rede ex aequo

Olá Visitante14.jul.2020, 17:39:45

Autor Tópico: Socialização com homens hétero  (Lida 1953 vezes)

 
Socialização com homens hétero
#0

Offline davidl

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
Boa noite a todos =)
Apesar do título do tópico ser um pouco generalista, penso que esta questão em específico não foi abordada aqui e quero partilhar a minha experiência.
Como a maior parte das pessoas homossexuais, sempre tive especial afinidade em termos de amizade para pessoas do sexo oposto, ou seja, sempre me dei melhor com raparigas do que com rapazes, apesar de que na escola primária era o contrário por exemplo. Os motivos são os de sempre, não tinho muitos interesses em comum, o futebol que é o comum e o falar de mulheres(namoradas. Durante a minha adolescência apesar de me dar melhor com raparigas, nunca tive problemas em lidar com os meus colegas de turma/amigos mais próximos, sempre nos demos bem, apenas a cumplicidade era maior com raparigas e a amizade com rapazes era a um nível menos profundo.
Presentemente, a situação mantém-se, se tiver rapazes no meu grupo de pessoas com quem lido a uma base diária não há problema e dámo-nos bem, apesar de a amizade nunca ficar ao ponto de ter um best friend. Pensei que fosse uma coisa que fosse passando com a idade e atribuí um pouco à timidez, mas a verdade é que para mim é muito complicado a socialização com homens hétero que não façam parte do meu grupo regular de pessoas no círculo profissional ou familiar. Tenho dificuldade em "saber" como me hei de comportar (não sou assumido e penso que não tenha nada de especial que denuncie a minha orientação) quer para um simples cumprimento ou dar seguimento a uma conversa. Não consigo entender se é um misto de timidez ou insegurança, mas a verdade é que dou por mim sempre a evitar fazer contacto até com os olhos! Tenho notado isto agora de maneira mais acentuada porque ao fazer um apanhado geral da minha vida até agora conto pelos dedos de uma mão os rapazes com quem sou amigo mais próximo (sem ser o típico colega/conhecido), e consigo enumerar uns tantos que me têm como antipático ou anti-social. Por exemplo, agora faço parte de um grupo político, e existe umas tantas pessoas que acho porreiras e com quem me  gostava de me relacionar, mas acho que lhes dou a entender que sou antipático (por quase não cumprimentar ninguem e desviar olhares).A verdade é que não sei/não consigo dar seguimento a uma conversa normal e fluída, especialmente se a pessoa em questão é mais popular ou tem um aspecto de "rufia". Então se for, por exemplo, um homem com um cargo importante que esteja muito acima de mim na hierarquia fico completamente sem acção e sinto-me do tamanho de uma formiga.

É uma coisa estranha, mas a verdade é que não sou anti-social bem pelo contrário, mas num grupo de pessoas da minha idade muito dificilemente consigo começar uma conversa naturalmente com um rapaz ou fazer um amigo mais chegado. Quando é a questão da hierarquia por exemplo, até às raparigas tenho diculdade em começar uma conversa, apesar de ser mais fácil. Nada contra as meninas, mas sinto muito  falta de me relacionar mais com rapazes da minha geração. O meu grupo de amigos mais próximos vai ficando cada vez mais afastado geograficamente com o fim do curso e vejo-me numa situação de me ter que relacionar com o pessoal aqui da terra, a verdade é que quero mas praticamente não consigo. Não digo que quero fingir ser algo que não sou com determinadas pessoas, apenas não consigo dar-lhes a transparecer quem verdadeiramente sou - uma pessoa bem disposta e conversadora, dando a ideia exatamente oposta.
Porque será isto? Insegurança (de quê?) Falta de terreno comum? Já aconteceu a alguém?    :-\

Desculpem o testamento!  :-X
« Última modificação: 7 de Setembro de 2013 por davidl »

    Socialização com homens hétero
    #1

    dre_o

    • Visitante
    A mim soa-me a desconforto e timidez!

    Por exemplo, eu também sempre tive mais afinidade para amizades com raparigas do que rapazes, até me assumir.
    As minhas amigas, souberam da minha orientação desde que formei essa amizade com elas, mas os meus amigos, souberam até à pouco tempo! E antes de me assumir perante eles, também sentia esse desconforto e timidez, talvez por estar a mentir, a inventar desculpas e a falar de coisas que não fazem sentido para mim!

    A verdade é que desde que me assumi, as coisas melhoraram. As minhas relações com as pessoas tornaram-se mais verdadeiras. Nenhum dos meus amigos/as se afastou.
    Estar dentro do armário prendeu a minha personalidade. Eu também não sou anti-social mas já fui considerado... como tu.

    O conselho que te posso dar é: sê tu mesmo.
    Não sei como está a tua vida, se terias facilidade em assumir-te. Mas mesmo que não o faças, podes ser tu mesmo.

    Tu disseste: "Tenho dificuldade em "saber" como me hei de comportar (não sou assumido e penso que não tenha nada de especial que denuncie a minha orientação) quer para um simples cumprimento ou dar seguimento a uma conversa."

