rede ex aequo

Olá Visitante12.dez.2019, 18:45:42

Autor Tópico: Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros  (Lida 7852 vezes)

 
Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
#20

Offline Bílitis

  • *****
  • Membro Ultra
  • Género: Feminino
[

o que eu ganho?:D  ora....mais camaradas para trabalhar :)



;)

    Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
    #21

    R2D2

    • Visitante
    Boa tarde,

    Tenho noção do que significa ser homossexual dentro deste meio, no meu caso na PSP (embora ainda esteja em formação). Actualmente pouquíssimos camaradas têm conhecimento da minha orientação sexual, mas todos eles respeitam e abordam o assunto com muita naturalidade. No entanto, dentro de todo este mundo policial ou militar, a homossexualidade ainda é algo tabu, tanto para mais velhos, como entre os mais jovens (como no meio onde me encontro). É óbvio que ninguém tem nada a ver com a nossa vida pessoal, seja em que profissão for, mas por vezes o fardo de ter um segredo destes às costas não é muito bom na relação com os outros. E tudo isto porque não queremos ser postos de parte, ou pior, sermos prejudicados profissionalmente, infelizmente.
    « Última modificação: 19 de Agosto de 2013 por R2D2 »

      Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
      #22

      Offline dIkI

      • ***
      • Membro Total
      • Género: Feminino
      • I'm just another dreamer.
      Não há cá bombeir@s?

      Eu sou bombeira voluntária à cerca de 5 anos :)
      Não sou assumida no meu quartel, mas há quem desconfie. Até agora não tive problemas.  :)
        "Take my hand and Reload
        This is free love
        That's what we are made of
        Yes we are..."

        Usurarios do fórum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
        #23

        Diotima

        • Visitante
        lol lol Desculpa rk mas essa tua resposta só dá mesmo para rir. Ou dizias qualquer coisa construtiva ou simplesmente remetias-te ao silêncio.

          Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
          #24

          -Andy-

          • Visitante
          Concordo...

            Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
            #25

            R2D2

            • Visitante
             ???

              Usurarios do fórum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
              #26

              Diotima

              • Visitante
              Houve uma mensagem apagada e a minha intervenção era de resposta a essa mensagem ;) .

                Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                #27

                R2D2

                • Visitante
                Ah, ok. :) Como não vi nenhuma mensagem achei estranho, pensei que era para mim, sorry. :-[

                  Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                  #28

                  Offline Rsprita

                  • **
                  • Membro Júnior
                  • Género: Feminino
                  Olá (;

                  Estou no Exército ha 4anos.

                  Concorri por ser algo que sempre quis e lá continuo (;

                    Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                    #29

                    Offline Spektrum

                    • *****
                    • Membro Elite
                    • Género: Feminino
                    • [P]oiesis.
                    Pensei em entrar na Academia Militar, mas ainda bem que não fui a avante com tal ideia.

                    As coisas por estas realidades são muito fechadas e, sinceramente, mal vejo a hora de (voltar a) ser civil. Quero-me longe de qualquer coisa que seja coordenada e orientada pela Administração Interna! Perco a paciência com os sujeitos que estão no comando (da Protecção Civil, no meu caso específico, mas aposto que na GNR/PSP e afins também não seja diferente), pessoas pouco alargadas mentalmente, autoritárias e preconceituosas. E tenho pena que a força e o corpo ainda prevaleçam face ao diálogo, comunicação e inteligência, quando a nossa função é sobretudo humana.

                    E sim, os meus colegas sabem de mim e não param de bombardear comentários face ao meu "estilo de vida" :´
                    Spoiler (clica para mostrar/esconder)
                      “Always be a poet, even in prose.”
                      ― Charles Baudelaire

                      Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                      #30

                      Ritap

                      • Visitante
                      Sempre foi um dos meus sonhos, mas agora sinto-me "velha" para entrar... :wor

                        Usuários do fórum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                        #31

                        Diotima

                        • Visitante
                        Penso são carreiras muito válidas para quem quer uma vida um pouco diferente. Pessoalmente não me revejo muito no sistema de hierarquias. Conheço pessoas que saíram aqui da aldeia para enveredar pela carreira militar porque era a opção a maus empregos. Claro que isto coloca a questão de quem é que vai para lá porque já na guerra colonial eram os jovens com menos recursos que iam para a guerra. Daí que mesmo entre pares possa haver discriminação, por exemplo em função da homossexualidade. Porque os rapazes e raparigas dos meios pequenos (mas não só eles) levam todo um quadro de referências em que a mentalidade já é pouco aberta. Se juntarmos a isso um sistema muito rígido de regras , resta pouco espaço para a diferença. Digo eu que não conheço as coisas por dentro :P.
                        « Última modificação: 19 de Agosto de 2013 por Diotima »

                          Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                          #32

                          PsyGirl_Av

                          • Visitante
                          Nesta altura, onde Portugal está literalmente a arder, é importante pensar nos bombeiros - respeitando o seu espírito de sacrifício. Mas não devíamos parar por aí! E os familiares dos mesmos? Pessoas que esperam horas (quiçá dias) por verem chegar quem amam a casa - quando chegam!
                          Como namorada de uma bombeira posso afirmar que custa imenso receber uma mensagem a referir "Vou para um fogo", aguardando horas por uma resposta, um simples sinal de "vida". Acredito não ser a única, mas ter um namoro à distância com uma bombeira é um prova de fogo.

