rede ex aequo

Olá Visitante05.mar.2021, 06:41:29

Autor Tópico: Amor vs paixão  (Lida 30077 vezes)

 
Amor vs paixão
#80

Offline cacao

  • *****
  • Associad@ Honorári@
  • Membro Vintage
  • Género: Feminino
  • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
    • Mais sobre mim...
Eu acho óptimo quando nos re-apaixonamos pela pessoa que amamos! É muito bom mesmo!...

n'over, n'over, n'over... :D
    Another one will bite the dust...

    "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

    "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

    Amor vs paixão
    #81

    Offline DeLpHi

    • *****
    • Membro Ultra
    • Género: Masculino
    • Magic :p
    A paixao é ks sempre a 1ºa coisa a surgir, aquela empolgação toda, e muitas vezes quando a paixao acaba tudo acaba junto :-\

    Eu acho óptimo quando nos re-apaixonamos pela pessoa que amamos! É muito bom mesmo!...

    n'over, n'over, n'over... :D

    Acho optimo.. é uma sensação tao..tao.. ::) nem ha palavras... é bom demais  ::)

      Amor vs paixão
      #82

      hal

      • Visitante
      Hmm... amor vs. paixão? Para mim é amor + paixão!

      Acho que a paixão é aquele sentimento que nos faz ficar entusiasmados com alguém, um fraquinho, uma pequena obssessão! Normalmente primeiro vem a paixão, depois vem o amor... que é mais forte... aquilo que permanece sempre. Eu amo a minha namorada, mas todos os dias me re-apaixono por ela! É super natural... e muito bom!  :)

        Amor vs paixão
        #83

        Before the Dawn

        • Visitante
        Concordo :up (Everybody rock your body, cof  [smiley=martelo.gif])

          Amor vs paixão
          #84

          Tupi

          • Visitante
          Hmm... amor vs. paixão? Para mim é amor + paixão!

          Acho que a paixão é aquele sentimento que nos faz ficar entusiasmados com alguém, um fraquinho, uma pequena obssessão! Normalmente primeiro vem a paixão, depois vem o amor... que é mais forte... aquilo que permanece sempre. Eu amo a minha namorada, mas todos os dias me re-apaixono por ela! É super natural... e muito bom!  :)

          Concordo totalmente ::) subscrevo tudinho tudinho.. sem dúvida :D
          « Última modificação: 5 de Outubro de 2006 por Tupi »

            Amor vs paixão
            #85

            Offline Swelly

            • *****
            • Membro Ultra
            • Género: Feminino
            • Meu riso é tão feliz contigo
            Eu penso que ao inicio existe a paixão, aquela ansia de estarmos sempre com a pessoa que amamos, aquele fogo todo que não nos deixa dormir nem pensarmos em condições. Aquela obssessão de passarmos 24h a telefonar para saber onde está, o que está a fazer, com quem.
            Penso que o amor é o amadurecimento da paixão. Os sentimentos tomam o seu lugar, existe aquela calma e a confiança e a certeza de que vamos estar junt@s, independentemente do dia.

              Eu gosto de pensar (e de sentir) 70% de amor e 30% de paixão...um pouco de loucura nunca fez mal a ninguém...mas é só um pouco mesmo.
              Não tenhas medo de amar, só assim saberás o que é viver.

              Amor vs paixão
              #86

              Offline bluejazz

              • *****
              • Associad@ Honorári@
              • Membro Vintage
              • Género: Feminino
                • Homofobia
              COMPORTAMENTO
              Jovens mais inexperientes nas relações amorosas
              28 | 07 | 2008   09.38H

              Especialista defende que, hoje, os jovens aprendem mais sobre sexo do que sobre amor e descreve seis tipos de relações amorosas.
              Carla Marina Mendes | cmendes@destak.pt

              Enche páginas de romances, arranca suspiros a donzelas e tem mesmo a capacidade de tornar o macho mais latino num romântico incurável. Acontece que o amor que os poetas eternizam nos seus textos é um sentimento que, segundo o psicólogo Nélson Lima, Coordenador Nacional do Instituto da Inteligência, se encontra seriamente ameaçado.

