rede ex aequo

Olá Visitante18.out.2019, 00:10:23

Autor Tópico: Amor gay não existe!  (Lida 2044 vezes)

 
Amor gay não existe!
#0

foreveralone

  • Visitante
Bom dia!

Tenho 25 anos, e estou a sofrer de depressão, e muito é por causa de falta de afectos e amor.
Sou gay, e nunca namorei, nunca fiquei apaixonado por ninguém, e também nunca ninguém gostou de mim.

Sinto-me um ser humano inútil que não está cá a fazer nada... Já tentei suicidar-me à menos de um mês com comprimidos, mas não resultou.
 
Vejo noticias de que dizem que os homossexuais tem tendência a suicidar-se por causa da discriminação, ou porque a família não aceita, etc... Mas comigo isso nunca aconteceu, sinto-me vontade de suicidar-me porque o mundo gay é a maior treta que existe, não quero generalizar, mas é verdade, 70% só quer sexo e não pensa em mais nada que não isso... 20% são aqueles que ninguém os quer, são feios, velhos, e sites de namoro estão cheios deles... os 10% são as relações que devem existir com algum milagre qualquer.

Lembro-me da minha mãe dizer que ia sofrer como gay... Na altura era ignorante... Hoje concordo com ela, ser gay foi a minha maior praga que já tive na vida!

Vocês podem comentar dizer que devo aceitar-me, mas eu sempre aceitei-me e bastante bem... Mas a busca de encontrar alguém fixe para partilhar a vida, foi uma busca que só me trouxe solidão... E aos poucos, mais raiva sinto dos gays, não é por mal, mas sinto-me completamente estúpido e otário... Ter uma orientação sexual diferente, lutar pelos direitos dela, e no fim de tudo, não usufruir em nada.

Para quê então perder tempo a lutar contra os direitos dos LGBT? 
Para quê perder tempo a aceitar-me como gay para no fim de contas, continuar a sofrer?

Ser gay realmente deve ser pecado (E eu não acredito em Deus), mas ser gay deve ser de certeza alguma maldição que só trás solidão, angustia... Destinados à desgraça, ao vazio...

Só me apetece morrer,
Para quê viver se não se têm amor?

    Amor gay não existe!
    #1

    Majad

    • Visitante
    Bom, isto é um assunto sério, portanto não quero estar a dizer muito e/ou a dizer o que não devo para não piorar a situação, mas na minha opinião, às vezes quanto mais procuras alguém pior a coisa é.

    Quanto mais procuras, conheces mais pessoas, ou seja, há mais hipóteses de encontrares "parv@s", e também depende bastante dos sitios em que tentas encontrar o tal amor.

    Eu acho que devias tentar abrandar na procura e deverias de procurar um hobbie ou uma coisa que gostes de fazer, tipo um desporto, um jogo, ou algo do género, para ocupares o teu tempo para não estares sempre a pensar em demasia sobre amor, etc.


    Ah, uma última coisa. A vida de uma pessoa, de todas as pessoas, está em constante sofrimento independentemente das suas circusntâncias. Não vale apena tentar fugir ao sofrimento pois isso é literalmente impossivel de se fazer. Não deves rodar a tua vida à volta de tentar fugir de sofrimento, tens apenas que o aguentar. Tens que apreciar todos os momentos possiveis, maus e bons, e usá-los como experiência e métodos de aprendizagem da vida.

    Boa sorte e aguenta-te aí bem porque ainda tens muito mais para viver e experiênciar, e não vale mesmo a pena nenhuma acabar uma vida prematuramente quando há muito ainda para viver.

    Força aí. :up
    « Última modificação: 20 de Julho de 2014 por Majad »

      Amor gay não existe!
      #2

      Offline caires

      • *****
      • núcleo lgbti funchal
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      • coordenador núcleo lgbti funchal | direção rea
        • núcleo lgbti funchal
      Olá.

      Não deves mesmo generalizar. Nem muito menos desesperar. Eu compreendo o que sentes e acredito que muitos dos que estão cá no Fórum também compreendem.

      Tenho 21 anos, comecei a relacionar-me com rapazes aos 16. Já tive muitas desilusões, muitas cabeçadas... inclusive passei por pessoas que só queriam sexo de mim. E acredita que eu tive uma fase em que pensei igual a ti, que os gays eram todos uns depravados e desesperados por sexo.

      Mas houve pessoas que me provaram o contrário, pessoas que me amaram e que eu amei. De certeza que tu também passarás por essas pessoas, se calhar estás a procurar nos sítios errados... ou então, simplesmente, não procures... elas acabarão por aparecer na tua vida.

      Mas sendo gay ou não, ias ter a mesma situação. Se fosses heterossexual, provavelmente também haveriam mulheres assim, não é?

      Eu acho que estás num caso de extrema carência, e quando assim é, é complicado. Eu já estive numa situação semelhante à tua e procurei ajuda num psicólogo. Não sei até que ponto estarás aberto também a envergar por esse caminho... às vezes é uma boa solução. A mim ajudou bastante e recuperei de uma depressão da qual pensei que ia morrer dela.