                            Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                            #33

                            Offline CDias412

                            • *
                            • Novo Membro
                            • Género: Feminino
                            Nesta altura, onde Portugal está literalmente a arder, é importante pensar nos bombeiros - respeitando o seu espírito de sacrifício. Mas não devíamos parar por aí! E os familiares dos mesmos? Pessoas que esperam horas (quiçá dias) por verem chegar quem amam a casa - quando chegam!
                            Como namorada de uma bombeira posso afirmar que custa imenso receber uma mensagem a referir "Vou para um fogo", aguardando horas por uma resposta, um simples sinal de "vida". Acredito não ser a única, mas ter um namoro à distância com uma bombeira é um prova de fogo.

                            Eu sou bombeira há já 5 anos.
                            Entendo o que dizes, a minha namorada "sofre do mesmo mal", e este ano implorou-me que não fizesse combate a incêndios pq morre de medo e preocupação. E, apesar de amar o que faço, compreendo a posição das namoradas, namorados e familias...
                              O que não nos mata, nos fortalece

                              Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                              #34

                              Offline Spektrum

                              • *****
                              • Membro Elite
                              • Género: Feminino
                              • [P]oiesis.
                              Nesta altura, onde Portugal está literalmente a arder, é importante pensar nos bombeiros - respeitando o seu espírito de sacrifício. Mas não devíamos parar por aí! E os familiares dos mesmos? Pessoas que esperam horas (quiçá dias) por verem chegar quem amam a casa - quando chegam!
                              Como namorada de uma bombeira posso afirmar que custa imenso receber uma mensagem a referir "Vou para um fogo", aguardando horas por uma resposta, um simples sinal de "vida". Acredito não ser a única, mas ter um namoro à distância com uma bombeira é um prova de fogo.

                              Eu sou bombeira há já 5 anos.
                              Entendo o que dizes, a minha namorada "sofre do mesmo mal", e este ano implorou-me que não fizesse combate a incêndios pq morre de medo e preocupação. E, apesar de amar o que faço, compreendo a posição das namoradas, namorados e familias...

                              Estar do outro lado não é fácil. Por sentir empatia e compreensão perante a situação, decidi alterar alguns planos que tinha delineados para o meu futuro. Sempre sonhei com uma carreira nas forças de segurança/protecção civil, correrias nas ambulâncias do INEM ou turnos atarefados na urgência... mas, à medida que cresci, percebi que tal não é compatível com a noção de família que pretendo para a minha vida, em concordância com os meus valores. Ainda ontem me disseram que os médicos são os profissionais com mais infelicidade e insucesso nas relações familiares, derivado do stress da profissão. E cada vez mais me arrependo das escolhas que fiz, enquanto ser isolado e solitário, como a vida me moldou. :-X Tudo o que pretendo, daqui para a frente, é um reles emprego na Fnac/Continente/H&M e tempo para poder dedicar à minha futura família.
                              Não quero que os meus filhos venham a passar por tudo o que passei, com pais que vivem exclusivamente para o trabalho. Terem de passar mais de um dia sem ver qualquer um dos progenitores, irem receber os diplomas da escola sozinhos, sem um único familiar presente, não poderem ter uma festa de aniversário porque os pais estão demasiado focados no seu trabalho, etc... infelizmente esta é uma das realidades mais comuns nos nossos dias, principalmente nestas áreas. :(
                                “Always be a poet, even in prose.”
                                ― Charles Baudelaire

                                Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                                #35

                                PsyGirl_Av

                                • Visitante
                                Nesta altura, onde Portugal está literalmente a arder, é importante pensar nos bombeiros - respeitando o seu espírito de sacrifício. Mas não devíamos parar por aí! E os familiares dos mesmos? Pessoas que esperam horas (quiçá dias) por verem chegar quem amam a casa - quando chegam!
                                Como namorada de uma bombeira posso afirmar que custa imenso receber uma mensagem a referir "Vou para um fogo", aguardando horas por uma resposta, um simples sinal de "vida". Acredito não ser a única, mas ter um namoro à distância com uma bombeira é um prova de fogo.

                                Eu sou bombeira há já 5 anos.
                                Entendo o que dizes, a minha namorada "sofre do mesmo mal", e este ano implorou-me que não fizesse combate a incêndios pq morre de medo e preocupação. E, apesar de amar o que faço, compreendo a posição das namoradas, namorados e familias...

