rede ex aequo

Olá Visitante15.nov.2019, 23:32:42

Autor Tópico: Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????  (Lida 2721 vezes)

 
Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
#0

Offline natz88

  • ****
  • Membro Sénior
  • Género: Feminino
  • Por vezes encontra-se aquilo que não se procura.
Hoje em dia, dizem que a mentalidade madeirense esta mais de mentalidade aberta, mas isso nem é muita verdade!
Os idosos, normal quando veem tal troca de fecto ficam ate barbaros com tal coisa, ate chegar ao ponto de mandar bocas mas de respeito, tipo "isso é feio"..
Os de idade intermedia apenas olham com grande admiraçao, e ate caso estejam com alguem mais novo tipo um filho, tentam tapar os olhos (que ate acho um acto normal e nao vejo que seja mau, apenas é um acto para nao terem despois de questionar o que se passava naquela situaçao)
agora na faixa etaria adolescente, ai sim que ja sao casos severos de homofobia ate!! os adolescente ( que dizem ser a faixa etaria que deveria ter uma mentalidade mais aberta) sao os piores e que menos toleram tais situaçoes de afecto entre homossexuais, nao so agridem verbalmente, como tambem fisicamente, e ate mesmo deixando marcada uma pessoa, e na pior das situaçoes marcas psicologicas que sao as piores na minha opiniao!!!
A questao da tolerancia de afectos nas ruas madeirenses, tem muitas vertetes de como as pessoas reagem na hora da verdade!!! a idade, o sexo, ate o local, no campo as pessoas reagem pior do que os da cidade!!
A mentalidade dos homossexuais tambem encaram problemas, com medo de como as pessoas ao redor reajam a certos acontecimentos ( um beijo, uma caricia) ficam fechados e apenas teem estes actos em casa!!! assim nao sao livres.. sentem se mal ou ate com vergonha de poderem exprimir seus sentimentos em publico, apenas um simples beijo pode ser um motivo de chacota na nossa sociedade.. Nao digo que estejam a se (lamberem) no meio da rua, mas sera que nao possa existir apenas um simples e meigo beijo entre homossexuais sem que haja uma troca de olhares mal dizentes ou ate mesmo uma troca de palavras menos amigaveis????
é verdade que a mentalidade madeirense ja mudou um pouco, antes nao se ouvia falar na existencia de homossexuais na madeira, hoje em dia conhecemonos uns aos outros.. estao a se libertarem.. contudo, continua a haver aquele medo da mentalidade dos madeirenses nao estar preparada ainda para essa troca de afecto entre homossexuais!!! mas que ja ouve um avanço significativo, ouve!!! mas agora aos poucos chegaremos a poder estar a vontade no meio ambiente sem sermos descriminados!!!!
    "Tristes tempos os nossos, é mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito"
                Albert Einstein

    Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
    #1

    Offline Ladyl.

    • ***
    • Membro Total
    • Género: Feminino
    • Eyes that never lies...
    Para ser sincera, penso que começam a tolerar um pouco mais, nalgumas situações.
    Claro que há sempre aquelas pessoas, que viram a cabeça ao contrário (qual versão da miúda do exorcista), para ver um casal de mãos dadas, para ver o braço de um em cima do ombro do outro, para ver o mais variado tipo de situações; há aqueles que mandam bocas (que a meu ver, na maior parte das situações, não passam de homossexuais em negação); infelizmente, há aqueles que agridem fisicamente (não passam de autênticos ignorantes com falta de atenção) e felizmente, há os que sorriem, que apoiam, que fazem o mesmo.

