rede ex aequo

Olá Visitante25.nov.2020, 15:55:41

Autor Tópico: Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...  (Lida 29932 vezes)

 
Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
#0

Offline icognita

  • ****
  • Membro Sénior
  • Género: Feminino
    • I ♥ ♀ and ♂
Sei que há problemas maiores, mas preciso de desabafar. Embora no meu caso seja uma preocupação, talvez uma obcessão...? Já alguma vez te sentiste incompleto? Ou pensaste que és a única pessoa do mundo que parece que não consegue encontrar alguém e namorar?

Tenho 22 anos, nunca namorei... Posso dar vários exemplos de pessoas que sei que nunca namoraram e que não são mais ou menos felizes por isso. "não aconteceu por que não calhou, não encontraste a pessoa certa..." as explicações do costume... A verdade é que desde criança me lembro que o meu grande sonho era namorar com alguém. Derretia-me a ver filmes com histórias de amor arrebatadoras. No meu diário, há constantes passagens " Tenho x anos e ainda não tenho namorado".

No ciclo, a nível social havia muita pressão para namorar era quase como um estatuto. Sei que não namorei porque houve alturas em que não quis, também namorar só por namorar não vale a pena certo? O facto de ver outras pessoas as sofrerem, também me colou de pé atrás e houve muitos momentos em que evitei aproximar-me de alguém.

Entretanto, descobri-me como bissexual, dou por mim a fantasiar uma relação com uma rapariga, outras vezes com um rapaz. Ganhei mais auto-estima e confiança. Apercebi-me que se aproximar posso conhecer mais pessoas e sinto-me melhor. No fundo acho que tenho medo de ficar sozinha ou de chegar ao fim da minha vida sem ter encontrado alguém que possa despertar o meu melhor e acima de tudo poder entregar-me a ela de corpo, alma e mente. Quando sou feliz tenho de me entregar completamante e aproveitar os momentos.

Acredito que o meu destino é encontrar alguém com que possa ser feliz e que o verdadeiro amor que nos arrebata, existe mesmo não é só coisas de filme. E se amamos estamos sujeitos a sofrer? Sim! Mas caimos, levantámos-nos e seguimos em frente! Magoados, mas mais forte! Que raio de mundo seria este sem amor? Esse amor dá-me forças e vontade de viver.

E ultimamente, não sei tornou-se um obcessão maior...  Porque parece algo impossível de acontecer ou que aconteça tarde de mais. Sinto-me bastante melhor comigo e quando saio à noite tenho esperança de conhecer alguém. É bastante fustrante ser bissexual e sentir que os meus sentimentos não são retribuídos da mesma forma. Ou que alguém está completamente encantado comigo e eu não sinto o mesmo. Mas pior que isso é sentir um vazio, que nem a família ou amigos podem preencher.

Gostava de enquanto jovem viver um grande amor. "Quem espera, desespera". Enfim e enquanto não acontece, como é que lido com esta paranóia?

Se alguém estiver numa situação parecida ou ter conselhos para partilhar estejam à vontade ;)
« Última modificação: 27 de Julho de 2012 por icognita »
    I ♥ ♀ and ♂   |    http://ilovewandm.blogspot.com

    Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
    #1

    Offline AdS

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Feminino
    Compreendo perfeitamente a tua situação.. encontro-me na mesma!
    Só há cerca de um ano é que aceitei a minha orientação sexual, mais ninguem sabe, e lido com isto sozinha desde o primeiro dia. Sinto que ninguem me compreende e que não posso falar acerca de tudo o que queria com os meus amigos.
    Ultimamente penso muito sobre arranjar alguém, mas no sitio onde vivo só 1 ou 2 raparigas são lesbicas e não sinto empatia com nenhuma delas.. Sinto que a unica maneira de conhecer pessoas novas e de eventualmente começar uma relação é ir a reuniões ou a bares LGBT, mas nao o queria fazer, nao queria que fosse 'forçado', nao sei se entendem... Queria ser como as outras pessoas que se apaixonam, declaram-se e pronto, ou são correspondidas ou não.. Não queria ter que ter ainda em conta a barreira da orientação sexual... Enfim...
    « Última modificação: 27 de Julho de 2012 por AdS »

      Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
      #2

      Offline Imaterial

      • ****
      • Membro Sénior
      • Género: Masculino
      • Go ask Alice, I think she'll know
      Conheci várias pessoas na mesma situação, algumas que até a passaram mais tarde; eventualmente, encontraram (uma inclusive namorou com uma rapariga durante imenso tempo mas, como a relação se foi tornando venenosa, acabou e entretanto está a namorar com um  rapaz ^_^ )

      Acho que o maior problema é a ânsia. Tem calma, hás-de encontrar alguém. É mais fácil quando estás a viver a tua vidinha :P
        It all starts when you sink into his arms and ends with your arms on his sink

        Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
        #3

        Offline Shitmydadsays

        • ***
        • Membro Total
        Não estás mesmo sozinha, não te preocupes. Também acho o mesmo, já disse a algumas pessoas e ninguém acredita em mim... vou acabar a provar que estavam errados, infelizmente.

          Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
          #4

          Offline Abbie

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Feminino
          Acho que o maior problema é a ânsia.

          Concordo plenamente. Já passei pelo mesmo, mas era mais nova. Mas pensava nisso todos os dias! Achava que tinha algum problema, que nunca iria encontrar alguém. E encontrei, quando menos esperava. O melhor é não deixares isso preencher-te o pensamento na totalidade dos teus dias. Vive a tua vida com normalidade e nunca penses em ter alguém como sendo obrigação! :)
            I have found the paradox, that if you love until it hurts, there can be no more hurt, only more love.

            Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
            #5

            Offline AdS

            • *
            • Novo Membro
            • Género: Feminino
            Não é fácil vermos os nossos amigos e as pessoas à nossa volta com os namorados e nós "encalhadas"! Acho que a ansiedade se deve a isso, não sei concordam...

              Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
              #6

              13

              • Visitante
              Não é fácil vermos os nossos amigos e as pessoas à nossa volta com os namorados e nós "encalhadas"! Acho que a ansiedade se deve a isso, não sei concordam...

              A inveja é uma coisa terrível ;D Mas por vezes é também aquilo que nos move, portanto está bem ;)

              Há aquelas coisas típicas de se dizer, não há? Vais ver um dia... a pessoa certa... blá-blá-blá...

              Mas entretanto é uma chatice. E portanto o que mais importa é sermos felizes. Se não formos felizes e não acreditarmos em nós, quem irá acreditar? Ok, esta também é uma coisa típica de se dizer, mas talvez um pouco menos lol E a esperança é uma coisa muito boa. Portanto, icognita, sê amiga da esperança, para que ela seja tua amiga também :)

                Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                #7

                Offline Imaterial

                • ****
                • Membro Sénior
                • Género: Masculino
                • Go ask Alice, I think she'll know
                Não é fácil vermos os nossos amigos e as pessoas à nossa volta com os namorados e nós "encalhadas"! Acho que a ansiedade se deve a isso, não sei concordam...

                Quantas vezes...

                O importante é compreender que és um ser humano perfeitamente válido como solteira/o. Namoro não é vir alguém com a caneta verde fazer um visto sobre a vossa pessoa, é uma partilha que dois seres humanos aceitam fazer
                  It all starts when you sink into his arms and ends with your arms on his sink

                  Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                  #8

                  Offline paulosabino

                  • *****
                  • Associad@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Masculino
                  (...)
                  E ultimamente, não sei tornou-se um obcessão maior...  Porque parece algo impossível de acontecer ou que aconteça tarde de mais. Sinto-me bastante melhor comigo e quando saio à noite tenho esperança de conhecer alguém. É bastante fustrante ser bissexual e sentir que os meus sentimentos não são retribuídos da mesma forma. Ou que alguém está completamente encantado comigo e eu não sinto o mesmo. Mas pior que isso é sentir um vazio, que nem a família ou amigos podem preencher.
                  Cada um sabe de si e eu sei de mim e mais facilmente dava uma oportunidade a esse alguém completamento encantado comigo, do que insistiria em "perseguir" quem não retribui o mesmo interesse.

