rede ex aequo

Olá Visitante12.dez.2019, 15:57:35

Autor Tópico: Bipolaridade  (Lida 49632 vezes)

 
Bipolaridade
#160

Offline larissa frança alves

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Feminino
Gente sou diagnosticada como bipolar, e sempre  passei minha vida correndo em psiquiatras, nunca firmei com um só , que foi um grande erro, tenho tbm uma grande ansiedade, totalmente explicita,  o que sinto hoje é uma coisa totalmente severa, e espero que vcs me ajudem, estou num surto depressivo, onde estou com forte vontade de morrer, e cada minuto minha cabeça tem uma ideia suicida diferente, passo parto do dia deitada, não malho mais, não saio, as vezes nem banho quero tomar, sinto dores pelo corpo, e um sofrimento horriveis, maos e pes gelados e suando, boca seca, vontade de morrer dirento, enfim, VEGETANDO, um médico me receitou litio e velija, mais ainda nao iniciei esse tratamento e so irei a ele segunda feira, gente quero quero saber com profunda sinceridade se tem como esse quadro ser revertido e eu levar uma vida normal, pq eu so pioro, e eu nao era assim, eu era FELIZ, meu caso ta  mto grave,por favor me deem dicas e me falem se é normal e como reverter, os pensamentes acerelados e de mortes tem como para-los tbm? por favor, estou desesperada. :-[
« Última modificação: 13 de Dezembro de 2013 por larissa frança alves »

    Bipolaridade
    #161

    Offline Forbidden

    • *****
    • Membro Ultra
    • Género: Masculino
    Gente sou diagnosticada como bipolar, e sempre  passei minha vida correndo em psiquiatras, nunca firmei com um só , que foi um grande erro, tenho tbm uma grande ansiedade, totalmente explicita,  o que sinto hoje é uma coisa totalmente severa, e espero que vcs me ajudem, estou num surto depressivo, onde estou com forte vontade de morrer, e cada minuto minha cabeça tem uma ideia suicida diferente, passo parto do dia deitada, não malho mais, não saio, as vezes nem banho quero tomar, sinto dores pelo corpo, e um sofrimento horriveis, maos e pes gelados e suando, boca seca, vontade de morrer dirento, enfim, VEGETANDO, um médico me receitou litio e velija, mais ainda nao iniciei esse tratamento e so irei a ele segunda feira, gente quero quero saber com profunda sinceridade se tem como esse quadro ser revertido e eu levar uma vida normal, pq eu so pioro, e eu nao era assim, eu era FELIZ, meu caso ta  mto grave,por favor me deem dicas e me falem se é normal e como reverter, os pensamentes acerelados e de mortes tem como para-los tbm? por favor, estou desesperada. :-[

    Em primeiro lugar, quero dizer que lamento bastante o estado em que te encontras. O que te posso aconselhar e a seguir a terapia que o medico te indicar, pois ele em teoria sabera o que e melhor para ti... de qualquer forma, acho que o litio e o medicamento classico dos bipolares, por isso penso que te pode fazer bem.

      Bipolaridade
      #162

      Tommy

      • Visitante
      Gente sou diagnosticada como bipolar, e sempre  passei minha vida correndo em psiquiatras, nunca firmei com um só , que foi um grande erro, tenho tbm uma grande ansiedade, totalmente explicita,  o que sinto hoje é uma coisa totalmente severa, e espero que vcs me ajudem, estou num surto depressivo, onde estou com forte vontade de morrer, e cada minuto minha cabeça tem uma ideia suicida diferente, passo parto do dia deitada, não malho mais, não saio, as vezes nem banho quero tomar, sinto dores pelo corpo, e um sofrimento horriveis, maos e pes gelados e suando, boca seca, vontade de morrer dirento, enfim, VEGETANDO, um médico me receitou litio e velija, mais ainda nao iniciei esse tratamento e so irei a ele segunda feira, gente quero quero saber com profunda sinceridade se tem como esse quadro ser revertido e eu levar uma vida normal, pq eu so pioro, e eu nao era assim, eu era FELIZ, meu caso ta  mto grave,por favor me deem dicas e me falem se é normal e como reverter, os pensamentes acerelados e de mortes tem como para-los tbm? por favor, estou desesperada. :-[

      Olá Larissa

      A perturbação bipolar é realmente uma situação grave e tal como tu dizes é capaz de limitar bastante a vida normal das pessoas. Acho que deves falar de tudo isso com o teu médico e seguir a terapêutica instituída. O lítio faz realmente parte da terapêutica clássica para este tipo de doença quer para as fases maníacas quer exercendo algum efeito antidepressivo. Tenta ter calma e cumprir a medicação, por vezes pode demorar um período de 2 a 3 semanas a sentir um efeito mais significativo mas vale a pena teres confiança nas melhorias. Apesar de ser complicado há muitas pessoas que infelizmente passam por isso e conseguem encontrar um equilíbrio com a ajuda da medicação e levar a sua vida com normalidade.
      Força, não desistas, tudo tem solução  ;)

        Bipolaridade
        #163

        Cardo

        • Visitante
        Eu cada vez mais me convenco que sou bipolar, ou aspirante a tal, o que é bastante frustrante e triste ao mesmo tempo.

