rede ex aequo

Olá Visitante31.mar.2020, 17:21:38

Autor Tópico: Sentes-te diferente? Para Trans.  (Lida 6940 vezes)

 
Sentes-te diferente? Para Trans.
#0

Offline Ruben Santiago

  • **
  • Membro Júnior
Este Tópico é para Trans, para desabafar, conversar, apoiar e procurar apoio também..
 Chamo-me Rúben e vivo no porto, sou FTM e por vezes sinto a falta de falar com alguém que me perceba a 100%.
Espero que este tópico alem de me ajudar, ajude os outros também..
« Última modificação: 7 de Fevereiro de 2014 por 818 »

    Sentes-te difrente? Para Trans.
    #1

    Offline Diogo Pereira

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Outro
    eu também sou FTM como o rubén , vamos fazer disto um local, em paz onde possamos falar á vontade sobre tudo!

      Sentes-te difrente? Para Trans.
      #2

      Offline biri

      • *****
      • Membro Vintage
      • Género: Outro
      • Sometimes the within is piano black
      Não sou Transexual. Tive a sorte de nascer com o corpo correspondente com a minha identidade de género. No entanto considero-me transgénero.

      Não me sinto diferente, não me sinto igual. Não me identifico com os rapazes. Não me identifico com as raparigas. Não me identifico com o que a sociedade estipula para o género masculino nem para o género feminino. Não acho que tenha de me identificar. Eu não sou um género. Tenho o direito de ser quem sou, como gostar de o ser, independentemente de ser apropriado ou não, para o que está definido para o meu sexo biológico.

      A nível emocional, psicológico, mental, personalidade e tudo o resto o que me define interiormente, sinto-me uma mistura dos dois géneros, mas na grande maioria, composto por algo que não corresponde a nenhum deles. Poderia dizer que me considero agénero, mas acho que isso não seria correcto, porque eu tenho um género. O meu género. Sou algo definido. Mas não sou algo tão simples como "homem", "mulher" ou "agénero". Portanto, prefiro dizer apenas que sou Transgénero.
        You live long enough to hear the sound of guns, to find yourself screaming every night, long enough to see your friends betray you. For years I've been strapped unto this altar. Now I only have 3 minutes and counting. I just wish the tide would catch me first and give me a death I always longed for.

        Sentes-te difrente? Para Trans.
        #3

        Offline Ruben Santiago

        • **
        • Membro Júnior
        Eu tive o azar de nascer no corpo errado..todos os dias sao uma batalha, mas pronto no fim espero sair vitorioso . pensamento positivo  :)

          Sentes-te difrente? Para Trans.
          #4

          Offline Diogo Pereira

          • *
          • Novo Membro
          • Género: Outro
          Mas quanto ao teu corpo não sentes nada de errado " biri"?

            Sentes-te difrente? Para Trans.
            #5

            angel_world20

            • Visitante
            Gostaria de acompanhar este tópico para talvez conseguir entender o vosso lado eu tive a sorte de nascer mulher e por mais que eu odeie certas coisas (tipo as dores) eu amo ser mulher e deve ser um pouco por ai que gosto de mulheres  lol lol

            Eu nunca consegui perceber muito bem apesar de sempre respeitar :) nunca conheci ninguém que o fizesse ou que sentisse necessidade de mudar... Acho que há alguma contraditória no assunto e se não se sentissem mal gostava de por algumas questões... e peço desculpa se ofender alguém não é minha intenção... :-X

            1. Se acham natural a vossa orientação sexual e que não devemos mudar o que somos, porque mudar algo que veio "naturalmente"?
            2. O que é pertencer ao outro sexo?
            3. Vale a pena mudar tudo o que foste até hoje para atingir essa transformação e ter de viver com as consequências que delas derivam? (Tipo o preconceito, e os tratamentos)
            4. O período de transformação não é bastante dispendioso e altamente esgotante psicologicamente?

              Sentes-te difrente? Para Trans.
              #6

              Offline Ruben Santiago

              • **
              • Membro Júnior
              Gostaria de acompanhar este tópico para talvez conseguir entender o vosso lado eu tive a sorte de nascer mulher e por mais que eu odeie certas coisas (tipo as dores) eu amo ser mulher e deve ser um pouco por ai que gosto de mulheres  lol lol

              Eu nunca consegui perceber muito bem apesar de sempre respeitar :) nunca conheci ninguém que o fizesse ou que sentisse necessidade de mudar... Acho que há alguma contraditória no assunto e se não se sentissem mal gostava de por algumas questões... e peço desculpa se ofender alguém não é minha intenção... :-X

              1. Se acham natural a vossa orientação sexual e que não devemos mudar o que somos, porque mudar algo que veio "naturalmente"?
              2. O que é pertencer ao outro sexo?
              3. Vale a pena mudar tudo o que foste até hoje para atingir essa transformação e ter de viver com as consequências que delas derivam? (Tipo o preconceito, e os tratamentos)
              4. O período de transformação não é bastante dispendioso e altamente esgotante psicologicamente?