                  Talvez todos tenhamos lido vezes demais a história da gata borralheira, por vezes nem tudo é à primeira vista, pode até tudo começar com uma discussão. Por vezes não é obvio que certa pessoa pode ser interessante, mas se não lhe dermos uma oportunidade também nunca sabemos. Dessa mesma forma, quem não nos dá oportunidade também fica sem saber se valemos a pena. Com isto não digo que por não termos ninguém devemos avançar com o primeiro disponível, mas se é importante para alguém namorar, encontrar companhia, então não há grande margem para descartar possibilidades que só sabemos se valem a pena, tentando, pelo menos saber mais sobre a pessoa.
                   
                    - Vai chover...   
                     - Vai tu!!!!!!!!!!

                    Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                    #9

                    Offline lxmartini

                    • *****
                    • Membro Ultra
                    • Género: Masculino
                    Concordo que o maior problema é a ânsia.
                    E junto a isso a falta de confiança ou negativismo.

                    Já tive uma época do género. Quando abandonei todas essas características... tudo mudou. Continuo solteiro, mas propostas não faltaram.

                      Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                      #10

                      Offline paxaetherna

                      • ***
                      • Membro Total
                      • Género: Masculino
                      Também eu durante muito tempo me preocupei e sofri por pensar que nunca arranjaria alguém na minha vida para amar. Sempre pensei que nunca alguém seria capaz de me amar, ou que eu mesmo fosse capaz de amar alguém. Até hoje ainda nunca me apaixonei por alguém e (acho que) ninguém se apaixonou por mim. Mas mais do que sofrer por pensar que nunca iria arranjar namoros, eu tenho é sofrido por não ter sequer amigos, estar sozinho por muito tempo, e mais, nunca sequer tive colegas próximos (ao nível que eu gostaria) num contexto escolar e por nunca ter recebido amor ou carinho da parte dos pais. A culpa é minha em parte, eu sei, mas atribuo a culpa é a factores externos que contribuíram para que eu fosse excessivamente tímido, tivesse estados depressivos, pouca auto-estima, uma certa inaptidão social, e alguns outros estados psicológicos negativos. Mas surpreendentemente, ao longo dos últimos meses, e à medida que me fui aceitando e assumindo a mim mesmo, melhorei bastante psicologicamente para o qual contribuíram algumas pessoas. Mas enfim, tudo isto para dizer que neste momento me encontro num estado total de apatia em que me resignei a aceitar as condições que possuo, e que já não me preocupo mais por não ter amor na minha vida, amigos e por conseguinte também já não me preocupo por não vir a encontrar o amor; neste momento, projecto a minha vida futura tendo em conta a solidão que vou ter que viver. Esperanças? Já as tive e tudo continua na mesma ao longo de vários anos. O que posso dizer a quem se sinta mal por não ter encontrado o amor é que aprenda a valorizar-se a si mesmo e tente não se preocupar por causa disso.
                        "No one wants to see the mysteries behind the man" or is it "No one wants to see the man behind the mysteries"?

                        Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                        #11

                        Offline JDelgado

                        • *****
                        • Membro Elite
                        • Género: Masculino
                        • Simply lost
                          • Facebook
                        Eu também sinto o mesmo. Tenho 20 anos e nunca namorei ninguém. É triste. E tal como o paxaetherna, também nunca tive grandes amizades. Conheço muita gente, convivo de vez em quando, mas não conheço ninguém com quem possa ter uma conversa 100% honesta em relação a temas mais íntimos. Acho que não existe ninguém neste mundo que me considera como seu melhor amigo. Mas eu gosto de pensar que isto vai mudar em breve. É uma seca não ter ninguém para amar, dar beijinhos e acariciar... Resta-nos esperar e, para alguns, melhorar as competências sociais.

