rede ex aequo

Olá Visitante29.nov.2020, 07:31:04

Autor Tópico: Testemunho de famila  (Lida 3550 vezes)

 
Testemunho de famila
#0

Offline bearchase

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
Boa noite,

Escrevo-vos na esperança que o meu testemunho e o da minha família vos inspirem e vos dê força, perante esta sociedade muitas vezes injusta e preconceituosa em relação à homossexualidade, e perante uma minoria homossexual que, também muitas vezes, parece ter os valores trocados, dando primazia ao físico, com sites infindos de engate, promovendo o sexo rápido e fácil, suprimindo a noção de família, com laços de amor duradouros e estáveis, com intuito extra de passar esse amor a filh@s e net@s.

Não quero dizer com isto que desaprovo os sites de engate, nem o sexo rápido e fácil, estes podem ser uma fase ou não, são um “estilo de vida” como qualquer outro. E ainda bem que existem, se não fosse por eles provavelmente estaria casado ou divorciado, culpando uma mulher por não ser um homem, subconscientemente, sem me aperceber disso. É por causa desses sites que conheci o meu companheiro, portanto, penso que têm o seu lugar. Só que para mim, e sublinho, no meu caso, o sexo rápido não era o que eu queria.

Conheci o meu companheiro há mais de uma década, lembro-me que tudo aconteceu muito rapidamente. Na minha opinião, tive sorte, pois por esta altura já tinha conhecido muita gente. Olhando para trás eu estava à procura do meu espaço.

Depois de estarmos algumas vezes juntos, ele apresentou-me ao filho dele, de um casamento anterior. Nessa altura lembro-me de ter tomado a decisão de, talvez, ousar fazer parte da família. Desde então aconteceram muitas peripécias, no primeiro ano, fomos os três viver para uma casa pequena, com móveis em segunda mão, e fomos evoluindo, na vida profissional, financeira e amorosa. Mudamos para uma casa maior, já temos um escritório, uma televisão LED e uns sofás fantásticos do IKEA ;-) Nada disto teria sentido para mim, e sublinho para mim, se não tivesse o meu companheiro e o nosso filho do meu lado, pois mesmo na casa mais pequena, poderia afirmar, tal como hoje aos 40 anos: Sou feliz!

Com tanta negatividade e dúvida que por aí anda, deixo esta mensagem, especialmente aos mais jovens: É possível ter uma família, com companheir@ do mesmo sexo, com filho(s) e ser-se feliz. Isto provavelmente não é novidade para muitos, mas penso que vale sempre a pena deixar o testemunho positivo.

Tendo dito isto, ainda há muito caminho para percorrer, em algumas situações a minha família ainda está no “armário”, situações familiares, laborais e de amizade. Mas dando tempo ao tempo, tratando cada situação com a sensibilidade que merece e contando também com o apoio desta nova geração, quem sabe?

    Testemunho de famila
    #1

    Offline theone111

    • *****
    • Membro Ultra
    • Género: Masculino
    Boa noite,

    Agradeço o testemunho. Não duvides do contributo deste.

    É sempre bom saber que afinal é possível.
      E acredita, a vida é bastante melhor com bolachas! lol

      Testemunho de famila
      #2

      Offline rk

      • ****
      • Membro Sénior
      • Género: Masculino
      Muito fixe, parabens e que continuem a ser felizes :)

        Testemunho de famila
        #3

        V24

        • Visitante
        Esta história deu-me tanta força. Felicidades bearchase ;)

          Testemunho de famila
          #4

          Offline woman_angel

          • ***
          • Membro Total
          • Género: Feminino
          Sim é muito possível... Não tenho esse testemunho da minha pessoa mas tenho de duas grandes amigas que estão juntas ha alguns anos e hoje são felizes com uma criança e um lar.

          Tudo nesta vida é possível, basta lutarmos pelos nossos desejos :)

          Votos de maior felicidade e para aqueles tal como eu, que ainda não chegaram a essa parte força porque la chegaremos :)

            Testemunho de famila
            #5

            V24

            • Visitante
            Sim é muito possível... Não tenho esse testemunho da minha pessoa mas tenho de duas grandes amigas que estão juntas ha alguns anos e hoje são felizes com uma criança e um lar.

            Tudo nesta vida é possível, basta lutarmos pelos nossos desejos :)

            Votos de maior felicidade e para aqueles tal como eu, que ainda não chegaram a essa parte força porque la chegaremos :)

            Claro que havemos de lá chegar.

            (Já agr aproveito p te dizer q não te consigo responder a MP...lool diz que tá cheio mas só tem 60% OMG)

              Testemunho de famila
              #6

              Offline rk

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Masculino
              (Já agr aproveito p te dizer q não te consigo responder a MP...lool diz que tá cheio mas só tem 60% OMG)
              O que ta cheio e a caixa dela e nao a tua..

                Testemunho de famila
                #7

                V24

                • Visitante
                (Já agr aproveito p te dizer q não te consigo responder a MP...lool diz que tá cheio mas só tem 60% OMG)
                O que ta cheio e a caixa dela e nao a tua..

                HAHA sou tou espertinha eu  ;D Obrigada rk ;)

                  Testemunho de famila
                  #8

                  Offline rk

                  • ****
                  • Membro Sénior
                  • Género: Masculino
                  (Já agr aproveito p te dizer q não te consigo responder a MP...lool diz que tá cheio mas só tem 60% OMG)
                  O que ta cheio e a caixa dela e nao a tua..

