rede ex aequo

Olá Visitante14.dez.2019, 04:34:55

Autor Tópico: Curtir, sim ou não?  (Lida 6679 vezes)

 
Curtir, sim ou não?
#0

ikissedagirl

  • Visitante
Olá!
Estou a criar este tópico para pedir conselhos (raro).
O meu dilema é que não me encontro numa relação há já algum tempo e sou uma pessoa que gosta bastante de carinho. Não tendo ninguém que me dê, começo a sentir-me a precisar de alguém, a precisar de dar e receber carinho.
Neste momento não há ninguém que me cative e, quando cativa, não cativo eu essa pessoa.
Nunca curti com ninguém e não me vejo capaz de me envolver deixando os sentimentos de lado. Por exemplo beijar alguém só por beijar...
Acham que devo curtir com alguém ou apenas ficar no meu canto? Se calhar é uma pergunta estúpida, mas como "toda" a gente curte talvez seja uma coisa natural que eu desconheço.

    Curtir, sim ou não?
    #1

    ritmo

    • Visitante
    Essas coisas são sempre complexas porque acho que depende muito de pessoa para pessoa. Se não consegues deixar os sentimentos de lado pode ser um problema, a não ser que depois ambas as partes queiram mais.
    Depende das pessoas, se és mais reservada ou não... Porque pode acabar por ser um pouco constrangedor e não necessariamente carinhoso se for alguém que não conheças ou até pode ser óptimo, quem sabe. É tudo muito relativo.

    Devo dizer que também não tenho grande experiência nisto mas é só a minha opinião.

      Curtir, sim ou não?
      #2

      dre_o

      • Visitante
      Olá!

      Vou-te ser sincero!
      Identifico-me bastante com o que escreveste no tópico!!

      Eu sempre fui uma pessoa que "quis demais", sempre quis namorar, ter algo sério. Um compromisso. E ainda quero!
      Mas há uns tempos para cá, aprendi a ter calma.

      Aprendi que sinto falta do calor humano, de um beijo, de um abraço... mas mais importante: aprendi que o amor não acontece assim do nada.

      Neste momento estou a curtir, se for isso que lhe quisermos chamar, com um rapaz e gosto mesmo muito dele.
      E é a primeira vez que estou a curtir com alguém e devo-te dizer que nunca me senti tão bem porque estou a avançar devagar para algo que se naturalmente acontecer, então terá um doce sabor. ;)

      Agora, percebo que não consigas "beijar por beijar", mas também não vais encontrar o amor de um minuto para o outro.
      É mesmo assim.
      O ser humano sente esta necessidade de ter carinho, de se envolver mais intimamente com alguém, e não temos que ter vergonha disso.

      Abraço! :)

        Curtir, sim ou não?
        #3

        ikissedagirl

        • Visitante
        Obrigada a ambos!

        Essas coisas são sempre complexas porque acho que depende muito de pessoa para pessoa. Se não consegues deixar os sentimentos de lado pode ser um problema, a não ser que depois ambas as partes queiram mais.
        Depende das pessoas, se és mais reservada ou não... Porque pode acabar por ser um pouco constrangedor e não necessariamente carinhoso se for alguém que não conheças ou até pode ser óptimo, quem sabe. É tudo muito relativo.

        Devo dizer que também não tenho grande experiência nisto mas é só a minha opinião.

        "(...) a não ser que depois ambas as partes queiram mais", mas não é "suposto" uma curte ser apenas coisa de "apenas uma noite"?
        Exacto :/ Eu acho que tenho de descobrir esse meu lado, se é que o tenho...
        Opiniões são sempre bem vindas! :)

        Olá!

        Vou-te ser sincero!
        Identifico-me bastante com o que escreveste no tópico!!

        Eu sempre fui uma pessoa que "quis demais", sempre quis namorar, ter algo sério. Um compromisso. E ainda quero!
        Mas há uns tempos para cá, aprendi a ter calma.

        Aprendi que sinto falta do calor humano, de um beijo, de um abraço... mas mais importante: aprendi que o amor não acontece assim do nada.