              Boa noite ;)
              Antes de mais nao ofendes ninguém e podes perguntar o que quiseres mesmo ! :P
              Ora bem.. quanto ao se vale a pena mudar tudo que fui ate hoje, o que vou mudar é o que realmente esta mal na minha vida, a minha cabeça será sempre a mesma, eu sempre tentei viver como um homem mesmo quando era criança, claro que nao consegui viver completamente porque o meu sexo é feminino (infelizmente..)
              A minha família nunca viu uma atitude minha igual as outras raparigas nem nada disso, por isso mesmo eu digo montes de vezes que dei todas as pistas.
              E sim vale a pena, mudar o que as pessoas tentam ver em mim que nao existe e por muito que  custe o preconceito e o esgotamento físico e psicológico por qual vou passar vale apena.
              Sabes porque? Eu nao sei o que é sair a rua sem pensar em cada esquina se se nota o meu peito, nao sei o que é falar normalmente no bus porque  odeio a minha voz, nao me sinto bem quando ha pessoas novas no meu ciclo de amigos, nao gosto que me chamem pelo nome que esta no b.i.. E acima de tudo cada vez que olho para o espelho é massacrar-me..
              Quanto ao período de transformação sim.. é muito esgotante eu acho , ha dias bons, ha dias maus e ha dias MUITO maus mas vale a pena pensar que daqui a uns tempos vou renascer :)
              Acho normal qualquer orientação sexual, acho normal mulheres gostarem de homens, homens de homens, acho que.. muitas pessoas gostam de outras pessoas apenas .
              Eu gosto de mulheres e quando era novo tentava por na minha cabeça que era homossexual mas eu nao me sentia como tal porque odeio o meu sexo, nao me sinto mulher, não consigo senti-lo sequer e nunca me senti atraído "" ou.. tentado a ter algo com uma mulher que gostasse de outras mulheres porque acho que nem elas viam em mim o que eu nao era ihihi!
              Respondendo a tua 2a pergunta se nao me engano, eu nasci com perturbação de identidade do genero, a minha cabeça é completamente masculina e o meu corpo é feminino, o meu género é masculino.. Isto é pertencer ao outro sexo, nascemos num corpo que nao corresponde com a nossa cabeça.

              Nao sei se respondi a tudo ou se esclareci as tuas duvidas mas se quiseres perguntar mais alguma coisa estou aqui para responder :) sem problema nenhum!

                Sentes-te difrente? Para Trans.
                #7

                angel_world20

                • Visitante
                Obrigada aos dois pelas as respostas e volto a dizer não quero ofender ninguém mas acho interessante este tema e gostaria de entender melhor :)

                Spoiler (clica para mostrar/esconder)

                Eu compreendo a tua luta porque se desde de criança havia isso em ti vou lhe por mais 3 perguntas...

                1. Pode se considerar uma "doença" do fórum psicológico essa perturbação de identidade do género?

                2.Depois de completares a transformação achas que será melhor devido que mudaras de sexo, mas perante a sociedade bastante antiquada ainda, serás sempre o trans porque há sempre necessidade de catalogar as pessoas. Estarás depois preparado para o que vai vir depois?

                3.Há grupos extremistas que acabam por achar que são "anormais"  e atacam não só trans mas também travesti e homossexuais nunca chegaste a pensar que essas modificações em ti pode trazer a morte? Não só na rua mas durante as cirurgias (apesar de não saber como é uma cirurgia assim há sempre agravantes em qualquer tipo de cirurgia)?

                Estou a tentar não parecer freak com as perguntas  :-X não tenho preconceito mas estou a tentar por no lugar de alguém que sinta essa necessidade de mudar mas tem medo de ser violado na rua ou de ser chamado de doente mental e todo aquele preconceito que roda em volta desta questão. Porque não é algo que esteja a ser falado normalmente ouves se falar dos homossexuais e travesti mas questões mais fundas como estas que não só mexe com termo psicológico mas também físico... mesmo para os homossexuais há toda aquele preconceito em que se é muito masculino é lésbica :´ coisa estúpida ao meu ver.


