rede ex aequo

Olá Visitante19.set.2019, 13:37:39

Autor Tópico: E depois do adeus...e depois de nós...  (Lida 57732 vezes)

 
E depois do adeus...e depois de nós...
#20

Offline So_Mente

  • ***
  • Membro Total
  • Género: Feminino
  • Believe in time...believe in love...

Hoje dói de mais...e à medida que a noite chega sinto que a dor será mais forte...

Aguardo pacientemente o dia de amanhã...

    E depois do adeus...e depois de nós...
    #21

    Offline metafora

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Feminino
    Não vai parar de doer, não vais parar de chorar, não vais deixar de sentir saudades. Estará sempre lá um buraco onde irás enterrar as memórias e os momentos, onde vais despejar a raiva e a dor, onde vomitas os teus gritos e despejas as tuas lágrimas.

    Não vai parar de doer, só vai mudar o grau de dor até que, um dia, só vais sentir uma comichão. Mas nesta fase é cortante o que sentes e tens de senti-lo. É uma purga, uma expiação de um sem número de sentimentos que andam todos lado a lado, os bons e os maus, os de amor e de ódio.

    Não vais parar de chorar, porque tens que o fazer, tens que te secar, tens que te limpar.

    Não vais deixar de sentir saudades, nem mesmo daqui a 20 anos, porque houve, afinal, bons momentos e acabarás por sorrir quando falares deles.

    É um funeral interno. Um requiem. Um luto imenso. E estás só, é isso que sentes.

    Desculpa não dourar a pílula, mas precisas de saber que o que sentes é normal, que quase toda a gente já passou por isso, e que o processo seguinte é levantares a cabeça e seguir em frente.  ;) Não estás só. Estás, apenas, a crescer. E isso dói.

      E depois do adeus...e depois de nós...
      #22

      Offline van.

      • *****
      • Membro Elite
      • Género: Feminino
      recordo com carinho todas as vezes que agarras-te firmemente a minha mao ..
        Resisti às primeiras aparências e nunca vos apresseis em julgar; levai em conta que há coisas verosímeis que não são verdadeiras e que há coisas verdadeiras que não são verosímeis - Anne Lambert

        E depois do adeus...e depois de nós...
        #23

        Offline So_Mente

        • ***
        • Membro Total
        • Género: Feminino
        • Believe in time...believe in love...

        Dia calmo, paz imensa...luto contínuo...

          E depois do adeus...e depois de nós...
          #24

          Offline Atzecs

          • *****
          • Membro Vintage
          • Género: Masculino
          Depois de nós:

          Continuo a ir ao nosso sítio.
          Continuo a imaginar-te comigo.
          Continuo a ter saudades.

          Hoje:

          Odeio-te.

            E depois do adeus...e depois de nós...
            #25

            Offline So_Mente

            • ***
            • Membro Total
            • Género: Feminino
            • Believe in time...believe in love...

            E amanhã..depois do ódio, depois da raiva...volta a saudade, volta o amor..

            Esqueço tudo, adormeço, e acordo na cama vazia onde me amas-te noites sem fim...

              E depois do adeus...e depois de nós...
              #26

              Offline So_Mente

              • ***
              • Membro Total
              • Género: Feminino
              • Believe in time...believe in love...

              Hoje o dia está triste...porém, para ti é dia de festa...festa que já não posso partilhar contigo...

              Lembras-te meu amor, daquele sitio onde me beijas-te pela primeira vez?

              Estarei lá, em silêncio, no silêncio em que tenho vindo a amar-te...não vou festejar, apenas pensar em ti.

                E depois do adeus...e depois de nós...
                #27

                Offline So_Mente

                • ***
                • Membro Total
                • Género: Feminino
                • Believe in time...believe in love...

                Hoje, respirei-te o dia todo...

