rede ex aequo

Olá Visitante05.dez.2020, 18:19:31

Autor Tópico: Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.  (Lida 18675 vezes)

 
Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
#0

Offline Thumbnail

  • *****
  • Membro Vintage
  • Género: Masculino
  • Ecce Somnium!
    • Bravis esse laboro, obscuro fio
Boas,

Inicio este tópico em sequência de um outro também presente neste sub-fórum cujo título é 'consequências de ter um filho homosexual' uma vez achar importantíssimo focar esta área no fórum.

Os transsexuais são a minoria das minorias neste nosso grupo e a atenção que lhes é dada, não tanto enquanto pessoas mas sobretudo enquanto portadores dessa disforia e de tudo o que isso implica, é de facto muito reduzida. Temos já alguns tópicos dedicados a esta temática, mas a verdade é que em termos de integração social e de trabalho da mesma ainda há muito para fazer e portanto aqui fica uma página aberta exclusivamente para partilhar medos e noções, sufocps e ambições relativamente a estas pessoas.

Será de fácil integração? O que se pode fazer para melhorar? Quais os pedidos às famílias? Quais os medos das famílias? Isto também para os amigos e para a sociedade. Enfim, no fundo, qual a consequência de se ter/ser transsexual?

Bons posts,
Miau_Elfico
    Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

    Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
    #1

    Offline Coubert

    • *****
    • Membro Elite
    • Género: Feminino
    sabes... acho que é tão difícil de aceitar para as outras pessoas, porque não sabem o porquê. e mesmo que se explique, nunca vão conseguir compreender.
    é a tal coisa de não perceber, como é que se olha ao espelho e vê-se o oposto do que supostamente se é. ;)
    mas, o importante é respeitarmos as diferenças dos outros e, aprender a lidar com elas.
    nada que uma forte amizade não consiga ultrapassar. lá tem os seus altos e baixos, mas... todas as amizades têm! lol
      "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

      Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
      #2

      Offline Thumbnail

      • *****
      • Membro Vintage
      • Género: Masculino
      • Ecce Somnium!
        • Bravis esse laboro, obscuro fio
      Mais do o olhar ao espelho ou o assimilar os papeis sociais de género, rompendo com eles na nossa maneira de ser, a transsexualidade é sentir. Assim como se nasce com dois sexos biológicos, também a componente base da psicologia humana poderá ter uma formação diferente. São acasos (tristes acasos).

      Em todo o caso, sim, respeitar já é meio caminho andado para perceber e, como dizes, uma amizade, uma relação, um qualquer contacto poderá facilitar toda a percepção. Aliás, segundo o meu ponto de vista, só se conhece um transsexual se se conhecer a pessoa que esse transsexual é.
        Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

        Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
        #3

        Offline Coubert

        • *****
        • Membro Elite
        • Género: Feminino
        Em todo o caso, sim, respeitar já é meio caminho andado para perceber e, como dizes, uma amizade, uma relação, um qualquer contacto poderá facilitar toda a percepção. Aliás, segundo o meu ponto de vista, só se conhece um transsexual se se conhecer a pessoa que esse transsexual é.
        sabes... então acho que já conheço um!  :)  :-* :-* :-*
          "vós deveis criticar impiedosamente tudo quanto existe. sim, criticar! sem receio que vos chamem demolidores. vós sois os demolidores do mal, vós sois os construtores do mundo ideal!"

          Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
          #4

          Offline miL@gres

          • ****
          • Membro Sénior
          • Banido
          • Género: Feminino
            • Um Curso em milagres
          Mais do o olhar ao espelho ou o assimilar os papeis sociais de género, rompendo com eles na nossa maneira de ser, a transsexualidade é sentir. Assim como se nasce com dois sexos biológicos, também a componente base da psicologia humana poderá ter uma formação diferente. São acasos (tristes acasos).

          Em todo o caso, sim, respeitar já é meio caminho andado para perceber e, como dizes, uma amizade, uma relação, um qualquer contacto poderá facilitar toda a percepção. Aliás, segundo o meu ponto de vista, só se conhece um transsexual se se conhecer a pessoa que esse transsexual é.

