rede ex aequo

Olá Visitante23.set.2019, 10:10:15

Autor Tópico: Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!  (Lida 206 vezes)

 
Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
#0

Offline complicado

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
Vim aqui falar de um assunto que ninguém fala, porque isso destruía todo o trabalho que as comunidades LGBT´s lutam para haver menos discriminação... Até ai, tudo bem... Mas, o ser humano quer ser ignorante ou saber a verdade?

Já reparam que, mesmo havendo menos discriminação, os gays continuam a ser um dos maiores alvos do suicídio? Sabem porque?
Porque gays não amam!

As comunidades LGBT´s, filmes, novelas, etc... Dão a ideia de que nós gays devemos ter orgulho no que somos e ter o direito amar como qualquer outro heterossexual.

A verdade, jovens LGBT´s que tiverem a ler isto: Nascemos com uma orientação sexual, que nunca nos vai dar amor, só sofrimento.

Os gays (não todos) só procuram sexo desenfreadamente, porque sentem falta de afectos, amor e como não sabem lidar com isso nem muitos percebem que é isso que o corpo pede: Ficam perdidos na busca intensa de sexo para tapar esse buraco.

Basta ver como as relações LGBT´s funcionam: Começa tudo muito intenso, pensam que amam, mas é só uma paixão enganosa, é só desejo sexual que depois, perdem o interesse e procuram outros... E quando dão por isso, estão num vicio constante de andar de gajo(a) em gajo(a) e nunca encontram o amor... Porque simplesmente ele não existe...

As comunidades LGBTs dão a ideia de que há amor, mas é para dar uma falsa esperança aos jovens LGBTs. Porque é mais "bonito" dizer que gays amam do que dizer o oposto.

Se existe solução?
Não!
Só temos que aceitar a realidade como ela é... Mesmo que nos faça sentir mal.

Agora só depende de ti, se queres ou não, fazer parte do mesmo grupo de gays "perdidos" na busca de parceiro que só acaba em sexo e nada mais...Ou aprenderes a dar valor ao teu corpo, ter princípios, e talvez o mais doloroso, aceitar que não há amor.

E sim, aceitar isso, faz-nos sofrer...
Porque nos iludimos desde novos, que amor é lindo, ter família, etc... E, aceitar a verdade, é como ver que nada disso vai acontecer, esses sonhos ou desejos, tornam-se numa desilusão... Dá vontade de chorar, de saber que vamos ficar sós até morrer, mas o importante é gostar de nós mesmos e seguir a vida em frente. Dar mais atenção à família e amigos...





    Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
    #1

    Offline sleepy_heart

    • ****
    • Membro Sénior
    • Género: Feminino
    Vim aqui falar de um assunto que ninguém fala, porque isso destruía todo o trabalho que as comunidades LGBT´s lutam para haver menos discriminação... Até ai, tudo bem... Mas, o ser humano quer ser ignorante ou saber a verdade?

    Já reparam que, mesmo havendo menos discriminação, os gays continuam a ser um dos maiores alvos do suicídio? Sabem porque?
    Porque gays não amam!

    As comunidades LGBT´s, filmes, novelas, etc... Dão a ideia de que nós gays devemos ter orgulho no que somos e ter o direito amar como qualquer outro heterossexual.

    A verdade, jovens LGBT´s que tiverem a ler isto: Nascemos com uma orientação sexual, que nunca nos vai dar amor, só sofrimento.

    Os gays (não todos) só procuram sexo desenfreadamente, porque sentem falta de afectos, amor e como não sabem lidar com isso nem muitos percebem que é isso que o corpo pede: Ficam perdidos na busca intensa de sexo para tapar esse buraco.

    Basta ver como as relações LGBT´s funcionam: Começa tudo muito intenso, pensam que amam, mas é só uma paixão enganosa, é só desejo sexual que depois, perdem o interesse e procuram outros... E quando dão por isso, estão num vicio constante de andar de gajo(a) em gajo(a) e nunca encontram o amor... Porque simplesmente ele não existe...

    As comunidades LGBTs dão a ideia de que há amor, mas é para dar uma falsa esperança aos jovens LGBTs. Porque é mais "bonito" dizer que gays amam do que dizer o oposto.