              «Num mundo em que aumentam os divórcios entre casais, os filhos ficam menos preparados para relacionamentos amorosos duradouros», diz o especialista. Mas não se fica por aqui. Acredita que, hoje, «ensina-se mais sobre as relações sexuais do que sobre as relações amorosas», o que influencia o comportamento dos mais jovens e pode mesmo levar, acredita, a um aumento no número de divórcios, num futuro próximo. Ao limite, é a própria instituição do casamento que está em risco de desaparecer.

              Do amor romântico ao altruísta

              Nélson Lima garante que se começa a amar cedo e que «o sentimento de amor é favorecido por um ambiente familiar sadio, equilibrado e afectuoso». Por isso, «a forma como se irá amar alguém no futuro dependerá muito das aprendizagens sociais que fará nesta época da vida».

              A complexidade do amor ganha ainda outros contornos, já que a a forma como se ama, assegura o especialista, é o resultado, como numa receita, da mistura de vários ingredientes: «personalidade, cultura, educação, etc».

              Não é, pois, difícil de perceber que daqui podem resultar diferentes estilos de amor, «compatíveis ou não com do parceiro». O segredo do sucesso de uma relação, desvenda, «depende de como os dois forem capazes de superar lacunas e diferenças».

              Para quem não sabe, há então o estilo «romântico», que «envolve paixão, unidade, atracção sexual». Segue-se o «possessivo, destabilizador», bem diferente do «estilo cooperativo, que nasce geralmente de uma amizade anterior e antiga».

              Os mais práticos professam «o pragmático», mas há ainda «o lúdico, baseado na conquista e na busca de emoções passageiras» e, finalmente, «o altruísta», em que um dos elementos «dispõe-se a anular-se perante o outro».

              http://www.destak.pt/artigos.php?art=13259
                "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                Amor vs paixão
                #87

                DeusaNocturna

                • Visitante
                Nélson Lima garante que se começa a amar cedo e que «o sentimento de amor é favorecido por um ambiente familiar sadio, equilibrado e afectuoso». Por isso, «a forma como se irá amar alguém no futuro dependerá muito das aprendizagens sociais que fará nesta época da vida».

                A complexidade do amor ganha ainda outros contornos, já que a a forma como se ama, assegura o especialista, é o resultado, como numa receita, da mistura de vários ingredientes: «personalidade, cultura, educação, etc».

                Não é, pois, difícil de perceber que daqui podem resultar diferentes estilos de amor, «compatíveis ou não com do parceiro». O segredo do sucesso de uma relação, desvenda, «depende de como os dois forem capazes de superar lacunas e diferenças».

                Concordo a 100% .
                Penso que para uma que pessoa cresça e desenvolva normalmente (sem conflitos interiores) é fundamental ter um bom ambiente familiar.
                Ele é a base de toda a nossa formação enquanto criança, adolescente, jovem e adulto  :).

                  Amor vs paixão
                  #88

                  diafeliz

                  • Visitante

                  Hum... ora bem, sinceramente para mim faz mais sentido amor e paixão numa mesma relação...

                  É certo que haverá alturas da relação em que estará mais presente um ou outro... Até porque acho que a paixão virá primeiro e passará a dar lugar a um amor construido e com bases sólidas, sem nunca desaparecer totalmente porque ela é importante e tem o seu papel na relação...