        Neste momento estou a curtir, se for isso que lhe quisermos chamar, com um rapaz e gosto mesmo muito dele.
        E é a primeira vez que estou a curtir com alguém e devo-te dizer que nunca me senti tão bem porque estou a avançar devagar para algo que se naturalmente acontecer, então terá um doce sabor. ;)

        Agora, percebo que não consigas "beijar por beijar", mas também não vais encontrar o amor de um minuto para o outro.
        É mesmo assim.
        O ser humano sente esta necessidade de ter carinho, de se envolver mais intimamente com alguém, e não temos que ter vergonha disso.

        Abraço! :)

        Olá :)

        No teu caso, parece que a tua curte não está a ser curta (lol), que acho que é isso que se espera de uma curte.
        Dizes que gostas "mesmo muito dele", portanto para ti há sentimento envolvido... Lá está, como é que dá para separar as coisas?
        « Última modificação: 26 de Setembro de 2013 por ikissedagirl »

          Curtir, sim ou não?
          #4

          Offline silke

          • ***
          • Membro Total
          • Género: Feminino
            • Tumblr
          Uma curte não tem que ser, necessariamente, de uma noite só. Não há "regras" rígidas, cada pessoa faz ou "curte" o tempo que entender... Não precisas de ver as coisas como "ir a um bar e encontrar alguém para passar a noite". Pode ser alguém que conheces, da faculdade, de um grupo de amigos, etc, por quem te sintas atraída (e vice-versa) mas que por algum motivo não queiras namorar: seja porque são incompatíveis (a nível de personalidade, do que querem, etc), porque não há amor, porque não querem um compromisso sério... Não é assim tão preto no branco  ;)


          No teu caso, parece que a tua curte não está a ser curta (lol), que acho que é isso que se espera de uma curte.
          Dizes que gostas "mesmo muito dele", portanto para ti há sentimento envolvido... Lá está, como é que dá para separar as coisas?

          A pergunta não era para mim, mas vou aproveitar para te responder relativamente à minha experiência pessoal. Já tive uma curte, há mais de um ano, relativamente longa. Aquilo a que geralmente se chama mais "amizade colorida" ou "amigos com benefícios".  :P Éramos amigos (ainda que nunca tenhamos sido melhores amigos nem nada do tipo), dava-me bem com ele, estava atraída por ele, havia "química" mas não queria nada sério. Naquele momento da minha vida não queria namorar, nem com ele, nem com ninguém. Apesar de até gostarmos (num sentido muito pouco romântico) um do outro, não era nada forte o suficiente para ter uma relação. Além disso, vivíamos em cidades relativamente distantes e não queríamos entrar na complicação de uma relação à distância. Podíamos ter simplesmente ignorado a atração, a vontade de estar um com o outro, mas optamos por "curtir", aproveitar o presente.  Não há receitas, nem soluções milagrosas para "separar as coisas".

          Seja como for, não te "forces", não te precipites a fazer algo que não te sintas à vontade só por estares carente. Deixa as coisas acontecerem naturalmente  :)

            Curtir, sim ou não?
            #5

            ikissedagirl

            • Visitante
            Parece que me revejo nesse texto.  :)

            Sou aquilo a que se chama uma ave rara.  :P
            Isto porque só tive um relacionamento e foi há mais de cinco anos e alguns meses. Durante esse tempo até agora, não me envolvi com ninguém, seja de forma séria seja de forma mais breve. Ao contrário de ti, não sou bem uma pessoa que gosta de carinho nem sequer tem a necessidade de o ter constantemente MAS nos últimos tempos, numa sensação inédita, é isso que tenho necessitado. E não é errado e vergonhoso.

            Já pensei o mesmo mas não postei por conselhos uma vez que há apenas uma solução na minha cabeça: permitir-me mais a fazer coisas que normalmente não faço (neste assunto ou noutros). Não é fácil e, mesmo nestes casos mais breves, as coisas não acontecem de um momento para o outro. Mas acho que o truque está no permitirmo-nos a fazer coisas sem achá-las vergonhosas só porque não combinam com a nossa habitual maneira de ver e fazer as coisas.

            (Agora se me perguntares como é que isso funciona de uma forma mais prática, não te sei responder mesmo.  :P Isto é, sair, ir a sítios? Deve ser, não sei - ah, ia esquecendo de dizer, eu não tenho problema em comunicar com pessoas mas raramente o faço e passo dias em casa sem contacto interpessoal, daí que tecnicamente não tenha Amigos - algo no qual estou a trabalhar também nesse sentido de "me permitir" :P - pelo que me é complicado apontar formas práticas para te dar uma solução e conselhos específicos no que toca a isto).

