rede ex aequo

Olá Visitante18.nov.2019, 17:10:57

Sondagem

Se existisse um grupo local na Maia tentarias ir, ou irias, às reuniões?

Sim
Sim, se não fossem em simultâneo com as do grupo do  Porto
Não

Autor Tópico: Grupo ex aequo na Maia?  (Lida 18608 vezes)

 
Grupo ex aequo na Maia?
#0

Offline Symphonic

  • *****
  • Orador(a)
  • Membro Elite
  • Género: Masculino
  • "Does your mother know that you're out?"
    • Facebook
Então e que acham de criar um grupo da rede ex aequo na Maia?

Quais as opiniões sobre isso do pessoal da Maia e redondezas?

E pessoal do Porto que diga de sua justiça também! :)


Eu vivo na Maia, e actualmente coordeno o grupo de Aveiro, mas acho uma ideia excelente criar um grupo local da rede ex aequo na Maia, pois a ideia é criar grupos locais no maior número de cidades do país e a Maia é um dos concelhos com mais população de Portugal (mais de 138.000 habitantes!) e quantos mais grupos melhor :) Acho que não se perde nada...

Bastava haver gente com vontade para criar o grupo e coordenar e ir-se desenvolvendo o grupo :)


E vocês, que acham?


« Última modificação: 11 de Dezembro de 2008 por Symphonic »

    Grupo ex aequo na Maia?
    #1

    Offline τοRoyalSizeΚΞ

    • *****
    • Orador(a)
    • Membro Vintage
    • Género: Masculino
    Na minha opinião, no que diz respeito a pólos urbanos com uma densidade populacional elevada fará sempre sentido criar-se um grupo ex aequo de jovens locais. Acredito que um grupo ex aequo começa a fazer sentido a nível concelhio e não apenas a nível distrital. Isto porque um jovem de um local mais afastado de uma capital de distrito não deveria estar dependente de uma deslocação enorme, chata e custosa, quando a população do local que habita poderá justificar o acesso a este tipo de apoio. É como pensarmos que todos os concelhos deverão ter o(s) seu(s) próprio(s) gabinete(s)/centro(s) de apoio jovem.

    É reunir toda a informação possível, tratar de estatística e ver se realmente vale a pena. Existem coisas a ter em conta quando se criam grupos numa mesma área metropolitana:
    - A que distância se encontra o grupo local mais próximo?
    - Como se encontra o funcionamento desse grupo local mais próximo?
    - A criação do novo grupo local entrará em conflito com o já existente, dividindo os membros e pondo em risco a sobrevivência de ambos os grupos?
    - Como é a deslocação para as reuniões do grupo já existente? (Demorada ou curta? Dispendiosa ou barata? Desconfortável ou cómoda?)

    Neste momento visto não haver grupo local activo no Porto não sei com que facilidade ou rapidez se arranja coordenação interessada num grupo ex aequo maia, uma vez que talvez jovens da Maia facilmente poderão interessar-se pela coordenação da ex aequo porto - lá está, se a distância for conveniente.

    Outra coisa, se se fundar um grupo ex aequo maia, será sempre bom, mas as reuniões na Maia farão a deslocação de jovens de Vila Nova de Gaia mais demorada (isto se o grupo do Porto não constar). Nesse sentido, será que não vale mais a pena fundar um grupo ex aequo (vila nova de) gaia, uma vez que a cidade apresenta o dobro da população da Maia?

    É ir juntando prós e contras. Mas julgo que a partir do momento em que se encontrem pelo menos 3 jovens interessados na coordenação é uma ideia a trabalhar com a mesma motivação que qualquer outro grupo ;)

    Boa sorte

      Grupo ex aequo na Maia?
      #2

      Offline akinder

      • *****
      • Membro Ultra
      • Género: Feminino
      • Rosa Morango Imperial
      Sinceramente? Não faz sentido. Tanto quanto sei quando havia reuniões no Porto os membros da Maia deslocavam-se para lá, e não haveria problema em ser vice-versa. No entanto a maioria dos membros que não têm possibilidade em se deslocar ao grupo de Braga ou Aveiro continuam a ser na sua grande maioria do distrito do Porto, logo, neste momento, acho muito melhor reunir forças para este grupo. Compreendo que o facto de seres da Maia faz com que tenhas essa ideia, mas se és coordenador de Aveiro, também com facilidade te deslocarias ao Porto. porquê que não há mais gente como tu? Além disso o Porto tem história e mais acessos do que Maia, não desfazendo.  ;)
        "Quero ser o cheiro que permanece ligado a um momento já esquecido!"