                        Eu por acaso estou um bocado como tu, e concordo com tigo, as vezes faz falta alguém procimo com quer conversar
                          Mesmo na mais escura da escuridão, haverá sempre uma luz a brilhar para nos guiar.
                          Basta saber encontra-la

                          Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                          #12

                          Offline ciclonee

                          • **
                          • Membro Júnior
                          • Género: Feminino
                          Eu revejo-me completamente neste tópico... Sou uma pessoa absolutamente normal, com um bom trabalho, muitos amigos e apaixonada pela vida... Mas por razoes q me ultrapassam nunca encontrei alguém q me interessasse o suficiente para namorar e ter algo duradouro. Acho q sobretudo se deve por conhecer pouco pessoal lgbt e por n passar quase tempo nenhum na net ou em espaços gay friendly. Sinceramente, acredito q qd tiver de ser vou encontrar a pessoa certa mas as vezes parece q esse dia nunca mais vai chegar.

                            Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                            #13

                            Offline Lena

                            • *
                            • Novo Membro
                            • Género: Feminino
                            • http://ask.fm/HelenaBarros93
                            É complicado. Também já estive assim - e continuo um pouco (a relação mais longa que tive foi de 2 anos e todas as outras, mais 2, não foram propriamente namoro) - mas isso é um assunto que não deverias pensar muito, que nenhum(a) de nós devia. A vida parece ser movida apenas pelo amor mas há muitos mais assuntos para tratarmos e para nos interessar-mos.

                            Neste mundo imenso haverá alguém que sirva para cada um de nós, agora a probabilidade de saberem ser românticos ou corajosos para fazer o que vemos nos filmes é que pode ser escasso ou quase irreal.

                            Seguir a vida, fazer-se o que se tem a fazer relativamente à faculdade e trabalho, manter os bons amigos e sair à noite. Para mim este é o seguimento que se deve ter até aos nossos 30 anitos enquanto não se tem uma relação duradoura ou verdadeira :b

                            Enquanto solteiros estaremos sempre mais à vontade com o que desejamos fazer por isso devemos sempre tirar o bom partido disso apesar de estar numa relação e sabermos que somos desejados é muito bom! Quando pedimos de mais ou exigimos coisas que também não conseguimos dar acabamos por perder tudo por isso.

                            Vivam a vida e preocupem-se com os pequenos pormenores depois! :)

                              Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                              #14

                              Offline Endovélico

                              • ****
                              • Membro Sénior
                              • Género: Masculino
                              • Are we to hang our hearts on such little things?
                              É complicado. Também já estive assim - e continuo um pouco (a relação mais longa que tive foi de 2 anos e todas as outras, mais 2, não foram propriamente namoro) - mas isso é um assunto que não deverias pensar muito, que nenhum(a) de nós devia. A vida parece ser movida apenas pelo amor mas há muitos mais assuntos para tratarmos e para nos interessar-mos.

                              Neste mundo imenso haverá alguém que sirva para cada um de nós, agora a probabilidade de saberem ser românticos ou corajosos para fazer o que vemos nos filmes é que pode ser escasso ou quase irreal.

                              Seguir a vida, fazer-se o que se tem a fazer relativamente à faculdade e trabalho, manter os bons amigos e sair à noite. Para mim este é o seguimento que se deve ter até aos nossos 30 anitos enquanto não se tem uma relação duradoura ou verdadeira :b

                              Enquanto solteiros estaremos sempre mais à vontade com o que desejamos fazer por isso devemos sempre tirar o bom partido disso apesar de estar numa relação e sabermos que somos desejados é muito bom! Quando pedimos de mais ou exigimos coisas que também não conseguimos dar acabamos por perder tudo por isso.

                              Vivam a vida e preocupem-se com os pequenos pormenores depois! :)

                              Muito bem dito!
                              Os potênciais parceiros vão aparecendo. Mas se uma pessoa fica a torturar-se sobre não ter alguém pode perder muitas coisas boas.

                                Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                                #15

                                Offline JoanaWildy

                                • *****
                                • Membro Vintage
                                • Género: Feminino
                                Há alturas na vida que pensamos mais nesse assunto, que parece que o coração mexe connosco a perguntar se não cabia mais alguém especial lá dentro, a cabeça começa a funcionar a mil com várias perguntas e começamos a sentir que há algo que está em falta.

