rede ex aequo

Olá Visitante05.dez.2020, 02:20:44

Sondagem

O que te leva a não assumir a tua homossexualidade...

A família
41 (20.2%)
Os amigos
8 (3.9%)
A sociedade
25 (12.3%)
A família e a sociedade
37 (18.2%)
Os três
34 (16.7%)
Já me assumi
58 (28.6%)

Votos totais: 128

Autor Tópico: Assumir a homossexualidade  (Lida 30970 vezes)

 
Assumir a homossexualidade
#0

Offline goldis

  • **
  • Membro Júnior
  • Género: Masculino
  • Luta e vence!Sê feliz!!;)
assumir a homossexualidade ainda, e um assunto que levanta muitas dúvidas, por isso da a tua opinião e faz a tua votação. :)
    " You are beautiful, no matter what they say...their words can´t bring you down..."

    assumir a homossexualidade
    #1

    Offline bluejazz

    • *****
    • Associad@ Honorári@
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
      • Homofobia
    Eu já me assumi a família e amigos! Assim não posso responder! Não vale!!! :P
      "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

      assumir a homossexualidade
      #2

      Offline goldis

      • **
      • Membro Júnior
      • Género: Masculino
      • Luta e vence!Sê feliz!!;)
      oki com os amigos e familia ja disseste mas........e a sociedade como te aceitou a sociedade aonde vives sabe? :P
        " You are beautiful, no matter what they say...their words can´t bring you down..."

        assumir a homossexualidade
        #3

        Offline bluejazz

        • *****
        • Associad@ Honorári@
        • Membro Vintage
        • Género: Feminino
          • Homofobia
        LOL Sim, em geral aceitou bem, das pessoas que conheço. Pelo menos ainda não vi nenhuma discriminação explícita. A única discriminação que tenho sentido é de pessoas estranhas ou anónimas, quer em fóruns para gays não moderados onde há gente a atacar e/ou insultar ou na rua quando, por exemplo, estou de mão dada com a namorada: há eventualmente um comentário (mesmo que não seja malicioso). Contudo, não seria isto que me impederia de assumir a minha orientação sexual, embora costume ser mais discreta em público. Mas é mais por princípio, do que outra coisa... ;D Pessoalmente também não gosto de ver demonstrações de afecto "espampanantes" por parte de heterossexuais, embora ache muito bonito manifestações de afecto "discretas". É uma coisa pessoal, na verdade. Enfim, hoje no aeroporto despedi-me da minha namorada beijando-a. O senhor que verificou o meu bilhete e bilhete de identidade aparentemente viu. Quando lhe dei os documentos olhou-me de uma maneira tão estranha (como se fosse bicho), que não consegui deixar de rir-me na cara dele. Mas ele ainda foi simpático e disse "hasta la vista", apesar de eu não ser espanhola...  ;D Enfim, mas acho que se uma pessoa tem motivos para acreditar que poderá ser agredida se as pessoas souberem, deve deixar o instinto de "preservação" falar mais alto.  :(
          "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

          assumir a homossexualidade
          #4

          Offline castle

          • *
          • Novo Membro
          • Género: Masculino
          Eu que gosto tanto de votações, não posso votar. Falta uma hipótese: não assumo por causa de mim mesmo. E mais não digo.

          Fiquem bem

            assumir a homossexualidade
            #5

            Offline goldis

            • **
            • Membro Júnior
            • Género: Masculino
            • Luta e vence!Sê feliz!!;)
            ora ai esta uma boa questão tambem para debater, por vezes a parte mais complicada e nos assumirmos para nos mesmo, mas não e o mais dificil, e uma kestão de interiorisação de aceitarmos aquilo que somos ou seja um ser humano igual a kualker outro mas com uma orientação sexual muito propria. Um heterossexual meu amigo um dia me disse :" ser GAY e a coisa mais bonita do mundo "...... :)
              " You are beautiful, no matter what they say...their words can´t bring you down..."

              assumir a homossexualidade
              #6

              Offline Ines

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Feminino
              • aprende a amar as tempestades, não fujas delas...
              ;) goldis

