rede ex aequo

Olá Visitante04.jul.2020, 02:13:55

Autor Tópico: pensamentos obcessivos  (Lida 1669 vezes)

 
pensamentos obcessivos
#0

Offline opsneeps

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
olá meu nome é Hugo eu desde uns dias atrás desde que começou aqui as aulas, eu fui começando a pensar coisas em que nao devia, nomeadamente ser gay, sei que não o sou e sinto-me muito bem com isso, mas depois entraram alunos para a minha turma e eu fui começando a pensar que eu era gay, eu achei um rapaz que tinha um estilo mais bonito e etc, mas não sinto nada, apenas sempre Gostei e sempre vou gostar de raparigas, já fiz nomeadamente amor na qual eu me sentia muito bem com a minha ex, mas eu não percebo porque tenho estes pensamentos, talvez porque no passado, me comportei um pouco mal, fui abusado mais ou menos quando tinha 10 anos e chupei o pénis de um rapaz, mas eu nem sabia o que sentia, agora eu fico com trauma a pensar que sou gay, ou bi, na qual eu nunca fui nem nunca me senti atraído por um rapaz, gostava mesmo que me pudessem ajudar com os meus pensamentos à cerca disto, torna-se obcessivo pensar em coisas que não sou e agora tenho andado a pensar como seria ter relações sexuais com rapazes, e não me imagino sequer, não gosto, e nem tenho qualquer tipo de tesão, não sei porque eu penso muito nisto, ajudem-me eu só quero ser feliz nomeadamente com uma rapariga, para além disso, sempre lidei com amigos gays, mas digam-me como tirar estes pensamentos da cabeça, e como tirar o rapaz que eu tenho na turma da cabeça, so me vai parecer que sou uma coisa que não sou, nem tenho qualquer tipo de vontade de beijar, nem sequer penso nisso, não gosto, só gostava de me livrar destes pensamentos, talvez porque é um trauma desde pequeno, não sei, porque eu nem sabia o que estava a fazer naquela altura,  por favor ajudem-me eu não paro de pensar em algo que não sou, pensamentos obcessivos, obrigado, desde já!  :)

    pensamentos obcessivos
    #1

    Offline caires

    • *****
    • núcleo lgbti funchal
    • Membro Elite
    • Género: Masculino
    • coordenador núcleo lgbti funchal | direção rea
      • núcleo lgbti funchal
    Olá Hugo! Tem calma, estamos aqui para te ajudar. :)

    Não sei com que idade tiveste esses episódios, mas vou-te contar um pouco sobre mim porque revi-me um pouquinho na tua história.

    Quando eu tinha quatro anos tinha uma vizinha - com os seus 25/30 anos - que me abusou sexualmente várias vezes. Mais tarde, com cinco/seis anos comecei a ter esses abusos por parte de um familiar, um primo que tinha o dobro ou mais do dobro da minha idade. Quando eu digo abusos não falo em violações, porque não foi de todo o que aconteceu. Mas a juntar a isto, tive ainda um outro episódio, mas na altura com um rapaz apenas com mais dois anos que eu, em que ele me quis obrigar a fazer-lhe sexo oral. Eu agora tenho 22, aceito-me como sou e sou feliz com isso. :P Além de que, se estas experiências sociais tivessem tido assim tanta influência na minha vida, provavelmente seria bissexual e não homossexual, já que tive experiências com os dois sexos.

    E porque é que eu te estou a contar isto? Porque a certa altura tive a sensação que foram episódios como estes que me tornaram homossexual. Mas deixei de me preocupar em procurar a razão por sê-lo, porque é o seguinte: está comprovado que a orientação sexual não só é genética como também tem influências do ambiente, da educação, das nossas experiências sociais. Ou seja, é tão provável eu ser homossexual por estes episódios como sê-lo por razões genéticas ou outras quaisquer razões. Até porque abusos sexuais na infância e adolescência são muito mais frequentes do que tods nós pensamos...

    Quanto ao restante que referiste, fiquei um pouquinho confuso. Pensas bastante nesse rapaz da tua turma, mas dizes que não em beijá-lo ou coisas do género... em que pensas em relação a esse rapaz, então? Em estar com ele? Na sua amizade? O estilo dele que é interessante?

