rede ex aequo

Olá Visitante19.nov.2019, 00:28:56

Autor Tópico: Citações de livros  (Lida 25171 vezes)

 
Serenidade todos os dias
#20

Offline Thumbnail

  • *****
  • Membro Vintage
  • Género: Masculino
  • Ecce Somnium!
    • Bravis esse laboro, obscuro fio
Serenidade é paz e paz é harmonia em nós mesmos. Sejamos fieis a nós próprios e saibamos os nossos limites nesse paralelo que é o qui pro quo dos outros. Assim, seremos o limite do equillibrium.
    Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

    Histórias aos Pedaços - Que passagem mais vos tocou depois de ler um livro?
    #21

    Offline Mitzrael

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Feminino
    "Um livro é uma janela pela qual nos evadimos" (Julian Green)

    Criei este tópico para termos um "espaço" onde as recordações das "viagens" podem ser partilhadas!
    Um "espaço" onde seja possível transcrever algo que nos tenha tocado ou ficado na memória depois de ler um livro...

    « Última modificação: 16 de Janeiro de 2012 por Boreas »

      Histórias aos Pedaços
      #22

      Offline Mitzrael

      • *
      • Novo Membro
      • Género: Feminino
      "Caminho: faixa de terra sobre a qual se anda a pé. A estrada distingue-se do caminho não só por ser percorrida de automóvel, mas também por ser uma simples linha ligando um ponto a outro. A estrada não tem em si própria qualquer sentido; só têm sentido os dois pontos que ela liga. O caminho é uma homenagem ao espaço. Cada trecho do caminho é em si próprio dotado de um sentido e convida-nos a uma pausa. A estrada é uma desvalorização triunfal do espaço, que hoje não passa de um entrave aos movimentos do homem, de uma perda de tempo.
      Antes ainda de desaparecerem da paisagem, os caminhos desapareceram da alma humana: o homem já não sente o desejo de caminhar e de extrair disso um prazer. E também a sua vida ele já não vê como um caminho, mas como uma estrada: como uma linha conduzindo de uma etapa à seguinte, do posto de capitão ao posto de general, do estatuto de esposa ao estatuto de viúva. O tempo de viver reduziu-se a um simples obstáculo que é preciso ultrapassar a uma velocidade sempre crescente."

      Milan Kundera, in "A Imortalidade

        Histórias aos Pedaços
        #23

        SeaMari

        • Visitante
        Gosto deste tópico!
        "Nem sempre se pode ter tudo, quantas vezes pedindo isto se alcança aquilo, que esse é o mistério das orações, lançamo-las ao ar com uma intenção que é nossa, mas elas escolhem o seu próprio caminho, às vezes atrasam-se para deixar passar outras que tinham partido depois, e não é raro que algumas se acasalem, assim nascendo orações arraçadas ou mestiças, que não são nem o pai nem a mãe que tiveram (...)" In Memorial do Convento de José Saramago

          Histórias aos Pedaços
          #24

          Offline Mitzrael

          • *
          • Novo Membro
          • Género: Feminino
          "O medo não é sinal de cobardia. É ele que nos dá a possibilidade de agir com bravura e dignidade perante as situações da vida. Quem sente medo - e apesar disso segue em diante, sem se deixar intimidar - está a dar uma prova de valentia.
          Quem, no entanto, enfrenta situações arriscadas sem se dar conta do perigo, demonstra apenas irresponsabilidade".

          Paulo Coelho in Maktub

            Histórias aos Pedaços
            #25

            SeaMari

            • Visitante
            "Era um homem amável e delicado, ansioso por agradar e ser aceito, por isso tinha imaginado todas as formas possíveis de fazer amor sem usar os lábios. Transformara as mãos e todo o resto de seu corpo pesado em um instrumento muito sensível, capaz de aconchegar uma mulher bem disposta, até culminá-la de felicidade. Esse encontro foi tão definitivo para nós dois, que poderia ter sido uma cerimônia solene, mas em troca, foi alegre e risonha. Penetramos juntos em um espaço próprio, onde inexistia o tempo natural, e durante aquelas horas magníficas, pudemos viver em absoluta intimidade, sem pensar em outra coisa além de nós mesmos, dois companheiros impudicos e brincalhões, dando e recebendo."
            In Eva Luna, Isabel Allende

              Histórias aos Pedaços
              #26

              Offline Mitzrael

              • *
              • Novo Membro
              • Género: Feminino
              "Dizia ela: - Nunca mais tirarei os olhos de ti. Vou olhar para ti ininterruptamente.
              E, depois de uma pausa: - Tenho medo quando o meu olho pisca. Medo de que, durante esse segundo em que o meu olhar se apaga, se introduza no teu lugar uma serpente, uma ratazana, outro homem.
              Ele tentava erguer-se um pouco para lhe tocar com os lábios.
              Ela abanava a cabeça: - Não, só quero olhar para ti.
              E depois: - Vou deixar o candeeiro aceso toda a noite. Todas as noites."

