rede ex aequo

Olá Visitante26.out.2020, 21:59:27

Autor Tópico: Actualidade Política  (Lida 36458 vezes)

 
Esquerda Vs direita. Que opção?
#20

Offline Gharam

  • *****
  • Membro Elite
  • Género: Feminino
  • Closets are for clothes.
    • A minha página no Deviantart
Mas então e se uma pessoa, tendo um cargo já com alguma influência e que não concordasse com determinada teoria partidária, deveria fazer alguma coisa para tentar mudá-la, ou simplesmente cruzaria os braços visto que se é do partido então tem-se de ou engolir ou ignorar?
as pessoas que tem cargos importantes dentro do partido, concordam com as ideologias do partido! Com a grande parte dela. Gharam, não se mudam as ideais de um partido, só porque um membro não concorda. Os ideias são ideias fixas, coisas bases que não se alteram assim tão facilmente. o que se pode alterar são as propostas que podem advir desses ideais!  ;)


Pois, tens razão...


Bem, depois desta discussão toda, considero-me apartidária.  :P
    "Quem nos deu asas para andar de rastos? Quem nos deu olhos para ver os astros - Sem nos dar braços para os alcançar?!... " - Florbela Espanca

    "Gostaria muito de quebrar certas ideias à martelada. Infelizmente nenhuma das ideias que me incomodam foi moldada em cerâmica"

    (\ /)
    ( . .) c(")(")

    Esquerda Vs direita. Que opção?
    #21

    Offline bluejazz

    • *****
    • Associad@ Honorári@
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
      • Homofobia
    Mas então e se uma pessoa, tendo um cargo já com alguma influência e que não concordasse com determinada teoria partidária, deveria fazer alguma coisa para tentar mudá-la, ou simplesmente cruzaria os braços visto que se é do partido então tem-se de ou engolir ou ignorar?

    As coisas são geralmente um pouco como a Joanne disse, acho, mas se a divergência é muito grande acho natural que tente mudar ou saia do partido, se realmente a maioria no partido não for nesse sentido de mudança. Não tinha imaginado que estarias a pensar em casos extremos como este. De qualquer modo, há muita gente apartidária ou que pelo menos prefere ser "independente". :)
      "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

      Esquerda Vs direita. Que opção?
      #22

      Offline Coubert

      • *****
      • Membro Elite
      • Género: Feminino
      Mas então e se uma pessoa, tendo um cargo já com alguma influência e que não concordasse com determinada teoria partidária, deveria fazer alguma coisa para tentar mudá-la, ou simplesmente cruzaria os braços visto que se é do partido então tem-se de ou engolir ou ignorar?
      as pessoas que tem cargos importantes dentro do partido, concordam com as ideologias do partido! Com a grande parte dela. Gharam, não se mudam as ideais de um partido, só porque um membro não concorda. Os ideias são ideias fixas, coisas bases que não se alteram assim tão facilmente. o que se pode alterar são as propostas que podem advir desses ideais!  ;)


      Pois, tens razão...


      Bem, depois desta discussão toda, considero-me apartidária.  :P
      algo que eu sempre achei que fosses!  ;)
        "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

        Esquerda Vs direita. Que opção?
        #23

        Offline Gharam

        • *****
        • Membro Elite
        • Género: Feminino
        • Closets are for clothes.
          • A minha página no Deviantart
        Mas então e se uma pessoa, tendo um cargo já com alguma influência e que não concordasse com determinada teoria partidária, deveria fazer alguma coisa para tentar mudá-la, ou simplesmente cruzaria os braços visto que se é do partido então tem-se de ou engolir ou ignorar?
        as pessoas que tem cargos importantes dentro do partido, concordam com as ideologias do partido! Com a grande parte dela. Gharam, não se mudam as ideais de um partido, só porque um membro não concorda. Os ideias são ideias fixas, coisas bases que não se alteram assim tão facilmente. o que se pode alterar são as propostas que podem advir desses ideais!  ;)


        Pois, tens razão...


