rede ex aequo

Olá Visitante17.nov.2019, 23:30:37

Autor Tópico: Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?  (Lida 47602 vezes)

 
Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
#100

Offline Arms

  • *****
  • Membro Vintage
  • Género: Masculino
    • Reflection
Não! Se é genetico há 50% de hipoteses de ser herdado, logo os nossos pais tem a mesma probabilidade de serem homossexuais, o que indicaria que numa familia pelo menos metade eram homossexuaisis, tam-os a partir da hereditariedade, ou preferes falar em mutações! :-X :-X

Não, mesmo que seja herdado não quer dizer que se manifeste. Eu posso ter herdado o gene de olhos azuis e no entanto são castanhos.

Concordo com o Lusoboy... Nós herdamos os traços genéticos de ambos os nossos pais e, consequentemente, os traços genéticos de familiares directos. Acontece que nem todos os genes estão activos... Por exemplo, o meu tio herdou os genes dos olhos azúis do meu avô, mas tem os olhos castanhos. No entanto, o filho dele, o meu primo, herdou os genes do meu tio e tem os olhos azúis.
    Se dependes unicamente dos outros para seres feliz prepara-te para ficares desiludido.
    Instead of telling people to plan ahead, we should tell them to plan to be surprised.

    Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
    #101

    Rogue

    • Visitante
    cores de olhos, cabelos, tonalidades de pele à muitos, numa familia cor de olhos pode hver até quatro cores de olhos, cada um tem um persentagem semelhante de se vir a manifestar, no entanto homossexual ou se é ou não se é ( ou se maisa ou menos...) á 50/ 50, a genética não é assim tão linear, uma caracteristica herdada pode não ser manifestada, e quando se fala de caratceristicas comportamentais e muito dificil de dissocia-las de um meio social e de factores psicologics.

    rapazes, é a minha opinião baseado no meus conhcimento de genética de 12º ano, não garanto estar certo, mais sei o digo

    Paz e amor, LusoBoy, Armes_pt... Rogue is a real bad guy... lol...

      Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
      #102

      Offline Ang3LuZ

      • **
      • Membro Júnior
      • Género: Masculino
        • Uma Visão do Ser
      A genética não pode ser levada assim tão linearmente no que toca à hereditariedade. Há genes que são expressos diferencialmente ao longo de várias etapas da vida. Há genes que o são sempre. Há DNA que apenas recebemos das nossas mães e nunca dos pais (é o caso do DNA mitocondrial). E o facto de nós homens herdarmos genes do pai associados ao cromossoma sexual masculino (Y) não quer ker dizer que esses genes estejam activos porque muitas vezes são inactivados por outros do cromossoma X. Só para dar alguns exemplos de que entre o momento em que recebemos um gene de um dos nossos pais, e o momento em que esse gene vai começar a ser evidenciado em nós, há um longo caminho.
        "... a moment for the poet's play, until there's nothing left to say..."

        Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
        #103

        Offline Ang3LuZ

        • **
        • Membro Júnior
        • Género: Masculino
          • Uma Visão do Ser
        Mesmo a propósito, aqui está um post num blog sobre Teoria da Evolução (em inglês) que pode ser interessante:


        Evolution-101: Why did homosexuality evolve?


        O post começa com a resposta a dois comentarios de leitores, mas se passarem para baixo está um texto bastante acessível sobre as possíveis visões que a ciência tem dado acerca da homossexualidade, aqui de um ponto de vista evolutivo.

        Espero que gostem :)
        « Última modificação: 11 de Julho de 2006 por Ang3LuZ »
          "... a moment for the poet's play, until there's nothing left to say..."

          Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
          #104

          Offline *carrie*

          • ***
          • Membro Total
          • Género: Feminino
          Não! Se é genetico há 50% de hipoteses de ser herdado, logo os nossos pais tem a mesma probabilidade de serem homossexuais, o que indicaria que numa familia pelo menos metade eram homossexuaisis, tam-os a partir da hereditariedade, ou preferes falar em mutações! :-X :-X

          Não, mesmo que seja herdado não quer dizer que se manifeste. Eu posso ter herdado o gene de olhos azuis e no entanto são castanhos.

          Exacto ;). Mas por acaso escolheste um exemplo complexo, LusoBoy, pq, ao contrário do q nos é (ou pelo menos na minha altura era... Estou a ficar velha!!!) ensinado no 12º, a cor dos olhos não depende apenas de um gene.

