rede ex aequo

Olá Visitante19.nov.2019, 20:57:59

Sondagem

Quando é que te apercebeste que tinhas uma orientação sexual não hetero ou uma identidade de género diferente do teu género biológico?

Não sei/Não me lembro
23 (2.5%)
Sempre o Soube
144 (15.6%)
Até aos 10 anos
52 (5.6%)
Entre os 10 e os 13
225 (24.3%)
Entre os 14 e os 17
319 (34.5%)
Entre os 18 e os 21
107 (11.6%)
Entre os 22 e os 25
38 (4.1%)
Com mais de 26 anos
17 (1.8%)

Votos totais: 668

Autor Tópico: Quando é que te apercebeste que eras LGBT?  (Lida 85396 vezes)

 
Quando te apercebeste da tua orientação sexual
#20

ana

  • Visitante
Perdoem-me lá, mas vim fazer uma "escavação arqueológica" em tópicos antigos e reparei que não tinha opinado aqui.
Bem.... há dois aspectos diferentes aqui presentes:
1- o que sentia e que mnão batia certo com a "normalidade" dos outros.
2- quando percebi que se tratava de uma orientação diferente da maioria.

1-Tudo começou no 5ºano. Mudei de escola, trazia os mesmos amiguinhos da primária a par com outras pessoas que não conhecia lá da minha localidade. Era a minha turma, o famigerado 5ºI. (tão mal-educados que eram!  :P)
Num dia inverno estava eu sentada mnum banco do pátio a ler o meu enésimo livro do Quim e do filipe (lembram-se?) quando reparei numa miúda de impermeável amarelo que me despertou a atenção. Foi um baque grande para os meus dez anitos... queria tanto ser amiguinha dela! ::) vim a saber, chamava-se Ana e era do 5ºA. Nunca tive coragem de lhe falar... admirava de longe os bons modos dela e a sua maneira calma de ser... e o meu coração continuava a bater forte... Não sabia aquilo o que era, nem sabia que o que era  "homossexualidade".

2- como orientação, só mesmo muitas paixonetas mais tarde e já andava eu na faculdade. Esta fase será postada, quiçá, no tópico do "espelho espelho meu há alguém que sinta assim como eu?"
;)

    Quando te apercebeste da tua orientação sexual
    #21

    Offline timmy

    • *****
    • Membro Vintage
    • Género: Masculino
    Eu respondi "até aos 10 anos". Lembro-me de ser bastante pequeno e de olhar para os homens de um modo diferente que olhava para as mulheres. No entanto ficou por aí, nunca me apaixonei por nenhum amigo meu o que fez com que essa dúvida ou mesmo receio tivesse ficado "congelado". Caso fosse verdade era dakeles k pensava "ok, ninguém precisa de saber, se esconder posso ter uma vida "normal"". Pois, mas as coisas mudam, apenas recentemente assentei os pés no chão e pensei k se é assim k sou é assim  kero e vou viver independentemente dos outros, kem gostar gosta, kem n gostar k ponha na borda do prato.

    O passo da auto-aceitação já está dado, agora o resto  logo se verá...

