rede ex aequo

Olá Visitante30.out.2020, 20:14:37

Autor Tópico: Muito confuso-desabafo  (Lida 1222 vezes)

 
Muito confuso-desabafo
#0

Offline mcboy22

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
Olá a todos,

Antes do mais peço desculpa se estiver a escrever no tópico errado ou algo do género, mas preciso mesmo de desabafar....

Bem é assim, eu tenho 22 anos (já não sou propriamente um miúdo de 18) e estou no momento a acabar o último de mestrado em Lisboa. Como muita parte do pessoal daqui, pelo que tenho visto, vim estudar para Lisboa (sou natural do Alentejo) e por cá tenho ficado.
Basicamente até à cerca de 6 meses a minha vida era super ''normal'', nunca me tinha passado pela cabeça que fosse gay/bi, wahtever... que me sentisse atraído por gajos. E tive uma relação estável com uma rapariga durante quase 2 anos e acabámos em Novembro. Em Dezembro tive que sair da casa onde vivia e mudei-me para uma nova onde vivem mais dois rapazes tbm da minha idd. Tudo fixe até aqui. Dei-me logo bastante bem com um dos rapazes, o outro é mais reservado. Em 2/3 semanas ficamos bastante amigos, temos interesses comuns, etc, etc etc... Entretanto, eu fui.me apercebendo que estava a sentir algo por este gajo k nunca tinha sentido por outro rapaz. Ele é bonito (qualquer gajo hétero consegue ver se outro é bonito, mas alguns continuam a achar k não). Mas não era só o facto de ser bonito, sentia-me (e sinto) bastante atraído por ele... ao inicio tentei ignorar. Pensei que tava parvo, que era uma fase, que tava a passar a fase do luto por ter acabado o namoro em Novembro, sei lá... tudo menos ignorar o óbvio que era que me sentia bastante atraído por ele... Acho que já estão a ver onde isto vai dar... desde Fevereiro estou altamente confuso pk nunca me tinha sentido assim por outro rapaz, se for gay/bi toda a vida que eu tinha idealizado vai para o ar... n sei...E o mais parvo é tar a aperceber-me disto com 22 anos... pk não com 17 ou 18?
Mas...
Entretanto, há cerca de 1 mês fomos sair. Nós os 2 mais outros amigos. A cena descambou um bocado, whatever... quando chegámos a casa já estávamos um bocado tocados. Metemo-nos a falar n sei o quê, conversa puxa conversa. Começámos a entrar em cenas mais sérias e tal, tipo namoros e assim e ele admitiu que já tinha tido algumas cenas com rapazes... E man n sei o que me deu mas nessa altura eu disse k tbm já tinha tido (mentira) e beijei-o... Não houve nada para além do beijo, que já se repetiu mais 3 vezes...

Não sei que fazer, eu gosto deste rapaz, obviamente que me sinto atraído por ele, acho que me estou a apaixonar... Ele já me admitiu que é bissexual e eu entretanto já lhe disse k menti e que nunca tive nada com outro rapaz... Ele diz que me respeita e que dar espaço, mas ao mesmo tempo de vez em quando provoca, principalmente quando estamos sozinhos... Às vezes só me apetece ceder e deixar-me levar, mas não me quero arrepender...
Ainda não contei isto a ninguém, nem amigos nem família, nada... Se for mesmo gay não sei que fazer da minha vida, acho que já nem tenho idade para tar a lidar com uma situação destas agora... de me aceitar e tal...
Entranto tenho vindo (neste curto espaço de tempo) a notar que sinto atracção por outro rapazes e vi alguns filmes porno gays (desculpem dizer isto assim) que me despertaram algum interesse (apesar da ideia de homem+homem ainda me fazer certa impressão). No entanto, acho que nenhuma atração  está ao nivel do quão atraído me sinto gajo, n sei k fazer... Como é possível que so aos 22 anos tenha apercebido que posso ser gay? Estou mesmo no fim do curso, com uma tese de mestrado para escrever e não me consigo concentrar em nada... esta situação tá a tomar conta de mim... Ou penso no gajo ou penso no que fazer da minha vida... O facto de não conhecer nenhum pessoal gay não ajuda e não quero ser posto de parte pelos meus amigos.