              Ora nem mais...Por experiência própria o 1º passo a dar para assumir a homosexualidade, é conseguirmos encará-la e aceitá-la para nós próprios  ::) e sei que não estou a dizer nada de novo  :D ;)

              Mas óbviamente cada pessoa reage de formas diferentes, todos temos maneiras, de ser, de sentir, de lidar com as sensações diferentes ;) esse facto torna-nos mais ou menos vulneráveis :'( :-/ por vezes surgem os medos, as inseguranças...do tipo...Será k sou mesmo?E se sou porquê? :'( :-/

              Eu felizmente já ultrapassei essa fase...agora finalmente começo a sentir-me bem cmg mesma, afinal não é por ser homosexual que sou diferente das outras pessoas ditas normais (detesto usar este termo) >:( ... afinal também tenho sentimentos tão ou mais puros como qualquer  heterosexual ;)

              Bem tudo isto para dizer que ainda só dei o 1ºpasso...mas não me sinto mal por isso ;) pelo contrário, acho que já venci a 1ª barreira :D o resto irá sendo ultrapassado da melhor forma possível...e por vezes as coisas tornam-se mais simples ou não :( ;) Enfim...é mesmo uma kestão de tempo, mas também concordo que por vezes o tempo também se pode tornar num doloroso aliado :'(  Mas nada como viver, sentir e decidir  ;) :D

              :-* a tod@s
                De todos os canto do mundo
                Amo com um amor mais forte e mais puro
                Aquela praia extasiada e nua,
                Onde me uni ao mar, ao vento e à lua.

                assumir a homossexualidade
                #7

                Offline QueerCore

                • **
                • Membro Júnior
                • Género: Masculino
                • Vers une déconstruction de la norme
                  • O meu cantinho secreto de raios de sol azul
                :'(
                Aqui está uma pergunta que me faz bastante... comixão
                Bem, como alguns saberão não me identifico com a classificação tradicional e normativa de orientação sexual.. como tal nunca poderia responder a esta questão.. de qualquer das formas acho que já se mencionaram aqui algumas coisas que são bastante relevantes e que queria comentar brevemente.
                Assumir algo perante a sociedade e a auto-aceitação de uma realidade sexual são coisas bastante distintas.. ainda que ligadas, é óbvio.. para dizer a verdade auto-aceitação até nem me parece um termo muito apropriado.. aceitamos que o sol existe?? que o céu é azul? passa mais por uma tomada de consciência de uma realidade.. mas os psicólogos que subscrevem este fórum que opinem se quiserem, esta é opinião de leigo apenas..
                outra coisa agora.. o assumir de algo, a meu ver, deve ser natural.. muitas vezes somos tidos por aves raras porque é assim que nos mostramos ao mundo.. eu começo a ter dúvidas que se possa dizer que a sociedade não aceita a "homossexualidade". Como pode ela rejeitar algo que não conhece? parece sim haver claramente uma espécie de lobbie heterossexista que encobre a diversidade de seres humanos que existem.. apresentando e apelando à norma.. tudo o que vemos promove de certa forma uma cultura, uma prática heterossexista.. a aceitação, a identificação com os rótulos impostos e construídos nessa lógica heterossexista poderá ser bastante perigoso para o ser humano individual que é mais que rótulos... a meu ver a rotulação massiva está ligada a um maniqueísmo subjacente a toda a nossa cultura.. por tudo isto é que eu defendo uma banalização da sexualidade em TODAS as suas perspectivas... mas já estou a fugir ao tema..
                para terminar.. o Goldis referiu que um amigo dele diz que não há coisa mais bonita do que ser gay.. esta é uma daquelas frases que não compreendo muito bem.. por um lado verdades absolutas arrepiam-me bastante.. por outro lado tem subjacente um juízo de valores... obviamente ser heterossexual não é tão bonito... e quem não usa rótulos muito menos.. com isto quero alertar que há uma coisa que temos de combater dentro do nosso meio.. [shadow=red,left,300]A HETEROFOBIA[/shadow]
                Acho que já escrevi demais! :P Desculpem se está alguma coisa meio desconexa, mas escrever em fóruns para mim é sempre castrador!
                Jokas
                :-*
                  (...) nous sommes éduqués non seulement à l'homophobie, mais encore à l'hétérophilie, souvent l'héterémanie, parfois l'hétérolâtrie. - Jacques Fortin

