rede ex aequo

Olá Visitante23.out.2019, 19:32:28

Sondagem

Já tiveste de sair de casa por ser LGBT?

Sim, fui expulso/a e nunca mais voltei.
1 (0.7%)
Sim, fui expulso/a, mas voltei e ficou tudo bem.
1 (0.7%)
Sim, fui expulso/a, mas voltei sem melhorias no ambiente.
1 (0.7%)
Sim, fui expulso/a, não voltei, mas a relação familiar está bem agora.
0 (0%)
Saí eu próprio/a, por o ambiente ser insuportável e nunca mais voltei.
3 (2.1%)
Saí eu próprio/a, por o ambiente ser insuportável, mas voltei e ficou tudo bem.
1 (0.7%)
Saí eu próprio/a, por o ambiente ser insuportável, voltei, mas sem melhorias
0 (0%)
Saí eu próprio/a, por o ambiente ser insuportável, não voltei, mas a relação familiar está bem agora.
1 (0.7%)
Estou num ambiente insuportável e tenho desejo de sair.
11 (7.7%)
Nunca sai, mas cheguei a ter vontade, apesar de agora estar tudo bem.
13 (9.2%)
Fui ameaçado/a, mas nunca chegaram a expulsar-me.
4 (2.8%)
Tenho recebido ameaças de ser expulso/a.
0 (0%)
Tenho receio de vir a ser expulso quando souberem.
48 (33.8%)
Nunca tive problemas desta natureza.
58 (40.8%)

Votos totais: 94

Autor Tópico: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?  (Lida 34061 vezes)

 
Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
#20

Nu_vito

  • Visitante
uma ekipa nao so de ajuda nao so dos jovens ms tb das familias....
e uma associação/local onde os jovens "abandonados" pudessem passar plo menos as "primeiras" noites, onde lhes pudessem tratar deles(comida, banhos, etc...)as coisas basicas...nao tornar um centro de acolhimento a "mendigos", ms um sitio onde se sentissem bem, do genero um grupo de amigos k "acolheram-no"por uns dias....

 :-*

    Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
    #21

    Offline Videl

    • *****
    • Membro Ultra
    • Género: Feminino
    • Some place where no-1 calls it wrong
      • Blog
    Em relação àkilo dos pais k po~em os filhos na rua por saberem k eles são lgbt são maus pais...eu axo mais, por mais contestável k seja, eu axo k em kuase todos os kasos em k os pais põem os filhos na rua (à excepção de um ou dois, como por exemplo os filhos mostrarem comportamentos perigosos para a vida dos progenitores, tipo tentar matá-los lol, ou bater nos pais) os respectivos são maus pais...
      "-Lesbian?? You think I´m a lesbian? (...)
      - Well, u´re a girl in love with a girl, aren´t u?
      - No! I´m Paulie, in love with Tory!!!Remember?And Tory is, she IS in love with me, because I´m hers, and she´s mine,and neither of us are lesbians!!" - Lost and Delirious

      Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
      #22

      Cactus_cute

      • Visitante
      videl, claro :) seja p serem lgbt, seja p terem chegado tarde a casa, seja p estarem gravidas (o q sinceramente ainda acho pior), seja p quererem namorar c um capuleto (lol) acho q nada justifica por-se um filho fora de casa, excepto as tais situaçoes q referes, q infelizmente se verificam mt em casos de toxicodependencia, por exemplo...

      qt a criaçao de uma estrutura de apoio, claro q isso era "muito fixe", claro q seria muito importante... a questao n é essa (acho q todos concordamos q todas as estruturas de apoio para quem o necessita sao "muito fixes" e importantes)... a questao é se é ou n possivel faze-lo. e mais, a custa de quem e do esforço de quem é q é possivel faze-lo...
      acho q a bluejazz n referiu isso apenas para ser discutido de modo teorico, mas talvez para se estabelecer uma estrategia q permita a formaçao de tais centros/estruturas de apoio... portanto em vez de estarmos todos a dizer q sim q seria muito bom, talvez fosse melhor propor ideias de como o fazer :) eu n o fiz, pq n faço ideia, confesso... alem de q n tenho qq tipo de experiencia de vida nestas coisas... mas acho q é importante perceber-se o q é importante nesta questao ::) fazer mais e falar menos talvez... penso eu de que ::)

        Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
        #23

        Offline cacao

        • *****
        • Associad@ Honorári@
        • Membro Vintage
        • Género: Feminino
        • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
          • Mais sobre mim...
        nao tornar um centro de acolhimento a "mendigos", ms um sitio onde se sentissem bem

        Penso que um centro de acolhimento a "mendigos" visa ser um sítio onde as pessoas que não têm aonde ir se sintam bem, e que também tenham condições mínimas no seu dia-a-dia.

