rede ex aequo

Olá Visitante16.jan.2021, 09:11:48

Autor Tópico: Diz um facto!  (Lida 312148 vezes)

 
Diz um facto!
#7400

Offline hpc

  • **
  • Membro Júnior
  • Género: Feminino
  • Descrevo quem sou.
Faltam 13 dias para o Natal. Boooraaa malta, tudo a espalhar paz e amor!!!

    Diz um facto!
    #7401

    Offline haka

    • *****
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
    Tou no trabalho a apanhar uma senhora seca....

      Diz um facto!
      #7402

      Offline out.and.about

      • *
      • Novo Membro
      • Género: Feminino
      É um facto que todos os vossos factos são pouco objetivos, mas nem por isso menos factuais.  lol

        Diz um facto!
        #7403

        Offline Sappho

        • *****
        • Membro Elite
        • Género: Feminino
        estou emocionalmente dormente
          I have the choice of being constantly active and happy or introspectively passive and sad. Or I can go mad by ricocheting in between.

          Sylvia Plath, The Unabridged Journals of Sylvia Plath

          Diz um facto!
          #7404

          Offline unfold

          • *
          • Novo Membro
          estou emocionalmente dormente
          Embotamento emocional ou não chega a tanto?

          Facto: é um facto não me ocorrer nenhum.
            Non non non.

            Diz um facto!
            #7405

            Offline unicorn39

            • *****
            • Membro Elite
            • Género: Feminino
            • I think u’re made of stronger stuff than u think
            É um facto que o Natal já está ai!!

            Diz um facto!
            #7406

            Offline hpc

            • **
            • Membro Júnior
            • Género: Feminino
            • Descrevo quem sou.
            Há um alívio tremendo e uma felicidade enorme em sermos verdadeiros. Ainda me consigo lembrar da ausência de angústia dos tempos sinceros da vida. Quando criamos versões de nós próprios, acabamos exaustivamente consumidos pela artificialidade de uma vida que não existe.

              Diz um facto!
              #7407

              Offline unfold

              • *
              • Novo Membro
              Há um alívio tremendo e uma felicidade enorme em sermos verdadeiros. Ainda me consigo lembrar da ausência de angústia dos tempos sinceros da vida. Quando criamos versões de nós próprios, acabamos exaustivamente consumidos pela artificialidade de uma vida que não existe.

              Sinto algo parecido e penso que entendo o que transmites. Para quem não consegue lidar com artificialidade parece-me igualmente mau e angustiante tentar manter-se verdadeiro porque parece que quase ninguém o faz e quem o faz será sempre muito desajustado e incompreendido porque "não entra no esquema"/ no "jogo social" ou nem sabe como o fazer. Ser-se verdadeiro em todos os campos sociais e em todas as frentes... trará sempre muitas perdas. Continuo a acreditar que é melhor ser-se verdadeiro mas sei que o preço a pagar por isso é elevadíssimo. O caminho da verdade é duro e solitário. Também sei que ser verdadeiro não significa ser estanque ou sempre igual... há "mutações" pelo caminho, há mudanças... há muitas mudanças que acredito que ocorrem ou por medo ou por autopreservação. Os acontecimentos moldam-nos... não significa que nos artificializem, apenas nos levam para outras verdades nossas.

              Facto: não pensei chegar a um ponto em que ser bem tratada por terceiros me causasse mal-estar/inibição/desconfiança mas causa e fico em estado alerta como se me sentisse ameaçada por isso. Fico "desarmada" e isso tira-me o chão. O pior é que me apercebo do que me está a causar mas não consigo deixar de me sentir assim, por mais que pense que está tudo bem e que ninguém está a fazer-me mal.
              « Última modificação: 27 de Dezembro de 2020 por unfold »
                Non non non.