                Spoiler (clica para mostrar/esconder)


                1. Não creio que esteja relacionado mas tendo em conta que é "natural" ser-se LGB porque não seria natural permanecer Mulher ou Homem? Porque tipo uma pessoa pode lutar a vida inteira para ser hetero mas sempre será LGB o que queria dizer não causaria menos dor ser-se aquilo que és do que tentar mudar tudo o que foste para algo que poderá causar muito mais dor e ser-se muito mais esgotante? (Sei que neste caso para ele é natural ser homem mas há sempre coisas de mulher e pessoas que irão ver como mulher e se em vez de tentar mudar o exterior não tenta-se ver como mulher?)

                2. Concordo contigo mas volto a questão anterior se não seguisse a condição anterior de aceitar o facto de ser uma mulher não seria melhor? (está pergunta pareceu bastante antiquada fez-me lembrar uma velhota  :-X mas estou a tentar por vários cenários diferente e criar um ponto de "discussão saudável") Porque isso acaba por gerar toda uma revolta e com o tempo isso vai se agravando e podendo levar ao suicídio, tipo acho que é fácil dizer não importa o mundo mas cá dentro sempre há algo de solidão e tipo Se ele não muda tem de viver com isso dentro dele, mas se ele muda tem de viver "sozinho" contra o mundo... Acabam por serem pioneiros nesse assunto... Quem está mal é a sociedade que tem vários estereótipos. Não sei se poderíamos considerar algo "selvagem mais civilizado" porque todas as "regras" são como leis da selva em que os mais aptos sobrevivem e quem foge a isso são posto a parte e só não eliminam  porque são civilizados e isso seria um atentado...

                3. Isto fez-me lembrar algo que falam sobre o amor preferias ter o teu grande amor e viver debaixo de uma ponte ou estar com alguém que gostes e ter condições de vida? As coisas com o tempo vão mudando e não podemos ver só coisas más em determinada coisa porque há sempre uma lição para tirar de algo mal... Óbvio que iria querer fazer algo que eu goste mas hoje em dia há o factor de necessidade e não podemos fazer tudo que gostamos ou queremos...

                4. Entendo há sempre coisas bastante complicadas relativas a isso mas no caso dos trans eles querem mudar tudo o nome no BI o sexo e o corpo e isso é um processo bastante longo com muitos altos e baixo (creio que mais baixos do que alto talvez...)

                  Sentes-te difrente? Para Trans.
                  #8

                  Offline Ruben Santiago

                  • **
                  • Membro Júnior
                  Malibu, explicas-te tudo tao bem, faço das tuas as minhas palavras :))

                  Quanto ao post final  angel_world20,sobre " só quero que auto reflictam se a imagem é assim tão importante e se vale a pena por em causa a tua saúde física para modificar isso"
                  Aqui o que esta em questao nao é apenas a imagem, mas sim a vida social dos transexuais..
                  Porque algo artificial é agora, quando me olhar ao espelho vou ver o que relamente tenho direito, o corpo com que realmente eu devia ter nascido .
                  Por exemplo, tu quando te olhas ao espelho gostas do que ves, achas que estas bonita, se calhar um bocadinho mais gordinha ou mais magra mas sentes-te tu, ne?
                  Eu e outras pessoas que vivem da mesma forma nao nos sentimos nos, olhamos-nos ao espelho e vemos algo que nos magoa, nos fere. Quando eu acordo e me vou arranjar para ir pra escola muitas das vezes eu choro como um puto de 8anos a frente do espelho. Quando começar a tomar testosterona e fizer a cirurgia de mastectomia e me olhar ao espelho eu vou sentir-me eu na realidade, e vou poder ir a praia, vou poder andar de cabeça levantada na rua, vou renascer..
                  O que nao faz sentido é nos vivermos frustrados durante uma vida toda só porque temos medo do que as pessoas vao pensar, ou porque temos medo do que nos pode acontecer.
                  Claro que muitos transexuais ja foram mortos, violados e tudo mais e é triste isso porque a mentalidade de algumas pessoas é muito pequenina mas nao vamos colocar tudo no mesmo saco.
                  Nao ha como nos aceitarmos com o sexo que nascemos, nao faz sentido..
                  Achas que faz sentido uma mulher que gosta de outras mulheres forçar-se a gostar de homens? a ter relações com homens.. Nao comparando claro porque a transexualidade e a homossexualidade nao tem mesmo nada haver! Mas respeito e apoio ambas óbvio.
                  O que faz sentido é o que realmente nos sentimos cá dentro, porque repara nem tu nem eu, nem ninguem tem de agradar a ninguém.
                  Nos temos de nos agradar a nos mesmos e mais nada :)
                  Eu tenho 20 anos e em momento algum eu aceito que daqui a 20 anos esteja casado com um homem, com filhos e viva amargurado durante toda a minha vida apenas por receio, apenas porque  a sociedade nao ia aceitar...
                  Quanto aos genitais ha quem diga que nao sao totalmente funcionais, ha quem diga que sim mas isso tambem é algo a ponderar claro..
                  Ja estou a ter acompanhamento, ou seja a ter as consultas e daqui a 2 anos começo a tomar testosterona .
                  Eu nao sei se respondi a algo que quisesses saber nao sei mas podes perguntar tudo que quiseres :)