        O que entendes por mendigos, nu_vito?

        Não te parece que a palavra que usaste é um pouco pejorativa? Um mendigo é uma pessoa que vive de esmolas e que muitas vezes aparenta um ar pouco cuidado e porco, mas não tem de ser sempre assim.

        Em relação ao centro de acolhimento é óbvio que sou a favor, mas preocupo-me mais com todos aqueles que não são expulsos de casa mas têm de aguentar a homofobia dos pais no seu quotidiano. Por isso parece-me mais importante um centro de apoio diurno que durante o dia tenha actividades de grupo e dê apoio psicológico a individuais e familiares.
          Another one will bite the dust...

          "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

          "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

          Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
          #24

          Cactus_cute

          • Visitante
          concordo q o tipo de "tortura psicologica" a q certas pessoas (LGBT ou n) estao sujeitas continuando a ter um tecto possa ser pior de suportar... no entanto essa vertente acho q esta um pouco coberta por entidades como a ex aequo e outras suas semelhantes, q apesar de deficitarias em numero, fazem um papel importante e q é importante referir...
          acho ainda q havendo estruturas de apoio a LGBT "desalojados", talvez esses q estao sujeitos a essa pressao optem p se evadir dela, recorrendo aos tais centros... n sei o q é mais importante, se o ovo se a galinha, pois acho q ambos sao importantes... mas eu, se dependesse de mim e se pudesse (ou puder) fazer algo p isso daria prioridade a formaçao de centro de apoio "tipo estalagem"... simplesmente pq a mim me choca mais a ideia de um dia ter q ir morar na rua do q ter q "engolir sapos" em casa, para q possa ter casa (q isso todos fazemos a maior ou menor extensao)

            Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
            #25

            Offline bluejazz

            • *****
            • Associad@ Honorári@
            • Membro Vintage
            • Género: Feminino
              • Homofobia
            Eu acho as duas situações graves. Embora também seja verdade que um sem-abrigo LGBT também é sempre um sem-abrigo e para todos os sem-abrigo existem muitos centros de apoio.

            E por outro lado, na realidade, quem tem problemas em casa e fica em casa (escolhe ou tem de ficar em casa) não tem lugares específicos estatais/institucionais para apoio para falar abertamente desses problemas e os seus motivos (se é por ser LGBT) senão a rede ex aequo e outros grupos/associações LGBT (com as suas devidas excepções em vários lados).
              "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

              Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
              #26

              Nu_vito

              • Visitante
              nao tornar um centro de acolhimento a "mendigos", ms um sitio onde se sentissem bem

              Penso que um centro de acolhimento a "mendigos" visa ser um sítio onde as pessoas que não têm aonde ir se sintam bem, e que também tenham condições mínimas no seu dia-a-dia.

              outch...
              nao era isso k keria dizer....começo a pensar k tens algo contra mim andas smpr a perseguirme... :-\to a brincar.... ;) :-*

              o k kiz dizer foi, algo onde se pudessem sentir bem, tipo nao tar la darlhes de comer e "deitalos" é tar c eles, conversarem...e pk nao fdazerem festas ouvirem musicas verem tv filmes dançar etc...e sabes k nos acolhimentos aos sem-abrigo isso nao acontece...era o k keria dizer e eu nao utilizei a palavra "mendigo" de uma forma a menospreza-la foi um exemplo k dei de pessoas k estao na rua e essa palavra tornase mais "forte" para o k keria dizer, entendest agr? :-*

                Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                #27

                Offline Pandorasbox

                • **
                • Membro Júnior
                • Género: Feminino
                Não fui posta na rua, é certo.
                Mas o que é certo, também, é que nada ficou na mesma e acabei por sair de casa de repente e sem grandes condições, mas com a ideia de que seria o melhor.
                De facto, a minha relação com os meus pais foi estranha logo quando me fui embora, mas agora, 6 meses depois, está em grande recuperação. Claro que a minha namorada não é aceite, mas eu estou a reencontrar uma relação calma com a os meus pais.
                Não é fácil dar o salto e as circunsta^ncias financeiras em que o fiz foram altamente complicadas e ainda são, mas é preciso ter esperança de que tudo vai melhorar e de a estabilidade já está à espreita.