          D qq forma, podemos smp falar no exemplo clássico das ervilhas do Mendel :P. As ervilhas podem ser verdes ou amarelas. Cada ervilha recebe um componente de cor materno e um paterno, mas no entanto smp q lá existir o "dominante" (o verde, designado "V") é esse que se manifesta (e não o "recessivo", o amarelo, designado "v"). Assim, quer as ervilhas VV quer as ervilhas Vv são verdes, e apenas as vv são amarelas.
          Isto explica que, apenas c/ 2 possibilidades de cor, a % de ervilhas verdes seja superior à percentagem de ervilhas amarelas... Se a orientação sexual fosse uma característica monogénica (dependente de apenas um gene), a homossexualidade seria certamente o caracter recessivo, e isso explicaria a maior prevalência de heterossexuais na população.

          No entanto, é claro q não é isso que acontece... A componente genética da homossexualidade é certamente mais complexa do que a das ervilhas do Mendel :P!!


          (...) e quando se fala de caratceristicas comportamentais e muito dificil de dissocia-las de um meio social e de factores psicologics.

          Precisamente! E daí as características comportamentais serem normalmente consideradas "multifactoriais", ou seja, dependentes da genética (e, dentro da genética, de múltiplos genes) e do dito meio social envolvente.

            Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
            #105

            Offline *carrie*

            • ***
            • Membro Total
            • Género: Feminino
            Mesmo a propósito, aqui está um post num blog sobre Teoria da Evolução (em inglês) que pode ser interessante:


            Evolution-101: Why did homosexuality evolve?


            O post começa com a resposta a dois comentarios de leitores, mas se passarem para baixo está um texto bastante acessível sobre as possíveis visões que a ciência tem dado acerca da homossexualidade, aqui de um ponto de vista evolutivo.

            Espero que gostem :)


            Sim, gostei mt :up
            Li perspectivas novas para mim :). Mt kestionáveis pq estabelecem indubitavelmente uma relação: "falta de masculinidade -> homossexualidade masculina", mas naturalmente interessantes enquanto "teorias" que são :P.

              Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
              #106

              Offline origo

              • *****
              • Membro Ultra
              • Género: Feminino
              • Only a life lived for others is a life worthwhile
              Talvez se nunca tivessemos nascido numa sociedade em que somos distinguidos em "categorias", esta pergunta não teria senso.
              Seria como perguntar porque há vida no nosso planeta.
              E não se levaria a pergunta para um elemento de discriminação. ???!!!
                http://www.meetup.com/pt-BR/Comunidade-Queer-LGBTQIA-Portugal/
                "A journey of a thousand miles begins with a single step." Provérbio chinês
                "Altruism is not a luxury, but a necessity" Matthieu Ricard
                http://www.imissio.net/artigos/49/1885/algumas-notas-sobre-a-gentileza/

                Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                #107

                canita

                • Visitante
                alguém tem que ser happy lol lol lol lol lol

                  Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                  #108

                  Offline hazel

                  • ***
                  • Membro Total
                  • Género: Feminino
                  Ai, lá vou eu meter-me em mais um tema polémico... Não resisto! ::)
                  Sei que vou dizer coisas com as quais muitos de vocês não concordam, tentem ser comedidos nas críticas :P...

                  Sou neo-darwinista, assumo-o. Não vale a pena estar aqui a entrar na parte do "neo", mas muito sucintamente, para quem não sabe, o Darwinismo diz o seguinte: os indivíduos mais bem adaptados a determinado meio são aqueles que à partida irão sobreviver durante mais tempo e, como tal, são aqueles que têm maior probabilidade de se reproduzir (têm maior probabilidade de conseguir chegar à idade fértil e têm maior probabilidade de permanecer nela durante mais tempo do que os outros, deixando mais descendência). Assim, se esses são os indivíduos que se reproduzem mais, então as suas características vão passar para a geração seguinte em maior proporção do que as dos outros indivíduos... As dos outros indivíduos (a manter-se a pressão selectiva, isto é, mantendo-se um ambiente que seleccione positivamente as mesmas característica que na geração anterior), tendem a desaparecer porque vão diminuindo de geração em geração.
                  É claro que na população humana as coisas não se aplicam de forma tão taxativa, a selecção não é bem "natural". Mas é um facto que os homossexuais se reproduzem menos do que os heterossexuais. Talvez um dia cheguemos a um ponto em que assim não é (espero ansiosamente pela chegada desse dia! :P), mas actualmente não o podemos negar. E por isso para mim não é nada trivial que a pergunta feita pela Holiday (que certamente aqui virá refutar algumas das coisas que eu disse, ela tem umas teorias muito interessantes a respeito) devesse ser comparada, nesse tal mundo sem "categorizações", a "por que há vida no nosso planeta?"... Estamos a perguntar "por que é que uma característica que diminui a capacidade reprodutiva do indivíduo se perpetua?".
                    "Transforma-te em quem és."