          Miau, poderias explicar o que queres dizer concretamente com a tua ultima frase? A descriminaçao é terrivel, e mto pior quando somos nos proprios que a fazemos por incultura. Mas sem julgar ninguém, porque nao é por isso que aqui estou. Qual seria a melhor ajuda que uma pessoa poderá dar a um transsexual? Suponho que tratar as pessoas com respeito a cima de tudo, mas será que se deve falar no assunto, e qual a melhor forma de o encarar?

          Alguem com duvidas
           ;)

            Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
            #5

            Offline Thumbnail

            • *****
            • Membro Vintage
            • Género: Masculino
            • Ecce Somnium!
              • Bravis esse laboro, obscuro fio
            Embuscadaluz,

            A frase '... só se conhece um transsexual se se conhecer a pessoa que esse transsexual é...' remete para a necessidade que há de não nos prendermos a essa disforia para a sua percepção. Claro que é bom conhecer, explorando, perguntando, analisando, mas é com o contacto com essa pessoa que realmente se percebe quem é afinal esse transsexual. Saber o que é a transsexualidade é uma área científica e importante, mas saber quem é o/a transsexual é uma área prática, de busca rotineira. Podes saber dizer que transsexualidade é uma disforia de género, inato e construído (por exemplo) mas sem contacto não poderás dizer o que é que aquela pessoa sente, como se encara e como lida consigo e com o resto. No fundo, qual o 'nível' dessa transsexualidade :)

            Responder
            Mas sem julgar ninguém, porque nao é por isso que aqui estou.

            Perguntar não ofende ;)

            Responder
            Qual seria a melhor ajuda que uma pessoa poderá dar a um transsexual? Suponho que tratar as pessoas com respeito a cima de tudo, mas será que se deve falar no assunto, e qual a melhor forma de o encarar?

            Sinceramente a melhor ajuda será estar disponível, saber ouvir, tentar perceber e, aos poucos, compreender. É uma realidade diferente da de um cissexual ou de outra componente do transgenerismo porque se torna num 'melting pot'. Inicia-se num ponto disforico, intensifica-se, recupera-se e mesmo assim falta sempre algo. É uma disforia individual a nível físico e mental que una será ainda mais, digamos, disfórica. Assim, o ideal é mesmo estar/ser próximo e tentar por de lado esse eventual preconceito, esse eventual receio e, sobretudo, não ter medo de perguntar. No fundo, ser natural ;)
              Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

              Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
              #6

              Offline SapientiaeOpium

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Masculino
              • Nosce te ipsum...
              Esta deve ser uma das perguntas mais fortes e talvez mais discriminatórias mas aqui fica:
              Como é possível um processo assim ser tão rápido e tão pouco acompanhado? O ser humano é já assim tão alto para dar certezas e não poder sequer contar com o apoio dos médicos devidos?
              Pedia-vos igualmente informações da componente biológica (caso as haja) para me ajudar a perceber.
              Uma vez mais, agradeço.
                Não há necessidade de grelhas, o inferno são os outros!

                Jean-Paul Sartre

                Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                #7

                Offline hazel

                • ***
                • Membro Total
                • Género: Feminino
                Como é possível um processo assim ser tão rápido e tão pouco acompanhado? O ser humano é já assim tão alto para dar certezas e não poder sequer contar com o apoio dos médicos devidos?

                Rápido?! :-\ Acho que deveria ser bem mais! É verdade que implica uma decisão muito relevante e de consequências irreversíveis e que todos os períodos de pausa permitem uma reflexão mais profunda, mas a mim parece-me inimaginável o sofrimento que se passa pelo caminho.
                E a questão do nome choca-me particularmente... Já viste como seria teres uma aparência de um determinado género e continuares, para todos os efeitos legais, a ter um nome do outro género até depois da conclusão da componente cirúrgica? >:( Ok, também percebo que é para evitar fraudes e afins, mas basta tentarmos colocar-nos na posição da pessoa para ver que é uma atrocidade! Lá nisso outros países são mais eficazes e, segundo sei, em Espanha até vai passar a ser possível mudar o nome antes de tudo o resto. :)

                Quanto à falta de "apoios médicos devidos", não tenho conhecimento de causa suficiente para poder comentar. O único médico da área que conheço não é de facto um bom exemplo. Não o faz por mal, aliás, sei que faz o que genuinamente acha melhor para os interesses de quem acompanha, mas, como em tantas outras vezes, não basta querer ajudar para o conseguir. ;)


                Em relação ao tópico propriamente dito hoje por acaso não me ocorre muito para dizer :blush... Não posso falar por ninguém além de mim própria. Faço por estar disponível e compreender, faço por tentar perspectivas as coisas na pele de quem passa por elas (francamente impossível neste caso, mas a própria tentativa é muito útil :)). "Conhecer a pessoa". ;)
                  "Transforma-te em quem és."

