rede ex aequo

Olá Visitante10.jul.2020, 10:35:29

Autor Tópico: A minha história  (Lida 2147 vezes)

 
A minha história
#0

couple_pt

  • Visitante
Portugal Portugal...um país de brandos costumes que pouco a pouco estão a cair, ou a ser modificados...Bem, sou gay, sim, já se devem ter apercebido bem disso, basta estar aqui, e isso de certa forma diz tudo. Sou um rapaz que fui criado numa família tipicamente Portuguesa, nunca tive qualquer influência homossexual durante o meu crescimento, pelo menos a meu ver. Desde cedo que sempre me senti estranho em relação aos outros (12/13 anos), olhava para as raparigas nada sentia, olhava para os rapazes sentia algo diferente, algo que me viria a aperceber aos 16/17 anos. Ao aperceber-me quis rejeitar, sentimento esse que já vinha de trás mas que nunca tinha reflectido com grande profundidade, mas a partir dos 16/17 anos a nossa consciência e o lado mais romântico começar a querer manifestar-se de forma carinhosa para uma cara metade...após toda a raiva que sentia por mim mesmo desaparecer, aceitei-me, não me arrependi da decisão que tomei, dei o meu primeiro beijo aos 18 anos no meu primeiro namorado, tal namoro viria a arrastar-se ao longo de 7 meses, tal relação serviu para acimentar sentimentos desenvolver o amor que sentia pela cara metade, e acima de tudo para me aceitar tal como eu era, era gay, que podia eu fazer ?? Nada, nada mesmo, tive que me aceitar para poder ser feliz, não quis disfarçar que era Bi, visto que nunca conseguiria ter uma relação com uma mulher, posso ter sexo com uma (embora ache muito difícil) mas nunca conseguiria sentir paixão. Eu gosto de homens, não escondo isso, sou quem sou, não sou nenhum bicho criado em laboratório, penso como todos os seres humanos, tenho sentimentos, rio, choro, como, bebo, faço tudo aquilo toda a gente faz, simplesmente a minha orientação não aquela que meio mundo tem, sou gay não sou hetero, mas sinto muitas vezes que sou mais homem que certos homens que se dizem machões e senhores de tudo e que no fundo só fazem porcaria. Não costumo achar-me gay, costumo mais dizer que sou um hetero ao contrário porque tenho comportamentos de um heterossexual mas em vez de ter uma namorada tenho um namorado.
Hoje olho para trás e rio-me por aquilo que passei, tive uma depressão por não saber quem era, andei a antidepressivos só porque este rectângulo ao mar plantado não me aceitaria, sentia-me o patinho feio por ser o que era, mas hoje aceitei-me e derrubo todas as barreiras, sei o que sou e sou feliz não me arrependo de nada que fiz até hoje. Este texto é dedicado a todos aqueles que já passaram por aquilo que eu passei, e para aqueles que ainda não se aceitaram ou estão nessa fase, aquilo que vos posso dizer é que é natural estar-se confuso, por isso sejam vocês mesmos, nunca aquilo que os outros querem que sejam, não, isso dar-vos-á o dobro do trabalho, e nunca, vos garanto, nunca, serão felizes a não ser aparentemente. Um grande abraço a todos, e não te esqueças , sê feliz xD

Espero que ajude os mais confusos, afinal todos temos um pouco de iguais lol lol
« Última modificação: 24 de Junho de 2010 por couple_pt »

    A minha história
    #1

    Offline Shitmydadsays

    • ***
    • Membro Total
    Gosto dessa ideia de hetero ao contrário, é também assim q me sinto

      A minha história
      #2

      Bc

      • Visitante
      Um bom exemplo de coragem.... D facto a confusão é natural na altura em que descobrimos que ago estranho se passa conosco...e quando não se conta com alguem para nos ajudar, mais dificil se torna.. No meu caso, demorei um par de anos a acreditar e a decifrar os pensamentos que sentia, na altura pensava muito na sociedade ( talvez porque sou natural de um meio rural) e naquilo que era considerado "normal", so pensava " eu não posso ser assim, n pode estar a acontecer comigo"... o que é certo é que é uma fase muito complicada e quase que dei em doida. O que realmente me levou a aceitar, foi o facto de ter tido a minha primeira experiencia com a minha 1ª namorada, e ai descobri que gostava. e só ai é que me senti preparada para contar aos meus melhores amigos.