        Grupo ex aequo na Maia?
        #3

        Offline τοRoyalSizeΚΞ

        • *****
        • Orador(a)
        • Membro Vintage
        • Género: Masculino
        No entanto a maioria dos membros que não têm possibilidade em se deslocar ao grupo de Braga ou Aveiro continuam a ser na sua grande maioria do distrito do Porto, logo, neste momento, acho muito melhor reunir forças para este grupo.

        Mas a Maia faz parte do distrito do Porto, não faz? Não quererás dizer da cidade do Porto? ...ou não...

          Grupo ex aequo na Maia?
          #4

          Offline Symphonic

          • *****
          • Orador(a)
          • Membro Elite
          • Género: Masculino
          • "Does your mother know that you're out?"
            • Facebook
          Sinceramente? Não faz sentido. Tanto quanto sei quando havia reuniões no Porto os membros da Maia deslocavam-se para lá, e não haveria problema em ser vice-versa. No entanto a maioria dos membros que não têm possibilidade em se deslocar ao grupo de Braga ou Aveiro continuam a ser na sua grande maioria do distrito do Porto, logo, neste momento, acho muito melhor reunir forças para este grupo. Compreendo que o facto de seres da Maia faz com que tenhas essa ideia, mas se és coordenador de Aveiro, também com facilidade te deslocarias ao Porto. porquê que não há mais gente como tu? Além disso o Porto tem história e mais acessos do que Maia, não desfazendo.  ;)

          Então e se para além da existência do grupo do Porto a funcionar num determinado dia houvesse também grupo na Maia a funcionar noutro dia da semana e hora diferente dos do Porto, também com tema diferente?

          Alargaria as facilidades geográficas, de transporte, de disponibilidade (para não excluir todas as pessoas que não podiam ir no horário habitual do grupo do porto) e haveriam ainda duas reuniões por semana com temas diferentes na área metropolitana do Porto.

          Não estariam propriamente a roubar membros um grupo ao outro, quem não tivesse disponibilidade para ir a um deles podia ir ao outro, ou podia ir ao que estivesse mais perto, ou podia ir às duas reuniões pelos dois temas, ou escolher o tema que a si mais se adequasse ou precisasse nesse momento :)

            Grupo ex aequo na Maia?
            #5

            Offline Allen

            • *****
            • Membro Ultra
            • Género: Masculino
            Parece-me incongruente ter um grupo ex aequo a funcionar na Maia e não o ter na segunda maior cidade do país. A Maia faz parte da Área Metropolitana do Porto, pouco mais é que uma cidade dormitório. O que tu sugeres faz tanto sentido como a criação de um grupo ex aequo em Loures (no caso de Lisboa), ou em Ílhavo (no caso de Aveiro).
            Além disso, basta ir ao tópico "De onde és?" para verificar que Gaia e Matosinhos estão ao mesmo nível que a Maia em número de membros (já para não falar na clara liderança do concelho do Porto neste aspecto). Porque não criar então grupos ex aequo nestes dois concelhos também?
            O que importa agora é reavivar o extinto grupo do Porto, cuja inexistência só prejudica a imagem da rede aos olhos dos membros que aqui moram.
            E não é preciso voltar a dizer o Porto é a segunda cidade mais importante de Portugal, com uma área metropolitana que comporta quase dois milhões de pessoas, pois não? ;)

            Grupo ex aequo na Maia?
            #6

            Offline Symphonic

            • *****
            • Orador(a)
            • Membro Elite
            • Género: Masculino
            • "Does your mother know that you're out?"
              • Facebook
            Parece-me incongruente ter um grupo ex aequo a funcionar na Maia e não o ter na segunda maior cidade do país. A Maia faz parte da Área Metropolitana do Porto, pouco mais é que uma cidade dormitório. O que tu sugeres faz tanto sentido como a criação de um grupo ex aequo em Loures (no caso de Lisboa), ou em Ílhavo (no caso de Aveiro).
            Além disso, basta ir ao tópico "De onde és?" para verificar que Gaia e Matosinhos estão ao mesmo nível que a Maia em número de membros (já para não falar na clara liderança do concelho do Porto neste aspecto). Porque não criar então grupos ex aequo nestes dois concelhos também?
            O que importa agora é reavivar o extinto grupo do Porto, cuja inexistência só prejudica a imagem da rede aos olhos dos membros que aqui moram.
            E não é preciso voltar a dizer o Porto é a segunda cidade mais importante de Portugal, com uma área metropolitana que comporta quase dois milhões de pessoas, pois não? ;)