                  Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                  #8

                  Offline hazel

                  • ***
                  • Membro Total
                  • Género: Feminino
                  Relendo o post inicial apercebo-me de que talvez tenha fugido um pouco às perguntas e que se justifica completar:

                  Medos? Inicialmente sim, muitos, sem dúvida. O receio de perguntar e, sobretudo, de como perguntar. De usar sem querer expressões que possam ser consideradas ofensivas. Dependendo da fase em que a outra pessoa se encontre, de saber qual o género a que se lhe referir. É de facto um Mundo novo com o qual é necessário aprender a lidar... Mas, dependendo da abertura da outra parte para que estes medos possam existir e da confiança que fôr depositada, tudo acaba por se tornar mais fluido e natural. :)

                  Ah, e em acrescento ao que disse no último parágrafo do post anterior, há também uma outra questão que me parece fundamental: a procura do conhecimento. Saber do que se trata, estar informado. Mostrar que estamos interessados e não nos passa ao lado. Que queremos mesmo ajudar e aprender a fazê-lo da melhor forma. :)
                    "Transforma-te em quem és."

                    Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                    #9

                    Offline Mr Unchained

                    • *****
                    • Membro Vintage
                    • Género: Masculino
                    • Cada passo segue um ritmo!
                    Eu confesso que a mim me faz um pouco de confusão.. não exteriormente, mas interiormente, como uma pessoa se sente, de quando se muda de sexo.. e pensar "Bem eu era el@..".. faz-me confusão.. mas também não vou expôr aqui a minha opinião, pois poderia estar a magoar ou a ofender alguém, até pork não tnho assim amigos xegados que o sejam, pelo menos que eu saiba. Mas começei a perder os preconceitos que tinha desde que vi a Filipa Gonçalves nakele programa da TVI.. nao sou preconceituoso em relaçao a isso hoje, mas pronto ainda não percebo muito bem.
                      Dá um passo a seguir ao outro sem medos, se tropeçares e caires, podes levantar e aprender andar melhor :)

                      Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                      #10

                      Offline hazel

                      • ***
                      • Membro Total
                      • Género: Feminino
                      Eu confesso que a mim me faz um pouco de confusão.. não exteriormente, mas interiormente, como uma pessoa se sente, de quando se muda de sexo.. e pensar "Bem eu era el@..".. faz-me confusão..

                      Não creio que isso aconteça. A pessoa não vai pensar "eu era ele/ela" no sentido de "eu era homem/mulher" porque não era assim que se sentia. ;) A transição surge precisamente porque há um grande desenquadramento prévio mantido, um choque, entre o género físico e quem a pessoa se sente ser. Por isso, no máximo pensará "eu tinha um corpo de homem/mulher". :)
                      De qualquer forma, compreendo a confusão ;)... É de facto um assunto complexo.
                        "Transforma-te em quem és."

                        Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                        #11

                        Offline android

                        • *****
                        • Membro Vintage
                        • Género: Masculino
                        Continua a existir uma grande ignorância fora (e por vezes até dentro!) da comunidade LGBT. E a ignorância todos nós sabemos que é amiga da discriminação.

                        Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                        #12

                        Offline SapientiaeOpium

                        • ****
                        • Membro Sénior
                        • Género: Masculino
                        • Nosce te ipsum...
                        Esta deve ser uma das perguntas mais fortes e talvez mais discriminatórias mas aqui fica:
                        Como é possível um processo assim ser tão rápido e tão pouco acompanhado? O ser humano é já assim tão alto para dar certezas e não poder sequer contar com o apoio dos médicos devidos?
                        Pedia-vos igualmente informações da componente biológica (caso as haja) para me ajudar a perceber.
                        Uma vez mais, agradeço.