                  assumir a homossexualidade
                  #8

                  Offline bluejazz

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                    • Homofobia
                  Concordo que a banalização é preferível. Ser gay ou hetero é tão bonito, tanto uma como a outra coisa e na verdade há pessoas tão boas ou tão más quer gay ou hetero. Há  vezes uma tendência para ver o mundo de um modo "maniqueista". "Deste lado estão bons e daquele lado estão os maus". Mas não é essa a realidade... Contudo, o comentário do amigo do Goldis é muito positivo e bem-vindo, especialmente na presença do homo-negativismo ainda existente em várias pessoas... :)

                  Sobre a aceitação e consciencialização... não são  a mesma coisa, na minha opinião, mas o queercore faz um observação pertinente. "Aceitar" pressupõe uma atitude de "sobranceria" e "snobismo" e de até certo ponto "poder"... "cabe a mim aceitar-te ou não"... como "aceitar" o que existe por si próprio e não precisa da nossa permissão para ser o que é?... tal como o sol. Existe, pura e simplesmente. :) Mas, infelizmente as coisas não são assim tão fáceis e simples.

                  Quando nos assumimos a nós próprios a consciencialização é sem dúvida o primeiro passo e depois vem a nossa "auto-aceitação"... e esta é a fase mais crucial do processo de assumir-se... contudo, dizer que isto só tem a ver connosco não é verdade, porque na verdade o nosso desconforto connosco próprios quando não nos conseguimos assumir é consequência das mensagens que ouvimos na sociedade sobre a homossexualidade. Interiorizamos as ideias e modos de ver (que são convencionais, discriminatórios e frequentemente falsos) e vemos as coisas com os mesmos olhos que os outros. Mas a tragédia aqui é que nós próprios somos o elemento alvo dessas ideias e modos de ver... surge o impasse e a contradição. E o sofrimento.  :( O primeiro passo quando estamos nesta situação é tentar saber e perceber qual é a verdade sobre a homossexualidade. Que não é mais de metade do que os preconceitos sociais dizem que é... que é algo que existe na espécie humana e noutras espécies "naturalmente", que é amor... Como pode o AMOR alguma vez ser errado? Esta foi a ideia e noção mais forte que me ajudou a não ter problemas com a homossexualidade.
                    "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                    assumir a homossexualidade
                    #9

                    Bulli

                    • Visitante
                    Olá!
                    Bem acho assumir a homosexualidade nãon deveria ser necessário, pois os heterosexuais não tem que assunir a ninguém!?
                    Mas nesta sociedade ridiculo em que vivemos, ficamos com a questão devemso assumir ou não??
                    Eu há mais de 10 anos que tive a minha 1º experiencia e ainda hoje não assumi com minha familia, e acho que nunca vou assumir. Se notarem algo,quem notem!
                    Apesar que muitas vezes sinto-me mal... filha não me dás netos... olha quele rapza é tão simpatico e de boas familias.... só tens netos detes tipo "dogs" :-)
                    Já em conversas assumi perante amigos, mas sinto que pelas minhas preferencias também afastei-me de muitos, por não sentir-me bem.
                    Mas não são as contraiedades da vida que vão fazer mudar, e tentarei sempre ajudar os mais novos a não acharem-nos diferentes pois somos todos iguais.

                    Bulli

                      assumir a homossexualidade
                      #10

                      Offline tweetwe

                      • **
                      • Membro Júnior
                      • Género: Feminino
                      Assumir perante o quê e quem???