            Não estou de forma nenhuma a dizer para não haver um grupo no Porto, só porque há na Maia... a minha ideia era mais de funcionarem os dois em simultâneo :P

            O objectivo da rede ex aequo é criar grupos locais no maior nº de cidades do país, e a Maia é capital de um concelho com mais de 138.000 pessoas, porque não?

            Se houvesse quem quisesse criar um grupo ex aequo em Ílhavo, Loures, Matosinhos ou Gaia, pra mim seria óptimo, teria mais grupos aos quais poderia ir quando precisasse, e só estaríamos a criar mais oferta de apoio para os jovens LGBT portugueses. Qual é o problema?

            Pra mim, desde que se conseguissem manter funcionais (com pessoas disponíveis para coordenarem) e com um número mínimo funcional membros, seria óptimo, quanto mais grupos locais melhor, já é pena os que se extinguiram... :)

            Eu sugiro criar um grupo na Maia e não em outros concelhos do Porto porque sou da Maia, e seria a cidade na qual fundaria um grupo se pudesse... não iria para outras cidades se posso criar na minha :P Se houver quem queira criar noutras cidades do Porto força aí!  ;D

            Acho de extrema importância reavivar o grupo do Porto, mas não vejo em que é que isso é incompatível com a criação de um grupo na Maia :)

              Grupo ex aequo na Maia?
              #7

              Offline τοRoyalSizeΚΞ

              • *****
              • Orador(a)
              • Membro Vintage
              • Género: Masculino
              Parece-me incongruente ter um grupo ex aequo a funcionar na Maia e não o ter na segunda maior cidade do país. A Maia faz parte da Área Metropolitana do Porto, pouco mais é que uma cidade dormitório. O que tu sugeres faz tanto sentido como a criação de um grupo ex aequo em Loures (no caso de Lisboa), ou em Ílhavo (no caso de Aveiro).
              Além disso, basta ir ao tópico "De onde és?" para verificar que Gaia e Matosinhos estão ao mesmo nível que a Maia em número de membros (já para não falar na clara liderança do concelho do Porto neste aspecto). Porque não criar então grupos ex aequo nestes dois concelhos também?
              O que importa agora é reavivar o extinto grupo do Porto, cuja inexistência só prejudica a imagem da rede aos olhos dos membros que aqui moram.
              E não é preciso voltar a dizer o Porto é a segunda cidade mais importante de Portugal, com uma área metropolitana que comporta quase dois milhões de pessoas, pois não? ;)

              Não estou de forma nenhuma a dizer para não haver um grupo no Porto, só porque há na Maia... a minha ideia era mais de funcionarem os dois em simultâneo :P

              O objectivo da rede ex aequo é criar grupos locais no maior nº de cidades do país, e a Maia é capital de um concelho com mais de 138.000 pessoas, porque não?

              Se houvesse quem quisesse criar um grupo ex aequo em Ílhavo, Loures, Matosinhos ou Gaia, pra mim seria óptimo, teria mais grupos aos quais poderia ir quando precisasse, e só estaríamos a criar mais oferta de apoio para os jovens LGBT portugueses. Qual é o problema?

