rede ex aequo

Olá Visitante19.nov.2019, 20:55:36

Autor Tópico: Vídeos LGBT  (Lida 153645 vezes)

 
Videos LGBT
#340

Offline carolas

  • *****
  • Membro Ultra
  • Género: Feminino
http://www.youtube.com/watch?v=FdjSRu8na3o


Gostei.... ;) nunca tinha ouvido nem visto, mas ta mxm altamente... ;)


A Mélange Lavonne  é uma grande activista nas suas musicas contra a homofobia

Podes ouvir mais musicas dela em:

www.myspace.com/melangelavonne

 ;)
    "Rap is something we do, Hip Hop is something we live"

    Videos LGBT
    #341

    Offline DuskTillDawn

    • ****
    • Membro Sénior
    • Género: Feminino
    • "Things do not change, we do!"
    Acho esta animação excelente!  :up
    Não é direccionada directamente para este tema, mas acaba por abrangê-lo. Faz parte duma campanha contra a SIDA.




    Mt bom!  :D
      "E d nv acredito q nd do q é importante s perde verdadeiram/.Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros.Comigo caminham tds os mortos q amei, tds os amigos q s afastaram, tds os dias felizes q s apagaram.Não perdi nd, apenas a ilusão d q td podia ser meu p sp" MST

      Videos LGBT
      #342

      Croft

      • Visitante
      Acho esta animação excelente!  :up
      Não é direccionada directamente para este tema, mas acaba por abrangê-lo. Faz parte duma campanha contra a SIDA.


      http://www.youtube.com/watch?v=aoTgL-FmMY0

      Mt bom!  :D


      Está mesmo giro!  :D

        Videos LGBT
        #343

        Offline Mirage

        • *****
        • Membro Ultra
        • Género: Feminino
        • Sou como um gato, nem sempre vou quando me chamam.
        Uma amiga minha deixou-me uns filmes no pc para ver...

        Já viram o "But I'M a Cheerleader!"? ...é dos filmes mais esquisitos que vi até hoje...
        Mete um campo para get as pessoas straight. lol

        trailer:


        (as cenas do namorado a beija-la e o ar bored dela são atrofiantes. lol)
        (ah...e os incentivos às generalizações são assustadores... miúdas a limpar os chão, homens a cortar lenha etc. :P)
          Portishead - Glory Box


          "Open up your plans and damn you're free
          Look into your heart and you'll find that the sky is yours" Jason Mraz- Im yours

          Videos LGBT
          #344

          Offline Lady L

          • *****
          • Membro Elite
          • Género: Feminino
          • ...
            • Imperfect Lady
          Uma amiga minha deixou-me uns filmes no pc para ver...

          Já viram o "But I'M a Cheerleader!"? ...é dos filmes mais esquisitos que vi até hoje...
          Mete um campo para get as pessoas straight. lol

          trailer:
          http://www.youtube.com/watch?v=-MihKLBP4DQ

          (as cenas do namorado a beija-la e o ar bored dela são atrofiantes. lol)
          (ah...e os incentivos às generalizações são assustadores... miúdas a limpar os chão, homens a cortar lenha etc. :P)



          Yeah. Definitivamente um dos mais estranhos lol lol
            "After all, computers crash, people die, relationships fall apart. The best we can do is breath and reboot."

            Imperfect Lady & Inspirações da L

            Videos LGBT
            #345

            Offline Hedwig

            • *****
            • Associad@
            • Membro Ultra
            • Género: Feminino
            Uma amiga minha deixou-me uns filmes no pc para ver...

            Já viram o "But I'M a Cheerleader!"? ...é dos filmes mais esquisitos que vi até hoje...
            Mete um campo para get as pessoas straight. lol

            trailer:
            http://www.youtube.com/watch?v=-MihKLBP4DQ

            (as cenas do namorado a beija-la e o ar bored dela são atrofiantes. lol)
            (ah...e os incentivos às generalizações são assustadores... miúdas a limpar os chão, homens a cortar lenha etc. :P)



            Sim, é estranho, mas aínda me ri um bocado!  lol

              Videos LGBT
              #346

              Offline DuskTillDawn

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Feminino
              • "Things do not change, we do!"
              Acho esta animação excelente!  :up
              Não é direccionada directamente para este tema, mas acaba por abrangê-lo. Faz parte duma campanha contra a SIDA.


              http://www.youtube.com/watch?v=aoTgL-FmMY0

              Mt bom!  :D


              Está mesmo giro!  :D


               :up
              It rocks!!  :D
                "E d nv acredito q nd do q é importante s perde verdadeiram/.Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros.Comigo caminham tds os mortos q amei, tds os amigos q s afastaram, tds os dias felizes q s apagaram.Não perdi nd, apenas a ilusão d q td podia ser meu p sp" MST

                Videos LGBT
                #347

                Croft

                • Visitante
                Uma amiga minha deixou-me uns filmes no pc para ver...