    Se existe solução?
    Não!
    Só temos que aceitar a realidade como ela é... Mesmo que nos faça sentir mal.

    Agora só depende de ti, se queres ou não, fazer parte do mesmo grupo de gays "perdidos" na busca de parceiro que só acaba em sexo e nada mais...Ou aprenderes a dar valor ao teu corpo, ter princípios, e talvez o mais doloroso, aceitar que não há amor.

    E sim, aceitar isso, faz-nos sofrer...
    Porque nos iludimos desde novos, que amor é lindo, ter família, etc... E, aceitar a verdade, é como ver que nada disso vai acontecer, esses sonhos ou desejos, tornam-se numa desilusão... Dá vontade de chorar, de saber que vamos ficar sós até morrer, mas o importante é gostar de nós mesmos e seguir a vida em frente. Dar mais atenção à família e amigos...






    Meu caro, que estejas desiludido é uma coisa... que metas tudo no mesmo saco é outra... Eu também já não acredito em muita coisa em várias vertentes e em determinadas comunidades e dentro de cada uma há sempre pequenos grupos que, efectivamente, abomino e não o nego (mas que têm na mesma direito à vida) mas não podemos generalizar. Se estiveres a sofrer o melhor será procurares apoio.

      Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
      #2

      Offline Lilium¥

      • *
      • Novo Membro
      • Género: Feminino
      Vim aqui falar de um assunto que ninguém fala, porque isso destruía todo o trabalho que as comunidades LGBT´s lutam para haver menos discriminação... Até ai, tudo bem... Mas, o ser humano quer ser ignorante ou saber a verdade?

      Já reparam que, mesmo havendo menos discriminação, os gays continuam a ser um dos maiores alvos do suicídio? Sabem porque?
      Porque gays não amam!

      As comunidades LGBT´s, filmes, novelas, etc... Dão a ideia de que nós gays devemos ter orgulho no que somos e ter o direito amar como qualquer outro heterossexual.

      A verdade, jovens LGBT´s que tiverem a ler isto: Nascemos com uma orientação sexual, que nunca nos vai dar amor, só sofrimento.

      Os gays (não todos) só procuram sexo desenfreadamente, porque sentem falta de afectos, amor e como não sabem lidar com isso nem muitos percebem que é isso que o corpo pede: Ficam perdidos na busca intensa de sexo para tapar esse buraco.

      Basta ver como as relações LGBT´s funcionam: Começa tudo muito intenso, pensam que amam, mas é só uma paixão enganosa, é só desejo sexual que depois, perdem o interesse e procuram outros... E quando dão por isso, estão num vicio constante de andar de gajo(a) em gajo(a) e nunca encontram o amor... Porque simplesmente ele não existe...

      As comunidades LGBTs dão a ideia de que há amor, mas é para dar uma falsa esperança aos jovens LGBTs. Porque é mais "bonito" dizer que gays amam do que dizer o oposto.

      Se existe solução?
      Não!
      Só temos que aceitar a realidade como ela é... Mesmo que nos faça sentir mal.

      Agora só depende de ti, se queres ou não, fazer parte do mesmo grupo de gays "perdidos" na busca de parceiro que só acaba em sexo e nada mais...Ou aprenderes a dar valor ao teu corpo, ter princípios, e talvez o mais doloroso, aceitar que não há amor.

      E sim, aceitar isso, faz-nos sofrer...
      Porque nos iludimos desde novos, que amor é lindo, ter família, etc... E, aceitar a verdade, é como ver que nada disso vai acontecer, esses sonhos ou desejos, tornam-se numa desilusão... Dá vontade de chorar, de saber que vamos ficar sós até morrer, mas o importante é gostar de nós mesmos e seguir a vida em frente. Dar mais atenção à família e amigos...


