rede ex aequo

Olá Visitante14.out.2019, 16:28:35

Autor Tópico: O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?  (Lida 1488 vezes)

 
O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
#0

Offline JustSad

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque ao aceitar de nada bom vem?

O que quero dizer com isto é:

   Para quê perder tempo a tentar aceitar que seja gay, quando mesmo tentando, o resultado é o mesmo de sempre - vontade de não o ser!

   Isto deve parecer que estou em face de negação, e bla bla... Não é bem assim...
 
   Nos meus 20 anos aceitei-me e contei a familia, amigos e ate colegas souberam e eu não dei importancia, mesmo que ate tenha tido alguma discriminação.
   Hoje, aos 28 anos deparo com uma realidade...

    O mundo gay foi quase como uma porta para aquilo que queria porque não conseguia com as raparigas, pelo menos na altura... Namorar!
    Quando percebi que era gay, pensei que ate fosse esse o caso de não ter sorte com gajas (nunca tive nada com gajas) e que com gajos seria mais facil ou melhor, que ao aceitar-me e procurar alguém iria ser happy!

     Mas era ingenuo até ao pescoso!
     No fim de tanto conhecimento do mundo gay, de aceitar-me, de até explicar certos assuntos a familiares... Acabo por perceber de que de nada serviu esse empenho!
   
     Como se tivesse lutado por algo irreal...
     Porque lutei na esperança de amar alguém e ser amado, até mais que uma vez, já que as relações não duram para sempre.

      E sabem o que tive?
      Nada!
 
      Perdido na desilusão e na esperança de encontrar alguém, deparar com um mundo que se não procurar também não se encontra mesmo nada, mas os que se encontra, de nada serve...

      Cheguei quase por ter como sonho encontrar alguém, e o tempo ia passando e nada... Conhecer rapazes, e não gostar...
      E deparar-me a gostar de outros no local de trabalho que eram heteros...

      Imaginem: Querer encontrar alguém - Começar a gostar de homens no local de trabalho à qual fantasiava ou iludia-me de que poderiam ser gays - Resultado era sempre o mesmo - Eram heteros com namoradas e muito felizes - E eu? Frustrado porque aquilo que desejo nunca o tenho, e como resultado disto - Acabo por perceber que o mal sou eu - O mal é esta porcaria desta homossexualidade, esta praga nojenta que nasceu comigo só para me fazer um pobre infeliz que nunca na vida teve alguém...

       Sinto a cada momento raiva de ser gay, e vou fazer o que poder para deixar de o ser!

       Estou cansado de pensar positivo, de conhecer pessoas, de sair, fazer amigos, para o resultado ser sempre o mesmo!
       Eu gosto sempre de rapazes masculinos heteros, nunca gostei de gays... Logo... Já que o meu gosto homossexual é anormal, significa que sou anormal se continuar nesta palhaçada que é ser gayzinho!

        Era isto que queria dizer...
        Não vou tentar ser hetero, mas também não vou mais perder tempo em ilusões e esperanças, muito menos pensar que seja gay ou não... Neste momento quase que me considero um Assexual... Sempre é bem melhor!

        Enfim

    O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
    #1

    Offline LoKas92

    • **
    • Membro Júnior
    • Género: Masculino
    entendi perfeitamente o que disseste.

    ate hoje so tive com um 1 rapaz, que era bastante masculino e bonito (ao meu gosto), ainda tivemos juntos 2 anos.

    agora que terminamos, e ja passaram 6 meses deparo-me na mesma situaçao que tu...
     
    apesar de saber, que os gays nao sao todos efeminados, GRANDE parte dos assumidos sao efeminados apesar de muitos acharem que nao.

    vejo que so me atraio por heteros... os gays nao me dizem nada, sejam eles masculinos ou efeminados... apenas nao vejo nenhum ao meu gosto.

    mas tens de entender uma coisa, conheces muitos mais heteros que gays... por essa razao encontras mais heteros ao teu gosto do que gays.

    mas se te cruzares com muitos gays, acharas um ao teu gosto certamente...

    mas os masculinos... sao dificeis de encontrar, nao se assumem facilmente... e na rua ninguem os detecta.

    podia te dizer para arranjares algum site... MAS NAO... ESQUECE... aquilo é mais podre que podre.. é gente que so quer sexo.

    a minha mensagem, nao tem o intuito de ajudar a tua situaçao, ate pq me deparo na mesma.

    um abraço ;)

    PS: aconselho-te a conheceres gente deste forum :D haha acho que consegues ter conversas mais civilizadas do que em qualquer outro sitio na internet.
      É triste pensar ir dormir para o tempo passar mais depressa :\

      O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
      #2

      Offline JustSad

      • *
      • Novo Membro
      • Género: Masculino
      Talvez ninguem tenha a resposta!