                  HAHA sou tou espertinha eu  ;D Obrigada rk ;)
                  Acontece aos melhores :P Btw, bom texto https://www.rea.pt/forum/index.php?topic=5235.msg1607858#msg1607858  e espero que os teus pais um dia te aceitem... força

                    Testemunho de famila
                    #9

                    V24

                    • Visitante
                    (Já agr aproveito p te dizer q não te consigo responder a MP...lool diz que tá cheio mas só tem 60% OMG)
                    O que ta cheio e a caixa dela e nao a tua..

                    HAHA sou tou espertinha eu  ;D Obrigada rk ;)
                    Acontece aos melhores :P Btw, bom texto https://www.rea.pt/forum/index.php?topic=5235.msg1607858#msg1607858  e espero que os teus pais um dia te aceitem... força

                    Se vier a trabalhar fora do país...ainda lhes mando a bomba pelo correio xD. Assim dou-lhes meses para se habituarem ;D

                      Testemunho de famila
                      #10

                      Offline FilhoDeApolo

                      • *****
                      • Membro Ultra
                      • Género: Masculino
                      • "A Esperança é só uma distração."
                        • Aeminium
                      Obrigado por teres escrito o tópico. Foi realmente muito gratificante ler cada palavra tua, e impossível não sentir a felicidade com que escreves a tua história. Nem tudo deve ter sido fácil, mas o resultado é bom e feliz.

                      Espero que esteja tudo bem, e espero manter contato contigo.

                      Abraço,~
                      Filho de Apolo

                        Testemunho de famila
                        #11

                        Offline nevertoolatetobehappy

                        • *****
                        • Associad@ Honorári@
                        • Membro Elite
                        • Género: Masculino
                        • Be yourself. Be happy. Be nice.
                          • Tiny Ripple Hope
                        Boa noite,

                        Escrevo-vos na esperança que o meu testemunho e o da minha família vos inspirem e vos dê força, perante esta sociedade muitas vezes injusta e preconceituosa em relação à homossexualidade, e perante uma minoria homossexual que, também muitas vezes, parece ter os valores trocados, dando primazia ao físico, com sites infindos de engate, promovendo o sexo rápido e fácil, suprimindo a noção de família, com laços de amor duradouros e estáveis, com intuito extra de passar esse amor a filh@s e net@s.

                        Não quero dizer com isto que desaprovo os sites de engate, nem o sexo rápido e fácil, estes podem ser uma fase ou não, são um “estilo de vida” como qualquer outro. E ainda bem que existem, se não fosse por eles provavelmente estaria casado ou divorciado, culpando uma mulher por não ser um homem, subconscientemente, sem me aperceber disso. É por causa desses sites que conheci o meu companheiro, portanto, penso que têm o seu lugar. Só que para mim, e sublinho, no meu caso, o sexo rápido não era o que eu queria.

                        Conheci o meu companheiro há mais de uma década, lembro-me que tudo aconteceu muito rapidamente. Na minha opinião, tive sorte, pois por esta altura já tinha conhecido muita gente. Olhando para trás eu estava à procura do meu espaço.

                        Depois de estarmos algumas vezes juntos, ele apresentou-me ao filho dele, de um casamento anterior. Nessa altura lembro-me de ter tomado a decisão de, talvez, ousar fazer parte da família. Desde então aconteceram muitas peripécias, no primeiro ano, fomos os três viver para uma casa pequena, com móveis em segunda mão, e fomos evoluindo, na vida profissional, financeira e amorosa. Mudamos para uma casa maior, já temos um escritório, uma televisão LED e uns sofás fantásticos do IKEA ;-) Nada disto teria sentido para mim, e sublinho para mim, se não tivesse o meu companheiro e o nosso filho do meu lado, pois mesmo na casa mais pequena, poderia afirmar, tal como hoje aos 40 anos: Sou feliz!

                        Com tanta negatividade e dúvida que por aí anda, deixo esta mensagem, especialmente aos mais jovens: É possível ter uma família, com companheir@ do mesmo sexo, com filho(s) e ser-se feliz. Isto provavelmente não é novidade para muitos, mas penso que vale sempre a pena deixar o testemunho positivo.

                        Tendo dito isto, ainda há muito caminho para percorrer, em algumas situações a minha família ainda está no “armário”, situações familiares, laborais e de amizade. Mas dando tempo ao tempo, tratando cada situação com a sensibilidade que merece e contando também com o apoio desta nova geração, quem sabe?

                        Obrigado pelo testemunho. Percebe-se pelas tuas palavras que estás profundamente agradecido por tudo aquilo que te aconteceu e passas uma mensagem bastante importante, que é a de que é possível ser homossexual, constituir família e ter momentos em que nos sentimos as pessoas mais felizes do mundo. Ser gay não tem que representar a impossibilidade de ter uma família, pois o conceito "família" é tão plural e complexo como a orientação sexual ou identidade de género.

                        Dizes que o apoio da nova geração vai ser importante para derrubar as barreiras da invisibilidade, permitindo assim sermos nós próprios em qualquer contexto da nossa vida. Mais do que isso, digo o seguinte: são os LGBT novos e os velhos, do continente e ilhas, do litoral e interior, dos meios citadino e rural, somos todos nós que iremos construir uma sociedade justa e progressista.

                        Abraço,
                        Tiago.
                        « Última modificação: 29 de Outubro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
                          "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                           

                          Tópicos relacionados

                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                          215 Respostas
                          65472 Visualizações
                          Última mensagem 12 de Julho de 2015
                          por aikex222
                          38 Respostas
                          27986 Visualizações
                          Última mensagem 22 de Outubro de 2013
                          por woman_angel
                          19 Respostas
                          6486 Visualizações
                          Última mensagem 11 de Junho de 2016
                          por Jenny_P