      Como diz o Couple_pt nos so somos felizes depois de estarmos com nós proprios e de nos sentirmos felizes sem mascaras ou "faz de conta".

      :)

        A minha história
        #3

        Offline Boreas

        • *****
        • Moderação Sénior
        • Membro Vintage
        • Género: Masculino
        • "Tu és rato!"
        Gosto dessa ideia de hetero ao contrário, é também assim q me sinto

        Isso é um enviesamento proporcionado pela falta de visibilidade e vergonha que há. É normal que, numa sociedade que durante muito tempo penalizava e discriminava a homossexualidade, apenas os que tivessem características mais femininas ou mais "excêntricas" fossem notados, enquanto todos os outros se mantinham camuflados. Eu conheço vários heteros com "tiques", e muito homo e bissexuais que em nada se relacionam com o estereotipo.
        Não há comportamentos homo ou heterossexuais, há comportamentos diferentes que quer uns quer outros apresentam. Até pode existir mais dominância de uns sobre outros conforme a orientação, devido a um serie de factores, mas definitivamente não são exclusivos e não se devem fazer essas generalizações ;)
          Just live!!! WILL POWER HOPE COMPASSION LOVE

          A minha história
          #4

          Offline corema

          • *****
          • Membro Elite
          • Género: Feminino
          E eu aproveito esta tópico para contar a minha :)

          Por alto, para a maioria das pessoas da minha familia eu sempre fui (e continuo a ser) uma mulher hetero maria rapaz. Eu sou bissexual, e a realidade é que tirando família muito próxima, a restante já me conheceu uns 2 ou 3 namorados. Neste momento namoro com um homem há uns 7 meses, pelo que quem me rodeia me acha uma hetero maria rapaz... As pessoas que convivem comigo de forma próxima e regular, como amigos e alguns membros familiares, sabem perfeitamente que sou bissexual porque me eram próximas quando namorei com mulheres. Esta coisa de acharem que tenho um ar masculino, às vezes, aborrece-me... Até nem tenho assim tanto e se tivesse? Não percebo bem estas coisas do homem e da mulher. Eu gosto do que gosto, sou eu e sou uma mulher.
          A partir daí é especulação  :)

            A minha história
            #5

            Offline ZapZap

            • **
            • Membro Júnior
            • Género: Masculino
            • elinternadolagunanegra
            Boa noite/bom dia:

            Bem como já disseram acima, creio que não há comportamentos de hetero e homos... Somos todos iguais! Afinal somos todos feitos de carne e osso, temos quase todos 23 pares de cromossomas, e somos  "primos" dos macacos (partilhamos a mesma ordem que estes)
             
            Kisses!

            (Após a correcção da Corema)
            « Última modificação: 6 de Julho de 2010 por ZapZap »
              c. LIVETHEFUTURE!"

              A minha história
              #6

              Offline Lambuças

              • *****
              • Membro Elite
              • Género: Feminino
              • Encarar a vida com um sorriso é o melhor remédio
              A minha história já tem uns anos bons mas nem sempre assumidos como deveria.

              Já andei com algumas mulheres mas muito menos do que homens me passaram pelas mãos, alias eles acho que so serviram para tentar fugir à atracção que as mulheres me trazem.

              Passei por um casamento com um homem fantástico que não durou devido ao amor que começei a sentir por uma colega de faculdade a  quem me entreguei de corpo e alma com um relacionamento de 4 anos onde sorri muito e fui muito feliz. As coisas terminaram muito devido ao facto de ela não assumir pra ninguem o que sentia por mim e também por ser nova demais (25 anos) e se encontrar meio perdida. O meu ex-marido voltou a aparecer na minha vida pensando também ele que eu tinha passado uma fase. Mas desta vez tive de ser verdadeira pra ele não sair mais magoado do que foi em tempos.

              Agora sinto-me sozinha. Não sei onde encontrar alguem que ame como eu, que seja romantica, que seja de Lisboa, que tenha a vida profissional resolvida, que tenha a  maturidade dos meus 30 e poucos anos, que tenha a cabeça bem resolvida e não tenha medo de assumir ao mundo o que sente.