                      Já se focaram aspectos muito importantes do "assumir", acredito que "assumir" perante nós próprios é o mais importante.
                      Auto-aceitação, como quiserem chamar, isto é, de repente perceber que faço parte de 1/10 da população, que terei "dificuldades" em inúmeras coisas (uma realidade diferente), porque existe uma outra realidade, e nesse ponto a auto-aceitação deu-me força.
                      Agora sem dúvida, não posso deixar de contar ás pessoas mais próximas, á minha família, porque quer queiram ou não, a minha realidade é diferente.....
                      Na minha experiência na questão de "assumir", tive duas formas diferentes de demonstração, a de não ter dito nada e posteriormente a descoberta por parte de algumas pessoas levou-as ao afastamento e de ter assumido e tb a mesma reacção.  
                      "Preso por ter cão e preso por não ter."
                      Mas continuo a dizer que isto se deve a muita falta de informação, porque muitas pessoas não sabem o que é na realidade, desconhecem totalmente.... talvez porque a consciencialização não é única e a realidade, depende da sua interpretação......

                      Carpe Diem
                        " Porquê? Porque sim. Porque amanhã pode ser tarde demais. "

                        assumir a homossexualidade
                        #11

                        nicsparks

                        • Visitante
                        Assumir por completo é sempre muito díficil pois ainda vivemos numa sociedade onde reina o preconceito e onde somos apontados a dedo...Eu assumi perante os meus amigos e familia e posso dizer-vos que não foi fácil, mas não podia estar toda a vida a enganar toda a egnte e a fingir ser algo que eu não era, quando eu já me tinha assunido perante mim mesmo...
                         A reacção da família não foi a melhor e tive que sair de casa( tinha eu 18 anos!), tive que abndonar a escola , cidade e quanto aos amigos, perdi muitos que pouco a pouco se foram afastando com desculpas descabidas sem nexo nenhum..mas como alguém disse um dia, os amigos verdadeiros ficam e quem não é parte...Os verdadeiros ficaram...
                         Por isso asumi e não tenho medo nenhum de o dizer...
                         Um grande abraço

                          assumir a homossexualidade
                          #12

                          Offline GigaHertz

                          • *
                          • Novo Membro
                          • Género: Masculino

                          Parece-me que há essencialmente quais coisas perante as quais se pode ou não assumir a homossexualidade : nós próprios, família, amigos e sociedade (trabalho, etc...).  Por "assumir a hmosexualidade" entendo, por exemplo, não mentir quando nos perguntam "Gostas de alguém?", "Quantos filhos queres ter?" ou "O que é que fizeste no fim-de-semana passado?".

                          Bem... Eu demorei uns 6 penosos anos a assumir perante mim mesmo.  :-[

                          Pouco depois de o ter feito, assumi-o perante a minha família.  Não toda.  O meu pai, ainda hoje o não sabe (a pedido da minha mãe).   :-X

                          Quanto aos amigos, vou agora assumir-me perante eles.  Tenho muito poucos amigos gay.  As pessoas que conheci durante toda a minha vida são heterosexuais e,alguns casos, evidentemente homofóbicos.  :-/

                          Tenho-me distanciado muito deles, em boa parte por haver uma parte grande e importante da minha vida que não posso partilhar.  Sei que se não assumir a coisa perante eles, vou acabar por ficar sem amigos.  Afinal de contas, se não posso partilhar com eles a razão das minhas alegrias e tristezas, os meus medos, os meus receios, as minhas dúvidas e as minhas descobertas tem sentido continuar a dizer que são
                          meus amigos?  :'(

                          Em vez de os perder por "ausência de comparencia", prefiro dar-lhes a escolher.   8)

                          Estou curioso para ver o efeito nos mais intolerantes.  Não sei se depois de eu lhes contar que sou homossexual isso terá um efeito maior na forma como me vêem a mim ou na forma como vêem a homosexualidade.  ???