                    Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                    #109

                    Offline Scorpio_Angel

                    • *****
                    • Membro Vintage
                    • Género: Feminino
                    • I faced it all and I stood tall; And did it My Way
                      • My Way
                    É claro que na população humana as coisas não se aplicam de forma tão taxativa, a selecção não é bem "natural". Mas é um facto que os homossexuais se reproduzem menos do que os heterossexuais. (...) Estamos a perguntar "por que é que uma característica que diminui a capacidade reprodutiva do indivíduo se perpetua?".

                    Darwin transmitiu-nos bases interessantes, mas pouco fiáveis quando aplicadas à nossa própria espécie (ele próprio admite isso). Aliás, a tentativa do Herbert Spencer de aplicar o Darwinismo à realidade humana (Darwinismo social), falhou por isso mesmo - ah! sim, e também por conduzir inadvertidamente à eugenia.
                    Pessoalmente dou mais crédito ao legado de Thomas Malthus ou mesmo do Mendel - mesmo aplicando-lhes as mesmas limitações teóricas.

                    Mas não querendo entrar em grandes divagações, o que pretendia saber mesmo é qual a tua fonte para afirmares "Mas é um facto que os homossexuais se reproduzem menos do que os heterossexuais.". Uma vez que a tua base de raciocínio/teoria assenta neste pressuposto, considero importante a sua verificação, pois na ausência da mesma, tudo o resto desmorona.
                      ~ Journey Towards Angel Wings ~

                      "People should be allowed to fall in love with whoever they want. I mean, otherwise what's the point of living?..." - O&A

                      "A vontade, se não quer, não cede; é como a chama ardente, que se eleva com mais força quanto mais se tenta abafá-la." - Dante Alighieri

                      Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                      #110

                      Offline Valmont

                      • *****
                      • Membro Elite
                      • Género: Masculino
                      • Dur d'être une poufiasse snob sans pognon.
                      Existem porque Deus é inteligente e sabe o que faz  ;D

                      Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                      #111

                      Offline hazel

                      • ***
                      • Membro Total
                      • Género: Feminino
                      Olá Scorpio_Angel ;)


                      Darwin transmitiu-nos bases interessantes, mas pouco fiáveis quando aplicadas à nossa própria espécie (ele próprio admite isso). Aliás, a tentativa do Herbert Spencer de aplicar o Darwinismo à realidade humana (Darwinismo social), falhou por isso mesmo - ah! sim, e também por conduzir inadvertidamente à eugenia.

                      Sim, claro, há especificidades que não são aplicáveis aos humanos. Mas o pressuposto de que quem mais se reproduz deixa um maior legado genético e, como tal, leva a um aumento da prevalência dessas características na geração seguinte não se põe em causa ;)... (Põe?).


                      Mas não querendo entrar em grandes divagações, o que pretendia saber mesmo é qual a tua fonte para afirmares "Mas é um facto que os homossexuais se reproduzem menos do que os heterossexuais.". Uma vez que a tua base de raciocínio/teoria assenta neste pressuposto, considero importante a sua verificação, pois na ausência da mesma, tudo o resto desmorona.

                      Ora bem, estive na pubmed a rever abstracts de artigos sobre o tema, nomeadamente artigos que tentam estabelecer teorias a propósito deste tópico, e a verdade é que a maioria refere essa tal diminuição de fitness reprodutivo que mencionei (e nenhum diz o contrário), mas usa-o, tal como eu fiz, como pressuposto para construção da teoria. Não encontrei nenhum artigo que o provasse. Suponho que os artigos que o referem hão-de ter as suas referências para o efeito (não os consigo abrir, no computador em que estou não tenho acesso), mas de qualquer forma é perfeitamente legítimo da tua parte questioná-lo. ::)

                      Passando de uma abordagem científica para uma de senso comum (bem sei que tem grandes limitações e não serve como base para nada, mas fikei curiosa), acreditas que os homossexuais se reproduzem tanto quanto os heterossexuais? Se assim fôr, uma grande percentagem de crianças tem pais homossexuais, e não me parece que isso suceda na prática... Ou será que os homossexuais são tão mais dadores de óvulos/esperma do que os heterossexuais que isso equilibra o fitness? (De qualquer modo as reprodução medicamente assistida é uma realidade recente, não serve para explicar o fenómeno). Hmm, só se estivermos a falar de homossexuais que estão em negação e estabelecem relações heterossexuais... Fikei mesmo curiosa! ::), por favor compartilha a tua visão sobre o assunto. :)
                        "Transforma-te em quem és."

