rede ex aequo

Olá Visitante28.fev.2020, 18:25:04

Autor Tópico: Associação de Mães e Pais de Jovens LGBT - AMPLOS  (Lida 17040 vezes)

 
Associação de Mães e Pais de Jovens LGBT - AMPLOS
#0

Offline cat

  • **
  • Membro Júnior
  • Género: Feminino
Olá minha gente,

é o seguinte
 
 a minha querida mãe está seriamente interessada em desenvolver um projecto, voluntário, de criação e organização de um grupo português de pais de jovens lgb (à semelhança de uma associação que já existe em Barcelona).

 O objectivo, segundo entendi, é formar uma pequena rede de pais com a informação e disponibilidade suficientes para se prestar apoio entre si e a outros pais, quando necessário e solicitado. Dirigir-se-à, sobretudo, àqueles que terão tomado recente conhecimento da não-heterosexualidade dos seus filhos.

A minha mãe explicou-me que seria fantástico se, por exemplo, as escolas pudessem indicar este grupo a pais que lidam com situações problemáticas da integração dos filhos nas escolas, como quando os filhos são sujeitos a bullying homofóbico .

Acredita que a partilha de ideias e experiências entre pais de lgb seria muito positiva e útil.

eu acho que a ideia é excepcional mas, claro, só terá "pernas para andar" se mais pais se envolverem na causa

que acham?

conhecem pais que estariam dispostos a dar um apoio a esta causa?
acham que os vossos pais, ou outros que conheçam, beneficiariam de um grupo como este?

aguardo respostas

 :-* cat

ps - não sei se já exisitu um tópico do género (nem mesmo se este tópico deverá ser movido para o Geral, sendo uma iniciativa que se pretende que seja a nível nacional ) por favor informem-me se sim.
« Última modificação: 3 de Fevereiro de 2010 por Templarius »

    1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
    #1

    Offline bITaS

    • *****
    • Associad@ Honorári@
    • Membro Vintage
    • e puff! fez-se chocapic...
      • ex aequo aveiro
    Olá minha gente,

    é o seguinte
     
     a minha querida mãe está seriamente interessada em desenvolver um projecto, voluntário, de criação e organização de um grupo português de pais de jovens lgb (à semelhança de uma associação que já existe em Barcelona).

     O objectivo, segundo entendi, é formar uma pequena rede de pais com a informação e disponibilidade suficientes para se prestar apoio entre si e a outros pais, quando necessário e solicitado. Dirigir-se-à, sobretudo, àqueles que terão tomado recente conhecimento da não-heterosexualidade dos seus filhos.

    A minha mãe explicou-me que seria fantástico se, por exemplo, as escolas pudessem indicar este grupo a pais que lidam com situações problemáticas da integração dos filhos nas escolas, como quando os filhos são sujeitos a bullying homofóbico .

    Acredita que a partilha de ideias e experiências entre pais de lgb seria muito positiva e útil.

    eu acho que a ideia é excepcional mas, claro, só terá "pernas para andar" se mais pais se envolverem na causa

    que acham?

    conhecem pais que estariam dispostos a dar um apoio a esta causa?
    acham que os vossos pais, ou outros que conheçam, beneficiariam de um grupo como este?

    aguardo respostas

     :-* cat

    ps - não sei se já exisitu um tópico do género (nem mesmo se este tópico deverá ser movido para o Geral, sendo uma iniciativa que se pretende que seja a nível nacional ) por favor informem-me se sim.

    olá cat,

    estamos (a direcção da rede ex aequo) neste momento a avançar c um projecto deste género, envia-nos um email p geral@rea.pt com o contacto da tua mãe por favor. ;)

      1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
      #2

      Offline τοRoyalSizeΚΞ

      • *****
      • Orador(a)
      • Membro Vintage
      • Género: Masculino
      Nice! :up

      I wonder if I can bring anyone to help ^^

        1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
        #3

        Biki

        • Visitante
        Isto é excelente!

        Há uns dois anos a minha mãe quis fazer uma coisa do género...