            Só acho que (se o teu receio for o mesmo que o meu) não há nada pelo qual deves sentir vergonha. Curtir não é algo menos válido e mais vergonhoso do que ter um relacionamento sério, não deixes que te façam sentir isso.  :)

            Isso quer dizer que eu também sou uma "ave rara"? :P

            Realmente, já passou muito tempo e talvez já esteja na altura de sentires saudades de ter bons momentos com outra pessoa.

            "permitirmo-nos a fazer coisas sem achá-las vergonhosas só porque não combinam com a nossa habitual maneira de ver e fazer as coisas."
            Obrigada, de facto com a tua frase percebi que talvez o problema até esteja aí, o eu considerar vergonhoso e não combinar comigo

            (Sou como tu.
            E também não sei como se chega até curtir com alguém, mas deve ser isso de sair, que eu faço muito raramente, LOL, se calhar está mesmo aí o problema...)

            Uma curte não tem que ser, necessariamente, de uma noite só. Não há "regras" rígidas, cada pessoa faz ou "curte" o tempo que entender... Não precisas de ver as coisas como "ir a um bar e encontrar alguém para passar a noite". Pode ser alguém que conheces, da faculdade, de um grupo de amigos, etc, por quem te sintas atraída (e vice-versa) mas que por algum motivo não queiras namorar: seja porque são incompatíveis (a nível de personalidade, do que querem, etc), porque não há amor, porque não querem um compromisso sério... Não é assim tão preto no branco  ;)


            No teu caso, parece que a tua curte não está a ser curta (lol), que acho que é isso que se espera de uma curte.
            Dizes que gostas "mesmo muito dele", portanto para ti há sentimento envolvido... Lá está, como é que dá para separar as coisas?

            A pergunta não era para mim, mas vou aproveitar para te responder relativamente à minha experiência pessoal. Já tive uma curte, há mais de um ano, relativamente longa. Aquilo a que geralmente se chama mais "amizade colorida" ou "amigos com benefícios".  :P Éramos amigos (ainda que nunca tenhamos sido melhores amigos nem nada do tipo), dava-me bem com ele, estava atraída por ele, havia "química" mas não queria nada sério. Naquele momento da minha vida não queria namorar, nem com ele, nem com ninguém. Apesar de até gostarmos (num sentido muito pouco romântico) um do outro, não era nada forte o suficiente para ter uma relação. Além disso, vivíamos em cidades relativamente distantes e não queríamos entrar na complicação de uma relação à distância. Podíamos ter simplesmente ignorado a atração, a vontade de estar um com o outro, mas optamos por "curtir", aproveitar o presente.  Não há receitas, nem soluções milagrosas para "separar as coisas".

            Seja como for, não te "forces", não te precipites a fazer algo que não te sintas à vontade só por estares carente. Deixa as coisas acontecerem naturalmente  :)

            Obrigada! Eu até me revejo numa curte, quer com curta ou longa duração, desde que haja respeito e que me tratem bem. O problema é que estando eu carente há maior possibilidade de me deixar levar pelos sentimentos e pronto.. :/

            Entendo e sei que não há receitas :) Foste tu que deste o primeiro passo? Como é que se começa uma "amizade colorida"? Não será semelhante a uma relação normal? Do tipo, as pessoas sentem uma atracção e vão dizendo o que sentem..

              Curtir, sim ou não?
              #6

              Offline silke

              • ***
              • Membro Total
              • Género: Feminino
                • Tumblr


              Obrigada! Eu até me revejo numa curte, quer com curta ou longa duração, desde que haja respeito e que me tratem bem. O problema é que estando eu carente há maior possibilidade de me deixar levar pelos sentimentos e pronto.. :/

              Entendo e sei que não há receitas :) Foste tu que deste o primeiro passo? Como é que se começa uma "amizade colorida"? Não será semelhante a uma relação normal? Do tipo, as pessoas sentem uma atracção e vão dizendo o que sentem..