Eu não ignoro/recuso que sinto algo por ele. Mas não sei se me quero sentir assim...

Entretanto andei a pesquisar na net e pesquisa atras de pesquisa achei este site e pensei que ia fazer bem desabafar...

imensas desculpas pelo testamento...
« Última modificação: 23 de Abril de 2014 por mcboy22 »

    Muito confuso-desabafo
    #1

    dre_o

    • Visitante
    Olá mcboy22!

    Sê bem vindo ao fórum da rede ex aequo, mais uma vez! =)

    Antes de mais, não tens que pedir desculpa pelo "testamento". Estás num local onde podes partilhar as tuas preocupações.
    E ainda bem que o fizeste. A ajuda de pessoas mais experientes poderá ser-te útil nesse teu "problema".

    Vou tentar resumir a minha resposta, até porque estou um pouco cansado mas gostava mesmo de focar o principal.
    Não existe uma idade para "descobrires" a tua sexualidade.
    Simplesmente não existe, ponto final.

    Não te sintas mal por ser gay/bissexual e por só descobrires aos 22 anos.
    Deixa-me dizer-te e sublinhar que o que importa é que te sintas bem contigo mesmo enquanto pessoa, independentemente do que os outros pensam.

    Por isso não te perguntes como é possível seres gay aos 22 anos. Aceita, porque é uma parte natural de ti. (Se realmente assim o fores!)
    Sem medos, sem pressões. :)

      Muito confuso-desabafo
      #2

      Offline Excidium

      • *****
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      Olá e bem-vindo ao fórum!

      Acho que estás a dar importância demais àquilo que pensas de ti próprio, o que é perfeitamente normal tendo em conta que todos gostamos de ter uma imagem clara daquilo que somos e queremos. Quem não gosta de saber exactamente daquilo que se gosta e daquilo que se quer?

      A idade não é um critério. Há quem descubra imensas coisas sobre si próprio aos 40 :). Por isso, não te preocupes. O meu conselho é : faz aquilo que te apetecer respeitando toda a gente. Se te apetece explorar isso com o outro rapaz, e que o outro rapaz gosta também de ti, deverias tentar algo, explicando-lhe claramente que não te sentes necessariamente muito à vontade e que precisas de ir devagar com tudo.

      A tua situação é complicada e eu percebo perfeitamente isso, porque todos passámos por uma fase de perguntas, sem nos conseguirmos concentrar em nada. A ideia de dois homens juntos mete-te impressão porque é nova e porque não tens nenhuns amigos que são gays. A fase de aceitação pode ser rápida ou demorada mas só depende de ti.

      Mas o mais importante e é aquilo em que eu gostava que tu acreditasses é que em vez de pensares no que és, tenta só ser feliz e passar bons momentos com esse rapaz, porque isso é independente do facto de seres hetero, gay ou bi ;) Logo vês naquilo que dá!
        Ad augusta per angusta

        Muito confuso-desabafo
        #3

        Offline mcboy22

        • *
        • Novo Membro
        • Género: Masculino
        Olá,

        Obrigado aos dois pelo apoio e por me teres ''ouvido''.
        Quanto ao facto de ter 22 anos, eu sei que podia descobrir apenas mais tarde que sou gay/bi. Mas não deixo de achar estranho porque eu sempre tive relações com raparigas e era feliz e de repente, de um momento para o outro, passo a também curtir rapazes.

        Hoje foi mais uma noite em que mal dormi porque estive sempre a pensar no assunto e a passarem-me mil coisas pela cabeça. O facto de viver com o rapaz também não ajuda porque tenho sempre a tentação ao lado. E não estou a falar de tentação só em termos sexuais, até porque tenho a certeza que não me sinto pronto para ter já sexo com rapazes. talvez nem goste não sei... Mas a verdade é que sempre que estamos juntos sinto um misto de sensações: estou feliz quando estou com ele, nestas férias da Páscoa estive quase uma semana no Alentejo e para o fim dava por mim a pensar que queria voltar porque tinha saudades de estar com ele, mas ao mesmo tempo o facto de sentir estas coisas todas quando estou com ele também me fazer sentir confusão e tendo a às vezes me afastar dele.

