao é por ele ser pessimo que todos os homens do mundo são!
                        O que ela não entende é que nao tenho odio dos homens nem nada contra eles, a questão está muito longe de ser esta...
                        a verdade é que nao queria ser oq sou...mas cheguei a um ponto que nao quero arrumar um namorado so para agrada-la...
                        Hoje em dia fingimos que nunca conversamos sobre isto, mas sempre quando passa algo na tv de homossexuais ela fala que é uma escolha muito dificil, tento apenas não falar nada...

                        Mas meus planos seria so contar a ela quando saisse de casa,acho q por enquanto tento como digamos abafar isso...

                          Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                          #332

                          V24

                          • Visitante
                          Eu já não disfarço e quando surge algo sobre a homossexualidade procuro não me mostrar constrangida. Aliás tenho a certeza de que a minha mãe desconfia. Cada vez que digo que vou ter com uma amiga torce um bocado o nariz.
                          Acho que ela não vai gostar nada da história, o meu pai coitado sempre aceitou as minhas escolhas por mais malucas q lhe parecessem...também deve aceitar a minha orientação sexual que sempre fez parte de mim.

                          Não sei bem quando contar. Só quando tiver namorada (tenho 100% certeza disso) e quando tiver a minha casa (posso não aguentar e contar antes, mas tenho medo que o ambiente fique irrespirável)

                          Meu caso é bem parecido com o seu, mas uma vez tentei contar para minha mãe, ela apenas disse q isso era uma duvida minha e que nao tinha conhecido um homem legal para mim, e la foi ela colocar meus problemas com meu pai, dizendo que nao é por ele ser pessimo que todos os homens do mundo são!
                          O que ela não entende é que nao tenho odio dos homens nem nada contra eles, a questão está muito longe de ser esta...
                          a verdade é que nao queria ser oq sou...mas cheguei a um ponto que nao quero arrumar um namorado so para agrada-la...
                          Hoje em dia fingimos que nunca conversamos sobre isto, mas sempre quando passa algo na tv de homossexuais ela fala que é uma escolha muito dificil, tento apenas não falar nada...

                          Mas meus planos seria so contar a ela quando saisse de casa,acho q por enquanto tento como digamos abafar isso...

                          A minha mãe não acha que é por não ter encontrado o homem certo. Já estou com sorte! Ela infelizmente acha é que a homossexualidade é uma coisa esquisita. Ao menos sabe que não é uma escolha e que somos mesmo assim. Já não é mau de todo.

                          Pois eu nunca tive namorado nem consegui mesmo estar com um homem...e felizmente tenho uma quase-namorada :) Se és homossexual não vás contra a tua orientação. É um sofrimento tremendo.

                          O melhor que podes fazer é adoptares um ar neutro, ou dizeres que te queres concentrar nos estudos, no trabalho seja lá no que for e ires fazendo a tua vida o mais discretamente possível ;)

                          A tua mãe está em negação simplesmente não consegue encaixar que não és hétero. Nem vale confrontá-la. Um dia quando fores independente e lhe contares ela vai ter de encarar a verdade

                            Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                            #333

                            Offline Endovélico

                            • ****
                            • Membro Sénior
                            • Género: Masculino
                            • Are we to hang our hearts on such little things?
                            Eu mostrei uma sms de um namorado da web que tinha na altura à minha mãe  ::)

                              Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                              #334

                              V24

                              • Visitante
                              Eu mostrei uma sms de um namorado da web que tinha na altura à minha mãe  ::)

                              Uau...pensando nisso o meu telemóvel é a enciclopédia da paixão xD

                                Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                                #335

                                Offline goodluckladybug

                                • *
                                • Novo Membro
                                • Género: Feminino
                                Eu já não disfarço e quando surge algo sobre a homossexualidade procuro não me mostrar constrangida. Aliás tenho a certeza de que a minha mãe desconfia. Cada vez que digo que vou ter com uma amiga torce um bocado o nariz.
                                Acho que ela não vai gostar nada da história, o meu pai coitado sempre aceitou as minhas escolhas por mais malucas q lhe parecessem...também deve aceitar a minha orientação sexual que sempre fez parte de mim.

