rede ex aequo

Olá Visitante13.nov.2019, 23:41:23

Autor Tópico: "E se eu fosse "eles"?"  (Lida 14719 vezes)

 
"E se eu fosse "eles"?"
#0

Offline chiloane

  • ***
  • Membro Total
  • Género: Feminino
Bem, resolvi aqui iniciar um tópico "terapêutico", que se destina a refletir sobre os sentimentos, pensamentos e dificuldades  e medos que acham que os vossos pais, familiares e amigos tem/tiveram/virão a ter perante a revelação da vossa homossexualidade...  :inq
A "viagem"  vai servir para reflectirmos sobre a melhor forma de fazê-los ver que a homossexualidade é apenas um pequeno pormenor no meio de tudo o que somos. Esta é uma tentativa de ajudar quem aínda não se assumiu...  ;)

:-*s para todos!!
    "Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós"
    (Antoine de Saint-Exuperry) :):*

    "E se eu fosse "eles"?"
    #1

    Offline azithro

    • ****
    • Membro Sénior
    • Género: Feminino
    • all star
      • eu e o território
    Devido à situação actual que este "paízito da treta" vive acho que é muito má altura para ser quer nós quer os nossos pais/familiares/amigos ... devido à falta de compreensão entre a diferença que existe entre homossexualidade e pedófilia.

    Ainda no outro dia estava a almoçar com os meus pais e veio à baila a história do Herman e demais ... e foi clara a dificuldade registada. Devido à confusão de conceitos ou à falta de conhecimento da realidade ...

    E se há coisa mais difícil é tentar desmistificar e separar estes dois conceitos.

    Conclusão: Por muito que eu tente não é possível, neste momento, criar uma imagem positiva da homossexualidade pois esta é sempre conotada com pedófilia.
      we are all made of stars

      "E se eu fosse "eles"?"
      #2

      Offline cacao

      • *****
      • Associad@ Honorári@
      • Membro Vintage
      • Género: Feminino
      • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
        • Mais sobre mim...
      Se eu fosse eles, teria reagido como tal como reagiram comigo :D ;) A minha mãe e todos sempre estiveram do meu lado :) Mas posso pensar de outra forma. Os meus pais são divorcados e muitas vezes penso que seria se a minha mãe voltasse a casar. Como reagiria a essa noticia. Bem? Mal? Hoje em dia penso que a felicidade da minha mãe será sempre o mais importante e que se ela for feliz, eu estarei mt feliz tb.
        Another one will bite the dust...

        "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

        "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

        "E se eu fosse "eles"?"
        #3

        Offline bluejazz

        • *****
        • Associad@ Honorári@
        • Membro Vintage
        • Género: Feminino
          • Homofobia
        Bem se eu fosse eles... o que é impossível neste momento, acho que tentaria compreender e aceitar que a felicidade e bem-estar dele/dela é o mais importante.

        Por mais impressão que me fizesse...

        Eesperar que o namorado/namorada fosse boa pessoa e de valor, tal como faria também para um filho heterossexual! lol
          "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

          "E se eu fosse "eles"?"
          #4

          Offline chiloane

          • ***
          • Membro Total
          • Género: Feminino
          Exactamente. Sinceramente, eu acho que, apesar de saber que ser homossexual não é doença e não interfere em nada com a personalidade da pessoa, penso que, mesmo assim, preferia que os meus filhos fossem heterossexuais, porque penso que sofreriam menos, não teriam que viver o sofrimento de lutar contra preconceitos existentes...  :-/

          Por isso mesmo é que eu tento lutar para que o mundo seja diferente quando eu tiver os meus filhos. ;D




          Teus Filhos

          Teus filhos não são teus filhos,
          São os filhos e as filhas
          Da ânsia da vida por si mesma,
          Vem através de ti, mas não são de ti
          E, embora vivam contigo,
          Não te pertencem

          Podes outorgar-lhes teu amor,
          Mas não teus pensamentos,
          Porque eles têm seus
          Próprios pensamentos.
          Podes abrigar seus corpos
          Mas não suas almas, pois suas almas
          Moram na mansão do amanhã
          Que tu não podes visitar
          Nem mesmo em sonhos

          Podes esforçar-te para ser como eles
          Mas não procures faze-los como tu
          Porque a vida não anda para trás
          E não se demora como os dias passados.

          Tu és o arco do qual teus filhos são
          Arremessados como flechas vivas

          Que teu encurvamento
          Na mão do arqueiro
          Seja tua alegria!