                  E depois do adeus...e depois de nós...
                  #28

                  charlie00

                  • Visitante
                  Mais um dia passou, e oscilando entre picos de melancolia, de raiva e de desalento o vou videndo, melhor ou pior..O inverno chegou..e eu tenho medo demais, medo que acabe de vez..medo que seja verdade aquilo de que me ando a tentar convencer á uma semana, ou há quase um mês.. Eu sei que os unicos momentos em que sou mesmo feliz acontecem quando estou com ele, e me iludo, me esqueço de tudo o que se passou tudo o que fiz.. e mesmo o que ele me fez.. Não quero sentir, dói demais.. sei que ele se vai fartar, e que vou ter de encarar tudo mais tarde ou mais cedo.. esta dependencia nao pode ser boa.. ou pode eu nem sei.. gostava de o poder curar, de toda a dor que ele sentiu por minha culpa e de voltar a ter a confiança dele.. gostava de conseguir voltar a confiar nele...  gostava de ter a certeza que mereço a confiança dele.. apetece-me chorar e por agora é tudo.. depois de nós... nada...


                    E depois do adeus...e depois de nós...
                    #29

                    Offline So_Mente

                    • ***
                    • Membro Total
                    • Género: Feminino
                    • Believe in time...believe in love...

                    Ausência...tudo tresanda a ausência...

                      E depois do adeus...e depois de nós...
                      #30

                      Offline So_Mente

                      • ***
                      • Membro Total
                      • Género: Feminino
                      • Believe in time...believe in love...

                      Também te espero bem meu amor, embora me falta a coragem para to dizer a ti...

                      Espero-te bem, mesmo sabendo-te nos braços de outra...

                        E depois do adeus...e depois de nós...
                        #31

                        Offline tulipa negra

                        • *
                        • Novo Membro
                        • Género: Feminino
                        So_mente, venho a acompanhar a tua historia embora em siliecio,...
                        Admiro a maneira como expressas os teus sentimentos,
                        A maneira como te refugias nas palavras,
                        Consigo sentir que essas palavras estão cheias de sentimento, consigo ver as lágrimas caírem em cada letra digitada,…
                        O tempo ainda é curto as horas ainda demoram a passar, sei disso, mas porque não começas a usar esse teu dom das palavras para escrever palavras alegres? Porque não olhas para aquelas coisas que te fazem feliz e fazes delas coisas significantes? Está na hora de vir depois do adeus, mas não depois de ti! Depois do adeus , chegou a tua vez de descobrires o manto e veres as coisas simples da vida…
                        Desejo te tudo de bom, decerto mereces…
                        Beijinho
                        tulipa

                          E depois do adeus...e depois de nós...
                          #32

                          Offline So_Mente

                          • ***
                          • Membro Total
                          • Género: Feminino
                          • Believe in time...believe in love...

                          olá Tulipa!

                          Agradeço desde já o facto de estares a acompanhar a minha "história", ainda que seja em silêncio.
                          Quanto às palavras alegres que me pedes para escrever, todas elas são alegres, se escrevo, é porque de certa forma essas palavras me fazem sentir bem! As coisas simples da vida, tenho-as descoberto aos poucos e a essa descoberta tenho a agradecer a melhor pessoas em que me tenho tornado! Eu sei que o mundo não acaba, eu sei que a vida continua, eu sei que novos amores virão, tenho essa consciência, e é por tê-la que te posso dizer que a dor acalma com o avançar dos dias - "Apenas porque estou ferida, não significa que esteja a sofrer."
                          Tenho em mim uma grande paz e um equilíbrio do qual me orgulho porque fui eu quem os conquistou!
                          O tamanho do sofrimento depende da nossa capacidade de controlar a nossa mente, é um exercício que leva o seu tempo, mas depois da prática adquirida, estarás preparada para perder todos os amores do mundo!


                          Um beijo*

                            E depois do adeus...e depois de nós...
                            #33

                            Offline So_Mente

                            • ***
                            • Membro Total
                            • Género: Feminino
                            • Believe in time...believe in love...

                            Na incerteza de onde te encontras, e na certeza que porém será no sitio onde menos desejava ver-te, vou dormir... apenas dormir.

                              E depois do adeus...e depois de nós...
                              #34

                              Offline So_Mente

                              • ***
                              • Membro Total
                              • Género: Feminino
                              • Believe in time...believe in love...

