rede ex aequo

Olá Visitante18.nov.2019, 21:54:35

Sondagem

Onde achas que há mais "engates"?

Discotecas LGBT
238 (36.2%)
Discotecas
38 (5.8%)
Wc públicos
23 (3.5%)
saunas e ginásios
48 (7.3%)
cafés , espaços públicos
21 (3.2%)
chats internet e tv
259 (39.4%)
classificados em jornais, e internet
21 (3.2%)
outros
10 (1.5%)

Votos totais: 286

Autor Tópico: "Engates" no meio LGBT  (Lida 126227 vezes)

 
Engate, e tu?
#480

Offline Adónis

  • ****
  • Membro Sénior
Mas acho que em traços gerais concordamos os dois. Exeto no teu conceito de monogamia (que, para mim, não significa a manutenção de um parceiro durante uma vida inteira (que raramente acontece, já agora.)).

Mas eu também não tenho esse conceito de monogamia! hahaha o meu conceito de monogamia é o facto do ser humano conseguir ter um só parceiro íntimo, seja na vida inteira ou (um) à vez. E é nisso que eu acredito e sigo.

Mas pelo que me disseram um dia as pessoas mais velhas chegam a um ponto em que se cansam de tentar procurar um novo companheiro. Aceitam-no como uma companhia estável e fixa, um amigo digamos mais íntimo mas procuram por vezes «aventuras» fora da relação com o conhecimento do companheiro. A estabilidade em faixas etárias mais elevadas talvez se sobreponha, por vezes, à monogamia. Bem mas isto que descrevi já cai mais no poliamor. De qualquer das formas a idade torna-nos mais desinibidos no que diz respeito à vivência (e prática) da intimidade.

    Engate, e tu?
    #481

    Cardo

    • Visitante
    Não tenho opinião formada. Acho que cada um deve fazer o que acha bem e bom para si mesmo, desde que não implique usar terceiros.

    No entanto, sei que a promiscuidade, é destrutiva, e alimenta o ego de uma forma negativa.

    Em certa parte considero-me "promiscuo", e sofro bastante por isso, no entanto não me considero melhor ou pior pessoa que uma pessoa "não promicua".
    Spoiler (clica para mostrar/esconder)

      Engate, e tu?
      #482

      Fábio de Almeida

      • Visitante
      Cardo,

      Não tenho opinião formada. Acho que cada um deve fazer o que acha bem e bom para si mesmo, desde que não implique usar terceiros.

      aqui dizes que não tens uma opinião formada. Ou seja, devias ser neutro. Também dizes que as pessoas devem fazer o que acham bem para si próprias, desde que não implique usar terceiros, mas como se a promiscuidade envolve sempre terceiros? Será que querias dizer "... desde que não implique magoar terceiros?" Mas mesmo assim não faria sentido, porque depois dizes isto:

      No entanto, sei que a promiscuidade, é destrutiva, e alimenta o ego de uma forma negativa.

      ora então, automaticamente, tens uma opinião formada. A opinião de que a promiscuidade "é destrutiva, e alimenta o ego de uma forma negativa". Uma opinião (formada) negativa, portanto. E afinal já se usam terceiros de forma negativa. Logo, inevitavelmente e seguindo a lógica, tens a opinião de que pessoas promíscuas se estão a auto-destruir e a alimentar o ego de forma negativa, a elas próprios e a terceiros, o que coincidentemente até concordas usando-te a ti próprio como exemplo:

      Em certa parte considero-me "promiscuo", e sofro bastante por isso, no entanto não me considero melhor ou pior pessoa que uma pessoa "não promicua".

      ... mas depois dizes que não consideras uma pessoa promíscua melhor ou pior. Mas como podes dizer isso, se uma pessoa que sofre está sempre pior que outra? E quando se está pior, é-se pior nesse espaço de tempo. Não existe uma separação, não é verdade? E não estamos a falar de masoquistas lol

      Eu percebo que isto seja um assunto que pode tocar algumas pessoas lá no fundo, mas sinceramente, acho que devia haver menos "politicamente correcto" e mais "dose de realidade e auto/hetero-observação" no assunto... ;)
      « Última modificação: 23 de Agosto de 2013 por Fábio de Almeida »

        Engate, e tu?
        #483

        dre_o

        • Visitante
        O engate é algo que não consta na minha vida.

        Acho que cada um faz o que lhe parece melhor, desde que não interfira na vida de outrem. Como assim?