      Quando te apercebeste da tua orientação sexual
      #22

      Offline Videl

      • *****
      • Membro Ultra
      • Género: Feminino
      • Some place where no-1 calls it wrong
        • Blog
      fogo, eu axo k já contei o k vou contar outra vez umas 5000000000 vezes neste fórum :P mas aki vai mais uma vez (com mais detalhes desta vez): eu era fanática pela Lavínia Vlasak e pelo Leonardo Di Caprio, eram as minhas duas pancas, tinha eu 11 anos...mas a Lavínia era uma obcessão ainda maior...tudo o k eu via dela comprava! e na época era pouco pk era uma actriz novíssima, axo k foi logo na primeira novela k fez k eu fikei a adora-la...mas sempre k eu via k saia alguma coisa dela numa revista comprava...eu até comprava todas as semanas uma revista xamada "telenovelas" pk  vezes, de um em um mês praí, trazia uma pekena nota sobre ela...e ficava a ver o canal GNT para ver se ela aparecia em alguma coisa, tipo a apresentar um programa ou assim, o coração até me saltava se a via de relance... mas eu axava k gostava tanto dela como do Di Caprio até k um dia uma rapariga na minha esocla passou com uma revista com o Di Caprio na capa, e eu olhei e nem reagi...encostei-me numa espécie de varandinha k a minha escola tinha e pensei "se na capa viesse a Lavínia de certeza k eu tinha ido a correr pedir a revista emprestada, ou no mínimo dos mínimos ver k revista era para comprar uma...e eu axo k ela é tãoooo linda...e tem um corpo tãoooooo bonito...eu sinto-me mais atraída por ela k pelo Leonardo Di Caprio...será k iso ker dizer k sou lésbica?" e foi a primeira vez k such thing me ocorreu! lol nesse momento decidi k era melhor n pensar mais nisso, e decidi k não keria pensar nem em ninos nem em ninas NUNCA MAIS lol! maneira engraçada de resolver o "problema"...mas claro k por volta dos 13/14 anos voltei a pensar nisso e voltei a pensar na hipótese de ser lésbica, e até andei uma fase a pensar k era assexuada, pk eu não sabia mt bem o k era bissexualidade, e eu sentia-me tão atraida por ninos como por ninas, aliás, não era igual, as vezes sentia-me mais por ninas, outras vezes or ninos, por isso pensei k se calhar não me sentia atraida por nenhum e k era assexuada...axo k nessa época até liguei para uma linha "sexualidade" k supostamente é para esclarecer os jovens sobre sexualidade, mas a mulherzinha k me atendeu não foi nada simpatica e não me ajudou mesmo em nada, axo k só me confundiu mais... no fim dos meus 14 anos já axava k era bi, mas foi só aos 16 k tive a certeza :)
        "-Lesbian?? You think I´m a lesbian? (...)
        - Well, u´re a girl in love with a girl, aren´t u?
        - No! I´m Paulie, in love with Tory!!!Remember?And Tory is, she IS in love with me, because I´m hers, and she´s mine,and neither of us are lesbians!!" - Lost and Delirious

        Quando te apercebeste da tua orientação sexual
        #23

        Offline cacao

        • *****
        • Associad@ Honorári@
        • Membro Vintage
        • Género: Feminino
        • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
          • Mais sobre mim...
        Só mesmo aos 19 anos mas assim que me dei conta não tive quaisquer problemas. O problemas foi o caminho até lá chegar  :P ::)
          Another one will bite the dust...

          "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

          "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

          Quando te apercebeste da tua orientação sexual
          #24

          Offline Lorca

          • ***
          • Membro Total
          • Género: Feminino
          • "...Amanhã será outro dia..."
          Acho que de alguma forma sempre soube...Aos 18 anos tive a certeza...foi uma luta muito grande até aí e sem dúvida, continua a sê-lo hoje em dia :'(...sinto que será sempre :'(...
            "This is my world my pinky world, that some made me believe that exist"

            Quando te apercebeste da tua orientação sexual
            #25

            Offline Magia

            • *****
            • Membro Ultra
            • Género: Feminino
            • É preciso luz... senão a escuridão não descansa!
              • A minha galeria
            no fundo sp o soube, n lhe sabia era dar um nome...

            km ja tenho aki dito: a mia orientaçao nao é hetrero, mas tb n é lgb... tlvz tenha um kiko d t, mas isso ja e discutivel, no fundo gosto de me considerar sem orinetaçao..

            hey, afinal d kontas o amor é universal, ou nao?  :inq :devil
              Podem fazer-me de tudo que eu perdoo, desde que não me mintam.

              Quando te apercebeste da tua orientação sexual
              #26

              Offline Mars_Crazy

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Masculino
              • Sê tu própri@!
                • grupo jovem ex aequo lisboa
              O que vou transcrever a seguir foi um texto que escrevi há cerca de dois meses atrás. Ainda nem sequer tinha vindo uma única vez ao fórum. Espero que este texto mostre o quanto a homofobia pode fazer mal.

