rede ex aequo

Olá Visitante15.jan.2021, 15:24:03

Autor Tópico: Sinto-me no fundo do poço...  (Lida 2179 vezes)

 
Sinto-me no fundo do poço...
#0

Voglio

  • Visitante
  Venho aqui escrever o que sinto porque de outro modo não tenho como desabafar. É muito difícil falar do que me atormenta com aqueles que me são próximos, seja por receio da sua reacção seja por provavelmente não compreenderem.
  Quando me apercebi da minha orientação sexual tal surgiu como algo absolutamente natural, era muito jovem na altura mas nunca coloquei quem era em causa nem tive qualquer dificuldade em aceitá-lo. No entanto, ao longo do tempo isso tem vindo a mudar. Tenho-me sentido mal comigo mesma, sofro de uma depressão e é como tivesse uma corda ao pescoço. Não aceito a minha orientação como antes nem muitas outras coisas que são parte de mim, o meu rendimento escolar e profissional estão cada vez piores e não encontro energias para nada... Há dias que são de facto uma luta imensa e se me tenho mantido de pé até agora não sei se amanhã conseguirei.
    Porém, a minha maior questão, o que mais me tem consumido é o amor não correspondido que trago comigo já há tanto tempo...  Entre mim e ela posso dizer que existe uma diferença de idades considerável e toda a sorte de obstáculos. Já dei por mim a desejar ser homem para lhe poder agradar! :-[
   Na realidade, tenho dúvidas em relação à sua orientação sexual. Alguns motivos, que não interessam referir, levam-me a pô-lo em causa. Ainda assim sendo ela lésbica,bi ou hetero vir a retribuir-me o amor que lhe tenho é muito pouco provável. Isto porque é uma pessoa conservadora, rígida,demasiado ligada às aparências, demasiado preocupada com o que possam pensar dela... Mas só Deus sabe como eu lhe quero bem,como lhe tenho carinho,admiração e respeito. Posso falar de facto em amor,não em paixão,atracção mas em amor verdadeiro. Mas como já disse, esta situação tem me vindo a consumir e a tornar-se insustentável. Esta sensação de vazio está-me a destruir. Esquecê-la não é solução, até porque é impossível. Esperei por ela toda a minha vida, guardei e construí o melhor de mim para partilhar com ela e não tenho como simplesmente seguir em frente depois de a ter conhecido.

  Se pudesse ter direito a um desejo quereria acordar amanhã (hoje) cheia de energia,vontade de trabalhar e estudar, de passear,fazer desporto como antes e de me dedicar a tudo aquilo de que gosto mas sobretudo, com coragem para lhe dizer o quanto ela é importante para mim. Pudesse ela,então, compreender-me, pudesse eu chegar até ela com as minhas palavras…

    Sinto-me no fundo do poço...
    #1

    Offline mafr94

    • ***
    • Membro Total
    • Género: Masculino
      • Facebook
    Voglio Vou ser o mais sincero contigo... acho que isto de estares a criar uma confusão dentro de ti entre gostares de raparigas ou rapazes ou até mesmo dos dois é a maior das maiores estupideses mais estupidas que podes fazer, é a mesma coisa que um macaco dizer que não gosta de bananas, tem alguma logica? o que quero dizer com isto é que não importa o que gostes, importa é que te sintas bem com o que tu gostas e quem gostas, a vida é muito mais simples quando nos estamos bem connosco proprios e se somos assim e não assado é porque somos assim e temos de aprender a gostar de nos proprios.

    Se gostas de Rapazes ou Raparigas o que é que isso importa? quem é que se vai preocupar com isso? ninguem porque são gostos acho que o teu ponto mais importante que tens a focar é se te sentes feliz com quem tu es e a diferença que fazes nas pessoas que te rodeiam.

    Agora outro ponto no teu desabafo é o facto de lutares e tentares construir o melhor relacionamento possível com a pessoa dos teus sonhos, tu nunca estarás sozinha na verdade tens muitas mais amizades e outras pessoas que gostam e há uma diferença que a maioria das pessoas de todas as idades costumam confundir é "Passamos muitas vezes do amor à ambição, mas nunca regressamos da ambição ao amor." acho que estás mais preocupada em estares ao pé dela, beija-la e possui-la do que dares valor ao que possuem, e há forte amizade que têm, sei que as vezes é complicado mas as vezes devias de pensar que se são muito amigas e tem uma amizade forte para que estraga-la? para que dar o proximo passo e depois perder tudo. É isto que costuma de acontecer em todas a amizades que já tive quando fui a dizer que gostava deles e opá tive de andar para a frente e passar para outra, tenho 16 anos e também tenho um corrico-lo de amores não correspondidos bonito, para não falar nos namorados mesmo que já tive que todos queriam era festa e eu algo serio...