                        Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                        #112

                        Offline Scorpio_Angel

                        • *****
                        • Membro Vintage
                        • Género: Feminino
                        • I faced it all and I stood tall; And did it My Way
                          • My Way
                        Sim, claro, há especificidades que não são aplicáveis aos humanos. Mas o pressuposto de que quem mais se reproduz deixa um maior legado genético e, como tal, leva a um aumento da prevalência dessas características na geração seguinte não se põe em causa ;)... (Põe?).

                        Oh, até consigo por em causa...  :devil
                        *seguiam-se dissertações sobre os "saltos evolutivos", as mutações que perante uma alteração radical do ambiente - leia-se habitat - "transformam" aquilo que era um handicap  numa mais-valia, etc etc*
                        Além de que, a perpetuação de uma grande % das espécies baseia-se precisamente no "fitness da espécie" e não no individual.
                        Basicamente o fitness de um individuo depende/pode depender de mais do que "quem mais se reproduz" num dado momento. Mas primeiro, isso era um pouquinho off-topic, e depois, não sabemos se se aplica a esta situação especifica. :)


                        Ora bem, estive na pubmed a rever abstracts de artigos sobre o tema, nomeadamente artigos que tentam estabelecer teorias a propósito deste tópico, e a verdade é que a maioria refere essa tal diminuição de fitness reprodutivo que mencionei (e nenhum diz o contrário), mas usa-o, tal como eu fiz, como pressuposto para construção da teoria. Não encontrei nenhum artigo que o provasse. Suponho que os artigos que o referem hão-de ter as suas referências para o efeito (não os consigo abrir, no computador em que estou não tenho acesso), mas de qualquer forma é perfeitamente legítimo da tua parte questioná-lo. ::)

                        Precisamente. A tua clareza na exposição de ambos os pontos de vista (juntamente com a ausência de dados concretos) leva a um consenso temporário no nosso debate.  lol   :up


                        Passando de uma abordagem científica para uma de senso comum (bem sei que tem grandes limitações e não serve como base para nada, mas fikei curiosa), acreditas que os homossexuais se reproduzem tanto quanto os heterossexuais? Se assim fôr, uma grande percentagem de crianças tem pais homossexuais, e não me parece que isso suceda na prática... Ou será que os homossexuais são tão mais dadores de óvulos/esperma do que os heterossexuais que isso equilibra o fitness? (De qualquer modo as reprodução medicamente assistida é uma realidade recente, não serve para explicar o fenómeno). Hmm, só se estivermos a falar de homossexuais que estão em negação e estabelecem relações heterossexuais... Fikei mesmo curiosa! ::), por favor compartilha a tua visão sobre o assunto. :)

                        [Ligeiro off-topic: debater contigo é uma experiência deveras interessante. Funcionas um bocado como eu, tentas de imediato compreender a posição do teu interlocutor e transmites efectivamente esse desejo no teu discurso, por formulação de questões positivas e pedido de feedback. Isso enriquece imenso o diálogo e aumenta as possibilidades de comunicação genuína. :D]

                        Ok, deixa cá ver por pontos (até porque não é assunto sobre o qual tenha feito imensa introspecção):

                        Não sei se os homossexuais se reproduzem tanto qt os heterossexuais, mas por várias razões (algumas das quais apontas), acredito que apresentem níveis de reprodução semelhantes, sim.

                        Se assim fôr, uma grande percentagem de crianças tem pais homossexuais, e não me parece que isso suceda na prática...

                        Antes de mais, atenção a algo. Não há só homossexualidade. Há também bissexualidade, o que traz nova dinâmica a esta "equação".

                        Depois, porque dizes que isso não sucede na prática? O teu pensamento parte de um pressuposto errado. O que estamos a debater é se os homo/bissexuais se reproduzem menos que os heterossexuais e não se há menor nº de homo/bissexuais vs heterossexuais a reproduzirem-se.
                        Ou seja, tens de relativizar os resultados tendo em conta o nº inicial de indivíduos em cada grupo-alvo - a tal questão dos 10%, logo o teu "n" do grupo A apresenta no inicio valores diferentes do "n" do grupo B. O que temos de comparar é os "n+1" (geração seguinte) com os "n".

                        Se (n+1)/(n) de A e (n+1)/(n) de B forem estatisticamente semelhantes, então o índice reprodutor dos homo/bissexuais é semelhante aos dos heterossexuais. E sim, apesar da ausência de dados, eu acredito que é.


                        Ou será que os homossexuais são tão mais dadores de óvulos/esperma do que os heterossexuais que isso equilibra o fitness? (De qualquer modo as reprodução medicamente assistida é uma realidade recente, não serve para explicar o fenómeno).