        Bem, depois desta discussão toda, considero-me apartidária.  :P
        algo que eu sempre achei que fosses!  ;)

        Sim, é bastante óbvio  lol
          "Quem nos deu asas para andar de rastos? Quem nos deu olhos para ver os astros - Sem nos dar braços para os alcançar?!... " - Florbela Espanca

          "Gostaria muito de quebrar certas ideias à martelada. Infelizmente nenhuma das ideias que me incomodam foi moldada em cerâmica"

          (\ /)
          ( . .) c(")(")

          Esquerda Vs direita. Que opção?
          #24

          Offline Coubert

          • *****
          • Membro Elite
          • Género: Feminino
          As coisas são geralmente um pouco como a Joanne disse, acho, mas se a divergência é muito grande acho natural que tente mudar ou saia do partido, se realmente a maioria no partido não for nesse sentido de mudança. Não tinha imaginado que estarias a pensar em casos extremos como este. De qualquer modo, há muita gente apartidária ou que pelo menos prefere ser "independente". :)
          e há gente "independente" dentro dos próprios partidos, o que eu acho bastante interessante!  :)
            "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

            Esquerda Vs direita. Que opção?
            #25

            Offline Thumbnail

            • *****
            • Membro Vintage
            • Género: Masculino
            • Ecce Somnium!
              • Bravis esse laboro, obscuro fio
            Há toda uma ralidade histórica que nos moldou. Constituições várias se tentam fazer notar por algumas diferenças, mas a verdade é que o ritmo é pouco. Sou apologista, sim, (e por isso te entendo muito bem) que há imenso para fazer para colocar os ditos partidos ao ritmo da actualidade, sem repetir erros do passado, para sublinhar devidamente o presente e para garantir um melhor futuro. Temos uma Constituição desde 76, não se deveria ter isso em conta e tratar de fazer um 'brainwash' a todo este sector, o que inclui claro toda a realidade LGBT?

            Porém, Gharam, temos duas coisas:
            1º o ser humano é todo ele diferente e por isso por mais partidos que haja há sempre algo que não parece tão bem ou com que eventualmente se discorda. Sou, como já disse, muito ao centro porque ambos me fazem sentir agradado e reticente e defendo que se devia aprender com cada um e apoiar-se mutuamente, mas a febre política tem barbas e por isso será praticamente impossível.
            2º como já se disse, há sempre muito que se distingue num dos lados, parte de ti saber o quê, porquê e para quê. Tu és uma pessoa não és um partido, mas estando lá dentro és um membro logo poderás intervir contra o que discordas, bem como ir ao encontro do que concordas. A ideia é definires bases em ti primeiro, o resto virá depois. Até porque perceberás tudo muito melhor quando souberes o que está por detrás de tudo isto (ou pelo - quando estiveres a par do que realmente importa definir).

            ;)
            « Última modificação: 18 de Maio de 2007 por Miau_Elfico »
              Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

              Esquerda Vs direita. Que opção?
              #26

              Offline Gharam

              • *****
              • Membro Elite
              • Género: Feminino
              • Closets are for clothes.
                • A minha página no Deviantart
              Há toda uma ralidade histórica que nos moldou. Constituições várias se tentam fazer notar por algumas diferenças, mas a verdade é que o ritmo é pouco. Sou apologista, sim, (e por isso te entendo muito bem) que há imenso para fazer para colocar os ditos partidos ao ritmo da actualidade, sem repetir erros do passado, para sublinhar devidamente o presente e para garantir um melhor futuro. Temos uma Constituição desde 76, não se deveria ter isso em conta e tratar de fazer um 'brainwash' a todo este sector, o que inclui claro toda a realidade LGBT?

              Porém, Gharam, temos duas coisas:
              1º o ser humano é todo ele diferente e por isso por mais partidos que haja há sempre algo que não parece tão bem ou com que eventualmente se discorda. Sou, como já disse, muito ao centro porque ambos me fazem sentir agradado e reticente e defendo que se devia aprender com cada um e apoiar-se mutuamente, mas a febre política tem barbas e por isso será praticamente impossível.
              2º como já se disse, há sempre muito que se distingue num dos lados, parte de ti saber o quê, porquê e para quê. Tu és uma pessoa não és um partido, mas estando lá dentro és um membro logo poderás intervir contra o que discordas, bem como ir ao encontro do que concordas. A ideia é definires bases em ti primeiro, o resto virá depois. Até porque perceberás tudo muito melhor quando souberes o que está por detrás de tudo isto (ou pelo - quando estiveres a par do que realmente importa definir).