    Não há que "saber"! Tu não tens que mudar quem és de acordo com as pessoas com quem convives!
    Educação, (no que diz respeito à hierarquia como mencionaste), é uma coisa! Agora, personalidade é outra.
    E na minha opinião, não faz sentido mudares o teu discurso sempre que falas com alguém diferente! :P

    Não vais dizer que, por exemplo, gostas de futebol, ou que adoras um clube, quando esse tema nem te interessa.
    Mantém-te fiel a ti mesmo.

    "É impossível agradar Gregos e Troianos". ;)

    Espero ter ajudado :)
    « Última modificação: 7 de Setembro de 2013 por dre_o »

      Socialização com homens hétero
      #2

      Offline davidl

      • *
      • Novo Membro
      • Género: Masculino
      talvez por estar a mentir, a inventar desculpas e a falar de coisas que não fazem sentido para mim!

      Não há que "saber"! Tu não tens que mudar quem és de acordo com as pessoas com quem convives!
      Educação, (no que diz respeito à hierarquia como mencionaste), é uma coisa! Agora, personalidade é outra.
      E na minha opinião, não faz sentido mudares o teu discurso sempre que falas com alguém diferente! :P


      Acho que interpretaste mal o que escrevi (e com razão porque não estou a fazer-me entender, vou tentar editar melhor o meu discurso). Não mudo a minha personalidade consoante a pessoa que estou, não acredito que alguém consiga fazer isso durante muito tempo - a situação é que a minha personalidade simplesmente não transparece e fica presa. Eu sou bom conversador e consigo falar de variados temas.
      Uma pessoa tem que se adaptar consoante com quem fala, e quando digo adaptar não digo fingir - adaptas um pouco a tua postura consoante falas com um professor ou com uma pessoa da tua idade. A situação que se passa é mesmo conseguir abordar/começar uma conversa fluída para deixar transparecer a minha verdadeira personalidade ;)
      Não quero agradar a gregos e a troianos, mas também não quero formar a impressão geral num grupo grande de rapazes da minha idade de que sou um convencido mal encarado entendes? =/

        Socialização com homens hétero
        #3

        Offline paulosabino

        • *****
        • Associad@
        • Membro Vintage
        • Género: Masculino
        Eu acho que o teu "problema" pode ser o de muitos de nós. Naturalmente até precisamos de socializar, sentimos falta de nos dar a conhecer mas por outro lado, ou pela situação presente( tu por exemplo sendo não assumido) ou por situações passadas( eu por exemplo fiquei um pouco esquivo depois de me ter assumido e me dececionar com algunas comportamentos  em relação a isso) ficamos numa defensiva que apesar de nos servir de proteção, a dada altura prejudica-nos.

        Nessa questão de te sentires intimidado especialmente por alguém hierarquicamente superior, no fundo não sentes medo de ser julgado de forma errada por essas pessoas? Acho que já vesti um pouco essa pele e o melhor a fazer é procurarmos nos valorizar e destruir essa insegurança que nos deixa funcionar a meio gás, temos muito mais para dar!

        Boa sorte!
          - Vai chover...   
           - Vai tu!!!!!!!!!!

          Socialização com homens hétero
          #4

          ilikemiguel

          • Visitante
          Será possível que te tenhas fechado numa caixa, isto é, criado uma zona de conforto restrita em termos sociais?
          Foi isto que, creio, aconteceu comigo: sendo um pré-adolescente confuso, acabei por me aproximar mais das raparigas. Verdade seja dita, as meninas têm mais tendência a serem compreensivas para estes temas do que os rapazes, numa fase da pré-adolescência/adolescência. Habituei-me à companhia delas, talvez até aos interesses delas, e deixei os rapazes de parte. O resultado óbvio foi que, após alguns anos, por ter crescido entre raparigas, deixei de ter tema de conversa com os rapazes.
          O que eu tive de fazer foi, simplesmente, sair da caixa, ultrapassar a zona de conforto. Fui tentando conhecer e conversar com pessoas diferentes, mantendo uma mente aberta: eu não sei o que esperar das pessoas, não posso simplesmente admitir que vão ser dos típicos rapazes da bola com quem não sei conversar...

          Vi esta possibilidade naquilo que descreveste. Tu saberás se se identifica contigo...
          Abraço  :)

            Socialização com homens hétero
            #5

            Offline angel b

            • **
            • Membro Júnior
            • Género: Masculino
            eu tenho uma horrivel socialização com homens hetero e às vezes chego a ser heterofóbico, admito...

              Socialização com homens hétero
              #6

              Offline JY

              • *
              • Novo Membro
              • Género: Masculino
              Confesso que também sempre foi difícil para mim conviver com homens hetero...
              Normalmente, nunca passam de conversas circunstanciais.