                    Sentes-te difrente? Para Trans.
                    #9

                    angel_world20

                    • Visitante
                    Responderam... Acho que era construtivo outras pessoas a debater  lol lol lol

                    Não tens de aceitar tens todo o meu apoio :)

                      Sentes-te difrente? Para Trans.
                      #10

                      Offline Ruben Santiago

                      • **
                      • Membro Júnior
                      Responderam... Acho que era construtivo outras pessoas a debater  lol lol lol

                      Não tens de aceitar tens todo o meu apoio :)

                      Se tiveres mais alguma pergunta estas mesmo a vontade para perguntar e obrigad :)

                        Sentes-te difrente? Para Trans.
                        #11

                        Offline Ruben Santiago

                        • **
                        • Membro Júnior
                        Acredita Malibu, nao se ouve muito falar da transexualidade .. O que é triste, ha falta de informaçao mesmo :S

                          Sentes-te difrente? Para Trans.
                          #12

                          Offline TheWeirdOne

                          • **
                          • Membro Júnior
                          • Género: Masculino
                          Olá  ;D

                          A minha dúvida é muito específica: Uma vez que a orientação sexual e identidade de género são coisas distintas, será possível uma pessoa mudar "fisicamente" de género e ao fazer essa mudança passar a ser homossexual, certo?  Nesse caso seria mais fácil ficar com o corpo com que se nasceu mas continuaria a haver um choque do corpo contra a mente. Como se processaria este caso?

                          Obrigado pela atenção  lol
                            "Quem não quiser sofrer que se isole. Feche as portas da sua alma quanto possível à luz do convívio"

                            Sentes-te difrente? Para Trans.
                            #13

                            Offline TheWeirdOne

                            • **
                            • Membro Júnior
                            • Género: Masculino
                            Esclareceste sim, fico agradecido ;D

                            Tenho sempre receio de falar de assuntos que não domino porque acabo a dizer asneiras deste género :-X

                              "Quem não quiser sofrer que se isole. Feche as portas da sua alma quanto possível à luz do convívio"

                              Sentes-te difrente? Para Trans.
                              #14

                              Offline Hell Razor

                              • *
                              • Novo Membro
                              • Género: Masculino
                              Boas a todos!
                              Ruben Santiago, boa ideia criares este tópico. Acho que precisamos todos disto!

                              Então pessoal, tudo a correr bem?
                              Uma das coisas que tenho mais sentido ultimamente e que me tem frustrado é a falta do processo de descoberta da masculinidade na adolescencia pelo qual todos os homens passam. Nós infelizmente não tivemos (pelo menos não da mesma maneira) essa possibilidade de explorarmos e experimentarmos todas as coisas que os homens normalmente exploram nesta altura (brigas, miúdas, etc.)

                              Além de às vezes me fazer sentir inseguro ao pé de outros homens, eu próprio sinto vontade de experimentar todas essas coisas.

                              Como lutam para fazer esta aprendizagem? (o mesmo serve para as mtf)

                              Partilhem :)

                                Sentes-te difrente? Para Trans.
                                #15

                                Offline T-Rex

                                • *****
                                • Associad@
                                • Membro Ultra
                                • Género: Masculino
                                • Hakuna Batata!
                                  • Um gajo trans a falar de cenas
                                Nós infelizmente não tivemos (pelo menos não da mesma maneira) essa possibilidade de explorarmos e experimentarmos todas as coisas que os homens normalmente exploram nesta altura (brigas, miúdas, etc.)

                                Além de às vezes me fazer sentir inseguro ao pé de outros homens, eu próprio sinto vontade de experimentar todas essas coisas.