                Já viram o "But I'M a Cheerleader!"? ...é dos filmes mais esquisitos que vi até hoje...
                Mete um campo para get as pessoas straight. lol

                trailer:
                http://www.youtube.com/watch?v=-MihKLBP4DQ

                (as cenas do namorado a beija-la e o ar bored dela são atrofiantes. lol)
                (ah...e os incentivos às generalizações são assustadores... miúdas a limpar os chão, homens a cortar lenha etc. :P)



                Vi-o também há pouco tempo e achei-o estranhamente horrível!  :-\

                  Videos LGBT
                  #348

                  Offline barthez

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                  • k os números nunca te façam eskecer as pessoas
                  ó pessoal aquilo é um filme a gozar com os esteiótipos não conseguiram perceber? ;) ironia sarcasmos etc :P por mim achei curtido apesar de q ok n sou mto de comédias...
                    "people should be allowed to fall in love with whoever they want! I mean... otherwise what's the point of living?!" once and again

                    Videos LGBT
                    #349

                    Croft

                    • Visitante
                    ó pessoal aquilo é um filme a gozar com os esteiótipos não conseguiram perceber? ;) ironia sarcasmos etc :P por mim achei curtido apesar de q ok n sou mto de comédias...

                    Sim, claro eu percebi  ;) Só que acho que o argumento foi mal explorado, acho que podiam ter aproveitado mais os exemplos e a matéria que abordou para retratar uma coisa mais real, tendo comédia à mesma!

                      Videos LGBT
                      #350

                      Offline Wanted

                      • *****
                      • Membro Ultra
                      • Género: Feminino
                      • dont become a monster,in order to defeat a monster
                      http://www.youtube.com/watch?v=auK1JXyqgiA&feature=related

                      o nome original deste filme é " imagine me and you??" porque o nome português é " imagina só...", e nao o consigo encontrar para o comprar não sei pk! se alguem me souber dar uma pista eu agradecia mesmo muito.. ;)
                        "...as grandes ideias surgem da observação dos pequenos pormenores."

                        Videos LGBT
                        #351

                        Croft

                        • Visitante
                        http://www.youtube.com/watch?v=auK1JXyqgiA&feature=related

                        o nome original deste filme é " imagine me and you??" porque o nome português é " imagina só...", e nao o consigo encontrar para o comprar não sei pk! se alguem me souber dar uma pista eu agradecia mesmo muito.. ;)


                        Costuma estar à venda na FNAC, com o nome em portugues "Imagina só.." (que raio de tradução  lol)

                          Videos LGBT
                          #352

                          Offline Arms

                          • *****
                          • Membro Vintage
                          • Género: Masculino
                            • Reflection
                          Space Taxi


                           lol lol lol lol
                          As coisas que encontramos no YouTube! lol lol lol lol lol
                            Se dependes unicamente dos outros para seres feliz prepara-te para ficares desiludido.
                            Instead of telling people to plan ahead, we should tell them to plan to be surprised.

                            Videos LGBT
                            #353

                            Offline bITaS

                            • *****
                            • Associad@ Honorári@
                            • Membro Vintage
                            • e puff! fez-se chocapic...
                              • ex aequo aveiro
                            opas, n sabia mt bem onde meter isto, mas dado q é um vídeo lgbt optei por "enfiar" neste tópico.

                            alguém m quer dar uma ajudinha a transcrever este vídeo? tou c algumas dificuldades de audição :-X

                            obg desde já :)


                            [ o q já tenho ]

                            Uma das questões que eu acho que é importante é que muitas vezes o pessoal esconde-se e é assim não é uma questão de precisarmos que toda a gente venha para fora e venha dizer o que é, é mais importante é que o pessoal comece a ser ele mesmo. Para mim é mais importante isso que procure ser feliz, há pessoas que... eu não sou apologista que toda a gente deva assumir-se sou sim apologista de que as pessoas devem ser como elas são.