      Mas...

      Como é possivel que todos os gajos de que me interesso, nunca gostam de mim?
      Estou amaldiçoado?


      Ontem tive uma noite horrivel, tive prai umas 2horas a chorar por causa disto. Acho que nunca tinha chorado desde miudo!
      Deve ter sido o acumular de desiluções!

      Eu no local de trabalho conheço rapazes, e só alguns quase no 1 momento que os conheço, consigo logo, quase automaticamente perceber que posso gostar dele, quase como um 6 sentido.
      E como é logico, nasce aquelas fantasias romanticas...
      Tento meter conversa, falar, etc... Para depois falarem que tem namorada!

      Ok, e isto aconteceu 3x no work...
      E lá eu começo o processo de Ignorar o colega, para facilitar-me "esquecer" que ele existe.
      E resultou em alguns momentos.

      No mundo gay, é a luta entre encontrar alguem que goste mas os que eu gosto não gostam de mim...

      Para meu azar, conheci um amigo de um amigo meu, e o tal rapaz é gay.
      E eu percebi logo que iria tar interessado nele... E ao mesmo tempo que ia falando com ele mais rapidamente ia percebendo que gostava da personalidade, porque eu nunca me engano.

      E mesmo sabendo que é gay, a mesma treta acontece!
      Que ele gosta de outro rapaz...
      Depois tentei convida-lo para sair os 2, e ele inventou desculpas para não ir...
      E eu percebi logo que eu não teria nenhuma hipotece...

      E foi ai que a desilução e a frustração de ser constantemente rejeitado apoderou-se de mim!
      Meu coração até sentiu dor, picadas lá dentro...
      Um vazio horrivel de não conseguir perceber porque a vida só me faz conhecer gajos que nunca vou poder ter nada... Só serve para me fazer sofrer, só serve para destruir minha auto-estima.

      Tenho 28 anos, e nunca namorei...
      Sou um rapaz até simpatico e divertido,
      Tenho até corpo bonito...

      Mas de nada serve... É como se tivesse uma maldição que faz tudo para que não tenha nada, e que mesmo tentando "fugir" das situações, aparece sempre alguém para que eu tenha de novo interesse para sofrer novamente!

      Começo a sentir RAIVA de tern ascido gay, porque felicidade não me tras nada... NUNCA me deu felicidade nenhuma...

      Tenho medo e dor, por perceber que vou ficando cada vez + velho e não tenho ninguem!
      Gajos tipo com idades inferiores, arranjam namorados como quem compra uma camisa, e não faço ideia o que eles fazem para conseguir tal feito!

      Até vou à Discoteca TRUMPS e ninguém quer-me conhecer! ( a não ser velhos, e isso eu não gosto)

      Eu sempre senti uma enorme falta de amor... Sentir em ter alguém na minha vida, partilhar amor, etc...
      E a sensação de ver que, todos os rapazes de que gosto nunca vão ter algo comigo... Fico bastante mal...

      E ás vezes quando pensava que a desculpa de eu não ter ninguém era porque só gostava de heteros, acabo por ver que mesmo conhecendo gays, a treta è a mesma...

      E foi ai que todo o acumular de desiluções desabou por completo e não consegui parar de chorar, só queria que meu coração tivesse ali um ataque cardiaco e desaparece-se de vez deste mundo...

      Chorava no mesmo momentoq ue um amigo estava num jantar romantico com novo rapaz que conheceu...
      Mais uma daquelas de: Todos conseguem menos eu!

      Se for para viver sozinho, perfiro morrer!
      « Última modificação: 2 de Julho de 2015 por JustSad »

        O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
        #3

        Offline Endovélico

        • ****
        • Membro Sénior
        • Género: Masculino
        • Are we to hang our hearts on such little things?
        Talvez ninguem tenha a resposta!

        Mas...

        Como é possivel que todos os gajos de que me interesso, nunca gostam de mim?
        Estou amaldiçoado?


        Ontem tive uma noite horrivel, tive prai umas 2horas a chorar por causa disto. Acho que nunca tinha chorado desde miudo!
        Deve ter sido o acumular de desiluções!

