rede ex aequo

Olá Visitante22.nov.2019, 23:28:06

Autor Tópico: Mitos Urbanos  (Lida 11484 vezes)

 
Mitos Urbanos
#0

Whisper

  • Visitante
Bem eu sempre tive uma pequena pancadazinha por lendas urbanas. Então vim aqui ver se alguem queria partilhar lendas que conhecam...

Aqui vão umas...

The babysitter story is truly an unforgettable urban legend, told at slumber parties everywhere. The tale has different variations but the spooky and downright terrifying elements remain the same.
As the story goes, a teenage girl is hired by a young couple to baby-sit their two small children. They go out to a dinner party and leave the girl to tend to the kids in a somewhat isolated, large house at the end of the block.
When the hour gets late, she puts the children to bed and sits down to watch some late-night TV. The phone starts ringing and startles the half-asleep teenager. When she answers it, she hears heavy breathing and a man tells her he is "coming to get her." While she is somewhat scared, she dismisses it as a prank phone call.
About 15 minutes later, the phone rings again. When she answers it, the man starts laughing and tells her that he is closer. The baby sitter is truly frightened now and calls the police.
They tell her that it's probably just a prank phone call, but they will try to trace the call -- so she must keep him on the line as long as possible if he calls another time. She once again settles down on the couch, not sleepy at all.
The phone rings a third time and the man tells her he has come for her and it's only a matter of time. He continues with some heavy breathing until the babysitter is so terrified that she hangs up the phone again.
She quickly decides to get the children and flee the house when the phone rings again. This time it is a policeman on the other end and he tells her frantically "GET OUT OF THE HOUSE NOW!" THE MAN IS INSIDE THE HOUSE AND IS CALLING FROM THE UPSTAIRS EXTENSION!"
She runs from the house as the police arrive. The madman escapes but they find the children upstairs dead and a bloody axe laying on the bedroom floor next to an open window.

Outra:

One day at a shopping mall in the afternoon, a woman was coming out of the mall from a shopping spree. She was in a happy mood. She had gotten to her car and loaded her stuff that she had bought into her trunk. When she was done loading, she shut the door of her trunk and she saw an old lady
standing by the passenger side of her car.
The old woman said "Would you be a darling and give me a lift home? I don't have a car and I was walking all day." The woman said "I'd be happy to." So she unlocked the door for the old woman.
As she started to make her way around the car to the driver's side, she started to feel uncomfortable. So when she got in the car, she looked in her purse and said "Darn, I can't find my credit card. I'm going inside to see if anybody found it." The old woman said "I'll wait for you here."
The woman left to go look for help. Then she found a security guard and told him the situation. They went back to the woman's car and the passenger door was wide open. On the seat of the car was a shopping bag that the old woman had been carrying. Inside of the bag was the old woman's dress and a gray haired wig, along with a huge butcher's knife and a roll of duct tape.

(desculpem la tar em ingles eu traduzi tudo e dp o pc blokeio e nao tive paciencia pa o fazer de novo lol)

    Mitos Urbanos
    #1

    Offline veronika

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Feminino
    • Me, Myself and I.
    Eu sei uma! PORTUGUESA SUA badalhoka! kem n sabe ingles ke sa lixe né? (eu por acaso sei lol  :P)

    um grupo de amigos resolveram ir ao cemiterio numa sexta feira 13 estavam entao a faxer uma sessao espirita numa tomba..kuando ouvem Sons estranhos vindos de tras de uns arbustos, desataram a correr kd chegaram a porta do cemiterio..a Vanessa tinha deixado cair o lenço dela, preferido como ela era uma porkitah Obrigou a sua namorada ir buscar "opah vai la buscar o lenço déb é o meu preferido" e a namorada la foi..e NUNCA MAIS FOI ENCONTRADA!
       Certo dia a vanessa (k ja andava pirada da cabeça por causa da namorada ter desaparecido  e ainda por cima cm o lenço preferido dela) estava em casa no sofá a ver tv sozinha kd lhe batem ah porta..KEM É? gritou a vanessa..ng respondeu..ela abriu a porta e kem era? ERa a namorada da vanessa toda cheia de sangue e moribunda (pronto tava morta-viva) "AKI ESTA O TEU LENÇO AMOR" disse ela pra a vanessa..e entregou-lhe o lenço todo ensanguentado e rasgado..a vanessa pirou ainda mais e foi posta num hospital sanitario LOL e agora dizem ke o fantasma da vanessa e da namorada vagueiam pelo cemiterio ah procura do lenço perdido!