                            Uma das minhas dificuldades maiores foi.. foi portanto descobrir mais pessoas, digamos assim, em situações normais, que era enquanto eu estava muito voltado para mim enquanto eu vivia dos contactos que eu conhecia pela net e isso assim, e portanto foi sempre uma situação muito pessoal, e isso... pronto, eu tinha de basicamente tentar esconder tudo... portanto dos meus amigos como do pessoal com quem eu contactava e então aquilo que... pronto começou a vir assim ao de cima foi uma necessidade que eu tinha de procurar ser feliz, digamos assim, e de estar bem comigo mesmo e foi por causa disso que eu resolvi começar a sair do armário.

                            O pessoal do activismo não está a procurar com que tenhamos regalias especiais está sim a pedir com que toda a gente aceite. Pronto. E isso em Coimbra é muito relevante. Portanto o pessoal esconde-se muito e apesar de ser um meio muito académico e muito... digamos assim... está apto, falta-lhe ter contacto mas está apto a ter contacto com homossexuais, sem problema nenhum. Falo por experiência própria.

                            -

                            Eu há uns tempos atrás, por eu ser aquilo que sou, digamos... eu olhava-me ao espelho e via... um estranho porque não (...) a minha sexualidade e não acho... não me achava normal, achava que havia um monstro em mim e que o monstro consumia-me. Eu tentava lutar contra ele. Altura em que as coisas foram mudando e eu fui procurando... comecei a pensar por mim e se calhar isto não é assim tão anormal, e se calhar existe mais gente como eu e fui (...) novas formas de pensar e que me levou àquilo que sou hoje que é uma pessoa que se aceita, que eu acho que é o mais importante (...) contigo mesmo mas que levares a vida com (...) e (...) a tua sexualidade como algo que é (...)

                            -

                            Eu dou a cara... por uma boa causa. Não para me tornar famoso, não para ser reconhecido, não para me exibir mas dou a cara por uma boa causa. Como alguém dá a cara pelos sem-abrigo, como alguém dá a cara pela luta contra a Sida, eu dou a cara por esta causa. Porque acho que é uma causa justa e que um dia mais tarde ser reconhecido pelo nome, como homossexual e não por palavras inventadas como homos... como p******** ou larilas, etc.

                            -

                            Bem, penso que... pronto, acho que as mentalidades têm estado a mudar. Não só através das revistas, de filmes mas acho que (...) individual pode fazer a diferença através dos amigos, dos familiares, das pessoas que conhece porque muitas vezes as pessoas têm uma opinião errada e ao conhecerem uma pessoa homossexual ficam com outra ideia e poderão (...) não têm ninguém (...) e depois (...) achavam que os homossexuais eram (...) e depois vão conhecer e (...) e acho que isso é importante as pessoas também... cada um fazer um pouco junto das pessoas que conhece.

                            -

                            No fundo eu falei em entrevista à revista Visão com o intuito de ajudar os (...) jovens no seu coming out e alertar para o facto de muitas vezes não estarmos preparados economicamente nem psicologicamente para ficarmos sem a nossa família, sem o apoio dos nossos pais, que no fundo é muito importante. Nós estamos dependentes deles enconomicamente e psicologicamente também. Podemos às vezes pensar que vai correr muito bem, vai correr lindamente porque o colega do lado também é gay e é assumido e tem uma vida fantástica mas o nosso caso é sempre um caso único e é sempre um caso especial, que devemos ter um cuidado especial quando vamos assumir aos nossos pais (...) porque eles (...) sempre que o filho é perfeito e o filho é aquele que vai dar os netos (...) e têm uma ideia pré-concebida e depois porque quando são confrontados com o drama do filho ser homossexual também eles próprios não sabem como ajudá-lo (...) a rede ex aequo funciona também para nos ajudar a nós jovens e aos pais nesse (...) aspecto. E pronto, acho que é tudo que tenho a dizer.

                            -

                            Tenho a visão que a (...) sabe que encontrar pessoas que dessem a cara porque em Portugal isto é muito... é difícil dar a cara mas há quem se sente na sua pele de ser homossexual e não tenha nenhum problema em (...) em dar a cara porque há quem... há quem objectivamente não quer-se mostrar ou não quer revelar nada e isto é um grande problema... na sociedade portuguesa porque... porque é impossível mostrar o nosso ser, o nosso bem-estar porque somos logo... somos discriminados por isso. Porque já estamos no século XXI e já não... já não dá para ser... já não... a sociedade portuguesa não se pode manter tão conservadora como tem-se mantido...
                            « Última modificação: 21 de Novembro de 2007 por bITaS »

                              Videos LGBT
                              #354

                              Offline Cátia.