                                Isso é natural que aconteça. E como muitos já disseram aqui, o pior é enfrentar a ânsia da espera, da incógnita, do medo e do futuro.

                                No meu ver, o melhor é quando isso acontecer, tentar não pensar muito nisso, levar a vida naturalmente, quando tiver que aparecer alguém especial, esse alguém aparecerá e muitas vezes (talvez a maioria) quando menos se espera.

                                Eu por experiência posso dizer-te que não tive muitos relacionamentos e passei um pouco por aquilo que dizes, muitas das perguntas que colocas-te também me fiz a mim mesma. Depois também tive a pressão de pessoas ao meu redor com esse assunto "Ah e quando é que vais encontrar alguém?","não te apaixonas?","Cá para mim vais ficar para tia"...
                                Tudo isso junto não ajudou mas encarei para mim mesma que um dia iria encontrar alguém e deixei-me levar, tentar viver sem pensar muito nisso, resistindo a pressões e medos. E cá estou eu, neste momento tenho um relacionamento que dura há mais de 2 anos e meio, sou muito feliz, não estava à espera, não procurei e aconteceu. Se é para sempre? Eu quero mas é tudo incerto, não penso nisso. Vivo dia-a-dia.

                                Estou certa que também te acontecerá o mesmo, seja que idade for  ;)
                                  "Someone once said if you want something very badly, set it free... If it comes back to you, it's yours forever. If it doesn't, it was never yours to begin with."

                                  Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                                  #16

                                  Offline Ana Raquel

                                  • ***
                                  • Membro Total
                                  • Género: Feminino
                                  Sei que há problemas maiores, mas preciso de desabafar. Embora no meu caso seja uma preocupação, talvez uma obcessão...? Já alguma vez te sentiste incompleto? Ou pensaste que és a única pessoa do mundo que parece que não consegue encontrar alguém e namorar?

                                  Tenho 22 anos, nunca namorei... Posso dar vários exemplos de pessoas que sei que nunca namoraram e que não são mais ou menos felizes por isso. "não aconteceu por que não calhou, não encontraste a pessoa certa..." as explicações do costume... A verdade é que desde criança me lembro que o meu grande sonho era namorar com alguém. Derretia-me a ver filmes com histórias de amor arrebatadoras. No meu diário, há constantes passagens " Tenho x anos e ainda não tenho namorado".

                                  No ciclo, a nível social havia muita pressão para namorar era quase como um estatuto. Sei que não namorei porque houve alturas em que não quis, também namorar só por namorar não vale a pena certo? O facto de ver outras pessoas as sofrerem, também me colou de pé atrás e houve muitos momentos em que evitei aproximar-me de alguém.

                                  Entretanto, descobri-me como bissexual, dou por mim a fantasiar uma relação com uma rapariga, outras vezes com um rapaz. Ganhei mais auto-estima e confiança. Apercebi-me que se aproximar posso conhecer mais pessoas e sinto-me melhor. No fundo acho que tenho medo de ficar sozinha ou de chegar ao fim da minha vida sem ter encontrado alguém que possa despertar o meu melhor e acima de tudo poder entregar-me a ela de corpo, alma e mente. Quando sou feliz tenho de me entregar completamante e aproveitar os momentos.

                                  Acredito que o meu destino é encontrar alguém com que possa ser feliz e que o verdadeiro amor que nos arrebata, existe mesmo não é só coisas de filme. E se amamos estamos sujeitos a sofrer? Sim! Mas caimos, levantámos-nos e seguimos em frente! Magoados, mas mais forte! Que raio de mundo seria este sem amor? Esse amor dá-me forças e vontade de viver.

                                  E ultimamente, não sei tornou-se um obcessão maior...  Porque parece algo impossível de acontecer ou que aconteça tarde de mais. Sinto-me bastante melhor comigo e quando saio à noite tenho esperança de conhecer alguém. É bastante fustrante ser bissexual e sentir que os meus sentimentos não são retribuídos da mesma forma. Ou que alguém está completamente encantado comigo e eu não sinto o mesmo. Mas pior que isso é sentir um vazio, que nem a família ou amigos podem preencher.