              ;)

              Concordo com tudo o que tu disseste  :)   Principalmente com a parte de que se devia aprender com cada um e apoiar-se mutuamente.

              Acho que as pessoas agora estão já tão cegas com as "cores" que já nem olham para as ideologias de cada um e que há coisas boas em cada partido que se podiam aproveitar.
                "Quem nos deu asas para andar de rastos? Quem nos deu olhos para ver os astros - Sem nos dar braços para os alcançar?!... " - Florbela Espanca

                "Gostaria muito de quebrar certas ideias à martelada. Infelizmente nenhuma das ideias que me incomodam foi moldada em cerâmica"

                (\ /)
                ( . .) c(")(")

                Esquerda Vs direita. Que opção?
                #27

                Offline Thumbnail

                • *****
                • Membro Vintage
                • Género: Masculino
                • Ecce Somnium!
                  • Bravis esse laboro, obscuro fio
                Há toda uma ralidade histórica que nos moldou. Constituições várias se tentam fazer notar por algumas diferenças, mas a verdade é que o ritmo é pouco. Sou apologista, sim, (e por isso te entendo muito bem) que há imenso para fazer para colocar os ditos partidos ao ritmo da actualidade, sem repetir erros do passado, para sublinhar devidamente o presente e para garantir um melhor futuro. Temos uma Constituição desde 76, não se deveria ter isso em conta e tratar de fazer um 'brainwash' a todo este sector, o que inclui claro toda a realidade LGBT?

                Porém, Gharam, temos duas coisas:
                1º o ser humano é todo ele diferente e por isso por mais partidos que haja há sempre algo que não parece tão bem ou com que eventualmente se discorda. Sou, como já disse, muito ao centro porque ambos me fazem sentir agradado e reticente e defendo que se devia aprender com cada um e apoiar-se mutuamente, mas a febre política tem barbas e por isso será praticamente impossível.
                2º como já se disse, há sempre muito que se distingue num dos lados, parte de ti saber o quê, porquê e para quê. Tu és uma pessoa não és um partido, mas estando lá dentro és um membro logo poderás intervir contra o que discordas, bem como ir ao encontro do que concordas. A ideia é definires bases em ti primeiro, o resto virá depois. Até porque perceberás tudo muito melhor quando souberes o que está por detrás de tudo isto (ou pelo - quando estiveres a par do que realmente importa definir).

                ;)

                Concordo com tudo o que tu disseste  :)   Principalmente com a parte de que se devia aprender com cada um e apoiar-se mutuamente.

                Acho que as pessoas agora estão já tão cegas com as "cores" que já nem olham para as ideologias de cada um e que há coisas boas em cada partido que se podiam aproveitar.

                Pior são os ditos populares (errados, claro) que se geraram. Eu não tenho problema nenhum em falar bem dos aspectos que realmente sobressaem de Salazar, por exemplo. Ou de dizer que a segurança defendida pela direita é importantíssima. Mas quantos assim agem? Quantos não foram consumidos pela utopia bárbara do 25 de Abril? Liberdade!? Liberdade!? Eu grito pela responsabilidade. Sem ela não há liberdade para ninguém. (Nota: eu não sou contra o 25 de Abril, mas não lhe dou todo o alarido que lhe dão por tudo o que está por trás, deitado na penumbra a que ninguém liga... É um dia a que devemos muito, mas que, unica e exclusivamente por nossa culpa, não foi o que toda a gente diz que foi!). Isto para dizer que é por posições de pessoas que não ligam o mínimo à politica e que votam só porque sim ou até que não votam porque nem sabem o que isso é e por abordagens erradas de factos e conclusoes estranhamente tomadas por un  e por outros que estamos como estamos. Aquilo é pior que a casa da 'Ti' Joana'! (E as Joanas que me perdoem) 
                  Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

                  Esquerda Vs direita. Que opção?
                  #28

                  Offline Coubert

                  • *****
                  • Membro Elite
                  • Género: Feminino
                  Acho que as pessoas agora estão já tão cegas com as "cores" que já nem olham para as ideologias de cada um e que há coisas boas em cada partido que se podiam aproveitar.
                  claro que não concordo com aquilo que disseste! e torno a repetir, as ideologias não se mudam "só porque há coisas de cada partido que se podem aproveitar". se não, para quê haver partidos?! para quê haver assembleia?! juntava-se tudo num só. coisa que jamais e, ainda bem, vai acontecer!
                    "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

                    Esquerda Vs direita. Que opção?
                    #29

                    Offline Gharam

                    • *****
                    • Membro Elite
                    • Género: Feminino
                    • Closets are for clothes.
                      • A minha página no Deviantart
                    se não, para quê haver partidos?! juntava-se tudo num só.