              Pra mim, desde que se conseguissem manter funcionais (com pessoas disponíveis para coordenarem) e com um número mínimo funcional membros, seria óptimo, quanto mais grupos locais melhor, já é pena os que se extinguiram... :)

              Eu sugiro criar um grupo na Maia e não em outros concelhos do Porto porque sou da Maia, e seria a cidade na qual fundaria um grupo se pudesse... não iria para outras cidades se posso criar na minha :P Se houver quem queira criar noutras cidades do Porto força aí!  ;D

              Acho de extrema importância reavivar o grupo do Porto, mas não vejo em que é que isso é incompatível com a criação de um grupo na Maia :)

              A criação de um grupo ex aequo maia até convidaria jovens de concelhos um pouco mais distantes a freqüentarem o grupo, mais para norte por exemplo, como Vila do Conde ou Póvoa do Varzim.
              No entanto a Maia ainda faz fronteira com o Porto e provavelmente os habitantes da cidade têm acessos facilitados ao centro do Porto (onde o grupo funcionava). Nesse sentido talvez ainda não seja a melhor altura para se criar um grupo tão perto do outro, talvez se daqui a uns anitos a rede aumentar haja escoamento mais fácil para esse grupo na Maia, seguindo esse pensamento. Nesse caso seria melhor pensado mover o grupo para uma cidade mais longínqua, o problema é que quanto mais longe mais a população decresce.

              Eu diria que no presente ano, tendo em conta a quantidade de pessoas que assistem às reuniões de grupos em cidades um pouco maiores e com "clientela" consolidada (lol), não haverá problema em fundarem-se grupos locais com um distanciamento maior a 20 km entre os dois grupos e/ou onde o transporte de um grupo para o outro contemple mais do que 1 ou 2 transbordos e/ou o custo de viagem de ida e volta atinja ou exceda os €5 e/ou a população local exceda os 100.000 habitantes (tendo em conta também densidade populacional).
              Desculpem a precisão mas já pensei mũito nisto, Lol.
              Atenção: Isto não são dados oficiais.
              « Última modificação: 14 de Dezembro de 2008 por thwRoyalSizeCX »

                Grupo ex aequo na Maia?
                #8

                Offline Yawp

                • *****
                • Membro Ultra
                • Género: Outro
                Apesar de ser de Vila Nova de Gaia, creio que em primeiro lugar os esforços se deveriam conjugar no sentido de reactivar a rede ex aequo no Porto. O Porto é um local que em termos de transportes está bem servido, ao contrário de certas zonas de Gaia, o que permite um acesso mais rápido de pessoas de diversos pontos do distrito.

                É claro que não podemos esquecer-nos das zonas mais longínquas do distrito, logo a ideia de criar pontos de reunião a nível local não é de modo algum de excluir à partida, mas para tal talvez se devesse efectuar primeiro um estudo do número de pessoas interessadas para cada um desses locais e seleccionar um deles.

                Creio que se têm de definir prioridades e montar uma estratégia bem delineada para que todos sejamos bem servidos, porque isso é o que interessa verdadeiramente. ;)

                O mais complicado será encontrar pessoas com disponibilidade para coordenar, porque hoje em dias todos passamos a vida a correr entre a casa e o trabalho/escola... :-[
                  "For those of you who don´t know, a YAWP is a loud cry or yell." in Dead Poets Society.

                  Grupo ex aequo na Maia?
                  #9

                  Offline Symphonic

                  • *****
                  • Orador(a)
                  • Membro Elite
                  • Género: Masculino
                  • "Does your mother know that you're out?"
                    • Facebook
                  Apesar de ser de Vila Nova de Gaia, creio que em primeiro lugar os esforços se deveriam conjugar no sentido de reactivar a rede ex aequo no Porto. O Porto é um local que em termos de transportes está bem servido, ao contrário de certas zonas de Gaia, o que permite um acesso mais rápido de pessoas de diversos pontos do distrito.

                  É claro que não podemos esquecer-nos das zonas mais longínquas do distrito, logo a ideia de criar pontos de reunião a nível local não é de modo algum de excluir à partida, mas para tal talvez se devesse efectuar primeiro um estudo do número de pessoas interessadas para cada um desses locais e seleccionar um deles.

                  Creio que se têm de definir prioridades e montar uma estratégia bem delineada para que todos sejamos bem servidos, porque isso é o que interessa verdadeiramente. ;)

                  O mais complicado será encontrar pessoas com disponibilidade para coordenar, porque hoje em dias todos passamos a vida a correr entre a casa e o trabalho/escola... :-[

                  Ó pessoal, mas em que é que criar um grupo na Maia, ou pensar nessa ideia e desenvolvê-la impede de conjugar esforços para reabrir o grupo do Porto??  ???