                                São ambas posições complicadas... De um lado o perigo, do outro a eterna espera.

                                  Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                                  #36

                                  Offline CDias412

                                  • *
                                  • Novo Membro
                                  • Género: Feminino
                                  Spoiler (clica para mostrar/esconder)
                                  [/quote] Estar do outro lado não é fácil. Por sentir empatia e compreensão perante a situação, decidi alterar alguns planos que tinha delineados para o meu futuro. Sempre sonhei com uma carreira nas forças de segurança/protecção civil, correrias nas ambulâncias do INEM ou turnos atarefados na urgência... mas, à medida que cresci, percebi que tal não é compatível com a noção de família que pretendo para a minha vida, em concordância com os meus valores. Ainda ontem me disseram que os médicos são os profissionais com mais infelicidade e insucesso nas relações familiares, derivado do stress da profissão. E cada vez mais me arrependo das escolhas que fiz, enquanto ser isolado e solitário, como a vida me moldou. :-X Tudo o que pretendo, daqui para a frente, é um reles emprego na Fnac/Continente/H&M e tempo para poder dedicar à minha futura família.
                                  Não quero que os meus filhos venham a passar por tudo o que passei, com pais que vivem exclusivamente para o trabalho. Terem de passar mais de um dia sem ver qualquer um dos progenitores, irem receber os diplomas da escola sozinhos, sem um único familiar presente, não poderem ter uma festa de aniversário porque os pais estão demasiado focados no seu trabalho, etc... infelizmente esta é uma das realidades mais comuns nos nossos dias, principalmente nestas áreas. :(
                                  [/quote]

                                  Sim, temos de nos conseguir pôr no lugar de quem está do outro lado, por muito que se goste do que se faz, não compensa uma vida demasiado atribulada com consequências para os que nos rodeiam.
                                  O ano passado fiz a época de fogos toda, do inicio ao fim, este ano já não. Este ano fiz um turno apenas para desenrascar uma amiga. Entendo o que a minha familia e a minha namorada passam cada vez que entro naquele quartel... E sai de lá há pco..
                                  Conheço vários casais em que ambos são bombeiros e sei como é dificil, para mim não dava. Um ainda se consegue gerir, agora 2 com turnos, horas de entrada e nca de sair, não é saudavél para uma familia...
                                  Eu sou voluntária, mas vou concorrer ao próximo concurso de Municipais, sei que embora não achem grande "piada", vou ter o apoio da minha familia e da minha namorada, mas não vou abdicar do meu tempo em casa, do meu descanso para fazer turnos extra, nem agora nem depois. Com moderação tudo se consegue gerir ;)

                                  PsyGirl , eu sempre que vou para um fogo tento manter me contactavel e ir dando noticias sempre que possivel para tentar minimizar as preocupações e a espera..
                                  « Última modificação: 24 de Agosto de 2013 por CDias412 »
                                    O que não nos mata, nos fortalece

                                    Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                                    #37

                                    Offline Bílitis

                                    • *****
                                    • Membro Ultra
                                    • Género: Feminino
                                    para quem estiver interessado/a,

                                    abertura de concurso de admissão para novos guardas da GNR,

                                    n vi as condições, são poucas vagas.


                                    http://segurancaecienciasforenses.com/2015/06/11/gnr-abertura-de-admissao-guardas/

                                      Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                                      #38

                                      Offline ThumbWars

                                      • *
                                      • Novo Membro
                                      • Género: Feminino
                                      PSP :)

                                        Usuarios do forum nas forças de segurança, armadas e corporação de bombeiros
                                        #39

                                        Sinvastatina

                                        • Visitante
                                        Ola Boa Noite, eu estive 5 Anos na Cruz  Vermelha (Ainda no tempo que existia o RDM) e posso confirmar o que foi dito em cima acerca do machismo/Mente Fechada a começar pelas Chefias. Até há pouco tempo no site do Exercito a Homossexualidade era uma Doença.
                                        Lembro-me uma vez apareçeu na Recruta uma rapariga que queria mudar de sexo, queria ser tratada como um homem.Fiquei chocada quando alguns disseram que queriam violar a pessoa ''para saber se era homem ou mulher'' nas palavras deles.
                                        Para quem tem outra orientação sexual é muito difícil.

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          119 Respostas
                                          21502 Visualizações
                                          Última mensagem 3 de Julho de 2013
                                          por Oak
                                          132 Respostas
                                          28206 Visualizações
                                          Última mensagem 20 de Novembro de 2013
                                          por Bílitis
                                          734 Respostas
                                          84016 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Setembro de 2014
                                          por Thought
                                          97 Respostas
                                          20219 Visualizações
                                          Última mensagem 28 de Julho de 2014
                                          por Dami
                                          63 Respostas
                                          13960 Visualizações
                                          Última mensagem 21 de Junho de 2011
                                          por Lambuças