    Sorri, vive a vida... não foques tanto em possuir e sim aproveitares o bom que tens agora, eu lutei tanto por uma pessoa que sempre fiz tudo por ela, ela usou-me e eu continuei para ela, mais tarde começamos a andar e pos-me os cornos e olha eu agora continuo a estar para ela porque sei que está em baixo devido a problemas de familia entre muitos outros stresses e olha o que eu continuo a ganhar com isso percebes?

    Sente-te feliz, e dá graças ao que tens...

    "Quem muito pede, desiludido fica"
    « Última modificação: 22 de Maio de 2011 por mafr94 »
      "Descobre-te e faz de ti mesmo um propósito."
      (Dolly Parton)

      Sinto-me no fundo do poço...
      #2

      Offline _Margot_

      • *****
      • Membro Elite
      • Género: Feminino
      • The show must go on!
      Olá Voglio.

      Compreendo perfeitamente como te sentes. Quando gostamos muito de uma pessoa e nos entregamos verdadeiramente e não somos correspondidos é normal que nos deite verdadeiramente abaixo.
      Sou da opinião que se o amor não for alimentado acaba por morrer. Por muito que penses que não vai passar, que vais gostar dela para sempre, que é a pessoa perfeita para ti, vai passar. Não pode ser a pessoa perfeita para ti se não te corresponde, certo? Haverá outras pessoas na tua vida que te correspondam e de quem gostes mais ainda. Não é pedir muito querermos alguem que goste de nós da mesma forma que gostamos dela.
      Sei que as minhas palavras não podem fazer nada por ti no presente, esquecer ou lutar por uma pessoa é algo que só tu podes fazer.
      Mantem em mente que por muito negras que as coisas estejam, irão melhorar, tem esperança no futuro. It gets better.
        "Be anything but a coward, a pretender, an emotional crook, a whore: I'd rather have cancer than a dishonest heart." Truman Capote - Breakfast at Tiffany's

        Sinto-me no fundo do poço...
        #3

        Offline sofiaferreira17

        • *****
        • Membro Ultra
        • Género: Feminino
        Olá Voglio.

        Compreendo perfeitamente como te sentes. Quando gostamos muito de uma pessoa e nos entregamos verdadeiramente e não somos correspondidos é normal que nos deite verdadeiramente abaixo.
        Sou da opinião que se o amor não for alimentado acaba por morrer. Por muito que penses que não vai passar, que vais gostar dela para sempre, que é a pessoa perfeita para ti, vai passar. Não pode ser a pessoa perfeita para ti se não te corresponde, certo? Haverá outras pessoas na tua vida que te correspondam e de quem gostes mais ainda. Não é pedir muito querermos alguem que goste de nós da mesma forma que gostamos dela.
        Sei que as minhas palavras não podem fazer nada por ti no presente, esquecer ou lutar por uma pessoa é algo que só tu podes fazer.
        Mantem em mente que por muito negras que as coisas estejam, irão melhorar, tem esperança no futuro. It gets better.

        Vai mesmo passar, acredita nisso. Se tiveres como lutar, luta. Como não é o teu caso, mantém a esperança de que tudo vai ficar melhor