                  Não vejo qual é o stress, isso faz-me lembrar os discursos sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo: "agora não, pois temos que dirigir os esforços para a crise!" ... como se não fosse possível fazer as duas em coisas em simultâneo... poupem-me!

                  Quanto ao que dizes sobre escolher um local numa zona longínqua consoante o número de pessoas interessadas, acho que tem muita lógica :)

                  Quanto à parte do problema da disponibilidade não há que preocupar... Se podes dormir até mais tarde ao domingo de manhã, também arranjas um tempinho para coordenar um grupo local, basta vontade e organização :P



                    Grupo ex aequo na Maia?
                    #10

                    Offline τοRoyalSizeΚΞ

                    • *****
                    • Orador(a)
                    • Membro Vintage
                    • Género: Masculino
                    É claro que não podemos esquecer-nos das zonas mais longínquas do distrito, logo a ideia de criar pontos de reunião a nível local não é de modo algum de excluir à partida, mas para tal talvez se devesse efectuar primeiro um estudo do número de pessoas interessadas para cada um desses locais e seleccionar um deles.

                    Creio que se têm de definir prioridades e montar uma estratégia bem delineada para que todos sejamos bem servidos, porque isso é o que interessa verdadeiramente. ;)

                    [smiley=sim.gif]

                    Ó pessoal, mas em que é que criar um grupo na Maia, ou pensar nessa ideia e desenvolvê-la impede de conjugar esforços para reabrir o grupo do Porto??  ???

                    Talvez porque as pessoas da Maia que arranjares para coordenar o grupo local poderiam deslocar-se facilmente ao Porto (numa viagem pàí de 30 minutos?) e coordenar o grupo do Porto.

                    Quanto ao que dizes sobre escolher um local numa zona longínqua consoante o número de pessoas interessadas, acho que tem muita lógica :)

                    yup



                    Eu diria que no presente ano, tendo em conta a quantidade de pessoas que assistem às reuniões de grupos em cidades um pouco maiores e com "clientela" consolidada (lol), não haverá problema em fundarem-se grupos locais com um distanciamento maior a 20 km entre os dois grupos e/ou onde o transporte de um grupo para o outro contemple mais do que 1 ou 2 transbordos e/ou o custo de viagem de ida e volta atinja ou exceda os €5 e/ou a população local exceda os 100.000 habitantes (tendo em conta também densidade populacional).

                    ...e/ou a deslocação atinja 1 hora de viagem.

                      Grupo ex aequo na Maia?
                      #11

                      Offline Allen

                      • *****
                      • Membro Ultra
                      • Género: Masculino

                      Ó pessoal, mas em que é que criar um grupo na Maia, ou pensar nessa ideia e desenvolvê-la impede de conjugar esforços para reabrir o grupo do Porto??  ???

                      Não vejo qual é o stress, isso faz-me lembrar os discursos sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo: "agora não, pois temos que dirigir os esforços para a crise!" ... como se não fosse possível fazer as duas em coisas em simultâneo... poupem-me!


                      Aplaudo o teu empenho nesta causa, mas porque não agarrar o touro pelos cornos e criar uma lista para a coordenação do grupo ex aequo do Porto? É o desafio que te deixo. ;)


                      Grupo ex aequo na Maia?
                      #12

                      void

                      • Visitante
                      symphonic, devias expor primeiro a tua ideia à direcçao...

                        Grupo ex aequo na Maia?
                        #13

                        Offline Back Room

                        • *****
                        • Membro Elite
                        • Género: Masculino
                        Sou da Maia e estaria disposto a ajudar no que pudesse (que infelizmente seria pouco).

                        Mas concordo que a prioridade deva ser o renascer do grupo do Porto.
                          "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                          "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                          "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                          Grupo ex aequo na Maia?
                          #14

                          Offline MeninO do MaR

                          • *****
                          • Associad@
                          • Membro Elite
                          • Género: Masculino
                          • where the hell is my chiffon?
                            • ex aequo aveiro
                          Sr. Allen não menospreze Ílhavo, o meu adorável dormitório hehe!
                            Estava num daqueles dias em que necessitava do sabor a mudança. Há que saber a definição de aproveitar, saborear e, sobretudo, viver. "Luta por uma vida. Luta por seres feliz. Não se muda do dia para a noite, mas muda-se de dia para dia." Sou o Raimundo-mau-feitio e o meu segredo... é ser assim!