                        Nop, outro pressuposto errado. A reprodução assistida não é uma realidade recente. Os moldes em que ela é feita actualmente (e a legislação que a acompanha) é que são recentes ;)

                        Além disso, omites aqui uma % extremamente relevante de pais homo/bissexuais. São aqueles que tiveram filh@s de relações anteriores (e não, antes que o afirmes, não podes considera-los como "ex-heterossexuais" ou dizer que aí a reprodução é heterossexual; o que está em causa é se os homo/bissexuais se reproduzem, remember? Não especificamente os mecanismos utilizados. Isto pode dever-se a negação sim (tal como afirmas) mas também a uma descoberta tardia da sua orientação sexual ou ao "potencial" bissexual.  ;)

                        Resumindo e concluindo, para além dos pressupostos errados ou não-verificáveis, ao manteres a tua linha-base de raciocínio assente exclusivamente na fitness individual como principio reprodutor da espécie humana, cairás sempre numa falácia. Lembra-te que a sociologia nos indica precisamente o contrário.

                        Fico à espera dos teus pensamentos relativos à minha argumentação.  [smiley=hipnotizado.gif]


                        PS. Não escrevia um post tão longo há meses e meses!  lol
                          ~ Journey Towards Angel Wings ~

                          "People should be allowed to fall in love with whoever they want. I mean, otherwise what's the point of living?..." - O&A

                          "A vontade, se não quer, não cede; é como a chama ardente, que se eleva com mais força quanto mais se tenta abafá-la." - Dante Alighieri

                          Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                          #113

                          Offline Mr Unchained

                          • *****
                          • Membro Vintage
                          • Género: Masculino
                          • Cada passo segue um ritmo!
                          Existem porque Deus é inteligente e sabe o que faz  ;D

                          gostei dessa! :)
                            Dá um passo a seguir ao outro sem medos, se tropeçares e caires, podes levantar e aprender andar melhor :)

                            Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                            #114

                            claudia-tady

                            • Visitante
                            (Não sei se alguem já tinha lido isto, mas de qualquer maneira, decidi postar)

                             
                            Lésbicas reagem como os homens

                            As reacções dos cérebros dos homossexuais às hormonas sexuais masculinas e femininas são diferentes das dos heterossexuais, mas essa diferença é menos pronunciada nas lésbicas do que nos homens homossexuais.

                            Um estudo, realizado por cientistas suecos e ontem publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences, reforça a teoria de que a orientação sexual não é um comportamento adquirido, mas tem uma causa biológica.

                            No estudo foi pedido a um grupo de 36 voluntários que cheirassem substâncias químicas derivadas de hormonas sexuais (feromonas) tanto femininas como masculinas, enquanto os seus cérebros eram examinados. A reacção cerebral das lésbicas a uma hormona feminina assemelha-se mais à dos homens heterossexuais do que à das mulheres heterossexuais, mas a reacção cerebral dos homens homossexuais às hormonas masculinas parece-se menos com a das mulheres heterossexuais. 


                            Fonte: Jornal das Notícias.

                              Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                              #115

                              Offline Holiday

                              • ***
                              • Membro Total
                              • Género: Masculino
                              Sim, claro, há especificidades que não são aplicáveis aos humanos. Mas o pressuposto de que quem mais se reproduz deixa um maior legado genético e, como tal, leva a um aumento da prevalência dessas características na geração seguinte não se põe em causa ;)... (Põe?).

                              Oh, até consigo por em causa...  :devil
                              *seguiam-se dissertações sobre os "saltos evolutivos", as mutações que perante uma alteração radical do ambiente - leia-se habitat - "transformam" aquilo que era um handicap  numa mais-valia, etc etc*
                              Além de que, a perpetuação de uma grande % das espécies baseia-se precisamente no "fitness da espécie" e não no individual.
                              Basicamente o fitness de um individuo depende/pode depender de mais do que "quem mais se reproduz" num dado momento. Mas primeiro, isso era um pouquinho off-topic, e depois, não sabemos se se aplica a esta situação especifica. :)


                              Ora bem, estive na pubmed a rever abstracts de artigos sobre o tema, nomeadamente artigos que tentam estabelecer teorias a propósito deste tópico, e a verdade é que a maioria refere essa tal diminuição de fitness reprodutivo que mencionei (e nenhum diz o contrário), mas usa-o, tal como eu fiz, como pressuposto para construção da teoria. Não encontrei nenhum artigo que o provasse. Suponho que os artigos que o referem hão-de ter as suas referências para o efeito (não os consigo abrir, no computador em que estou não tenho acesso), mas de qualquer forma é perfeitamente legítimo da tua parte questioná-lo. ::)