    BOnito né??? 
      a vida é uma madrasta pra ti e dps morres!

      Mitos Urbanos
      #2

      Whisper

      • Visitante
      lolololololol es tum pavinha miuda!!!!! mas tenho k te dar credito teve piada =PP

        Mitos Urbanos
        #3

        MisticThought

        • Visitante
        Mas... há uma coisa que não percebo...  ???

        Se a namorada moribunda (vulgo morta-viva) chegou a casa da vanessa pirada com o lenço (embora ensanguentado e tal, coisa que uma lavagem não resolva), como andam agora as duas alminhas penadas a procura do lenço? Ele ja foi encontrado!  [smiley=preocupado.gif]

          Mitos Urbanos
          #4

          Whisper

          • Visitante
          lololol boa pergunta Mistic... veronika? =P

            Mitos Urbanos
            #5

            Ange

            • Visitante
            ei ei ei, eu ainda estou aqui! e porque é que estão a chamar a vanessa de porquinha?:P
            (completamente off-topic, só para atrofiar ::) :P :P talvez eu seja um mito urbano. amigos meus dizem:"esta rapariga não existe!")

             :-*

              Mitos Urbanos
              #6

              Offline veronika

              • *
              • Novo Membro
              • Género: Feminino
              • Me, Myself and I.
              epah..deixa-me inventar uma desculpa plausivel para a historia..Entao porque os espiritos repetem todos os dias o ke fixeram na noite ke morrem..percebes? mas so repetem se a morte for do tipo misteriosa se n souberem a causa da morte! (um exemplo se te suicidares..Vais cometer o mesmo suicidio todos os dias até as pessoas saberem a causa pk te mataste) é plausivel nao é?
                a vida é uma madrasta pra ti e dps morres!

                Mitos Urbanos
                #7

                Offline veronika

                • *
                • Novo Membro
                • Género: Feminino
                • Me, Myself and I.
                porque é que estão a chamar a vanessa de porquinha?:P


                 :-*
                epah é a vanessa da historia pah n percebeste nada  :P
                  a vida é uma madrasta pra ti e dps morres!

                  Mitos Urbanos
                  #8

                  Whisper

                  • Visitante
                  lolol entao entao menina de preto achas que Vanessa es so tu!? ai ai =PPP

                  Mistic entao, aceitas a resposta dela!?

                    Mitos Urbanos
                    #9

                    MisticThought

                    • Visitante
                    Um bocado confuso isso não? Já parece aquele filme em que se acorda sempre no mesmo dia!  lol Mas também não acho que se repita até as pessoas perceberem. Acima de tudo quem tem que perceber essa realidade são as pessoas que acabaram de morrer não? Não interessa o significado que dão a nossa morte, acho eu! E a vanessa é porquinha porque a namorada é uma morta-viva!  :devil

                      Mitos Urbanos
                      #10

                      Whisper

                      • Visitante
                      poracaso nunca precebei isso, por é que quando morrem e continuam espiritos repetem a mesma coisa todos os dias? No filme o ghost o gaju não repete, mas fica lá para ajudar a mulher... Tadinha da joana ja ta a ser chamada de morta viva e tudo! lol

                        Mitos Urbanos
                        #11

                        MisticThought

                        • Visitante
                        Ca pa mim elas andam juntinhas sim, mas n é a procura do lenço! nao nao!  lol

                          Mitos Urbanos
                          #12

                          Whisper

                          • Visitante
                          Hmm nunca ouvi falar desse filme... ai é Mistic? entao andam a procura do que!? Eu keria paxar 1 noite num cemiterio mas ninguem quer cmg =(

                            Mitos Urbanos
                            #13

                            MisticThought

                            • Visitante
                            Oh whisper precisas de desenhos??  :-X Não andam a procura de  nada! Andam juntinhas e tal e... aii aiiiii  lol

                              Mitos Urbanos
                              #14

                              Whisper

                              • Visitante
                              Então não sou eu que faço perguntas ingenuas!? Tive que perguntar =PPPP

                                Mitos Urbanos
                                #15

                                Offline pucco

                                • **
                                • Membro Júnior
                                • Género: Masculino
                                • Hi There..........PUCCA!!!!
                                Concordo com a vanessa eu tb sou um mito Urbano pq tb me dizem varias  vezes que eu não existo e se não existisse tinha de ser inventado :devil lol
                                  O pintor, antes de começar uma tela, vê o seu quadro mentalmente...
                                  Ao pensares em ti como uma pintura, o que vês?...
                                  Valerá a pena pintar esse quadro???        
                                  (Thomas Dreier)

                                  Mitos Urbanos
                                  #16

                                  Offline Elfo

                                  • ***
                                  • Membro Total
                                  • Género: Masculino
                                  • A man's character is his fate.- Heraclitus
                                  Um mito urbano que eu odeio e que se tornou um lugar-comum:
                                  Só usamos 10% do nosso cérebro....!!!! :o :o

                                  Como foi o Einstein que disse um disparate destes muita gente acredita... enfim..... ;) :)
                                    Depus a máscara, e tornei a pô-la.
                                    Assim é melhor.
                                    Sem a máscara.
                                    E volto à personalidade como a um términus da linha.