                                  Gostava de enquanto jovem viver um grande amor. "Quem espera, desespera". Enfim e enquanto não acontece, como é que lido com esta paranóia?

                                  Se alguém estiver numa situação parecida ou ter conselhos para partilhar estejam à vontade ;)

                                  Isto é assustador, o meu espelho fala...  :o
                                    porquê tu? porque me vias quando eu era invisivel...

                                    Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                                    #17

                                    Offline castlox

                                    • *****
                                    • Membro Elite
                                    • Género: Masculino
                                    acho q o importante é não pensares mto no assunto, nem deixares q se transforme numa obsessão. arranja maneira de descontraír, de relaxar e quando saires à noite tenta nao pensar mto no assunto pq em vez de te estares a divertir, tás ocupada a ver se anda alguém interessante por aí. e quando menos esperares vais ver q vais encontrar alguém!

                                    e é normal ter esse tipo de pensamentos, principalmente quando nunca tiveste alguém, no entanto isso não significa que vá ser sempre assim. és nova, vais ver que ainda vais viver mtos amores e desamores!

                                    e não te esqueças que toda a gente é diferente. há quem comece a namorar mais cedo e há quem comece a namorar mais tarde  :)

                                      Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                                      #18

                                      Offline drecas

                                      • ****
                                      • Membro Sénior
                                      • Género: Masculino
                                      Está frase ui é algo que penso constantemente...

                                      Hoje em dia com o que se lê parece me cada vez mais dificil conseguir poder confiar em alguém e infelizmente e sei que é generalizando um pouco maior parte das pessoas com a minha orientação sexual na generalidade conhece-se na noite ou através de sites. Sitios noturnos onde possam estar, implicam eu ter paciencia para musica aos altos gritos, coisa que em eu não frequento porque não gosto do ambiente e nos sites como não coloco fotos malucas dou-me mal lol.

                                      Infelizmente nos homens o que os atrai quase sempre são os corpos, se uma pessoa tem um pneuzinho pronto já não é interessante, levando as pessoas a esquecerem que o tempo passa e todos nós nos deterioramos, enfim dai eu pensar que nunca na vida va namorar xD

                                        Pode parecer parvoíce, mas às vezes penso que nunca na vida vou namorar...
                                        #19

                                        Offline Endovélico

                                        • ****
                                        • Membro Sénior
                                        • Género: Masculino
                                        • Are we to hang our hearts on such little things?
                                        Está frase ui é algo que penso constantemente...

                                        Hoje em dia com o que se lê parece me cada vez mais dificil conseguir poder confiar em alguém e infelizmente e sei que é generalizando um pouco maior parte das pessoas com a minha orientação sexual na generalidade conhece-se na noite ou através de sites. Sitios noturnos onde possam estar, implicam eu ter paciencia para musica aos altos gritos, coisa que em eu não frequento porque não gosto do ambiente e nos sites como não coloco fotos malucas dou-me mal lol.

                                        Infelizmente nos homens o que os atrai quase sempre são os corpos, se uma pessoa tem um pneuzinho pronto já não é interessante, levando as pessoas a esquecerem que o tempo passa e todos nós nos deterioramos, enfim dai eu pensar que nunca na vida va namorar xD

                                        Eu também costumava pensar assim, não me encaixava no mundo gay.
                                        Mas eu já namorei 3 vezes e nunca conheci ninguém na noite, muito menos em sites.
                                        As reuniões da Rede são uma boa alternativa :)

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          292 Respostas
                                          61962 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Setembro de 2014
                                          por Thought
                                          142 Respostas
                                          24965 Visualizações
                                          Última mensagem 2 de Setembro de 2018
                                          por Sekh
                                          38 Respostas
                                          12230 Visualizações
                                          Última mensagem 23 de Janeiro de 2014
                                          por FilhoDeApolo
                                          605 Respostas
                                          70442 Visualizações
                                          Última mensagem 4 de Junho de 2016
                                          por carolinalg
                                          4 Respostas
                                          3294 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Abril de 2012
                                          por whyme