              «Tal como muitos outros jovens portugueses eu também sou homossexual. No entanto escapo à grande maioria porque foi só há cerca de 2 meses, com 21 anos, que me assumi como homossexual perante mim próprio. A minha infância e adolescência foram passadas sem que me apercebesse de forma clara da minha verdadeira orientação sexual. Tive algumas “namoradas”, mas era tudo baseado em “amores platónicos”, em que o mais importante para mim era saber que ela gostava de mim e não tanto se eu gostava dela, porque o que pretendia era carinho, atenção e amor. Eu, no entanto, não tolerava beijos ou toques mais sensuais, e mesmo as mãos dadas era intolerável, porque me sentia verdadeiramente mal com isso; razão pela qual elas acabaram sempre os “namoros”. Isto foi tudo o que se passou, a nível emocional, até ao final do 12º ano de escolaridade. Eu moro no conselho de Marco de Canaveses, distrito do Porto, e vim estudar para Lisboa, para o Instituto Superior Técnico. Após uma entrada na faculdade algo atribulada, dadas as dificuldades de adaptabilidade dos conhecimentos adquiridos no ensino secundário com o que é esperado pelas instituições de ensino superior, que é já um velho problema nacional, foi no segundo ano de faculdade que comecei a notar que de facto sentia algo …. de uma forma “estranha”. Não conseguia encontrar nas raparigas nada de atraente, e questionava-me como é que era possível que os meus colegas ficassem “loucos” quando viam uma rapariga que correspondia ao estereótipo de “mulher boa”. Pelo contrário, conseguia distinguir perfeitamente um rapaz bonito e atraente de outro menos bonito. Achava alguns rapazes verdadeiramente atraentes, em especial um rapaz da minha residência, no entanto, por saber que isso estava “mal”, retraí sempre os meus sentimentos. Entrei num período de negação da minha homossexualidade de tal forma violenta que me tornei o rapaz mais homófobo da minha turma. Durante cerca de dois anos mantive uma vida dupla infernal: por um lado era o rapaz que detestava os “gays”, que estava sempre a (estrategicamente) comentar todas as raparigas que passassem por mim, em especial se estavam colegas meus a meu lado, para que nunca suspeitassem do meu “segredo”; por outro lado, era o rapaz que chegava a casa sempre deprimido e triste, sem qualquer auto-estima ou objectivos, passava os dias fechado no quarto a não fazer nada, não tinha capacidade de concentração e não tinha qualquer prazer em estudar, evitava sair porque não me conseguia divertir de tão amargurado que estava, sabia que estava qualquer coisa de errado comigo, mas pensava que seria uma fase, um percalço na minha evolução e/ou desenvolvimento, e que esta atracão por rapazes iria acabar por desaparecer com o tempo, enquanto continuava a ver todos os sites na Internet sobre gays que pudesse encontrar. Esta dupla vida horrenda não me deixava respirar. Quer em casa quer na faculdade o teatro era uma constante. Sorria ao ver outros falarem mal dos homossexuais (ao mesmo tempo que ia achando cada vez menos piada aos comentários homófobos porque os via cada vez mais como ataques pessoais), evitava mostrar sensibilidade e lutava imenso para nunca cair na tentação de olhar descaradamente para um rapaz à frente deles (olhar de uma forma desejosa claro está!). Todo este acumular de situações desagradáveis desembocou numa profunda depressão, tristeza, apatia, perda de apetite, desprezo por mim mesmo, falta de auto-estima e auto-confiança, dificuldades de concentração e ataques de pânico sem razão aparente.»
              Continua no próximo post

                Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                #27

                Offline Mars_Crazy

                • ****
                • Membro Sénior
                • Género: Masculino
                • Sê tu própri@!
                  • grupo jovem ex aequo lisboa
                Continuação...

                «Chegou a um ponto em que eu tive que admitir perante mim próprio que “se calhar” até podia ser homossexual. Comecei a juntar todas as peças do puzzle que teimava em não montar. Precisava contudo de dizer isso a alguém para me convencer a mim próprio, o que veio a acontecer há cerca de dois meses quando desabafei com uma colega da minha residência. Foi o descarregar de um peso monstruoso de cima de mim. Contudo, passado algum tempo as coisas começaram a descontrolarem-se. Comecei a verificar que encontrar um parceiro seria extremamente difícil e comecei a pensar num futuro que não conseguia discernir com clarividência, as dificuldades de ser um homossexual, de um momento para o outro, caíram em cima de mim, não encontrava saída para a minha angústia, para o imposto sentimento de pecado, para a impossibilidade de contar aos meus pais e aos meus colegas de faculdade. Encontrava-me perante um dilema: por um lado tinha admitido ser homossexual e por outro esse facto parecia que me ia tornar infeliz para todo o sempre. Comecei a escrever poemas então para descarregar os sentimentos retraídos e as angústias de um mundo desconhecido. Mas não bastava; estava à beira do precipício. Foi então que tentei o suicídio ao tomar comprimidos em excesso. Uma colega e um colega da residência levaram-me ao hospital Curry Cabral por volta das três da manhã, onde fui atendido e encaminhado para a secção de psiquiatria, onde fui por sua vez aconselhado a iniciar sessões de acompanhamento psicológico. A partir deste dia, que lamento imenso ter sucedido, contei a mais amigos meus que era homossexual e desenvolvi um grupo pequeno de cinco colegas que me ajudam imenso. Quanto à minha família contei a uma prima minha e à minha mãe, e ambas reagiram muito bem.
                Estou neste momento a ter sessões de aconselhamento psicológico e a tomar um anti-depressivo leve e está tudo a andar melhor. No entanto continuo a não conhecer quase ninguém que seja homossexual (só conheço um rapaz mais velho que já acabou o curso e já está a trabalhar) e talvez por causa disso viva com o receio que a relação dita monogâmica, que gostava de ter com um rapaz, não exista. Neste momento o meu maior medo é não encontrar ninguém com a capacidade de ser fiel e de se entregar totalmente numa relação estável a dois.
                Janeiro 2003»