    Em último caso, se achares que é mesmo um trauma e que é algo que te está a incomodar imenso, acho que devias consultar um psicólogo para que ele te ajude a arrumar as tuas ideias e tudo isso que sentes.

    pensamentos obcessivos
    #2

    Offline opsneeps

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Masculino
    sim, é automaticamente quando eu penso que sou gay, penso no rapaz só por o simples facto de ter gostado do estilo dele, mas não sou gay ja tive grande relação com raparigas e à custa disto não estou a conseguir voltar ao que era, estes pensamentos são repetitivos, não sei o que se passa comigo, eu não me imagino nem sequer a beijar rapazes é muito ugh, mas o que quiseste dizer sobre isto tudo? o que realmente me atrai são raparigas e eu não quero deixar de sentir isso só por pensar no meu passado e nestas coisas todas repetitivas!

      pensamentos obcessivos
      #3

      Offline caires

      • *****
      • núcleo lgbti funchal
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      • coordenador núcleo lgbti funchal | direção rea
        • núcleo lgbti funchal
      O que eu quis dizer é que já passei por uma fase parecida à tua, em que estive com um pensamento constante de que os abusos sexuais fizeram de mim homossexual. O que é relativo. Mas mais tarde acabei por me identificar como homossexual.

      Penso que, no teu caso, devias mesmo consultar um psicólogo para ele te ajudar. :/ Eu quando passei por uma fase semelhante ao que estás a passar tive o apoio de uma psicóloga e ajudou um pouco. Até lá, tenta refletir sobre o que realmente sentes em relação a esse rapaz, se é de facto o estilo dele que te fascina ou se é algo mais físico. Se é curiosidade, por exemplo. Ou se és heterossexual e tens curiosidade em relação ao mesmo sexo... isso acontece e não tem mal nenhum. Pensa um pouco sobre isso, mas com calma e sem esse grande medo em seres de facto gay ou bissexual.

      Desculpa a pergunta, mas tens que idade? E esse pensamento de seres gay ou bi aconteceu apenas este ano ou é algo que já vens a pensar há algum tempo?

      pensamentos obcessivos
      #4

      Offline opsneeps

      • *
      • Novo Membro
      • Género: Masculino
      Quando namorei, tudo se passou para trás, só sentia o amor de mim e a minha ex, mas eu não quero ser gay, nem bi eu quero apenas raparigas, esse rapaz não me fascina nada nem me atrai sexualmente, eu não sei porque tenho estas coisas na minha mente eu simplesmente quero esquecer este facto de ser gay ou bi, quero voltar ao que estava àuns tempos sem me lembrar de que tive este passado, isto ocorreu mt mais na minha mente este ano, mas já pensava um pouco 'eu sou gay' mas não levava tão a sério porque namorava e tudo me fazia esquecer porque eu a amava de verdade.. Tenho 17 anos, isto pode fazer com que a minha relação com as raparigas mude? O facto de estar sempre a pensar nestas coisas? Eu a pensar em raparigas eu gosto de pensar nisso ja em rapazes nao gosto muito de pensar em relações sexuais.. Eu normalmente quando penso em beijar alguma rapariga o meu pénis sobe, quando penso sequer em um rapaz a fazer isso, não acontece nada nem me sinto atraído e não gosto..

        pensamentos obcessivos
        #5

        Offline searching_the_love

        • ***
        • Membro Total
        • Género: Masculino
        opsneeps, parece-me que vai aí muita confusão... Se não gostas de rapazes, se para ti beijar rapazes é "ugh", se cada vez que pensas em raparigas o teu pénis sobe, então não és gay. Tens é de aceitar que pensar em rapazes não te faz automaticamente gay, tal como eu, se pensar em raparigas, não sou hetero...

        Creio que estás com algum tipo de crise de identidade, o que na tua idade é normal. E também parece-me que estás a pensar demasiado no assunto, com muita influência da sociedade actual (um pouco como a história antigamente que se um homem chorava ou tinha sentimentos era um fraco, não era macho). Estás a interpretar os teus pensamentos para o lado negativo, estilo "estou a pensar em homens, logo sou gay e ser gay é mau, logo não quero". Mas não é assim que funciona...

        Leva-o com calma e não penses se és gay, hetero, bi, G0y, boy, bay, troy. O que interessa é: por quem te sentes atraído: sexo feminino. Já está, és hetero. E não tenhas receio em pensar em homens, não é isso que te faz homossexual, o que te faz homossexual é olhar para um rapaz e ter uma erecção incontrolável, ter uma incrível vontade de beijar um homem, ter sexo com ele. Isso é o que te faz homossexual. Não é gostar do estilo de um rapaz.

           

          Tópicos relacionados

            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
          184 Respostas
          38923 Visualizações
          Última mensagem 6 de Junho de 2013
          por Cardo
          1427 Respostas
          239147 Visualizações
          Última mensagem 13 de Maio
          por unfold
          Pensamentos

          Iniciado por HR « 1 2  Todas » Apoio

          36 Respostas
          5085 Visualizações
          Última mensagem 14 de Maio
          por unfold