                Boa sorte para aqueles que tenham de dar uma grande volta de repente! Um dia olhamos para trás e tudo vai ser mais uma lição de vida, para nós e para os outros.!
                  MADONNA FOREVER

                  Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                  #28

                  Offline Sacerdotisa

                  • *****
                  • Membro Ultra
                  • Género: Feminino
                  • "Sê plural como o universo" - Pessoa
                  Blue, kriaste um tópiko k de uma certa forma tem sido a minha pedra no sapato, o meu tendão de Aquiles!!!!! Este é sem dúvida o meu kavalo de batalha, o meu maior medo de todos e de sempre!!!!! Já há mto tempo desde o ínicio do meu "komming out", k tinha este pavor ...de os meus pais algum dia deskobrirem e de me porem as malas à porta!!!!!

                  Ainda hoje, penso nisso, kontudo tento não pensar mto ..... pois andei em lutas kom "moi memme", kom a velha ordem de acção: konto ...não konto...!!!!!!!

                  Optei por não kontar.... precisamente pelo preço k possivelmente poderia pagar.... um bilhete kom direito a bagagem inkluída para destino incerto...sem  V  de volta!!!!

                  Muito sinceramente não sei o k faria se me visse perante esta situação..... tinha de pensar mto bem se fikaria ou não na mm cidade ou se optaria por pedir guarida a ppl's amigas k fui fazendo desde o tempo k frekuento esta realidade cibernétika!!!!!!


                  Tentaria, arranjar um part-time uma koisa do estilo para ao menos ter € para komer e poder ajudar de alguma forma a kem me desse abrigo!!! Pois ninguém tem a obrigação de nada e saber k poderia estar a subkarregar alguém.... não me agrada de todo!!

                  Todavia, também sei k se fosse ao invés....supondo k morava sózinha e alguém fikasse na rua tb lhe estenderia a mão komo se faz kom kem nos é kerid@!!!!


                  Konfesso, k ao sair de kasa "kompulsivamente" por vias direktas  (=expulsão) ou menos direktas (= pressão emocional) tentaria estar kom kem amo!!!! ;D ;D


                  Relativamente às ppls k se possam enkontrar nestas cirkunstâncias..... prokurem alguém k vos possa dar a mão, um amigo, algum familiar, não sei....kem vos possa dar guarida e também minimizar o avassalador koração dilacerado!!! segundo a minha óptika, não é relevante apenas o aspekto ekonómiko, mas também o emocional!!!!


                  bjs e saudações cibernétikas  ;D ;D ;D
                    Sacer

                    Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                    #29

                    Forsaken_Girl

                    • Visitante
                    Bem, isto é realmente um tema complicado... É daquelas coisas q até custa só de pensar  :'(.

                    Eu ainda não disse aos meus pais q sou bissexual, nem tenciono faze-lo tão cedo, pq realmente não me parece q eles fossem aceitar bem... Não digo q me expulsassem de casa (apesar de o meu pai uma vez ter dito q o faria se "eu um dia fosse lésbica"...  >:() pq, apesar de tudo, não o estou a ver a fazer isso (mas posso estar enganada), creio é q o ambiente familiar se tornaria tão pesado q quem acabaria por se ir embora era eu.

                    Mas pondo a hipótese q eles me punham na rua, ficava numa situação bastante complicada... Tentava ir para casa da minha avó (q, tal como já se disse aqui, costumam ser mais compreensivos apesar de tudo) e tentaria arranjar um pequeno trabalho onde pudesse ganhar algum dinheirito para a ajudar...

                    Claro q se também ela me recusasse em sua casa, tentaria procurar ajuda num(a) amigo(a)... Mas é sempre díficil, as pessoas têm ainda um pouco a mente fechada e duvido q a maior parte dos pais dos meus colegas ao saberem do motivo pelo qual eu tinha sido expulsa de casa, me deixassem lá permanecer.  :-\

                    Também acho q um pequeno centro de apoio a este tipo de situações talvez ajudasse, mas teria q ser realmente uma ideia bem estruturada. Teria q ser um local onde se pudesse dar apoio psicológico a esses jovens, visto estarem num estado emocional algo frágil, tal como, dar-lhes comida, etc, etc obviamente...  ;)

                      Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                      #30

                      Offline angel19

                      • ****
                      • Membro Sénior
                      • Género: Feminino
                      Bom...talvez eu n deveria responder a este tema, já k aainda n sou assumida a mim mesma knt mais aos meus pais :) Mas mesmo assim gostaria de dar a mh opinião!

