rede ex aequo

Olá Visitante03.mar.2021, 03:00:55

Autor Tópico: Homossexualidade nos Celtas  (Lida 5397 vezes)

 
Homossexualidade nos Celtas
#0

Offline Adónis

  • ****
  • Membro Sénior
Decidi abrir este tópico pelo seguinte motivo: o crescimento do nacional-socialismo na Europa. Como se sabe, os nacional-socialistas tendem a ter um discurso homofóbico. Para além disso, a maioria rejeita o judaico-cristianismo e exalta a recuperação das tradições e costumes celtas, gregos e romanos. Ora sucede que no mundo pagão, ao que tudo indica, a homossexualidade era genericamente aceite e comum, especialmente entre os povos mais ocidentais da Europa. Portanto, acaba por ser incoerente por parte dos nacionalistas rejeitar a homossexualidade e resgatar as tradições pagãs.

Na Península Ibérica, os celtas ocupavam os territórios de influência mais atlântica. Estariam presente no Norte e na faixa ocidental, até à foz do Guadiana, ocupando os territórios que correspondem, grosso modo, a Portugal e a todo o Noroeste e Norte de Espanha (Galiza, Astúrias, Cantábria, País Basco). A origem dos celtas é obscura, mas para os nacionalistas é uma raça ariana pura. O resto da Península era habitado pelos Iberos, povo que manteve contactos nas zonas costeiras com os povos semitas do Mediterrâneo Oriental e do Norte de África.

Os autores romanos e gregos deixaram descrições dos hábitos sexuais dos povos celtas que sao muito pormenorizadas. Segundo o grego Ateneu, os homens celtas também apreciavam rapazes, de modo que alguns compartilhavam o «seu leito de peles de animais» com outros homens. De acordo com Aristóteles, os celtas estivamavam a homossexualidade; este autor vai mai longe e afirma que os homens celtas preferem os seus amantes do sexo masculino às mulheres. E Siculus afirma que os homens deste povo apreciam muito as relações amorosas com outros homens, deitando-se em camas de peles de animais, com um amante de cada lado; tal comportamento não era condenado pela sociedade.

They [Celts] have beautiful women but pay no attention to them - rather they weave around other males in a strange frenzy. They are accustomed to sleeping on the ground upon hides of wild beasts and wallow together with male partners on both sides for sex. And most paradoxically...they do not regard this as a disgrace; rather the opposite - whenever their freely-offered gift of sexual gratification is not received favorably, they regard it a dishonor.
Diodorus of Sicily
 

Na sociedade celta as mulheres tinham mais poder que nas sociedades gregas e romanas. A Irlanda seria uma sociedade matriarcal. As mulheres irlandesas tinham o poder de escolher os seus maridos e rejeitá-los sempre que este fosse impotentes, obesos, homossexuais, ou mesmo quando preferissem outra mulher. Participavam na guerra e teriam o direito a ter relações com outros homens mesmo quando casadas.

Os druidas seriam os homens mais respeitados na sociedade celta. Faziam votos de castidade e eram responsáveis pelo contacto entre o mundo material e o mundo espiritual. Para os celtas o mundo material era apenas uma forma de expressão de um mundo espiritual mais vasto, onde habitavam os espíritos dos mortos e os deuses -homens que tinham conseguido escapar à lei da morte. A Natureza era considerada sagrada, e os druidas seriam vegetarianos.

A repressão da mulher na Europa Ocidental terá começado com a romanização e mais tarde com a introdução do judaico-cristianismo.

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/52/NudeCeltwarrior.jpg/272px-NudeCeltwarrior.jpg   

Imagem: guerreiro celta; o bastão representa o falo.



Não acredito contudo que os celtas tivessem uma visão da homossexualidade como temos nos dias que correm, com casais a viver juntos... Era uma sociedade guerreira onde a fertilidade era muito importante, a mortalidade infantil seria elevada e portanto as relações heterossexuais tinham um papel primordial. Os jovens estariam obrigados a procriar, a ter filhos, mas isso não implicaria que também não vissem o sexo como uma fonte de prazer ou de partilha de afectos e fortalecimento de laços, e aí entraria a prática da homosexualidade, ou melhor, de uma bissexualidade...
« Última modificação: 6 de Dezembro de 2012 por Adónis »

    Homossexualidade nos Celtas
    #1

    Offline Imaterial

    • ****
    • Membro Sénior
    • Género: Masculino
    • Go ask Alice, I think she'll know
    É um tema interessante, gostei da leitura. Tenho ideia que, no geral, a homossexualidade pré Idade Média (falando na Europa em concreto) não era condenada, estando presente desde as orgias romanas, envolvimentos com escravos, a situações semelhantes na Grécia (e até o famoso exército Espartano, conhecido por Sagrado Batalhão de Tebas, que era supostamente formado por 150 "casais" homossexuais). Mas normalmente com essa distinção de que o homem tem obrigações e de que a procriação é fundamental.
      It all starts when you sink into his arms and ends with your arms on his sink

      Homossexualidade nos Celtas
      #2

      Offline Adónis

      • ****
      • Membro Sénior
      É um tema interessante, gostei da leitura. Tenho ideia que, no geral, a homossexualidade pré Idade Média (falando na Europa em concreto) não era condenada, estando presente desde as orgias romanas, envolvimentos com escravos, a situações semelhantes na Grécia (e até o famoso exército Espartano, conhecido por Sagrado Batalhão de Tebas, que era supostamente formado por 150 "casais" homossexuais). Mas normalmente com essa distinção de que o homem tem obrigações e de que a procriação é fundamental.