                  Acho que se pode assemelhar um bocadinho a um novelo de lã... Para mim numa relação existem os dois e estão emaranhados... nalguns momentos puxamos mais uma ponta do novelo (o amor) e noutros a outra ponta (a paixão)... :) Qual a ponta maior? Hum... talvez o amor...  ;)

                    Amor vs paixão
                    #89

                    Rogue

                    • Visitante
                    paixão é todo o tipo de sentimento ilusorio, que causa sofrimento e ansiedade mas no qual estamos crebtes que é aquilo que nos tras felicidade. amor é o desejo de se unir aquilo que nos traz felicidade e paz

                      Amor vs paixão
                      #90

                      Felina_girl

                      • Visitante
                      paixão é todo o tipo de sentimento ilusorio, que causa sofrimento e ansiedade mas no qual estamos crebtes que é aquilo que nos tras felicidade. amor é o desejo de se unir aquilo que nos traz felicidade e paz

                      isso pode nao ser 100 % verdade... por vezes a paixão leva ao amor.... Mas e raro o amor levar a paixão... e quem nao gosta de experenciar uma boa paixão aluciante ?

                        Amor vs paixão
                        #91

                        Offline sugar

                        • *****
                        • Membro Ultra
                        • Género: Feminino
                        A paixao é bastante efémera e fisica, o amor perdura...

                          Amor vs paixão
                          #92

                          Rogue

                          • Visitante
                          paixão é todo o tipo de sentimento ilusorio, que causa sofrimento e ansiedade mas no qual estamos crebtes que é aquilo que nos tras felicidade. amor é o desejo de se unir aquilo que nos traz felicidade e paz

                          isso pode nao ser 100 % verdade... por vezes a paixão leva ao amor.... Mas e raro o amor levar a paixão... e quem nao gosta de experenciar uma boa paixão aluciante ?

                          Estava a citar espinosa, eu concordo com ele...de que te adiante um dia no ceu e uma iternidade no inferno? Não será optimo estar para sempre no paraiso? há que saber opatr entre aquilo que é bom e aquilo que é melhor

                            Amor vs paixão
                            #93

                            Felina_girl

                            • Visitante
                            paixão é todo o tipo de sentimento ilusorio, que causa sofrimento e ansiedade mas no qual estamos crebtes que é aquilo que nos tras felicidade. amor é o desejo de se unir aquilo que nos traz felicidade e paz

                            isso pode nao ser 100 % verdade... por vezes a paixão leva ao amor.... Mas e raro o amor levar a paixão... e quem nao gosta de experenciar uma boa paixão aluciante ?

                            Estava a citar espinosa, eu concordo com ele...de que te adiante um dia no ceu e uma iternidade no inferno? Não será optimo estar para sempre no paraiso? há que saber opatr entre aquilo que é bom e aquilo que é melhor

                            Mas se tudo é sempre perfeito a vida deixa de ter graça... porque nao viver um amor apaixonadamente? porque nao alternar entre ceu e inferno? porque nao provar dos dois e saborea-los ao maximo? Porque nao amar alguem e estarmos no paraiso hoje, e amnha estarmos no inferno rodeados de paixão dessa mesma pessoa?

                              Amor vs paixão
                              #94

                              DeusaNocturna

                              • Visitante
                              A paixao é bastante efémera e fisica, o amor perdura...

                              Concordo, mas também concordo com quem diz que as 2 (paixão e amor) são necessárias numa relação  :).

                                Amor vs paixão
                                #95

                                Offline srfo1

                                • *****
                                • Membro Ultra
                                • Género: Feminino
                                  • A porta do lado ou da frente
                                COMPORTAMENTO
                                Jovens mais inexperientes nas relações amorosas
                                28 | 07 | 2008   09.38H

                                Especialista defende que, hoje, os jovens aprendem mais sobre sexo do que sobre amor e descreve seis tipos de relações amorosas.
                                Carla Marina Mendes | cmendes@destak.pt

                                Enche páginas de romances, arranca suspiros a donzelas e tem mesmo a capacidade de tornar o macho mais latino num romântico incurável. Acontece que o amor que os poetas eternizam nos seus textos é um sentimento que, segundo o psicólogo Nélson Lima, Coordenador Nacional do Instituto da Inteligência, se encontra seriamente ameaçado.