      Vá, força! Abraço! ;)

      Eu acho que devias tentar abrandar na procura e deverias de procurar um hobbie ou uma coisa que gostes de fazer, tipo um desporto, um jogo, ou algo do género, para ocupares o teu tempo para não estares sempre a pensar em demasia sobre amor, etc.

      Nem mais. Concordo!  :)

      Tenta inserir-te numa comunidade, num grupo... voluntariado, desporto... cria um projeto teu relacionado com um tema que gostes, por exemplo... coisas que te façam sentir útil e te proporcionem momentos felizes.

      Amor gay não existe!
      #3

      Cardo

      • Visitante
      Olá,

      Amor pode existir ou não entre os homossexuais, assim como entre os não homossexuais. Tudo depende da forma como a pessoa encara o que pretende para si, uma relação, encontros de uma só noite, etc etc.

      Tenho um amigo que esta a passar o mesmo que tu já a alguns anos, porque centrou-se numa de procurar uma relação (o amor) que cegou, não abrindo os horizontes. E por mais que me esforce a dar-lhe conselhos, ele bloqueeou no : quero um amor, quero um amor quero um amor, e que por não ser correspondido significa para ele que ninguém gosta dele.

      De realçar que ainda és tão novo, e tens tanto pela frente, tantos amores e desamores que vão aparecer.

      Tens de te focar num objectivo que não seja o de encontrar o amor, mas sim deixa-lo aparecer. Conhece pessoas, faz amigos novos, e pode ser que entretanto se dê o click que buscas, mas que aparecerá espontaneamente, sem procura. Se vires que não consegues, aconselho-te a procurar ajuda psicológica, um bom psicologo faz milagres, pelo menos a mim fez e ajudou me bastante.

      Um abraco e se precisares de falar, mp.


        Amor gay não existe!
        #4

        foreveralone

        • Visitante
        Essa historia de que quanto mais procuramos, menos se encontra é mito!
        Tive anos sem procurar e nunca encontrei gays nenhuns... Foi preciso inscrever-me em sites, como Manhunt, Badoo, Hornet... E mesmo assim, nada...

        Posso estar carente, mas isso não me impede de conhecer pessoas, sorrir, estar bem, etc...
        Simplesmente acho que tenho mesmo azar... Nasci para ficar sozinho!

        Um amigo meu, o único amigo gay que tenho, também era parecido comigo, também andava deprimido por não ter ninguém... E também nunca tinha estado num namoro... Inscreveu-se no Manhunt, calhou-lhe alguns "muito maus", mas não desistiu e hoje encontrou um rapaz muito fixe, giro, simpático e estão os dois felizes... E eu pergunto-me como é possível os outros conseguirem e eu não... Que mal fiz eu para ter tanto azar na vida?

        É que nunca fui feliz, e quando o digo é mesmo verdade!

        Sobre psicólogo já tenho, e também tenho psiquiatria... Comprimido que não fazem nada, a não para engolir uns 20 para ficar adormecido na cama durante horas... Psicólogo também não me parece que seja um anjinho que me vai trazer sorte, porque o que preciso é sorte, de azar já tive muito, e não falo só de relações gays, falo de tudo o que já aconteceu na minha vida.
        Querem um resumo?

              - Violência domestica por parte do meu padrasto desde os 6 anos até aos meus 18.
              - Abandonado pela minha mãe aos 13 anos, ficando eu a viver com meu padrasto.
              - Nunca tive amor de familia, nem de ninguém.
              - Família disfuncional, pobre...
              - Sem amigos na escola, e sem amigos na vida real (hoje mesmo, só tenho um amigo, que foi o rapaz que falei em cima)
              - Ultrapassar o facto de descobrir que era gay, aceitar, para depois chegar à conclusão que só ajuda a ficar ainda mais deprimido e sozinho.
              - Não gosto de desporto, não tenho hobbies, não tenho interesse em nada de nada desta vida.
              - Trabalho, e todos sabem que estou em depressão, e só tenho emprego porque têm pena.
              - De momento, meu padrasto vai deixar a casa agora em agosto, e não sei para onde ir... Não sei que vou fazer, não sei nada.
         
        Só tenho vontade de me matar, tenho as pernas todas auto mutiladas, corto-me para aliviar a dor, mas mesmo assim, quase nem resulta.
        É verdade, estou em depressão profunda, mas tudo por causa de nunca ter sido feliz, nunca ter tido amor, nunca ter tido um abraço, nunca ter tido ninguém para ter um ombro para chorar... De passar noites a olhar para o céu e a perguntar, porquê? Com apenas 12 anos.
        Eu dei um limite à minha vida, e já o dei há muito, desde os meus 16 anos... Que se a minha vida não melhora-se, que me mataria aos 30 anos. Tenho 25, faltam 5 anos! Mas a verdade é que não sei se irei lá chegar!
        Ninguém aguenta uma vida assim como eu tive, e continue bem e feliz! Impossível!
        Tenho tantas feridas que nunca serão saradas...

