rede ex aequo

Olá Visitante23.set.2019, 01:38:49

Autor Tópico: Excesso de peso: doença?  (Lida 5964 vezes)

 
Excesso de peso: doença?
#20

Offline CineLorde

  • *****
  • Membro Ultra
  • Género: Masculino
  • Ren Visual
Mas a obesidade extrema  é baseada na depêndencia na comida. Para ser sincero, eu prefiro ter uns quilos a mais, do que passar dias a morrer de fome. Ainda assim, a obesidade mórbida é um problema.

    Excesso de peso: doença?
    #21

    Offline deep green eyes

    • *****
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
    • Unicamente Perfeita e Perfeitamente Unica...
    Mas a obesidade extrema  é baseada na depêndencia na comida. Para ser sincero, eu prefiro ter uns quilos a mais, do que passar dias a morrer de fome. Ainda assim, a obesidade mórbida é um problema.

    Pode n ser uma dependência. Há diversos factores q infuenciam  ;)

    Ja agr, uma nota: uma pessoa q seja dependente da comida tem uma doença do comportamento alimentar:)
    « Última modificação: 28 de Março de 2010 por deep green eyes »
      " Nunca faça florescer um sorriso dizendo te amo, para mais tarde fazer rolar uma lágrima dizendo me esqueça..." Anónimo
      "O que mais me dói é saber que eu e você nunca seremos nós..." Anónimo

      Excesso de peso: doença?
      #22

      Offline fmchrono

      • *****
      • Membro Elite
      • Género: Masculino
      • Aye!
      Obesidade uma doença? Sim e não, na minha opinião.
      Sabe-se hoje que a obesidade pode resultar de doenças metabólicas com determinados parâmetros genéticos alterados, que afectam o armazenamento e a utilização das gorduras ingeridas. Portanto podemos ter pessoas que nem comem em demasia mas são naturalmente gordas e só conseguem emagrecer com dietas rigorosas e muito exercício físico, e em casos extremos os balões gástricos e outros procedimentos cirúrgicos.
      Por outro lado, pode ser derivada de outras doenças, como o hipotiroidismo, em que há a tendência para ganhar peso devido às desregulações hormonais.

      Portanto sim, pode ser considerada uma doença, como pode simplesmente ser o resultado da pessoa simplesmente gostar de comer...
        Don't worry what people think, they don't do it very often.

        Excesso de peso: doença?
        #23

        Offline daemon

        • ****
        • Membro Sénior
        • Género: Feminino
        Claro k é uma doença! Leva a cenas más tipo enfartes e é inestético.
        Claro k a parte de ser inestético é uma futilidade mas é uma futilidade crucial (que lindo oximoro) para o ego tar lá em cima...afinal uma gaja só é boa se for elegante ;)
        Gordinhas de Portugal têm de ir para o ginásio e parar de comer coisas da engorda, pela vossa saúde e porque eu gosto de tar rodeada por gajas boas
          कर्म Toda a acção provoca uma reacção equivalente no sentido inverso

          Excesso de peso: doença?
          #24

          mike J

          • Visitante
          Claro k é uma doença! Leva a cenas más tipo enfartes e é inestético.
          Claro k a parte de ser inestético é uma futilidade mas é uma futilidade crucial (que lindo oximoro) para o ego tar lá em cima...afinal uma gaja só é boa se for elegante ;)
          Gordinhas de Portugal têm de ir para o ginásio e parar de comer coisas da engorda, pela vossa saúde e porque eu gosto de tar rodeada por gajas boas


          E se as mulheres tiverem uma cara feia, mandas elas a irem fazer uma operação estética à cara para ficarem gajas boas?

            Excesso de peso: doença?
            #25

            Offline daemon

            • ****
            • Membro Sénior
            • Género: Feminino
            Claro k é uma doença! Leva a cenas más tipo enfartes e é inestético.
            Claro k a parte de ser inestético é uma futilidade mas é uma futilidade crucial (que lindo oximoro) para o ego tar lá em cima...afinal uma gaja só é boa se for elegante ;)
            Gordinhas de Portugal têm de ir para o ginásio e parar de comer coisas da engorda, pela vossa saúde e porque eu gosto de tar rodeada por gajas boas


            E se as mulheres tiverem uma cara feia, mandas elas a irem fazer uma operação estética à cara para ficarem gajas boas?