                          Quanto à sociedade : sou novo e ainda só tive dois empregos.  Mas tenho a certeza de que não poderia ter tido um deles caso quem me contratou soubesse que eu era gay e no quanto ao outro, tenho muito sérias dúvidas.  Não porque isso tenha qualquer tipo de efeito no meu desempenho!  Mas por pura descriminação.  Como eu gosto muito do que faço e preciso de viver vou ter que continuar a mentir.  É claro que não me sinto bem quanto a isto, mas sentia-me pior se não pudesse fazer aquilo de que gosto por um motivo tão .... sem lugar neste mundo e neste tempo.  >:(

                          Abraços,  :D e  :-*
                            Nunca mais voltar
                            É o que torna a vida tão doce

                            Emily Dickinson, poema nº 1741

                            assumir a homossexualidade
                            #13

                            Offline tweetwe

                            • **
                            • Membro Júnior
                            • Género: Feminino
                            Este site é sobre a vida de um adolescente... e a homossexualidade.

                            http://www.maite-online.com.br/colunistas/erikgaldino/

                            Carpe diem



                              " Porquê? Porque sim. Porque amanhã pode ser tarde demais. "

                              :) :)Re: assumir a homossexualidade
                              #14

                              Offline goldis

                              • **
                              • Membro Júnior
                              • Género: Masculino
                              • Luta e vence!Sê feliz!!;)
                              NO caso do rumores é mais complicado pois se se considera bissexual, não pode estar a assumir algo, que mais tarde pode ser outra coisa qualquer... :)
                              Por exemplo no meu caso, assumi perante a família, saí de casa e tive que fazer pela minha vida, pois não ia estar a esconder as minhas escolhas com medo de perder o apoio de quem quer que seja, pois assim, não estaria a ser eu mesmo... ;)
                                UM  abraço :
                                                        LUIS :-*
                                " You are beautiful, no matter what they say...their words can´t bring you down..."

                                assumir a homossexualidade
                                #15

                                Offline bluejazz

                                • *****
                                • Associad@ Honorári@
                                • Membro Vintage
                                • Género: Feminino
                                  • Homofobia
                                LOL Mas se é bissexual, o rumores em princípio pode/deve assumir-se como bissexual...  ;D Isso não muda... Acho.  ;) Realmente na pergunta poderia ser mais "justo" ter sido "homo ou bissexualidade" em vez de só "homossexualidade"  :D  ;) Ou até mesmo incluir "queer" para que a malta como o queercore, que se define queer, possa também sentir-se incluída. ;D
                                  "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                                  assumir a homossexualidade
                                  #16

                                  Offline abreasasas

                                  • *****
                                  • Membro Ultra
                                  Embora na votação tenha escolhido FAMÍLIA, por ser o único grupo de pessoas com as quais tenho problemas em me assumir, acho realmente que o que me impede é a IDADE. Tenho 17 anos e sou ainda relativamente jovem (e ainda mais para a minha família) para que me levem a sério numa conversa deste tipo. Esta FAMÍLIA de que falo é a família TODA, porque em casa já toda a gente sabe (uma vez que vivo só com a minha mãe). De qualquer forma não me preocupo muito com o assunto já que a minha mãe sabe e aceita. E isso é que é importante para mim.

                                  Quanto a ASSUMIR... é realmente importante que cada um reconheça aquilo que é. Se sentir que deve contar a outras pessoas é importante que o faça. Se, pelo contrário, sentir que é muito difícil e só vai trazer problemas, não é necessário forçar! Nem toda a gente precisa de saber!  vezes é mais fácil quando uma pessoa se assume, outras vezes não! As pessoas são todas diferentes e as vidas também...

                                  Mas se for muito difícil contar e vocês acharem que devem fazê-lo mas não conseguem... peçam apoio. É para isso que o fórum existe.

