rede ex aequo

Olá Visitante23.out.2019, 19:15:25

Autor Tópico: Grandes Portugueses  (Lida 44186 vezes)

 
Grandes Portugueses
#260

Agamemnon

  • Visitante
Responder
Ao mesmo tempo, o PNR é apupado e visto como algo demoníaco, quando ambos os extremos se tocam.
Mas o PNR ao contrário do BE e PCP não é um partido extremista nem de extrema-direita.

Pois... Isso é um bocado como aquela que às vezes se ouve... "Ele assassinou a mulher e os filhos mas tem bom coração..."

    Grandes Portugueses
    #261

    Offline Back Room

    • *****
    • Membro Elite
    • Género: Masculino
    lol

    Esse partido recusa-se a sair do armário...
      "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

      "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

      "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

      Grandes Portugueses
      #262

      Offline Henrique14

      • **
      • Membro Júnior
      • Banido
      lol

      Esse partido recusa-se a sair do armário...
      Como assim sair do armário? Pelo que eu sei o PNR sempre foi um partido totalmente transparente e sério.

        Grandes Portugueses
        #263

        Offline Henrique14

        • **
        • Membro Júnior
        • Banido
        lol

        Esse partido recusa-se a sair do armário...
        Como assim sair do armário? Pelo que eu sei o PNR sempre foi um partido totalmente transparente e sério.

        Sim, realmente sempre mostrou aquilo que defendia com transparência, agora com seriedade... depende do ponto de vista.


        Se o PNR não é sério, os outros partidos também não o são. Não vamos mais longe, actualmente a classe política está bastante desacreditada e o PNR é o único partido que quer realmente alterar essa situação. ;)

          Grandes Portugueses
          #264

          Offline Henrique14

          • **
          • Membro Júnior
          • Banido
          Sim, mas vamos concordar em que ambos temos o direito a discordar e ter opniões diferentes. Vivemos numa democracia e cada um tem o direito às suas opniões. Embora me pareça que a tua posição sobre o PNR carece de fundamento. ;)

            Grandes Portugueses
            #265

            Offline Back Room

            • *****
            • Membro Elite
            • Género: Masculino
            Com transparência?  lol

            Quando começarem a trocar palavras como conservador ou tradição por racista, homofóbico ou totalitário, podemos falar em transparência.
              "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

              "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

              "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

              Grandes Portugueses
              #266

              Offline Henrique14

              • **
              • Membro Júnior
              • Banido
              Com transparência?  lol

              Quando começarem a trocar palavras como conservador ou tradição por racista, homofóbico ou totalitário, podemos falar em transparência.

              A tua opnião sobre o PNR é que não parece ser muito transparente, já que totalitário e racista é coisa que o PNR não é, nem nunca foi. ;)

                Grandes Portugueses
                #267

                Offline Back Room

                • *****
                • Membro Elite
                • Género: Masculino
                Com transparência?  lol

                Quando começarem a trocar palavras como conservador ou tradição por racista, homofóbico ou totalitário, podemos falar em transparência.

                A tua opnião sobre o PNR é que não parece ser muito transparente, já que totalitário e racista é coisa que o PNR não é, nem nunca foi. ;)

                Claro que não, no papel não é. Nem podia ser. Por isso é que digo que não é transparente...
                Mas sei o que boa parte dos membros desse partido pensam. Não és o primeiro da tua laia com que falo...
                  "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                  "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                  "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                  Grandes Portugueses
                  #268

                  Offline Henrique14

                  • **
                  • Membro Júnior
                  • Banido
                  Com transparência?  lol

                  Quando começarem a trocar palavras como conservador ou tradição por racista, homofóbico ou totalitário, podemos falar em transparência.


                  A tua opnião sobre o PNR é que não parece ser muito transparente, já que totalitário e racista é coisa que o PNR não é, nem nunca foi. ;)


                  Claro que não, no papel não é. Nem podia ser. Por isso é que digo que não é transparente...
                  Mas sei o que boa parte dos membros desse partido pensam. Não és o primeiro da tua laia com que falo...