          Khalil Gibran

          Acho este poema muito bonito, muito verdadeiro...e muito dedicado a todos os pais que realmente querem a felicidade dos filhos.  :) :) :)
          Peço desculpa se ele já estiver algures nouro post do fórum...
            "Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós"
            (Antoine de Saint-Exuperry) :):*

            "E se eu fosse "eles"?"
            #5

            Offline abreasasas

            • *****
            • Membro Ultra
            Responder
            A "viagem"  vai servir para reflectirmos sobre a melhor forma de fazê-los ver que a homossexualidade é apenas um pequeno pormenor no meio de tudo o que somos.


            Felizmente, a minha mãe já chegou a esse ponto, após alguma.... surpresa (?) inicial...

            mas tem tudo a ver com a educação e vivências que os nossos pais já tiveram. assim como cada um de nós aceita também melhor ou pior aquilo que é, consoante a forma como foi educado e consoante a formna como aprendeu a ver as coisas...
              todos compreendem a utilidade do que é útil.
              ninguém compreende a utilidade do que é inútil
              chuang tse em "capítulos interiores"

              "E se eu fosse "eles"?"
              #6

              Offline bluejazz

              • *****
              • Associad@ Honorári@
              • Membro Vintage
              • Género: Feminino
                • Homofobia
              Responder
              assim como cada um de nós aceita também melhor ou pior aquilo que é, consoante a forma como foi educado e consoante a formna como aprendeu a ver as coisas...

              Agreed, mas acho que a personalidade de uma pessoa ajuda ou não, também... :)
                "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                "E se eu fosse "eles"?"
                #7

                nicsparks

                • Visitante
                sim ajuda, a personalidade de facto mostra tudo de uma pessoa, só que por vezes há valores tão impregnados numa pessoa, que a mesma não se consegue afastar deles e nem inová-los..

                será que aos nossos pais, foi dito que havia outras formas de amor??ou vivenciaram eles cenas de repressão a homossexuais, sendo lhes dito, que eles eram monstros, pecadores??por isso, se isso lhes foi dito e redito, penso que muitas das suas opiniões e demosntrações provêm daí-....


                  "E se eu fosse "eles"?"
                  #8

                  Offline barthez

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                  • k os números nunca te façam eskecer as pessoas
                  é engraçado, lembrei.me agora duma série cómica americana, já não sei qual (será que era o "Will and Grace"? :inq não, acho que não... :-X) que num episódio um dos personagens contava aos pais que era gay... já não me lembro bem da reacção deles, mas enfim isso tb não interessa muito pó caso. O que se passou depois foi que o tal rapaz descobriu que os pais tinham sexo com outras pessoas e não se importavam nada com isso... e o facto é k keagiu muito mal...[smiley=bomba.gif] [smiley=bomba.gif] [smiley=confuso.gif] [smiley=nao.gif]

                  enfim... isto tudo pa dizer que muita gente quer que os outros sejam tolerantes em relação a eles próprios e depois acaba por não conseguir respeitar outras pessoas... :P >:(

                  eu, qt a mim sempre tentei ser tolerante e não discriminar ninguém... :) mas admito que  vezes as coisas possam custar um pouco no início até k o choque passe... :´ :´ mas acabo por ultrapassar isso... :up e sei que os meus pais tb são assim (aliás, foram eles que me educaram desta maneira!! [smiley=orgulhoso.gif] [smiley=feliz.gif]) e de certeza que vão reagir muito bem, mesmo que seja um grande choque... :o :o

                  por isso, "se eu fosse eles" tentaria respeitar ao máximo as opções dos meus filhos e deixá-los serem felizes!!! 8) [smiley=sim.gif] [smiley=sim.gif]
                    "people should be allowed to fall in love with whoever they want! I mean... otherwise what's the point of living?!" once and again

                    "E se eu fosse "eles"?"
                    #9

                    Offline Mythos

                    • *
                    • Novo Membro
                    • Género: Masculino
                    • i don't belong here, not this time, not this place
                    Olá, barthez.
                    Essa cena foi de um episodio do "Gimme Gimme Gimme", uma série inglesa que dava na RTP2 aos Sábados.  ;)

                      "E se eu fosse "eles"?"
                      #10

                      Offline barthez

                      • *****
                      • Associad@ Honorári@
                      • Membro Vintage
                      • Género: Feminino
                      • k os números nunca te façam eskecer as pessoas
                      tb me passou pela cabeça ser essa a série... :inq mas como aqueles dois são tão malucos [smiley=maluco.gif] e aquilo que eu me recordava não era assim tão estapafúrdio como isso [smiley=estiloso.gif], achei que não podia ser... :o :o

                      mas obrigado pela informação, Mythos! :-* :-*

                      e por falar nisso, é uma pena que essa série não dê mais na rtp2... era uma moca!!! :up :up [smiley=martelo.gif] [smiley=martelo.gif] [smiley=martelo.gif]
                        "people should be allowed to fall in love with whoever they want! I mean... otherwise what's the point of living?!" once and again

                        "E se eu fosse "eles"?"
                        #11

                        moon_angel

                        • Visitante
                        (Lindo poema Chiloane....9

                        "Se eu fosse eles" foi um tópico mto bem lançado... PARABÉNS!!