      Não sou um especialista em Império Romano, cultura romana ou Grécia Antiga. Mas já fiz algumas leituras de autores especialistas no assunto. Pelo que li os romanos, ou seja, a elite do Império, faziam uma grande distinção entre homossexual activo e passivo. Os homens podiam ser activos, mas não era socialmente aceite que um cidadão de Roma fosse passivo, tal era permitido apenas aos escravos ou «bárbaros». Já na Grécia Antiga havia muitas variações nos costumes entre diferentes cidades-estado. Em Atenas o povo não via com bons olhos a homossexualidade, os rapazes que gostavam de outras rapazes eram vistos como «ordinários e perversos», e o sexo entre homens seria um costume das elites atenienses. Mas variações de costumes também existiam na Itália romana, a própria visão da homossexualidade variou ao longo da História do Império Romano.

      Por outro lado diferentes tribos do Pacífico, América ou África têm a tradição do terceiro sexo, que corresponderá ao conceito moderno de LGBT's. Essa visão da sexualidade também existiu nos territórios que aderiram ao Islamismo, antes da sua disseminação! Mas a homossexualidade no mundo islâmico seria tema para outro post.


        Homossexualidade nos Celtas
        #3

        Offline united_arrows

        • ****
        • Membro Sénior
        • Género: Masculino
        A ideia que tenho das leituras que fiz sobre a homossexualidade na Grécia antiga (e teríamos de discutir o conceito de homossexualidade e a sua adequação nesse contexto) é a de que corresponderia primeiramente a uma relação social (entre homens, nomeadamente entre homens mais experienciados e homens mais jovens) e não propriamente a uma relação emocional ou afectiva, de tal sorte que a ideia de homossexualidade enquanto homo-afectividade seria algo inexistente ou de segundo plano. :)

        Quantoa aos celtas por acaso, para além do teu post, ainda nunca tinha dado conta do assunto :D

          Homossexualidade nos Celtas
          #4

          Offline Adónis

          • ****
          • Membro Sénior
          A ideia que tenho das leituras que fiz sobre a homossexualidade na Grécia antiga (e teríamos de discutir o conceito de homossexualidade e a sua adequação nesse contexto) é a de que corresponderia primeiramente a uma relação social (entre homens, nomeadamente entre homens mais experienciados e homens mais jovens) e não propriamente a uma relação emocional ou afectiva, de tal sorte que a ideia de homossexualidade enquanto homo-afectividade seria algo inexistente ou de segundo plano. :)

          Quantoa aos celtas por acaso, para além do teu post, ainda nunca tinha dado conta do assunto :D

          A descrição da sexualidade nos celtas parece-me idêntica à descrição da sexualidade dos ameríndios, antes da chegada dos europeus. Ou mesmo de povos dos actuais países islâmicos, antes da chegada do islamismo.


          https://www.youtube.com/watch?v=r0qAHdOnSJA

          O Pasolini trata dessa visão da sexualidade mais «descontraída» neste filme.

            Homossexualidade nos Celtas
            #5

            Offline melga

            • *
            • Novo Membro
            • Género: Masculino
            Olá outra vez, Já há algum tempo que não venho a este blog.

            Em primeiro lugar: O termo "celta" é um termo linguístico e não racial. Refere-se aos vários povos europeus (e não só, pois um destes povos, os gálatas, viviam na Ásia) que falavam línguas da mesma família, a família das célticas, que, curiosamente, tem mais a ver com as línguas latinas do que com as outras famílias linguísticas europeias. As línguas latinas e célticas pertencem à mesma super-família (a super-família das Itálo-célticas).

            Em segundo lugar: É discutível a presença de povos de língua céltica na Península Ibérica. Os romanos e os gregos tinham tendência a chamar de "celtas" a todos os povos europeus não germânicos que tivessem um estilo de vida continental não mediterrânico (por exemplo, que trabalhassem o ferro, que cremassem os mortos ou que vivessem em casas de granito), independentemente de falarem ou não línguas célticas.