                            Grupo ex aequo na Maia?
                            #15

                            Offline Symphonic

                            • *****
                            • Orador(a)
                            • Membro Elite
                            • Género: Masculino
                            • "Does your mother know that you're out?"
                              • Facebook

                            Ó pessoal, mas em que é que criar um grupo na Maia, ou pensar nessa ideia e desenvolvê-la impede de conjugar esforços para reabrir o grupo do Porto??  ???

                            Não vejo qual é o stress, isso faz-me lembrar os discursos sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo: "agora não, pois temos que dirigir os esforços para a crise!" ... como se não fosse possível fazer as duas em coisas em simultâneo... poupem-me!


                            Aplaudo o teu empenho nesta causa, mas porque não agarrar o touro pelos cornos e criar uma lista para a coordenação do grupo ex aequo do Porto? É o desafio que te deixo. ;)


                            Eu não posso fazer isso, pelo menos com a minha participação, porque já sou coordenador do grupo de Aveiro...

                            Criei este tópico com o objectivo de ver o que as pessoas acham da ideia, qual seria a desão, especialmente dos maiatos.

                            No que dependesse de mim, só abriria este grupo no ano lectivo 2010/2011, porque este ano estou a coordenar Aveiro, e no próximo ano vou para Erasmus, pelo que só no ano seguinte poderia ajudar a abrir um grupo na Maia...

                            P.S.: se por essa altura continuar a não existir um grupo no Porto estamos muito mal...  :-X Estou a contar que na altura em que pense em avançar mesmo com isto, caso veja que o devo e consigo fazer, já haverá um grupo no Porto em funcionamento... (ainda assim achava positivo que alguém criasse um grupo na Maia, mesmo que fosse antes das datas que falei, mesmo sem a minha contribuição :) )

                            Ah, e não vou expôr isto à direcção porque para já tudo não passa de rascunhos ;)

                            E já obrigado ao Back Room por se oferecer para ajudar! :) ;) É disso que precisamos :D
                            « Última modificação: 12 de Dezembro de 2008 por Symphonic »

                              Grupo ex aequo na Maia?
                              #16

                              Offline Linger

                              • *****
                              • Membro Ultra
                              • Género: Feminino
                              Ora, grande ideia : D Acabei de me mudar pra Maia. :0

                              Espero mais desenvolvimentos  ::)

                                Grupo ex aequo na Maia?
                                #17

                                Offline Symphonic

                                • *****
                                • Orador(a)
                                • Membro Elite
                                • Género: Masculino
                                • "Does your mother know that you're out?"
                                  • Facebook
                                Ora, grande ideia : D Acabei de me mudar pra Maia. :0

                                Espero mais desenvolvimentos  ::)

                                Já agora bem vinda à Maia!  ;D

                                A Maia é que é! :D lol

                                  Grupo ex aequo na Maia?
                                  #18

                                  Offline akinder

                                  • *****
                                  • Membro Ultra
                                  • Género: Feminino
                                  • Rosa Morango Imperial
                                  Acho sinceramente que se há voluntários para abrir um grupo na Maia ou Porto se deviam acusar e pensar no assunto de forma séria. Só assim é que vamos para a frente.  ;)
                                    "Quero ser o cheiro que permanece ligado a um momento já esquecido!"

                                    Grupo ex aequo na Maia?
                                    #19

                                    Offline Symphonic

                                    • *****
                                    • Orador(a)
                                    • Membro Elite
                                    • Género: Masculino
                                    • "Does your mother know that you're out?"
                                      • Facebook
                                    Acho sinceramente que se há voluntários para abrir um grupo na Maia ou Porto se deviam acusar e pensar no assunto de forma séria. Só assim é que vamos para a frente.  ;)

                                    Sim, isso é.

                                    Da minha parte gostaria apenas de fazer uma recolha de ideias e opiniões sobre esta questão.

                                    Pensar seriamente nisso só daqui a uns anos, pois só nessa altura poderia fazer parte de uma equipa coordenadora para um grupo na Maia...

                                    Antes disso gostaria de ver o grupo do Porto reaberto, claro :P

                                    Mas digam-me cá uma coisa, havia muita gente da Maia nas reuniões do grupo do Porto? :)