                                    Álvaro de Campos

                                    Mitos Urbanos
                                    #17

                                    Rogue

                                    • Visitante
                                    João e Ricardo eram inseparaveis. conheceram-se qundo os pais de ricardo, que eram emigrantes voltaram a terra natal. João era gay, pelo menos dizia ter consciencia disso, mas nunca se relacionara com um rapaz. Quando Riacrdo regressou de França ficou a morar numa cas em frente à de João. Foi ineveitavel, tornaram-se amigos, depois muito amigos, companheiros... mas pelos vistos os pais do Ricardo não acharam muita piada a toda aquela "amizade" e começaram a proibir O Ricardo de ver o João, mas não foi grande ideia dos pais porque eles acabavam por se ver lá no liceu. No entanto como fora da escola estavm poucas vezes juntos os encontros na escola tornaram-se mais intensos, estavam sempre a conversar nas aulas, quando não faltavam... E o director de turma contou a situação aos pais do Ricardo e do João. Meses mais tarde de autentica reclusão e depois de ter mudado de escola, ricardo nunca mais esteve com João, mas falavam muito por telefone, mas de dia para dia Ricardo estava cada vez amis deprimido efalava muitas vezes e preferir ser morto então, o que João entendia como tentar o suicidio. Num sabado á noite uma ambulancia à chamada para casa do Ricardo, este tinha sido encontrado morto com uma arma ao lado. João passou-se por completo, ficou completamente paranoico e acusava o pai do Ricardo de o ter morto. No dia do funeral Ricardo entrou no cimeterio e fez um escanda-lo, era ver a mães dele a ter um chelique ali mesmo e as tias a ampararem-na. e então ele, enquanto o expulsavam, disse algo do genero: " quem te deu o tiro ha-de ficar sem o dedo, nem o seja eu a arranca-lo", e não é que enqiato segurava no caixão para o enterrar, o dedo indicador do pai do ricardo ficou preso no sitio onde se segura o caixão e partiu-se toda!

                                      Mitos Urbanos
                                      #18

                                      Offline Mariazinha

                                      • ***
                                      • Membro Total
                                      • Género: Feminino
                                      • Live the life you love, love the life you live.
                                      Ah continuo a preferir a historia da vanessa e tal...  lol lol lol
                                      (sorry pelo off topic mas também é som mais um)   8)
                                        <Cleverly disguised as a responsible adult>

                                        Mitos Urbanos
                                        #19

                                        Rogue

                                        • Visitante
                                        um dia eide arranjar uma histori melhor lol

                                          Mitos Urbanos
                                          #20

                                          Rogue

                                          • Visitante
                                          Ok, é nestas alturas em que ter famili trás-montana é interessante. caso não sabem na aldeias mais fechadas abundam mitos que se perpetuam ao longo dos tempos, e não so, mesmo nos maeios mais urbanos ele existem, e muitos deles etaão relacionados com os meus antepaçados...
                                          Lembro-me do mito dos carvalhos, muitas vezes em discuções entre a minha avor o o meu pai relacionados com o facto de o meu pai não gostar de padres ela dizia algo do género " depois anda por ai a gemer pelos carvalhos", durante muito tempo ri-me de todas as vezes que ela tal coisa... Um dia eu perguntei-lhe que historia era essa, e ela contou-me que o meu avo e a irma dele ja tinham ouvido "as vozes do outro mundo", precisamente à beira dos carvalhos, segunda ela, as almas que tinham assuntos pendentes neste mundo não conseguiam partir e alojavam-se nos carvalhos para falar com os vivos. O mais estranho é que so o meu avo e a irma dele é que ouviam as tais vozes...

                                            Mitos Urbanos
                                            #21

                                            Offline candy cane

                                            • *****
                                            • Membro Vintage
                                            • Género: Feminino
                                            • Orquídea azul (ex nóvózélica)
                                              • não estou in the mood
                                            Alguma vez perdeu um órgão numa loja chinesa?