        Simples. Quem está para o engate deve ser claro no seu objectivo em vez de enganar as pessoas que realmente procuram algo sério, manipulando-as, fazendo-as acreditar que são as melhores pessoas do mundo e após o objectivo estar realizado, ou seja, após o sexo é "Bye bye, agora vou fazer de conta que não existes."

        Digo isto porque já passei por isso. E claro, não fiquei propriamente feliz e contente com a situação porque ser usado assim...
        Mas pronto!

        Creio que nem todas as pessoas são más, isso inclui as pessoas que andam no engate! Se realmente não conseguem manter uma relação estável com alguém, mais vale não tentar e acabar por magoar outra pessoa.

        Não é o meu estilo de vida mas aprendi a respeitar. Tal como outras pessoas respeitam o facto de eu apenas querer algo sério e não forçam nada.

          Engate, e tu?
          #484

          Fábio de Almeida

          • Visitante
          Claro Malibu, mas atenção que eu nunca falei em pessoas promíscuas serem melhores ou piores lol o que eu apenas disse, e foi o que esclareci no meu último post derivado somente do post do Cardo, foi que quando se está pior, é-se pior (momentaneamente). É como aquela velha analogia: a violência é má. Se eu tenho um acto violento, isso significa que sou mau? Não. Mas estou a ser mau. Naquele momento, eu sou mau. Uma pessoa promíscua assim só é considerada promíscua se fizer do engate um padrão, um estilo-de-vida. Entendes?

          Quando ao "menos politicamente correcto", refiro-me àqueles argumentos como o que o Cardo usou: "Acho que cada um deve fazer o que acha bem e bom para si mesmo, desde que não implique usar terceiros. No entanto, sei que a promiscuidade, é destrutiva, e alimenta o ego de uma forma negativa." - repara como a 1ª frase é logo uma contradição por si só, dado o assunto em questão, além de denotar uma despreocupação com o mesmo porque é o correcto a fazer ("cada um sabe de si"). Mas depois vem a verdadeira opinião, na 2ª frase, que choca com o pretendido na 1ª frase. E é isto que eu chamo de "politicamente correctos" desnecessários. Se se é da opinião de que a promiscuidade é má, para quê dizer que respeita a promiscuidade dos promíscuos? Ou é, ou não é... não é propriamente uma área cinzenta. Este argumento faz-me imensamente lembrar aquela falácia "ah, eu respeito os homossexuais, cada um é livre de ser como é e faz o que entender, mas acho que a prática homossexual em si é má" [smiley=confuso.gif] *ler com voz de mulher católica snob que não sabe conciliar os seus ideais religiosos com a sociedade moderna e ent escolhe um meio-termo duvidoso XD*

          Eu mesma, não dando bola, já me senti completamente desrespeitada e ofendida numa determinada situação.  Agora em que sentido é que essa pessoa é pior do que eu só porque me desrespeitou nessa situação? Ou em que sentido é que eu sou melhor porque não fui eu que a desrespeitei?

          é/foi pior pessoa que tu justamente porque fez um juízo-de-valor ofensivo e te desrespeitou! XD estás a ver ao que me refiro quando falo em "politicamente correcto"? ;) eu acho que o problema aqui é que temos de enfatizar a diferença (muito frágil, mas existente) entre ser e estar...

            Engate, e tu?
            #485

            Offline FilhoDeApolo

            • *****
            • Membro Ultra
            • Género: Masculino
            • "A Esperança é só uma distração."
              • Aeminium
            Não tenho opinião formada. Acho que cada um deve fazer o que acha bem e bom para si mesmo, desde que não implique usar terceiros.

            No entanto, sei que a promiscuidade, é destrutiva, e alimenta o ego de uma forma negativa.

            Em certa parte considero-me "promiscuo", e sofro bastante por isso, no entanto não me considero melhor ou pior pessoa que uma pessoa "não promicua".
            Spoiler (clica para mostrar/esconder)

            Sim, já tinha reparado que aquilo que ouvimos de "turismo gay" não é o que na verdade casais homosexuais regulares procuram.

              Engate, e tu?
              #486

              Cardo

              • Visitante
              Fábio Almeida, quando estou "pior" sou melhor, porque ajudo mais pessoas, uso o altruismo, o voluntariado, para melhorar a minha auto estima e com isso ajudar outras pessoas. Logo o que é bom para mim não o é para ti.