                  Sim, eu também conheço muita gente da tua laia. E por acaso conheces todos os membros do PNR? Ser racista é uma coisa ser a favor da defesa da identidade etno-cultural do povo português é outra.

                  PNR EUROPA: Mundialismo, Multiculturalismo, Imigração

                    Grandes Portugueses
                    #269

                    Offline Henrique14

                    • **
                    • Membro Júnior
                    • Banido
                    Todos os povos actualmente existentes são o resultado da mistura de vários povos, porém desde a fundação de Portugal para cá, criou-se uma identidade etno-cultural do povo português. Portugal sempre foi um país mono-cultural e portanto não faz sentido promover o multi-culturalismo, que tantas consequências nefastas trouxe para Portugal. Se formos a ver bem, o multi-culturalismo é um cancro na sociedade portuguesa.

                      Grandes Portugueses
                      #270

                      Offline Back Room

                      • *****
                      • Membro Elite
                      • Género: Masculino
                      És um homem de coragem. Não saias do armário não.
                        "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                        "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                        "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                        Grandes Portugueses
                        #271

                        Offline Henrique14

                        • **
                        • Membro Júnior
                        • Banido
                        Portugal durante a IIRepública era um país multi-racial porque era multi-continental. E o que o Estado Novo defendia era a proliferação da cultura portuguesa nas nossas províncias ultramarinas em África e não o contrário. :)
                            Portugal não é o Brasil ou os EUA, temos  e sempre tivemos uma identidade nacional e sempre fomos um Estado-Nação!

                          Grandes Portugueses
                          #272

                          Offline Henrique14

                          • **
                          • Membro Júnior
                          • Banido
                          Post 1
                          Todos os povos actualmente existentes são o resultado da mistura de vários povos, porém desde a fundação de Portugal para cá, criou-se uma identidade etno-cultural do povo português. Portugal sempre foi um país mono-cultural e portanto não faz sentido promover o multi-culturalismo, que tantas consequências nefastas trouxe para Portugal. Se formos a ver bem, o multi-culturalismo é um cancro na sociedade portuguesa.



                          Post 2
                          Portugal durante a IIRepública era um país multi-racial porque era multi-continental. E o que o Estado Novo defendia era a proliferação da cultura portuguesa nas nossas províncias ultramarinas em África e não o contrário. :)
                              Portugal não é o Brasil ou os EUA, temos  e sempre tivemos uma identidade nacional e sempre fomos um Estado-Nação!

                           

                          ??? ???

                          Não sei qual a tua dúvida. Já disse o que pensava sobre o tema nesse artigo:
                          http://blogarmageddon.blogspot.com/2010/06/o-luso-tropicalismo-de-gilberto-freyre.html

                            Grandes Portugueses
                            #273

                            Offline Back Room

                            • *****
                            • Membro Elite
                            • Género: Masculino
                            E o que o Estado Novo defendia era a proliferação da cultura portuguesa nas nossas províncias ultramarinas em África e não o contrário. :)

                            Gosto da ideia Henrique14. Portugal e as colónias eram uma só nação, claro. Os portugueses da Europa devem ir para África, mas os portugueses de África não podem vir para a Europa. Genial.
                            « Última modificação: 15 de Julho de 2010 por Back Room »
                              "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                              "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                              "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                              Grandes Portugueses
                              #274

                              Offline MuscleCub

                              • *****
                              • Membro Ultra
                              Esta gente sabe lá do que fala quando se refere às colónias. Portugal tinha um projecto de modernizar Angola e Moçambique, e um dos grandes defensores desse projecto era Marcelo Caetano. Não sei se sabem mas nos anos 60 em Angola instalou-se um programa de alfabetização da população indígena e os quadros da administração começaram a ser ocupados pelos negros, por ordem de Lisboa. O objectivo era criar um Portugal além-mar multicultural, como fez o Reino Unido. A diferença é que nós falhámos, os ingleses nem por isso. Mas os objectivos das elites de Lisboa tiveram
                               grandes problemas de implementação no terreno, porque os colonos portugueses eram, regra geral, pessoas de classe social baixa e com pouca educação, que pretendiam enriquecer rapidamente, e por isso não viam com bons olhos a ascensão social e educacional dos negros. No entanto, as elites brancas presentes nas colónias defendiam as políticas de educação, e desprezavam os «parolos» da província portuguesa que iam para África fazer fortuna.