                      Penso k tds os k viam a novela "Mulheres Apaixonadas", conseguiram "arrancar" alguns comentários por parte dos pais ou familiares...Pelo menos cmg foi assim! Várias vezes, enquanto viamos a novela, temas de discussão ou simples comentários surgiam relativamente à relação homossexual. Pois bem, mh mãe sempre dizia "Ai, k desgosto se algum dos meus filhos fosse homossexual..."
                      Meus pais, principalmente mh mãe, são super compreensivos, super amorososo, mt amigos dos filhos...enfim, bons pais! Tnh quase a certeza k apesar do desgosto e desilusão, meus pais acabariam por entender. Poderia ser dificil, levaria mt tempo!! Mh mãe n deixaria de tentar mudar-me, fazer uma carrada de promessas, consultar um padre p m ajudar...enfim!! No entanto, JAMAIS me expulsariam de casa!! JAMAIS!!

                      No entanto, se tal pudesse acontecer, acho k faria como tantos outros já falaram. Iria ter com a mh avé, ou iria pedir auxílio a alguma amiga...  
                        "A vida não é medida pelo numero de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego...de tanto rir...de surpresa...de êxtase...de felicidade..."

                        Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                        #31

                        Offline Emanem

                        • *****
                        • Membro Elite
                        • Género: Feminino
                        • Será loucura? Não... é paixão!

                        Se tivesse que sair de casa por causa da mulher que amo, saíria. Deixaria a minha familia e a minha casa por ela, pelo nosso amor que é grandioso!


                        [size=10] Amo-te barthez!!! [/size] [smiley=enamorado.gif]
                         :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-*
                          Abraça a vida com paixão, vence com ousadia, pensa com classe! Ri, chora, ama! Melhor que tudo é viver cada segundo sem medo! O que importa mesmo é sermos felizes! :)

                          Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                          #32

                          Offline Sacerdotisa

                          • *****
                          • Membro Ultra
                          • Género: Feminino
                          • "Sê plural como o universo" - Pessoa

                          sacer faz vénia, após uma afirmação desta!!!

                          @@@@@@@@@@@

                            Sacer

                            Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                            #33

                            Offline metafora

                            • *
                            • Novo Membro
                            • Género: Feminino
                            Este tema a mim não me diz muito, pessoalmente, claro, mas obviamente que me faz pensar no caso de outras pessoas.

                            Sou um caso um bocado atípico... saí de casa aos 19 anos, sem quelquer tipo de querela familiar, e aos 22 comprei uma casa a meias com a minha namorada, com pleno conhecimento dos meus pais que, inclusive, ajudaram. Eles, no entanto, não sabem deste namoro. Nunca lhes disse nem senti necessidade de o fazer. Aceitam a minha namorada como um membro de família, gostam bastante dela. Se pensam que é somente uma amiga ou mais é que não sei...

                            Sinceramente não me trás mais ou menos paz o facto de eles saberem a realidade. Aliás vivo perfeitamente esta relação e jamais me preocupei com os outros. Eu sou eu, nós somos nós e isso basta-me.

                            Se os meus pais me perguntarem respondo, se não perguntarem não direi.

                            Talvez a educação que tive seja mais distante, mais formal, o que potencia esta situação. Não me vejo obrigada a dizer que tenho uma namorada, até porque também nunca lhes falei dos namorados que tive.

                            Neste caso é uma postura, noutros é uma tortura.

                            Mas como alguém já disse (a Cacao?!) se os pais expulsarem um filho de casa é porque não são bons pais, porque não sabem desejar a felicidade de um filho.

                            Mas obviamente que a emancipação, a maturidade e a estabilidade económica determinam tudo numa situação complicada como esta...

                              Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                              #34

                              Offline bluejazz

                              • *****
                              • Associad@ Honorári@
                              • Membro Vintage
                              • Género: Feminino
                                • Homofobia
                              . . : : HOME SWEET HOME HELL : : . .


                              Conheci a Bev durante a Study Session que fiz em Estrasburgo. É irlandesa, tem 19 anos e estuda na Universidade de Manchester. Ah! Já agora é lésbica, não que seja importante dizê-lo afinal as pessoas LGBT já não são alvo de discriminação e talvez nem nunca o tenham sido, teimam em assumir-se como diferentes e exigem direitos iguais como se não já os tivessem - NOT!!!- you're right! I'm truly ironic this morning and my last sentence seems absurd or even laughable.

