rede ex aequo

Olá Visitante12.dez.2019, 16:17:01

Sondagem

Concordas com outings de figuras públicas?

Sim.
9 (15.3%)
Sim, se publicamente tiverem posições contra os LGBT e seus direitos.
20 (33.9%)
Sim, se, apesar de não serem contra, fingirem explicitamente ser o que não são.
2 (3.4%)
Não, embora tenha dúvidas sobre aqueles que são homo/transfóbicos publicamente.
6 (10.2%)
Não.
16 (27.1%)
Não sei.
6 (10.2%)

Votos totais: 43

Autor Tópico: Outings de figuras públicas: concordas?  (Lida 11351 vezes)

 
Outings de figuras públicas: concordas?
#20

Chaser

  • Visitante
Não concordo com os outings.

Sim, se publicamente tiverem posições contra os LGBT e seus direitos.
Alguém que é LGBT e que assume publicamente posições contra os direitos de todos os LGBT é ser demasiado hipócrita e mau carácter.

Neste caso eu ficaria satisfeito mas continuaria a não concordar com o outing.

A sexualidade é algo privado e só a pessoa é que decide a quem contar. Ser dito por outras pessoas é invasivo, violador, ofensivo, mesquinho e pura e simplesmente ridículo. Mesmo que a pessoa LGBT tivesse posições publicamente contrárias (problema que seria dele ou dela) a pessoa que usaria a sua sexualidade como arma de arremesso seria igualmente hipócrita e mau carácter, para além de fazer jogos baixos.

Mas nesta questão consigo ser, de alguma forma, flexível. Depende de quem detém mais poder sobre a questão e de quem proferiu as piores frases e/ou cometeu as piores atitudes.



O problema não é só dela! Os meus direitos não devem ser postos em causa por ninguém e o que uma figura pública faz quando tem posições contra LGBT é isso mesmo! O comportamento só poderia ser considerado "invasivo, violador, ofensivo, mesquinho e pura e simplesmente ridículo", se eu não tivesse de todo razão nenhuma para o fazer! O que não é o caso. Estou em defesa legitima dos meus direitos! Se ela não se preocupa com os diretos que também deve usufruir isso é problema dela!

Não acho é que se deva generalizar os outings quando estas situações não existem! Como também referi...  :)

    Outings de figuras públicas: concordas?
    #21

    Offline android

    • *****
    • Membro Vintage
    • Género: Masculino
    Concordo que a sexualidade é algo íntimo e privado, e que no contexto da sociedade em que estamos inseridos deve-se ter algum cuidado em levantar informações que possam prejudicar carreiras e vidas. Tudo porque a sociedade parte sempre do principio que seremos todos 100% "hetero" quando provavelmente ninguém o será, ironia das ironias, heh.


    Agora, também é bom colocar algumas verdades na mesa e tentar lutar contra a hipocrisia. Uma medida extrema será desmascarar homofóbicos.

    Outings de figuras públicas: concordas?
    #22

    Offline HLuso

    • *****
    • Membro Elite
    • Género: Masculino
    • Nós somos as palavras que escrevemos....
    Nao concordo minimamente, as pessoas devem sair do armario por iniciativa propria, tudo o resto é violação de privacidade, é absurdo!

    Embora eu lamento, que no caso de Portugal, quase nenhuma figura publica gay se assuma, e lamento porque a visibilidade é sempre muito positiva para a aceitação da nossa orientação sexual, embora lamento esse facto, sou completamente contra outras pessoas, que nao o proprio, o fazerem..


    Acho que esse publicitario é um oportunista barato!

    Execeptuam-se os casos de figuras publicas gays, que para se esconderem no armario, adoptam posições homofobicas, essas nao merecem respeito nenhum, e devem ser mesmo denunciadas!
    « Última modificação: 19 de Setembro de 2007 por HLuso »
      Nascer HOMOSSEXUAL num Pais tão homofobico, foi destino!!!....Alguem ainda ha-de cantar este fado...!!!;)

      Outings de figuras públicas: concordas?
      #23

      Offline Arms

      • *****
      • Membro Vintage
      • Género: Masculino
        • Reflection
      Não concordo com os outings.

      Sim, se publicamente tiverem posições contra os LGBT e seus direitos.
      Alguém que é LGBT e que assume publicamente posições contra os direitos de todos os LGBT é ser demasiado hipócrita e mau carácter.