                                  ;)
                                    todos compreendem a utilidade do que é útil.
                                    ninguém compreende a utilidade do que é inútil
                                    chuang tse em "capítulos interiores"

                                    assumir a homossexualidade
                                    #17

                                    Offline Ganymedes

                                    • **
                                    • Membro Júnior
                                    • Género: Masculino
                                    • «A rir se corrigem os costumes.» (prov. latino)
                                    Oi gente linda! :-* :-* :-*

                                    Quanto ao assumir... Sobre a minha Revelação, já tive a oportunidade de deixar neste fórum uma breve síntese do modo como me assumi para mim mesmo, depois de grandes dúvidas e recalcamentos (ver Apoio\Solidão). Mete espelhos e gargalhadas... ;D
                                    Posso dizer como me assumi pela primeira vez aos outros... foi a uma amiga tinha eu os meus dezasseis anos. Depois foi a outra. Que ficaram as únicas sabedouras durante cerca de dois anos. Depois contei a um rapaz k conheci e k entretanto se tornou o meu melhor amigo... Esta última confissão foi complicada.. tive de beber um gole de água antes e de respirar fundo.. porque tinha ensaiado. Depois houve mais umas quantas confissões... até chegar ao topo: ao mais conservador e homofóbico dos meus amigos. Estávamos a beber um café num centro comercial e falávamos de "gajas", contava-me ao pormenor o corpo sensual da sua antiga namorada. "OK! escusas de estar com pormenores porque não me fazes inveja, é que por acaso eu sou homossexual... " e ri-me. :o :o :o No início pensava que era brincadeira. Quando percebeu k n era tranfigurou-se, mudou de cor, arrepiou-se... baixou a cabeça e disse, depois de alguns momentos, "Ok... Tu é que sabes!" :-/. Continuamos amigos e vêmo-nos quase todos os dias. Claro que não gosta muito de pormenores... nem teria de gostar... nem eu os teria de contar.
                                    Quanto ao que toca à assunção de homo ou bissexualidade pela parte de todos como permitindo de algum modo facilitar a luta contra a discriminação. Concordo: objectivamente assim é. No entanto, podemos dizer "acho que te deves assumir pois sentir-te-ás mais leve" mas nunca "assume-te para acabares com a discriminação". Julgo que um dos grandes problemas é a pressão sobre o ter de assumir. " Creio que uma visão corporativista do ter de assumir a favor do fim da discriminação da "comunidade GLBT" (termo k n me agrada particularmente) deve ser absolutamente rejeitado. Ninguém se deve sentir obrigado (nem tão pouco em consciência) a assumir publicamente que é lésbica ou gay para permitir que estas questões possam ser encaradas com naturalidade. Nem os que não o fazem devem ser mal-encarados pelos que o fazem. O "assumir" é um processo na maior parte das vezes lento e com retrocessos. Mais tarde ou mais cedo as pessoas assumem-se publicamente (quanto mais não seja num bar, junto de congéneres). Mas esse é um processo pessoal. Não o usaria nunca como argumento para levar mais jovens a assumirem-se. Prefiro explicar as razões do seu sentimento de rejeição. Depois, os mais corajosos e determinados que lutem por akilo em que acreditam... que lutem pelos direitos dos GLBTs. Pode parecer frio dizer isto mas... existem pessoas interessadas na sua felicidade, e em nada mais (aqueles que possuem um espírito comunitarista rejeitam este tipo de atitudes mas, nesta questão, como na Política existem os interessados com o Todos e os interessados consigo). Deviam assumir-se para sua própria tranquilidade  felicidade, não a favor de qualquer causa "gay" ou lésbica. Ninguém se deve sentir fraco ou sem coragem por ver outros gays ou lésbicas assumirem-se publicamente. Percebo os motivos dos que não se assumem e todos nós os percebemos. Com os anos... e sem pressões.
                                    Ainda não me assumi aos meus pais mas já beijei o meu namorado em público.   ;)

                                    Beijos a tod@s
                                      «Um pequeno passo para um homem, um passo gigantesco para a Humanidade.»