                                Não sei bem quando contar. Só quando tiver namorada (tenho 100% certeza disso) e quando tiver a minha casa (posso não aguentar e contar antes, mas tenho medo que o ambiente fique irrespirável)

                                Meu caso é bem parecido com o seu, mas uma vez tentei contar para minha mãe, ela apenas disse q isso era uma duvida minha e que nao tinha conhecido um homem legal para mim, e la foi ela colocar meus problemas com meu pai, dizendo que nao é por ele ser pessimo que todos os homens do mundo são!
                                O que ela não entende é que nao tenho odio dos homens nem nada contra eles, a questão está muito longe de ser esta...
                                a verdade é que nao queria ser oq sou...mas cheguei a um ponto que nao quero arrumar um namorado so para agrada-la...
                                Hoje em dia fingimos que nunca conversamos sobre isto, mas sempre quando passa algo na tv de homossexuais ela fala que é uma escolha muito dificil, tento apenas não falar nada...

                                Mas meus planos seria so contar a ela quando saisse de casa,acho q por enquanto tento como digamos abafar isso...

                                A minha mãe não acha que é por não ter encontrado o homem certo. Já estou com sorte! Ela infelizmente acha é que a homossexualidade é uma coisa esquisita. Ao menos sabe que não é uma escolha e que somos mesmo assim. Já não é mau de todo.

                                Pois eu nunca tive namorado nem consegui mesmo estar com um homem...e felizmente tenho uma quase-namorada :) Se és homossexual não vás contra a tua orientação. É um sofrimento tremendo.

                                O melhor que podes fazer é adoptares um ar neutro, ou dizeres que te queres concentrar nos estudos, no trabalho seja lá no que for e ires fazendo a tua vida o mais discretamente possível ;)

                                A tua mãe está em negação simplesmente não consegue encaixar que não és hétero. Nem vale confrontá-la. Um dia quando fores independente e lhe contares ela vai ter de encarar a verdade

                                Sim e oq vou fazer...pois mesmo ja tendo namorada, nao tive coragem de contar a ela, fiquei as escondidas mesmo...

                                  Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                                  #336

                                  V24

                                  • Visitante
                                  Eu já não disfarço e quando surge algo sobre a homossexualidade procuro não me mostrar constrangida. Aliás tenho a certeza de que a minha mãe desconfia. Cada vez que digo que vou ter com uma amiga torce um bocado o nariz.
                                  Acho que ela não vai gostar nada da história, o meu pai coitado sempre aceitou as minhas escolhas por mais malucas q lhe parecessem...também deve aceitar a minha orientação sexual que sempre fez parte de mim.

                                  Não sei bem quando contar. Só quando tiver namorada (tenho 100% certeza disso) e quando tiver a minha casa (posso não aguentar e contar antes, mas tenho medo que o ambiente fique irrespirável)

                                  Meu caso é bem parecido com o seu, mas uma vez tentei contar para minha mãe, ela apenas disse q isso era uma duvida minha e que nao tinha conhecido um homem legal para mim, e la foi ela colocar meus problemas com meu pai, dizendo que nao é por ele ser pessimo que todos os homens do mundo são!
                                  O que ela não entende é que nao tenho odio dos homens nem nada contra eles, a questão está muito longe de ser esta...
                                  a verdade é que nao queria ser oq sou...mas cheguei a um ponto que nao quero arrumar um namorado so para agrada-la...
                                  Hoje em dia fingimos que nunca conversamos sobre isto, mas sempre quando passa algo na tv de homossexuais ela fala que é uma escolha muito dificil, tento apenas não falar nada...

                                  Mas meus planos seria so contar a ela quando saisse de casa,acho q por enquanto tento como digamos abafar isso...

                                  A minha mãe não acha que é por não ter encontrado o homem certo. Já estou com sorte! Ela infelizmente acha é que a homossexualidade é uma coisa esquisita. Ao menos sabe que não é uma escolha e que somos mesmo assim. Já não é mau de todo.

                                  Pois eu nunca tive namorado nem consegui mesmo estar com um homem...e felizmente tenho uma quase-namorada :) Se és homossexual não vás contra a tua orientação. É um sofrimento tremendo.

                                  O melhor que podes fazer é adoptares um ar neutro, ou dizeres que te queres concentrar nos estudos, no trabalho seja lá no que for e ires fazendo a tua vida o mais discretamente possível ;)

                                  A tua mãe está em negação simplesmente não consegue encaixar que não és hétero. Nem vale confrontá-la. Um dia quando fores independente e lhe contares ela vai ter de encarar a verdade

                                  Sim e oq vou fazer...pois mesmo ja tendo namorada, nao tive coragem de contar a ela, fiquei as escondidas mesmo...