                    E porque não?





                    Bem, eu sei que não é practicável. Eu não estou a falar de mudar ideologias de partidos, só estou a dizer que ao agruparmos as coisas e enrijecermos cada posição perde-se a moldabilidade de ideias, chegando a tornarem-se impermeavéis a mudanças que poderiam ser benéficas.



                    Miau, o pior é que no 25 de Abril, uns aproveitaram-se daquilo para encher os próprios bolsos e os dos amigos. Outros não sabiam o que liberdade era e esparvoaram completamente. Outros pensaram: "eh pá, tenho liberdade, vou-me marimbar para aquilo, tenho mais que fazer".
                      "Quem nos deu asas para andar de rastos? Quem nos deu olhos para ver os astros - Sem nos dar braços para os alcançar?!... " - Florbela Espanca

                      "Gostaria muito de quebrar certas ideias à martelada. Infelizmente nenhuma das ideias que me incomodam foi moldada em cerâmica"

                      (\ /)
                      ( . .) c(")(")

                      Esquerda Vs direita. Que opção?
                      #30

                      Offline Coubert

                      • *****
                      • Membro Elite
                      • Género: Feminino
                      E porque não?
                      Porque não fazia sentido rigorosamente nenhum. tal como tu dizes não é praticável. para além de praticável é impensável. não fazia sentido rigorosamente nenhum. deixava de fazer sentido haver uma Assembleia, que tanto caracteriza o nosso pais. tem de haver partidos, discussão de ideias e possibilidade de escolha.

                      O tipo de mudanças que tu falas, são mudanças ideológicas. os partidos podem mudar no desenvolvimento das suas bases, mas não nas bases. se tu estivesses a par dos acontecimentos políticos que vão surgindo irias verificar que há propostas que são alteradas, que há propostas que são reforçadas, que há propostas que são retiradas, mas sempre tendo como base as ideologias do partido que o caracteriza.

                      Miau, o pior é que no 25 de Abril, uns aproveitaram-se daquilo para encher os próprios bolsos e os dos amigos. Outros não sabiam o que liberdade era e esparvoaram completamente. Outros pensaram: "eh pá, tenho liberdade, vou-me marimbar para aquilo, tenho mais que fazer".
                      sem qualquer tipo de comentários!
                      « Última modificação: 19 de Maio de 2007 por Mademoiselle Joanne »
                        "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

                        Esquerda Vs direita. Que opção?
                        #31

                        Offline Thumbnail

                        • *****
                        • Membro Vintage
                        • Género: Masculino
                        • Ecce Somnium!
                          • Bravis esse laboro, obscuro fio
                        Miau, o pior é que no 25 de Abril, uns aproveitaram-se daquilo para encher os próprios bolsos e os dos amigos. Outros não sabiam o que liberdade era e esparvoaram completamente. Outros pensaram: "eh pá, tenho liberdade, vou-me marimbar para aquilo, tenho mais que fazer".

                        Acho que era um pouco mais que isso :)
                        Mas estamos todos num bruto off-topic já. Se bem que sem 25 de Abril as pessoas LGBT talvez estivessem na mesma (se não pior) que o registado de Abril de 74.
                          Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

                          Esquerda Vs direita. Que opção?
                          #32

                          Offline Lara_

                          • ***
                          • Membro Total
                          • Género: Feminino
                          Em resumo, acho que não sabemos lidar com a mudança, menos aínda quando esta é para pior como é o caso dos tempos que correm... procuramos bodes espiatórios para tudo , somos uma casa onde não há pão , onde todos ralham e ninguém tem razão. A política deprime-me cada vez mais.