        Eu no local de trabalho conheço rapazes, e só alguns quase no 1 momento que os conheço, consigo logo, quase automaticamente perceber que posso gostar dele, quase como um 6 sentido.
        E como é logico, nasce aquelas fantasias romanticas...
        Tento meter conversa, falar, etc... Para depois falarem que tem namorada!

        Ok, e isto aconteceu 3x no work...
        E lá eu começo o processo de Ignorar o colega, para facilitar-me "esquecer" que ele existe.
        E resultou em alguns momentos.

        No mundo gay, é a luta entre encontrar alguem que goste mas os que eu gosto não gostam de mim...

        Para meu azar, conheci um amigo de um amigo meu, e o tal rapaz é gay.
        E eu percebi logo que iria tar interessado nele... E ao mesmo tempo que ia falando com ele mais rapidamente ia percebendo que gostava da personalidade, porque eu nunca me engano.

        E mesmo sabendo que é gay, a mesma treta acontece!
        Que ele gosta de outro rapaz...
        Depois tentei convida-lo para sair os 2, e ele inventou desculpas para não ir...
        E eu percebi logo que eu não teria nenhuma hipotece...

        E foi ai que a desilução e a frustração de ser constantemente rejeitado apoderou-se de mim!
        Meu coração até sentiu dor, picadas lá dentro...
        Um vazio horrivel de não conseguir perceber porque a vida só me faz conhecer gajos que nunca vou poder ter nada... Só serve para me fazer sofrer, só serve para destruir minha auto-estima.

        Tenho 28 anos, e nunca namorei...
        Sou um rapaz até simpatico e divertido,
        Tenho até corpo bonito...

        Mas de nada serve... É como se tivesse uma maldição que faz tudo para que não tenha nada, e que mesmo tentando "fugir" das situações, aparece sempre alguém para que eu tenha de novo interesse para sofrer novamente!

        Começo a sentir RAIVA de tern ascido gay, porque felicidade não me tras nada... NUNCA me deu felicidade nenhuma...

        Tenho medo e dor, por perceber que vou ficando cada vez + velho e não tenho ninguem!
        Gajos tipo com idades inferiores, arranjam namorados como quem compra uma camisa, e não faço ideia o que eles fazem para conseguir tal feito!

        Até vou à Discoteca TRUMPS e ninguém quer-me conhecer! ( a não ser velhos, e isso eu não gosto)

        Eu sempre senti uma enorme falta de amor... Sentir em ter alguém na minha vida, partilhar amor, etc...
        E a sensação de ver que, todos os rapazes de que gosto nunca vão ter algo comigo... Fico bastante mal...

        E ás vezes quando pensava que a desculpa de eu não ter ninguém era porque só gostava de heteros, acabo por ver que mesmo conhecendo gays, a treta è a mesma...

        E foi ai que todo o acumular de desiluções desabou por completo e não consegui parar de chorar, só queria que meu coração tivesse ali um ataque cardiaco e desaparece-se de vez deste mundo...

        Chorava no mesmo momentoq ue um amigo estava num jantar romantico com novo rapaz que conheceu...
        Mais uma daquelas de: Todos conseguem menos eu!

        Se for para viver sozinho, perfiro morrer!

        Só quero que saibas que não precisas de namorado para ser feliz! Há várias maneiras de ser amado: por amigos, família, amor próprio, etc...
        Toda esta questão da falta de correspondência não se restringe apenas ao universo gay, os heteros também passam por isso, por isso não te sintas com raiva por teres nascido gay, não te vai levar a lado nenhum a não ser ainda mais para baixo.

        É difícil encontrar um parceiro que corresponda às nossas expectativas. O meu conselho para ti é (e vale o que vale) que não dês tanta importância a essas desilusões amorosas, especialmente quando conheces a pessoa à relativamente pouco tempo (não sei se é sempre o caso, mas é o que parece). Tenta alargar o teu ciclo de amigos e tenta não criar logo grandes expectativas porque é normal que muitas pessoas já tenham interesses por outras.

        Sempre que precisares de falar dispõe ;)

          O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
          #4

          Offline JustSad

          • *
          • Novo Membro
          • Género: Masculino
          É impossivel eu tentar ter amor proprio, quando sou sempre rejeitado!

          É praticamente o mesmo que uma criança que está numa associação, é adoptada depois devolvem-na...
          O que acham que a criança se sentirá?

          Eu sempre lutei para viver minha vida, sempre fui um rapaz fixe e brincalhao com os amigos... Mas como ser humano como todos, também tenho necessidade para ter alguém na vida (amor e sexo).