                              • *****
                              • Associad@
                              • Membro Elite
                              • Género: Feminino
                              • So, what difference does it make ?
                              Uma das questões que eu acho que é importante é que muitas vezes o pessoal esconde-se e é assim não é uma questão de precisarmos que toda a gente venha para fora e venha dizer o que é, é mais importante é que o pessoal comece a ser ele mesmo. Para mim é mais importante isso que procure ser feliz, há pessoas que... eu não sou apologista que toda a gente deva assumir-se sou sim apologista de que as pessoas devem ser como elas são.

                              Uma das minhas dificuldades maiores foi.. foi portanto descobrir mais pessoas, digamos assim, em situações normais, que era enquanto eu estava muito voltado para mim enquanto eu vivia dos contactos que eu conhecia pela net e isso assim, e portanto foi sempre uma situação muito pessoal, e isso... pronto, eu tinha de basicamente tentar esconder tudo... portanto dos meus amigos como do pessoal com quem eu contactava e então aquilo que... pronto começou a vir assim ao de cima foi uma necessidade que eu tinha de procurar ser feliz, digamos assim, e de estar bem comigo mesmo e foi por causa disso que eu resolvi começar a sair do armário.

                              O pessoal do activismo não está a procurar com que tenhamos regalias especiais está sim a pedir com que toda a gente aceite. Pronto. E isso em Coimbra é muito relevante. Portanto o pessoal esconde-se muito e apesar de ser um meio muito académico e muito... digamos assim... está apto, falta-lhe ter contacto mas está apto a ter contacto com homossexuais, sem problema nenhum. Falo por experiência própria.

                              -
                              Eu há uns tempos atrás, por eu ser aquilo que sou, digamos... eu olhava-me ao espelho e via... um estranho porque não (...) aceitava a minha sexualidade e não acho... não me achava normal, achava que havia um monstro em mim e que o monstro consumia-me. Eu tentava lutar contra ele. Altura em que as coisas foram mudando e eu fui procurando... comecei a pensar por mim e se calhar isto não é assim tão anormal, e se calhar existe mais gente como eu e fui (...)conhecendo e esses conhecimentos foram-me trazendo novas formas de pensar e que me levou àquilo que sou hoje que é uma pessoa que se aceita, que eu acho que é o mais importante (...) não ter qq coisa :P contigo mesmo mas que levares a vida com (...)alguma normalidade e (...) de forma a que a tua sexualidade como algo que é (...) ???
                              -

                              Eu dou a cara... por uma boa causa. Não para me tornar famoso, não para ser reconhecido, não para me exibir mas dou a cara por uma boa causa. Como alguém dá a cara pelos sem-abrigo, como alguém dá a cara pela luta contra a Sida, eu dou a cara por esta causa. Porque acho que é uma causa justa e que um dia mais tarde ser reconhecido pelo nome, como homossexual e não por palavras inventadas como homos... como p******** ou larilas, etc.

                              -

                              Bem, penso que... pronto, acho que as mentalidades têm estado a mudar. Não só através das revistas, de filmes mas acho que (...) uma pessoa como individual pode fazer a diferença através dos amigos, dos familiares, das pessoas que conhece porque muitas vezes as pessoas têm uma opinião errada e ao conhecerem uma pessoa homossexual ficam com outra ideia e poderão (...) não têm ninguém (...) e depois (...) achavam que os homossexuais eram (...) e depois vão conhecer e (...) e acho que isso é importante as pessoas também... cada um fazer um pouco junto das pessoas que conhece.

                              -

                              No fundo eu falei em entrevista à revista Visão com o intuito de ajudar os (...) novos ou nossos jovens no seu coming out e alertar para o facto de muitas vezes não estarmos preparados economicamente nem psicologicamente para ficarmos sem a nossa família, sem o apoio dos nossos pais, que no fundo é muito importante. Nós estamos dependentes deles enconomicamente e psicologicamente também. Podemos às vezes pensar que vai correr muito bem, vai correr lindamente porque o colega do lado também é gay e é assumido e tem uma vida fantástica mas o nosso caso é sempre um caso único e é sempre um caso especial, que devemos ter um cuidado especial quando vamos assumir aos nossos pais (...)precisamente porque eles (...) sempre que o filho é perfeito e o filho é aquele que vai dar os netos (...)lindos e têm uma ideia pré-concebida e depois porque quando são confrontados com o drama do filho ser homossexual também eles próprios não sabem como ajudá-lo (...) a rede ex aequo funciona também para nos ajudar a nós jovens e aos pais nesse (...)preciso aspecto. E pronto, acho que é tudo que tenho a dizer.