                              Precisamente. A tua clareza na exposição de ambos os pontos de vista (juntamente com a ausência de dados concretos) leva a um consenso temporário no nosso debate.  lol   :up


                              Passando de uma abordagem científica para uma de senso comum (bem sei que tem grandes limitações e não serve como base para nada, mas fikei curiosa), acreditas que os homossexuais se reproduzem tanto quanto os heterossexuais? Se assim fôr, uma grande percentagem de crianças tem pais homossexuais, e não me parece que isso suceda na prática... Ou será que os homossexuais são tão mais dadores de óvulos/esperma do que os heterossexuais que isso equilibra o fitness? (De qualquer modo as reprodução medicamente assistida é uma realidade recente, não serve para explicar o fenómeno). Hmm, só se estivermos a falar de homossexuais que estão em negação e estabelecem relações heterossexuais... Fikei mesmo curiosa! ::), por favor compartilha a tua visão sobre o assunto. :)

                              [Ligeiro off-topic: debater contigo é uma experiência deveras interessante. Funcionas um bocado como eu, tentas de imediato compreender a posição do teu interlocutor e transmites efectivamente esse desejo no teu discurso, por formulação de questões positivas e pedido de feedback. Isso enriquece imenso o diálogo e aumenta as possibilidades de comunicação genuína. :D]

                              Ok, deixa cá ver por pontos (até porque não é assunto sobre o qual tenha feito imensa introspecção):

                              Não sei se os homossexuais se reproduzem tanto qt os heterossexuais, mas por várias razões (algumas das quais apontas), acredito que apresentem níveis de reprodução semelhantes, sim.

                              Se assim fôr, uma grande percentagem de crianças tem pais homossexuais, e não me parece que isso suceda na prática...

                              Antes de mais, atenção a algo. Não há só homossexualidade. Há também bissexualidade, o que traz nova dinâmica a esta "equação".

                              Depois, porque dizes que isso não sucede na prática? O teu pensamento parte de um pressuposto errado. O que estamos a debater é se os homo/bissexuais se reproduzem menos que os heterossexuais e não se há menor nº de homo/bissexuais vs heterossexuais a reproduzirem-se.
                              Ou seja, tens de relativizar os resultados tendo em conta o nº inicial de indivíduos em cada grupo-alvo - a tal questão dos 10%, logo o teu "n" do grupo A apresenta no inicio valores diferentes do "n" do grupo B. O que temos de comparar é os "n+1" (geração seguinte) com os "n".

                              Se (n+1)/(n) de A e (n+1)/(n) de B forem estatisticamente semelhantes, então o índice reprodutor dos homo/bissexuais é semelhante aos dos heterossexuais. E sim, apesar da ausência de dados, eu acredito que é.


                              Ou será que os homossexuais são tão mais dadores de óvulos/esperma do que os heterossexuais que isso equilibra o fitness? (De qualquer modo as reprodução medicamente assistida é uma realidade recente, não serve para explicar o fenómeno).

                              Nop, outro pressuposto errado. A reprodução assistida não é uma realidade recente. Os moldes em que ela é feita actualmente (e a legislação que a acompanha) é que são recentes ;)

                              Além disso, omites aqui uma % extremamente relevante de pais homo/bissexuais. São aqueles que tiveram filh@s de relações anteriores (e não, antes que o afirmes, não podes considera-los como "ex-heterossexuais" ou dizer que aí a reprodução é heterossexual; o que está em causa é se os homo/bissexuais se reproduzem, remember? Não especificamente os mecanismos utilizados. Isto pode dever-se a negação sim (tal como afirmas) mas também a uma descoberta tardia da sua orientação sexual ou ao "potencial" bissexual.  ;)

                              Resumindo e concluindo, para além dos pressupostos errados ou não-verificáveis, ao manteres a tua linha-base de raciocínio assente exclusivamente na fitness individual como principio reprodutor da espécie humana, cairás sempre numa falácia. Lembra-te que a sociologia nos indica precisamente o contrário.

                              Fico à espera dos teus pensamentos relativos à minha argumentação.  [smiley=hipnotizado.gif]


                              PS. Não escrevia um post tão longo há meses e meses!  lol

                              Scorpio Angel,
                              estive a ler atentamente os teus posts e os da hazel e acho q o pressuposto da hazel relativo à quantidade de homo/bi q se reproduz (em proporção, claro) é menor q a de heteros.

                              O meu raciocínio é o seguinte: vamos dividir a população total  num instante t em duas partes - a q se reproduz e a q, por alguma razão, n se reproduz. Assim, o q nós queremos saber agora é se os homo/bi caem mais na 1ª categoria ou na 2ª relativa/ aos hetero.