          E de todos os rapazes que fiquei interessado era sempre rejeitado, ora por causa de eles serem heteros (nada a fazer) ora mesmo sendo gays simplesmente não gostam de mim...

          Como acham que minha auto-estima poderia ficar?
          Bem?

          Eu não sou hipocrita, nem sou nenhum actor de: Ahh bora ser heppy alone... Como se custuma dizer: Temos que ser felizes sozinhos!!

          É a frase mais cliché que essiste!
          Que em nada diz a verdade!

          A felicidade como eu fiquei quando conheci o tal rapaz e falamos durante horas, a conhecer-nos... E a confirmar-se de que realmente até da personalidade dele eu gostava...
          Para depois levar com uma faca nas costas de mais um rapaz a evitar, mais um de que me interessei à qual nunca irá gostar de mim...

          Tem de perceber!
          Que isto é algo que acontece constantemente...
          E eu mesmo sendo forte para aguentar o 1, o 2, o 3, o 4, o 5... Chega a um ponto que não aguento mais... E foi o que aconteceu ontem...
          As lagrimas de ser uma pessoa com tanto azar, uma pessoa que não é capaz de encontrar alguém, acabou comigo...

          Nunca tinha chorado tanto...

          E a culpa é de ser Gay!
          Se fosse hetero já tinha namorado com gajas muito bonitas que tiveram interessadas em mim, e hoje até já podia ter tido um filhote, e uma familia happy!
          Mas não!

          E depois ainda o mundo gay faz aquelas festas de Orgulho Gay!
          Mas que orgulho?
          Orgulho de serem algo que só tras infelicidade?

          Eu não tenho orgulho nenhum, mas sim nojo e raiva!

            O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
            #5

            Offline Endovélico

            • ****
            • Membro Sénior
            • Género: Masculino
            • Are we to hang our hearts on such little things?
            É impossivel eu tentar ter amor proprio, quando sou sempre rejeitado!

            É praticamente o mesmo que uma criança que está numa associação, é adoptada depois devolvem-na...
            O que acham que a criança se sentirá?

            Eu sempre lutei para viver minha vida, sempre fui um rapaz fixe e brincalhao com os amigos... Mas como ser humano como todos, também tenho necessidade para ter alguém na vida (amor e sexo).

            E de todos os rapazes que fiquei interessado era sempre rejeitado, ora por causa de eles serem heteros (nada a fazer) ora mesmo sendo gays simplesmente não gostam de mim...

            Como acham que minha auto-estima poderia ficar?
            Bem?

            Eu não sou hipocrita, nem sou nenhum actor de: Ahh bora ser heppy alone... Como se custuma dizer: Temos que ser felizes sozinhos!!

            É a frase mais cliché que essiste!
            Que em nada diz a verdade!

            A felicidade como eu fiquei quando conheci o tal rapaz e falamos durante horas, a conhecer-nos... E a confirmar-se de que realmente até da personalidade dele eu gostava...
            Para depois levar com uma faca nas costas de mais um rapaz a evitar, mais um de que me interessei à qual nunca irá gostar de mim...

            Tem de perceber!
            Que isto é algo que acontece constantemente...
            E eu mesmo sendo forte para aguentar o 1, o 2, o 3, o 4, o 5... Chega a um ponto que não aguento mais... E foi o que aconteceu ontem...
            As lagrimas de ser uma pessoa com tanto azar, uma pessoa que não é capaz de encontrar alguém, acabou comigo...

            Nunca tinha chorado tanto...

            E a culpa é de ser Gay!
            Se fosse hetero já tinha namorado com gajas muito bonitas que tiveram interessadas em mim, e hoje até já podia ter tido um filhote, e uma familia happy!
            Mas não!

            E depois ainda o mundo gay faz aquelas festas de Orgulho Gay!
            Mas que orgulho?
            Orgulho de serem algo que só tras infelicidade?

            Eu não tenho orgulho nenhum, mas sim nojo e raiva!

            Eu percebo o que queres dizer, entendo a tua frustração. Mas não podes culpar as pessoas por não se interessarem em ti. Também não te podes culpar a ti mesmo, muito menos culpar a tua homossexualidade porque não tem nada a ver. Há homossexuais que têm mais facilidade em arranjar parceirxs assim como há heterossexuais com dificuldades em arranjar parceirxs.

