rede ex aequo

Olá Visitante05.mar.2021, 07:44:33

Autor Tópico: Ajuda a sair de casa?  (Lida 2389 vezes)

 
Ajuda a sair de casa?
#0

Offline Pete

  • *
  • Novo Membro
Olá.

Ando há algum tempo para escrever este pedido de ajuda. Por uma razão ou outra (sobre as quais não vale a pena alongar-me), fui adiando e só agora o faço. Vou tentar manter isto curto para que seja menos difícil de ler.

Sou um rapaz gay de 19 anos, e sou assumido a grande parte das pessoas na minha vida. Os amigos sabem e felizmente nenhum se importou, ando pela faculdade com o meu namorado e não escondo quem sou. Assumi-me também perante a minha irmã mais velha, que aceitou e me apoiou incondicionalmente. Vivo praticamente fora do armário e até na rua ando de mão dada com o meu gajo :) O problema são os pais…

Dizem que as mães sabem sempre, e eu tenho quase a certeza que a minha sabe. Já encontrou pornografia minha (e escusado será dizer que tipo de pornografia era), já viu bilhetes e conversas minhas onde implicitamente (e às vezes explicitamente) falo de ser gay, sabe que eu apoio a comunidade, que fui dar abraços contra a homofobia no Oriente e que o meu trabalho final do secundário foi sobre a homossexualidade. Ainda assim, a cada oportunidade que tem, continua a mandar piadas homofóbicas, a dizer mal da comunidade gay… Calculo que o pai não faça ideia sobre a minha orientação sexual, mas faz o mesmo que a mãe. E durante alguns anos eu aturei isto, mas sinto que não tenho necessidade. Sou crescidinho, e acho que consigo sair de casa e sobreviver sem a ajuda deles.

O que eu precisava era, se possível, de alguma ajuda vossa. Não faço ideia de que tipo de ordenado iria precisar, nem do que tenho que levar comigo (além de roupa). De momento, tenho um part-time aos fins-de-semana onde recebo 270€/mês, e tenho bem noção que preciso (pelo menos) do dobro do ordenado para me sustentar minimamente. Teria as propinas da faculdade para pagar, a senha do passe e o telemóvel para carregar, alimentação e renda da casa (que já iria incluir luz, água, gás, etc).

Sei que alugar um quarto em Lisboa está à volta dos 250€ com despesas incluídas. A senha do passe são 15€, e carregar o telemóvel é mais 15€. Não faço ideia de quanto iria gastar em alimentação, mas gostava de ter um ordenado que me permitisse deixar algum dinheiro de lado para poder pagar os 350€ de propinas de 3 em 3 meses, e também poder tirar fotocópias de livros, que vão ser mais que muitas…

O que eu estou a pedir com este tópico é a vossa experiência. Entrar em contacto com pessoas que tenham saído de casa e tenham sobrevivido sozinhas, de preferência durante a faculdade (visto que é uma grande despesa com que tenho que contar). Se me puderem ajudar também com recomendações de trabalhos, bons sítios para alugar um quarto… Qualquer ajuda que possa receber seria imensa.

Obrigado, beijinhos e abraços
Pedro


P.S. - Parece que, apesar do meu esforço, o post não vai ficar nada curto :p Peço desculpa desde já por esse pequeno detalhe!

    Ajuda a sair de casa?
    #1

    Offline Nexitah

    • *****
    • Membro Ultra
    • Género: Feminino
    • "Sininho"
    Desculpa nao fiquei indiferente ao teu post...
    Sai de casa com 19 anos, talvez nao fora a melhor decisão da minha vida contudo foi a melhor maneira de amadurecer e crescer...
    So vou para a faculdade agora devido a impossibilidade financeira de o fazer anteriormente...
    Se procurares bem um quarto por vezes aparecer coisas baratinhas e que não são muito más...
    É bastante sufocante viver nesta situação, eu sei bem porque a minha namorada passa exactamente o mesmo...
    è bastante bom viver sozinho, claro, contudo tem o seu preço... Mas não desistas da faculdade que é o teu futuro  ;)
      Ás vezes paro, penso, analiso o mundo, e chego a conclusão que ainda se tenho razão pra viver, de repente lembro, sim ainda tenho, tu...

