rede ex aequo

Olá Visitante26.nov.2020, 18:01:15

Autor Tópico: Por parte dos Pais  (Lida 982 vezes)

 
Por parte dos Pais
#0

Offline Islander

  • **
  • Membro Júnior
  • Género: Masculino
Hey Hey !!

   É a primeira vez que crio um tópico aqui no fórum! E gostava de saber se passaram pelo que vos vou descrever a seguir, e a vossa opinião

Foi à pouco tempo que contei à minha mãe acerca da minha orientação sexual, um momento nada fácil, mesmo sabendo que provavelmente a reação iria ser boa, e realmente foi. Após lhe ter contado as suas atitudes para comigo continuaram iguais, e senti que a sua aceitação era completa. Presentemente vivo com o meu pai e com a sua mulher na madeira, de modo que contei à minha mãe no mês em que estive de féria no continente.

Ainda no continente escrevi um e-mail para o meu pai e sua mulher, e contei. No e-mail de resposta as reações foram muito positivas, exprimindo a completa aceitação por parte dos dois, e que já tinham comentado acerca do assunto, só que as palavras escritas no e-mail eram da mulher do meu pai, o que não me da o total feedback do meu pai

Agora que voltei para a madeira, a mulher do meu pai mostra uma atitude para comigo igual à de sempre, mas por parte do meu pai sinto uma pequena diferença, continua a tratar-me igualmente bem, mas as suas demonstrações de carinho não são tão expressivas….

Às vezes penso que não passa tudo de uma impressão minha………

E vocês, no caso em que os vossos pais aceitaram, continuaram a comportar-se igualmente com vocês?

    Por parte dos Pais
    #1

    ilikemiguel

    • Visitante
    A única vez que falei com os meus pais abertamente sobre o assunto (incluindo-me nele) foi quando lhes contei da minha orientação sexual.
    O meu pai e a minha mãe reagiram de formas diferentes:
    A minha mãe, no início, estava completamente convencida que era apenas uma fase. Mas, à medida que os anos foram passando (4), notei que ela deixou de falar nos "maricas" como uma piada social. Notei que ela começou a ver as coisas de forma diferente, começou a entender e a respeitar. Isto leva-me a pensar que ela já se apercebeu que não foi fase nenhuma. Sinceramente, não tenho intenções de tocar no tema, por simples falta de necessidade ou interesse.
    Para o meu pai foi um choque. Ele ficou atordoado com a notícia e disse coisas que não devia ter dito, pois não vou esquecer nem as palavras nem a forma de como foram ditas. Nos primeiros dias mal me falava. Depois começou a voltar ao normal. O tema "gay" é um tabu para ele, sempre foi. Com ele, tenho ainda menos interesse em conversar sobre o assunto.

    Isto para dizer que sim, o comportamento voltou ao mesmo. Os primeiros tempos foram um choque, mas depois passou. A única diferença é que agora já se fala em homossexualidade - em raras conversas - de uma forma mais respeitadora. Fala-se... todos menos o meu pai.

    Contar aos meus pais alterou a minha vida em muito poucas formas. Já não tenho o peso nos ombros. Mesmo que não se fale nisso, não preciso de estar preocupado com um eventual mexerico que lhes chegue aos ouvidos. E ficaram-me marcadas as palavras do meu pai. Só isso.
    Até considero a minha história, diga-se, sortuda. Estúpida, mas sortuda.

       

      Tópicos relacionados

        Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
      101 Respostas
      26051 Visualizações
      Última mensagem 23 de Dezembro de 2017
      por Atomic
      9 Respostas
      7141 Visualizações
      Última mensagem 1 de Dezembro de 2012
      por James07
      2 Respostas
      1506 Visualizações
      Última mensagem 17 de Junho de 2012
      por RELAX.SOUL
      13 Respostas
      2296 Visualizações
      Última mensagem 26 de Julho de 2012
      por Abbie
      16 Respostas
      3720 Visualizações
      Última mensagem 21 de Janeiro de 2017
      por Spektrum