                              Quanto à guerra colonial, foi de certa forma um mal necessário, Portugal tinha de proteger os portugueses, brancos e negros, que estavam nas colónias, contra os ataques estimulados pelas potências que pretendiam usurpar as riquezas das colónias. No entanto, gerimos mal o processo. Olhando para trás, dever-se-ia ter criado uma Commonwealth, dando a independência a Moçambique e Angola, e permanecendo com Cabo Verde, São Tomé, Cabinda e Timor com regiões autónomas, ao estilo do que fez a França com as suas ilhas e com a Guiana. Quanto à Guiné-Bissau, ontem como hoje, era um problema muito complicado, e já o Marcelo Caetano pensava que o melhor era abandonar aquele território.
                                Monárquico, conservador-liberal, capitalista, sem seita, loja ou templo.

                                Grandes Portugueses
                                #275

                                Offline Back Room

                                • *****
                                • Membro Elite
                                • Género: Masculino
                                E isso nega o quê?

                                O criar esse território além-mar era a única forma de continuar com as colónias. Foi um projecto forçado.
                                Além de que o que estava aqui em causa era o Henrique ter dito que era suposto os portugueses exercerem a sua influência nas colónias (províncias ultramarinas, se quiseres) mas não o contrário. Isso é um conceito um bocado distorcido de unidade nacional...
                                  "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                                  "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                                  "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                                  Grandes Portugueses
                                  #276

                                  Offline MuscleCub

                                  • *****
                                  • Membro Ultra
                                  E isso nega o quê?

                                  O criar esse território além-mar era a única forma de continuar com as colónias. Foi um projecto forçado.
                                  Além de que o que estava aqui em causa era o Henrique ter dito que era suposto os portugueses exercerem a sua influência nas colónias (províncias ultramarinas, se quiseres) mas não o contrário. Isso é um conceito um bocado distorcido de unidade nacional...

                                  Não me parece que fosse forçado. As populações locais das colónias, brancas, negras, católicas, muçulmanas, de origem asiáticas ou indiana, nunca foram consultadas sobre o processo de independência, revestido com um forte pendor ideológico, tendo por detrás os EUA, a França ou a URSS que instigaram grupos rebeldes contra os portugueses instalados no interior dos territórios.    Com Cabo Verde ou São Tomé não independentes, hoje poderiam ter um nível de desenvolvimento idêntico aos Açores ou à Madeira, estar no euro e receber mais turistas europeus. Ligada a Portugal por uma Commonwealth, Angola poderia ter tido mais estabilidade nas últimas décadas, e menos corrupção. Não digo que seria tudo rosas, mas as coisas teriam corrido certamente melhor. Até  Mário Soares veio há semanas dizer que estava arrependido de ter dado a independência a Cabo Verde.
                                    Monárquico, conservador-liberal, capitalista, sem seita, loja ou templo.

                                    Grandes Portugueses
                                    #277

                                    Offline Back Room

                                    • *****
                                    • Membro Elite
                                    • Género: Masculino
                                    E isso nega o quê?

                                    O criar esse território além-mar era a única forma de continuar com as colónias. Foi um projecto forçado.
                                    Além de que o que estava aqui em causa era o Henrique ter dito que era suposto os portugueses exercerem a sua influência nas colónias (províncias ultramarinas, se quiseres) mas não o contrário. Isso é um conceito um bocado distorcido de unidade nacional...

