rede ex aequo

Olá Visitante23.out.2020, 06:29:16

Autor Tópico: Emigração para países gay-friendly  (Lida 2123 vezes)

 
Emigração para países gay-friendly
#0

Offline nevertoolatetobehappy

  • *****
  • Associad@ Honorári@
  • Membro Elite
  • Género: Masculino
  • Be yourself. Be happy. Be nice.
    • Tiny Ripple Hope


Boa noite a tod@s,

Portugal vive um dos períodos mais duros de toda a sua história. É um período de profundas injustiças socias e impunidade das elites políticas e financeiras, não só no país como na Europa. Há famílias completamente "desfeitas": pais que emigram e deixam os filhos para trás, avós que sustentam várias gerações, jovens e pessoas "velhas demais" no desemprego. O rumo político que está a ser aplicado segue uma linha ideológica muito clara e o futuro avizinha-se negro.

Neste contexto de progressivos aumentos de desigualdades sociais e perda de qualidade de vida, gostaria de perguntar a quem emigrou, qual a sua experiência nesse país no que se refere à qualidade de vida em geral, a questões LGBT e também a recomendações para quem está a pensar emigrar.

Deixo igualmente o repto a quem já pensou ou está a pensar em emigrar, para partilhar os países que estão no topo das vossas preferências e porquê.

Abraços e beijos,
Tiago.
« Última modificação: 20 de Setembro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
    "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

    Emigração para países gay-friendly
    #1

    Offline Pulse

    • *****
    • Membro Vintage
    • Género: Masculino
    • After all, losing all hope was freedom.
    Temos de ver o que são países gay friendly. Os países mais desenvolvidos da Europa têm vindo a receber muita imigração do Norte de África e Médio Oriente e o islamismo nesses países está a crescer à medida que essas minorias étnicas começam a ganhar poder, tem havido casos de homo bashing em países como, por exemplo, a Bélgica e os Países Baixos cometido por islamitas.

    Deixo aqui alguns links:

    http://frontpagemag.com/2012/dgreenfield/muslim-gay-bashing-comes-to-paris/

    http://www.torontosun.com/comment/columnists/ezra_levant/2010/10/08/15630946.html

    http://digitaljournal.com/article/298793
      And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

      Emigração para países gay-friendly
      #2

      Offline nevertoolatetobehappy

      • *****
      • Associad@ Honorári@
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      • Be yourself. Be happy. Be nice.
        • Tiny Ripple Hope
      Temos de ver o que são países gay friendly. Os países mais desenvolvidos da Europa têm vindo a receber muita imigração do Norte de África e Médio Oriente e o islamismo nesses países está a crescer à medida que essas minorias étnicas começam a ganhar poder, tem havido casos de homo bashing em países como, por exemplo, a Bélgica e os Países Baixos cometido por islamitas.

      Deixo aqui alguns links:

      http://frontpagemag.com/2012/dgreenfield/muslim-gay-bashing-comes-to-paris/

      http://www.torontosun.com/comment/columnists/ezra_levant/2010/10/08/15630946.html

      http://digitaljournal.com/article/298793


      Olá Pulse,

      Em primeiro lugar, "gay-friendly" define-se como "welcoming to gay people". Há igualmente uma entrada na Wikipedia.

      Obrigado pelo aviso e pelos links. Já sabia que tem existido uma vaga de imigrantes islamitas para países europeus que têm perpetrado actos homofóbicos, mas para já a situação (ainda) não é muito grave, pois há todo um sistema legislativo que defende os direitos dos LGBT; independentemente disto, é algo que devemos ter em conta antes de emigrar.

      Abraço,
      Tiago.
        "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

        Emigração para países gay-friendly
        #3

        Offline Pulse

        • *****
        • Membro Vintage
        • Género: Masculino
        • After all, losing all hope was freedom.
        Enquanto as instituições forem funcionando, sim. Mas em Inglaterra já temos tribunais da Shariah. Mas enfim, como tu bem sabes estou de malas feitas e de partida para a Bélgica, é um país gay friendly e onde, segundo costa, as pessoas preferem meter-se nas suas vidas do que nas vidas alheias. Pelo que devo dar-me bem por lá.  8-)
          And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

          Emigração para países gay-friendly
          #4

          Offline nevertoolatetobehappy

          • *****
          • Associad@ Honorári@
          • Membro Elite
          • Género: Masculino
          • Be yourself. Be happy. Be nice.
            • Tiny Ripple Hope
          Enquanto as instituições forem funcionando, sim. Mas em Inglaterra já temos tribunais da Shariah. Mas enfim, como tu bem sabes estou de malas feitas e de partida para a Bélgica, é um país gay friendly e onde, segundo costa, as pessoas preferem meter-se nas suas vidas do que nas vidas alheias. Pelo que devo dar-me bem por lá.  8-)

          Desejo-te as maiores felicidades neste novo capítulo da tua vida. [smiley=sim.gif]

          Só te peço uma coisa: vai dando feedback, neste tópico, sobre a tua vida num país onde "as pessoas preferem meter-se nas suas vidas do que nas vidas alheias" ;)
            "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

            Emigração para países gay-friendly
            #5

            Offline Pulse

            • *****
            • Membro Vintage
            • Género: Masculino
            • After all, losing all hope was freedom.
            Está bem, ainda falta até ir, mas eu vou dando feedback. :P
              And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

              Emigração para países gay-friendly
              #6

              Offline nevertoolatetobehappy

              • *****
              • Associad@ Honorári@
              • Membro Elite
              • Género: Masculino
              • Be yourself. Be happy. Be nice.
                • Tiny Ripple Hope
              Está bem, ainda falta até ir, mas eu vou dando feedback. :P

              Obrigado. :)
                "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                 

                Tópicos relacionados

                  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                196 Respostas
                78530 Visualizações
                Última mensagem 9 de Janeiro de 2017
                por Spektrum
                47 Respostas
                12908 Visualizações
                Última mensagem 7 de Novembro de 2009
                por tendergaivota
                529 Respostas
                101016 Visualizações
                Última mensagem 5 de Novembro de 2011
                por a16022012_01
                75 Respostas
                23015 Visualizações
                Última mensagem 27 de Junho de 2009
                por Xana069
                12 Respostas
                10684 Visualizações
                Última mensagem 25 de Janeiro de 2015
                por soraia_asd