                              This shit!  :'(


                                E depois do adeus...e depois de nós...
                                #35

                                mmars19

                                • Visitante
                                So mente...Gostava de te poder ajudar, de te reconfortar, de poder aliviar essa dor, mas não posso, terás de ser tu a passar por esse sofrimento todo. Espero muito sinceramente que ele passe o mais rápido possível. Mas quero que, no meio desta tristeza toda, te lembres que já amaste, já passaste bons momentos com essa pessoa, que já te divertiste, que partilhaste aquilo que és, a tua vida com uma pessoa. Sabes que há quem nunca tenha sentido e passado por isso uma vez na vida. E isso, minha querida, não sei se não será a maior das desilusões, a maior das dores. Eu sei que agora estás a sofrer mt,  mas procura não odiar nem guardar rancor a essa pessoa, pq isso volta-se contra ti. Tenta apoiar-te antes nas coisas boas, nos bons momentos. E procura sair, diverte-te, por muito que não queiras, por muito que te custe, sai, faz as coisas que sempre gostaste de fazer, e acima de tudo não te isoles. Faz esse sacrifício ok? Vais ver que ajuda…Um beijinho de muita força.





                                  E depois do adeus...e depois de nós...
                                  #36

                                  Offline So_Mente

                                  • ***
                                  • Membro Total
                                  • Género: Feminino
                                  • Believe in time...believe in love...

                                  Nada é eterno, se o amor não foi, a dor também não será...é uma prova que tenho tido a cada dia que passa!

                                  "I am happy because I live with a heart full of love .."

                                  Obrigada pelas palavras!


                                    E depois do adeus...e depois de nós...
                                    #37

                                    Offline So_Mente

                                    • ***
                                    • Membro Total
                                    • Género: Feminino
                                    • Believe in time...believe in love...

                                    Ate ao fim do tempo, do tempo que não termina...

                                    A morte pode chegar mas o tempo permanece, não para quem parte, mas para quem fica.

                                    Eu não tenho medo da morte, o meu único medo é deixar de amar!

                                      E depois do adeus...e depois de nós...
                                      #38

                                      Offline Apenas alguem...

                                      • *
                                      • Novo Membro
                                      • Género: Feminino
                                      Dizem que é fácil amar , dificil é deixar de amar ou esquecer alguém...
                                      Eu discordo , é tanto dificil amar como deixar de amar.Em ambos os lados sofremos,nao escolhemos amar , o amor nasce livremente dentro de nós,por vezes nem nos apercebemos que estamos a amar... O medo muitas vezes fala mais alto .O melhor que podemos fazer é dar tempo ao tempo e esperarmos que o destino nos dê um sinal. Não remar contra a maré e sim deixar que ela venha até nós.Não ter medo de amar com medo de sofrer ...
                                      Saber amar , é saber deixar alguém nos amar

                                        E depois do adeus...e depois de nós...
                                        #39

                                        mmars19

                                        • Visitante
                                        Sou um ser desorientado
                                        Perdido nas ruas da paixão
                                        Não encontro em nenhum lado
                                        Uma só orientação

                                        Perdi toda a esperança
                                        De me conseguir orientar
                                        Isso é como uma lança
                                        Que me veio magoar

                                        E por mais que eu tente
                                        Suportar esta dor
                                        Eu já não aguento mais
                                        Esta ferida no meu interior

                                        Mas tento suportar
                                        Mas tento aguentar
                                        Na esperança de ver
                                        Esta grande dor passar!

                                        Olhei para todo o lado
                                        Por ajuda gritei
                                        Desesperado procurei
                                        Mas nada encontrei

                                        Sentei-me num banco
                                        Triste e a chorar
                                        Daí apareceu a "Tristeza"
                                        E a meu lado se veio sentar

                                        - Como é meu rapaz?
                                        Estás aqui sentado?
                                        Vejo que sempre ficarás
                                        Com essa dor de apaixonado.

                                        - Vislumbro dentro de ti um vazio
                                        Que não se irá preencher
                                        O teu coração, agora frio
                                        Ninguém irá aquecer.

                                        - Acredita em mim, eu não te minto
                                        A tua alma está perdida,
                                        Neste doloroso labirinto
                                        Não encontrará a saída.