              Milan Kundera in Identidade

                Histórias aos Pedaços
                #27

                SeaMari

                • Visitante
                "Sometimes fate is like a small sandstorm that keeps changing directions. You change direction but the sandstorm chases you. You turn again, but the storm adjusts. Over and over you play this out, like some ominous dance with death just before dawn. Why? Because this storm isn't something that blew in from far away, something that has nothing to do with you. This storm is you. Something inside of you. So all you can do is give in to it, step right inside the storm, closing your eyes and plugging up your ears so the sand doesn't get in, and walk through it, step by step. There's no sun there, no moon, no direction, no sense of time. Just fine white sand swirling up into the sky like pulverized bones. That's the kind of sandstorm you need to imagine.

                An you really will have to make it through that violent, metaphysical, symbolic storm. No matter how metaphysical or symbolic it might be, make no mistake about it: it will cut through flesh like a thousand razor blades. People will bleed there, and you will bleed too. Hot, red blood. You'll catch that blood in your hands, your own blood and the blood of others.

                And once the storm is over you won't remember how you made it through, how you managed to survive. You won't even be sure, in fact, whether the storm is really over. But one thing is certain. When you come out of the storm you won't be the same person who walked in. That's what this storm's all about."
                In Kafka à Beira-Mar de Haruki Murakami

                (sorry, só encontrei esta parte em inglês e não em português mas é especial para mim ^^)

                  Histórias aos Pedaços
                  #28

                  Offline Mitzrael

                  • *
                  • Novo Membro
                  • Género: Feminino
                  "Durante toda a minha vida, entendi o amor como uma espécie de escravidão consentida. É mentira: a liberdade só existe quando ele está presente. Quem se entrega totalmente, quem se sente livre, ama plenamente. E quem ama plenamente, sente-se livre. (...) Essa é a verdadeira experiência de liberdade: ter a coisa mais importante do mundo, sem a possuir."

                  "Pensei muito e descobri que não entrei naquele café por acaso; os encontros mais importantes já foram combinadas pelas almas antes mesmo de os corpos se verem. Geralmente, esses encontros acontecem quando chegamos a um limite, quando precisamos de morrer e de renascer emocionalmente. (...) Todos sabem amar, pois já nasceram com esse dom. Algumas pessoas já o fazem naturalmente bem, mas a maioria tem de reaprender, relembrar como se ama, e todos - sem excepção - precisam de arder na fogueira das suas emoções passadas, reviver algumas alegrias e dores, quedas e subidas, até conseguirem ver o fio condutor que existe para trás de cada novo encontro; sim, existe um fio ali."

                  "Em todas as línguas do mundo existe um mesmo ditado: o que os olhos não vêem, o coração não sente. Pois eu afirmo que não há nada de mais falso do que isso; quanto mais longe, mais perto do coração estão os sentimentos que procuramos sufocar e esquecer. Se estamos no exílio, queremos guardar cada pequena lembrança das nossas raízes, se estamos distantes da pessoa amada, cada pessoa que passa na rua nos faz lembrar dela."

                  Paulo Coelho in Onze Minutos

                    Histórias aos Pedaços
                    #29

                    SeaMari

                    • Visitante
                    "Happiness can be found, even in the darkest of times, if one only remembers to turn on the light."

                    J.K. Rowling in Harry Potter and the Prisoner of Azkaban, 2004, spoken by the character Albus Dumbledore.

                    (como hoje estreiou a ultima parte do Harry Potter em Londres e eu sou uma grande fã que já devorou os livros todos  [smiley=orgulhoso.gif] lol)

                      Histórias aos Pedaços
                      #30

                      Offline Mitzrael

                      • *
                      • Novo Membro
                      • Género: Feminino
                      "A única maneira de libertar-se de uma tentação é entregar-se a ela. Resista, e a sua alma adoecerá de desejo das coisas que ela a si mesma se proibiu, com o desejo daquilo que as suas leis monstruosas tornaram monstruoso e ilícito".

