rede ex aequo

Olá Visitante03.jul.2020, 15:01:10

Sondagem

Já fizeste algum teste ao HIV?

Sim, e tenciono fazer novamente
84 (19.6%)
Sim, mas só porque fui pressionad@
6 (1.4%)
Sim, por iniciativa própria
41 (9.6%)
Sim e acho que toda a gente deveria fazê-lo
106 (24.8%)
Não, tenho medo
39 (9.1%)
Não, vivo melhor sem saber se tenho HIV ou não
4 (0.9%)
Não, ainda não tive tempo
97 (22.7%)
Não, nunca me apercebi da importância
51 (11.9%)

Votos totais: 303

Autor Tópico: HIV & outras IST's nos Jovens LGBT  (Lida 171694 vezes)

 
HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
#660

Offline caires

  • *****
  • núcleo lgbti funchal
  • Membro Elite
  • Género: Masculino
  • coordenador núcleo lgbti funchal | direção rea
    • núcleo lgbti funchal
EUA anunciam cura da sida

Dois homens podem ter-se curado do vírus da sida (VIH) depois de terem sido submetidos a um transplante de medula óssea para tratar um cancro. O anúncio foi divulgado ontem, último dia da XIX Conferência Internacional sobre Sida, realizada em Washington, nos EUA, por investigadores do Hospital Brigham and Women’s (Massachusetts).

Os pacientes não foram identificados por razões de privacidade, mas um dos homens, de 50 anos, foi infectado na década de 1980. O outro tem 20 anos e já nasceu infectado. Os dois doentes receberam tratamento antiretroviral, que suprimiu por completo a reprodução do VIH, embora ainda tenham reservatórios do vírus latente antes do transplante.

Um dos pacientes foi submetido a acompanhamento médico durante dois anos após o transplante e o outro durante três anos e meio: não se encontrou rasto do vírus. Até hoje, só Thimothy Brown, o ‘paciente de Berlin’, é considerado o único doente curado de sida. Em todo o Mundo há 34 milhões de pessoas com sida. Ao Correio da Manhã, o director-geral da Saúde, Francisco George, afirmou que o anúncio cria "boas expectativas e é uma esperança".

in Correio da Manhã

HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
#661

13

  • Visitante
Uau, isto SIM é uma boa notícia :)

    HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
    #662

    x3na

    • Visitante
    EUA anunciam cura da sida

    Dois homens podem ter-se curado do vírus da sida (VIH) depois de terem sido submetidos a um transplante de medula óssea para tratar um cancro. O anúncio foi divulgado ontem, último dia da XIX Conferência Internacional sobre Sida, realizada em Washington, nos EUA, por investigadores do Hospital Brigham and Women’s (Massachusetts).

    Os pacientes não foram identificados por razões de privacidade, mas um dos homens, de 50 anos, foi infectado na década de 1980. O outro tem 20 anos e já nasceu infectado. Os dois doentes receberam tratamento antiretroviral, que suprimiu por completo a reprodução do VIH, embora ainda tenham reservatórios do vírus latente antes do transplante.

    Um dos pacientes foi submetido a acompanhamento médico durante dois anos após o transplante e o outro durante três anos e meio: não se encontrou rasto do vírus. Até hoje, só Thimothy Brown, o ‘paciente de Berlin’, é considerado o único doente curado de sida. Em todo o Mundo há 34 milhões de pessoas com sida. Ao Correio da Manhã, o director-geral da Saúde, Francisco George, afirmou que o anúncio cria "boas expectativas e é uma esperança".

    in Correio da Manhã
    Se tudo correr bem com este tratamento, muitas vidas irá salvar.
    « Última modificação: 31 de Julho de 2012 por x3na »

      HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
      #663

      Offline Pulse

      • *****
      • Membro Vintage
      • Género: Masculino
      • After all, losing all hope was freedom.
      Um transplante de medula não pode ser considerada uma forma de cura para o HIV. Acham que transplantar 34 milhões de pessoas é uma solução viável? Até haver uma cura efectiva a única forma de reduzir a incidência de HIV no mundo é evitar a infecção e isso faz-se através da educação sexual e da disponibilização de preservativos para as populações.  :)
        And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

        HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
        #664

        Offline paulosabino

        • *****
        • Associad@
        • Membro Vintage
        • Género: Masculino
        Um transplante de medula não pode ser considerada uma forma de cura para o HIV. Acham que transplantar 34 milhões de pessoas é uma solução viável? Até haver uma cura efectiva a única forma de reduzir a incidência de HIV no mundo é evitar a infecção e isso faz-se através da educação sexual e da disponibilização de preservativos para as populações.  :)

        Pois também me parece impraticável, mas todos os bons resultados servem para abrir novos caminhos para o entendimento do HIV, pode ser que esta janela abra uma porta depois.

        Mas até lá, é prevenir e não confiar em conversas ou caras bonitas porque a pessoa que se envolve connosco até pode nem saber do seu estado de saúde.
          - Vai chover...   
           - Vai tu!!!!!!!!!!

          HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
          #665

          Offline ivan919

          • ****
          • Membro Sénior
          • Género: Masculino
          Um transplante de medula não pode ser considerada uma forma de cura para o HIV. Acham que transplantar 34 milhões de pessoas é uma solução viável? Até haver uma cura efectiva a única forma de reduzir a incidência de HIV no mundo é evitar a infecção e isso faz-se através da educação sexual e da disponibilização de preservativos para as populações.  :)

          Pois também me parece impraticável, mas todos os bons resultados servem para abrir novos caminhos para o entendimento do HIV, pode ser que esta janela abra uma porta depois.

          Mas até lá, é prevenir e não confiar em conversas ou caras bonitas porque a pessoa que se envolve connosco até pode nem saber do seu estado de saúde.

          Pode ser impraticável para os 34 milhões de pessoas mas se calhar pode ser praticável para que esse numero não cresça.
            "Olhe para la do que ve"

            Alto do Pina <3

            HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
            #666

            Offline Pulse

            • *****
            • Membro Vintage
            • Género: Masculino
            • After all, losing all hope was freedom.
            Pois também me parece impraticável, mas todos os bons resultados servem para abrir novos caminhos para o entendimento do HIV, pode ser que esta janela abra uma porta depois.

            Mas até lá, é prevenir e não confiar em conversas ou caras bonitas porque a pessoa que se envolve connosco até pode nem saber do seu estado de saúde.

            Concordo Paulo. No entanto acho que os meios de comunicação deveriam ter cuidado na forma como relatam os avanços na investigação dos tratamentos do HIV, um título como o do Correio da Manhã contribui unicamente para a desinformação do público.

            Pode ser impraticável para os 34 milhões de pessoas mas se calhar pode ser praticável para que esse numero não cresça.

            Ivan, eu percebo o entusiasmo em torno da notícia mas a verdade é que um transplante de medula não é como uma transfusão sanguinea, envolve uma complexidade diferente ao nível da compatibilidade entre dador e receptor e ao nivel dos recursos que são precisos mobilizar para o fazer... Já agora, estamos a falar apenas de 2 casos de sucesso...
            Por agora os antiretrovirais cumprem a sua função, reduzem a carga viral e aumentam significativamente a qualidade e a esperança de vida dos doentes. A utilização de preservativo, por sua vez, prevenirá sim o aumento do número de infectados.  ;)
              And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

              HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
              #667

              Offline ivan919

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Masculino
              Pois também me parece impraticável, mas todos os bons resultados servem para abrir novos caminhos para o entendimento do HIV, pode ser que esta janela abra uma porta depois.

              Mas até lá, é prevenir e não confiar em conversas ou caras bonitas porque a pessoa que se envolve connosco até pode nem saber do seu estado de saúde.

              Concordo Paulo. No entanto acho que os meios de comunicação deveriam ter cuidado na forma como relatam os avanços na investigação dos tratamentos do HIV, um título como o do Correio da Manhã contribui unicamente para a desinformação do público.

              Pode ser impraticável para os 34 milhões de pessoas mas se calhar pode ser praticável para que esse numero não cresça.