                        Acho q  vezes tentarmos pensar o q paira na cabeça dos nosso progenitores, nao nos faria nada mal...

                        Pensamos q dizer "pai, mãe, sou homossexual" é só dizer e pronto... tiramos um peso das nossas costas, ficamos mais libertos, sentimo-nos melhor... pois é!!! e ELES? nao nos lembramos q pomos um peso nas costas DELES, podemos até reprimi-los... torna-los pessoas mais fechadas com medo do q as pessoas possam dizer.. etc, etc, etc... Já todos vocês devem conhecer essas histórias...

                        Penso q acima de tudo tem de reinar o AMOR... Temos de fazer ver aos nossos pais q nao deixamos de ser seus filhos so pq lhes contamos um "pequeno" segredo!

                        Eu penso até q mtas vezes até teremos a terefa meia facilitada, uma vez q a maior parte das vezes eles já desconfiam.... só nao têm é a certeza...

                        Acho q temos de dar tempo aos nossos pais... Tempo, espaço e amor, para a nova "faceta" do filho/a...

                        Força a quem ainda nao se assumiu!!!

                        Nao doi!!!

                          "E se eu fosse "eles"?"
                          #12

                          Offline chiloane

                          • ***
                          • Membro Total
                          • Género: Feminino
                          obrigada moon_angel... :blush :-*

                          :upBenvinda ao fórum! :up

                          Eu penso que o medo dos pais quanto a ter um filho homossexual, não é tanto devido à homossexualidade, mas à ideia que eles pensam que os outros tem face à homossexualidade... Sabendo como a sociedade é preconceituosa, tem medo do sofrimento/exclusão que o filho vai sofrer... Eu, pelo menos, penso assim.
                          Não posso negar que "preferia" ter um filho heterossexual, não o amaria mais ou menos, mas simplesmente penso que estaria mais "protegido" da sociedade... E eu não o quereria ver sofrer tão injustamente.   :wor
                            "Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós"
                            (Antoine de Saint-Exuperry) :):*

                            "E se eu fosse "eles"?"
                            #13

                            Offline bluejazz

                            • *****
                            • Associad@ Honorári@
                            • Membro Vintage
                            • Género: Feminino
                              • Homofobia
                            Responder
                            Eu penso que o medo dos pais quanto a ter um filho homossexual, não é tanto devido à homossexualidade, mas à ideia que eles pensam que os outros tem face à homossexualidade...

                            Alguns pais são assim, mas não todos, infelizmente. :)
                              "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                              "E se eu fosse "eles"?"
                              #14

                              Offline chiloane

                              • ***
                              • Membro Total
                              • Género: Feminino
                              Não sei, bluejazz, acredito que nem todos os pais pensem assim, mas mesmo assim, continuo a acreditar que é um sentimento predominante na maioria. Rejeitam-se a aceitar, numa tentativa de não se sentirem responsabilidades pelo "sofrimento" dos filhos, quando ironicamente o estão a fazer sofrer mais com a sua negação. Preferem manter o  modelo do sistema , ignorar a realidade, porque creem que a abordagem do assunto vai causar sofrimento. Tentam tornar o assunto "invisível", como se assim o "problema" desaparecesse...Por incrível que pareça, há muita gente que utiliza a estratégia de "não falar sobre isso" para "resolver" determinados assuntos, o que provoca muito mais distância e sofrimento... E começo por mim. Muitas vezes tento evitar um confronto/mudança, sabendo que a comunicação  e a metacomunicação é a única forma de esclarecimento e aproximação.  :(

                              PS- Devo confessar que fico sempre fascinada quando leio os teus comentários, e os da cacao também... São sempre muito fundamentados e pertinentes.  :D
                              Vocês e os outros membros da fórum não tem ideia do quanto tenho aqui crescido... A sério!! Sinto-me feliz. :up
                                "Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós"
                                (Antoine de Saint-Exuperry) :):*