            Para começar, não há gajas feias... há gajas menos bonitas. E não têm culpa nenhuma de serem menos bonitas. E ser menos bonita não faz mal à saude.
            Além do mais, uma gaja menos bonita pode ser muito boa, pode aliás ser muito mais boa que uma gaja bonita.
              कर्म Toda a acção provoca uma reacção equivalente no sentido inverso

              Excesso de peso: doença?
              #26

              Offline dummie

              • *****
              • Membro Vintage
              • Género: Feminino
              Eu tenho excesso de peso e não me considero doente. TODOS, mas TODOS os valores das minhas análises ao sangue dão normais, o único problema de saúde que tenho é asma e alergias. É necessário analisar a pessoa antes de a classificarmos com excesso de peso ou não: no meu caso cheguei mesmo a ouvir da boca de médicos que eu era obesa! Isso é verdade se considerarmos os meus 1,67 cm de altura e os meus 87 kg, mas ninguém olha para mim e ma dá esse peso. Então eu digo sempre que a estatura óssea das pessoa e as suas musculaturas contam e muito! Cheguei mesmo a fazer um teste para ver a quantidade de osso que possuia: tenho osso que chegue para duas pessoas! E devido a desportos como o rugby desenvolvi muito (agora já não estão tanto, mas ainda se nota que sou "larga") os músculos.
              Claro, é verdade que tenho gordurinhas, sim! Estou a tratar disso? É óbvio! Mas sei que perca o peso que perder, vou ser sempre considerada como uma pessoa com excesso de peso!!
              Logo será o excesso de peso doença? Talvez nos casos mais extremos sim.
                They say you find love in every corner... Well, my life must be a circle!

                Excesso de peso: doença?
                #27

                Offline Pulse

                • *****
                • Membro Vintage
                • Género: Masculino
                • After all, losing all hope was freedom.
                Acho que as infecções oportunistas em HIV+ mata mais gente que a obesidade e não é por isso que o preservativo passou a fazer parte dos acessórios obrigatórios do acto sexual.  ::)
                O excesso de peso não é uma doença, é simplesmente isso um excesso, um bocado a mais, que o único problema que tem é o facto de se transpirar mais ou menos e de se aguentar mais ou menos tempo dentro das águas frias do litoral norte.  lol
                Quanto à obesidade essa sim pode ser considerada doença ou, talvez mais adequado, o resultado de uma doença (como no caso dos motivos que o chrono apresentou e eu acrescento distúrbios psicológicos que levam a pessoa a transferir para a comida as frustrações).
                E tenham lá paciência, mas a sociedadezinha em que vivemos anda a por toda a gente em pânico com medo de enfartes e de trinta por uma linha por serem "obesos" quando na verdade só têm um pouco de excesso de peso que em efeitos práticos não tem qualquer influencia no estado de saúde, é preciso alguma moderação.
                  And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

                  Excesso de peso: doença?
                  #28

                  Offline Centaur

                  • **
                  • Membro Júnior
                  As directrizes internacionais consideram um valor de IMC igual ou superior a 30 como sendo obesidade.

                  Independentemente do exercício físico ou da estrutura física que se tenha, será francamente difícil que ultrapasse este valor, por esse motivo é que a classificação é tão taxativa e continua a ser absolutamente válida desde há muito tempo a esta parte.

                  Essas directrizes também assumem que o IMC, por vezes não oferece um resultado inequívoco para IMCs muito mais baixos que trinta. Considerando que qualquer indivíduo deve ter um IMC abaixo dos 25, não é difícil que um profissional de desporto consiga ultrapassar este valor sem que haja valores significativos de massa gorda.

                  Para mim, IMC superior a 30 é obesidade (doença). Valores abaixo carecem de avaliaçao médica para ajustamento de hábitos alimentares, caso seja necessário. Apesar dos casos em que se veja necessidade de ajuste, não seja possível considerar como doença, não deixa de ser relevante pela grande probabilidade de desenvolvimento patológico a curto/médio prazo.

                     

                    Tópicos relacionados

                      Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                    100 Respostas
                    17070 Visualizações
                    Última mensagem 6 de Agosto de 2011
                    por SoWhat
                    5 Respostas
                    2573 Visualizações
                    Última mensagem 10 de Janeiro de 2011
                    por klaeman
                    32 Respostas
                    6671 Visualizações
                    Última mensagem 16 de Abril de 2014
                    por Spektrum
                    4 Respostas
                    1204 Visualizações
                    Última mensagem 20 de Novembro de 2013
                    por natacha
                    3 Respostas
                    1404 Visualizações
                    Última mensagem 18 de Maio de 2016
                    por carolinalg