          Sinto-me no fundo do poço...
          #4

          Voglio

          • Visitante
             Olá mafr94  :), talvez eu não me tenha explicado bem quanto aos dois pontos (dificuldade em aceitar a minha orientação e os sentimentos não correspondidos) até porque tentei tornar o meu desabafo algo bastante genérico para não ser maçador.
             Em primeiro lugar, não tenho qualquer dúvida acerca de ser homossexual, sou-o e como disse nunca o coloquei sequer em causa. O que acontece é que tem vindo a ser complicado para mim aceitá-lo. Não sei como explicá-lo sem ser mal interpretada mas, por vezes, sinto-me mal por ser assim, entendes? É como se não fosse algo bom ou até digno, como se não tivesse tanto direito de amar alguém como os restantes :-\  
             Muitas vezes os comentários e opiniões que ouço e leio dos outros (professores,colegas,amigos assim como escritores,etc...) fazem-me de algum modo condenar os meus sentimentos. Sei que ser Homossexual é algo absolutamente natural e tão aceitável como qualquer outra orientação, não é o facto de gostar de homens ou mulheres que põe em causa a moral de alguém,mas sim os seus actos e atitudes. No entanto, nem sempre me sinto de acordo com este raciocínio.
            Por fim, quanto ao amor não correspondido posso-te dizer que o meu único desejo é que ela faça parte da minha vida. Faça como fazem os amigos, os familiares, também disse que sei que ela me vir a corresponder (independentemente da sua orientação) é praticamente impossível. Temos uma relação distante, falamos pouco, ela não me aceita porque (julga!) que sabe o que eu quero e eu sofro muito porque a pessoa que mais amo repudia-me desde que o "sabe" e eu nem sequer tive a oportunidade de lhe esclarecer os meus verdadeiros sentimentos.
            Entendeu tudo errado, porque sou tímida e não só não me consegui explicar devidamente e da forma correcta (não o consegui fazer cara a cara, vê lá...) como agora não consigo tornar a falar do assunto. Tenho receio que fique zangada e que me impeça de tornar a vê-la. Também não lhe quero causar problemas, quero que esteja bem.
           Por fim, quando disse que a amava falava de amor a sério, não de paixão que envolve sentimentos como o egoísmo e o mero desejo de possuir, enfim... a ambição de que tu falas... O amor é outra coisa, tem a ver com altruísmo, respeito, amizade, necessidade de dar o melhor de nós, de querer ao outro tão bem ou mais do que se quer a nós mesmos, tem também a ver com dar espaço a essa pessoa, pensar nela primeiro e apoiá-la de um modo incondicional.  
            Claro que não nego que lhe tenho apego (gosto de vê-la, saber como está, tê-la perto) e que estaria bem melhor se ela permitisse que tivéssemos uma relação próxima. Agora, se ela me disser que não quer de todo isso, que até não quer que nos vejamos mais, só me resta aceitá-lo…  Talvez por isso, e não apenas por timidez e dificuldade em aceitar uma reacção mais dura dela, eu não fale, com medo de a perder totalmente…
            E a verdade é que os anos vão-se somando e eu neste impasse, a consumir-me, até que um dia seja tarde demais… Não sei o que faça sinceramente… Se ponha o pouco que tenho em risco se mantenha tudo assim até não dar mais… O facto é que não aguento esta situação, esta indiferença dela, a distância, mas depois posso ter a total ausência…
             Ela é muito importante para mim.

            Sinto-me no fundo do poço...
            #5

            Offline mafr94

            • ***
            • Membro Total
            • Género: Masculino
              • Facebook
            Voglio Desculpa se pareci ser muito rígido, ou bruto a falar... não era essa a minha intenção até pelo contrario, eu disse-te aquilo tudo porque eu estou no passo que tu querias e gostavas de estar e queria dizer-te que não queiras estar assim.

            Antes de continuar, os desabafos saem como tiverem de sair manda sempre tudo cá para fora e nunca tenhas medo de o fazer, guardar coisas só piora o nosso estado, sobre o seres ou não disse o que tinha interpretado, o que quis dizer é nunca te negues, gostes do que gostares só tens de ser tu própria... quem gostar de ti nunca te vai por de lado e quem não gostar epá o que não faltam ai são amigos\pessoas whatever... nunca tenhas medo de dizer quem és! porque é isso que te define, abre-te a vida, ela é só uma! acredita não desperdices em coisas que não te a façam viver, eu atirei-me ao rio Tejo há duas sextas atrás e só ai é que descobri esse significado!

            Voltando à pessoa que gostas, eu sei como é dificil gostar tanto de uma pessoa e querer estar ao lado dela, apoia-la, estar sempre a ajuda-la quando é preciso mas depois lê isto:

            http://www.rea.pt/forum/index.php?topic=26250.0

            e diz-me o que é que eu estou a ganhar com o que se passa comigo? o que é que eu simplesmente ganho? percebes...

              "Descobre-te e faz de ti mesmo um propósito."
              (Dolly Parton)

              Sinto-me no fundo do poço...
              #6

              Voglio

              • Visitante
              Olá Voglio.

              Compreendo perfeitamente como te sentes. Quando gostamos muito de uma pessoa e nos entregamos verdadeiramente e não somos correspondidos é normal que nos deite verdadeiramente abaixo.
              Sou da opinião que se o amor não for alimentado acaba por morrer. Por muito que penses que não vai passar, que vais gostar dela para sempre, que é a pessoa perfeita para ti, vai passar. Não pode ser a pessoa perfeita para ti se não te corresponde, certo? Haverá outras pessoas na tua vida que te correspondam e de quem gostes mais ainda. Não é pedir muito querermos alguem que goste de nós da mesma forma que gostamos dela.
              Sei que as minhas palavras não podem fazer nada por ti no presente, esquecer ou lutar por uma pessoa é algo que só tu podes fazer.
              Mantem em mente que por muito negras que as coisas estejam, irão melhorar, tem esperança no futuro. It gets better.