                      Oscar Wilde in Retrato de Dorian Gray

                        Histórias aos Pedaços
                        #31

                        SeaMari

                        • Visitante
                        "Thing to remember is, if we´re all alone, then we´re all together in that too" -Patricia

                        Esta frase é do livro que depois foi um sucesso em filme, o "P.S. I love you". Nunca vi o filme. Só li o livro e chorei imenso xD

                          Histórias aos Pedaços
                          #32

                          Spring

                          • Visitante
                          "O medo não é sinal de cobardia. É ele que nos dá a possibilidade de agir com bravura e dignidade perante as situações da vida. Quem sente medo - e apesar disso segue em diante, sem se deixar intimidar - está a dar uma prova de valentia.
                          Quem, no entanto, enfrenta situações arriscadas sem se dar conta do perigo, demonstra apenas irresponsabilidade".
                          Paulo Coelho in Maktub

                           :up

                            Histórias aos Pedaços
                            #33

                            Offline Mitzrael

                            • *
                            • Novo Membro
                            • Género: Feminino
                            "Tens medo de fazer amor comigo?
                            -Tenho-respondeu ele.
                            -Por eu ser preta?
                            -Tu não és preta.
                            -Aqui, sou.
                            -Não, não é por seres preta que tenho medo.
                            -Tens medo que eu esteja doente...
                            -Sei prevenir-me.
                            -É porquê, então?
                            -Tenho medo de não regressar. Não regressar de ti."

                            Mia Couto in Venenos de Deus, Remédios do diabo

                              Histórias aos Pedaços
                              #34

                              SeaMari

                              • Visitante
                              Albus Dumbledore
                              "Of course it is happening inside your head, Harry, but why on earth should that mean that it is not real?"

                              J.K. Rowling inHarry Potter and the Deathly Hallows


                              Adoro esta frase :)

                                Histórias aos Pedaços
                                #35

                                Offline Mitzrael

                                • *
                                • Novo Membro
                                • Género: Feminino
                                "E quando à tua frente se abrirem muitas estradas e não souberes a que hás-de escolher, não metas por uma ao acaso, senta-te e espera. Respira com a mesma profundidade confiante com que respiraste no dia em que vieste ao mundo, e sem deixares que nada te distraia, espera e volta a esperar. Fica quieta, em silêncio, e ouve o teu coração. Quando ele te falar, levanta-te, e vai para onde ele te levar" .

                                Susanna Tamaro in Vai onde te leva o coração


                                  Histórias aos Pedaços
                                  #36

                                  SeaMari

                                  • Visitante
                                  "Em dezanove minutos podemos cortar a relva do jardim, pintar o cabelo, assistir a um terço de um jogo de hóquei. em 19 minutos podemos fazer scones ou arranjar um dente no dentista; podemos dobrar a roupa de uma família de cinco pessoas. 19 minutos foi o tempo necessário para que os Tennesse Titans esgotassem os bilhetes para as finais. é a duração de um episódio de uma série cómica, sem contar com os anúncios. é a distância de automóvel entre a fronteira do Vermont e a cidade de Sterling, no New Hampshire. em 19 minutos podemos encomendar uma pizza e recebê-la em casa. podemos ler uma história a uma criança ou mudar o óleo do carro. podemos andar 1,5km. podemos coser uma bainha. em 19 minutos podemos parar o mundo, ou podemos simplesmente saltar para fora dele. em 19 minutos podemos vingar-nos."

                                  Jodi Picoult in Dezanove Minutos

                                    Histórias aos Pedaços
                                    #37

                                    Offline thehip

                                    • ***
                                    • Membro Total
                                    • Género: Feminino
                                    Gosto muito deste tópico  :)

                                    "Polónio: (...) S^e simples, mas nunca vulgar. (...)" 

                                    William Shakespeare in Hamlet

                                      Histórias aos Pedaços
                                      #38

                                      Offline Mitzrael

                                      • *
                                      • Novo Membro
                                      • Género: Feminino
                                      “Nem sempre casaremos com a alma a que estamos mais fortemente ligados. Pode existir mais do que uma para nós, pois as famílias de almas viajam juntas. Podemos decidir casar com uma alma companheira à qual estamos menos ligados, uma que tenha algo específico para nos ensinar ou para aprender connosco. O reconhecimento de uma alma gémea pode acontecer mais tarde, depois de ambos estarem comprometidos com as famílias da vida actual. Ou a alma a que estamos mais fortemente ligados pode ser um dos nossos pais, um filho, um irmão. Ou a ligação mais forte pode ser com uma alma que não tenha encarnado durante a nossa vida, mas que está a tomar conta de nós do outro lado, como um anjo da guarda.