                              Os homos (dps já vamos aos bi's ;)), por definição, são pessoas q se sentem atraídas por pessoas do mm sexo e q, prefercial/, estabelecem realções com pessoas do mm sexo. Apesar de nem smp isso se verificar, o q acontece é q a quantidade de homos q vai estabelecer relações hetero vai ser menor q a quantidade proporcional de heteros q vai estabelecer relações hetero e isto cada vez mais se verifica.

                              Agora, se pensarmos no passado o q me parece q se iria verificar seria q a percentagem de homos q n estabelecem qq tipo de relação (off the record: pq sendo homos e n podem estabelecer uma relação homo optam por n ter uma relação hetero) vai ser maior isto pq como é óbvio, se tu gostas de pessoas do mm sexo n tens uma tendencia tão elevado qto a dos hetero para estabelecer relações com o sexo oposto.
                              Tb temos q ter em conta q os homos q tinham relações homo n iriam recorrer a outras formas de reprodução (ex. pedir a uma amigo/amiga para ser dador de esperma/"surrogate mother" pq o mais comum era terem de esconder a sua relação. (a ideia é a de q isto n é suficiente para compensar a tendência "natural" dos hetero para estabelecerem relações com o sexo oposto e daí se reproduzirem).

                              Pensando agora no presente: é vdd q já existem mts casais homo (principal/ L) q se reproduzem, mas no meu ponto de vista, é q isto continua a n ser suficiente por duas razões:
                              1) O "baby-boom" homo é um fenómeno mt recente comparative/ com a escala de tempo de estamos a falar- escala evolutiva
                              2) A quantidade de homos q faz isto continua a ser uma minoria face a todos os homos q existem (anyway, mm q n fosse isto n seria de todo suficiente compensar)

                              Relativa/ aos bi's disseste q eles complicam a equação. No meu ponto de vista, eles n complicam a equação no q toca à quantidade de homos vs. hetero q se reproduzem (isto smp em proporção) pq estes são uma "categoria" diferente. For the sake of discussion, vamos fazer assim:
                              1)os homos têm maior tendência a ter relações com pessoas do mm sexo
                              2)os hetero têm maior tendência a ter relações com pessoas do sexo oposto
                              3)os bi's vão ter um tendência igual na "escolha" do sexo (é claro q podes dizer q os bi's tb podem ser pessoas q n são 50-50, mas se assim n for pomos incluí-los nas categorias 1) ou 2).) ;)
                              Assim, os bi's n vão complicar particular/ a equação pq o q contribuem para o "pool" da reprodução é anulado por aqueles q n se reproduzem.

                              É claro q isto são tudo dados do senso comum. :( Infelizmente, nnc ng estudou a capacidade de reprodução dos homos. Anyway, no meu ponto de vista actual, o facto de os homos se reproduzirem menos aumenta o fitness da população.  ::)
                              Em evolução, há o conceito de cooperatividade q, apesar de ser mt controversa a forma como evoluiu, é ponto acente q existe e q, aparentemente, traz outcomes mt bons para a população (dsd q esta n esteja em competição com uma população dita "cheater", mas isto é para outra discussão ;)).
                              Ora, como é indutível, a cooperatividade é aquilo q leva a alguns indivíduos da pop a abdicarem da sua capacidade individual de sobrevivência e reprodução para aumentarem essas mm capacidades noutros indivíduos. Pessoal/ eu incluo a homossexualidade neste contexto de cooperatividade. Os homo apareceram por acaso e conseguiram manter-se na pop pq permitiam aumentar o fitness da espécie. ;)

                              Qto aos princípios de Darwin n se aplicarem aos seres humanos: eu acho q isso n é de todo verdade! Por várias razãoes:
                              1) a nossa biologia em mt se assemelha aos outros organismos, o q faz com q as "regras do jogo" sejam as mm para nós
                              2) é vdd q temos capacidades mt gds, mas isso n faz com q os princípio de seleçºao natural de mutação q ocorrem aleatoriamente da pop n seja válido. É vdd q temos uma capacidade mt gd de contornar a natureza, but so do other species...
                              3) é tb vdd q Darwin n explica td, mas o mm acontece a evolução em geral. Darwin apenas deu o princípio, ainda ha mt para explicar na evolução (ex. cooperatividade). Há MTS conceitos q n Darwin n inseriu, mas isso aplica-se a todas as espécies.