               Olá, obrigada pelo teu apoio...  :)
               
              Se em 3 anos não "passou" também não "passará" tão cedo...Eu acredito que o amor não morre, a paixão sim. Posso deixar de desejar ter uma relaçao com ela mas não de amá-la. O que precisava, para virar a página, era falar com ela e tentar resolver tudo, mas e se a perco de vez? Sabes,não digo que  seja perfeita, ninguém o é e defeitos (tal como qualidades) não lhe faltam, mas eu adoro a pessoa que é e já conheci muitas outras pessoas, e vou conhecendo, e ninguém desperta em mim tanto carinho como ela.

               mafr94, já li e espero sinceramente que tudo se resolva contigo,pelos vistos também não estás numa fase nada fácil.  :-\
               De facto não ganhas absolutamente nada com tudo isso,mas a tua situação e a minha são bastante diferentes. Eu não espero ganhar nada, gosto tanto dela como de mim mesma,mas sou humana e também preciso de afecto, daí que me sinta assim.

                Sinto-me no fundo do poço...
                #7

                Offline Miguel★

                • *****
                • Membro Elite
                • Género: Masculino
                • Sonhador apaixonado
                  • A Minha Intensa Paixão
                  Venho aqui escrever o que sinto porque de outro modo não tenho como desabafar. É muito difícil falar do que me atormenta com aqueles que me são próximos, seja por receio da sua reacção seja por provavelmente não compreenderem.
                  Quando me apercebi da minha orientação sexual tal surgiu como algo absolutamente natural, era muito jovem na altura mas nunca coloquei quem era em causa nem tive qualquer dificuldade em aceitá-lo. No entanto, ao longo do tempo isso tem vindo a mudar. Tenho-me sentido mal comigo mesma, sofro de uma depressão e é como tivesse uma corda ao pescoço. Não aceito a minha orientação como antes nem muitas outras coisas que são parte de mim, o meu rendimento escolar e profissional estão cada vez piores e não encontro energias para nada... Há dias que são de facto uma luta imensa e se me tenho mantido de pé até agora não sei se amanhã conseguirei.
                    Porém, a minha maior questão, o que mais me tem consumido é o amor não correspondido que trago comigo já há tanto tempo...  Entre mim e ela posso dizer que existe uma diferença de idades considerável e toda a sorte de obstáculos. Já dei por mim a desejar ser homem para lhe poder agradar! :-[
                   Na realidade, tenho dúvidas em relação à sua orientação sexual. Alguns motivos, que não interessam referir, levam-me a pô-lo em causa. Ainda assim sendo ela lésbica,bi ou hetero vir a retribuir-me o amor que lhe tenho é muito pouco provável. Isto porque é uma pessoa conservadora, rígida,demasiado ligada às aparências, demasiado preocupada com o que possam pensar dela... Mas só Deus sabe como eu lhe quero bem,como lhe tenho carinho,admiração e respeito. Posso falar de facto em amor,não em paixão,atracção mas em amor verdadeiro. Mas como já disse, esta situação tem me vindo a consumir e a tornar-se insustentável. Esta sensação de vazio está-me a destruir. Esquecê-la não é solução, até porque é impossível. Esperei por ela toda a minha vida, guardei e construí o melhor de mim para partilhar com ela e não tenho como simplesmente seguir em frente depois de a ter conhecido.

                  Se pudesse ter direito a um desejo quereria acordar amanhã (hoje) cheia de energia,vontade de trabalhar e estudar, de passear,fazer desporto como antes e de me dedicar a tudo aquilo de que gosto mas sobretudo, com coragem para lhe dizer o quanto ela é importante para mim. Pudesse ela,então, compreender-me, pudesse eu chegar até ela com as minhas palavras…


                Voglio, foi impossível para mim não verter uma lágrima e sorrir ao mesmo tempo, enquanto te lia. Eu sei bem o que se passa contigo. Explico-te porquê... Os nossos casos são muito semelhantes.

                Eu sempre me aceitei relativamente bem. Nunca gostei muito de mim, mas aprendi a ser como sou. Na adolescência, tive duvidas se estava no corpo certo, duvidas que persistem ate hoje. Mas como disse, fui aprendendo a viver assim.