              Não, não fui eu que dei o primeiro passo. Sou um bocado insegura demais para isso  :-X No nosso caso começou sem "planearmos" iniciar uma amizade colorida. A primeira vez que curtimos achamos que seria  a última, que não iríamos repetir. Estivemos um bom tempo sem nos vermos, até que um dia ele convidou-me para um café ao qual eu fui jurando a pés juntos que era um café e nada mais  ::) Acabou por não ser e eu aproveitei para explicar que não estava preparada/queria uma relação séria. Ele aceitou e sugeriu levarmos as coisas com calma, sem grandes expectativas, planos ou pressões. Portanto, a iniciativa foi toda dele. Quanto a falar de sentimentos, acho que isso depende da relação que tens com a pessoa. No nosso caso era uma amizade muito superficial. Falávamos, claro, mas de banalidades, interesses em comum e não de sentimentos ou coisas demasiado pessoais. Naturalmente já sou um bocadinho reservada e naquela situação acabei por o ser "de modo consciente" porque não me queria deixar envolver e tornar aquilo algo que não era.

              Mas talvez eu não seja a melhor pessoa para falar sobre curtes, foi uma situação bastante excepcional para mim tb  :)
              « Última modificação: 1 de Outubro de 2013 por silke »

                Curtir, sim ou não?
                #7

                ikissedagirl

                • Visitante


                Obrigada! Eu até me revejo numa curte, quer com curta ou longa duração, desde que haja respeito e que me tratem bem. O problema é que estando eu carente há maior possibilidade de me deixar levar pelos sentimentos e pronto.. :/

                Entendo e sei que não há receitas :) Foste tu que deste o primeiro passo? Como é que se começa uma "amizade colorida"? Não será semelhante a uma relação normal? Do tipo, as pessoas sentem uma atracção e vão dizendo o que sentem..

                Não, não fui eu que dei o primeiro passo. Sou um bocado insegura demais para isso  :-X No nosso caso começou sem "planearmos" iniciar uma amizade colorida. A primeira vez que curtimos achamos que seria  a última, que não iríamos repetir. Estivemos um bom tempo sem nos vermos, até que um dia ele convidou-me para um café ao qual eu fui jurando a pés juntos que era um café e nada mais  ::) Acabou por não ser e eu aproveitei para explicar que não estava preparada/queria uma relação séria. Ele aceitou e sugeriu levarmos as coisas com calma, sem grandes expectativas, planos ou pressões. Portanto, a iniciativa foi toda dele. Quanto a falar de sentimentos, acho que isso depende da relação que tens com a pessoa. No nosso caso era uma amizade muito superficial. Falávamos, claro, mas de banalidades, interesses em comum e não de sentimentos ou coisas demasiado pessoais. Naturalmente já sou um bocadinho reservada e naquela situação acabei por o ser "de modo consciente" porque não me queria deixar envolver e tornar aquilo algo que não era.

                Mas talvez eu não seja a melhor pessoa para falar sobre curtes, foi uma situação bastante excepcional para mim tb  :)

                LOL :)
                Mas terás de lhe ter dado algum sinal que demonstrasse que estavas com algum interesse, ou ele atirou-se de cabeça à procura da sorte? xD

                  Curtir, sim ou não?
                  #8

                  Offline silke

                  • ***
                  • Membro Total
                  • Género: Feminino
                    • Tumblr
                  LOL  Atirou-se de cabeça, até porque eu inicialmente não tinha grande interesse  :P Mas ele já estava alcoolicamente bem disposto, portanto, ajudou na dose de "loucura" (digo loucura porque lhe podia ter corrido mal  lol)

                    Curtir, sim ou não?
                    #9

                    Klepth

                    • Visitante
                    Eu não sou de curtes. Acho que curtir, seja um dia, uma semana, ou durante um mês, não tem qualquer problema. Julgo que, está muito associado à personalidade da pessoa, e ao que esta quer para si em determinada fase da sua vida. Ou falemos mesmo em estilo de vida.
                    Como eu não consigo estar com ninguém apenas pela atração física, e gosto de ter as " coisas " controladas, a curte não é algo que me agrade por assim dizer.
                    Mas não sou nada daquelas que acha horrível ou critica quem o faz, apenas para mim não. :)

                      Curtir, sim ou não?
                      #10

                      alexandra20

                      • Visitante
                      Eu acho que não faz mal nenhum em conhecer uma pessoa e curtir com ela.
                      édisso que eu procuro uma rapariga divertida e sincera, pra ter uma curte mas não uma relação séria.
                      quero me divertir. :)

                        Curtir, sim ou não?
                        #11

                        Diotima

                        • Visitante
                        Acho que a pessoa só deve de o fazer se se sentir confortável com isso. Eu fi-lo duas vezes e não me senti confortável. Não sou pessoa de curtes. :P Concordo que depende da personalidade de cada um.