      Neste caso eu ficaria satisfeito mas continuaria a não concordar com o outing.

      A sexualidade é algo privado e só a pessoa é que decide a quem contar. Ser dito por outras pessoas é invasivo, violador, ofensivo, mesquinho e pura e simplesmente ridículo. Mesmo que a pessoa LGBT tivesse posições publicamente contrárias (problema que seria dele ou dela) a pessoa que usaria a sua sexualidade como arma de arremesso seria igualmente hipócrita e mau carácter, para além de fazer jogos baixos.

      Mas nesta questão consigo ser, de alguma forma, flexível. Depende de quem detém mais poder sobre a questão e de quem proferiu as piores frases e/ou cometeu as piores atitudes.



      O problema não é só dela! Os meus direitos não devem ser postos em causa por ninguém e o que uma figura pública faz quando tem posições contra LGBT é isso mesmo! O comportamento só poderia ser considerado "invasivo, violador, ofensivo, mesquinho e pura e simplesmente ridículo", se eu não tivesse de todo razão nenhuma para o fazer! O que não é o caso. Estou em defesa legitima dos meus direitos! Se ela não se preocupa com os diretos que também deve usufruir isso é problema dela!

      Não acho é que se deva generalizar os outings quando estas situações não existem! Como também referi...  :)

      Tal como disse, para mim depende de quem detém maior poder. No caso de um político LGBT com ideias e propagandas de leis anti-LGBT, diria que um outing iria ser algo de escandalosamente recompensador para mim. Nota que qualquer pessoa tem o direito de ter as ideias que tem (por mais ridículas que possam ser), mas iniciar uma campanha contra algo que ele/ela é, para mim, patético (para não usar termos mais populares). Isto porque um político tem algum poder.
      No entanto, um actor LGBT que recuse um qualquer papel LGBT por qualquer que seja a razão, mesmo que o papel pudesse mover massas e alterar ideais (sejamos um bocado oníricos neste exemplo, porque é raro aparecer um papel que mude mentalidades), o outing desse actor seria algo que eu não concordasse.

      Isto foi apenas para explicar a minha posição quando me refiro ser flexível quanto a esta questão.

      Acrescentando, não concordo com o acto de outing em si porque é uma invasão de privacidade (Direito humano n.º8 ). Mas, se o outing evita que os meus direitos me sejam retirados, que venha o outing. Porque, antes da privacidade, tenho direito à igualdade. Percebes a minha ideia?
      « Última modificação: 20 de Setembro de 2007 por Arms_pt »
        Se dependes unicamente dos outros para seres feliz prepara-te para ficares desiludido.
        Instead of telling people to plan ahead, we should tell them to plan to be surprised.

        Outings de figuras públicas: concordas?
        #24

        Chaser

        • Visitante
        Tal como disse, para mim depende de quem detém maior poder. No caso de um político LGBT com ideias e propagandas de leis anti-LGBT, diria que um outing iria ser algo de escandalosamente recompensador para mim. Nota que qualquer pessoa tem o direito de ter as ideias que tem (por mais ridículas que possam ser), mas iniciar uma campanha contra algo que ele/ela é, para mim, patético (para não usar termos mais populares). Isto porque um político tem algum poder.
        No entanto, um actor LGBT que recuse um qualquer papel LGBT por qualquer que seja a razão, mesmo que o papel pudesse mover massas e alterar ideais (sejamos um bocado oníricos neste exemplo, porque é raro aparecer um papel que mude mentalidades), o outing desse actor seria algo que eu não concordasse.

        Isto foi apenas para explicar a minha posição quando me refiro ser flexível quanto a esta questão.

        Acrescentando, não concordo com o acto de outing em si porque é uma invasão de privacidade (Direito humano n.º8 ). Mas, se o outing evita que os meus direitos me sejam retirados, que venha o outing. Porque, antes da privacidade, tenho direito à igualdade. Percebes a minha ideia?

        Sim, percebo! É também a forma como penso (que talvez não esteja assim muito explícita nos meus posts)! Acho que interpretei erradamente o que escreveste...!  :-[

        Sorry!  :)

          Outings de figuras públicas: concordas?
          #25

          Rogue

          • Visitante
          é relevante??

            Outings de figuras públicas: concordas?
            #26

            Offline Prince Ren

            • *
            • Novo Membro
            • Género: Masculino
            é relevante??