                Socialização com homens hétero
                #7

                Offline lxmartini

                • *****
                • Membro Ultra
                • Género: Masculino
                Antes não convivia muito. Agora convivo mais. Mas não porque tenho medo ou algo do género...
                Apenas não me identifico.. nem temos gostos em comum...   lol

                  Socialização com homens hétero
                  #8

                  Offline theone111

                  • *****
                  • Membro Ultra
                  • Género: Masculino
                  Já fui mais tímido que actualmente. Ainda tenho certas dificuldades em meter conversa com alguém que não conheço de lado nenhum, mas com "amigos em comum" acabei pos saber "dominar a arte" lol

                  Segue abaixo a minha prescrição:
                  - Cumprimenta as pessoas. Mostra abertura.
                  - Olha-a nos olhos. Demasiado importante e quase impossível ao início. Quando te sentires confortável a fazê-lo, deixarás de ter um problema.
                  - Tenta relembrar aspectos da última conversa que tiveste com a pessoa e tenta fechá-los: "O teu filho estava doente, certo? como está ele?". Há também assuntos que não deves retomar. Evita idiotices do tipo "Então? O teu cão continua morto?"
                  - "como vai o trabalho/escola?", "Apanhaste muito trânsito?" - há milhentas perguntas como estas para as alturas em que não tens a certeza para onde encaminhar a conversa. Uso muito o "Que é feito de ti?" principalmente no início da conversa com alguém que não vejo há muito. A pergunta gera sempre novos tópicos.
                  - Esforça-te por entender. Não simplesmente ouvir, mas entender o que a pessoa quer (ou não quer directamente) dizer. Muitas vezes as pessoas procuram desabafar de forma discreta. Aí, perguntas como "Queres falar sobre isso?" espantam o gado...
                  - 1 copo de água antes de te deitares (para dar um ar sério à coisa lol)

                  É um processo gradual. Demora e custa um pouco ao início. Mas quanto mais cedo começares, melhor :D
                    E acredita, a vida é bastante melhor com bolachas! lol

                    Socialização com homens hétero
                    #9

                    Offline _ricardo_

                    • ****
                    • Membro Sénior
                    • Género: Masculino
                    Com os meus amigos de longa data nunca tive desses problemas, porque como já nos conhecemos há muitos anos, acaba por haver sempre tema de conversa e gostos em comum.

                    Já com homens hetero que tenho vindo a conhecer entretanto realmente noto alguma dificuldade de socialização, e não ajuda o facto de eu ter sido sempre um pouco tímido. O facto é que na maioria dos casos acho difícil fazer conversas de circunstância porque, para além do futebol, é raro encontrar outro tipo de assunto para discutir. Na minha experiência isto é verdade para aquelas pessoas que conheço e com as quais acabo por ter pouco contacto.

                    Mas nos homens com que acabo por me dar mais frequentemente, mesmo que não venham a ser grandes amigos, normalmente consigo ultrapassar bastante bem aquela barreira inicial e ter conversas perfeitamente normais. Tenho é a perfeita noção de que por vezes passo por antipático ou um pouco anti-social porque para mim esses primeiros contactos são sempre muito difíceis até me começar a sentir à vontade.
                      "Great spirits have always found violent opposition from mediocrities. The latter cannot understand it when a man does not thoughtlessly submit to hereditary prejudices but honestly and courageously uses his intelligence." Albert Einstein

                      Socialização com homens hétero
                      #10

                      Offline BrunoMCP

                      • *****
                      • Orador(a)
                      • Membro Ultra
                      • Ter orgulho é rejeitar a vergonha.
                      Eu creio que até consigo socializar com heteros, na faculdade facilita haver sempre trabalhos ou praxe ou afins sobre o que falar, mas fora desse meio parece que os heteros é que ficam sempre de pé atrás comigo.

                        Socialização com homens hétero
                        #11

                        Offline Zyt

                        • *
                        • Novo Membro
                        • Género: Masculino
                        Apesar de ser extremamente retraído com toda a gente, sempre me foi mais fácil o relacionamento com outros rapazes. Talvez porque seja mais fácil encontrar interesses em comum (pokemons - algo que adorava na infância, futebol, etc.) e conseguir, pelo menos, manter uma conversa de circunstância.
                        Relacionar-me com raparigas deixava-me sempre acanhado, chegava mesmo a corar (algo que me acontece com grande facilidade).
                        Hoje, ainda que de forma muito menos evidente, ainda sou um pouco assim.

                           

                          Tópicos relacionados

                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                          119 Respostas
                          31896 Visualizações
                          Última mensagem 7 de Julho de 2011
                          por jessMarques
                          467 Respostas
                          48745 Visualizações
                          Última mensagem 26 de Fevereiro de 2017
                          por Mii
                          7 Respostas
                          3982 Visualizações
                          Última mensagem 18 de Agosto de 2013
                          por silke
                          30 Respostas
                          6390 Visualizações
                          Última mensagem 19 de Julho de 2015
                          por Sinvastatina
                          1 Respostas
                          3244 Visualizações
                          Última mensagem 7 de Julho de 2019
                          por sleepy_heart