                                Também me sinto um bocado assim, e por vezes sinto um bocado de frustração por ter 'perdido' esses anos da minha adolescência... Não que tenha deixado de fazer o que quer que fosse, mas penso como teria sido o meu crescimento caso já me tivesse apercebido ou aceite a minha identidade de género. O meu maior medo é chegar aos 30/40/50+ anos e olhar para trás e sentir o que sinto agora, sentir que andei a desperdiçar parte da minha vida  :-X

                                Sentes-te difrente? Para Trans.
                                #16

                                Offline Hell Razor

                                • *
                                • Novo Membro
                                • Género: Masculino
                                Também me sinto um bocado assim, e por vezes sinto um bocado de frustração por ter 'perdido' esses anos da minha adolescência... Não que tenha deixado de fazer o que quer que fosse, mas penso como teria sido o meu crescimento caso já me tivesse apercebido ou aceite a minha identidade de género. O meu maior medo é chegar aos 30/40/50+ anos e olhar para trás e sentir o que sinto agora, sentir que andei a desperdiçar parte da minha vida  :-X

                                Ya, percebo o que estás a dizer. Mas existe muita esperança de tal nao acontecer pois ainda somos novos. Descobrimos "cedo" ainda temos muito tempo ;) Só que ya, apesar de todo o positivismo não deixa de ser frustrante no dia a dia as pequenas coisas que às vezes não consigo (conseguimos) fazer

                                  Sentes-te diferente? Para Trans.
                                  #17

                                  Offline Ruben Santiago

                                  • **
                                  • Membro Júnior
                                  Boa noite.
                                  Andei ausente daqui, portanto nao fui acompanhando muito do que foi escrito neste topico..

                                  Ora bem, estou quase acabar o 1a avaliaçao, faltam pouco mais que 8 meses  :D :D :D
                                  Lutei muito para chegar ate aqui mas ca estou, forte e firme como sempre!

                                   Tenho quase 21 anos, perdi muito da minha adolescência, muito da minha infância ao nascer neste corpo,
                                  Quando penso fico mal com isso, toda a minha vida teria sido diferente, mas sei que a partir de agora vou viver a serio
                                  como nunca vivi,  depois de mudar o nome e da 1a operaçao , pra tirar as intrusas irei casar e fazer familia .
                                  Nao pude viver adolescencia mas espero poder viver bem a fase de adulto .
                                  Se me sinto feliz... Ainda nao, sinto-me melhor do que estava . Feliz nao é um palavra que exista ainda para mim, no fim de tudo isto sim, estarei muito FELIZ .

                                    Sentes-te diferente? Para Trans.
                                    #18

                                    Offline T-Rex

                                    • *****
                                    • Associad@
                                    • Membro Ultra
                                    • Género: Masculino
                                    • Hakuna Batata!
                                      • Um gajo trans a falar de cenas
                                    Congrats, dude ;) É esse o espírito, aproveitar a vida agora que ela está a melhorar. Boa sorte! ;D

                                    (e LOL à expressão "intrusas", nunca tinha visto ninguém usar essa palavra, acho que também a vou adotar... )

                                    Sentes-te diferente? Para Trans.
                                    #19

                                    Kaiser

                                    • Visitante
                                    sinto-me em constante perigo de me ver discriminada e sozinha  :wor sinto-me frustrada com a lentidão do processo todo, sinto que estou a correr contra o tempo e pouco ou nada posso fazer

                                    eu sei o que quero, eu sei o que preciso para ser feliz, mas até lá vai ser muito doloroso, em momentos até insuportavel. já pensei em desistir disto tudo mais vezes do que gostaria de admitir nos ultimos tempos, mas isso implicaria morrer em todos os aspectos  [smiley=confuso.gif]

                                    enfim, sinto-me a um passo do suicidio a toda a hora e ou continuo e aguento com o fardo ou terei que encarar a força eternamente derradeira e final que é a morte

                                    e não, não estou a exagerar. estou simplesmente bastante frustrada e cansada neste momento.
                                    « Última modificação: 15 de Abril de 2014 por Kaiser »

                                      Sentes-te diferente? Para Trans.
                                      #20

                                      Offline Ruben Santiago

                                      • **
                                      • Membro Júnior
                                      sinto-me em constante perigo de me ver discriminada e sozinha  :wor sinto-me frustrada com a lentidão do processo todo, sinto que estou a correr contra o tempo e pouco ou nada posso fazer

                                      eu sei o que quero, eu sei o que preciso para ser feliz, mas até lá vai ser muito doloroso, em momentos até insuportavel. já pensei em desistir disto tudo mais vezes do que gostaria de admitir nos ultimos tempos, mas isso implicaria morrer em todos os aspectos  [smiley=confuso.gif]

                                      enfim, sinto-me a um passo do suicidio a toda a hora e ou continuo e aguento com o fardo ou terei que encarar a força eternamente derradeira e final que é a morte

                                      e não, não estou a exagerar. estou simplesmente bastante frustrada e cansada neste momento.