                                  Vai-se vivendo...não te sintas mal por ser às escondidas. Um dia vais sair à luz e ser feliz ;)

                                    Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                                    #337

                                    Offline goodluckladybug

                                    • *
                                    • Novo Membro
                                    • Género: Feminino
                                    Eu já não disfarço e quando surge algo sobre a homossexualidade procuro não me mostrar constrangida. Aliás tenho a certeza de que a minha mãe desconfia. Cada vez que digo que vou ter com uma amiga torce um bocado o nariz.
                                    Acho que ela não vai gostar nada da história, o meu pai coitado sempre aceitou as minhas escolhas por mais malucas q lhe parecessem...também deve aceitar a minha orientação sexual que sempre fez parte de mim.

                                    Não sei bem quando contar. Só quando tiver namorada (tenho 100% certeza disso) e quando tiver a minha casa (posso não aguentar e contar antes, mas tenho medo que o ambiente fique irrespirável)

                                    Meu caso é bem parecido com o seu, mas uma vez tentei contar para minha mãe, ela apenas disse q isso era uma duvida minha e que nao tinha conhecido um homem legal para mim, e la foi ela colocar meus problemas com meu pai, dizendo que nao é por ele ser pessimo que todos os homens do mundo são!
                                    O que ela não entende é que nao tenho odio dos homens nem nada contra eles, a questão está muito longe de ser esta...
                                    a verdade é que nao queria ser oq sou...mas cheguei a um ponto que nao quero arrumar um namorado so para agrada-la...
                                    Hoje em dia fingimos que nunca conversamos sobre isto, mas sempre quando passa algo na tv de homossexuais ela fala que é uma escolha muito dificil, tento apenas não falar nada...

                                    Mas meus planos seria so contar a ela quando saisse de casa,acho q por enquanto tento como digamos abafar isso...

                                    A minha mãe não acha que é por não ter encontrado o homem certo. Já estou com sorte! Ela infelizmente acha é que a homossexualidade é uma coisa esquisita. Ao menos sabe que não é uma escolha e que somos mesmo assim. Já não é mau de todo.

                                    Pois eu nunca tive namorado nem consegui mesmo estar com um homem...e felizmente tenho uma quase-namorada :) Se és homossexual não vás contra a tua orientação. É um sofrimento tremendo.

                                    O melhor que podes fazer é adoptares um ar neutro, ou dizeres que te queres concentrar nos estudos, no trabalho seja lá no que for e ires fazendo a tua vida o mais discretamente possível ;)

                                    A tua mãe está em negação simplesmente não consegue encaixar que não és hétero. Nem vale confrontá-la. Um dia quando fores independente e lhe contares ela vai ter de encarar a verdade

                                    Sim e oq vou fazer...pois mesmo ja tendo namorada, nao tive coragem de contar a ela, fiquei as escondidas mesmo...

                                    Vai-se vivendo...não te sintas mal por ser às escondidas. Um dia vais sair à luz e ser feliz ;)

                                    Sim sim  :) muito obrigadas pelas palavras!!!

                                      Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                                      #338

                                      Offline theone111

                                      • ****
                                      • Membro Sénior
                                      • Género: Masculino
                                      Regressei pela primeira vez a casa dos meus pais depois de me ter assumido.

                                      4 semanas depois: a primeira por medo e as seguintes por impossibilidades da vida. Apesar de sempre ter acreditado que tudo correria bem, houve naturalmente alguma ansiedade quando abri a porta. Explico melhor...

                                      Os meus pais vivem numa pequena freguesia no interior do país. Não exagero no pequena. Pequena ao ponto de eu o meu número de eleitor andar na casa dos 500 e pouco. Uma freguesia onde todos se conhecem, e onde não há a preocupação de trancar portas quando se sai de casa. Uma pequena comunidade, já algo envelhecida, e portanto, com princípios demasiado rígidos e enraizados. Os meus pais são ambos originários desta típica localidade, e este é o contexto social onde sempre estiveram enquadrados.