      Creio que estás demasiado revoltado e precisas de ver as coisas sob outro prima.
      Seja qual for a orientação sexual de cada um, o amor existe. Ainda nem toda a gente o viveu ou o encontrou, é verdade. Mas cada um é como cada qual e as circunstâncias de vida de cada um nada têm a ver com o facto de ser gay ou não. Somos pessoas que gostamos de pessoas. Ponto final.
      Se há desilusões de amor, tristezas, frustrações, tudo faz parte da vida e não existem padrões nem comparações que seja justo que façamos.
      Espero que fiques bem e que chegues à conclusão de que a diferença não implica directamente um sofrimento inevitável. Sofrer é tentar ser e viver algo que não somos (seja aquilo que for).
        “Ora che ho perso la vista ci vedo di più."

        Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
        #3

        Offline complicado

        • *
        • Novo Membro
        • Género: Masculino
        Percebo o que dizem, mas é na verdade uma crença vossa de pensar que o amor existe. Cada um tem as suas crenças e visão do mundo, mas não significa que seja verdade.
        Se amor existisse, não havia só interessados em sexo nas APP´s (grinder e outros), em bares ou discotecas - Onde já vi grupo de gajos a beijarem-se uns aos outros...
        Os gays, estão cada vez mais a dar só importância ao sexo. Quando vêem alguém giro, só pensam no prazer sexual que puderam ter... Porque? Porque não amam na verdade, nunca vão encontrar amor e só ficam perdidos ou viciados no sexo, como desculpa para tapar a necessidade afectiva.

        Já observei muito os gays, estudei ao longo da minha própria procura por alguém... E é basicamente, tudo nojento. Pessoas sem interesse nenhum, sem princípios, valores... Só toca tudo ao sexo.
        Ainda me lembro na escola, estava tipo contente por conhecer um gay e talvez criar amizade, e sabem qual foi a 1º pergunta que ele me disse quando falamos pelo facebook? Resposta: Posso fazer-te um B**** no wc? Sabem qual foi a minha resposta? Eliminei-o, Deixei de lhe falar, ignorei por completo... Tipo, uma pessoa quer criar amizades e falar de assuntos gerais da vida e a primeira coisa que pensam é fazer sexo?
        Eu não vim aqui falar por falar, tenho 30 anos e ao longo desde tempo todo nunca vi nada de bom na comunidade LGBT...

        É tudo a dar a ideia de que LGBTs precisam de ser respeitados, de fazer PRIDES pelo mundo, a mostrar que tem muito orgulho no que são: orgulho em serem uns tarados sem valores e princípios?  E ainda se comem uns aos outros no meio da rua, que eu bem já vi, no jardim do príncipe real, depois de saírem da discoteca esconderam-se num muro com árvores. É bonito isso né? Até fui com uma amiga à discoteca e quando vi aquilo, até me senti envergonhado...

        Simplesmente, o mundo gay não é tão bonito como as comunidades fazem parecer que é. É tudo uma fantochada...
        Eu daria tudo para ser heterossexual, mas como não é possível, só me resta aceitar a verdade como ela é... Claro que doí, ficamos tristes, frustrados, angustiados, etc... Mas é o que é!
        Infelizmente.

        Só aqui vim dizer a verdade, quem quiser aceitar aceita, quem quiser acreditar no amor como acontece nos filmes, boa sorte! Vão precisar!

         

          Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
          #4

          Offline Di HF

          • *****
          • Membro Elite
          • Género: Feminino
          Como mulher homossexual vou-te dizer uma coisa que disse a pouquíssimas pessoas e, no entanto, vou dizer aqui, online: Sabes quantas vezes é que homens me fizeram propostas sexuais? Muitas mais vezes que mulheres. Sabes quantas propostas nojentas e degradantes já recebi sem as ter pedido ou ter feito por isso? Olha, nem eu... Mas já foram muitas, mesmo muitas... Algumas das coisas deixaram-me mal comigo mesma, porque me culpei pela atitude daquele indivíduo, porque achei que provoquei a situação, mas não! Hoje tenha plena consciência que há pessoas (homens e mulheres) que procuram sexo e só sexo, que é isso que as move e que não se importam se as suas atitudes vão afetar ou não a outra pessoa.
          Quanto às apps, não há só apps para sexo gay e tenho a certeza que tu sabes disso.
          Há pouco tempo vi uma psicóloga a falar exatamente sobre o motivo de as pessoas procurarem o sexo em vez do afeto. Se bem me recordo, ela dizia que as pessoas procuram esse afeto através do sexo, mas querem-no instantaneamente, sem lutarem por ele. O que acontece é que durante o ato as pessoas se sentem bem, mas logo de seguida sentem novamente a falta do afeto, daí irem novamente em busca do que lhes falta.
          O que queria dizer é que o que descreves não é um problema "nosso", de quem tem um orientação sexual não normativa, o problema é da sociedade. Claro que não somos todos iguais.
          Há quem defenda que os homens homossexuais são mais promiscuos devido à natureza masculina ser mais promiscua. Há estudos que dizem que não é verdade, que, como os homens não utilizavam preservativo entre si, houve muito contágio de DSTs (nomeadamente a SIDA) o que fez com que houvesse uma perceção maior destas relações. As relações sexuais entre mulheres têm menor risco de contágio de DSTs, logo menor perceção.Se não me expliquei bem aqui podes perguntar e eu desenvolvo melhor.
          Quero acabar por dizer que noto que estás magoado e que até entendo aquilo que disseste, mas não é verdade que não há pessoas há procura do amor. Claro que a vida não é um filme e claro que não se encontra o amor enquanto está a dar uma música romântica, num momento perfeito, na vida o que pode acontecer é conheceres a pessoa, teres um momento super embaraçoso, e irem-se conhecendo. É muito boa a fase em que se está a conhecer alguém. Eu própria perdi a esperança em relação ao amor mais vezes do que posso imaginar, mas, sinceramente, depois de ler o que escreveste, parei para pensar e percebi que se tu te sentes assim e eu também, mais pessoas se sentem e um dia vamos encontrar as tais pessoas.
          Boa sorte!

            Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
            #5

            Offline complicado

            • *
            • Novo Membro
            • Género: Masculino
            Como mulher homossexual vou-te dizer uma coisa que disse a pouquíssimas pessoas e, no entanto, vou dizer aqui, online: Sabes quantas vezes é que homens me fizeram propostas sexuais? Muitas mais vezes que mulheres. Sabes quantas propostas nojentas e degradantes já recebi sem as ter pedido ou ter feito por isso? Olha, nem eu... Mas já foram muitas, mesmo muitas... Algumas das coisas deixaram-me mal comigo mesma, porque me culpei pela atitude daquele indivíduo, porque achei que provoquei a situação, mas não! Hoje tenha plena consciência que há pessoas (homens e mulheres) que procuram sexo e só sexo, que é isso que as move e que não se importam se as suas atitudes vão afetar ou não a outra pessoa.
            Quanto às apps, não há só apps para sexo gay e tenho a certeza que tu sabes disso.
            Há pouco tempo vi uma psicóloga a falar exatamente sobre o motivo de as pessoas procurarem o sexo em vez do afeto. Se bem me recordo, ela dizia que as pessoas procuram esse afeto através do sexo, mas querem-no instantaneamente, sem lutarem por ele. O que acontece é que durante o ato as pessoas se sentem bem, mas logo de seguida sentem novamente a falta do afeto, daí irem novamente em busca do que lhes falta.
            O que queria dizer é que o que descreves não é um problema "nosso", de quem tem um orientação sexual não normativa, o problema é da sociedade. Claro que não somos todos iguais.
            Há quem defenda que os homens homossexuais são mais promiscuos devido à natureza masculina ser mais promiscua. Há estudos que dizem que não é verdade, que, como os homens não utilizavam preservativo entre si, houve muito contágio de DSTs (nomeadamente a SIDA) o que fez com que houvesse uma perceção maior destas relações. As relações sexuais entre mulheres têm menor risco de contágio de DSTs, logo menor perceção.Se não me expliquei bem aqui podes perguntar e eu desenvolvo melhor.
            Quero acabar por dizer que noto que estás magoado e que até entendo aquilo que disseste, mas não é verdade que não há pessoas há procura do amor. Claro que a vida não é um filme e claro que não se encontra o amor enquanto está a dar uma música romântica, num momento perfeito, na vida o que pode acontecer é conheceres a pessoa, teres um momento super embaraçoso, e irem-se conhecendo. É muito boa a fase em que se está a conhecer alguém. Eu própria perdi a esperança em relação ao amor mais vezes do que posso imaginar, mas, sinceramente, depois de ler o que escreveste, parei para pensar e percebi que se tu te sentes assim e eu também, mais pessoas se sentem e um dia vamos encontrar as tais pessoas.
            Boa sorte!