                                      Tens que ser forte e nao podes desistir, ja me senti assim como tu, sem caminho, sem chao, sem oportunidades.
                                      Mas se nao lutares por ti pela tua identidade ng vai lutar por ti.
                                      Pensa o quanto bom vai ser no final de tudo.
                                      Ate no decorrer do meu processo me senti sem forças pra nada, infelizmente os 2 anos que nos fazem esperar sao bastante complicados pra nos, porque é uma espera que demora demais a terminar e quando termina.. ou temos dinheiro pra comecar a sermos NOS ou entao ficamos em listas de espera que demoram muito tempo, é complicado, é dificil mas se nao for assim so nos resta um caminho e esse nao é o caminho certo, o suicidio acaba com o nosso sofrimento mas inicia um sofrimento q nao acaba em quem nos ama e sempre que pensei em me suicidar pensei na minha mae e na minha namorada, nao pode ser esse o caminho.
                                      Eu nao percebi bem se estas ja na 1a avaliaçao no hospital, ou se ainda nao começaste as avaliaçoes, és mtf certo?
                                      No que precisares poderei te ajudar e falar contigo, so nao desistas .

                                        Sentes-te diferente? Para Trans.
                                        #21

                                        Kaiser

                                        • Visitante
                                        Ainda não comecei as avaliações  :wor

                                          Sentes-te diferente? Para Trans.
                                          #22

                                          Offline T-Rex

                                          • *****
                                          • Associad@
                                          • Membro Ultra
                                          • Género: Masculino
                                          • Hakuna Batata!
                                            • Um gajo trans a falar de cenas
                                          só o facto de já te teres dirigido aos serviços de saúde é um passo importante.

                                          O processo médico pode ser desesperante, entre tempos de espera intermináveis a médicos meios parvos, a vontade de desistir por vezes possui-nos... é preciso manter os olhos no nosso "objetivo final", mas ao mesmo tempo irmos definindo objetivos mais pequenos para nos irmos mantendo ocupados e não darmos em doidos. E pensar que, no final, a nossa vida vai melhorar, vamos sair disto melhores do que eramos antes :)

                                          Qualquer coisa que precises, Kaiser (ou outra pessoa qualquer, claro!), a minha caixa de MPs está sempre aberta ;)

                                          Sentes-te diferente? Para Trans.
                                          #23

                                          Kaiser

                                          • Visitante
                                          Sim eu serei como um rinoceronte e continuar em frente, umas vezes mais lentamente que outras, outras mais dolorosamente que outras, e até posso fazer algumas pausas pelo caminho. Mas não irei desistir.

                                            Sentes-te diferente? Para Trans.
                                            #24

                                            Offline Hell Razor

                                            • *
                                            • Novo Membro
                                            • Género: Masculino
                                            sinto-me em constante perigo de me ver discriminada e sozinha  :wor sinto-me frustrada com a lentidão do processo todo, sinto que estou a correr contra o tempo e pouco ou nada posso fazer

                                            eu sei o que quero, eu sei o que preciso para ser feliz, mas até lá vai ser muito doloroso, em momentos até insuportavel. já pensei em desistir disto tudo mais vezes do que gostaria de admitir nos ultimos tempos, mas isso implicaria morrer em todos os aspectos  [smiley=confuso.gif]

                                            enfim, sinto-me a um passo do suicidio a toda a hora e ou continuo e aguento com o fardo ou terei que encarar a força eternamente derradeira e final que é a morte

                                            e não, não estou a exagerar. estou simplesmente bastante frustrada e cansada neste momento.

                                            Kaiser,
                                            Não sei qual a tua situação (em todos os aspectos). Não sei qual é a tua localidade, idade, condição económica, suporte familiar e amigos, etc. etc.

                                            Mas posso dizer-te que é possível respirar (depois de muuuito nadar e às vezes quase sem forças).. é uma eternidade este processo mas TEM UM FIM! E existe uma vida para viver além disto.