                                    Não me parece que fosse forçado. As populações locais das colónias, brancas, negras, católicas, muçulmanas, de origem asiáticas ou indiana, nunca foram consultadas sobre o processo de independência, revestido com um forte pendor ideológico, tendo por detrás os EUA, a França ou a URSS que instigaram grupos rebeldes contra os portugueses instalados no interior dos territórios.    Com Cabo Verde ou São Tomé não independentes, hoje poderiam ter um nível de desenvolvimento idêntico aos Açores ou à Madeira, estar no euro e receber mais turistas europeus. Ligada a Portugal por uma Commonwealth, Angola poderia ter tido mais estabilidade nas últimas décadas, e menos corrupção. Não digo que seria tudo rosas, mas as coisas teriam corrido certamente melhor. Até  Mário Soares veio há semanas dizer que estava arrependido de ter dado a independência a Cabo Verde.

                                    Mas tens que contar com a pressão da comunidade internacional... ia tornar-se incomportável. Como acabou por se tornar, apenas com algum atraso.

                                    Mas nem sequer era isso que estava em causa...
                                      "I started being proud of being gay, even though I wasn't." Kurt Cobain.

                                      "Quelle est votre plus grand ambition dans la vie? Devenir immortel... et puis... mourir." À Bout de Souffle, Godard.

                                      "One of the great tragedies of mankind is that morality has been hijacked by religion." Arthur C. Clark

                                      Grandes Portugueses
                                      #278

                                      Offline MuscleCub

                                      • *****
                                      • Membro Ultra
                                      E isso nega o quê?

                                      O criar esse território além-mar era a única forma de continuar com as colónias. Foi um projecto forçado.
                                      Além de que o que estava aqui em causa era o Henrique ter dito que era suposto os portugueses exercerem a sua influência nas colónias (províncias ultramarinas, se quiseres) mas não o contrário. Isso é um conceito um bocado distorcido de unidade nacional...

                                      Não me parece que fosse forçado. As populações locais das colónias, brancas, negras, católicas, muçulmanas, de origem asiáticas ou indiana, nunca foram consultadas sobre o processo de independência, revestido com um forte pendor ideológico, tendo por detrás os EUA, a França ou a URSS que instigaram grupos rebeldes contra os portugueses instalados no interior dos territórios.    Com Cabo Verde ou São Tomé não independentes, hoje poderiam ter um nível de desenvolvimento idêntico aos Açores ou à Madeira, estar no euro e receber mais turistas europeus. Ligada a Portugal por uma Commonwealth, Angola poderia ter tido mais estabilidade nas últimas décadas, e menos corrupção. Não digo que seria tudo rosas, mas as coisas teriam corrido certamente melhor. Até  Mário Soares veio há semanas dizer que estava arrependido de ter dado a independência a Cabo Verde.

                                      Mas tens que contar com a pressão da comunidade internacional... ia tornar-se incomportável. Como acabou por se tornar, apenas com algum atraso.

                                      Mas nem sequer era isso que estava em causa...

                                      Claro que se ia tornar uma incomportável. Então os outros já não tinham colónias, como é que este país pequenino, latino e atrasado poderia ainda ter? Portugal em muitos momentos foi uma ovelha negra, um alvo da França ou da Espanha, e traído várias vezes pelo nosso maior aliado, o Reino Unido, ou pela Holanda. E ainda somos a ovelha negra, lês o Figaro, o Financial Times ou o El Pais? Devias ler o que lá fora se diz de Portugal...
                                        Monárquico, conservador-liberal, capitalista, sem seita, loja ou templo.

                                         

                                        Tópicos relacionados

                                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                        14 Respostas
                                        4413 Visualizações
                                        Última mensagem 1 de Janeiro de 2011
                                        por Litriciaras
                                        2 Respostas
                                        1025 Visualizações
                                        Última mensagem 30 de Maio de 2015
                                        por carolinalg
                                        3 Respostas
                                        2176 Visualizações
                                        Última mensagem 8 de Novembro de 2011
                                        por van.
                                        10 Respostas
                                        1755 Visualizações
                                        Última mensagem 1 de Agosto de 2013
                                        por filsim