            Gostei do teu comentário. E concordo, posso ter dado a ideia de que generalizei, mas como até tinha dito: Os gays (não todos) só procuram sexo desenfreadamente...
            Eu escrevi (Nao todos) e esses são os raros, mas infelizmente se a comunidade LGBT já é pequena, assumindo que cerca de 80% só pensam em sexo, 15% são os que já namoram, sobra esses 5% solteiros e raros... E são esses que mais percebem como tudo gira e como tudo nos faz desiludir e perder a esperança de encontrar amor.
            Mas tu disseste que: "parei para pensar e percebi que se tu te sentes assim e eu também, mais pessoas se sentem e um dia vamos encontrar as tais pessoas."
            Encontrar alguém no meio desses 5%, é como ganhar euromilhões ou seja, quase impossível.

            Eu já desisti completamente do amor e de assumir-me como homossexual. Já nada tem significado... Para quê assumir que sou homossexual?
            Para dar a ideia de que sou "nojento" como todos os outros?

            Eu gosto ser quem sou,  posso ter meus problemas, minha revolta, mas nada disso tira os meus valores e princípios como ser humano. 
            As pessoas há minha volta já começam achar que seja gay, Colegas de trabalho ou conhecidos, pelo facto de ter 30  anos e nunca me viram a namorar e quando me perguntam se tenho alguém, digo bem directo sem problemas nenhuns: Não, não tenho.
            Ficam depois a olhar para mim a franzir os olhos como se tivessem a pensar que algo está errado...

            Um dia, vão acabar por questionarem-me se sou gay mas já tenho tudo pronto para essa eventualidade, quando chegar ao ponto em que já não dá para esconder mais... Digo que sou assexual, não gosto de relações, e problema resolvido. Porque verdade seja dita, é como assexual que vivo e vou continuar a viver mesmo sabendo que sofrerei.

            A sociedade está-se a tornar num cancro...
            E eu só quero afastar-me desse cancro...



              Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
              #6

              Offline Pat_Porto

              • *
              • Novo Membro
              • Género: Feminino
              Wow... este teu post já é perturbador, mas o pior é que andas há 5 anos a dizer aqui exactamente a mesma coisa, sem evolução nenhuma.
               
              Já tive um amigo que dizia exactamente o mesmo que tu. Eu tentei, com muito cuidado e paciência, fazê-lo reflectir melhor sobre a atitude dele, mas não adiantou nada. Até que um dia me fartei da nuvem de negatividade que ele era, das nossas conversas serem sempre sobre cada "problema" mínimo que ele tinha com rapazes, e quando eu tinha problemas reais ele nem queria saber, porque falar sobre isso nem que fosse um minuto, era um minuto a menos que ele tinha para se calimerizar.
               
              E disse-lhe mais ou menos o que te vou dizer a ti. Desculpa se não vou mostrar empatia ou comiseração, mas acho que não é disso que precisas.
               
              Pois é, o problema não é os jovens serem expulsos de casa, assediados e agredidos na escola. Não é as pessoas não serem contratadas, ou serem despedidas. Não é crescerem tímidas e com medo. Não é as mulheres lésbicas serem assediadas ou violadas. Não é ser-se seguido e espancado na rua.
               
               É tu não teres namorado.
               
               Dizes que os gays e (quase...) todas as outras pessoas LGBT são tarados/as à procura de sexo, porque vais a aplicações e sítios de engate e encontras isso mesmo: engate.
               
               Dizes que são superficiais, mas tu só queres um príncipe masculino, em forma e musculado.
               