            Em terceiro lugar: Não eram só os povos de língua céltica que aceitavam a homo/bissexualidade, TODOS os povos europeus, inclusivamente os próprios romanos e gregos, como é bem conhecido, aceitavam, sem qualquer preconceitos, a homo/bissexualidade!
            « Última modificação: 18 de Janeiro de 2013 por Boreas »

              Homossexualidade nos Celtas
              #6

              Offline Pulse

              • *****
              • Membro Vintage
              • Género: Masculino
              • After all, losing all hope was freedom.
              Bem, não sendo história a minha área e sendo até um bocado ignorante em relação a algumas das coisas do post inicial, gostava só de vos dizer que os nacionalistas não estão muito preocupados com factos históricos e que, regra geral, não vale a pena argumentar com eles, nem mesmo utilizando factos incontestáveis, que nada disso desconstruirá a sua homofobia.
                And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

                Homossexualidade nos Celtas
                #7

                Offline melga

                • *
                • Novo Membro
                • Género: Masculino
                Bem, não sendo história a minha área e sendo até um bocado ignorante em relação a algumas das coisas do post inicial, gostava só de vos dizer que os nacionalistas não estão muito preocupados com factos históricos e que, regra geral, não vale a pena argumentar com eles, nem mesmo utilizando factos incontestáveis, que nada disso desconstruirá a sua homofobia.

                "nacionalistas"? O termo mais correcto  é NAZI-FASCISTAS, não achas?

                  Homossexualidade nos Celtas
                  #8

                  Offline Pulse

                  • *****
                  • Membro Vintage
                  • Género: Masculino
                  • After all, losing all hope was freedom.
                  Bem, não sendo história a minha área e sendo até um bocado ignorante em relação a algumas das coisas do post inicial, gostava só de vos dizer que os nacionalistas não estão muito preocupados com factos históricos e que, regra geral, não vale a pena argumentar com eles, nem mesmo utilizando factos incontestáveis, que nada disso desconstruirá a sua homofobia.

                  "nacionalistas"? O termo mais correcto  é NAZI-FASCISTAS, não achas?

                  Eu não tenho que achar nada. O próprio Adolf Hitler se intitulava de nacional-socialista, hoje a maior parte dos movimentos de extrema direita apelidam-se apenas de nacionalistas...
                    And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

                    Homossexualidade nos Celtas
                    #9

                    Offline Adónis

                    • ****
                    • Membro Sénior
                    Bem, não sendo história a minha área e sendo até um bocado ignorante em relação a algumas das coisas do post inicial, gostava só de vos dizer que os nacionalistas não estão muito preocupados com factos históricos e que, regra geral, não vale a pena argumentar com eles, nem mesmo utilizando factos incontestáveis, que nada disso desconstruirá a sua homofobia.

                    "nacionalistas"? O termo mais correcto  é NAZI-FASCISTAS, não achas?

                    Nazismo e fascismo são ideologias distintas. Dentro do nacionalismo há várias correntes, por exemplo, em Portugal há nacionalistas católicos que defendem o Portugal Imperial e a Monarquia, mas também há nacionalistas pagãos que defendem o regresso ao paganismo, têm uma enorme aversão à Igreja Católica e ao cristianismo e ao Império Português, defendendo um Portugal da Galiza ao Algarve, um retorno ao território Ocidental celta pré-romano. Por isso o PNR é um saco de gatos, um pouco como o Bloco de Esquerda.

                      Homossexualidade nos Celtas
                      #10

                      Offline Arch

                      • ****
                      • Membro Sénior
                      • Género: Masculino
                      É inegável a presença e a vulgaridade da homossexualidade na Antiguidade Clássica. O caso grego já foi, no meu ponto de vista, muito bem explicado. O caso dos romanos tem os seus paralelos: era comum a existência de um tutor (seria mesmo esta a expressão) que iniciasse a vida sexual  aos adolescentes (este mesmo tutor ensinaria ciências variadas também). Mas isto sendo um caso mais concreto e especifico. Ao longo de todo o império romano a homossexualidade era comum; aliás não havia distinção.

                      Já no século XX, e no seguimento dos últimos posts, a História e determinados pormenores e factos históricos foram omitidos e/ou adulterado e modificados para promover os ideais nacionalistas, " a base na História nacional, nos grandes feitos e conquistas" - a ausência de quaisquer factos que desacreditassem este principio, que "envergonhassem" a "nação" - isto por toda a Europa. Basta comparar os livros de História de há 50/60 anos para vermos isso.
                        http://the-tyranny-of-disquiet.tumblr.com/

                        "Eu que me aguente comigo e com os comigos de mim", Pessoa.

                         

                        Tópicos relacionados

                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                        188 Respostas
                        45770 Visualizações
                        Última mensagem 27 de Agosto de 2016
                        por searching_the_love
                        291 Respostas
                        45335 Visualizações
                        Última mensagem 15 de Março de 2013
                        por Draco
                        36 Respostas
                        8552 Visualizações
                        Última mensagem 17 de Setembro de 2011
                        por Boni
                        22 Respostas
                        5607 Visualizações
                        Última mensagem 2 de Abril de 2009
                        por Dawid
                        4 Respostas
                        1367 Visualizações
                        Última mensagem 17 de Abril de 2015
                        por caires