                                «Num mundo em que aumentam os divórcios entre casais, os filhos ficam menos preparados para relacionamentos amorosos duradouros», diz o especialista. Mas não se fica por aqui. Acredita que, hoje, «ensina-se mais sobre as relações sexuais do que sobre as relações amorosas», o que influencia o comportamento dos mais jovens e pode mesmo levar, acredita, a um aumento no número de divórcios, num futuro próximo. Ao limite, é a própria instituição do casamento que está em risco de desaparecer.

                                Do amor romântico ao altruísta

                                Nélson Lima garante que se começa a amar cedo e que «o sentimento de amor é favorecido por um ambiente familiar sadio, equilibrado e afectuoso». Por isso, «a forma como se irá amar alguém no futuro dependerá muito das aprendizagens sociais que fará nesta época da vida».

                                A complexidade do amor ganha ainda outros contornos, já que a a forma como se ama, assegura o especialista, é o resultado, como numa receita, da mistura de vários ingredientes: «personalidade, cultura, educação, etc».

                                Não é, pois, difícil de perceber que daqui podem resultar diferentes estilos de amor, «compatíveis ou não com do parceiro». O segredo do sucesso de uma relação, desvenda, «depende de como os dois forem capazes de superar lacunas e diferenças».

                                Para quem não sabe, há então o estilo «romântico», que «envolve paixão, unidade, atracção sexual». Segue-se o «possessivo, destabilizador», bem diferente do «estilo cooperativo, que nasce geralmente de uma amizade anterior e antiga».

                                Os mais práticos professam «o pragmático», mas há ainda «o lúdico, baseado na conquista e na busca de emoções passageiras» e, finalmente, «o altruísta», em que um dos elementos «dispõe-se a anular-se perante o outro».

                                http://www.destak.pt/artigos.php?art=13259




                                Eu, pessoalmente, penso que as pessoas abusam da palavra amor, agora se o sentem ou não, eu não sei!
                                Alguém já conseguiu provar o que é o Amor? Alguém já fez uma lista de regras para definir amor e dizer o que é e o que não é?


                                Independentemente do que eu penso das relações de agora... (não tenho uma opinião muito favorável!)
                                Acho o cúmulo do ridículo virem comparar as relações amorosas de antigamente com as de agora. Já o li imensas vezes em diversos lugares e sempre dizem o mesmo.

                                1º As pessoas não saiam do lugar de onde nasceram. Obrigatoriamente tinham relacionamentos com alguém da aldeia e, como não havia possibilidade de sairem, acabavam por não conhecer mais ninguém.

                                2º Paixões??? Os homens sempre tiveram inumeras amantes. As mulheres não tinham porque eram seres inferiores que viviam sobre as regras do esposo!!! Aliás... será que não tinham mesmo? Fica a questão. Lol

                                3º O divórcio? O que é isso? Não podia haver divórcio se ele, pura e simplesmente, não existia, não era permitido.
                                Ou então, quando foi permitido o divórcio... que mulher conseguia um emprego ou casar de novo com mentalidades daquelas? Divórcio, só se quisesse viver debaixo da ponte.

                                4º Finalmente, as pessoas realmente casavam e ficavam juntas até morrer... certo!
                                No entanto, não só não existia o divórcio, como as pessoas tinham uma esperança média de vida de 40 ou 50 anos, quanto muito.


                                (Poderia continuar a minha lista, mas nunca mais sairia daqui...)


                                Como a minha ex-prof. de Sociologia da Familia diz *em tom de brincadeira*: "Quem aguenta olhar para a mesma cara durante 60 ou 70 anos, todos os dias???"