            Em alguns casos, definitivamente (pelo menos nos Estados Unidos). Se não fosse pelos outings de vários familiares de políticos americanos importantes (Alan Keyes, Dick Cheney, Newt Gingrich), o partido Republicano desumanizaria completamente a população LGBT.
              "Because no battle is ever won he said. They are not even fought. The field only reveals to man his own folly and despair, and victory is an illusion of philosophers and fools." (Faulkner)

              Outings de figuras públicas: concordas?
              #27

              Offline Coubert

              • *****
              • Membro Elite
              • Género: Feminino
              se eles acharem bem, não vejo porque não.
              é a vida pessoal deles, por isso... eles lá sabem.
                "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

                Outings de figuras públicas: concordas?
                #28

                Offline barthez

                • *****
                • Associad@ Honorári@
                • Membro Vintage
                • Género: Feminino
                • k os números nunca te façam eskecer as pessoas
                se eles acharem bem, não vejo porque não.
                é a vida pessoal deles, por isso... eles lá sabem.

                acho q n percebeste bem a pergunta/tema do tópico :) outings é referente a coming outs feitos por terceiros, supostamente sem autorização do próprio ;) como podes ver neste post explicativo da blue :


                Foi criado tópico próprio e votação própria para este assunto. Outing quer dizer fazer o coming out de terceiros. Participem! :)
                  "people should be allowed to fall in love with whoever they want! I mean... otherwise what's the point of living?!" once and again

                  Outings de figuras públicas: concordas?
                  #29

                  Offline risingstranger

                  • *****
                  • Membro Ultra
                  • Género: Feminino
                  é uma questao complicada...

                  sinceramente sou contra alguem fazer o outing

                  no entanto ha situaçoes em que é uma moeda de troca inegavel...
                   
                  no caso de serem politicos etc confesso que a situaçao (nao sei nomes) mas sei k akonteceu na inglaterra, em que alguem fez uma lista de politicos que estavam a... impedir que novas leis fossem feitas para o casamento homossexual etc... entao nesse caso...confesso que achei brilhante... até pk me parece que os nomes nao chegaram a ser revelados e os ditos politicos retiraram as suas posiçoes anteriores...

                  mas nao acho bom de maneira nenhuma que se façam esses outings acho que cada um deve evoluir e fazer o seu proprio outing

                  por outro lado... se essa pessoa faz tudo para nos limitar cada vez mais no caso de politicos etc...

                  enfim... é complicado
                    people don't have to be the same. there is grey and yellow ...and red. there is blue and green. and then there is me  :)

                    Outings de figuras públicas: concordas?
                    #30

                    Offline Scorpio_Angel

                    • *****
                    • Membro Vintage
                    • Género: Feminino
                    • I faced it all and I stood tall; And did it My Way
                      • My Way

                    Comentário homofóbico de jornalista


                    "Num programa matinal de um canal de tv o jornalista Batista Bastos afirmou que ainda era do "tempo em que os homens gostavam de mulheres" como se isso, só por si, fosse algo de transcendente .
                    Claro que não é crime gostar de mulheres - como o não é gostar de homens - mas essa frase dita desta maneira adquire uma conotação negativa para qualquer gay sendo mesmo homofóbica e revelando uma pretenção de superioridade .

                    Como gostavam tanto de mulheres até nem as deixavam entrar nas Redacções dos jornais como tão bem lembrou o mesmo jornalista nesse mesmo programa . Assim compreendo melhor porque "Portugal era tão atrasado" afirmação também de Batista Bastos . O que ainda mais estranho é que sentado mesmo ao lado de BB se encontrava um apresentador que deve ter ficado com as orelhas a arder mas nem esboçou uma simples opinião, como muitas vezes faz, limitando-se a expressar um sorriso amarelo."


                      ~ Journey Towards Angel Wings ~

                      "People should be allowed to fall in love with whoever they want. I mean, otherwise what's the point of living?..." - O&A

                      "A vontade, se não quer, não cede; é como a chama ardente, que se eleva com mais força quanto mais se tenta abafá-la." - Dante Alighieri

                      Outings de figuras públicas: concordas?
                      #31

                      Offline Symphonic

                      • *****
                      • Orador(a)
                      • Membro Elite
                      • Género: Masculino
                      • "Does your mother know that you're out?"
                        • Facebook
                      A JK Rowling fez o outing do Dumbledore  :o lol

                        Outings de figuras públicas: concordas?
                        #32

                        Offline Filipe V.