              Não. O teu problema és tu. A tua homofobia internalizada e achares que a responsabilidade por a tua vida não ser como queres é dos outros, e não tua. Que os teus problemas são dramas gigantescos, e que nada mais interessa. Que as pessoas LGBT são (quase...) todas um cancro, e tu és dos muito poucos sãos. Que estamos todos iludidos, e só tu é que vês as coisas como são, porque nos estudaste a todos a partir da tua bolhinha. Com essas características não me admira não teres namorado, ou sequer amigos gays.
               
              Conheço muitos casais de homens estáveis, alguns casados há anos. Até eles tiveram dificuldade - como até as pessoas hetero têm - em encontrar o amor das vidas deles. E outros que estão solteiros, e são felizes à mesma, porque gostam deles próprios.
               
              Se quiseres que a tua vida mude, tens de começar por te mudar a ti próprio. Acredita, serás muito mais feliz se o fizeres.
              « Última modificação: 23 de Agosto por Pat_Porto »

                Chega de mentiras! A verdade que ninguém fala!
                #7

                Offline complicado

                • *
                • Novo Membro
                • Género: Masculino
                Wow... este teu post já é perturbador, mas o pior é que andas há 5 anos a dizer aqui exactamente a mesma coisa, sem evolução nenhuma.
                 
                Já tive um amigo que dizia exactamente o mesmo que tu. Eu tentei, com muito cuidado e paciência, fazê-lo reflectir melhor sobre a atitude dele, mas não adiantou nada. Até que um dia me fartei da nuvem de negatividade que ele era, das nossas conversas serem sempre sobre cada "problema" mínimo que ele tinha com rapazes, e quando eu tinha problemas reais ele nem queria saber, porque falar sobre isso nem que fosse um minuto, era um minuto a menos que ele tinha para se calimerizar.
                 
                E disse-lhe mais ou menos o que te vou dizer a ti. Desculpa se não vou mostrar empatia ou comiseração, mas acho que não é disso que precisas.
                 
                Pois é, o problema não é os jovens serem expulsos de casa, assediados e agredidos na escola. Não é as pessoas não serem contratadas, ou serem despedidas. Não é crescerem tímidas e com medo. Não é as mulheres lésbicas serem assediadas ou violadas. Não é ser-se seguido e espancado na rua.
                 
                 É tu não teres namorado.
                 
                 Dizes que os gays e (quase...) todas as outras pessoas LGBT são tarados/as à procura de sexo, porque vais a aplicações e sítios de engate e encontras isso mesmo: engate.
                 
                 Dizes que são superficiais, mas tu só queres um príncipe masculino, em forma e musculado.
                 
                Não. O teu problema és tu. A tua homofobia internalizada e achares que a responsabilidade por a tua vida não ser como queres é dos outros, e não tua. Que os teus problemas são dramas gigantescos, e que nada mais interessa. Que as pessoas LGBT são (quase...) todas um cancro, e tu és dos muito poucos sãos. Que estamos todos iludidos, e só tu é que vês as coisas como são, porque nos estudaste a todos a partir da tua bolhinha. Com essas características não me admira não teres namorado, ou sequer amigos gays.
                 
                Conheço muitos casais de homens estáveis, alguns casados há anos. Até eles tiveram dificuldade - como até as pessoas hetero têm - em encontrar o amor das vidas deles. E outros que estão solteiros, e são felizes à mesma, porque gostam deles próprios.
                 
                Se quiseres que a tua vida mude, tens de começar por te mudar a ti próprio. Acredita, serás muito mais feliz se o fizeres.

                "Se quiseres que a tua vida mude, tens de começar por te mudar a ti próprio. Acredita, serás muito mais feliz se o fizeres."
                Exactamente, dai ter mudado.
                No momento que desisti de ser gay e pensar no que realmente importa e o que penso fazer no futuro, me trouxe mais felicidade.
                Antes estava "perdido" em busca do que não existe. E isso sim, é que me fazia sentir  mal e frustrado.
                Hoje em dia, dou muito mais valor à minha pessoa, aos meus princípios e valores...  No momento que larguei o "vicio" de pensar que ter relação é que traz felicidade, me trouxe mais paz de espírito.