          Bipolaridade
          #164

          Offline Spektrum

          • *****
          • Membro Elite
          • Género: Feminino
          • [P]oiesis.
          Eu cada vez mais me convenco que sou bipolar, ou aspirante a tal, o que é bastante frustrante e triste ao mesmo tempo.
          É um sufoco! O (mais) importante é compreender e aceitar as variações de humor, aprender a saber tirar o melhor proveito delas.
            “Always be a poet, even in prose.”
            ― Charles Baudelaire

            Bipolaridade
            #165

            PsyGirl_Av

            • Visitante
            Eu cada vez mais me convenco que sou bipolar, ou aspirante a tal, o que é bastante frustrante e triste ao mesmo tempo.

            Já tiveste algum acompanhamento profissional? Acima de tudo, não tires conclusões sem teres um conhecimento concreto do que se passa contigo. É bastante recorrente a atribuição de rótulos errados, mesmo por parte de profissionais. Nem tudo é preto ou branco, e existe muita sintomatologia psicológica que pode ser facilmente confundida ou interpretada de forma errónea. Mesmo que o pior cenário se confirme, neste caso, o diagnóstico de Bipolaridade, não tomes isso como uma derrota - existem, cada vez mais, tratamentos bastante eficazes no controlo dos seus sintomas.

              Bipolaridade
              #166

              Cardo

              • Visitante
              O problema é que vario de humor facilmente, e as minhas ideias mudam tambem... Já tive acompanhamento sim, não sou "bipolar", apesar de parecer ser.

              Acho que sou é desequilibrado  [smiley=confuso.gif].

                Bipolaridade
                #167

                Tommy

                • Visitante
                Cardo, como a PsyGirl_Av disse nem tudo é preto e branco. Os rótulos de doença X e Y que são atribuídos apesar de serem importantes para sistematizar e planear tratamentos não são coisas definitivas e são até mutáveis ao longo do tempo (e aqui falo não apenas de problemas da área psicológica como de outras doenças ditas físicas cujos critérios de diagnóstico também se vão alterando).
                As tuas variações de humor podiam encaixar em várias situações que não uma perturbação bipolar clássica tipo I ou II, como uma ciclotimia, entre outras.

                Mas mais uma vez, mas do que seres bipolar ou qualquer outra coisa o importante é que se aquilo por que passas te está a causar sofrimento e a incapacitar de alguma forma há que tentar abordar isso, mesmo que não preenchas os critérios de qualquer doença específica. Muitas vezes basta teres alguém que te ajude a tomar consciência do que se passa, dos teus sintomas e depois vires a desenvolver mecanismos próprios para conseguir lidar com eles sem que te afectem tão negativamente. Não sei se quando foste seguido chegaste a fazer algum tipo de tratamento, mas realmente não deves tomar a situação como uma derrota, há tratamentos quer farmacológicos quer psicológicos que são eficazes e há imensos exemplos até de pessoas com doença grave que melhoram e conseguem levar uma vida normal e altamente satisfatória.

                Qualquer coisa, dispõe! ;)

                  Bipolaridade
                  #168

                  Cardo

                  • Visitante
                  Cardo, como a PsyGirl_Av disse nem tudo é preto e branco. Os rótulos de doença X e Y que são atribuídos apesar de serem importantes para sistematizar e planear tratamentos não são coisas definitivas e são até mutáveis ao longo do tempo (e aqui falo não apenas de problemas da área psicológica como de outras doenças ditas físicas cujos critérios de diagnóstico também se vão alterando).
                  As tuas variações de humor podiam encaixar em várias situações que não uma perturbação bipolar clássica tipo I ou II, como uma ciclotimia, entre outras.

                  Mas mais uma vez, mas do que seres bipolar ou qualquer outra coisa o importante é que se aquilo por que passas te está a causar sofrimento e a incapacitar de alguma forma há que tentar abordar isso, mesmo que não preenchas os critérios de qualquer doença específica. Muitas vezes basta teres alguém que te ajude a tomar consciência do que se passa, dos teus sintomas e depois vires a desenvolver mecanismos próprios para conseguir lidar com eles sem que te afectem tão negativamente. Não sei se quando foste seguido chegaste a fazer algum tipo de tratamento, mas realmente não deves tomar a situação como uma derrota, há tratamentos quer farmacológicos quer psicológicos que são eficazes e há imensos exemplos até de pessoas com doença grave que melhoram e conseguem levar uma vida normal e altamente satisfatória.