                                Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                                #116

                                Offline bluejazz

                                • *****
                                • Associad@ Honorári@
                                • Membro Vintage
                                • Género: Feminino
                                  • Homofobia
                                (Não sei se alguem já tinha lido isto, mas de qualquer maneira, decidi postar)

                                 
                                Lésbicas reagem como os homens

                                As reacções dos cérebros dos homossexuais às hormonas sexuais masculinas e femininas são diferentes das dos heterossexuais, mas essa diferença é menos pronunciada nas lésbicas do que nos homens homossexuais.

                                Um estudo, realizado por cientistas suecos e ontem publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences, reforça a teoria de que a orientação sexual não é um comportamento adquirido, mas tem uma causa biológica.

                                No estudo foi pedido a um grupo de 36 voluntários que cheirassem substâncias químicas derivadas de hormonas sexuais (feromonas) tanto femininas como masculinas, enquanto os seus cérebros eram examinados. A reacção cerebral das lésbicas a uma hormona feminina assemelha-se mais à dos homens heterossexuais do que à das mulheres heterossexuais, mas a reacção cerebral dos homens homossexuais às hormonas masculinas parece-se menos com a das mulheres heterossexuais. 


                                Fonte: Jornal das Notícias.


                                Na Brochura "Sermos Nós Própri@s" da rede ex aequo encontrarás já referência a esses estudos, que são os mais recentes que temos sobre o tema. De qualquer modo a maneira como é a descrita a notícia a falar de "hormonas masculinas ou femininas" para se referir às feromonas é pouco rigorosa e indutora de confusão, na minha opinião. :)

                                Quanto à brochura, quem quiser dar uma espreitada:
                                http://www.ex-aequo.web.pt/brochura.html
                                « Última modificação: 25 de Abril de 2007 por bluejazz »
                                  "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                                  Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                                  #117

                                  Mafy

                                  • Visitante


                                   Vou responder à pergunta do tópico com outra pergunta: Porque será que existem heterossexuais?  :inq

                                    Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                                    #118

                                    canita

                                    • Visitante


                                     Vou responder à pergunta do tópico com outra pergunta: Porque será que existem heterossexuais?  :inq

                                    porque se nao houvesse heteros nós não eramos mãe e filha ;D ;D ;D ;D

                                      Porque será que existem gays, lésbicas e bissexuais?
                                      #119

                                      Offline Gharam

                                      • *****
                                      • Membro Elite
                                      • Género: Feminino
                                      • Closets are for clothes.
                                        • A minha página no Deviantart
                                      (Não sei se alguem já tinha lido isto, mas de qualquer maneira, decidi postar)

                                       
                                      Lésbicas reagem como os homens

                                      As reacções dos cérebros dos homossexuais às hormonas sexuais masculinas e femininas são diferentes das dos heterossexuais, mas essa diferença é menos pronunciada nas lésbicas do que nos homens homossexuais.

                                      Um estudo, realizado por cientistas suecos e ontem publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences, reforça a teoria de que a orientação sexual não é um comportamento adquirido, mas tem uma causa biológica.

                                      No estudo foi pedido a um grupo de 36 voluntários que cheirassem substâncias químicas derivadas de hormonas sexuais (feromonas) tanto femininas como masculinas, enquanto os seus cérebros eram examinados. A reacção cerebral das lésbicas a uma hormona feminina assemelha-se mais à dos homens heterossexuais do que à das mulheres heterossexuais, mas a reacção cerebral dos homens homossexuais às hormonas masculinas parece-se menos com a das mulheres heterossexuais. 


                                      Fonte: Jornal das Notícias.

                                      Isto deve ser verdade, fico louca com o cheiro de raparigas que me atraem  :P
                                        "Quem nos deu asas para andar de rastos? Quem nos deu olhos para ver os astros - Sem nos dar braços para os alcançar?!... " - Florbela Espanca

                                        "Gostaria muito de quebrar certas ideias à martelada. Infelizmente nenhuma das ideias que me incomodam foi moldada em cerâmica"

                                        (\ /)
                                        ( . .) c(")(")

                                         

                                        Tópicos relacionados

                                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                        12 Respostas
                                        11088 Visualizações
                                        Última mensagem 26 de Janeiro de 2010
                                        por Fetch!
                                        43 Respostas
                                        11600 Visualizações
                                        Última mensagem 8 de Maio de 2016
                                        por ÉssePê
                                        60 Respostas
                                        11446 Visualizações
                                        Última mensagem 9 de Dezembro de 2012
                                        por Lana.Maur
                                        72 Respostas
                                        22847 Visualizações
                                        Última mensagem 26 de Maio
                                        por elcask
                                        11 Respostas
                                        2633 Visualizações
                                        Última mensagem 23 de Janeiro de 2016
                                        por carolinalg