          1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
          #4

          Offline BunnyBoops

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Masculino
          Acho a iniciativa brilhante e bem necessaria....  ;D ;D ;D
            Não fiques atrás... mostra o que sentes!

            1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
            #5

            Offline MindControl

            • *****
            • Membro Ultra
            • Género: Masculino
            Muito bom mesmo! Espero que este projecto tenha futuro! :)

              1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
              #6

              ILopes

              • Visitante
              Muito boa iniciativa ;) :up

                1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                #7

                Offline siog

                • ***
                • Membro Total
                • Género: Masculino
                • Whatever people say I am, that's what I am not
                Isso é fixe , boa iniciativa :')

                mas entao e os transexuais e transgeneros? Nao têm pais?

                *
                  Obrigado por leres xD

                  1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                  #8

                  S.F

                  • Visitante
                  Olá minha gente,

                  é o seguinte
                   
                   a minha querida mãe está seriamente interessada em desenvolver um projecto, voluntário, de criação e organização de um grupo português de pais de jovens lgb (à semelhança de uma associação que já existe em Barcelona).

                   O objectivo, segundo entendi, é formar uma pequena rede de pais com a informação e disponibilidade suficientes para se prestar apoio entre si e a outros pais, quando necessário e solicitado. Dirigir-se-à, sobretudo, àqueles que terão tomado recente conhecimento da não-heterosexualidade dos seus filhos.

                  A minha mãe explicou-me que seria fantástico se, por exemplo, as escolas pudessem indicar este grupo a pais que lidam com situações problemáticas da integração dos filhos nas escolas, como quando os filhos são sujeitos a bullying homofóbico .

                  Acredita que a partilha de ideias e experiências entre pais de lgb seria muito positiva e útil.

                  eu acho que a ideia é excepcional mas, claro, só terá "pernas para andar" se mais pais se envolverem na causa

                  que acham?

                  conhecem pais que estariam dispostos a dar um apoio a esta causa?
                  acham que os vossos pais, ou outros que conheçam, beneficiariam de um grupo como este?

                  aguardo respostas

                   :-* cat

                  ps - não sei se já exisitu um tópico do género (nem mesmo se este tópico deverá ser movido para o Geral, sendo uma iniciativa que se pretende que seja a nível nacional ) por favor informem-me se sim.

                  Desculpem isto é a sério? :inq

                  É um bom projecto sem dúvida, mas tem uma enorme lacuna... [smiley=bomba.gif]
                  Então estão a pensar fazer uma associação para ajudar os pais de lgb e esquecem que os pais dos T são quem mais precisa de uma associação deste género?
                  Conseguem imaginar o que eles passam?
                  Os T precisam!!! Ajudem por favor!!!
                  Espero que mais pessoas manifestem o seu desagrado com esta situação. Não podem deixar de fora os T. :o

                    1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                    #9

                    arrozdoce

                    • Visitante
                    As pessoas não têm que mostrar desagrado pelos objectivos dos outros, e sinceramente acho que mais vale serem claros e explicitarem realmente ao que destinam o seu trabalho que incluir o T porque todos os colectivos o fazem, quando na realidade nem todos tratam os T's nem lhe dão a mesma atenção que aos LGB.  Tenho pena também que não incluam o T, mas muitos t's também estarão incluídos pois também têm orientação sexual.

                    Acho que por os T's precisarem muito, e se calhar na maioria até mais, de um trabalho realizado a pensar naquilo que passam, na sua invisibilidade entre outros, é que acho que faz falta uma associação completa ou movimento exclusivamente destinado ao transgenerismo. Há associações/movimentos realmente que também falam por eles e trabalham muito nesse sentido, mas outras parece-me, apenas são T de nome e se calhar até faziam um bem aos T's em não terem incluída essa letra se não estão preparados nem dedicados a trabalhar essa vertente.
                    « Última modificação: 15 de Outubro de 2009 por arrozdoce »

                      1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                      #10

                      Offline bluejazz

                      • *****
                      • Associad@ Honorári@
                      • Membro Vintage
                      • Género: Feminino
                        • Homofobia
                      Concordo que os próprios Ts precisam de ser mais activos e conscientes seja nas associações LGBT (porque algumas dão de facto espaço e oportunidades de participação e trabalho nelas na temática, nem sempre recebendo no entanto o empenho desejável de quem sabe melhor que ninguém as suas necessidades ou como dar apoio a outros em circunstâncias semelhantes) ou criando projectos e iniciativas exclusivamente Ts.