                            Esquerda Vs direita. Que opção?
                            #33

                            larry

                            • Visitante
                            se não, para quê haver partidos?! juntava-se tudo num só.


                            E porque não?





                            Bem, eu sei que não é praticável. Eu não estou a falar de mudar ideologias de partidos, só estou a dizer que ao agruparmos as coisas e enrijecermos cada posição perde-se a moldabilidade de ideias, chegando a tornarem-se impermeavéis a mudanças que poderiam ser benéficas.

                            Discordo. As meias-tintas que caracterizam os partidos políticos desde há umas décadas atrás só produziram equívocos, indecisões, falhas, dois passos à frente e três atrás, enfim - todas as metáforas que descrevam cabalmente nuvens políticas quase com a mesma consistência e fiabilidade do que as verdadeiras lá em cima.  ;D Sarkozy, Zapatero, etc. - são os primeiros que foram eleitos pelas suas ideias marcadas, firmes num espectro político bem definido, num mundo onde cada vez mais é necessário tomar-se uma posição firme ao invés do descomprometimento político, típico de quem não quer - nem precisa - por em risco o bem-estar adquirido so far. Mas enfi, o diálogo, o debate e a total ausência de fundamentalismos idiotas são naturalmente necessários.  ;D

                            Responder
                            Outros pensaram: "eh pá, tenho liberdade, vou-me marimbar para aquilo, tenho mais que fazer".

                            Estão no seu direito, Gharam   ;D Se eu quiser pensar só em mim e estar a marimbar-me como raio os meus semelhantes procedem, posso fazê-lo - desde que não interfiram com as minhas liberdades à parva. Desde que não me aborreçam, no fundo  ;D. É um dos pilares de uma coisa chamada conservadorismo. ;)

                              Esquerda Vs direita. Que opção?
                              #34

                              Offline Thumbnail

                              • *****
                              • Membro Vintage
                              • Género: Masculino
                              • Ecce Somnium!
                                • Bravis esse laboro, obscuro fio
                              Estão no seu direito, Gharam   ;D Se eu quiser pensar só em mim e estar a marimbar-me como raio os meus semelhantes procedem, posso fazê-lo - desde que não interfiram com as minhas liberdades à parva. Desde que não me aborreçam, no fundo  ;D. É um dos pilares de uma coisa chamada conservadorismo. ;)

                              E tu interferires com as dos outros, não? Marimbarmo-nos não ajuda nem a nossa nem a liberdade dos outros. Nós não somos livres de fazer o que queremos, somos livres de querer ser assim ou assado de nós par nós, mas uma barreira que nos separa do mundo. esse é o nosso limite. É por essas e por outras que isto está como está (tanto em Portugal como fora dele!)...
                                Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

                                Esquerda Vs direita. Que opção?
                                #35

                                Offline Coubert

                                • *****
                                • Membro Elite
                                • Género: Feminino
                                Estão no seu direito, Gharam   ;D Se eu quiser pensar só em mim e estar a marimbar-me como raio os meus semelhantes procedem, posso fazê-lo - desde que não interfiram com as minhas liberdades à parva. Desde que não me aborreçam, no fundo  ;D. É um dos pilares de uma coisa chamada conservadorismo. ;)

                                E tu interferires com as dos outros, não? Marimbarmo-nos não ajuda nem a nossa nem a liberdade dos outros. Nós não somos livres de fazer o que queremos, somos livres de querer ser assim ou assado de nós par nós, mas uma barreira que nos separa do mundo. esse é o nosso limite. É por essas e por outras que isto está como está (tanto em Portugal como fora dele!)...
                                até podes ter razão naquilo que dizes, mas aquilo que a Gharam disse também não acho que esteja correcto. muito menos, no contexto em que o disse! "a minha liberdade termina onde a dos outros começa" e mais não digo. lol de qualquer modo, depende das epocas e da posição como ves as coisas!
                                  "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

                                  Esquerda Vs direita. Que opção?
                                  #36

                                  Offline Gharam

                                  • *****
                                  • Membro Elite
                                  • Género: Feminino
                                  • Closets are for clothes.
                                    • A minha página no Deviantart
                                  Estão no seu direito, Gharam   ;D Se eu quiser pensar só em mim e estar a marimbar-me como raio os meus semelhantes procedem, posso fazê-lo - desde que não interfiram com as minhas liberdades à parva. Desde que não me aborreçam, no fundo  ;D. É um dos pilares de uma coisa chamada conservadorismo. ;)