              Em relação ao facto de não ter opinião formada, é no sentido de, QUEM SOU EU PARA JULGAR?
              Spoiler (clica para mostrar/esconder)

                Engate, e tu?
                #487

                Offline FilhoDeApolo

                • *****
                • Membro Ultra
                • Género: Masculino
                • "A Esperança é só uma distração."
                  • Aeminium
                Não, não estou a dizer que estás ou que alguem a julgar, mas a palavra engate tem sempre um tom muito depreciativo... Mas se não fosse o engate ninguem era casado

                Engate, há o verbo e o desporto. Cada um usa da forma que quer.

                  Engate, e tu?
                  #488

                  Fábio de Almeida

                  • Visitante
                  Fábio Almeida, quando estou "pior" sou melhor, porque ajudo mais pessoas, uso o altruismo, o voluntariado, para melhorar a minha auto estima e com isso ajudar outras pessoas. Logo o que é bom para mim não o é para ti.


                  Pronto, epá, se achas isso um ciclo saudável, então quem sou eu para o negar lol mas pessoalmente falando, não creio que usar um padrão de comportamento negativo e compensá-lo com atitudes positivas de propósito a ser "melhor pessoa" e "aumentar a auto-estima" seja lá muito saudável... mas como dizes, e com razão, "o que é bom para ti não o é para mim". XD

                   
                  Mas se não fosse o engate ninguem era casado



                    Engate, e tu?
                    #489

                    Offline SoWhat

                    • *****
                    • Membro Elite
                    • Género: Masculino
                    "At the end of the day" cada um deve fazer aquilo que o faz mais feliz. Não acho que se deva tentar encontrar quem está certo ou errado porque as noções do que está correcto ou errado dependerão daquilo que procuramos para nós.

                    Agora, o que sinto é que ainda existe uma grande confusão. A maior parte das pessoas não sabe bem o que é uma relação e tentam construir coisas sem sentido onde não faz sentido construir o que quer que seja. Há muita confusão entre o que é amor do que é atracção do que... enfim... é importante que se tenha a maturidade necessária para se saber o que se quer e se o caminho que percorremos vai ao encontro disso mesmo.

                      Engate, e tu?
                      #490

                      Offline paulosabino

                      • *****
                      • Associad@
                      • Membro Vintage
                      • Género: Masculino
                      O erro nestas discussões que envolvem  moral é que se tenta separar os brancos dos pretos quando somos todos cinzentos apenas com tons diferentes.Nem acredito em puros nem em causas perdidas.
                        - Vai chover...   
                         - Vai tu!!!!!!!!!!

                        Engate, e tu?
                        #491

                        Offline FilhoDeApolo

                        • *****
                        • Membro Ultra
                        • Género: Masculino
                        • "A Esperança é só uma distração."
                          • Aeminium
                        O erro nestas discussões que envolvem  moral é que se tenta separar os brancos dos pretos quando somos todos cinzentos apenas com tons diferentes.Nem acredito em puros nem em causas perdidas.

                        Talvez lendo melhor o tópico, e os comentários de cada um dos usuários, esse cinza se transpareça mais. Agora opinião todos temos o direito a dar, com respeito, mas temos.

                          Engate, e tu?
                          #492

                          Cardo

                          • Visitante
                          O erro nestas discussões que envolvem  moral é que se tenta separar os brancos dos pretos quando somos todos cinzentos apenas com tons diferentes.Nem acredito em puros nem em causas perdidas.

                          Talvez lendo melhor o tópico, e os comentários de cada um dos usuários, esse cinza se transpareça mais. Agora opinião todos temos o direito a dar, com respeito, mas temos.

                          Verdade, porque cada um tem a sua opinião baseada no que acredita e nas suas experiencias de vida. Mas verdades absolutas isso nao há.

                             

                            Tópicos relacionados

                              Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                            "E se eu fosse "eles"?"

                            Iniciado por chiloane « 1 2 3 » Apoio

                            59 Respostas
                            14746 Visualizações
                            Última mensagem 24 de Outubro de 2008
                            por Boreas
                            Discriminação no meio LGBT

                            Iniciado por pocket « 1 2 ... 12 13 » Geral

                            255 Respostas
                            29028 Visualizações
                            Última mensagem 25 de Fevereiro de 2016
                            por S_nose_nothing
                            371 Respostas
                            51491 Visualizações
                            Última mensagem 9 de Julho de 2014
                            por Cardo
                            78 Respostas
                            10417 Visualizações
                            Última mensagem 23 de Novembro de 2010
                            por btsferreira
                            9 Respostas
                            8248 Visualizações
                            Última mensagem 10 de Janeiro de 2014
                            por kenprt