                                            Já quase todos ouviram a história: o pai deixou a filha à porta de uma loja chinesa e aguardou no estacionamento. Após uma longa espera, procurou-a no interior da casa comercial, mas ninguém a tinha visto. Num gesto de desespero, chamou a polícia, que, ajudada por cães treinados, conseguiu detectar a jovem. Estava escondida numa zona obscura, de acesso por alçapão, e em várias partes do seu corpo havia marcas enigmáticas. A jovem é libertada... pouco antes de ser "morta para tráfico de órgãos".

                                            A mensagem navegou na Internet, reenviada de amigo para amigo, daqui para um conhecido, e não tardou a correr de boca em boca por cidades e aldeias. Como qualquer boato, muitas vezes repetido, torna-se em "verdade". Uma verdade construída, ampliada pelo medo.

                                            E o que há, afinal, de verdade nesta história? Nada. Estamos perante um mito urbano, sustentado num rumor. Neste relato de tráfico de órgãos até entra a polícia, uma técnica usada para dar credibilidade. Contactadas pelo DN, as forças de segurança desmentem ter sido chamadas a qualquer loja chinesa. No departamento de relações públicas da GNR conhecem a mensagem, mas na sua área de jurisdição nunca foi solicitada a presença em casas comerciais de asiáticos. "Até à data não temos qualquer registo", esclarece o major Damião Ferreira, do Comando do Carmo da GNR, que cobre toda a região norte. Da Polícia Judiciária, resposta no mesmo sentido: "Não há qualquer investigação ou processo de investigação sobre essa matéria."

                                            Discriminados

                                            I Pin Xo, representante da comunidade chinesa em Portugal, vê o lançamento do boato como "uma tentativa de prejudicar o comércio" dos compatriotas. Neste momento, cidadãos chineses são proprietários de cerca de cinco mil estabelecimentos em todo o País. I Pin Xo, radicado há décadas no Porto, levanta outra suspeita, mais preocupante: o mirabolante caso do tráfico de órgãos de meninos "é uma coisa muito parecida com boatos lançados por um partido da extrema-direita" portuguesa. Neste momento, a comunidade chinesa, sublinha, sente-se "intimidada e discriminada".

                                            Quanto à origem da mensagem, existem apenas suspeitas, entretanto comunicadas às autoridades. E todos os elementos reunidos apontam para que o autor seja "um indivíduo da zona de Coimbra".

                                            Há uma coisa que ainda espanta I Pin Xo, após várias décadas a viver no nosso país: "Como é que os portugueses acreditam num boato destes? Será que não têm capacidade de distinguir o bem do mal?"

                                            Rosa Cabecinhas, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, que tem dedicado o percurso académico a estudar "a representação do outro", considera que quando há receio ou potencial ameaça social o boato multiplica-se com facilidade. Em relação à comunidade chinesa, lembra que, quando iniciou a investigação sobre a discriminação racial, perguntou num dos inquéritos quais os grupos étnicos existentes no nosso país. "Apenas 11% mencionaram espontaneamente os chineses." Uma década depois, em 2006, repetiu o estudo - e a percentagem subiu para 52%.

                                            Desconhecido

                                            José Azevedo, professor de Comunicação do Departamento de Sociologia da Universidade do Porto, adianta os "medos que há em relação à comunidade chinesa como um dos motores que explicam este tipo de histórias. Tradicionalmente relacionados com estereótipos que os ligam a vários tipos de tráfico e a algum secretismo, estão inseridos num contexto de receio, pelo seu crescimento acentuado, enquanto nação e enquanto povo. "Perante os receios e na ausência de informação, diz, as pessoas recorrem a estereótipos para 'encher histórias'."

                                            O facto de ser uma comunidade isolada, pouco dada ao convívio com outras nacionalidades, propicia este tipo de recurso. "Quando falha a informação, a tramitação passa pelos receios, facto que ajuda a propagar os rumores." Com os medos instalados, aponta ainda, "existem todas as condições para se propagar as histórias" mais estranhas, mais terríveis.