              Ivan, eu percebo o entusiasmo em torno da notícia mas a verdade é que um transplante de medula não é como uma transfusão sanguinea, envolve uma complexidade diferente ao nível da compatibilidade entre dador e receptor e ao nivel dos recursos que são precisos mobilizar para o fazer... Já agora, estamos a falar apenas de 2 casos de sucesso...
              Por agora os antiretrovirais cumprem a sua função, reduzem a carga viral e aumentam significativamente a qualidade e a esperança de vida dos doentes. A utilização de preservativo, por sua vez, prevenirá sim o aumento do número de infectados.  ;)

              Acabei por me explicar mal por falta de palavras que me faltavam na cabeça xD
              Enquanto nao houverem dados que provem que este é um método para curar a pessoa sinceramente entusiasmo nao existe em mim xD
              Percebo que uma transfusão de medula não seja uma coisa que se faça assim do nada, mas se podemos poupar uma vida de possíveis problemas e chatices e preocupações a uma criança porque não o fazer se for possível?
              Se este for um bom método para já é claro que nao pode ser usado em toda a gente por devidos motivos, mas se for possível usar em crianças que não escolheram nascer com o HIV, mulheres/homens violados e que apanharam o vírus porque não?
              Claro que tudo tem os seus riscos e a transfusão de medula óssea é uma delas.

                "Olhe para la do que ve"

                Alto do Pina <3

                HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
                #668

                Offline caires

                • *****
                • núcleo lgbti funchal
                • Membro Elite
                • Género: Masculino
                • coordenador núcleo lgbti funchal | direção rea
                  • núcleo lgbti funchal
                Eu concordo com o Pulse... infelizmente é verdade. Já é difícil encontrar-se um dador de medúla óssea para os casos que se conhece, quanto mais para os milhões de infetados no mundo! :/

                Mas não deixa de ser uma boa notícia... embora eu ache que os media deviam ter maior cuidado na forma como espalham estas notícias. Um pequeno título que pode significar uma esperança que depois é apenas mais uma desilusão para muitos...

                A domesticação da SIDA - reportagem SIC/Visão
                #669

                Offline Pedrocas

                • *
                • Novo Membro
                Bonita reportagem sobre o HIV em Portugal na última edição da revista Visão, que tentarei aqui colocar. Podem ver o vídeo da SIC neste link:

                http://visao.sapo.pt/a-domesticacao-da-sida=f683398

                  HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
                  #670

                  Offline Soul Survivor

                  • *****
                  • Associad@
                  • Membro Sénior
                  • Género: Masculino
                  Uma reportagem muito interessante sobre o HIV. Não está directamente ligado com a temática LGBT o que até é positivo para a desmistificação desta associação.

                  Fala sobre uma família "normal", em que todos são portadores de HIV.

                  http://sicnoticias.sapo.pt/programas/momentos-mudanca/2012/10/23/alexandra-viver-com-hiv?fb_comment_id=fbc_169249386546460_505356_169296259875106#f3dc2394e4

                    you only see what your eyes want to see

                    HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
                    #671

                    Offline Adónis

                    • ****
                    • Membro Sénior
                    Recentemente foi descoberto que existe um fármaco oncológico com a capacidade de «acordar» o vírus escondido em reservatórios onde os tratamentos actuais não conseguem chegar. Se os ensaios clínicos tiverem bons resultados, a infecção pela HIV poderá ter uma cura idêntica ao cancro, ou seja, alguns conseguirão livrar-se do vírus, outros não... Até agora apenas está provado um caso de cura com um transplante, procedimento em que morrem 50% dos doentes. Não é um tratamento viável para a maioria da população.

                    Nos EUA foi tomado também outro passo importante para travar a doença. Agora quem tem comportamentos de risco poderá tomar antiretrovirais diariamente, os quais, combinados com a utilização do preservativo, reduzirão a probabilidade de contrair o vírus.