                        Quando escrevi o que a cima citei devia ter sido mais explicativo e por isso peço desculpa. Quando falo em ser demasiado rápido refiro-me mesmo no contexto do pouco apoio e fidelidade que essa rapidez tem. Pelo que já pude conhecer dessa realidade temos uma mão cheia de situações bárbaras. Se não, pensem:
                        Psicologos que dão consultas de 30/40 minutos, por vezes menos (quando as dão...). Em que é que isto dá apoio? Em que é que tão pouco isto dá validade à avaliação?;
                        Psicologos que dependem de testes psicotécnicos e de duas ou três conversas de meia hora para conhecer o paciente? Isto é dar validade e apoio tanto ao como para o precesso?;
                        Ordem dos médicos em conflito interno por causa disto com um cabeça de equipa que é - como já pude ler e ser agradado pela expressão - um «fascista de género»?;
                        Próprias instituições hospitalares a telefonar constantemente, em erro de processo, para pacientes a desmarcar consultas quando nada foi dito aos recepcionistas? Num caso destes admite-se ser um recepcionista a tratar do assunto com o paciente!?;
                        Pior do que tudo isto, tempo a menos, consegue ser tempo a mais. O processo é tão «normal» que se de um lado avança, de outro regride, não fossemos nós encontrar criaturas perdidas de mente, arrependimentos chatos ou até tempos de espera estapafúrdios nos vários hospitais!
                          Não há necessidade de grelhas, o inferno são os outros!

                          Jean-Paul Sartre

                          Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                          #13

                          Offline hazel

                          • ***
                          • Membro Total
                          • Género: Feminino
                          Obrigada pelo esclarecimento. :) De facto só agora percebi (e pode ter sido falha minha ;)) que te referes a "rapidez" no tempo útil passado efectivamente junto dos profissionais de saúde e não a rapidez global do processo. Sem dúvida que salta à vista todo o tempo desperdiçado... :-\
                          « Última modificação: 12 de Agosto de 2007 por hazel »
                            "Transforma-te em quem és."

                            Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                            #14

                            Offline Nanashi

                            • *****
                            • Membro Vintage
                            É um pesadelo total  [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] As vezes chego a pensar se não seria melhor dar um paço no abismo! eu nunca devia ter nascido [smiley=nao.gif]
                            « Última modificação: 24 de Maio de 2008 por Bruxa da Noite Azul »
                              There`s another world inside of me that you may never see
                              There are secrets in this life that i can`t hide.
                              Somewhere in this darkness`there`s a life that i can`t find!

                              Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                              #15

                              Offline Thumbnail

                              • *****
                              • Membro Vintage
                              • Género: Masculino
                              • Ecce Somnium!
                                • Bravis esse laboro, obscuro fio
                              É um pesadelo total  [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] As vezes chego a pensar se não seria melhor dar um paço no abismo! eu nunca devia ter nascido [smiley=nao.gif]

                              Nunca desistas! Nós não somos pormenores, somos combinações de muitos aspectos. Dá-te brilho por cada um dos que tenhas e enfrenta os teus limites exactamente com as capacidades que consigas trabalhar. Todos nós temos problemas, uns mais outros menos, uns assim outros assado, mas eles estão sempre lá. É preciso saber lidar com eles e provar que somos mais do que essa fraqueza!

                              Por mais duro que seja o tratamento, por mais cruel que seja a sociedade, tu não mereces ser cruel para ti mesma. Tu, acima de todos, tens de estar ao teu lado. Só assim vencerás!

                              Spoiler (clica para mostrar/esconder)
                                Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