    Há uns meses, estava eu a passar pelo centro do Caniço de carro e deparo-me com um casal de rapazes na casa dos 20 e poucos, (estrangeiros), numa paragem à espera do autocarro. Tinha uma passadeira à minha frente e parei para deixar outras pessoas passar, qual não foi o meu espanto, quando um deles agarra no outro, e dá-lhe um beijo super fofo; a minha vontade era de buzinar e fazer uma festa lol, afinal de contas não são todos os dias (pelo menos eu, não tenho essa facilidade), em ver esse tipo de demonstrações de afecto em público, mas parece que adivinhavam e o rapazinho que tinha sido apanhado desprevenido, olhou para mim envergonhado e sorriu. Claro que as mulherzinhas que estavam na paragem, iam caindo todas para o lado, mas foi um acto de carinho, de amor; não foi daquelas cenas só para mostrar posse, nem que fossem precisar de uma bolinha vermelha ao cantinho do ecrã (esses casos, até eu própria condeno, acho que há limites para tudo).
    Fui para casa feliz da vida e são esses "passinhos de bebe" que me fazem acreditar, que pouco a pouco, vamos conseguir andar na rua, sem medos, à vontade, como qualquer outro casal heterossexual, sem que as pessoas tenham que parar para comentar ou ter de andar sempre a levar com olhares indiscretos.

    Não sou de me andar a expor aos 7 ventos, mas quando gosto, gosto e demonstro sem medo algum.
    Já andei de mão dada com uma ex-namorada em pleno Funchal, entre meia dúzia de situações e a meu ver, não passaram de meras "maluquices" nossas no momento, mas que, quero acreditar que aos poucos vão ajudar a tornar as coisas "aceitáveis" para todas as pessoas.

    Um passinho de cada vez ;D

    Tenho saudades dessas situações ::) lol
      "Most of the time, it's just too difficult, too expensive, or too scary. It's only once you've stopped that you realize how hard it is to start again, so you force yourself not to want it. So it is always there, and until you finished it, it will always be...UNFINISHED."

      Ted Mosby

      Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
      #2

      Offline Diana

      • **
      • Membro Júnior
      • Género: Outro
      Surpreendi-me recentemente com um casalinho gay, no Anadia

        Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
        #3

        Offline natz88

        • ****
        • Membro Sénior
        • Género: Feminino
        • Por vezes encontra-se aquilo que não se procura.
        Surpreendi-me recentemente com um casalinho gay, no Anadia
        surpreendiste te mas a bem ou a mal????!!!!
        antigamente nao era capaz de ter trocas de afecto em publico com minhas parceiras, mas ultimmente tenho vindo a ser mais a vontade, sinto me bem dar e receber afecto em publico, se bem que agora solteira prontos.....
          "Tristes tempos os nossos, é mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito"
                      Albert Einstein

          Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
          #4

          Offline Diana

          • **
          • Membro Júnior
          • Género: Outro
          Surpreendi-me recentemente com um casalinho gay, no Anadia
          surpreendiste te mas a bem ou a mal????!!!!
          antigamente nao era capaz de ter trocas de afecto em publico com minhas parceiras, mas ultimmente tenho vindo a ser mais a vontade, sinto me bem dar e receber afecto em publico, se bem que agora solteira prontos.....

          Não quero discriminar ninguem natz, mas surpreendi-me pela forma como as outras pessoas reagiram. Sabes aquela paragem que fica mesmo atras do do Anadia? Eles despediram-se com um beijo na boca, e as pessoas nem ligaram nenhuma, olharam e viraram a cara. Tipo fiquei surpreso por isso ter acontecido e pela forma como os outros reagiram.
          « Última modificação: 6 de Agosto de 2014 por Diana »

            Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
            #5

            Offline natz88

            • ****
            • Membro Sénior
            • Género: Feminino
            • Por vezes encontra-se aquilo que não se procura.
            Surpreendi-me recentemente com um casalinho gay, no Anadia
            surpreendiste te mas a bem ou a mal????!!!!
            antigamente nao era capaz de ter trocas de afecto em publico com minhas parceiras, mas ultimmente tenho vindo a ser mais a vontade, sinto me bem dar e receber afecto em publico, se bem que agora solteira prontos.....

            Não quero discriminar ninguem natz, mas surpreendi-me pela forma como as outras pessoas reagiram. Sabes aquela paragem que fica mesmo atras do do Anadia? Eles despediram-se com um beijo na boca, e as pessoas nem ligaram nenhuma, olharam e viraram a cara. Tipo fiquei surpreso por isso ter acontecido e pela forma como os outros reagiram.
            Ahhhh pois, sei.. pois isso agora tem vindo a acontecer.. sera mesmo que a mentalidade finalmente esta a mudar???? Urra finalmente..
              "Tristes tempos os nossos, é mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito"
                          Albert Einstein

              Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
              #6

              Offline Diana

              • **
              • Membro Júnior
              • Género: Outro

              Não sei, talvez??

                Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
                #7

                Offline Dreamer

                • *****
                • Associad@
                • Membro Júnior
                • Género: Masculino
                • Veni. Vidi. Vici.
                A mentalidade pouco ou nada mudou desde a abertura deste tópico sendo que os adolescentes (na sua maioria) continuam intolerantes a homossexuais e sendo que os mais velhos são mais compreensivos, mesmo que não gostem não desrespeitam. 

                Claro que isto não é regra, também existem adolescentes não homofobicos e adultos que não respeitam nada nem ninguém.  [smiley=sim.gif]
                  Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez.
                  Jean Cocteau

                  Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
                  #8

                  Offline Cristina Lemos

                  • *
                  • Novo Membro
                  • Género: Feminino
                  • Somos todos um pouco loucos, um pouco tontos.
                    • Odi et amo
                  Uma vez vi um casal gay estrangeiro pela minha terrinha, vivo no campo, e quase derreti  [smiley=enamorado.gif] [smiley=enamorado.gif]

                  aqui o povo não é abertamente homofóbico mas continua a sê-lo, fala mal pelas costas, deixa de convidar, faz partidas "inocentes" ou simplesmente ignora  >:(  (razões para ficar quietinha no meu canto) além de que a sexualidade de alguém anda pela boca do povo mais rápido que notícias de desgraças  [smiley=desconfortavel.gif] ,  as velhinhas são mais rápidas que a internet, juro-vos! xD

                  Os poucos homossexuais que conheço são homens e mantém as suas relações completamente secretas por conta dessas coisas (e da família) Honestamente, nunca vi um casal de mulheres na rua nem ouvi falar de um  ???  ???  o que já vi foi amigas, e eram mesmo amigas porque eu as conheço e uma delas até namorava um rapazito, andarem de mão dada na escola e serem super mal faladas, tanto que deixaram de andar as duas sozinhas em público.

                  Então é... a troca de afetos entre homossexuais nas ruas não são normalizadas, principalmente fora da "cidade", felizmente também não existe, que eu tenha conhecimento, episódios de violência...

                  E concordo, os que são piores são os jovens, rapazes naquela idade de, desculpem-me a expressão, "macho alfa que acha que f**e todas sem realmente ter f***do nenhuma" ai pelos 13 aos 16/17 anos. Até as pessoas de idade já começam a aceitar um pouco.    [smiley=bateria.gif]  Quando perguntei à minha avó o que ela achava do casamento gay ela disse-me "eles que se casem pelo estado e sejam felizes, pela igreja não que a biblia nao permite mas não acho que vá ninguem para o inferno por gostar de alguem"

                  Como encaram os madeirenses a troca de afecto entre homossexuais nas ruas????
                  #9

                  Offline Angel Speedy

                  • *
                  • Novo Membro
                  • Género: Feminino
                  Concordo contigo contudo já vejo publicamente na tua terra mulheres que trocam afectos e que sei que são casais assumidos. Vê se isso mais em contextos da noite, por exemplo na discoteca. A reação das pessoas é sempre a mesma algumas ignoram outras ficam incomodadas e outras espalham as bilhardices pela Vila...mas o que importa é que sejamos felizes com as nossas escolhas!

                  Enviado do meu U FEEL através de Tapatalk


                     

                    Tópicos relacionados

                      Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                    19 Respostas
                    5026 Visualizações
                    Última mensagem 27 de Fevereiro de 2013
                    por the end
                    3 Respostas
                    2165 Visualizações
                    Última mensagem 24 de Maio de 2015
                    por Dreamer
                    0 Respostas
                    1182 Visualizações
                    Última mensagem 24 de Junho de 2015
                    por Lio
                    18 Respostas
                    3750 Visualizações
                    Última mensagem 21 de Janeiro de 2016
                    por TraçaTropical
                    22 Respostas
                    3437 Visualizações
                    Última mensagem 25 de Fevereiro de 2016
                    por Bc