                                        - A tua cara-metade
                                        O teu rumo nunca vai cruzar
                                        E não verás a felicidade
                                        A tua vida abraçar.

                                        - Chora, chora
                                        Continua a chorar
                                        Eu sou a "Tristeza"
                                        E não te vou ajudar.

                                        - Sabes? Eu vou embora
                                        O teu destino já previ
                                        Chegou a minha hora
                                        E vou sair daqui.

                                        E eu fiquei ali...
                                        Sentado naquele banco
                                        Como um jovem sofredor
                                        Que triste e solitário
                                        Sofre por amor

                                        Algum tempo passou
                                        Chegou a "Razão"
                                        Ao meu lado se sentou
                                        E falou-me ao coração

                                        - Não, não chores mais
                                        Isto não é o fim!
                                        Olhei para ela e perguntei:
                                        - Será que eu mereço estar assim?!

                                        Ela olhou nos meus olhos
                                        Deu-me um abraço como há muito não sentia
                                        E disse-me as palavras de conforto
                                        Que há tanto eu pedia:

                                        - Alma é aquela
                                        Que pode ser bela no seu exterior
                                        Mas por te enganar
                                        É feio e falso o seu interior.

                                        - Choras lágrimas de amor
                                        Desses olhos entristecidos
                                        Aos conselhos que te deram
                                        Devias ter dado ouvidos.

                                        - Agora não adianta
                                        Chorares pelo leite derramado
                                        Só tens a aprender
                                        Com os erros do passado.

                                        -Bem…
                                        Vou ter de te deixar
                                        Pois a minha hora
                                        Também acabou de chegar.

                                        E mais uma vez fiquei ali
                                        Sozinho, a pensar
                                        Mas assim de repente
                                        Novamente, comecei a chorar

                                        Mas depois, vem e senta-se a meu lado
                                        Aquela a que chamam de "Esperança"
                                        E diz-me de forma calma:
                                        -Pára de chorar, pareces uma criança!

                                        -O mundo, rapaz
                                        Aqui não acabou
                                        Tu choras por uma história
                                        Que nem sequer começou.

                                        -Tu vais encontrar
                                        Aquela pessoa especial
                                        Aquela que te ame
                                        Quer no bem, quer no mal!

                                        -Ela não te merece
                                        Não merece a tua forma de ser
                                        Tu vais conseguir esquece-la
                                        Tu vais parar de sofrer.

                                        -Existem tantas pessoas,
                                        Olha para este mundo
                                        Procura quem te ame
                                        E não pares um segundo.

                                        Levanta-te daí
                                        Corre rumo à felicidade
                                        Tu mereces ser feliz
                                        E p’ra toda a eternidade!

                                        Corajosamente, eu levantei-me
                                        Consegui tirar aquela dor do meu peito
                                        E comecei a correr
                                        Ao encontro do amor perfeito!


                                        Tristeza, razão, esperança…Em qual destes te encaixas So Mente? Queres ficar para sp na tristeza? Ou na razão? Não será a esperança o caminho?...Reflecte nas palavras deste poema. Espero sinceramente que encontres o caminho da esperança o mais rápido possível, pq ninguém merece o nosso sofrimento. E tu vais voltar a amar...




                                        Ate ao fim do tempo, do tempo que não termina...

                                        A morte pode chegar mas o tempo permanece, não para quem parte, mas para quem fica.

                                        Eu não tenho medo da morte, o meu único medo é deixar de amar!

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          44 Respostas
                                          17359 Visualizações
                                          Última mensagem 7 de Agosto de 2014
                                          por Cardo
                                          103 Respostas
                                          17483 Visualizações
                                          Última mensagem 1 de Fevereiro de 2014
                                          por kustom
                                          20 Respostas
                                          5524 Visualizações
                                          Última mensagem 8 de Dezembro de 2010
                                          por MRPEC
                                          4 Respostas
                                          1907 Visualizações
                                          Última mensagem 30 de Janeiro de 2011
                                          por Draco
                                          6 Respostas
                                          1154 Visualizações
                                          Última mensagem 26 de Janeiro de 2015
                                          por searching_the_love