                Diz um facto!
                #7408

                Offline hpc

                • **
                • Membro Júnior
                • Género: Feminino
                • Descrevo quem sou.
                Ora aí está. Mas o que me leva a não ser verdadeira, até nem faz sentido nenhum. Se eu pudesse pesar as consequências das coisas num caderno, antes de entrar em meias verdades, é muito provável que a ponderação prévia me conduzisse à autenticidade. Porque o sofrimento que tenho numa coisa que não é real é capaz de ser bem superior aquele que teria com as consequências da verdade.

                  Diz um facto!
                  #7409

                  Offline unfold

                  • *
                  • Novo Membro
                  Ora aí está. Mas o que me leva a não ser verdadeira, até nem faz sentido nenhum. Se eu pudesse pesar as consequências das coisas num caderno, antes de entrar em meias verdades, é muito provável que a ponderação prévia me conduzisse à autenticidade. Porque o sofrimento que tenho numa coisa que não é real é capaz de ser bem superior aquele que teria com as consequências da verdade.

                  Como te entendo. O pior é que só temos acesso às consequências e só as podemos pesar num caderno depois de termos feito as coisas (de termos feito ou de não termos feito porque, por vezes, estar parado também constitui uma acção). Quando nos estudamos e pesamos as nossas acções é que vemos bem o que fizemos, o que fomos e, também, o que somos. É sempre mais fácil concluir depois do que antes. Quanto à tua última frase também entendo, embora seja sempre a parte que se mete dentro da verdade e depois saia de lá um pouco ferida. Para te dizer a verdade, não sei o que causa mais sofrimento. Talvez ambas as situações causem igual sofrimento, mas não sei.


                  Responde só se quiseres:
                  a) Consegues perceber logo que não faz sentido nenhum;
                  b) tens uma sensação de que não faz sentido nenhum mas não é suficiente para te fazer agir de forma diferente;
                  c) só percebes depois que não faz sentido nenhum.
                  « Última modificação: 29 de Dezembro de 2020 por unfold »
                    Non non non.

                    Diz um facto!
                    #7410

                    Offline hpc

                    • **
                    • Membro Júnior
                    • Género: Feminino
                    • Descrevo quem sou.
                    Consigo perceber imediatamente que não faz sentido, até porque me sinto desconfortável. Mas recalco isso e finjo que está tudo bem, desviando a minha atenção para outras coisas. Só mais tarde é que realmente ponho os pés na terra e percebo o quão burrinha estou a ser e como dava tudo para voltar ao início para decidir diferente.

                      Diz um facto!
                      #7411

                      Offline unfold

                      • *
                      • Novo Membro

                      Consigo perceber imediatamente que não faz sentido, até porque me sinto desconfortável. Mas recalco isso e finjo que está tudo bem, desviando a minha atenção para outras coisas. Só mais tarde é que realmente ponho os pés na terra e percebo o quão burrinha estou a ser e como dava tudo para voltar ao início para decidir diferente.


                       [smiley=doente.gif] [smiley=preocupado.gif] :'(


                      Às vezes estragamos tudo. Uns por excesso, outros por defeito.  :'(
                      « Última modificação: 29 de Dezembro de 2020 por unfold »
                        Non non non.

                         

                        Tópicos relacionados

                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                        União de facto

                        Iniciado por melro « 1 2 ... 8 9 » Geral

                        160 Respostas
                        82311 Visualizações
                        Última mensagem 23 de Maio de 2011
                        por filipepaulo
                        Diz-me quem és...

                        Iniciado por Before the Dawn « 1 2 ... 8 9 » Tópicos Lúdicos

                        171 Respostas
                        30905 Visualizações
                        Última mensagem 9 de Maio de 2020
                        por Yin
                        6 Respostas
                        7801 Visualizações
                        Última mensagem 13 de Outubro de 2008
                        por corema
                        12 Respostas
                        2897 Visualizações
                        Última mensagem 25 de Janeiro de 2015
                        por woman_angel
                        2 Respostas
                        1611 Visualizações
                        Última mensagem 24 de Maio de 2015
                        por zarabatana