                                Não querendo parecer pouco romântica... vamos antes ser realistas e admitir que vivemos numa realidade que nunca existiu... portanto, não há forma de ser comparada, não faz sentido! Temos casamentos, temos divórcio, temos pessoas que duram até aos 100 anos... temos pessoas diferentes em todos os aspectos! Viva a diversidade e a liberdade (a pouca que temos já é alguma).
                                Se acreditamos que pode haver um amor que dure a vida toda, vamos lutar por ele, vamos fazer com que dure e seja bom. Mas não comparemos duas realidade diferentes. Infelizmente, os próprios cientistas sociais fazem isso.


                                Bluejazz, parece-me muito pertinente a questão... muito se fala dela, mas pouco se diz! :) :)
                                Mas talvez para outro tipo de tópico... algo como que envolvesse amor, casamento e divórcio. :)
                                « Última modificação: 31 de Julho de 2008 por srfo1 »
                                  LuAzul

                                  "Que innecesario es inventar fantasías cuando la verdad es mas fascinante"
                                  (Kaler)

                                  Amor vs paixão
                                  #96

                                  Offline Keita-kun

                                  • **
                                  • Membro Júnior
                                  • Género: Masculino
                                  • Nani? lol...
                                  Bem, para mim a paixão precisa do fisico, do corpo pa viver... É aquele desejo mais forte e mais tempestuoso. Para o amor, o fisico, o corpo, é apenas uma pequena parte que o completa, pois vive muito mais do carinho e da ternura julgo eu...

                                  Mas lá tá, é uma pergunta sempre bastante "polémica" e à qual é dificil responder :P
                                    Keita-kun

                                    Amor vs paixão
                                    #97

                                    Offline absolut_

                                    • *****
                                    • Membro Ultra
                                    • Género: Feminino
                                    A paixao é bastante efémera e fisica, o amor perdura...

                                    Acho que concordo.

                                    Mas também pergunto o "adorar" apesar de ser uma palavra mais banal, não puderá ter uma cotação diferente?
                                      http://sementesmarginais.blogspot.com

                                      "They promise you heaven so they can steal this world"

                                      Amor vs paixão
                                      #98

                                      Offline MT

                                      • ***
                                      • Membro Total
                                      • Género: Feminino
                                      • Só sei que nada sei. <3
                                      Amor e' algo forte, algo qe nao se apaga num dia pro outro. e' algo em que so temos vontade de estar com a pessoa, ama-la todos dias, viver com ela...
                                      uma paixao, pode nao passar duma mera paixao como duma paixao forte, mas a diferença e' qe gostamos da pessoa, mas penso qe nao seja tao forte como se amasse.
                                      pois eu ja tive muitas paixoes ate hoje, mas hoje encontrei o amor. e vendo sao coisas totalmente diferentes...
                                        Mii- 4Ever and Ever e qualquer coisa Ever =D

                                        Amor vs paixão
                                        #99

                                        Offline Darknessrider

                                        • *****
                                        • Membro Elite
                                        • Banido
                                        O amor é uma construção gradual baseada no conhecimento entre duas pessoas. A paixão apoia-se noutras questões menos profundas, como uma atracção física ou psicológica, onde os intervenientes ou não se conhecem, ou mantêm uma relação de amizade ou conhecimento superficial, ou vivem um amor platónico.

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          262 Respostas
                                          45826 Visualizações
                                          Última mensagem 2 de Fevereiro de 2014
                                          por mau_feitio
                                          Como correram as tuas declarações de amor?

                                          Iniciado por Rhoda « 1 2 ... 9 10 » Geral

                                          198 Respostas
                                          49927 Visualizações
                                          Última mensagem 27 de Junho de 2011
                                          por Centaur
                                          704 Respostas
                                          83058 Visualizações
                                          Última mensagem 8 de Abril de 2013
                                          por picoDias
                                          6 Respostas
                                          1735 Visualizações
                                          Última mensagem 1 de Junho de 2011
                                          por icognita
                                          6 Respostas
                                          1774 Visualizações
                                          Última mensagem 18 de Dezembro de 2012
                                          por unforgiving