      Ajuda a sair de casa?
      #2

      Offline caires

      • *****
      • núcleo lgbti funchal
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      Adorava poder ajudar-te... a sério... mas infelizmente vivo na Madeira...

        Ajuda a sair de casa?
        #3

        Offline Lambuças

        • *****
        • Membro Elite
        • Género: Feminino
        • Encarar a vida com um sorriso é o melhor remédio
        OLa.
        Olha primeiro quero dizer-te que não me parece boa ideia saires de casa nesta altura. Não pela tua idade mas sim pelo facto de estudares e precisares de bancar isso tudo ao mesmo tempo que o trabalho a tempo inteiro porque no momento em que decidas sair de casa esquece o part-time porque esse só te chega mesmo pra casa e suas despesas.
        Tenta ponderar a situação e pensa no teu futuro académico...deixa um pouco para trás as outras coisas porque tens tempo de as resolveres quando te formares. Primeiro o curso depois o resto. Tudo a seu tempo.
        Não estou a dizer com isto para deixares pra tras o amor, se realmente és feliz, o que pertendo dizer é que por vezes na vida, e ainda te vai acontecer muito, temos que engolir alguns sapos e vindo dos progenitores isso vale a dobrar, principalmente enquanto precisares deles pra estudar.
        És crescido? Claro que sim, mas não o suficiente para que tenhas a garantia que não precisas dos teus pais para sobreviver.
        Coloca-te no lugar de tanto pessoal que com a tua idade queria estar debaixo das asas dos pais e que ou já não os têm ou tinham uma vida muito complicada que os fez ter de abandonar a casa paternas e lançarem-se no mundo deixando para trás alguns sonhos que talvez só a ajuda dos pais o permitisse.
        A vida no mundo do trabalho não está fácil para ninguém, e se tens oportunidade de conseguir estudar com os teus pais a bancarem não deixes fugir essa oportunidade.
        Não te esqueças que os teus pais, penso que saberão mesmo as tuas opções sexuais, também não devem saber como lidar com isso, porque foram educados numa época diferente da tua e querem no futuro ter uma nora e filhos. Não sei se passa pelo facto de seres novo que a tua mae te mande essas bocas, talvez ainda esteja com esperança que mudes de ideias....sim porque os teus pais devem achar que é uma fase e que mais dia menos dia vais-te voltar pras mulheres.
        Tem calma, dá tempo ao tempo, não tomes uma medida drástica que depois te venhas a arrepender.

        Talvez não seja esta a ajuda que querias mas é aquela que me parece que melhor te pode ajudar agora para que não cometas algum erro que depois seja dificil de emendar.

        Spoiler (clica para mostrar/esconder)
        Bjs
        Susana Valente

          Ajuda a sair de casa?
          #4

          Offline johny.n.1986

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Masculino
          • bang bang, I shot you down!
          Pete, compreendo o sufoco que possas estar a passar mas parece-me (posso perfeitamente estar errado) de que estás a tomar uma medida precipitada.
          Acho que deve ser bastante exigente conseguires continuar a suportar despesas de casa, propinas, livros, alimentação, transporte e toda uma série de custos adicionais, não trabalhando a full-time. Mais ainda, se estás a tirar um curso, é porque tens uma ambição para o teu futuro profissional, e acho que não a deves por de lado. Caso contrário, poderás mais tarde sentir-te incompleto nessa área.
          Por fim e, admito que altamente enviesado pelo facto de a minha mãe estar-se nas tintas para a homossexualidade (fala dela praí 1 vez por ano), acho que deves "tapar os ouvidos" por mais 2 anos.

          Se mesmo assim, achares isto insuportável... bem.. existem residências, existem empréstimos para custos de educação ao nível do ensino superior, existem amigos. Mas a opção mais agradável era pegares no teu namorado e ires fazer Erasmus  ;)

          Abr,
            With my feet on the air and my head on the ground

            Ajuda a sair de casa?
            #5

            Offline Lambuças

            • *****
            • Membro Elite
            • Género: Feminino
            • Encarar a vida com um sorriso é o melhor remédio
            Pete, compreendo o sufoco que possas estar a passar mas parece-me (posso perfeitamente estar errado) de que estás a tomar uma medida precipitada.
            Acho que deve ser bastante exigente conseguires continuar a suportar despesas de casa, propinas, livros, alimentação, transporte e toda uma série de custos adicionais, não trabalhando a full-time. Mais ainda, se estás a tirar um curso, é porque tens uma ambição para o teu futuro profissional, e acho que não a deves por de lado. Caso contrário, poderás mais tarde sentir-te incompleto nessa área.
            Por fim e, admito que altamente enviesado pelo facto de a minha mãe estar-se nas tintas para a homossexualidade (fala dela praí 1 vez por ano), acho que deves "tapar os ouvidos" por mais 2 anos.