                              Fora de ironias porque a própria vida consegue ainda ser mais absurda, no dia em a Bev fez 14 anos, a professora fez-lhe o favor de telefonar para casa e dizer à mãe que a filha era lésbica - um pequeno detalhe - a partir desse momento a vida familiar nunca mais foi a mesma. Passou a ser insultada de manhã à noite, e nem na Escola tinha sossego. Nos intervalos era gozada e alguma ou outra vez levava um encontrão ou uma cuspidela em cima - Take it easy, Bev. Afinal a vida é para levá-la de ânimo leve: - será??? - À saída do autocarro até casa tinha de inúmeras vezes ser protegida pelos amigos porque a vizinhança também tinha algo a dizer e tanto disse que um dia de regresso a casa depois das aulas, a Bev levou uma facada na perna esquerda.

                              Aos 16 anos saiu de casa, curiosamente era mais seguro estar fora que dentro daquele sítio que para alguns de nós será supostamente o contrário. There's no place like home, dizia a Dorothy no Feiticeiro de Oz. Primeiro viveu num centro de acolhimento a sem-abrigo e depois começou a trabalhar - os biscates já os fazia desde os 12 anos - e reunir condições para terminar o liceu e ir para a universidade. A Bev é uma lutadora e uma vencedora.

                              A história não é fictícia e a rapariga da fotografia tirada na semana passada é a Bev. Way to go girl!... Quanto à discriminação ela existe e está patente em cada esquina.

                              gulosa sara / 10:35:25 AM

                              http://cacaoccino.blogspot.com/2004_03_01_cacaoccino_archive.html#108038372569953407
                                "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                                Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                                #35

                                Offline absolut_

                                • *****
                                • Membro Ultra
                                • Género: Feminino
                                Isto tocou-m..grande mulher! :)
                                  http://sementesmarginais.blogspot.com

                                  "They promise you heaven so they can steal this world"

                                  Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                                  #36

                                  Offline graven

                                  • ***
                                  • Membro Total
                                  • Género: Masculino
                                  • LiveRockDie

                                  Go get them Tiger! Give hell right back at them!
                                   :devil
                                    Graven

                                    Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                                    #37

                                    Offline absolut_

                                    • *****
                                    • Membro Ultra
                                    • Género: Feminino
                                    Para ser sincera ñ sei bm..axo k pensava em ir pa casa de uma amiga ou amigo..ñ sei.Ms ser posto fora de casa pr ser lgbt, axo os pais k fazem isso ñ amam verdadeirament os seus filhos.. :-\
                                      http://sementesmarginais.blogspot.com

                                      "They promise you heaven so they can steal this world"

                                      Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                                      #38

                                      Offline Sacerdotisa

                                      • *****
                                      • Membro Ultra
                                      • Género: Feminino
                                      • "Sê plural como o universo" - Pessoa

                                      De fakto esta história é no mínimo horripilante.... Infelizmente é real.... pensamos k só kabe na tela negra tida komo kaixinha mágika mas afinal koube na tela negra da vida desta rapariga k se viu forçada a fugir de kasa!!!! Parabéns linda pela força e bravura... e sinto mto teres passado por tais agruras... só pelo fakto de seres LGBT!!!! :( :( :(

                                      Bigada Rita e Sara pela partilha deste testemunho k bem nos faz pensar na vida!!!!  :-* :-*
                                        Sacer

                                        Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
                                        #39

                                        Offline cacao

                                        • *****
                                        • Associad@ Honorári@
                                        • Membro Vintage
                                        • Género: Feminino
                                        • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                                          • Mais sobre mim...
                                        Sacer,

                                        A mim faz-me mesmo ficar apreensiva porque sempre pensei que nenhum pai expulsasse um filho por isto... mas às vezes são os nossos mecanismos de defesa que não nos permitem ir mais longe, outras a pura ignorância. No meu caso foi um popuco dos dois! :-\
                                          Another one will bite the dust...

                                          "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                                          "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          121 Respostas
                                          17820 Visualizações
                                          Última mensagem 22 de Setembro de 2015
                                          por Odra
                                          15 Respostas
                                          3772 Visualizações
                                          Última mensagem 22 de Julho de 2012
                                          por ricardocca
                                          43 Respostas
                                          8737 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Agosto de 2011
                                          por kgbatista
                                          89 Respostas
                                          10871 Visualizações
                                          Última mensagem 10 de Junho de 2017
                                          por katniss
                                          11 Respostas
                                          2019 Visualizações
                                          Última mensagem 6 de Outubro de 2010
                                          por Pete