                  Qualquer coisa, dispõe! ;)

                  Eu quando fui acompanhado, fiz psicoterapia durante quase 1 ano (1 vez por semana) mas foi porque sofria de ansiedade generalizada e depressão, e claro que, nas sessoes referia as minhas variações de humor (mais de personalidade). Melhorei um pouco, tomei durante algum tempo antidepressivos e ansioliticos, e neste momento estou bem melhor, e não tomo nada, mas sinto que necessito novamente de apoio psicológico, porque estou novamente a ficar desiquilibrado, ansioso, com sentimentos de culpa, e de pensamentos autodestrutivos. Por outro lado, sinto que sou merecedor disto, porque fui eu que o causei.

                    Bipolaridade
                    #169

                    Tommy

                    • Visitante
                    Não te conheço Cardo mas esse sentimento parece-me natural e compreensível apesar não ser verdade, a culpa não é tua nem foste tu que causaste a situação, são coisas que acabam por fugir ao nosso controlo... E sem dúvida nenhuma que não mereces estar a passar mal, deves tentar ao máximo evitar pensar dessa forma.  Acho que se te sentes assim deves mesmo, se possível, voltar a procurar algum profissional que te acompanhe, de preferência alguém com quem te sintas bem. É importante que consigas quebrar esse ciclo... Não te conheço mas provavelmente os teus sintomas depressivos e ansiosos é que estão na base do resto, e certamente está tudo relacionado e vai-se auto-perpetuando, já que tudo isso te desequilibra o dia a dia, te pode fazer tomar atitudes das quais te vens a arrepender e se traduzem nesses sentimentos de culpa de que falas.

                    Volto-te é a dizer que tenta não te deixar desesperar, tudo tem solução e é perfeitamente possível que consigas viver sem todo esse tumulto e ganhar recursos para que nas fases mais negativas que irão sempre existir consigas lidar com o que sentes de forma a que não recaias


                      Bipolaridade
                      #170

                      Cardo

                      • Visitante
                      Não te conheço Cardo mas esse sentimento parece-me natural e compreensível apesar não ser verdade, a culpa não é tua nem foste tu que causaste a situação, são coisas que acabam por fugir ao nosso controlo... E sem dúvida nenhuma que não mereces estar a passar mal, deves tentar ao máximo evitar pensar dessa forma.  Acho que se te sentes assim deves mesmo, se possível, voltar a procurar algum profissional que te acompanhe, de preferência alguém com quem te sintas bem. É importante que consigas quebrar esse ciclo... Não te conheço mas provavelmente os teus sintomas depressivos e ansiosos é que estão na base do resto, e certamente está tudo relacionado e vai-se auto-perpetuando, já que tudo isso te desequilibra o dia a dia, te pode fazer tomar atitudes das quais te vens a arrepender e se traduzem nesses sentimentos de culpa de que falas.

                      Volto-te é a dizer que tenta não te deixar desesperar, tudo tem solução e é perfeitamente possível que consigas viver sem todo esse tumulto e ganhar recursos para que nas fases mais negativas que irão sempre existir consigas lidar com o que sentes de forma a que não recaias

                      Penso que sou mesmo desiquilibrado por vezes, talvez por experiencias menos positivas que tenha passado e isso reve-se na minha vida pessoa e no meu modo de viver, nem sempre com as melhores escolhas, ou escolhas não condicionadas pelo meu pensamento.

                      As minhas alterações de humor, bem como de "personalidade" e pensamento prendem-se talvez com o querer descobrir-me a mim e aos outros, o que por vezes leva a não ser autentico, consciente e muitas vezes de forma inconsciente, magoando e por vezes desrespeitando outras pessoas.

                      Dai achar que posso não ser bipolar, mas desiquilibrado, ou com o meu lado emocional muito perturbado.

                      Neste momento não tomo medicação para a depressão, nem ansiedade, e não faço terapia junto de um psicologo, algo que sinto que estou a precisar, mas infelizmente, a minha situação financeira não permite ter estes cuidados que deveria ter, porque um psicologo fica em média (os low cost que já há) em 30€/semana, o que é um valor já elevado para o meu orcamento. E os psicologos do SNS dão consultas nos hospitais publicos (1 dia inteiro à espera), e normalmente de mês a mês, quandop há vagas, num ambiente hospitalar e não ambiente calmo de um gabinete de psicologia.

                      Quanto aos psiquiatras do SNS, esses, dão sempre doses de "cavalo", lembro-me quando tive a primeira crise de depressao profunda, que fui de urgencia para o hospital e o Psiquiatra deu-me medicamentos que a Sra da Farmácia perguntou-me quantos anos tinha o idoso que ia tomar aquilo, porque são medicamentos de ultima geração que só se usam para quando já nada faz efeito....

                      Fui ao psiquiatra, a titulo particular, retirou-me os 7 medicamentos diferentes que tinha, e passou-me apenas um, que fez efeito.

                      Enfim, a vida é complicada e sei que tb complico por vezes....

                        Bipolaridade
                        #171

                        sleepy_heart

                        • Visitante
                        Não digo que não exista porque existe mas parece que pegou moda. Parece que uma lágrima num bom momento ou um sorriso numa tempestade são motivo para rotular. Se se fossem catar é que era.  [smiley=sim.gif]