                                      A notícia foi um choque. Tal não me surpreendeu, vindo da parte do patriarca, que era o comportamento esperado. Já da parte da minha mãe, o comportamento igual deixou-me assustado. Figurando ela no primeiro lugar da minha lista de pessoas que não me posso dar ao luxo de perder, custou-me vê-la assim. Sempre soube que seria necessário algum tempo para deixar a poeira assentar, mas o facto de estar longe nunca ajudou muito à coisa. Se muito me custava saber o não saber como eles estavam, mais ainda me custaria o perguntar, por meios tão impessoais como telefones. Ia perguntando quando falávamos, sempre sem forçar, porque entendo que tais situações NUNCA são fáceis.



                                      4 semanas depois: entrei em casa e cumprimentei-os. Receoso, defensivo, mas acima de tudo, genuinamente feliz de os ver bem. Poucas horas depois, Ainda mais felz por constatar que afinal de contas, nada mudou. O assunto não foi introduzido por mim, que estava ainda a tentar interpretar as reacções, nem por eles. Tudo estava, simplesmente como sempre esteve.

                                      Hoje almocei só com a minha mãe, que no final do assunto puxou o assunto. Discutimos por alguns minutos alguns aspectos da questão, entre os quais, alguma logística: se eu tivesse alguém que quisesse apresentar, que falasse primeiro com o pai. Suavizei a questão, dizendo que não havia ninguém, e que naturalmente que o faria porque era muito importante para mim que eses estivessem confortáveis com a ideia primeiro.

                                      Aprendi bastante com este diálogo. Partilho algumas das descobertas na tentativa de ajudar em casos semelhantes: em primeiro lugar, nada de impaciências. Coming out não é apenas a hora em que decidimos partilhar. É todo um caminho, em que demonstramos às outras pessoas que somos quem sempre fomos e que a homo/bi/tri-sexualidade é apenas característica que não nos deve definir como pessoas.
                                      Em segundo lugar, gostei ainda de ver que o assunto foi discutido na minha ausência. Não foi posta uma pedra no assunto "enquanto ele não está cá" e "depois logo se vê". Notei esforço dos meus pais por compreenderem a situação e a aceitarem.
                                      Foi ainda discutido o "contar a outras pessoas". Fiquei orgulhoso em reparar que toda a conversa foi centrada em mim. "Se não quiseres que as pessoas saibam", "Se tu ..." e nunca o "Não queremos que...". Sinto que acima de tudo a minha opinião, além de aceite é RESPEITADA. Aceitação é fácil, mas respeito??? Tenho os melhores pais do mundo e mais que isso, posso comprová-lo!  :blush

                                      Haverá ainda um longo caminho a percorrer. As pessoas na "típica localidade" irão descobrir (eventualmente), apresentar-lhes-ei um namorado a seu tempo (assumindo que consigo "enganar" algum lol) e todo este leque de novas experiências trarão novos desafios. Por cá estarei para os apoiar, com o respeito que sempre me demonstraram. Haverá dificuldades, mas haverá também abertura para as resolver.

                                      Poderia não lhes ter contado e optar por gerir o meu tempo entre a minha felicidade e a deles. Fí-lo por não acreditar que seria obrigado a escolher entre os meus pais e a minha felicidade. E não sou obrigado a fazê-lo. Este fim-de-semana, ganhei ambos.
                                        E acredita, a vida é bastante melhor com bolachas! lol

                                        Como revelar aos meus pais que sou homossexual?
                                        #339

                                        Offline rk

                                        • ****
                                        • Membro Sénior
                                        • Género: Masculino
                                        Regressei pela primeira vez a casa dos meus pais depois de me ter assumido.

                                        4 semanas depois: a primeira por medo e as seguintes por impossibilidades da vida. Apesar de sempre ter acreditado que tudo correria bem, houve naturalmente alguma ansiedade quando abri a porta. Explico melhor...

                                        Os meus pais vivem numa pequena freguesia no interior do país. Não exagero no pequena. Pequena ao ponto de eu o meu número de eleitor andar na casa dos 500 e pouco. Uma freguesia onde todos se conhecem, e onde não há a preocupação de trancar portas quando se sai de casa. Uma pequena comunidade, já algo envelhecida, e portanto, com princípios demasiado rígidos e enraizados. Os meus pais são ambos originários desta típica localidade, e este é o contexto social onde sempre estiveram enquadrados.