                                      assumir a homossexualidade
                                      #18

                                      Offline mega

                                      • *****
                                      • Associad@ Honorári@
                                      • Membro Sénior
                                      Li todos os "depoimentos" deixados aqui e creio que todos tem um seu quinhão de razão.
                                      Cada caso é um caso e se para uns é importante que o meio onde estejam inseridos tenha conhecimento da natureza da sua sexualidade, para outros é mais fácil ou menos importante que o saibam.
                                      Também sou da opinião que não deveria haver necessidade deste "assumir" para a sociedade, família e/ou amigos. Mas infelizmente, vivemos num contexto social que discrimina as diferenças, sejam elas a homossexualidade, bissexualidade, transexualidade, uniões de raças, etc etc etc...
                                      E nesse contexto o que eu considero essencial, é a definição sexual, isto é, o que foi chamado de "auto-aceitação". Essencial porque se não nos conhecermos, aceitarmos e compreendermos a nós próprios, creio, não haverá ninguém que o faça.
                                      No meu caso, sempre tive a ideia de que iria gostar/amar alguém pelo que essa pessoa é  como ser e não pelo seu género, raça ou religião. Com efeito, posso dizer que amei um homem na minha vida, mas infelizmente, ao contrário das minhas tendências supravalorizadas romanticas, o amor platónico não chega e apenas quando me apaixonei por uma mulher compreendi que a componente física do amor é realmente importante. Daí, assumi para mim própria e aceitei-o com relativa facilidade, a minha homossexualidade (isto rima mas é sem intenção  :)).
                                      O que respondia quando me perguntavam se era lésbica (não aprecio muito este termo....) era sempre "Ainda não". Hoje digo a quem perguntar , sem receios, "Sim, sou homossexual.".
                                      Levei algum tempo para contar à família, mais propriamente aos meus pais e avó.  A reacção que mais me supreendeu foi, com certeza, a da minha avó que apesar de não gostar, compreender nem aceitar a "ideia" não me recrimina por tal. A reacção da minha mãe foi a mais típica possível "É uma fase querida".... quando começou a perceber que a "fase" estava a prolongar-se indefinidamente, deixou de me falar durante uns meses. Nada que eu já não tivesse à espera.. Hoje em dia ainda mantém a esperança de que me case com um "homem capaz" e que tenha casa e filhos com ele, o que o demonstra de vez em quando em frases feitas atiradas ao acaso quando se aborrece comigo... heheheheh
                                      O meu pai, mantém-se no silêncio. Talvez seja melhor assim para nós dois.
                                      Aos amigos também foi um processo progressivo. Tenho poucos e todos eles sabem. Sempre tratei todos os meus amigos como irmãos: "Um amigo é um irmão que escolhemos". E como a minha irmã, a reacção foi, primeiro  de apreensão pelo meu bem estar, segundo pela compreensão e por último pela aceitação e apoio incondicional. E acho que são estas coisas que definem um verdadeiro amigo.

                                      Última nota, pois já vou adiantada (talvez demais... eheheh):
                                      Mantanho a esperança de um dia poder passear na rua de mãos dadas com a minha companheira sem que as pessoas tenham de olhar e/ou comentar sobre tal. Até lá..... que olhem.... que comentem.

                                      Cristina
                                        "Grief is the price we have to pay for Love, it is the cost of Commitment"

                                        assumir a homossexualidade
                                        #19

                                        Offline M

                                        • ***
                                        • Membro Total
                                        • Género: Feminino
                                        • Let me be empty and I'll find some peace tonight.
                                        Concordo com quem disse que assumir com os amigos é facil. Os meus amigos mais chegados já sabem todos ou quase todos. :)

                                        Os meus pais acho q só vão saber quando eu já tiver a minha vida organizada  for financeiramente independente. :-/ A ver se nao sou deserdada or smth.  ;D

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          7 Respostas
                                          8115 Visualizações
                                          Última mensagem 2 de Abril de 2012
                                          por Holiday
                                          13 Respostas
                                          4408 Visualizações
                                          Última mensagem 9 de Setembro de 2009
                                          por Trabz
                                          8 Respostas
                                          2445 Visualizações
                                          Última mensagem 7 de Junho de 2010
                                          por SoulTiger
                                          7 Respostas
                                          2227 Visualizações
                                          Última mensagem 18 de Julho de 2011
                                          por Sharingan
                                          3 Respostas
                                          1153 Visualizações
                                          Última mensagem 27 de Março de 2017
                                          por jribeiro