                    Em 2009 60% dos novos casos diagnosticados foram de homossexuais e bissexuais, nos EUA. Parece que as novas gerações estão a ignorar o vírus. A toma diária de antiretrovirais poderá ser um passo importante para impedir a contaminação de pessoas mais promíscuas, nas quais a utilização de preservativo não é suficiente para prevenir a contaminação pelo vírus. Sabe-se que a larga maioria dos adultos não utiliza protecção no sexo oral, contudo a vírus pode ser transmitido por esta via. Para além disso o preservativo não é um método 100% eficaz, pois rebenta.

                    Aconselho toda a gente a fazer o teste duas vezes por ano, especialmente no início e no final de uma relação. Incentivem o vosso parceiro a fazer também o teste, e mesmo que sejam os dois negativos utilizem sempre o preservativo. Não acreditem quando alguém diz que é negativo, as pessoas por vezes mentem... mesmo quando não parecem que sejam desse tipo. Tenham também em atenção que o vírus também se transmite pelo sexo oral. Portanto, falem com o vosso parceiro sobre o assunto. E ponham de parte comportamentos promíscuos.

                      HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
                      #672

                      Offline rede ex aequo

                      • *****
                      • Administração
                      • Membro Elite
                        • rede ex aequo

                      Olá a tod@s!

                      O CheckpointLX convida-te a assistir à primeira apresentação de resultados da MSM Lisbon Cohort – Um estudo no âmbito da realização do teste do VIH e recolha de dados, através de um questionário, no CheckpointLX.

                      Com a constituição deste estudo, pretende-se determinar a incidência e os fatores de risco para a infeção pelo VIH nos homens que têm sexo com homens (HSH), identificar estratégias de seguimento necessárias, avaliar o uso do preservativo, as barreiras e facilitadores do uso do mesmo, caracterizar as práticas sexuais e as mudanças de comportamento sexual dos HSH ao longo do tempo e informar sobre outras infeções Sexualmente transmissíveis.

                      A apresentação de dados terá lugar nas instalações do CheckpointLX – Tv. Do Monte do Carmo, 2, no Príncipe Real – Lisboa, às 20.00 horas do dia 31 de maio.

                      Contamos com a tua presença =)

                      Um abraço,
                      A Direção da rede ex aequo

                        HIV & outras IST's nos Jovens LGBT
                        #673

                        Cardo

                        • Visitante

                        Olá a tod@s!

                        O CheckpointLX convida-te a assistir à primeira apresentação de resultados da MSM Lisbon Cohort – Um estudo no âmbito da realização do teste do VIH e recolha de dados, através de um questionário, no CheckpointLX.

                        Com a constituição deste estudo, pretende-se determinar a incidência e os fatores de risco para a infeção pelo VIH nos homens que têm sexo com homens (HSH), identificar estratégias de seguimento necessárias, avaliar o uso do preservativo, as barreiras e facilitadores do uso do mesmo, caracterizar as práticas sexuais e as mudanças de comportamento sexual dos HSH ao longo do tempo e informar sobre outras infeções Sexualmente transmissíveis.

                        A apresentação de dados terá lugar nas instalações do CheckpointLX – Tv. Do Monte do Carmo, 2, no Príncipe Real – Lisboa, às 20.00 horas do dia 31 de maio.

                        Contamos com a tua presença =)

                        Um abraço,
                        A Direção da rede ex aequo


                        Lá estarei :)

                           

                          Tópicos relacionados

                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                          36 Respostas
                          17365 Visualizações
                          Última mensagem 19 de Abril de 2018
                          por Tavares
                          26 Respostas
                          3777 Visualizações
                          Última mensagem 9 de Setembro de 2013
                          por nevertoolatetobehappy
                          1 Respostas
                          1084 Visualizações
                          Última mensagem 19 de Agosto de 2013
                          por SofiaDiener
                          0 Respostas
                          1934 Visualizações
                          Última mensagem 9 de Janeiro de 2014
                          por rede ex aequo
                          Consulta IST

                          Iniciado por solow96 Geral

                          1 Respostas
                          588 Visualizações
                          Última mensagem 10 de Agosto de 2018
                          por R1992