                              -

                              Tenho a visão que a (...) grande sorte de encontrar pessoas que dessem a cara porque em Portugal isto é muito... é difícil dar a cara mas há quem se sente na sua pele de ser homossexual e não tenha nenhum problema em (...) em dar a cara porque há quem... há quem objectivamente não quer-se mostrar ou não quer revelar nada e isto é um grande problema... na sociedade portuguesa porque... porque é impossível mostrar o nosso ser, o nosso bem-estar porque somos logo... somos discriminados por isso. Porque já estamos no século XXI e já não... já não dá para ser... já não... a sociedade portuguesa não se pode manter tão conservadora como tem-se mantido...[/i]

                              Estou na minha pausa para almoço :P ... logo volto a ouvir com mais calma e tento prencher os espaços que ficaram em branco.
                                Oh, it makes none...

                                Videos LGBT
                                #355

                                Offline bITaS

                                • *****
                                • Associad@ Honorári@
                                • Membro Vintage
                                • e puff! fez-se chocapic...
                                  • ex aequo aveiro
                                Uma das questões que eu acho que é importante é que muitas vezes o pessoal esconde-se e é assim não é uma questão de precisarmos que toda a gente venha para fora e venha dizer o que é, é mais importante é que o pessoal comece a ser ele mesmo. Para mim é mais importante isso que procure ser feliz, há pessoas que... eu não sou apologista que toda a gente deva assumir-se sou sim apologista de que as pessoas devem ser como elas são.

                                Uma das minhas dificuldades maiores foi.. foi portanto descobrir mais pessoas, digamos assim, em situações normais, que era enquanto eu estava muito voltado para mim enquanto eu vivia dos contactos que eu conhecia pela net e isso assim, e portanto foi sempre uma situação muito pessoal, e isso... pronto, eu tinha de basicamente tentar esconder tudo... portanto dos meus amigos como do pessoal com quem eu contactava e então aquilo que... pronto começou a vir assim ao de cima foi uma necessidade que eu tinha de procurar ser feliz, digamos assim, e de estar bem comigo mesmo e foi por causa disso que eu resolvi começar a sair do armário.

                                O pessoal do activismo não está a procurar com que tenhamos regalias especiais está sim a pedir com que toda a gente aceite. Pronto. E isso em Coimbra é muito relevante. Portanto o pessoal esconde-se muito e apesar de ser um meio muito académico e muito... digamos assim... está apto, falta-lhe ter contacto mas está apto a ter contacto com homossexuais, sem problema nenhum. Falo por experiência própria.

                                -

                                Eu há uns tempos atrás, por eu ser aquilo que sou, digamos... eu olhava-me ao espelho e via... um estranho porque não aceitava a minha sexualidade e não acho... não me achava normal, achava que havia um monstro em mim e que o monstro consumia-me. Eu tentava lutar contra ele. Altura em que as coisas foram mudando e eu fui procurando... comecei a pensar por mim e se calhar isto não é assim tão anormal, e se calhar existe mais gente como eu e fui conhecendo e esses conhecimentos foram-me trazendo novas formas de pensar e que me levou àquilo que sou hoje que é uma pessoa que se aceita, que eu acho que é o mais importante. Não ter uma luta contigo mesmo mas que levares a vida com alguma normalidade? e levares a tua sexualidade como algo que é (...)

                                -

                                Eu dou a cara... por uma boa causa. Não para me tornar famoso, não para ser reconhecido, não para me exibir mas dou a cara por uma boa causa. Como alguém dá a cara pelos sem-abrigo, como alguém dá a cara pela luta contra a Sida, eu dou a cara por esta causa. Porque acho que é uma causa justa e que um dia mais tarde ser reconhecido pelo nome, como homossexual e não por palavras inventadas como homos... como p******** ou larilas, etc.

