rede ex aequo

Olá Visitante28.jan.2020, 04:35:24

Autor Tópico: Ajuda para imigrar e poder viver com o meu namorado  (Lida 4242 vezes)

 
Ajuda para imigrar e poder viver com o meu namorado
#0

Offline UruguaioApaixonado

  • *
  • Novo Membro
Olà gente do forum. Antes do que nada, quero pedir desculpas pelo meu fraco português mas estou a tentar melhorá-lo dia a dia.
O meu nome é Nicolás e sou um rapaz uruguaio que há 8 meses mantem uma relação sentimental muito forte com um homem açoreano, e que mora mesmo na ilha de São Miguel.
Estamos a arranjar tudo para poder começar a viver juntos lá, mas estamos a ter toda uma série de travões burocraticos que estão a impedir o nosso convívio.
Por exemplo, estou a tentar pedir um visto de residência para poder viver com ele, e só falta cumprir o requisito esse que disse: "Reagrupamento familiar" A lei de imigração só reconhece como um caso possível o das uniões de facto, mas já existentes segundo a lei portuguesa.
Para tentar conseguir um visto de trabalho, também fica muito dificil.
O facto é que não penso ir para Portugal nem para viver dos portugueses, nem para viver do meu namorado, nem quero fazer as coisas mal. Quanto mais tentamos de fazer as coisas "legalmente", mais travas temos. E isso não é lógico, porque o Jorge é português e penso que o seu próprio estado está arrancando-lhe o seu direito de ser feliz. Pelo que possa pensar de mim o estado português, nem me importo, porque sou um estrangeiro a mais, mas nao pode ser que ele nao possa escolher com quem quer viver.
Se soubessem dalguma ajuda (que já a Opus Gay tentou de fornecer-nos, e de facto foi a unica resposta com utilidade que tinhamos nestos 3 meses que estamos a pesquisar informação), ou dalguma maneira em que possamos solventar esta situação, comuniquem-a, por favor.

Os nossos e-mails: Eu bertonico@hotmail.com
Jorge: azor_marques@hotmail.com

Muito obrigado por tudo

    Ajuda para imigrar e poder viver com o meu namorado
    #1

    Offline bluejazz

    • *****
    • Associad@ Honorári@
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
      • Homofobia
    Olá,

    Eu irei passar o vosso testemunho a 2 profissionais de direito que trabalham para a rede ex aequo e procurar saber se têm algum parecer a dar que possa ajudar a esclarecer.
      "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

      Ajuda para imigrar e poder viver com o meu namorado
      #2

      Offline UruguaioApaixonado

      • *
      • Novo Membro
      Coloco neste post simplesmente um e-mail que enviamos ao António da OpusGay o dia de hoje onde pode ficar clarificada mais ainda a nossa situacao de dessespero com as respostas que temos obtido das diferentes instituicoes ás que temos requerido

      Caro António,

      Tal como pediste estamos a escrever esse e-mail para te pôr a par da situação para obtenção de visto para Portugal:

      Quero dizer que após contactarmos com a Associação Solidariedade Imigrante, o SEF, a Direcção Geral do Trabalho e o Consulado de Portugal em Montevideu a situação para solucionarmos a aquisição de um visto não tem sido frutuosa.

      As respostas têm sido muito contraditórias, havendo imposição de funções de uns para outros e não estamos a ter as respostas que gostariamos. De facto, estamos cada dia mais confusos no que fazer.

      Contactamos primeiramente a SOLIM à qual perguntamos como poderia obter o Visto de trabalho, se o Jorge poderia contratar-me como seu funcionário e outras questões de como poderia obter o visto. Como resposta soubemos que estão a ser recusados os vistos como trabalhadores domésticos e que existe um número de imigrantes para poderem entrar em Portugal de 8500 e que entraram até ao momento muito poucos, ou quase nenhuns (De facto, só 8 ou 10 pessoas).

      As respostas da AIPA não foram muito diferentes e foram ainda menos elucidativas.

      Depois entramos em contacto com o SEF onde expusemos toda a nossa situação e de onde nos disseram que eles não podiam fazer nada porque quem dava o visto para vir para Portugal era a Embaixada em Montevideu que eles só davam parecer.

      Todavia após contactarmos com o Consulado de Portugal em Montevideu a resposta não podia ser mais contraditória pois disseram que quem dava o visto era o SEF ou o MNE. Ou seja estamos ainda mas confusos do que antes e não estamos a encontrar saidas legais para solucionar a nossa situação.

      No SEF dizeram também que não era necessário o contrato de trabalho para ser fornecido o visto, que com a apresentacao da carta e do termo de responsabilidade era suficiente, mas que dependia da embaixada.

      No consulado dizeram-me que não era suficiente, que tinha que apresentar alguma conta em conjunto dum montante "importante", e que mesmo tendo bens imóveis em Portugal posso ter recusado o visto porque o MNE está a recusar e que nem o Contrato de Trabalho está a segurar a concessao do visto.

      Como podes ver, a nossa situação longe de melhorar, esta ainda a piorar. Não temos quem dé uma resposta certa e forte aos nossos requerimentos, e estamos a perder muito tempo e dinheiro num ida e volta sem fim. Por isso, estamos de novo a requerer as tuas sugestões em quanto o que fazer ou como
      actuar, porque não temos mais ideia do que fazer. Também gostariamos de saber como contactar alguma autoridade com poder de decissão já que ninguém dos contactados assume alguma responsabilidade no tratamento do visto nem da segurança nenhuma para a sua concessão.


      Despeço-me a espera duma melhor resposta e voltando a agradecer-te o teu apoio e solidariedade.

      Com os maiores cumprimentos,



      Nicolás e Jorge



      Espero possam perceber a gravedade da situacao.

        Ajuda para imigrar e poder viver com o meu namorado
        #3

        Offline UruguaioApaixonado

        • *
        • Novo Membro
        Gostaria saber se alguém mais tem alguma opiniao ao respeito

           

          Tópicos relacionados

            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
          Viver sozinho ou viver com os pais

          Iniciado por Cnidaria « 1 2 ... 15 16 » Outras Conversas

          312 Respostas
          46953 Visualizações
          Última mensagem 18 de Junho de 2012
          por Geez
          1 Respostas
          2293 Visualizações
          Última mensagem 19 de Novembro de 2007
          por blueboy
          2 Respostas
          11254 Visualizações
          Última mensagem 23 de Janeiro de 2008
          por united_arrows
          17 Respostas
          8547 Visualizações
          Última mensagem 19 de Agosto de 2008
          por mrs.dalloway
          13 Respostas
          12026 Visualizações
          Última mensagem 4 de Abril de 2013
          por HumanLight