            Tens de evitar criar logo expectativas. Estás a gostar de conhecer a pessoa? Ótimo. Ela diz-te que gosta de outra pessoa? Ok, sem problemas, podemos ser amigos. Tens de evitar (e sei que são só palavras, na prática uma pessoa fica sempre mal) ficar tão em baixo por as pessoas não terem o mesmo tipo de interesse que tu tens.

            O amor calha a todos, uns mais tarde, outros mais cedo. Acredita.

              O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
              #6

              nair

              • Visitante
              O que fazer quando nos aceitamos ao que somos porque rejeitar nada de bom vem?  ::)

                O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
                #7

                Offline Imaterial

                • ****
                • Membro Sénior
                • Género: Masculino
                • Go ask Alice, I think she'll know
                Sinceramente, acho que tu te colocas a ti mesmo nessa situação porque:

                1) Ao deixares-te dominar dessa forma pelo desejo de um envolvimento amoroso, acabas por estar constantemente a dividir os gajos que conheces como dateable ou not dateable. Isso condiciona a tua relação e percepção deles e a forma como vão interagir;

                2) Claramente não te aceitas tão bem quanto pensas, nem nunca o fizeste. E enquanto não o fizeres, ou deixares haver em ti a abertura para começares a aceitar quem és, irás ter sempre essa dificuldade porque não consegues baixar a barreira do "isso é tão gay". É normal que gajos gay (e alguns hetero) possam ter alguma "pista" inerente, e isso não deveria ser um motivo de rejeição a priori. É supérfluo e castrador.

                3) As relações exigem muito mais do que "eu amo-te para sempre omg". Exigem aceitação mútua, compromisso, resolução de conflitos. Exigem perceberes que estás sempre a conhecer facetas da outra pessoa e que tens sempre de perceber se isso é um dealbreaker ou não. Viveres no desejo de teres uma relação é algo tóxico em termos de envolvimento interpessoal porque crias expectativas do que vai ser e as coisas nunca são assim. Tens que ter abertura para receber os defeitos da pessoa e perceberes que também os tens e que ele também terá de lidar com isso.

                Não vale a pena sonhares com o cavaleiro andante. Expõe-te e conhece homens reais, percebe se por detrás da característica x ou y que não achas piada não está uma pessoa realmente fantástica e merecedora do teu amor e dedicação.
                  It all starts when you sink into his arms and ends with your arms on his sink

                  O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
                  #8

                  sleepthrough

                  • Visitante
                  "Temos de ser felizes sozinhos" pode ser uma frase cliché, mas tem muita verdade sim :) Sou um pouco mais nova do q tu, tenho 22, mas toda a minha vida (bem, desde a adolescência) quis ter um namorado. Olhava para os rapazes à minha volta e via se eram bonitos, se eram isto se eram aquilo, e nunca um rapaz gostou de mim (que eu saiba claro). A minha auto-estima andava na bosta. "POrque e q ninguem gosta de mim? eu até sou isto e aquilo, deveria agradar a alguem um unico q fosse!" Sounds familiar? :)

                  Apenas há 3 anos decidi livrar-me disso e ser feliz comigo, com a minha vida. A partir do momento em que me libertei de pressões para conhecer "o tal" comecei a ser muito mais feliz - fiz muitos mais amigos, a minha personalidade melhorou bastante - fiquei muito menos tímida e consigo gostar de mim como sou :) curiosamente coincidiu com o começar a questionar/descobrir a minha sexualidade, mas isso é outra historia xD embora ache q está relacionado, porque simplesmente comecei a ser livre para ser quem sou

                  O que quero dizer com isto é: O MEU VALOR VEM DE MIM, DE DENTRO, E NAO DOS OUTROS :)

                  foi algo que aprendi, aprendi realmente. Nós podemos dizer-te isto mil e uma vezes mas enquanto tu não sentires isto dentro de ti, não evoluis. O que eu acho q tu tens de tentar fazer é perceber o teu valor - podes pensar que não tens porque "ninguem gosta de ti", mas esquece os outros, esqeuce o romance: o que é que tu achas de ti? Olha para ti, para dentro - de que gostas? de que nao gostas? o que gostas, deixa estar, o que nao gostas podes tentar mudar, mas fá-lo por ti, não para agradar aos outros. Garanto-te que a partir do momento em que começas a gostar de ti (e digo gostar realmente, tu dizes que até es engraçado, bom fisico, mas isso é a tua racionalidade a funcionar, tens de sentir realmente um bem-estar contigo mesmo). A partir do momento em que começas a gostar de ti e aceitares que haverá quem goste e haverá quem não goste 'and that's okay', a tua vida melhorará - e com isto nao digo que arranjes logo namorado, pode acontecer ou nao, o que te digo é que isso nao vai interessar porque tu vais estar bem contigo ;) vais ser feliz e quem vier será um acréscimo! Um bónus! As pessoas que conhecemos sejam amigos ou romances, têm de ser um bónus na nossa vida e não a nossa razão de viver.