        A ideia de provavelmente ser gay/bi não me repulsa em si, mas cria-me alguma confusão o facto de poder gostar de homens. Provavelmente como disseram a ideia de homem+homem ainda me impressiona por ter sido um mundo com o qual nunca tive contacto. No entanto o que me aflige mais é o porquê de só agora e de como isto pode afectar toda a minha vida, a minha relação com os meus amigos, com os meus pais (que são bastante conservadores), irmãos etc... etc... Eu sei que estou a depositar muita importância no que os outros pensam mas não consigo evitar. No entanto, sei que neste momento tudo isto está a fectar os meus estudos e a minha maneira de agir (pois eu sou bastante relaxado e extrovertido e tenho andado mto mais pensativo).

        O pior é que com o tempo a vontade de ceder completamente aos avanços do rapaz está cada vez mais forte. Nós ainda não tivemos uma conversa totalmente séria sobre tudo isto... eu disse-lhe que não sei se sou gay e que estou mto confuso e que não sei até que ponto estou pronto para estar com um rapaz e ele diz k entende e k respeita e k não me quer pressionar. Mas não lhe disse que acho que sinto algo por ele mais que atração, que posso estar a gostar mesmo dele... Tenho medo do que isso possa causar. Não o quero afastar de mim, mas tbm não me quero aproximar too much. E não sei o que ele sente por mim. Se só atracção, se está a achar piada a esta situação toda e só quer ver até onde eu vou. Não sei. Já pensei em mudar de casa de novo só para ver se voltava tudo ao ''normal''. Já pensei em mil coisas.... Sinto muita necessidade de contar todas estas coisas a alguém, um amigo, alguém que me conheça mas tenho muito medo de como vão reagir, que me julguem.

        Ando numa dualidade de ideias: às vezes só quero ceder totalmente e deixar de ser tão complicado e apenas aproveitar, outras vezes desejo que não sentisse nada por ele e que voltasse ao normal.

        obrigado mais uma vez
        « Última modificação: 24 de Abril de 2014 por mcboy22 »

          Muito confuso-desabafo
          #4

          Offline theone111

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Masculino
          Olá,

          Obrigado aos dois pelo apoio e por me teres ''ouvido''.
          Quanto ao facto de ter 22 anos, eu sei que podia descobrir apenas mais tarde que sou gay/bi. Mas não deixo de achar estranho porque eu sempre tive relações com raparigas e era feliz e de repente, de um momento para o outro, passo a também curtir rapazes.

          Hoje foi mais uma noite em que mal dormi porque estive sempre a pensar no assunto e a passarem-me mil coisas pela cabeça. O facto de viver com o rapaz também não ajuda porque tenho sempre a tentação ao lado. E não estou a falar de tentação só em termos sexuais, até porque tenho a certeza que não me sinto pronto para ter já sexo com rapazes. talvez nem goste não sei... Mas a verdade é que sempre que estamos juntos sinto um misto de sensações: estou feliz quando estou com ele, nestas férias da Páscoa estive quase uma semana no Alentejo e para o fim dava por mim a pensar que queria voltar porque tinha saudades de estar com ele, mas ao mesmo tempo o facto de sentir estas coisas todas quando estou com ele também me fazer sentir confusão e tendo a às vezes me afastar dele.

          A ideia de provavelmente ser gay/bi não me repulsa em si, mas cria-me alguma confusão o facto de poder gostar de homens. Provavelmente como disseram a ideia de homem+homem ainda me impressiona por ter sido um mundo com o qual nunca tive contacto. No entanto o que me aflige mais é o porquê de só agora e de como isto pode afectar toda a minha vida, a minha relação com os meus amigos, com os meus pais (que são bastante conservadores), irmãos etc... etc... Eu sei que estou a depositar muita importância no que os outros pensam mas não consigo evitar. No entanto, sei que neste momento tudo isto está a fectar os meus estudos e a minha maneira de agir (pois eu sou bastante relaxado e extrovertido e tenho andado mto mais pensativo).