                                Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                #16

                                Offline Renata Cristiane

                                • *
                                • Novo Membro
                                Boa Tarde! (pelo menos aqui no Brasil)
                                referente ao assunto, eu gostaria de dizer que eu como sou transexual, estou em fase de transição, embora tardia, mas posso dizer queminha vida inteira foi de conflitos interiores tamanhos que passavaa maior parte dela tentando me auto exterminar, pois devido a posição social de meus pais e devido ao conservadorismo deles por serem filhos de alemães à moda antiga, eu fui obrigada a viver a minha vida inteira como uma pessoa que nunca fui, ou seja como homem e também tive de assimir posturas que me eram impostas, como o casamento com uma mulher (foram os piores 10 anos de minha vida) trabalhar em serviços extremamente pesados, tipo manutenção industrial entre outras atividades que me eram impostas. Hoje posso dizer que estou no caminho de minha felicidade, pois estou me tornando aquela pessoa que sempre vi no espelho, eu estou me tornando eu mesma, receios? Sim! Mas unicamente por motivos que possam levar as pessoas a me agredirem pelo fato de serem homofóbicas, ou como vi em um texto na net DIFERENTEFOBICOS, porque essas pessoas são capazes de qualquer coisa contra a gente, no restante, piadinhas certas grosserias, discriminação, não tem me atingido, pelo menos por enquanto, com exessão da que minha mãe faz comigo, porque para ela eu sou como um zero a esquerda, essa é minha unica mágoa, eu não sei se isso poderia ajudar algumas pessoas, mas eu espero que sim.
                                Beijos Renata.

                                  Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                  #17

                                  Riu

                                  • Visitante
                                  Boas,

                                  Inicio este tópico em sequência de um outro também presente neste sub-fórum cujo título é 'consequências de ter um filho homosexual' uma vez achar importantíssimo focar esta área no fórum.

                                  Os transsexuais são a minoria das minorias neste nosso grupo e a atenção que lhes é dada, não tanto enquanto pessoas mas sobretudo enquanto portadores dessa disforia e de tudo o que isso implica, é de facto muito reduzida. Temos já alguns tópicos dedicados a esta temática, mas a verdade é que em termos de integração social e de trabalho da mesma ainda há muito para fazer e portanto aqui fica uma página aberta exclusivamente para partilhar medos e noções, sufocps e ambições relativamente a estas pessoas.

                                  Será de fácil integração? O que se pode fazer para melhorar? Quais os pedidos às famílias? Quais os medos das famílias? Isto também para os amigos e para a sociedade. Enfim, no fundo, qual a consequência de se ter/ser transsexual?

                                  Bons posts,
                                  Miau_Elfico

                                  eu achodava-te se soubesse o k é um transsexual.
                                  é mudar de um sexo para outro, ou é nascer com corpo de mulher e ter orgaos genitais de homem ou vice versa?

                                    Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                    #18

                                    diafeliz

                                    • Visitante
                                    eu achodava-te se soubesse o k é um transsexual.
                                    é mudar de um sexo para outro, ou é nascer com corpo de mulher e ter orgaos genitais de homem ou vice versa?


                                    Riu tens alguma informação sobre o assunto neste tópico:

                                    "Tansexualidade" - http://www.ex-aequo.web.pt/forum/index.php?topic=12523.0

                                      Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                      #19

                                      Offline Lika/Lukinhas

                                      • *
                                      • Novo Membro
                                      • Género: Masculino
                                      Gente...eu amei esse forum,entrei agora nele...

                                      e eu ultimamente to meio confusa/confuso comigo mesmo(a),meu sonho é virar homem,mas tenho medo da sociedade,dos meus pais não aceitarem,eles só aceitam ter filha homosexual e não filha-homem.

                                      me visto de menino,me comporto como menino,tenho uma namorada que me da maior apoio para essa mudança,mas sei la tenho muito medo...

                                      Eu queria muito a ajuda de vcs... :-\

                                        Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                        #20

                                        Offline Aster

                                        • ***
                                        • Membro Total
                                        • Género: Feminino
                                        Há profissionais de saúde (psicólogos e psiquiatras) especializados em questões de identidade de género.
                                        Penso que dada a complexidade do que se passa contigo e o peso das decisões que possas tomar, o melhor será procurares essa ajuda.
                                        Existem também fóruns de ajuda para pessoas T, que tvz melhores de adequem às tuas necessidades de momento. Como por exemplo:
                                        www.ftmi.org ou www.ftminfo.net

                                        Tens aqui um caso real que acho muito interessante:
                                        http://www.ftmtransition.com/

                                        Espero ter ajudado,

                                        Fica bem

                                          Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                          #21

                                          Offline corema

                                          • *****
                                          • Membro Elite
                                          • Género: Feminino
                                          Lika/Lukinhas