                      Sobre a AMPLOS foi-me dito que na primeira reunião que tiveram agora recentemente esteve presente a mãe de um transexual.
                      « Última modificação: 15 de Outubro de 2009 por bluejazz »
                        "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                        1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                        #11

                        Offline bluejazz

                        • *****
                        • Associad@ Honorári@
                        • Membro Vintage
                        • Género: Feminino
                          • Homofobia
                        Entras as associações LGBT que mostraram alguma vontade em receber as pessoas transsexuais e deixá-las desenvolver o seu trabalho, estão - unicamente - a ILGA e a REA.

                        De facto falava das duas, que são as que conheço melhor.

                        Não sabendo as circunstâncias concretas desta situação, não me parece imediato que a Amplos queira ser transfóbica ou excluir alguém. Aliás, se pensarem realizar trabalho na área e quiserem ajuda, conheço pelo menos uma pessoa disponível  ;)

                        Penso também que não quiseram exlcuir deliberadamente provavelmente. Simplesmente terá sido uma realidade que para eles não era próxima e não pensaram incluir por ser uma questão distinta da orientação sexual. De qualquer modo os dinamizadores têm demonstrado muito interesse em ouvir terceiros e já tiveram oportunidade numa situação em que estive presente também de serem questionados sobre o tema da transexualidade. O facto também de ter existido uma mãe de um transexual acho que passa também por ter existido um filho transexual que quis estar presente e ajudar/solicitar que a AMPLOS inclua os T. Com pequenos, mas bons resultados até agora. :)
                          "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                          1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                          #12

                          Offline caissico

                          • *****
                          • Membro Elite
                          • Género: Feminino
                          • Yin <3
                          Isso é otimo =)
                          Força com o projecto ;)

                          1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                          #13

                          Offline RastaMan

                          • ***
                          • Membro Total
                          • Género: Masculino
                          Olá,

                          o GRIT tem acompanhado e colaborado com a AMPLOS. Desde cedo a AMPLOS mostrou-se aberta para conhecer melhor a transexualidade e dar apoio aos pais de transexuais pondo-os em contacto uns com os outros. Na 1º reunião da AMPLOS em Lisboa esteve presente a mãe de uma transexual e os pais de uma rapariga que namora com uma mulher transexual.

                          Apesar de não estar incluída na sigla da associação, a transexualidade terá o seu espaço no projecto Bring Out da AMPLOS.

                          Um excelente projecto, o qual desejo muito sucesso e grandes vitórias.

                            1ªAssociação portuguesa de pais de jovens lgb para apoiar outros pais de j.lgb
                            #14

                            13

                            • Visitante
                            A Amplos organizou um encontro ontem em Lisboa :)

                            Como já devem saber, a Amplos é um grupo de mães, pais e outros familiares de pessoas LGBT que se reunem para partilhar as suas histórias, para conhecer mães e pais em situações semelhantes, para trocar dúvidas e sugestões, para aprender e para ensinar, para ganhar ânimo... em suma, para o que precisarem ;)

                            Estive no encontro de ontem em Lisboa e aconselho todos os familiares de jovens LGBT a acompanhar as actividades deste grupo! É tudo gente impecável, todos são bem-vindos e o ambiente é hiper-descontraído, com muito espaço para expor perguntas e incertezas, sem tabus, ao ritmo de cada um...