                Considero esta a melhor descrição da minha vida emocional até ao momento.

                Abraço para tod@s e muita coragem!

                  Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                  #28

                  Offline bluejazz

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                    • Homofobia
                  Mars_Crazy, parabéns pela grande coragem e é tão bom saber que estás num lugar bem melhor! Não desistas, e sim, eu conheço pessoalmente casais gays em relações monogâmicas e de longa duração, por isso não desanimes! Continua somente a ser tu próprio, tudo o resto virá... :up

                  Achas que vale a pena incluir a tua história na secção de coming out do site da rede ex aequo? :)

                  Ok, ok, isto é o mesmo que estar a pedir autorização para fazê-lo! ;) ;D

                    "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                    Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                    #29

                    Offline 4ever_young

                    • *
                    • Novo Membro
                    • Género: Masculino
                    • O "Homem" não é uma "Ilha" ...
                      • O Site dos Samoyedos
                    Aprecebi-me da minha orientação sexual por volta dos 13/14 anos (quando andava no colégio e começei a notas que o meu orgão genital começava a querer ter vida própria depois das aulas de ginastica quando todos tomavamos banho nos balneários) ... se bem que até por volta dos 15 nunca liguei muito (foi aos 15 que experimentei a 1ª vez  :blush).

                    Mas acho que inconcientemente sempre soube o que queria  :curtain pois desde criança (mais ou menos 3/4 anos pelo menos) me lembro de gostar mais de brincar com meninas do que com meninos, e sempre que podia adorava brincar com as panelas e barbies da minha irmã.

                    Mais tarde quando entrei para a escola também sempre preferi estar inserido no grupo das meninas que no dos meninos, quando haviam trabalhos de grupo era sempre com elas que gostava de ficar (se bem que conseguia sempre fazer o que queria pk elas assim o permitiam e com os rapazes n era tão facil).

                    Por outro lado recordo-me que quando a minha familia se reunia nas alturas festivas, eu sempre gostava de partilhar a cama com um primo meu que já nessa altura era um "pão" (e ainda hoje continua a ser  :devil).

                    Portanto acho que ao fim ao cabo ... sempre soube ... simplesmente não sabia o que significava todos aqueles sinais ...
                      Helder Varela Ramos

                      Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                      #30

                      Offline Videl

                      • *****
                      • Membro Ultra
                      • Género: Feminino
                      • Some place where no-1 calls it wrong
                        • Blog
                      Responder
                      pois desde criança (mais ou menos 3/4 anos pelo menos) me lembro de gostar mais de brincar com meninas do que com meninos, e sempre que podia adorava brincar com as panelas e barbies da minha irmã.


                      desculpa lá, mas axo k isto n tem mesmo nada a ver! nem isto, nem gostar de estar no grupo das meninas!!! o meu irmão, embora brincasse com carrinhos e com bonecos tipo action man e power rangers tb xegou a brincar algumas vezes com as minhas barbies kuando era puto, e ele é mt hetero! é k n tem mesmo NADA  a ver! e tenho amigos hetero k passam a vida no meu grupo, k é maioritariamente feminino... não tem nada nada nada a ver...
                        "-Lesbian?? You think I´m a lesbian? (...)
                        - Well, u´re a girl in love with a girl, aren´t u?
                        - No! I´m Paulie, in love with Tory!!!Remember?And Tory is, she IS in love with me, because I´m hers, and she´s mine,and neither of us are lesbians!!" - Lost and Delirious

                        Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                        #31

                        Offline 4ever_young

                        • *
                        • Novo Membro
                        • Género: Masculino
                        • O "Homem" não é uma "Ilha" ...
                          • O Site dos Samoyedos
                        Responder


                        desculpa lá, mas axo k isto n tem mesmo nada a ver! nem isto, nem gostar de estar no grupo das meninas!!! o meu irmão, embora brincasse com carrinhos e com bonecos tipo action man e power rangers tb xegou a brincar algumas vezes com as minhas barbies kuando era puto, e ele é mt hetero! é k n tem mesmo NADA  a ver! e tenho amigos hetero k passam a vida no meu grupo, k é maioritariamente feminino... não tem nada nada nada a ver...