        Se me suicidar, eu antes escreverei uma carta... Por mim, até podia ser hoje mesmo...
         

          Amor gay não existe!
          #5

          Winterfell

          • Visitante
          Eu percebo o que estás a passar. Já tive uma fase dessas ma minha vida. Estás a ser acompanhado por psicólogo e não te tens sentido melhor?
          Eu no passado isolei-me de tudo e de todos, não tinha auto-estima nenhuma e o meu refúgio eram os livros. Também tinha medo de ficar sozinho para o resto da vida, que nunca ninguém viria a gostar de mim...estava a ficar saturado de não ser nada nem ninguém. Mas tudo mudou não porque encontrei alguém, mas sim porque eu quis, porque eu disse que não queria continuar como estava, não poderia afundar-me daquela maneira só porque não tinha ninguém.
          Acredita, a felicidade está dentro de ti, tu só tens de a procurar. Sê tu próprio e não te preocupes com o resto que tudo acabará por acontecer naturalmente ; ) conhece pessoas novas, faz novas amizades, acredita que há  pessoas que vão gostar de ti.

            Amor gay não existe!
            #6

            Cardo

            • Visitante
            Apenas posso dizer para teres muita calma, e ter fé e esperança que tudo vai melhorar. Vive um dia de cada vez, não esperes muitos de cada dia, mas vais ver que cada dia a juntar a cada dia, no final dará muitas vitórias e realizações.

            Um abraço, e volto a referir, se precisares de desabafar/falar mp.


              Amor gay não existe!
              #7

              senhorcolcheia

              • Visitante
              Eu acho que atitude é o principal até porque o amor e a amizade não são as coisas mais importantes da vida. São sem dúvida necessidades mas acho que podemos viver sem esses.
              Mas não me adianto muito pois não quero falar de coisas que não sei.
              Se quiseres manda-me email ou assim (está tudo no meu perfil), não é que eu seja um curandeiro mas ao menos tens um amigo!!! Não é isso que queres?  :D

              E se ouvires esta música vais ver que ficas melhor ;)


              P.S.: não ligues à imagem!!!

                Amor gay não existe!
                #8

                MikyMiky

                • Visitante
                Concordo!
                Acho que não existe mesmo!
                E os que dizem ter, cá pra mim é mentira ou é uma ilusão!  :wor

                  Amor gay não existe!
                  #9

                  Ertyuio

                  • Visitante
                  Concordo!
                  Acho que não existe mesmo!
                  E os que dizem ter, cá pra mim é mentira ou é uma ilusão!  :wor
                  Claro que existe! Infelizmente, no meu caso, nunca foi recíproco, mas claro que existe, mas alguns de nós temos imensa dificuldade em encontrar alguém. Por vezes a culpa até pode ser nossa, porque fechamo-nos muito no nosso "mundo".

                    Amor gay não existe!
                    #10

                    Offline quiquo

                    • *****
                    • Associad@
                    • Membro Sénior
                    • Género: Masculino
                      Olá foreveralone  :)

                      Antes de mais, muda de nick. Se queres pessoas que te acompanhem na tua vida não podes andar por aí a denominar-te foreveralone! ;)
                      A maior parte do que poderia responder já foi dito por outras pessoas mas gostava de acrescentar uma coisa. Existem uns 7 biliões de pessoas no mundo; a probabilidade diz-me que existem muitas pessoas na tua situação ou com a tua maneira de pensar. Existem também muitas pessoas à espera de te dar a mão e, acredita, não o vão fazer se decidires fechar o coração ao mundo.
                      Não posso dizer muito em relação ao amor porque, como o Majad bem referiu, acho mais importante tentares conhecer novas pessoas, hobbies e horizontes para poderes relaxar e expandir a visão mais negativa que estás a ter durante este período difícil.
                      Sei que já vai tarde mas espero que esteja tudo bem contigo; se pudesses gostava que voltasses a escrever.
                      Abraço  :)

                       

                      Tópicos relacionados

                        Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                      22 Respostas
                      8455 Visualizações
                      Última mensagem 21 de Outubro de 2008
                      por xXxPePexXx
                      Discriminação em Aveiro - existe?

                      Iniciado por Maniuk « 1 2 ... 8 9 » Aveiro

                      165 Respostas
                      30716 Visualizações
                      Última mensagem 21 de Maio de 2016
                      por Nogueira
                      Existe uma idade para estabilizar?

                      Iniciado por Wasserfest « 1 2 3 » Geral

                      58 Respostas
                      12696 Visualizações
                      Última mensagem 1 de Fevereiro de 2014
                      por Maped
                      43 Respostas
                      4978 Visualizações
                      Última mensagem 25 de Maio de 2017
                      por Cristina Lemos
                      10 Respostas
                      1225 Visualizações
                      Última mensagem 25 de Julho
                      por Fernando Pinheiro