                                        A notícia foi um choque. Tal não me surpreendeu, vindo da parte do patriarca, que era o comportamento esperado. Já da parte da minha mãe, o comportamento igual deixou-me assustado. Figurando ela no primeiro lugar da minha lista de pessoas que não me posso dar ao luxo de perder, custou-me vê-la assim. Sempre soube que seria necessário algum tempo para deixar a poeira assentar, mas o facto de estar longe nunca ajudou muito à coisa. Se muito me custava saber o não saber como eles estavam, mais ainda me custaria o perguntar, por meios tão impessoais como telefones. Ia perguntando quando falávamos, sempre sem forçar, porque entendo que tais situações NUNCA são fáceis.



                                        4 semanas depois: entrei em casa e cumprimentei-os. Receoso, defensivo, mas acima de tudo, genuinamente feliz de os ver bem. Poucas horas depois, Ainda mais felz por constatar que afinal de contas, nada mudou. O assunto não foi introduzido por mim, que estava ainda a tentar interpretar as reacções, nem por eles. Tudo estava, simplesmente como sempre esteve.

                                        Hoje almocei só com a minha mãe, que no final do assunto puxou o assunto. Discutimos por alguns minutos alguns aspectos da questão, entre os quais, alguma logística: se eu tivesse alguém que quisesse apresentar, que falasse primeiro com o pai. Suavizei a questão, dizendo que não havia ninguém, e que naturalmente que o faria porque era muito importante para mim que eses estivessem confortáveis com a ideia primeiro.

                                        Aprendi bastante com este diálogo. Partilho algumas das descobertas na tentativa de ajudar em casos semelhantes: em primeiro lugar, nada de impaciências. Coming out não é apenas a hora em que decidimos partilhar. É todo um caminho, em que demonstramos às outras pessoas que somos quem sempre fomos e que a homo/bi/tri-sexualidade é apenas característica que não nos deve definir como pessoas.
                                        Em segundo lugar, gostei ainda de ver que o assunto foi discutido na minha ausência. Não foi posta uma pedra no assunto "enquanto ele não está cá" e "depois logo se vê". Notei esforço dos meus pais por compreenderem a situação e a aceitarem.
                                        Foi ainda discutido o "contar a outras pessoas". Fiquei orgulhoso em reparar que toda a conversa foi centrada em mim. "Se não quiseres que as pessoas saibam", "Se tu ..." e nunca o "Não queremos que...". Sinto que acima de tudo a minha opinião, além de aceite é RESPEITADA. Aceitação é fácil, mas respeito??? Tenho os melhores pais do mundo e mais que isso, posso comprová-lo!  :blush

                                        Haverá ainda um longo caminho a percorrer. As pessoas na "típica localidade" irão descobrir (eventualmente), apresentar-lhes-ei um namorado a seu tempo (assumindo que consigo "enganar" algum lol) e todo este leque de novas experiências trarão novos desafios. Por cá estarei para os apoiar, com o respeito que sempre me demonstraram. Haverá dificuldades, mas haverá também abertura para as resolver.

                                        Poderia não lhes ter contado e optar por gerir o meu tempo entre a minha felicidade e a deles. Fí-lo por não acreditar que seria obrigado a escolher entre os meus pais e a minha felicidade. E não sou obrigado a fazê-lo. Este fim-de-semana, ganhei ambos.
                                        Muito fixe, parabens e ainda bem que correu bem.. De facto o que relatas faz me lembrar aquela tipica frase: "se eu demorei X anos a aceitar-me como posso esperar que as pessoas me aceitem em X minutos". Acho q e uma cena destas, agr n me recordo de onde li isto.. mas sim o coming out e algo gradual e ainda bem que o teu esta a correr bem...
                                        Que o processo continue e que sejas feliz :)

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          7 Respostas
                                          4494 Visualizações
                                          Última mensagem 2 de Julho de 2009
                                          por Andreia.
                                          2 Respostas
                                          1165 Visualizações
                                          Última mensagem 3 de Julho de 2013
                                          por castlox
                                          14 Respostas
                                          2508 Visualizações
                                          Última mensagem 6 de Agosto de 2014
                                          por Ticas:
                                          1 Respostas
                                          949 Visualizações
                                          Última mensagem 11 de Abril de 2016
                                          por Adler
                                          2 Respostas
                                          1256 Visualizações
                                          Última mensagem 12 de Outubro de 2018
                                          por paulosabino