                        Eu sei que não tem nada a ver (e isso esta provado), referenciei esse facto pelo simples facto que em mim (ou seja no meu caso pessoal, não estou a generalizar), esse facto e determinante para uma serie de outras coisas.
                          Helder Varela Ramos

                          Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                          #32

                          Offline Videl

                          • *****
                          • Membro Ultra
                          • Género: Feminino
                          • Some place where no-1 calls it wrong
                            • Blog
                          então axo k te explicaste mal..but that´s ok, sometimes that happens  :up
                            "-Lesbian?? You think I´m a lesbian? (...)
                            - Well, u´re a girl in love with a girl, aren´t u?
                            - No! I´m Paulie, in love with Tory!!!Remember?And Tory is, she IS in love with me, because I´m hers, and she´s mine,and neither of us are lesbians!!" - Lost and Delirious

                            Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                            #33

                            Offline Lorca

                            • ***
                            • Membro Total
                            • Género: Feminino
                            • "...Amanhã será outro dia..."
                            Não podia deixar de escrever esta mensagem para ti Mars_Crazy porque me revi na maioria das tuas palavras, porque tb eu tenho (ainda e se calhar terei muito tempo :wor...) uma vida dupla (tirando que não navego por sites lgbt tirando mesmo este sítio...) e passei essas fases tal como as descreveste de não fazer nada, não ter auto-estima, concentração, vontade de viver, ficar fechada em casa no quarto a escrever e tocar guitarra, a dormir para não ter de pensar...nunca me tentei suicidar, até porque tenho a certeza que não conseguiria...
                            Admiro a tua coragem de já teres dado tantos passos em direcção a um futuro mais bonito e de certeza que a partir de agora tudo será melhor :blush...

                            Um beijo grande  :-*
                              "This is my world my pinky world, that some made me believe that exist"

                              Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                              #34

                              Lara_croft

                              • Visitante
                              Eu axo k descobri um bocado tarde a minha orientacao sexual (isto, acreditando k jah descobri  :inq ).
                              Ateh por volta dos 21/22, nunca dei mta atencao a raparigas, ou pelo menos nunca tive essa consciencia. Axo k ateh essa altura sempre m vi como hetero.
                              Depois foi o CRASH. Akele vendaval, sabem?? K pos a minha vida d pernas pro ar. Nesta altura comecei a axar k era lesbica.
                              Passado um tempo (e d os meus amigos m martelarem a cabeca uns a dizerem k era hetero e outros k era lesbica), xeguei ah conclusao k afinal era bi.
                              Esta fase foi mt mah, pk havia dias em k acordava e axava k era uma rapariga xeia d sorte e k ia sempre encontrar alguem para onde ker k m virasse e havia outros  em k acordava super deprimida a pensar k nunca ia encontrar nenhum homem ou nenhuma mulher k gostassem d mim, ou (PIOR AINDA) d kem eu gostasse.
                              D tanto pensar no assunto, xeguei a pensar k a solucao para mim seria arranjar um namorado e uma namorada, mas depois fickei mt  triste kd axei k isso n seria possivel, ou pelo menos facil, por mt mais k uma noite.
                              Hoje jah nao sei mt bem, mas sabem k mais?? deixei d m preocupar com isso.
                              Sou soh eu  :baby e encontrei uma rapariga fantastica (k por acaso eh minha namorada!!) e k tb n s importa com o k eu sou. K gosta d mim assim  :)  E kem precisa d mais?  :wings  desejo a todos a minha sorte, pk agora acordo todos os dias bem disposta ;-)

                                Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                                #35

                                Offline cacao

                                • *****
                                • Associad@ Honorári@
                                • Membro Vintage
                                • Género: Feminino
                                • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                                  • Mais sobre mim...
                                Responder
                                encontrei uma rapariga fantastica (k por acaso eh minha namorada!!) e k tb n s importa com o k eu sou. K gosta d mim assim    E kem precisa d mais?    desejo a todos a minha sorte, pk agora acordo todos os dias bem disposta  


                                Palavras p/ q/?!!!... Concordo contigo Lara_Croft  ;)
                                  Another one will bite the dust...