              Entreguei-me ao trabalho por isso quase não saio de casa e qd o faço fico no meu canto e sou aquilo que os amigos esperam de mim.....alegre e divertida.....mas no fundo falta-me a mulher que ainda n encontrei e que não sei se irei encontrar.......e eu só queria ser amada como amo mais nd....

              Desculpem o testamento.........
              bjs

                A minha história
                #7

                Offline corema

                • *****
                • Membro Elite
                • Género: Feminino
                Boa noite/bom dia:

                Bem como já disseram acima, creio que não há comportamentos de hetero e homos... Somos todos iguais! Afinal somos todos feitos de carne e osso, temos todos 23 pares de cromossomas, e todos descendemos do macaco!

                Kisses!

                Eu e as correcções :) Temos quase todos 23 pares de cromossomas, e nenhum de nós descende do macaco!

                  A minha história
                  #8

                  Offline So

                  • **
                  • Membro Júnior
                  • Género: Feminino
                  A minha história já tem uns anos bons mas nem sempre assumidos como deveria.

                  Já andei com algumas mulheres mas muito menos do que homens me passaram pelas mãos, alias eles acho que so serviram para tentar fugir à atracção que as mulheres me trazem.

                  Passei por um casamento com um homem fantástico que não durou devido ao amor que começei a sentir por uma colega de faculdade a  quem me entreguei de corpo e alma com um relacionamento de 4 anos onde sorri muito e fui muito feliz. As coisas terminaram muito devido ao facto de ela não assumir pra ninguem o que sentia por mim e também por ser nova demais (25 anos) e se encontrar meio perdida. O meu ex-marido voltou a aparecer na minha vida pensando também ele que eu tinha passado uma fase. Mas desta vez tive de ser verdadeira pra ele não sair mais magoado do que foi em tempos.

                  Agora sinto-me sozinha. Não sei onde encontrar alguem que ame como eu, que seja romantica, que seja de Lisboa, que tenha a vida profissional resolvida, que tenha a  maturidade dos meus 30 e poucos anos, que tenha a cabeça bem resolvida e não tenha medo de assumir ao mundo o que sente.

                  Entreguei-me ao trabalho por isso quase não saio de casa e qd o faço fico no meu canto e sou aquilo que os amigos esperam de mim.....alegre e divertida.....mas no fundo falta-me a mulher que ainda n encontrei e que não sei se irei encontrar.......e eu só queria ser amada como amo mais nd....

                  Desculpem o testamento.........
                  bjs
                  Pedires desculpa por desabafares? Não peças!
                  Temos um ponto em comum: "mergulhar no trabalho" para fugir ou esquecer ... "a vida"?!!!
                  Não tenho, pois nunca quis, experiências com homens! Tive algumas experiências com mulheres! Sempre gostei de mulheres! Mas têm-me feito sofre muito!:(
                  Acho que o sofrimento não compensa o pouco tempo de "felicidade"!
                  Tenho quase mais 10 anos que tu. Sou de Lisboa. Tenho a vida profissional mais ou menos resolvida (com dizes), mas não consigo assumir-me perante o mundo .... nem perante o pequeno mundo em meu redor!
                  Porque não me assumo e porque estou farta de sofrer muito por causa de relações que duram pouco, acho que o melhor é estar sozinha!
                  Liberdade .... para sorrir e para chorar!!!

                  Força!
                  Boa Sorte para encontrares a tua cara metade ;)

                     

                    Tópicos relacionados

                      Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                    História dos LGBT e LGBTs na história

                    Iniciado por XATE « 1 2 ... 6 7 » Geral

                    126 Respostas
                    57714 Visualizações
                    Última mensagem 23 de Agosto de 2013
                    por PsyGirl_Av
                    A minha maior história de amor....

                    Iniciado por Nu_vito « 1 2 ... 7 8 » Outras Conversas

                    145 Respostas
                    23687 Visualizações
                    Última mensagem 5 de Maio de 2014
                    por Sigurhead
                    10 Respostas
                    2149 Visualizações
                    Última mensagem 14 de Setembro de 2011
                    por Di HF
                    3 Respostas
                    1323 Visualizações
                    Última mensagem 15 de Agosto de 2014
                    por senhorcolcheia
                    7 Respostas
                    1317 Visualizações
                    Última mensagem 18 de Setembro de 2014
                    por rk