                                "E se eu fosse "eles"?"
                                #15

                                Offline bluejazz

                                • *****
                                • Associad@ Honorári@
                                • Membro Vintage
                                • Género: Feminino
                                  • Homofobia
                                Responder
                                PS- Devo confessar que fico sempre fascinada quando leio os teus comentários, e os da cacao também... São sempre muito fundamentados e pertinentes.  :D
                                Vocês e os outros membros da fórum não tem ideia do quanto tenho aqui crescido... A sério!! Sinto-me feliz. :up

                                E eu confesso que também gosto muito do que escreves. Acho-te muito equilibrada e sensível. Ainda no outro dia comentei isso com a cacao! Pergunta-lhe! :)

                                Obrigada pelo comentário tão positivo! ;D :-*
                                  "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                                  "E se eu fosse "eles"?"
                                  #16

                                  Offline chiloane

                                  • ***
                                  • Membro Total
                                  • Género: Feminino
                                  ohhh cacaoooooo... é verdade o que a blue disse?  ;D ;)

                                  :blush :blush :blush
                                    "Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós"
                                    (Antoine de Saint-Exuperry) :):*

                                    "E se eu fosse "eles"?"
                                    #17

                                    Offline chiloane

                                    • ***
                                    • Membro Total
                                    • Género: Feminino
                                    Penso que se compreendermos o receio dos outros, acabamos mais facilmente por arranjar maneiras de as acalmar, de comunicar com elas...É importante por-mo-nos no lugar do Outro, para podermos comunicar com o Outro de forma eficaz....
                                      "Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós"
                                      (Antoine de Saint-Exuperry) :):*

                                      "E se eu fosse "eles"?"
                                      #18

                                      Offline cacao

                                      • *****
                                      • Associad@ Honorári@
                                      • Membro Vintage
                                      • Género: Feminino
                                      • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                                        • Mais sobre mim...
                                      Responder
                                      ohhh cacaoooooo... é verdade o que a blue disse?  ;D ;)

                                      :blush :blush :blush


                                      :D É verdade sim senhora! lol

                                      Peço desculpa por tardar em responder mas estes últimos dias estive de férias do PC ;)
                                        Another one will bite the dust...

                                        "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                                        "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                                        "E se eu fosse "eles"?"
                                        #19

                                        Offline sonja

                                        • *
                                        • Novo Membro
                                        • Género: Feminino
                                        e se eu fosse "eles"?...

                                        eu iria respeitar, podia nao concordar, podia nao compreender mas iria respeitar.

                                        concordo qd disseram que o maior medo deles é o de encarar com as outras pessoas, e lidar com o seu preconceito, no fundo eles não conseguem encarar com o seu próprio preconceito.

                                        eu pensava que os meus pais tinham uma mentalidade aberta, qd abordava o assunto genericamente eles pareciam flexiveis "são nossos filhos e gostamos deles de qualquer maneira" (desde que isso não seja na nossa familia!)
                                        mas afinal  a mentalidade deles é tacanha, afinal eles só veem aquilo que querem, afinal eles não querem filhos diferentes... afinal nao conheço os meus pais.

                                        é impossivel colocarmo-nos na posição de outra pessoa, pois sentimos as coisas de maneira diferente.

                                        acredito que não é fácil ouvir da boca de um filho "sou homossexual", todo um conjunto de projectos e sonhos são destruidos nesse momento, e depende de cada pai saber construir outros ou deixar-se estar por terra.
                                        os meus só veem desgraças e incovenientes e ficam cegos por isso, não conseguem ver se sou feliz ou não.

                                        é preciso haver inter-ajuda para compreender a situação, mas geralmente é uma altura em que há uma quebra de comunicação.

                                        acho que já estou a divagar...

                                        mentalmente coloquei-me na posição deles n vezes a tentar imaginar a reacção deles... e mesmo assim não acertei.

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          "Engates" no meio LGBT

                                          Iniciado por Galena « 1 2 ... 24 25 » Geral

                                          492 Respostas
                                          126135 Visualizações
                                          Última mensagem 24 de Agosto de 2013
                                          por Cardo
                                          2 Respostas
                                          1181 Visualizações
                                          Última mensagem 24 de Maio de 2015
                                          por zarabatana
                                          5 Respostas
                                          970 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Maio de 2016
                                          por TK
                                          9 Respostas
                                          1613 Visualizações
                                          Última mensagem 26 de Junho de 2016
                                          por T-Rex
                                          0 Respostas
                                          618 Visualizações
                                          Última mensagem 17 de Agosto de 2016
                                          por rede ex aequo