                                          Não sei muito bem como se processam estes casos no brasil em termos de apoio médico, mas acredito que a primeira coisa que deves fazer é procurar um profissional de saúde especialistas em identidade de género para que possas tirar todas as dúvidas que tens, saber como se processam as coisas... Procura alguém sério e que te possa ajudar. Acho que não vale a pena falares com os teus pais até teres a certeza absoluta do que queres e do que vais fazer. Primeiro precisas de tirar todas as dúvidas para que depois possas explicar-lhes o que se passa e reponder-lhes às questões que te vão fazer. É como quando dizemos aos pais que somos homossexuais, se ficarmos indecisos ou não lhes soubermos responder ao que perguntam tira-nos credibilidade e eles ficam a pensar que é uma fase ou mania... O melhor é dizer-lhes apenas quando já estamos completamente resolvidos connosco.

                                            Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                            #22

                                            Offline Van_Yuki

                                            • ***
                                            • Membro Total
                                            • Género: Feminino
                                            É um pesadelo total  [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] As vezes chego a pensar se não seria melhor dar um paço no abismo! eu nunca devia ter nascido [smiley=nao.gif]

                                            Confesso que isso também já me passou pela cabeça. Não de forma séria, a ponto de imaginar uma maneira de o fazer, mas... Já pensei muitas vezes que não devia ter nascido... É uma vida bastante cruel.  :(

                                              Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                              #23

                                              Offline Noz-moscada

                                              • *
                                              • Novo Membro
                                              • Género: Outro
                                              É um pesadelo total  [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] [smiley=choro.gif] As vezes chego a pensar se não seria melhor dar um paço no abismo! eu nunca devia ter nascido [smiley=nao.gif]

                                              Confesso que isso também já me passou pela cabeça. Não de forma séria, a ponto de imaginar uma maneira de o fazer, mas... Já pensei muitas vezes que não devia ter nascido... É uma vida bastante cruel.  :(

                                              Pois é, muito cruel...

                                                Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                                #24

                                                Offline pepe444

                                                • *****
                                                • Membro Ultra
                                                • Género: Masculino
                                                Hoje vai dar uma reportagem sobre transsexualidade na TVI :)
                                                  ""Que estranho mundo este em q as pessoas se podem matar à luz do dia, mas para se amar só o podem fazer às escondidas na escuridão da noite"

                                                  Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                                  #25

                                                  Offline Noz-moscada

                                                  • *
                                                  • Novo Membro
                                                  • Género: Outro
                                                  Hoje vai dar uma reportagem sobre transsexualidade na TVI :)
                                                  Já deu? Sabes o nome da reportagem?  :)

                                                    Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                                    #26

                                                    Offline paulosabino

                                                    • *****
                                                    • Associad@
                                                    • Membro Vintage
                                                    • Género: Masculino
                                                    Hoje vai dar uma reportagem sobre transsexualidade na TVI :)

                                                    Já deu? Sabes o nome da reportagem?  :)

                                                    metamorfose
                                                      - Vai chover...   
                                                       - Vai tu!!!!!!!!!!

                                                      Transsexualidade aos olhos dos familiares, amigos e outros.
                                                      #27

                                                      Offline Noz-moscada

                                                      • *
                                                      • Novo Membro
                                                      • Género: Outro
                                                      Hoje vai dar uma reportagem sobre transsexualidade na TVI :)

                                                      Já deu? Sabes o nome da reportagem?  :)

                                                      metamorfose

                                                      Obrigado  :)

                                                         

                                                        Tópicos relacionados

                                                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                                        112 Respostas
                                                        45412 Visualizações
                                                        Última mensagem 30 de Maio de 2015
                                                        por carolinalg
                                                        47 Respostas
                                                        15879 Visualizações
                                                        Última mensagem 19 de Maio de 2011
                                                        por Di HF
                                                        4 Respostas
                                                        2158 Visualizações
                                                        Última mensagem 18 de Novembro de 2010
                                                        por Bourdain
                                                        3 Respostas
                                                        871 Visualizações
                                                        Última mensagem 2 de Novembro de 2017
                                                        por T-Rex
                                                        Transsexualidade MtF

                                                        Iniciado por Skyraraka Trans

                                                        2 Respostas
                                                        1174 Visualizações
                                                        Última mensagem 27 de Junho
                                                        por Skyraraka