                Agora, indo ao cerne da questão, permite-me que te diga... Tu só estas a lutar contra ti, a duvidar de ti, da tua orientação, do teu "eu" por causa dessa pessoa. Atenção, eu não estou a criticar-te porque é exactamente isso que me esta acontecer há um ano e meio. A minha paixão destruiu o resto de bom que existia em mim. Agravou problemas, criou desilusões. "Já dei por mim a desejar ser homem para lhe poder agradar!" Também eu já desejei ser mulher só para o agradar e digo-te que foi horrível. Perdi a auto-estima toda.  [smiley=choro.gif] Não te faças isso a ti também, porque não vai correr bem. Há pessoas com muita força e outras nem tanto e depois podes não conseguir. Eu não sei como, mas vou vivendo, um dia de cada vez.

                Mas não estou a dizer para desistires. Pelo contrario. Luta, mas nunca te menosprezes como estás a fazer. Nunca deixes de sonhar e de desejar que o dia de manhã seja melhor que o de hoje. [smiley=sim.gif]
                « Última modificação: 26 de Maio de 2011 por JM Star »

                  Sinto-me no fundo do poço...
                  #8

                  Offline LadyMika

                  • *
                  • Novo Membro
                  • Género: Feminino
                  • "Fashion fades. Style is eternal." - YSL
                  Não sei se o que vou dizer vai ser uma grande ajuda, mas pensa em ti! Lembras-te de ti? Tenta ver que ela pode parecer o teu verdadeiro amor, mas não o ser... Um verdadeiro amor, é entre duas pessoas, é épico, é grande, é lindo de se viver, faz-nos bem... Tu estás a viver, infelizemente, um amor não correspondido. Eu compreendo que a ames, mas acredita que, mesmo que doa muito, tens de seguir em frente. Se seguires em frente, vai custar, mas no final da estrada vai estar o teu verdadeiro amor... Ao seguires em frente vais abrir portas para conheceres novas pessoas, vais tomar um novo caminho que te levará a alguém que te ame tanto e com tanta devoção como tu, alguém que te corresponda! Se não o fizeres, vais estar sempre num trilho de dor que nunca vai acabar, ao menos a pensar um pouco em ti e no teu bem estar, poderás percorrer um caminho duro mas que te leve a um final feliz, como tenho a certeza que mereces...

                  Tudo de bom para ti e acho que falo por todos quando digo que sempre que precisares desabafa neste forum, foi para isso mesmo que foi concebido, para nos entreajudarmos e não custa nada ouvir e oferecer perspectiva! Um beijinho :)

                    Sinto-me no fundo do poço...
                    #9

                    giffs

                    • Visitante
                    As vezes questiono-me porque amamos e criamos aquela noção de que aquela pessoa é o amor da nossa vida, se depois acabamos com ela e parece que não vamos sobreviver. Eu sinto todos os dias que não vou sobreviver...Tudo parece tão doloroso... :-\

                      Sinto-me no fundo do poço...
                      #10

                      Offline isa82

                      • *
                      • Novo Membro
                      Estranho também é comecares um namoro com uma pessoa e esta pessoa um mês depois ja te querer por uma aliança de namoro no dedo, tu nao aceitares e quando fazes um ano de namoro propores aceitar a proposta dela e ela te responder que já é tarde e que so tava preparada naquela altura (WTF??). Melhor... planearem ter filhos e escolher nomes e depois ser ela a acabar contigo um ano e dois meses depois com a "desculpa" que nao somos compativeis e que a relação não funciona. Mulher é um bicho muito estranho...iraaaaaaa

                         

                        Tópicos relacionados

                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                        Sinto-me distante de...

                        Iniciado por ocean « 1 2 ... 34 35 » Tópicos Lúdicos

                        688 Respostas
                        72697 Visualizações
                        Última mensagem 17 de Maio de 2019
                        por Fernando Pinheiro
                        99 Respostas
                        16713 Visualizações
                        Última mensagem 29 de Maio de 2017
                        por AnaFormiga
                        6 Respostas
                        2743 Visualizações
                        Última mensagem 22 de Outubro de 2008
                        por tigre branco
                        Sinto-me só...

                        Iniciado por sinCapital « 1 2 ... 105 106 » Apoio

                        2109 Respostas
                        198218 Visualizações
                        Última mensagem 13 de Julho de 2020
                        por Sinvastatina
                        Sinto-me revoltado

                        Iniciado por DYE Apoio

                        6 Respostas
                        2273 Visualizações
                        Última mensagem 8 de Março de 2010
                        por daemon