                                            Não desistas rapariga, estou há 5 anos nisto e cada dia que passa estou mais perto do fim. Estou agora na recta final e digo-te, já me sinto tão tão melhor! Nem me reconheço à 5 anos atrás quando também pensava no suicídio.
                                            É muito muito revoltante nascer com disforia de género e muito doloroso fazer esta reviravolta na nossa vida mas até com isto nós crescemos muito.

                                            Tu mereces  (e tu sabes que mereces) todas as coisas boas que a vida te pode oferecer. Eu te digo, VALE A PENA passar por esta merd# se é o único caminho possível para conseguir VIVER.

                                            NÃO DESISTAS!!!! Vamos lá, tu tens cabedal para esta luta [smiley=sim.gif]

                                              Sentes-te diferente? Para Trans.
                                              #25

                                              BiSoftCat

                                              • Visitante
                                              Acho este tópico muito interessante. Não sou transsexual (pelo menos acho que não) mas durante muito tempo pensei que era MtF. Ainda não me identifico muito com as actividades masculinas, e em certas situações já houve quem me considerasse andrógeno ou afeminado. Estou neste momento a tentar descobrir a minha sexualidade, mas confesso que gostaria muito de conhecer pessoas transsexuais e trocar impressões sobre sentimentos e outros que tais.


                                                Sentes-te diferente? Para Trans.
                                                #26

                                                Kaiser

                                                • Visitante
                                                Acho este tópico muito interessante. Não sou transsexual (pelo menos acho que não) mas durante muito tempo pensei que era MtF. Ainda não me identifico muito com as actividades masculinas, e em certas situações já houve quem me considerasse andrógeno ou afeminado. Estou neste momento a tentar descobrir a minha sexualidade, mas confesso que gostaria muito de conhecer pessoas transsexuais e trocar impressões sobre sentimentos e outros que tais.

                                                Estas a vontade para me mandares PM  ;)

                                                  Sentes-te diferente? Para Trans.
                                                  #27

                                                  Offline danielfbento

                                                  • *
                                                  • Novo Membro
                                                  • Género: Outro
                                                  Olá,

                                                  Sou biologicamente um rapaz (há quem me ache fisicamente andrógeno), porém mentalmente sou uma mistura de estados. Desde pequeno que a minha visão sobre mim mesmo é um vaivém autentico de informação, passagens pelo masculino até ao feminino. Muitas destas vezes não se definem só pela expressão, pelo modo como me olho ao espelho ou como os outros me olham. Trata-se de uma questão tão interior que a explicação fica difícil, os gestos femininos/masculinos não fazem sentido porque nesse mundo, nesse interior não há essa definição. Há um sentir.

                                                  Neste momento, já passei por várias fazes complicadas, pratico por vezes travestismo, é a maneira que tenho de ficar um pouco mais próximo (ainda que de uma maneira superficial) da expressão exterior, mas os resultados são notáveis. A minha auto-estima muda brutalmente ao ver-me ao espelho enquanto rapaz ou "tratado como rapariga", sou o mesmo, mas a minha concepção é totalmente diferente. Em milhões de passos é ter-me aproximado um!!

                                                  Neste momento não sei propriamente em que quadro encaixo. As diferenças emocionais são gigantes e, nos últimos tempos agrava-se na medida em que as relações tornam-se mais sérias e menos inconsequentes. Está muito mais em jogo agora do que quando era criança. Sinto que esta é uma situação que me provoca imensos estragos a outros níveis relacionais. Paixões não compreendidas, falta de confiança nos outros e dos outros em mim pela dificuldade de perceber em que registo estou. Expectativas de futuro extremamente baixas pela falta de informação ao público. Muitas vezes vontade de desistir.

                                                  Procuro neste fórum, encontrar pessoas numa situação similar (para além de outras claro), às vezes preciso de apoio, neste momento preciso de apoio. Às vezes é difícil tratar de uma concepção de mim mesmo. É difícil saber o que dizer aos meus amigos para que eles também não fiquem perdidos ainda que a vontade deles seja ajudar.

                                                  Desculpem a divagação,
                                                  Daniel

                                                    Sentes-te diferente? Para Trans.
                                                    #28

                                                    Offline T-Rex

                                                    • *****
                                                    • Associad@
                                                    • Membro Ultra
                                                    • Género: Masculino
                                                    • Hakuna Batata!
                                                      • Um gajo trans a falar de cenas
                                                    Olá!
                                                    O que tu descreveste soa um bocado como alguns relatos de pessoas com uma identidade de género fluída. Parece ser algo complicado de gerir, mas deve ser possível chegar a uma solução que te permita conciliar todas as facetas de ti ...