                                      Por vezes, a nossa alma gémea está disponível e disposta a uma relação. Ele ou ela podem reconhecer a paixão e a química entre os dois, os laços íntimos e subtis que implicam ligações ao longo de muitas vidas. No entanto, ele ou ela podem ser prejudiciais para nós. É uma questão de desenvolvimento de almas. Se uma alma é menos desenvolvida e mais ignorante do que a outra, traços de violência, avareza, ciúme, ódio e medo podem surgir na relação. Estas tendências são prejudiciais para a alma mais evoluída, mesmo vindo de uma alma gémea. Frequentemente, fantasias de salvamento surgem com o pensamento “Eu posso mudá-lo; eu posso ajudá-lo a crescer.” Se ele não permitir a nossa ajuda, se no seu livre arbítrio decidir não aprender, não crescer, a relação está condenada. Talvez haja outra oportunidade noutra vida, a não ser que ele acorde tarde, mas acorde, nessa mesma. Despertares tardios, também acontecem.

                                      Por vezes, as almas gémeas decidem não casar enquanto encarnadas. Fazem por se conhecer, por se manter juntas até que a tarefa acordada esteja cumprida e, então, continuam. Os seus projectos, os seus planos de aprendizagem para toda a vida são diferentes e não querem ou não precisam de passar a vida juntas. O que não é uma tragédia, apenas uma questão de aprendizagem. Têm a vida eterna juntas, mas por vezes necessitam de participar em aulas separadas. Uma alma gémea que esteja disponível, mas adormecida, é uma figura trágica e pode causar grande angústia. Adormecida significa que ele ou ela não vê a vida claramente, não está consciente dos vários níveis de existência. Adormecido significa não saber nada sobre almas. Geralmente é a consciência prática do quotidiano que impede o despertar. Ouvimos as desculpas da mente todo o tempo. Sou demasiado jovem; necessito de mais experiência; ainda não estou pronto para assentar; és de uma religião diferente (ou raça, região, estrato social, nível intelectual, base cultural, e assim sucessivamente)”. Isto são desculpas, pois as almas não possuem nenhum destes atributos.

                                      A pessoa pode reconhecer a química. A atracção está lá em definitivo mas a origem da química não é compreendida. É ilusório acreditar que essa paixão, esse reconhecimento da alma, essa atracção sejam facilmente encontrados de novo com outra pessoa. Não se tropeça numa alma gémea todos os dias, talvez só mais uma ou duas vezes na vida. A graça divina pode recompensar um bom coração, uma alma cheia de amor. Nunca nos devemos preocupar em encontrar a alma gémea. Tais encontros são coisa do destino. Ocorrerão. Depois do encontro, reina o livre arbítrio de ambas as partes. Que decisões são ou não tomadas é uma questão de livre arbítrio, de escolha. Os mais adormecidos tomarão decisões baseados na mente e em todos os seus medos e preconceitos. Isto muitas vezes resulta em corações partidos. Quanto mais desperto estiver o casal, maior a probabilidade de uma decisão ser baseada no amor. Quando os dois parceiros estão despertos, o êxtase está ao seu alcance".

                                      Brian L. Weiss. In Só o amor é real

                                        Histórias aos Pedaços
                                        #39

                                        SeaMari

                                        • Visitante
                                        O que é que há, pois, num nome? Aquilo a que chamamos rosa, mesmo com outro nome, cheiraria igualmente bem.

                                        William Shakespeare in Romeo and Juliet

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          156 Respostas
                                          25166 Visualizações
                                          Última mensagem 12 de Janeiro de 2015
                                          por unicorn39
                                          5 Respostas
                                          3404 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Fevereiro de 2011
                                          por Soraia Alice
                                          4 Respostas
                                          1603 Visualizações
                                          Última mensagem 11 de Outubro de 2012
                                          por indeedmydear
                                          133 Respostas
                                          17782 Visualizações
                                          Última mensagem 3 de Fevereiro
                                          por Donald
                                          7 Respostas
                                          1853 Visualizações
                                          Última mensagem 26 de Novembro de 2013
                                          por Thought