                  Deixa de preocupar a tua vida em volta de quem gosta de ti ou não, romanticamente. Tu tens de gostar de ti - a partir daí a vida rola normalmente.

                  Com isto tudo, apesar de termos de ser felizes sozinhos, claro que pode haver dias em que estamos mais em baixo, ou mais tristes,isso é normal! :) mas qd isso acontece pomos uma música animada e rockamos os nossos dance moves sozinhos no quarto xD Aconselho a Dancing on my own da Robyn xD

                  Espero que tudo se resolva para ti! Abraço :)

                    O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
                    #9

                    Offline Esfuminho

                    • ***
                    • Membro Total
                    • Género: Masculino
                    Também tenho esse problema...  :wor
                    Vou resumir o que o pessoal anda a dizer: Não penses tanto nisso.
                    Não cries tantas expectativas, é frustrante eu sei mas olha é assim.  :P


                    apesar de saber, que os gays nao sao todos efeminados, GRANDE parte dos assumidos sao efeminados apesar de muitos acharem que nao.

                    OHHHHHHHHH SNAP!  lol
                    E dpois são todos "efeminadofóbicos" a dizer que não gostam de exageros e tal. Muito orgulhosos de não serem femininos quando na verdade são bastante óbvios.  ::)

                      O que fazer quando nos rejeitamos ao que somos porque aceitar de nada bom vem?
                      #10

                      Offline searching_the_love

                      • ***
                      • Membro Total
                      • Género: Masculino
                      JustSad, acho que estás a pensar demasiado e a criar espectativas demasiado altas para ti e nos outros.

                      Pensa assim: se fosses hetero, não terias o mesmo problema? Se calhar se fosses hetero, querias uma mulher assim e assado e depois só encontravas o contrário. E estavas na mesma! Ou então as mulheres não te ligavam nenhuma, por alguma razão e estavas na mesma!

                      Em suma, o "problema" não é o mundo gay, nem tu, nem nada, é simplesmente saber lidar com isso.

                      Por exemplo, eu também só gosto de homens masculinos, efeminados a mim não me atraem, mas sim, encontro vários pelo caminho e até parece que é o que há mais, mas não tem nada haver. Há muitos gays "masculinos", apenas tu não notas exactamente porque não destacam. Tens é de saber procurar.

                      Já experimentaste inscrever-te em sites gays de profiles? Eu foi assim que comecei a conhecer pessoal gay sem ser efeminado. Porque clubes, discotecas e afins encontras muito mais gays "que destacam" que o contrário :P. E claro, sê muito específico no texto se fizeres o profile: diz exactamente o que procuras. Assim filtras logo o pessoal que só quer sexo. Porque a comunidade gay tem uma vantagem que a comunidade hetero não tem: normalmente (salvo excepções) o pessoal gay é muito directo, se quer sexo diz logo, se não também. Enquanto que na comunidade hetero, há muito joguinho de sedução e dizer o qeu se quer ouvir apenas para irem para cama com pessoa X ou Y (falo por experiência própria na comunidade gay e experiências relatadas de amigos hetero...).

                      E o teu gosto não tem nada de anormal, apenas está fora do que é o mundo gay mostrado nos media e o que salta mais à vista. Mas acredita, há muito gay masculino, apenas não destacam, que é isso que eu gosto.
                      « Última modificação: 9 de Julho de 2015 por searching_the_love »

                         

                        Tópicos relacionados

                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                        188 Respostas
                        40711 Visualizações
                        Última mensagem 27 de Agosto de 2016
                        por searching_the_love
                        80 Respostas
                        19388 Visualizações
                        Última mensagem 1 de Novembro de 2015
                        por Su
                        11 Respostas
                        3064 Visualizações
                        Última mensagem 24 de Novembro de 2013
                        por Diotima
                        15 Respostas
                        2392 Visualizações
                        Última mensagem 18 de Fevereiro de 2018
                        por سامانتا
                        11 Respostas
                        1890 Visualizações
                        Última mensagem 29 de Setembro de 2013
                        por V24