                            Se vocês tiverem pais ou outros familiares que sentem dificuldades em aceitar-vos como são, em falar ou pensar sobre o assunto, em lidar com a situação pela qual a família está a passar, seja ela qual for - levem-nos ou convençam-nos a ir às próximas actividades da Amplos! :)

                              1ªAssociação portuguesa de pais de jovens LGBT para apoiar outros pais de j.LGBT
                              #15

                              Offline RastaMan

                              • ***
                              • Membro Total
                              • Género: Masculino
                              A próxima reunião será em Março no Porto e em Abril em Lisboa!

                                Amplos_Testemunho
                                #16

                                Offline SofiaDiener

                                • ****
                                • Membro Sénior
                                • Género: Feminino
                                • caixotedetralha.blogspot.com
                                  • Caixote de Tralha
                                Olá, a minha mãe foi a ultima reunião da Amplos em Lisboa.

                                Perguntei-lhe se queria que fosse com ela, e respondeu-me que sim.
                                Nem imaginam como foi util, tanto para mim como para ela.

                                Apesar de ter sido excluida de parte da reuniao, onde só estão os pais. Fui "despachada" para junto de dois rapazes da ex aequo, que me estivaram a falar da rede, o que me deu muito mais animo para conhecer outras pessoas LGBT.

                                Penso que durante a reunião correu tudo como seria de esperar. Muito mais Mães do que Pais. Parece que a maioria de nós (LGBT) temos tendencia para falar primeiro com a mãe, e deixamos sempre o pai em segundo plano.

                                A minha mãe, apesar de ainda ser relativamente recente o choque emocional, procurou a Amplos por iniciativa própria. Eu confesso que nem sabia que existia um grupo de pais de inter-ajuda. Mas achei a ideia excelente.

                                Fomos o caminho para casa a falar no que se tinha passado na reunião e a conversa facilmente evoluiu para "o assunto". Ela nunca fala sobre o facto de eu estar a namorar com uma rapariga, apesar de saber que sou super feliz assim. Mas naquele final de dia, depois da reunião, falou!! tentou falar abertamente, tentou perceber, eu deixou claro que iria continuar a amar-me e a enfrentar, o que ela considera ser, um bicho de sete cabeças.

                                Espero sinceramente que este seja o inicio da aceitação plena e que, em breve, já não tenha de ser um segredo só de um grupo de amigos e familiares. Sonho com o dia em que não tenha de esconder a minha identidade e a maneira como sou feliz. Viver com este segredo incomoda-me bastante.

                                A vocês tambem?

                                Bem hajam
                                « Última modificação: 29 de Janeiro de 2010 por SofiaDiener »
                                  - sejam felizes -

                                  Amplos
                                  #17

                                  Offline _tiago_

                                  • *****
                                  • Membro Elite
                                  • Género: Masculino
                                  • Why not??!!?
                                  Olá, a minha mãe foi a ultima reunião da Amplos em Lisboa.

                                  Nem imaginam como foi util, para mim e para ela.
                                  Apesar de ter sido excluida de parte da reuniao, onde só estão pais. Fui "despachada" para junto de dois rapazes da ex aequo, que me estivaram a falar da rede, o que me deu muito mais animo para conhecer outras pessoas LGBT.

                                  A minha mãe, apesar de ainda ser relativamente recente o choque emocional, procurou a Amplos por iniciativa própria. Eu nem sabia que existia um grupo de pais de inter-ajuda.
                                   
                                  Bem hajam

                                  Fiquei tão contente ao ler isto  :D
                                  Viva  a Amplos e viva a tua mão por a procurar! :up :up :)
                                  Força aí ;)
                                  « Última modificação: 2 de Fevereiro de 2010 por bITaS »

                                    Amplos_Testemunho
                                    #18

                                    Offline forthensis

                                    • *
                                    • Novo Membro
                                    • Género: Feminino
                                    Ola!!

                                    Fico muito feliz por a tua mãe la ter ido...sei bem o quão importante é para ti.
                                    Para mim também, confesso.

                                    Fiquei muito surpreendida quando chegaste a casa e me disseste que a tua mae queria ir a uma reunião para pais de LGBT...e esta, hein!?!??