                                  "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                                  "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                                  Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                                  #36

                                  ana

                                  • Visitante
                                  wise'words!

                                    Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                                    #37

                                    Offline x-pressiongirl

                                    • ****
                                    • Membro Sénior
                                    • Género: Feminino
                                    • Olá, nós somos os ursinhos maus!
                                      • sembikini
                                    Bem, eu penso k desde cedo me apercebi que sentia uma aproximação muito maior com as raparigas do k com os rapazes. Talvez na primária não me tivesse apercebido muito bem disso, até porque nem sabia o que era a homossexualidade, mas pouco antes de entrar no ciclo, já sabia claramente que as raparigas é que eram interessantes, hoje se fizer um reewind na minha vida apercebo-me que desde miudinha mesmo, já manifestava uma clara preferência por raparigas.
                                    O que nao me impediu de ter alguns namorados e de ter curtido com alguns rapazes, mas o toque deles e os beijos eram estranhos, uma certa mistura de indiferença com repelencia. Com as raparigas não, para mim é a harmonia perfeita.
                                    Lara_croft, ainda bem que acordas com um sorriso nos lábios todas as manhãs, espero k continue a ser assim por muitos e muitos anos, litle baby  :baby um grande beijo no teu sorriso  :-*
                                    x-pressiongirl  8)
                                      "In Europe, it doesn't matter if you're a boy or a girl. We make love with anyone we find attractive."
                                      M. Dietrich
                                      "Apareço para ter sexo contigo às cinco. Se me atrasar, começa sem mim"
                                      Tallulah Bankhead
                                      "O que eu uso na cama? Chanel nº 5, é claro"
                                      M. Monroe  http://sembikini.blogspot.com

                                      Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                                      #38

                                      d3LuX

                                      • Visitante
                                      Pois bem.
                                      Eu sempre me senti diferente dos outros rapazes e, verdade seja dita, sempre quis ser diferente.
                                      Não pela minha orientação sexual mas, pelas boas maneiras, ser delicado, atenciosos, sensível, uma série de características que, por pena minha, já fazem parte do passado. Resultado: "um garoto especial", tal como eu dizia que era, aos três ou quatro anos de idade.
                                      Sempre tive namoradas, não porque sentisse necessidade mas, porque era suposto um rapaz gostar de raparigas e como até era girinho, fazia sucesso. Mas, por volta dos catorze anos, senti realmente que não olhava da mesma forma para um rapaz e para uma rapariga. Tenho um exemplo muito básico para explicar isto: quando passa uma rapariga, passava-se-me despercebida, ao paço que, quando passava um rapaz é lógico que olhava para o seu belo rabiosque.
                                      Portanto, dadas estas ocorrências, reparei que, eu não correspondia ao padrão de rapazes que eu conhecia, mas como até gostava de ser diferente, se eu era assim porque havia de mudar?

                                        Quando te apercebeste da tua orientação sexual
                                        #39

                                        Offline Magia

                                        • *****
                                        • Membro Ultra
                                        • Género: Feminino
                                        • É preciso luz... senão a escuridão não descansa!
                                          • A minha galeria
                                        Responder
                                        Hoje jah nao sei mt bem, mas sabem k mais?? deixei d m preocupar com isso.
                                        Sou soh eu  :baby E kem precisa d mais?  :wings  desejo a todos a minha sorte, pk agora acordo todos os dias bem disposta ;-)



                                        oh, oh.. deveras... luminosahh!! ;) gostei!
                                          Podem fazer-me de tudo que eu perdoo, desde que não me mintam.

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          182 Respostas
                                          24913 Visualizações
                                          Última mensagem 9 de Novembro de 2009
                                          por Bc
                                          214 Respostas
                                          52547 Visualizações
                                          Última mensagem 19 de Setembro de 2014
                                          por searching_the_love
                                          458 Respostas
                                          79346 Visualizações
                                          Última mensagem 24 de Fevereiro de 2014
                                          por mau_feitio
                                          81 Respostas
                                          13168 Visualizações
                                          Última mensagem 16 de Julho de 2014
                                          por Lehane
                                          5 Respostas
                                          1897 Visualizações
                                          Última mensagem 17 de Fevereiro de 2013
                                          por Pulse