                "Pois é, o problema não é os jovens serem expulsos de casa, assediados e agredidos na escola. Não é as pessoas não serem contratadas, ou serem despedidas. Não é crescerem tímidas e com medo. Não é as mulheres lésbicas serem assediadas ou violadas. Não é ser-se seguido e espancado na rua."

                Atenção que não falei sobre isso (Já fui vitima de discriminação na escola, por isso sei muito bem o que é), eu nunca falei que os LGBT´s não deviam ter direito a ter uma vida sem discriminação... Falei simplesmente no que realmente existe por trás do muro, a verdade que muitos gays não tem coragem de discutir... Ora pois, são todos "iguais" há  procura do mesmo, cada um com as tuas taras! Os jovens, são simplesmente "inocentes" e tem que aprender e acabam por aprender como é a vida LGBT´s. Mas muitos, deixam-se levar pelo sexo e acabam tornando-se iguais a todos os outros... Entram no "vicio" constante pelo sexo como resposta à falta de carência afectiva, ou seja, à falta de amor próprio por eles mesmos.

                O ser humano tem de aprender a dar valor aos seus princípios, o que quero dizer concretamente: Não existe ninguém que só pense em sexo que tenha bons princípios, na verdade, falta-lhes... Estão "cegos". E só vim aqui partilhar isto, para que jovens aprendem a ter mais valor por si próprios e não entregar o corpo a cada um que lhes apareça a frente, só porque sentem falta de carência afectiva.

                " Dizes que os gays e (quase...) todas as outras pessoas LGBT são tarados/as à procura de sexo, porque vais a aplicações e sítios de engate e encontras isso mesmo: engate."
                Esta aqui é pura ignorância. Então, onde um homossexual supostamente conhece gays?
                Que eu saiba, não existe nenhuma outra alternativa para qualquer gay conhecer outros gays, se não pelo uso de APP, redes sociais, bares ou discotecas... Ou porventura, talvez as organizações que a Rede Ex Aequo ou outras, possam organizar.  E nas festas PRIDE.

                "Não. O teu problema és tu. A tua homofobia internalizada e achares que a responsabilidade por a tua vida não ser como queres é dos outros, e não tua. Que os teus problemas são dramas gigantescos, e que nada mais interessa."
                Não, não tenho homofobia, ate pelo contrario... Tenho simplesmente princípios que não correspondem com o mundo LGBT´s, só isso, como não compreendes, interpretas os meus pensamentos como homofobia internalizada.

                "Com essas características não me admira não teres namorado, ou sequer amigos gays."
                Lamento informar, mas porque raio iria eu querer namorar ou ter amigos LGBT´s, que só pensam em sexo? Que não tem princípios e valores?  Que não amam?
                Tenho amigos heterossexuais, e felizmente são pessoas com princípios... Namoram é verdade, mas não andam a trair namorada à procura de sexo com outras... São amigos que vivem a tentar ser melhores pessoas, a cada dia. Pessoas que valorizam os amigos e com quem partilham o amor. Relações que duram há anos, sem a necessidade de trocar de parceiros como os gays o fazem... E sim, fico feliz por ver como são felizes, claro que ás vezes há dias menos bons, mas é para isso que depois servem os amigos, estar lá para ajudar mesmo nos maus dias.

                Atenção que eu não tenho nenhuma aversão ao sexo...
                Só dispenso sexo por sexo, porque não traz felicidade nenhuma. Só vazio.
                « Última modificação: 23 de Agosto por complicado »

                   

                  Tópicos relacionados

                    Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                  Mentiras!

                  Iniciado por abreasasas « 1 2 ... 6 7 » Outras Conversas

                  120 Respostas
                  16982 Visualizações
                  Última mensagem 29 de Outubro de 2009
                  por Sissy
                  477 Respostas
                  57740 Visualizações
                  Última mensagem 2 de Março de 2015
                  por portugaisptfr
                  174 Respostas
                  20656 Visualizações
                  Última mensagem 19 de Janeiro de 2018
                  por Odraude
                  60 Respostas
                  11355 Visualizações
                  Última mensagem 9 de Dezembro de 2012
                  por Lana.Maur
                  3 Respostas
                  2096 Visualizações
                  Última mensagem 31 de Janeiro de 2018
                  por Atomic