            Ora aqui tens mais outra opinião sensata Pete. Lê com atenção este o o meu post e tenta refletir....estás a pensar mais com o coração e deverias faze-lo mais com a cabeça

              Ajuda a sair de casa?
              #6

              MRPEC

              • Visitante
              O meu conselho?

              Visto que eles só mandam piadas, aguenta mais um pouco e depois quando estiveres formado ai sim, parte para essa :)

                Ajuda a sair de casa?
                #7

                Offline Lambuças

                • *****
                • Membro Elite
                • Género: Feminino
                • Encarar a vida com um sorriso é o melhor remédio
                O meu conselho?

                Visto que eles só mandam piadas, aguenta mais um pouco e depois quando estiveres formado ai sim, parte para essa :)

                Outra resposta pra ouvires Pete....pensa bem antes de agires porque depois não há volta a dar

                  Ajuda a sair de casa?
                  #8

                  Offline Brugh

                  • *
                  • Novo Membro
                  • Género: Masculino
                  • I've been having these weird thoughts lately...
                  ola  :)
                  posso dizer-te que sai de casa aos 19anos.. ainda não estava na universidade mas no ano final do secundário.. resolvi sair porque o meu pai (pais separados) descobriu a orientação sexual e após tantas piadas e bocas de mau carácter, resolvi sair de casa. Na altura estava a namorar e fomos viver juntos. Amadureci e cresci muito a nivel de pessoa.. mas em relação aos estudos ficaram por ai. O ordenado onde trabalhara a full time não chegava para tudo.. como claro não fui para a faculdade.
                  Digo-te que agora com os meus 24anos arrependo-me sinceramente. não tenho estudos suficientes, trabalho mas não gosto porque não é aquilo que queria fazer da vida e aqui ando.. por isso pensa bem.. Pode ser que tenhas mais sorte.. mas pode ser que não.. e veres-te obrigado a parar os estudos.
                    "A scattered dream that's like a far-off memory..." "A far-off memory that's like a scattered dream..." "I want to line the pieces up..."

                    Ajuda a sair de casa?
                    #9

                    Offline Pete

                    • *
                    • Novo Membro
                    Agradeço a todos as respostas, e mais uma vez peço desculpa, mas é-me dificil encontrar tempo suficiente para vir aqui escrever uma resposta minimamente decente.

                    Entendo o que me dizem. Não foram os primeiros, até porque tenho consultado com amigos, e todos me aconselham a ter calma. A única coisa que posso garantir é que não faço isto pelo namorado (até porque já o planeio há alguns anos), faço isto pela minha sanidade mental.
                    Tenho duas irmãs mais velhas. Uma vive agora a 300km daqui, longe do controlo que os pais podem exercer. A outra deixou practicamente de falar aos pais, pela mesma razão.
                    E o pior é que eu sou o último. A mãe percebeu agora que perdeu duas filhas, e não me quer perder a mim, o que só a faz tomar decisões mais irracionais e que me afastam ainda mais.

                    Não me compensa de forma alguma continuar aqui, a não ser monetariamente. Entro às 8h da manhã na faculdade duas vezes por semana, e tenho que me levantar às 6h45m para poder estar na faculdade às 7h40m. Se morasse numa residência de estudantes (que nunca vou conseguir, porque apesar de demorar 1h a chegar à faculdade, estou em Lisboa na mesma), bastava levantar-me às 7h30m. Mais ainda, a viagem de volta todos os dias. Não tenho tempo para estar com amigos, porque tenho que jantar em casa, senão é mais um drama. Não posso jantar fora demasiadas vezes porque senão a mãe faz birra.