                        • *****
                        • Membro Ultra
                        • Género: Masculino
                        • "I am right here... SKEITH!" — Haseo —
                          • SIN
                        A JK Rowling fez o outing do Dumbledore  :o lol

                        Esse não é uma figura pública, é a personagem de um livro.

                        Mas se vamos por esse prisma, não concordo que ela o fizesse enquanto J.K. Rowling mas sim escrevendo enquanto Dumbledore.  ;)


                          SIN - Visitem o Blog! :D

                          "Epitaph of Twilight, I see you've reached it as well."
                          — Helba —

                          Outings de figuras públicas: concordas?
                          #33

                          Offline Symphonic

                          • *****
                          • Orador(a)
                          • Membro Elite
                          • Género: Masculino
                          • "Does your mother know that you're out?"
                            • Facebook
                          A JK Rowling fez o outing do Dumbledore  :o lol

                          Esse não é uma figura pública, é a personagem de um livro.

                          Mas se vamos por esse prisma, não concordo que ela o fizesse enquanto J.K. Rowling mas sim escrevendo enquanto Dumbledore.  ;)


                          eu sei que não, tava a brincar lol :P

                          spoiler do 6º livro
                          Spoiler (clica para mostrar/esconder)

                            Outings de figuras públicas: concordas?
                            #34

                            Offline risingstranger

                            • *****
                            • Membro Ultra
                            • Género: Feminino
                            ui! e o dumbledor era gay? :|
                              people don't have to be the same. there is grey and yellow ...and red. there is blue and green. and then there is me  :)

                              Outings de figuras públicas: concordas?
                              #35

                              Offline Topolino

                              • *****
                              • Membro Elite
                              • Género: Masculino
                              • Knowledge is the antidote to fear. Ralph Emerson
                                • rede ex aequo
                              O meu primeiro coming out a uma pessoa foi o que levou ao outing feito por essa pessoa no dia seguinte aos meus colegas de curso, cerca de 60, mais professores e outros de outros cursos. >:(
                                Combater a desinformação é conquistar a liberdade.

                                Outings de figuras públicas: concordas?
                                #36

                                Offline Symphonic

                                • *****
                                • Orador(a)
                                • Membro Elite
                                • Género: Masculino
                                • "Does your mother know that you're out?"
                                  • Facebook
                                ui! e o dumbledor era gay? :|

                                a autora disse que sim, perante uma multidão de admiradores no Carnegie Hall de Nova Iorque :P :D

                                  Outings de figuras públicas: concordas?
                                  #37

                                  Offline risingstranger

                                  • *****
                                  • Membro Ultra
                                  • Género: Feminino
                                  ui! e o dumbledor era gay? :|

                                  a autora disse que sim, perante uma multidão de admiradores no Carnegie Hall de Nova Iorque :P :D

                                  hehe ñao sabia. eu gosto disso  ;D
                                    people don't have to be the same. there is grey and yellow ...and red. there is blue and green. and then there is me  :)

                                    Outings de figuras públicas: concordas?
                                    #38

                                    Fetch!

                                    • Visitante
                                    Artigo sobre um polémico documentário que aborda figuras públicas, neste caso ligadas à política, que se opõem a quaisquer avanços em matérias de direitos LGBT, apesar de estarem dentro do armário. Vai ainda mais longe ao fazer o outing de vários políticos republicanos, até aí insuspeitos. Mesmo o realizador e produtor do filme mantêm diferentes opiniões relativamente à legitimidade da táctica de exposição destas figuras públicas.

                                    'Outrage': Out of the closet and on DVD

                                    By Jen Chaney
                                    Washington Post Staff Writer
                                    Tuesday, January 19, 2010; 12:00 AM


                                    "There exists a brilliantly orchestrated conspiracy to keep gay and lesbian politicians as closeted as possible."

                                    That bold proclamation flashes onscreen a few minutes into "Outrage," a documentary that shines a light on elected officials whose policy decisions run contrary to the sexual orientations they allegedly keep shrouded in secrecy. The film, which arrives today on DVD ($26.98), may not prove that a massive plot is keeping members of Congress from coming out, but it does reveal the hypocrisy of politicians who, perhaps because of their own personal struggles, consistently vote against issues that would benefit the gay and lesbian community. Anyone with an interest in those issues, or even politics more generally, should see "Outrage," a provocative, often persuasive documentary that will likely find a wider audience on DVD than it did when it played in a handful of arthouse theaters last summer.