                                -

                                Bem, penso que... pronto, acho que as mentalidades têm estado a mudar. Não só através das revistas, de filmes mas acho que cada pessoa no individual pode fazer a diferença através dos amigos, dos familiares, das pessoas que conhece porque muitas vezes as pessoas têm uma opinião errada e ao conhecerem uma pessoa homossexual ficam com outra ideia e poderão (...) não têm ninguém (...) e depois (...) achavam que os homossexuais eram aberrações e depois vão conhecer e dizem "ok, não és uma aberração" e acho que isso é importante as pessoas também... cada um fazer um pouco junto das pessoas que conhece.

                                -

                                No fundo eu falei em entrevista à revista Visão com o intuito de ajudar os novos(nossos) jovens no seu coming out e alertar para o facto de muitas vezes não estarmos preparados economicamente nem psicologicamente para ficarmos sem a nossa família, sem o apoio dos nossos pais, que no fundo é muito importante. Nós estamos dependentes deles enconomicamente e psicologicamente também. Podemos às vezes pensar que vai correr muito bem, vai correr lindamente porque o colega do lado também é gay e é assumido e tem uma vida fantástica mas o nosso caso é sempre um caso único e é sempre um caso especial, que devemos ter um cuidado especial quando vamos assumir aos nossos pais, precisamente porque eles pensam sempre que o filho é perfeito e o filho é aquele que vai dar os netos lindos e têm uma ideia pré-concebida e depois porque quando são confrontados com o drama do filho ser homossexual também eles próprios não sabem como ajudá-lo (...) a rede ex aequo funciona também para nos ajudar a nós jovens e aos pais nesse preciso aspecto. E pronto, acho que é tudo que tenho a dizer.

                                -

                                Tenho a visão que a grande sorte de encontrar pessoas que dessem a cara porque em Portugal isto é muito... é difícil dar a cara mas há quem se sente na sua pele de ser homossexual e não tenha nenhum problema em (...) em dar a cara porque há quem... há quem objectivamente não quer-se mostrar ou não quer revelar nada e isto é um grande problema... na sociedade portuguesa porque... porque é impossível mostrar o nosso ser, o nosso bem-estar porque somos logo... somos discriminados por isso. Porque já estamos no século XXI e já não... já não dá para ser... já não... a sociedade portuguesa não se pode manter tão conservadora como tem-se mantido...



                                obg catia.
                                alguém consegue preencher os espaços que faltam?  ::)

                                « Última modificação: 21 de Novembro de 2007 por bITaS »

                                  Videos LGBT
                                  #356

                                  True_King

                                  • Visitante


                                  Vejam este video e visitem os sites na descripção! Absolutamente incrivel! :'(

                                    Videos LGBT
                                    #357

                                    Offline tareca

                                    • *
                                    • Novo Membro
                                    • Género: Feminino
                                    não vi os links todos ao pormenor mas.... wow :o
                                    estou sem palavras...
                                      "silence is the last thing the world will ever hear from me" Marlee Matlin

                                      Videos LGBT
                                      #358

                                      Offline Wanted

                                      • *****
                                      • Membro Ultra
                                      • Género: Feminino
                                      • dont become a monster,in order to defeat a monster
                                      meninas... um momento de pura sensualidade... ;) vejam....

                                      http://www.youtube.com/watch?v=VetAAOkrQkU
                                        "...as grandes ideias surgem da observação dos pequenos pormenores."

                                        Videos LGBT
                                        #359

                                        Offline Solitária

                                        • *****
                                        • Membro Ultra
                                        • Género: Feminino
                                        meninas... um momento de pura sensualidade... ;) vejam....

                                        http://www.youtube.com/watch?v=VetAAOkrQkU

                                        Este filme é lindo.
                                        Ai...chorei baba e ranho.  :-[

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          1 Respostas
                                          5037 Visualizações
                                          Última mensagem 30 de Novembro de 2007
                                          por tinat
                                          2 Respostas
                                          2128 Visualizações
                                          Última mensagem 19 de Março de 2011
                                          por ricardom
                                          Vídeos e fotografias de/em Évora

                                          Iniciado por Anotherbluepeter Évora

                                          1 Respostas
                                          2004 Visualizações
                                          Última mensagem 18 de Março de 2012
                                          por Flanc
                                          6 Respostas
                                          3195 Visualizações
                                          Última mensagem 24 de Junho de 2012
                                          por Viriato
                                          4 Respostas
                                          1329 Visualizações
                                          Última mensagem 17 de Setembro de 2013
                                          por pepe444