                                    Sinto que ela está mais solta na minha presença...
                                    Foi talvez esse o empurrãozinho que faltava para eu sair do armário com a minha própria mãe...só me resta não deixar que ela me tente la enfiar novamente (no armário, leia-se)   :P

                                    Um passo de cada vez....

                                    Quem sabe a minha maezinha não será a proxima a ir a uma reunião da AMPLOS?  ;)

                                    AH! E sim, incomoda-me viver com este segredo....mas em contra partida sei que eu propria estou a descontrair mais com a situação, e muitas vezes ja nao faço nada para esconder. Aos poucos, a sociedade vai deixando de ficar de boca aberta...para passar somente a esbugalhar os olhos. Daqui a uns tempos, espero que somente sorria, ao ver 2 pessoas enamoradas.

                                    Cumprimentos a todos

                                    Um beijo para ti, meu amor.
                                      Freakin' Rainbow !!!!

                                      Amplos_Testemunho
                                      #19

                                      Offline Minimalistic

                                      • *****
                                      • Associad@
                                      • Membro Sénior
                                      • Género: Masculino
                                      Olá, a minha mãe foi a ultima reunião da Amplos em Lisboa.

                                      Perguntei-lhe se queria que fosse com ela, e respondeu-me que sim.
                                      Nem imaginam como foi util, tanto para mim como para ela.

                                      Apesar de ter sido excluida de parte da reuniao, onde só estão os pais. Fui "despachada" para junto de dois rapazes da ex aequo, que me estivaram a falar da rede, o que me deu muito mais animo para conhecer outras pessoas LGBT.

                                      Penso que durante a reunião correu tudo como seria de esperar. Muito mais Mães do que Pais. Parece que a maioria de nós (LGBT) temos tendencia para falar primeiro com a mãe, e deixamos sempre o pai em segundo plano.

                                      A minha mãe, apesar de ainda ser relativamente recente o choque emocional, procurou a Amplos por iniciativa própria. Eu confesso que nem sabia que existia um grupo de pais de inter-ajuda. Mas achei a ideia excelente.

                                      Fomos o caminho para casa a falar no que se tinha passado na reunião e a conversa facilmente evoluiu para "o assunto". Ela nunca fala sobre o facto de eu estar a namorar com uma rapariga, apesar de saber que sou super feliz assim. Mas naquele final de dia, depois da reunião, falou!! tentou falar abertamente, tentou perceber, eu deixou claro que iria continuar a amar-me e a enfrentar, o que ela considera ser, um bicho de sete cabeças.

                                      Espero sinceramente que este seja o inicio da aceitação plena e que, em breve, já não tenha de ser um segredo só de um grupo de amigos e familiares. Sonho com o dia em que não tenha de esconder a minha identidade e a maneira como sou feliz. Viver com este segredo incomoda-me bastante.

                                      A vocês tambem?

                                      Bem hajam

                                      Olá SófiaDiner,

                                      eu sou um dos rapazes da rede ex aequo que esteve contigo na parte da reunião interdita a nós os três. =)

                                      Foi um prazer enorme conhecer-te, e é com um agrado ainda maior que leio o quão importante a reunião foi para a tua mãe. Juntos vamos caminhar para uma sociedade mais tolerante, e isso passa também por "educar" os nossos. Os parabéns à AMPLOS.

                                       :)

                                         

                                        Tópicos relacionados

                                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                        22 Respostas
                                        6241 Visualizações
                                        Última mensagem 27 de Agosto de 2011
                                        por kathy oliveira
                                        2 Respostas
                                        967 Visualizações
                                        Última mensagem 14 de Maio de 2012
                                        por Spektrum
                                        9 Respostas
                                        1803 Visualizações
                                        Última mensagem 23 de Maio de 2013
                                        por Endovélico
                                        1 Respostas
                                        1014 Visualizações
                                        Última mensagem 19 de Agosto de 2013
                                        por SofiaDiener
                                        0 Respostas
                                        1869 Visualizações
                                        Última mensagem 9 de Janeiro de 2014
                                        por rede ex aequo