                                  E tu interferires com as dos outros, não? Marimbarmo-nos não ajuda nem a nossa nem a liberdade dos outros. Nós não somos livres de fazer o que queremos, somos livres de querer ser assim ou assado de nós par nós, mas uma barreira que nos separa do mundo. esse é o nosso limite. É por essas e por outras que isto está como está (tanto em Portugal como fora dele!)...
                                  até podes ter razão naquilo que dizes, mas aquilo que a Gharam disse também não acho que esteja correcto. muito menos, no contexto em que o disse! "a minha liberdade termina onde a dos outros começa" e mais não digo. lol de qualquer modo, depende das epocas e da posição como ves as coisas!


                                  Mas eu não concordo com o que disse, eu só estava a enunciar uma das posições tomadas pelas pessoas. E no contexto, até que está certo, visto que se verifica com muita boa gente.
                                    "Quem nos deu asas para andar de rastos? Quem nos deu olhos para ver os astros - Sem nos dar braços para os alcançar?!... " - Florbela Espanca

                                    "Gostaria muito de quebrar certas ideias à martelada. Infelizmente nenhuma das ideias que me incomodam foi moldada em cerâmica"

                                    (\ /)
                                    ( . .) c(")(")

                                    Esquerda Vs direita. Que opção?
                                    #37

                                    Offline Coubert

                                    • *****
                                    • Membro Elite
                                    • Género: Feminino
                                    Mas eu não concordo com o que disse, eu só estava a enunciar uma das posições tomadas pelas pessoas. E no contexto, até que está certo, visto que se verifica com muita boa gente.
                                    uhm... só não acho que tenha sido assim tão trivial quanto isso.
                                      "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

                                      Esquerda Vs direita. Que opção?
                                      #38

                                      Offline mmike

                                      • ****
                                      • Membro Sénior
                                      • Género: Masculino
                                        • Neo-Relapsias
                                      Tudo isto é muito artificial: o que é direita, o que é esquerda? São noções que variam geograficamente e temporalmente!

                                      Por exemplo, agora temos um governo dito de esquerda que para mim está situado muito à direita.
                                      Eu considero-me liberal, tanto em termos sociais como em termos económicos. Mas considero que não podem ser as leis do mercado, ou as leis do mais forte, a decidir tudo. Tem de haver regulação de modo a não deixar ficar ninguém para trás. Só que a regulação não pode estrangular o crescimento.
                                        What's this? What's this?
                                        There's color everywhere!
                                        http://www.relapsias.blogspot.com

                                        Esquerda Vs direita. Que opção?
                                        #39

                                        Offline Thumbnail

                                        • *****
                                        • Membro Vintage
                                        • Género: Masculino
                                        • Ecce Somnium!
                                          • Bravis esse laboro, obscuro fio
                                        Tudo isto é muito artificial: o que é direita, o que é esquerda? São noções que variam geograficamente e temporalmente!

                                        Por exemplo, agora temos um governo dito de esquerda que para mim está situado muito à direita.
                                        Eu considero-me liberal, tanto em termos sociais como em termos económicos. Mas considero que não podem ser as leis do mercado, ou as leis do mais forte, a decidir tudo. Tem de haver regulação de modo a não deixar ficar ninguém para trás. Só que a regulação não pode estrangular o crescimento.

                                        O problema é que os próprias 'cabeças' não vêem isso. E nós que o dígamos...
                                          Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          Braga e a Política

                                          Iniciado por T160 « 1 2 3 » Braga

                                          52 Respostas
                                          16369 Visualizações
                                          Última mensagem 4 de Fevereiro de 2011
                                          por corema
                                          7 Respostas
                                          2438 Visualizações
                                          Última mensagem 11 de Fevereiro de 2012
                                          por SimpleMind
                                          8 Respostas
                                          2008 Visualizações
                                          Última mensagem 30 de Maio de 2011
                                          por James07
                                          0 Respostas
                                          501 Visualizações
                                          Última mensagem 22 de Julho de 2019
                                          por viernev