                          Curtir, sim ou não?
                          #12

                          Offline theone111

                          • ****
                          • Membro Sénior
                          • Género: Masculino
                          Nada de errado, a meu ver.

                          A haver uma atracção, acaba por ser natural querer explorá-la. Desde que ambos se sintam confortáveis, não vejo o problema. Nada forçado, é o que se exige.
                            E acredita, a vida é bastante melhor com bolachas! lol

                            Curtir, sim ou não?
                            #13

                            V24

                            • Visitante
                            Quem o faz é porque lhe convém...comigo não me parece LOL
                            Das duas uma conheço a pessoa com calma divertimo-nos há uns piropos. Ou ficamos em amizade ou começa-se a construir algo mais sem pressões.
                            Curtir penso que sou incapaz...mas posso estar enganada :-X

                              Curtir, sim ou não?
                              #14

                              Offline lautrèamont

                              • **
                              • Membro Júnior
                              • Género: Masculino
                              desde as pessoas envolvidas se sintam confortáveis com a situação, why not??
                                "A dúvida é uma homenagem prestada à esperança."
                                Comte de Lautrèamont

                                Curtir, sim ou não?
                                #15

                                Offline paulosabino

                                • *****
                                • Associad@
                                • Membro Vintage
                                • Género: Masculino
                                Bom, talvez não tenhamos que optar pelo 8 ou pelo 80, não temos que pensar que só há a opção de compromisso sério e curte sem qualquer conprimisso de voltar a acontecer. Será que não temos de olhar para as duas situações e acreditar que se podem complementar? Acho que pouca gente encontra um amor recíproco só pelo olhar onde são felizes para sempre, umas vezes começa com uma amizade que cresce, outras uma curte que desperta mais qualquer coisa, outras vezes há paixões que ardem mais depressa que a palha..
                                no meio de tudo isso acho que quanto mais procuramos menos achamos, é descontrair e deixar que tudo possa acontecer e quando acontecer logo se vê o que a situação nos desperta.

                                  - Vai chover...   
                                   - Vai tu!!!!!!!!!!

                                  Curtir, sim ou não?
                                  #16

                                  Offline sosayweall

                                  • *
                                  • Novo Membro
                                  • Género: Masculino
                                  Eu acho que é uma necessidade natural do ser humano sentir desejos físicos para além dos emocionais.

                                  Penso que desde que me tornei sexualmente activo que sempre senti necessidade de juntar os dois campos, o físico e o emocional. No entanto, não sou uma pessoa que se apaixone assim tão facilmente, mas consigo sentir desejo físico por outras pessoas antes do emocional. Como tal, já tive curtes durante a minha vida, tal como já tive namoros, com ambos os sexos.

                                  A última curte que tive foi a mais engraçada e desenvolvi uma amizade diferente. Foi uma semana depois da passagem de ano, sentia necessidade de estar com alguém e tal e acabei por curtir com outra pessoa que mora bastante longe de mim, cerca de 50 minutos de carro. A piada é que, pelo menos uma vez por mês, já que nenhum de nós está ligado a ninguém, lá nos encontrávamos e curtiamos. Era um bocado abafar o desejo físico por alguém.

                                  A piada é que essas curtes tornaram-se cada vez mais intímas e românticas e no fim de cada "sessão" acabavamos por falar e nos conhecer melhor. A amizade desenvolveu-se e tornámo-nos o que posso chamar de amigos com benefícios. Acho que nenhum de nós quer partir para mais, acho que devido a estarmos longe e tal. Mas é engraçado ver como isto se desenvolveu.

                                  Eu estou aberto a conhecer outras pessoas, até porque não me sinto preso a ele de todo, e é mesmo aquilo que é, somos amigos que devido a nenhum de nós ser comprometido, de vez em quando encontramo-nos. Já pensei que ele poderia estar apaixonado por mim ou eu por ele, mas acho que não. Sinto carinho por ele, mas não sinto a necessidade de estar com ele, não sei se me faço perceber bem.

                                  É diferente. E apenas estava a partilhar a experiência porque acho que de facto dá para separar o campo físico do emocional, e pela primeira vez presenciei-o, apesar que por outro lado, o emocional está lá, mas apenas de uma amizade engraçada, porque acho que está mais do que estabelecido que nunca desenvolverá para algo mais. E sei que um dia que encontre alguém ou comece a ver alguém, pode parar e nenhum de nós fica chateado e vice-versa.