                                                    Eu não me sinto como tu, eu sou transexual e a minha identidade de género é maioritariamente masculina, mas se quiseres falar eu ando por aqui ;)

                                                    Sentes-te diferente? Para Trans.
                                                    #29

                                                    Offline gonk

                                                    • *****
                                                    • Orador(a)
                                                    • Novo Membro
                                                    • Género: Masculino
                                                    Tenho a 1ª consulta dia 20 de novembro, no julio. pfff, q paciencia.




                                                    até lá ainda há muito p viver, tou agr a ganhar coragem p enfrentar familia.

                                                    vou marcar jantares individuais e "seja o q deus quiser"



                                                      Sentes-te diferente? Para Trans.
                                                      #30

                                                      Offline Odra

                                                      • *****
                                                      • Membro Elite
                                                      • Género: Masculino
                                                      • Welcome to the Town of Gay! ;D
                                                      Tenho a 1ª consulta dia 20 de novembro, no julio. pfff, q paciencia.

                                                      No Júlio de Matos!? Boa sorte para esse dia! x)


                                                      até lá ainda há muito p viver, tou agr a ganhar coragem p enfrentar familia.

                                                      vou marcar jantares individuais e "seja o q deus quiser"

                                                      Espero que corra tudo bem, e que sejas aceite como tu és. ;)
                                                        Estamos a fazer um jogo. Lançam-se os dados e quem obtiver maior pontuação faz uma pergunta aos restantes jogadores. Utilizaremos um dado com 20 lados. /roll 1d20

                                                        Nível de originalidade: o mais alto de todos!
                                                        lol

                                                        Sentes-te diferente? Para Trans.
                                                        #31

                                                        iNd

                                                        • Visitante
                                                        Hoje saiu uma reportagem sobre transexualidade no suplemento 2 do jornal Publico. Na verdade a reportagem e' sobre um transexual (ftm) de nome Samuel. Da muito enfase a relacao com a mae, que sempre o aceitou. Fala tambem sobre uma tese de doutoramento em sociologia  ( Transgeneros: Uma Abordagem Sociologica da Diversidade de Genero) e escuta a opiniao de Pedro Freitas, um sexologo envolvido em processos de transicao.
                                                        « Última modificação: 23 de Novembro de 2014 por iNd »

                                                          Sentes-te diferente? Para Trans.
                                                          #32

                                                          Offline T-Rex

                                                          • *****
                                                          • Associad@
                                                          • Membro Ultra
                                                          • Género: Masculino
                                                          • Hakuna Batata!
                                                            • Um gajo trans a falar de cenas
                                                          Hoje saiu uma reportagem sobre transexualidade no suplemento 2 do jornal Publico. Na verdade a reportagem e' sobre um transexual (ftm) de nome Samuel. Da muito enfase a relacao com a mae, que sempre o aceitou. Fala tambem sobre uma tese de doutoramento em sociologia  ( Transgeneros: Uma Abordagem Sociologica da Diversidade de Genero) e escuta a opiniao de Pedro Freitas, um sexologo envolvido em processos de transicao.


                                                          Quem quiser pode ler a reportagem online » http://www.publico.pt/sociedade/noticia/construindo-samuel-1676910

                                                          A reportagem realmente focou-se muito na relação com a mãe; é bom ver pais a aceitar bem a coisa e a apoiar os filhos logo desde o início. Espanta-me a rapidez do processo, há cerca de um ano contou à mãe e hoje em dia já está uns largos meses em terapia hormonal e já fez a mastectomia... há gente com sorte!

                                                           

                                                          Tópicos relacionados

                                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                                          18 Respostas
                                                          7005 Visualizações
                                                          Última mensagem 7 de Junho de 2006
                                                          por pinguituh
                                                          9 Respostas
                                                          2761 Visualizações
                                                          Última mensagem 26 de Outubro de 2008
                                                          por 2estrelinha3
                                                          71 Respostas
                                                          11626 Visualizações
                                                          Última mensagem 2 de Agosto de 2009
                                                          por Excidium
                                                          Trans ;)

                                                          Iniciado por Andreia. Trans

                                                          9 Respostas
                                                          3035 Visualizações
                                                          Última mensagem 22 de Fevereiro de 2009
                                                          por Andreia.
                                                          1 Respostas
                                                          1949 Visualizações
                                                          Última mensagem 17 de Março de 2015
                                                          por T-Rex