                                            A propagação do rumor poderá ainda ir beber a "outros interesses", nomeadamente de grupos que se sintam afectados pela concorrência comercial ou por algum tipo de excepção fiscal - outro mito - de que possa beneficiar. Sentimentos de alegada "injustiça" que favorecem a disseminação dos rumores.
                                               
                                            Alguma vez perdeu um órgão numa loja chinesa?
                                            "Só queria saber onde é a sala de operações"
                                            Ministério quer professores nas escolas mais 18 dias por ano, sem pausas
                                            Bento XVI pede justiça para vítimas de pedofilia em casos envolvendo padres
                                            Doutores palhaços levam remédios alternativos às crianças hospitalizadas

                                            Elsa Costa e Silva e Paula Ferreira
                                            Diário de Notícias: http://dn.sapo.pt/2006/10/29/sociedade/alguma_perdeu_orgao_numa_loja_chines.html
                                              Though nothing can bring back the hour
                                              Of splendor in the grass, of glory in the flower
                                              We will grieve not, but rather find
                                              Strength in what remains behind

                                              Wordsworth
                                              | www.naoestouinthemood.blogspot.com |

                                              Mitos Urbanos
                                              #22

                                              Kiko20

                                              • Visitante
                                              Um mito absurdo: a orientação da vulva das chinesas não é longitudinal mas sim transversal.

                                                Mitos Urbanos
                                                #23

                                                Thought

                                                • Visitante
                                                Na minha infância/adolescência adorava estes pequenos contos

                                                  Mitos Urbanos
                                                  #24

                                                  Offline nevertoolatetobehappy

                                                  • *****
                                                  • Associad@ Honorári@
                                                  • Membro Elite
                                                  • Género: Masculino
                                                  • Be yourself. Be happy. Be nice.
                                                    • Tiny Ripple Hope
                                                  Não sei se o que vou dizer a seguir pode ser considerado mito urbano, mas alguns dos mitos que mais confusão me fazem envolvem eventos que provocam paragem de digestão, como por exemplo cortar as unhas logo depois de comer. :P

                                                  Sent from my GT-I8150 using Tapatalk 2
                                                    "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                                                    Mitos Urbanos
                                                    #25

                                                    Offline João Santos

                                                    • **
                                                    • Membro Júnior
                                                    • Género: Masculino
                                                    Não sei se o que vou dizer a seguir pode ser considerado mito urbano, mas alguns dos mitos que mais confusão me fazem envolvem eventos que provocam paragem de digestão, como por exemplo cortar as unhas logo depois de comer. :P
                                                    Não sabia que as unhas faziam parte do sistema digestivo. :o ;D

                                                      Mitos Urbanos
                                                      #26

                                                      Offline Odra

                                                      • *****
                                                      • Membro Elite
                                                      • Género: Masculino
                                                      • Welcome to the Town of Gay! ;D
                                                      Como o nome diz, são apenas mitos, o que nem sempre acontecer é serem urbanos. :P

                                                      Segundo a minha avó, sempre que o mocho pia ao pé da casa dela, alguém nas, ou das redondezas, morre.   [smiley=maluco.gif]

                                                      E não sendo realmente um mito, o que vou dizer tem contornos de mito. A cantora Donna Summer, que morreu de cancro no pulmão, afirma que o cancro foi provocado pelos fumos que ela inalou no 11 de Setembro, e não por causa dos mais de 5 maços de tabaco que fumava por dia!  lol lol lol

                                                      Não sei se o que vou dizer a seguir pode ser considerado mito urbano, mas alguns dos mitos que mais confusão me fazem envolvem eventos que provocam paragem de digestão, como por exemplo cortar as unhas logo depois de comer. :P
                                                      Não sabia que as unhas faziam parte do sistema digestivo. :o ;D

                                                      Os mitos relacionados com paragem de digestão tiram-me do sério...  >:( >:( (Ainda este verão, ouvi uma alma a ficar escandalizada por eu ir tomar duche depois de almoço [smiley=maluco.gif] )
                                                        Estamos a fazer um jogo. Lançam-se os dados e quem obtiver maior pontuação faz uma pergunta aos restantes jogadores. Utilizaremos um dado com 20 lados. /roll 1d20

                                                        Nível de originalidade: o mais alto de todos!
                                                        lol

                                                        Mitos Urbanos
                                                        #27

                                                        Hiraeth

                                                        • Visitante
                                                        Um mito absurdo: a orientação da vulva das chinesas não é longitudinal mas sim transversal.

                                                         lol !
                                                        Isso não é um mito, é um mitão! Acho que foi o que ouvi mais vezes.

                                                           

                                                          Tópicos relacionados

                                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                                          31 Respostas
                                                          17692 Visualizações
                                                          Última mensagem 1 de Dezembro de 2009
                                                          por Brisingree
                                                          Mitos sobre lésbicas/gays

                                                          Iniciado por Honey « 1 2 3 » Geral

                                                          41 Respostas
                                                          7972 Visualizações
                                                          Última mensagem 25 de Junho de 2011
                                                          por Draco