                                    Kirby Dick, the filmmaker who dissected the absurdities of the Motion Picture Association's ratings system in "This Film is Not Yet Rated," isn't shy about naming names here. Some notable legislators -- all of them male Republicans, several of whom still serve in prominent positions -- are essentially outed in "Outrage." To some that might seem like a blatant invasion of privacy. But Dick, as well as many of the activists and political players he talks to during the film's extensive interviews, argues that a light has to be shined on these individuals because they have chosen to become public figures, figures who make choices -- from voting against gay marriage to failing to properly address the AIDS crisis -- that have significant repercussions for their constituents. As Rodger McFarlane, the former director of the non-profit Gay Men's Health Crisis, somewhat severely puts it: "That closet can kill people." (Post editorial policy only allows self-declared homosexuals to be identified in stories like this one. So readers will have to go to the DVD or do some Internet research to figure out exactly which politicians Kirby and co. single out.)

                                    Whether you agree with this movie's message or its tactics, there is no question that all 86 minutes of "Outrage's" running time make for compelling viewing and will likely spark heated debate afterward. Heck, debate may even be sparked during the film, as it is between Dick and producer Amy Ziering during the DVD's informative commentary track. Their opinions diverge slightly on the issue of when it's appropriate to reveal someone else's sexuality, with Ziering expressing some lingering discomfort with the process of outing others as Dick taking a more detached, journalistic stance. "If there's a relationship between their psychology and the denial of civil rights, that's a legitimate thing to report on," he contends. Viewers may or may not agree, but they'll certainly be engaged by the conversation.

                                    That audio commentary is one of several extras included on the disc, which also comes with a pair of Q&As -- one filmed at the Tribeca Film Festival, and another that followed an "Outrage" screening here in Washington -- as well as a trio of deleted scenes and a tribute to the aforementioned McFarlane, who committed suicide last year after a struggle with heart and back problems.

                                    The deleted scenes, two of which focus on well-known, relentlessly aggressive D.C. blogger Mike Rogers, are the most worthwhile special features in the group. One catches Rogers as he confronts Sen. Chris Dodd at the 2008 YearlyKos Convention and demands that the senator introduce a bill to repeal the military's "Don't Ask, Don't Tell" policy. (Depending on your perspective, Rogers -- whose request is met with polite indecisiveness by Dodd -- will come across in these scenes as admirably tenacious or annoyingly reactionary.) Another excised sequence adds much-needed humor to the proceedings by asking interview subjects whether Democrats or Republicans make better sexual partners. ("My sense is that Republicans are way kinkier because repression can lead to better sex," offers author and blogger Andrew Sullivan.)

                                    Make that saucy partisan issue yet another item on the list of things you plan to discuss with your spouse or partner after watching "Outrage," a film sure to get people talking in ways gossipy, potentially polarizing and, hopefully, productive.

                                    http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2010/01/18/AR2010011802482.html
                                    « Última modificação: 20 de Janeiro de 2010 por Fetch! »

                                      Outings de figuras públicas: concordas?
                                      #39

                                      Qlark

                                      • Visitante
                                      Este é um tema que me divide. Por um lado, eu sou contra, porque acredito que a privacidade de cada um deve ser respeitada. Mas se uma figura pública, que é gay, faz comentários homofóbicos e é colaborador de leis que limitam os direitos de membros da comunidade LGBT, entâo eu acredito que ele deve ser "outed".

                                         

                                        Tópicos relacionados

                                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                        2012 Respostas
                                        394834 Visualizações
                                        Última mensagem 8 de Setembro de 2014
                                        por PattyValente
                                        288 Respostas
                                        68773 Visualizações
                                        Última mensagem 13 de Abril de 2016
                                        por carolinalg
                                        421 Respostas
                                        100146 Visualizações
                                        Última mensagem 2 de Dezembro de 2013
                                        por dclb
                                        737 Respostas
                                        146119 Visualizações
                                        Última mensagem 7 de Maio de 2013
                                        por drecas
                                        11 Respostas
                                        7367 Visualizações
                                        Última mensagem 12 de Dezembro de 2009
                                        por Kiko20