                    A última gota de água, para mim, foi chegar a casa depois de um jantar com amigos, e a mãe me dizer que eu andava a gastar demasiado dinheiro, e que não devia porque ia passar a pagar as minhas propinas. Eu, que queria parar durante um ano para trabalhar e juntar dinheiro, e que practicamente fui forçado a inscrever-me na Universidade por causa dela.

                    A sério que estou consciente do que me dizem. Tenho plena noção que posso estar a deitar o meu futuro por água abaixo. Mas mais 3 anos disto? Aguentar 3 anos, desperdiçar 3 anos porque os meus pais não percebem que eu tenho uma vida? Já tentei falar com eles, explicar-lhes que tenho amigos e que não passo o tempo de aulas com eles, sem sucesso.
                    Tendo em conta que vou ter que pagar propinas (350€ de 3 em 3 meses), ia basicamente estar a trabalhar 80h por mês para ter direito a 150€ para mim, dos quais teria que deduzir 30€ mensais para passe e telemóvel. Não.


                    Noutro detalhe, penso que talvez não me tenha explicado propriamente bem.. O que eu queria com o meu pedido de ajuda não era uma casa para viver, nem alguém que me arranjasse um trabalho. Precisava de alguém que tenha passado por isto, que seja capaz de me explicar passo a passo o que eu tenho que fazer, TODAS as despesas que vou ter, etc.

                    Lambuças, posso mandar-te uma mensagem com o meu e-mail? Se calhar falavamos mais facilmente (e regularmente) por lá. Se não, podemos falar mesmo por aqui..



                    Obrigado mais uma vez a todos pelas respostas. Não quero parecer "ingrato" ou "teimoso", mas não tomei esta decisão de cabeça quente, nem foi algo que me surgiu na semana passada. Estou convicto do que quero fazer, e quero fazer resultar.


                    Abraços a todos,
                    Pedro

                      Ajuda a sair de casa?
                      #10

                      Offline _Margot_

                      • *****
                      • Membro Elite
                      • Género: Feminino
                      • The show must go on!
                      Já pensaste falar com as tuas irmãs e ir viver com uma delas? Pelo menos não tens de pagar casa e comida durante o tempo que estudares.

                      Os meus anos de universidade também não foram fáceis. Identifico-me com muita coisa que escreves.
                        "Be anything but a coward, a pretender, an emotional crook, a whore: I'd rather have cancer than a dishonest heart." Truman Capote - Breakfast at Tiffany's

                        Ajuda a sair de casa?
                        #11

                        Offline Pete

                        • *
                        • Novo Membro
                        É complicado, até porque ambas vivem longe.. Uma está em Gaia (o que torna um bocado impossível viver com ela, a não ser que fosse estudar pra lá, mas não o queria fazer a não ser como última opção), e a outra mora em Sta. Iria da Azoia. De lá pra minha escola todos os dias também iria demorar muito tempo, já para não falar de duas condicionantes: A irmã que mora em Sta. Iria da Azoia não sabe que sou gay (apesar de eu ter a certeza que ela iria aceitar se eu lhe contasse), e anda a ter problemas com o namorado.. Estão juntos há oito anos e nos últimos meses já é a segunda vez que estão a dar um tempo (razão pela qual ainda não lhe contei, e prefiro esperar por uma altura em que ela não esteja emocionalmente sobrecarregada).

                        No entanto, tenho a certeza que qualquer uma delas me ajudava monetariamente de qualquer maneira possível, e tenho alguns amigos que também disponibilizaram as suas casas se eu precisasse, mas iria sentir-me mal, estar a viver em casa de alguém "por favor". É uma alternativa que eu gostava de não ter de usar.

                           

                          Tópicos relacionados

                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                          180 Respostas
                          38695 Visualizações
                          Última mensagem 1 de Fevereiro de 2015
                          por akire
                          15 Respostas
                          4280 Visualizações
                          Última mensagem 22 de Julho de 2012
                          por ricardocca
                          31 Respostas
                          24859 Visualizações
                          Última mensagem 21 de Maio de 2009
                          por MP
                          1 Respostas
                          1181 Visualizações
                          Última mensagem 1 de Outubro de 2012
                          por rk
                          4 Respostas
                          5890 Visualizações
                          Última mensagem 22 de Dezembro de 2017
                          por TK