          O pior é que com o tempo a vontade de ceder completamente aos avanços do rapaz está cada vez mais forte. Nós ainda não tivemos uma conversa totalmente séria sobre tudo isto... eu disse-lhe que não sei se sou gay e que estou mto confuso e que não sei até que ponto estou pronto para estar com um rapaz e ele diz k entende e k respeita e k não me quer pressionar. Mas não lhe disse que acho que sinto algo por ele mais que atração, que posso estar a gostar mesmo dele... Tenho medo do que isso possa causar. Não o quero afastar de mim, mas tbm não me quero aproximar too much. E não sei o que ele sente por mim. Se só atracção, se está a achar piada a esta situação toda e só quer ver até onde eu vou. Não sei. Já pensei em mudar de casa de novo só para ver se voltava tudo ao ''normal''. Já pensei em mil coisas.... Sinto muita necessidade de contar todas estas coisas a alguém, um amigo, alguém que me conheça mas tenho muito medo de como vão reagir, que me julguem.

          Ando numa dualidade de ideias: às vezes só quero ceder totalmente e deixar de ser tão complicado e apenas aproveitar, outras vezes desejo que não sentisse nada por ele e que voltasse ao normal.

          obrigado mais uma vez

          Boas,

          22 anos não é propriamente tarde... Só comecei a aceitar-me com 24 e haverá sempre casos piores. O teu problema em especial reside na mudança que aparentemente está a ocorrer. Foste apanhado de surpresa.

          E o que fazemos nós, humanos, face à mudança? Criamos atritos porque achamos que a nossa vida é sempre melhor antes da mudança...

          O principal atrito que estás a criar é o impacto que isso poderá trazer à tua vida: perder amigos, perder família, irmãos....... Não tem que ser assim (e tipicamente não é). A homo/bissexualidade não passa de uma característica que não tem (nem deve) nessariamente definir-te como pessoa. E já agora, a tua vida não vai ser pior só por seres bi ou gay. Não funciona assim...

          Segue a minha proposta então: em vez de antecipar problemas e fazeres a lista das vantagens e desvantagens de ser hetero/gay/bi, tenta conhecer-te um pouco melhore quando tiveres uma resposta mais concreta, aí sim, será altura de delimitar um plano.

          Em vez de te dizer o que deverias fazer, dou-te o contrário: o que não te vai resolver o problema. Sair de casa. Fugir a este tipo de dúvidas é sempre "sol de pouca dura" (solução provisória). E o próximo que aparecer à frente pode sempre ser menos amigável!
            E acredita, a vida é bastante melhor com bolachas! lol

            Muito confuso-desabafo
            #5

            Offline BrightPhoenix

            • *
            • Novo Membro
            • Género: Masculino
            Hey! Bom eu tive algo parecido a pouco tempo...Não posso me julgar a pessoa mais experiente para falar do assunto mais acho que deves abrir o jogo com o seu amigo e assim ele poderá te ajudar a lidar com isso, fale com ele sobre o assunto abertamente.Assim ele pode te ajudar a aliviar a pressão e poderá voltar ao foco nos estudos  ;) .A confusão que está dentro de vc é pq viveste muito tempo com uma imagem do que gosta diferente e agora tudo muda.Não se reprima ou se sinta mal pelo oque gosta, isso é oque vc é e não se tem nada de errado com isso. Em relação aos amigos, aqueles que forem realmente seus amigos não vão dar a minima , contei aos meus e nada em nossa relação mudou. Espero que melhores! Abraços Bright

               

              Tópicos relacionados

                Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
              6 Respostas
              2554 Visualizações
              Última mensagem 3 de Junho de 2013
              por recomeçardenovo
              3 Respostas
              1341 Visualizações
              Última mensagem 11 de Junho de 2012
              por Hélder
              4 Respostas
              5295 Visualizações
              Última mensagem 22 de Março de 2013
              por _lost_
              Desabafo.

              Iniciado por Marianaxv Apoio

              14 Respostas
              2379 Visualizações
              Última mensagem 11 de Junho de 2013
              por Diotima
              4 Respostas
              1181 Visualizações
              Última mensagem 2 de Setembro de 2014
              por caires