                                    Curtir, sim ou não?
                                    #17

                                    Offline Endovélico

                                    • ****
                                    • Membro Sénior
                                    • Género: Masculino
                                    • Are we to hang our hearts on such little things?
                                    Eu acho que é uma necessidade natural do ser humano sentir desejos físicos para além dos emocionais.

                                    Penso que desde que me tornei sexualmente activo que sempre senti necessidade de juntar os dois campos, o físico e o emocional. No entanto, não sou uma pessoa que se apaixone assim tão facilmente, mas consigo sentir desejo físico por outras pessoas antes do emocional. Como tal, já tive curtes durante a minha vida, tal como já tive namoros, com ambos os sexos.

                                    A última curte que tive foi a mais engraçada e desenvolvi uma amizade diferente. Foi uma semana depois da passagem de ano, sentia necessidade de estar com alguém e tal e acabei por curtir com outra pessoa que mora bastante longe de mim, cerca de 50 minutos de carro. A piada é que, pelo menos uma vez por mês, já que nenhum de nós está ligado a ninguém, lá nos encontrávamos e curtiamos. Era um bocado abafar o desejo físico por alguém.

                                    A piada é que essas curtes tornaram-se cada vez mais intímas e românticas e no fim de cada "sessão" acabavamos por falar e nos conhecer melhor. A amizade desenvolveu-se e tornámo-nos o que posso chamar de amigos com benefícios. Acho que nenhum de nós quer partir para mais, acho que devido a estarmos longe e tal. Mas é engraçado ver como isto se desenvolveu.

                                    Eu estou aberto a conhecer outras pessoas, até porque não me sinto preso a ele de todo, e é mesmo aquilo que é, somos amigos que devido a nenhum de nós ser comprometido, de vez em quando encontramo-nos. Já pensei que ele poderia estar apaixonado por mim ou eu por ele, mas acho que não. Sinto carinho por ele, mas não sinto a necessidade de estar com ele, não sei se me faço perceber bem.

                                    É diferente. E apenas estava a partilhar a experiência porque acho que de facto dá para separar o campo físico do emocional, e pela primeira vez presenciei-o, apesar que por outro lado, o emocional está lá, mas apenas de uma amizade engraçada, porque acho que está mais do que estabelecido que nunca desenvolverá para algo mais. E sei que um dia que encontre alguém ou comece a ver alguém, pode parar e nenhum de nós fica chateado e vice-versa.

                                    Que história bonita :)

                                      Curtir, sim ou não?
                                      #18

                                      Offline frozzen

                                      • **
                                      • Membro Júnior
                                      • Género: Feminino
                                      ola! a minha questao nao é a da vergonha, é infelizmente o facto de nao conseguir retirar prazer disto se nao tiver sentimentos :/

                                        Curtir, sim ou não?
                                        #19

                                        Offline Sunshine.Lady

                                        • ***
                                        • Membro Total
                                        • Género: Feminino
                                        • Be Happy, Be Yourself ^^
                                        ola! a minha questao nao é a da vergonha, é infelizmente o facto de nao conseguir retirar prazer disto se nao tiver sentimentos :/

                                        Eu sou da opinião de que devem existir curtes, sim !
                                        Eu pensava e era como tu.. Mas uma curte é isso mesmo.. Tens de tirar o melhor proveito que conseguires.. Pode ser apenas um momento, como pode até vir a ser algo mais, nunca sabes.. ;)
                                          SL

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          493 Respostas
                                          66190 Visualizações
                                          Última mensagem 26 de Fevereiro de 2014
                                          por _levitar_
                                          72 Respostas
                                          14493 Visualizações
                                          Última mensagem 29 de Janeiro de 2016
                                          por DeLpHi
                                          7 Respostas
                                          6379 Visualizações
                                          Última mensagem 3 de Outubro de 2008
                                          por Frida ! / Kahlo ?
                                          82 Respostas
                                          12757 Visualizações
                                          Última mensagem 18 de Agosto de 2011
                                          por TiagoJ
                                          145 Respostas
                                          19041 Visualizações
                                          Última mensagem 20 de Maio de 2011
                                          por portoboy